quarta-feira, 26 de agosto de 2015

VANDALISMO TOTAL - IGREJA MADUREIRA TEM SUAS PAREDES PICHADAS .

Pichação contra Eduardo Cunha, em igreja de Campinas, foi apagada (Foto: Reprodução Facebook / G1 Campinas)
Pichação contra Eduardo Cunha, em igreja de Campinas, foi apagada (Foto: Reprodução Facebook e G1)
Pichada após ser mencionada em denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a igreja evangélica Assembleia de Deus, em Campinas (SP), apagou o protesto que pedia "cadeia" para o peemedebista. De acordo com o documento enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado teria orientado dois depósitos à instituição, que somam R$ 250 mil, para lavar dinheiro de propina no esquema de corrupção da Petrobrás. O político se diz inocente.

G1 foi ao templo localizado na Rua Barão de Parnaíba, uma das vias mais antigas da região central, nesta terça-feira (25). Em meio às obras que visam garantir mais acessibilidade aos fieis na entrada principal, a igreja mantém a rotina de cultos e silêncio sobre o suposto envolvimento na Operação Lava Jato. Tanto que um voluntário garantiu desconhecer o protesto contra Cunha registrado na fachada, tampouco a correção improvisada e ainda com tinta fresca.
Igreja, em Campinas, teria recebido dois depósitos
no esquema de corrupção (Foto: G1 Campinas)
Igreja, em Campinas, teria recebido dois depósitos no esquema de corrupção (Foto: G1 Campinas)Dentro do templo, pelo menos 60 acompanhavam o culto ministrado por um pastor - que não é o titular - na manhã desta terça. Uma diaconisa contou que a chuva reduziu o número de visitantes, ao lembrar que o local tem capacidade para quase 500. Ela preferiu não ser identificada pelo nome.
"Todo dia tem culto. Aqui há cura, milagres. Se fosse qualquer igreja, não iria resistir todo esse tempo", defende ao mencionar que a instituição é quase centenária na cidade. Só adota cautela e fica desconfortável ao ser questionada sobre o suposto uso da instituição para lavagem de dinheiro. "Acredito que seja mentira, mas eu não sei da vida financeira dos outros", falou, ao lembrar que viu o pastor titular pela última vez no domingo (23). "Nada mudou."

Denúncia contra Cunha
Agora , porque esses mesmos que estão acusando o cunha , não acusam também a  DILMA E  O LULA , e  todos os outros envolvidos , diante de tantas provas que existem ?

O Brasil precisa aprender a  votar certo e assim seguir em frente , pois depois do que o PT da Dilma fez não da mais .

Via Gritos de Alerta / Informações 
http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2015/08/pichada-apos-denuncia-da-lava-jato-igreja-apaga-protesto-contra-cunha.html

Boko Haram já matou cerca de oito mil fiéis de uma única denominação cristã, segundo pastor nigeriano


Boko Haram já matou cerca de oito mil fiéis de uma única denominação cristã, segundo pastor nigeriao
O Bokom Haram já matou cerca de oito mil cristãos, membros de uma única denominação - desde a fundação da comunidade cristã até hoje - na Nigéria. As informações foram confirmadas pelo próprio líder da "Church of the Brethren" ("Igreja dos Irmãos"), que tem congregações espalhadas por todo o país.
De acordo com o Christian Post, reverendo Samuel Dali disse que o grupo terrorista destruiu cerca de 70 por cento das igrejas.
"70% das nossas igrejas foram destruídas pelo Boko Haram nos estados de Adamawa, Yobe e Borno. Mais de oito mil de nossos membros foram mortos, 176 das meninas sequestradas em Chibok são de nossas igrejas", disse Dali, que é o presidente nacional da denominação.
Muitos pastores que cuidavam destas igrejas perderam seus EMPREGOS desde que foram destruídas.
O Boko Haram tem lutado contra as forças armadas nigerianas para controlar cidades no nordeste da Nigéria. Na semana passada, o grupo matou cerca de 150 pessoas que tentavam invadir a aldeia Kukuwa-Gari.
"Eles abriram fogo instantaneamente, o que obrigou os moradores a fugir. Eles atiraram e atingiram em um número de pessoas. Infelizmente, muitos moradores que tentaram fugir mergulharam no rio que está cheio por causa das chuvas. Muitos se afogaram", disse Modu Balumi, um residente da aldeia.
"Pelo nosso último registro temos 150 pessoas que morreram baleadas ou afogadas durante o ataque. Os pistoleiros mataram um pescador, simplesmente porque este tentou salvar residentes da aldeia de se afogarem", acrescentou.
O presidente nigeriano, Muhammadu Buhari já havia declarado guerra ao Boko Haram em dezembro de 2014 e afirmou que conseguiria derrubar o grupo terrorista.
"O fim para a insurgência do Boko Haram também é iminente. O presidente está TRABALHANDO  assiduamente para conseguir que em breve, se cumpra o que ele prometeu," disse Femi Adesina, conselheiro especial do presidente sobre mídia e publicidade.
Os Estados Unidos destinaram 5 milhões de dólares para ajudar as forças armadas da Nigéria a combater o Boko Haram.

FINAL DOS TEMPOS - Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia

Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia Segundo relato da vítima à políc...