Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

Pesquisa do Datafolha revela que 44% dos evangélicos são ex-católicos

Imagem
Três em cada dez (29%) brasileiros com 16 anos ou mais atualmente são evangélicos, dividindo-se entre aqueles que podem ser classificados como evangélicos pentecostais (22%), em maior número e frequentadores de igrejas como Assembleia de Deus, Universal do Reino de Deus, Congregação Cristã e Quadrangular do Reino de Deus, e 7%, como evangélicos não pentecostais, pertencentes a igrejas como Batista, Presbiteriana e Metodista, entre outras. Esse segmento evangélico fica abaixo do formado por católicos (50%), e ainda há 14% sem religião, 2% de espíritas, kardecistas e espiritualistas, 1% de umbandistas, 1% de praticantes do candomblé, 1% de ateus e 2% de outras religiões. Desde a década de 90, quando o Datafolha iniciou sua série histórica de consultas sobre o tema, esse quadro tem se alterado, com a diminuição na diferença dos índices de católicos e evangélicos e, mais recentemente, o aumento no número de brasileiros sem religião.
Em agosto de 1994, quatro em cada dez (75%) dos brasileir…

TUDO E TUDO HOME SERVICE , TUDO E TUDO HOME REPAIR

Imagem

Qual o significado do nome Pison em Genesis 2? É o nome de um rio?

A passagem se encontra em Gênesis 2,10-14: Um rio saía de Éden para regar o jardim e de lá se dividia formando quatro braços. O primeiro chama-se Pison; rodeia toda a terra de Hévila, onde há ouro; é puro o ouro dessa terra na qual se encontram o bdélio e a pedra de ônix. O segundo rio chama-se Geon: rodeia toda a terra de Cuch. O terceiro rio se chama Tigre: corre pelo oriente da Assíria. O quarto rio é o Eufrates.
A descrição diz que de um rio, que saía do Éden (em hebraico gan Eden = "Jardim das delícias"), nasciam outros 4 rios. Pison, Geon, Tigre e Eufrates. A intenção dessas indicações não é a de indicar a localização do paraíso, mas sublinhar que toda a água que dá vida ao mundo vem do paraíso.
O Tigre e o Eufrates são muito conhecidos, nascendo nas montanhas da Turquia. Ambos os rios passam pela Síria e vão para o Iraque. Antes de entrar no Mar se unem. Esses rios dão vida à região conhecida na época bíblica como Mesopotamia. Os outros dois rios não são conhecidos. Quan…

LIMPEZA DE PEDRAS , LIMPEZA PÓS OBRA , LIMPEZA PRÉ MUDANÇA , PINTOR , DESENTUPIDORA EM JAGUARIÚNA , HOLAMBRA , POSSE , PEDREIRA , AMPARO , ARTUR NOGUEIRA

Imagem

ESTUDO SOBRE A ORIGEM DO PECADO - HAMARTIOLOGIA

I)  ETIMOLOGIA

1 – A palavra pecado ocorre cerca de 440 vezes no texto bíblico.

2 – Hamartiologia é um vocábulo que se deriva do grego HAMARTIA. Que significa pecado e LOGOS, que quer dizer estudo, tratado. Isto posto, Hamartiologia é o estudo sobre a Doutrina do pecado.

3 - A Doutrina do pecado é sumamente importante e deve merecer atenção especial de cada sincero estudante da Bíblia Sagrada. Se por quaisquer razões a negligenciar as verdades bíblicas concernentes ao pecado, deixarmos de possuir a verdadeira noção da Obra Redentora de Cristo.

4 – O pecado é uma das mais cruéis realidades do mundo que nos ródia e é em impossível ignorá-lo. Por causa do pecado, os homens padecem dores, enfermidades, angustias, condenação e morte. O pecado, afirmou um célebre pregador, “é a maior mancha do mundo”.
II) A ORIGEM DO PECADO

O problema do mal que há no mundo sempre foi considerado um dos mais profundos problemas da filosofia e da teologia. Os filósofos foram constrangidos a encarar o problema e a …

Naufrágio mata Jogadores e torcedores de um clube de futebol em Uganda

Imagem
Aproximadamente 30 pessoas morreram neste último domingo no naufrágio de um barco ao tentar atravessar o Lago Albert, em Uganda, país localizado no leste do continente africano. Segundo a agência de notícias "AFP", a embarcação um total de 45 pessoas, entre elas jogadores e torcedores de um time de futebol que estavam a caminho de uma partida. Naufrágio mata jogadores e torcedores de time de futebol de Uganda (Foto: AFP) Até o momento, 15 pessoas foram resgatadas com vida, e outros nove corpos foram encontrados. O restante ainda está desaparecido. De acordo com testemunhas que conversaram com a polícia logal, o barco estava sobrecarregado e acabou virando no momento em que a maioria das pessoas ficou do mesmo lado da embarcação. Alguns estariam bêbados no início da viagem, e a maioria cantava e tocava instrumentos. O barco estava a caminho do distrito de Hoima. A polícia continua a busca por corpos e sobreviventes com a ajuda de pescadores da região. Naufrágio mata jogadores e to…

Onde Está o Éden?

Qualquer pessoa que desejar estudar o atual mapa do Iraque, poderá, sem nenhuma dificuldade, identificar o território da Mesopotâmia, entre os rios Tigre e Eufrates. Ali, segundo as Escrituras, o homem foi formado por Deus, há cerca de seis mil anos atrás. Porém, ao lermos as Escrituras, a Bíblia, tomamos conhecimento da existência de um jardim plantado no Éden. Que jardim era este? E onde está o Éden narrado na Bíblia? O primeiro Livro da Bíblia, o Gênesis, narra a criação dos céus e da terra, a criação do homem, a comunhão do homem com Deus e a trágica queda do primeiro casal. Para que possamos compreender mais profundamente o Livro de Gênesis, é necessário termos em mente que Deus planejou a criação para nela estabelecer um relacionamento paternal e amoroso com o homem. No princípio, Deus se relacionava íntima e diretamente com o homem, até que este desobedeceu o Criador, introduzindo o pecado no mundo e, como conseqüência, foi rompida a comunhão original entre a criatura e o Criado…

Jardim do Éden – Figura de Uma Igreja Local

O jardim do Éden, onde Adão e Eva habitavam antes do seu pecado, era o paraíso de Deus aqui na Terra. Um local perfeito, onde o homem podia viver em comunhão, também perfeita, com seu Deus (infelizmente, este estado tão maravilhoso parece ter durado pouco, pois o homem, como conseqüência do seu pecado, foi destituído desta posição privilegiada, e expulso do jardim). Uma igreja local é, da mesma forma, o local onde Deus hoje procura ter comunhão com Seus filhos, coletivamente. O NT descreve uma igreja local como sendo um santuário onde a santidade de Deus pode ser apreciada (I Co 3:16–17), a casa onde o Altíssimo pode habitar com Seu povo (I Tm 3:14–15), a congregação onde o Senhor pode governar (Mt 18:20). Podemos dizer que uma igreja local é um paraíso aqui na Terra, um oásis no meio deste deserto em que vivemos. Nada mais coerente, portanto, do que procurar semelhanças entre estes dois “paraísos”, entre o local onde Deus teve, pela primeira vez, comunhão com o homem, e o local onde, h…