domingo, 17 de abril de 2016

DESENTUPIDORA E LIMPEZA PÓS OBRA EM JAGUARIÚNA , HOLAMBRA , POSSE , PEDREIRA E TODA REGIÃO . COBRIMOS QUALQUER PREÇO.

Após forte sequencia de ataques, muitos cristãos fogem da Síria


Na Síria, a cidade de Alepo ficou completamente destruída. O motivo foi os bombardeios aéreos realizados pelo governo do país e também pelos russos. A operação procura combater o Estado Islâmico e outros jihadistas em guerra contra o regime, para Moscou. Apesar disso, os países ocidentais acusam os russos de atacarem também a oposição que é considerada democrática.

Várias famílias cristãs foram machucadas, inclusive crianças e muitas casas foram atingidas. "Não podemos mais suportar tantos bombardeios, chegam a ser quatro por dia. Até os nossos animais de estimação estão apavorados, imaginem as pessoas. Tem sido insuportável", relatou uma das vítimas.

"A situação é muito ruim. Todos estão fugindo, a cidade está em ruínas, estamos sitiados pelos russos, os curdos a oeste. O Estado Islâmico a leste e o regime sírio", contou um combatente ferido, que conseguiu cruzar a fronteira turca. Antes da guerra civil, Alepo era o polo econômico da Síria, uma cidade ativa e rica em monumentos. Havia igrejas e cultos, mesmo com a proibição do cristianismo no país, e as pessoas caminhavam em paz pelas ruas.

Mudança de cenário
Nos duas atuais, segundo os dados das Nações Unidas, 486 mil pessoas vivem em regiões cercadas pelo exército ou pelos rebeldes. Dezenas estão morrendo por desnutrição ou falta de assistência médica. A ONU pediu à Turquia para abrir suas fronteiras para dezenas de milhares de sírios em fuga, mas a Turquia teme ajuda-los, pois já tem 2 milhões de sírios no país. Dessa forma, o continente europeu vive a maior crise migratória desde a Segunda Guerra Mundial.

De acordo com os relatos locais, cristãos sofrem duplamente, pois já estavam lidando com os traumas da perseguição religiosa, agora vivem em situação de extrema pobreza e sem ter para onde ir. A grande maioria está fugindo por que as condições humanas estão ficando cada dia pior. Mas há cristãos que preferem ficar, mesmo estando cansados, pois sabem que há um trabalho espiritual a ser realizado.

Mais de nove mil famílias na Síria estão sendo ajudadas pelo Ministério Portas Abertas com auxílios mensais, por meio de igrejas locais e organizações parceiras. Em Alepo, mais de duas mil famílias recebem assistência, apoio médico, aluguel de moradias, distribuição de literatura cristã para crianças e adultos e diversos treinamentos. A Síria ocupa a 5ª posição na Classificação da Perseguição Religiosa 2016. A publicação no site do Ministério convida os leitores a orar pela nação.

Fonte: Guia-me

Igreja protestante da Noruega autoriza o casamento religioso entre gays



A Igreja protestante da Noruega, principal credo do país escandinavo, decidiu nesta segunda-feira por ampla maioria autorizar as uniões religiosas entre pessoas de mesmo sexo, algo que atualmente só é possível em poucos países.

Com uma arrasadora maioria de 88 votos em 115 participantes, o sínodo reunido em Trondheim (oeste) decidiu que será adotada uma nova liturgia, em paralelo à atual, para permitir que os pares homossexuais se casem.

Atualmente, os casais gays podem contrair matrimônio religioso na Suécia, Dinamarca e em algumas congregações no mundo anglo-saxônico.

A medida será aplicada a toda Igreja protestante da Noruega, mas cada pastor conservará seu direito de se negar a realizar estas uniões.

"Esta é uma mensagem dirigida à sociedade norueguesa, na qual decidimos que os homossexuais não devem ser tratados de forma diferente, mas também para o resto do mundo, e em primeira linha as Igrejas: o amor entre duas pessoas do mesmo sexo deve poder ser reconhecido também na área religiosa", afirmou à AFP Gard Realf Sandaker-Nilsen, líder do movimento liberal Åpen Folkekirke (Igreja aberta).

Os opositores, que são minoria, explica, no entanto, que a Bíblia define o matrimônio como a união entre um homem e uma mulher.

Na prática, as uniões religiosas de casais gays serão possíveis depois da adoção da nova liturgia, prevista durante o novo sínodo em janeiro de 2017.

Como seus vizinhos nórdicos, a Noruega está na vanguarda na Europa quanto à defesa dos homossexuais.

A união civil e a adoção estão autorizadas desde 2009. A Igreja também permite a ordenação de pastores homossexuais.


Fonte: AFP

Igrejas Assembleia de Deus continuam a se enfrentar em batalha judicial


A defesa da igreja Adna-BR (Assembleia de Deus Nova Aliança do Brasil), entrou com pedido de providências em ação que move contra a Igreja Evangélica Assembleia de Deus Nova Aliança, fundada pelo vice-prefeito de Campo Grande (MS) afastado, Gilmar Olarte (PP). A alegação é de que a decisão da juíza Silvia Eliane Tedardi da Silva, da 2ª Vara Cível de proibir que o pastor use a marca e o nome, proferida no final do ano passado, não está sendo respeitada.
Imagem redimensionadaPor isso solicita a aplicação de multa diária de R$ 5 mil fixada pela magistrada em caso de descumprimento. Além disso, argumenta que até hoje não foi apresentada argumentação por parte da requerida, portanto quer o julgamento dos autos como estão.

“Considerando a necessidade de preservação da honra objetiva e da imagem da Requerente, Requer que Vossa Excelência determine ao Cartório de Registro de Pessoas Jurídicas que proceda a alteração do Estatuto da Ré, retirando qualquer menção à marca registrada ADNA, assim como aos símbolos que a distinguem”.

Também pede “a retirada da marca registrada Adna das fachadas dos templos sob sua administração, tanto no templo central, nesta capital, quanto nos templos das congregações nesta capital e no interior deste Estado (frise-se que no interior do Estado são vinte e dois templos)”.

Confusão

A defesa da igreja usa, ainda, matéria veiculada na semana passada sobre um pastor preso por aplicar golpes milionários em bancos e comércios de Campo Grande supostamente ligado à Assembleia de Deus Nova Aliança. Porém, integrantes do templo comprovaram por meio de lista oficial que o detido nada tem a ver com a Adna.


Fonte: MidiaMax

Cristãos são esquecidos pelo governo do Níger


Cristãos são esquecidos pelo governo do Níger
Desde que o atual presidente do Níger, Mahamadou Issoufou, foi incapaz de garantir 50% dos votos nas eleições presidenciais, começou sua disputa pelo segundo mandato. De acordo com informações da agência de notícias Reuters, sua popularidade havia caído bastante. Mas ele parece ter dado a volta por cima contra seu oponente, o ex-primeiro-ministro Hama Amadou, que estava preso sob a acusação de tráfico de humanos. “Os resultados mostraram que a população não teve muita escolha nesse caso. A vitória foi do presidente Mahamadou, reeleito com 92,94% dos votos”, comenta um dos analistas de perseguição.
Mahamadou tomou posse em 2 de abril para um mandato de cinco anos. A oposição anunciou que não reconheceu os resultados, o que gera dúvidas sobre que acontecerá no país daqui para frente, por causa da divisão política. Por outro lado, o candidato Hama Amadou, que obteve 7% de votos, conseguiu liberdade provisória por decisão do Tribunal de Apelação de Niamey. Sua libertação foi reivindicada por toda a oposição para continuar a corrida eleitoral e, ao que tudo indica, a recusa a soltá-lo foi para boicotar o segundo turno. As acusações sobre o tráfico de bebês também era ilegítima e serviu de pretexto.
A atual preocupação do Níger em relação à política faz com que os cristãos fiquem completamente esquecidos. Igrejas estão sendo destruídas constantemente pelo grupo extremista Boko Haram, em ataques cada vez mais violentos. As perdas dos cristãos são irreparáveis e muitos necessitam de apoio psicológico para lidar com os traumas. Apesar disso, o lema dos cristãos nigerinos é “perdoar e esquecer” e ainda mais “amar os muçulmanos de todo coração, manter a fé e amar a Cristo como nunca antes”, disse um dos cristãos perseguidos. Em suas orações, interceda por eles.

Rabino convoca judeus a retornarem a Israel para se preparar para a vinda do Messias


Rabino convoca judeus a retornarem a Israel para se preparar para a vinda do Messias
Uma das maiores autoridades do judaísmo ultra ortodoxo, o rabino Chaim Kanievsky tem pedido que todos os judeus no mundo voltem para Israel o mais rapidamente possível para se prepararem para a chegada do Messias.
Alguns estudiosos de profecias dos livros judaicos acreditam que o que Israel vive no momento, o grande fluxo de remanescência de parte dos judeus que estão espalhados pelo mundo que retornam a Israel, é literalmente a preparação para a chegada do Messias que o povo judeu aguarda por milênios.
Um jornal reconhecido de Israel, Times of Israel, anuncia que o números de judeus que retornam a Israel vem crescendo a cada ano, e no primeiro semestre de 2015 esse número foi muito superior aos anos que se passaram.
De acordo com um levantamento realizado, em 2014, um total de 26.429 imigrantes judeus chegaram a Israel. Um grande salto comparado com os 19.012 do ano anterior. Nos primeiros 8 meses deste ano, 17.212 pessoas do mundo todo fizeram a aliyah para Israel. É um aumento de mais de 40% em comparação ao ano anterior.
Se por um lado o povo judeu acredita que está chegada à hora do Messias se manifestar a Israel, os cristãos que acreditam em Jesus como Messias, afirmam que a volta de Cristo para buscar sua igreja está para acontecer, pois de um lado o regresso do povo judeu a Israel, também para os cristãos é um sinal da profecia descrita pelo próprio Messias que fala sobre esse acontecimento “Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão. Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam” Mateus 24:32-34.
Os cristãos acreditam que Jesus falando sobre a figueira era uma parábola referindo-se a Israel e a remanescência do povo judeu, exatamente o que o rabino Chaim Kanievsky afirma estar acontecendo.

SUA BARRIGA ESTÁ INCHADA ? E ISTO É O QUE VOCÊ TEM DE FAZER PARA DESINCHAR!

A medicina natural acredita que a maioria das doenças tem como causa um intestino intoxicado.
Esse órgão tão importante do aparelho digestivo é responsável por armazenar resíduos sólidos para depois excretá-los.
No entanto, uma dieta pobre e um estilo de vida sedentário prejudicam essa função, levando o órgão a uma intoxicação crônica.
Quando temos problemas digestivos, como prisão de ventre, os sedimentos se acumulam no cólon e aderem às paredes do intestino.
Estes resíduos, junto com microrganismos e outras toxinas, fermentam dentro do organismo e viajam através da corrente sanguínea para o restante do corpo.
Há a formação de gases e o inchaço em toda a barriga.
Manter o cólon limpo, com desintoxicações regulares, ajuda a prevenir muitos problemas, como fadiga, alergias, prisão de ventre, falta de apetite, excesso de peso e mau hálito.
Existem muitas maneiras de limpar o intestino, destacando-se laxantes potentes, enemas e receitas naturais.
Os laxantes, muitas vezes, prejudicam a flora intestinal e outros órgãos, como o fígado, e acostumam o organismo a um movimento intestinal estimulado de forma artificial.
Os enemas costumam ser eficazes, mas precisam ser feitos sob a supervisão de um competente profissional, pois existe o risco de causar fissura anal, infecções e outras doenças.
A medicina natural oferece limpezas intestinais menos arriscadas e igualmente efetivas.
Hoje você vai aprender uma dessas soluções.
É uma bebida supersimples que vai realizar uma profunda limpeza intestinal sem nenhum risco para o seu corpo.
Os ingredientes desta receita muito especial possuem alta atividade depurativa.
Eles são ricos em antioxidantes, em vitaminas como a A e a C, e contêm muita água, que vai ajudar a expulsar os resíduos presos às paredes intestinais.
É também um suco que evita a produção de gases, o que torna a limpeza mais suave.
Além disso, é diurético, qualidade que o faz ser um aliado dos que estão em luta contra a balança.
E tem mais: é anti-inflamatório e, pela sua riqueza de nutrientes e antioxidantes, anticancerígeno.
Quer aprender a receita agora?
Aqui está ela:
INGREDIENTES
1 abacaxi
2 laranjas
1 pepino
1 maçã
1 limão
1 folha de babosa/aloe vera
2 copos de água
MODO DE PREPARO
Descasque o abacaxi e corte-o em pedaços.
Descasque as laranjas.
Fatie o pepino sem descascar.
Extraia o gel da babosa: descasque a folha e, com o auxílio de uma colher, retire o gel, que é a parte pegajosa da planta, conhecida como "baba".
Coloque tudo no liquidificador e adicione os 2 copos de água.
Bata muito bem.
Adicione o suco de 1 limão espremido na hora.
Beba três copos diariamente por três dias.
O primeiro copo você bebe assim que preparar a bebida.
Guarde o restante na geladeira e tome os outros dois copos durante o dia.
Contraindicação: para as grávidas, que não devem fazer nenhuma desintoxicação durante o período de gestação.
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.


http://www.curapelanatureza.com.br/post/04/2016/nao-e-gordura-sua-barriga-esta-inchada-e-isto-e-o-que-voce-tem-de-fazer-para-desinchar

Com ataque à Globo, Domingo Espetacular debate a arte com apologia à pedofilia

Programa Domingo Espetacular, na Record TV O debate sobre as exposições de arte com apologia à pedofilia e outros temas no Brasil marc...