sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Cerca de 32% dos EUA acreditam que `verdadeiros americanos´ são cristãos Em meio uma turbulência crescente provocada nos Estados Unidos devido a barreira de refugiados e imigrantes de sete países árabes, muitos americanos passaram a citar a religião como um item de identidade nacional, segunda uma recente pesquisa divulgada pelo Pew Research Center. O estudo mostra que aproximadamente 32% da população dos EUA acredita que é muito importante ser cristão para ser considerado "verdadeiramente americano". O mesmo grupo acredita que é fundamental ter nascido nos EUA para ser identificado como americano. Existe também uma divisão partidária nos Estados Unidos sobre a importância de ser cristão, conforme observa o relatório da Pew Research. Quatro em cada dez republicanos (43%) dizem que a fé cristã é uma parte muito importante da vida de um americano. Também compartilham essa visão 29% dos democratas e 26% dos independentes. Os americanos também tendem a concordar que a língua é um componente essencial para a identidade nacional — 70% dos entrevistados consideram a fluência em inglês um "traço americano”. O estudo encontra números semelhantes na Europa, que enfrenta adversários políticos semelhantes: cerca de 33% dos europeus consideram o nascimento do continente em suas tradições cristãs como identidade europeia, com base em uma pesquisa entre dez países. A Pew Research coletou seus dados de pesquisa ao longo de 2016, por meio de entrevistas telefônicas e presenciais conduzidas sob supervisão da Princeton Survey Research Associates International e a agência britânica TNS BMRB.


Em meio uma turbulência crescente provocada nos Estados Unidos devido a barreira de refugiados e imigrantes de sete países árabes, muitos americanos passaram a citar a religião como um item de identidade nacional, segunda uma recente pesquisa divulgada pelo Pew Research Center.
O estudo mostra que aproximadamente 32% da população dos EUA acredita que é muito importante ser cristão para ser considerado "verdadeiramente americano". O mesmo grupo acredita que é fundamental ter nascido nos EUA para ser identificado como americano.
Existe também uma divisão partidária nos Estados Unidos sobre a importância de ser cristão, conforme observa o relatório da Pew Research. Quatro em cada dez republicanos (43%) dizem que a fé cristã é uma parte muito importante da vida de um americano. Também compartilham essa visão 29% dos democratas e 26% dos independentes.
Os americanos também tendem a concordar que a língua é um componente essencial para a identidade nacional — 70% dos entrevistados consideram a fluência em inglês um "traço americano”.
O estudo encontra números semelhantes na Europa, que enfrenta adversários políticos semelhantes: cerca de 33% dos europeus consideram o nascimento do continente em suas tradições cristãs como identidade europeia, com base em uma pesquisa entre dez países.
Pew Research coletou seus dados de pesquisa ao longo de 2016, por meio de entrevistas telefônicas e presenciais conduzidas sob supervisão da Princeton Survey Research Associates International e a agência britânica TNS BMRB.

BASE PARA SABONETE GLICERINADO , BASE DE SABONETE DE GLICERINA

BASE PARA FAZER SABONETE GLICERINADO
GANHE DINHEIRO FAZENDO E REVENDENDO SABONETE GLICERINADO.
DESPACHAMOS PARA TODO BRASIL ,

CLIQUE NO LINK ABAIXO

Exposição que mostra pedofilia e zoofilia provoca bate boca entre deputados

Não foi só nas redes sociais que a mostra “QueerMuseu” gerou debates e bate boca. Na noite desta terça-feira (12) o assunto foi amplam...