Postagens

Mostrando postagens de Outubro 31, 2016

VOCÊ CRÊ OU VOCÊ CONFIA ?

Num espetáculo de circo o apresentador pergunta para a platéia: -Quem crê que este equilibrista consegue atravessar na corda bamba de um lado para o outro, numa altura de quinze metros sem usar a rede de proteção?
A multidão grita unanimemente:
-EU!!!!
O artista faz seu trajeto sobre a corda bamba e todos aplaudem. Depois o apresentador volta a perguntar:
-Quem crê que ele consegue agora passar de um lado para o outro na corda bamba pedalando uma bicicleta?
-A multidão responde eufórica:
-EU!!!
Realizado o trajeto o apresentador volta a perguntar:
-Ele agora vai atravessar na corda bamba pedalando a bicicleta com uma venda nos olhos. Quem crê que ele consegue?
Todos gritam a uma só voz:
-EU!!!
O apresentador então aponta para o equilibrista e torna a perguntar:

Detalhes dos cristãos perseguidos na Síria que o mundo não vê

Quando a guerra na Síria começou parecia ser um simples levante pacífico contra o presidente Bashar al-Assad, mas com o tempo, tornou-se um dos conflitos mais sangrentos que afetou não apenas os sírios, mas outros países da região. O mundo inteiro tem acompanhado o desenrolar dessa história, com pontos de vistas diferentes e opiniões divergentes. No entanto, existem detalhes que o mundo não vê. Com o foco voltado para os cristãos perseguidos, há cenas animadoras que precisam ser compartilhadas com a igreja livre de perseguição. Nesse momento, muitas famílias que estão deslocadas buscam uma fonte de conforto e segurança. Nessa oportunidade, crianças cristãs sírias, envolvidas em atividades da igreja, chamaram a atenção dos muçulmanos. Kristina* que lidera o ministério infantil em Allepo, comentou: “Um grande número de muçulmanos estão em busca de refúgio. Pela primeira vez, vejo os dois grupos religiosos realmente interagindo. Percebi a surpresa deles quando se depararam com cristãos …

Só 39% dos pais conversam com filhos sobre ameaças online

Embora mais da metade (52%) dos pais acredite que os riscos que as crianças correm na internet estejam aumentando – do cyberbullying à apresentação de conteúdo inadequado –, pouco mais de um terço deles (39%) conversa com seus filhos sobre as possíveis ameaças, mostra a nova pesquisa realizada pela Kaspersky Lab e pela B2B International. 

A pesquisa constatou que um em cada cinco adultos (20%) não faz nada para proteger seus filhos das ameaças da internet, apesar de uma proporção semelhante (22%) já ter observado seus filhos em contato com ameaças reais online, como a exibição de conteúdo inadequado, a interação com estranhos e o cyberbullying. Ainda, 53% acham que a internet afeta negativamente a saúde ou o bem-estar de suas crianças.

Praticamente um terço dos pais (31%) acha que não tem controle sobre o que seus filhos veem ou fazem online, e quase dois terços (61%) não conversam com as crianças sobre as ameaças virtuais. Já quando tomam uma atitude, nem sempre são efetivas. Por exemp…

Cerca de 80% dos cristãos do Iraque morreram ou fugiram do país

Grande parte da mídia vem divulgando que a queda de Mossul no Iraque poderá forçar os soldados do Estado Islâmico a fugirem para a Síria. Mesmo que isso aconteça eles deixarão uma marca histórica.

Acredita-se que desde a queda do ditador Saddam Hussein, em 2003, abriu-se um ‘vácuo’ de poder. A ascensão do extremismo islâmico resultou na virtual eliminação do cristianismo em várias regiões do país.

Com o Estado Islâmico declarando seu califado na área que engloba a porção norte do Iraque em 2014, seguido de relatos recorrentes de perseguições, torturas, estupros e escravidão, estima-se que 80% dos cristãos iraquianos foram mortos ou forçados a fugir do país. Dos cerca de 1,5 milhão 13 anos atrás, restaram menos de 300.000.

Na vizinha Síria, a ascensão dos jihadistas criou uma das piores crises de refugiados no século 21. Entre 2010 e 2016, calcula-se que, foram mortos ou fugiram do país cerca de 50% dos cristãos. Antes desse êxodo em massa, os cristãos representavam cerca de 10% da popula…

Nova resolução aprovada pela UNESCO nega registro bíblico sobre Monte do Templo

Em uma votação dramática, o Comitê do Patrimônio Mundial da UNESCO / ONU (WHC) aprovou nesta quarta-feira (26), uma nova resolução que volta a ignorar os laços judeus com o Monte do Templo e só considera os nomes muçulmanos para o local que é considerado sagrado, também para o judaísmo e o cristianismo.

Segundo a Bíblia, no local foram construídos o primeiro e o segundo templo judaico de Jerusalém. Porém atualmente há uma mesquita construída no Monte.

Israel já temia que a proposta fosse aprovada, mas também tinha esperanças de que alguns dos 21 Estados-Membros optassem pela abstenção ou oposição ao texto.

Em vez disso, a Tanzânia e a Croácia tinha pediram por uma votação secreta. Quando os votos foram contados, apenas 10 países tinham votado a favor da proposta, dois se opuseram a ela, oito se abstiveram e uma nação – a Jamaica – se ausentou da sessão.

A Autoridade Palestina e a Jordânia tinham avisado que iriam fortalecer as reivindicações muçulmanas ao local na resolução, a menos que h…