sábado, 25 de abril de 2015

7 sinais de que você está sofrendo um ataque espiritual

Alguns anos atrás, quando alguém sofria um um ataque cardíaco, a pessoa tinha poucas chances de sobrevivência, pois ela não sabia o que estava acontecendo e ignorava os sintomas até que fosse tarde demais. Com a avanço da medicina, começaram a identificar sinais de alerta comuns, como desconforto e pressão no centro do peito, dor nos braços e falta de ar. Então divulgaram esses sinais de alerta e isso aumentou muito a taxa de sobrevivência das vítimas de ataque cardíaco.

De um modo semelhante, nós cristãos também sofremos ataques, porém, espirituais. E quando estamos sendo atacados pelo inimigo, é fundamental conhecermos os "sinais de alerta", se quisermos sobreviver a esta guerra:


1º SINAL) PERDA DO DESEJO ESPIRITUAL


O objetivo principal de qualquer ataque de Satanás é impedir a obra de Deus na sua vida. Por isso que, o primeiro sinal de que você está sendo atacado espiritualmente, é que você não tem mais vontade de buscar a Deus. Eu sei que não devemos viver por sentimentos, pois fomos chamados a viver pela fé, mas há uma diferença entre fazermos as coisas para Deus somente por obrigação e fazermos porque estamos sentindo desejo. Quando estamos apaixonados por Deus, nós começamos a ter prazer nas Suas coisas naturalmente, e é esse prazer que o inimigo tentará roubar de você.


2) DESGASTE FÍSICO


O segundo sinal de um ataque espiritual é o desgaste físico. Eu sei que isso não parece muito "espiritual", mas lembre-se de que nós somos espírito, alma e corpo. Se o nosso corpo está muito fraco, nós temos dificuldade em vigiar nossos pensamentos (alma) e isso pode afetar negativamente o nosso espírito. Muitas vezes nós recebemos nossos maiores ataques pouco antes de uma grande vitória ou logo após ela. Lembre-se disso quando você estiver passando por uma grande provação, pois um ataque pode ser um sinal de que você está prestes a ter uma grande vitória em sua vida.


3) FALTA DE RECURSOS


O terceiro sinal de que você está sofrendo um ataque espiritual é quando todas as portas se fecham. Nesses momentos parece que todos os nossos seus recursos secam ao mesmo tempo. Os ataques do inimigo neste caso, são para tirar os nossos olhos de Deus e colocá-los no dinheiro ou em um caminho mais fácil. Se o diabo conseguir que você fique preocupado ao invés de adorar ao Senhor, você poderá tomar as decisões baseado nas oportunidades e não na direção de Deus. Lembre-se de que existem dois momentos na sua vida no qual é mais fácil cair em tentação: quando você não tem nada e quando você tem tudo. Por isso fique perto de Deus em ambos os momentos: bons ou ruins.


4) VIDA DE ORAÇÃO FRACA


O quarto sinal de que você está sofrendo ataque espiritual é uma vida de oração fraca, e isso acontece justamente quando você mais está precisando orar. Foi o que aconteceu quando Jesus ia ser entregue para ser crucificado e os discípulos não tiveram forças para orar junto com ele. Veja:

"Então, voltou aos seus discípulos e os encontrou dormindo. "Vocês não puderam vigiar comigo nem por uma hora? ", perguntou ele a Pedro. "Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca". (Mateus 26:40,41)


5) SOBRECARREGADO PELAS CIRCUNSTÂNCIAS


Você está se sentindo oprimido pelas circunstâncias? Isso pode ser um sinal de que você está sendo atacado espiritualmente. Quando nós perdemos a esperança por alguma razão, nosso coração fica doente e não demora muito para que fiquemos fracos para superar as adversidades. A Bíblia diz: "A esperança adiada desfalece o coração, mas o desejo atendido é árvore de vida." (Provébios 13:12). Ela também nos diz: "A fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos." (Hebreus 11:1). Se o inimigo conseguir fazer com que você perca a esperança, ele fará com que você perca a sua fé. Então, se algo não deu certo em sua vida; se as promessas de Deus parecem demorar, ou se alguém traiu sua confiança, não desista! Não feche seu coração e nem pare de buscar a Deus. Não deixe o inimigo roubar a semente de fé e esperança que o próprio Deus colocou em você!


6) VELHOS HÁBITOS E PECADOS COMEÇAM A VOLTAR 


O sexto sinal de que você está sofrendo um ataque espiritual é que os pecados antigos começam a ressurgir em sua vida. Muitas vezes você começará a sentir vontade de praticar velhos hábitos e dar lugar a pecados que você já tinha sido liberto no passado. Isso acontece quando as coisas ficam difíceis e sua carne quer ter um momento de "descanso e prazer". Então você começa a ter pensamentos como: "Ah, eu mereço um descanso! Tenho passado por tantas lutas e se eu posso cometer aquele pecado, Deus não vai se importar. Ele sabe que estou carente, precisando de uma alegria, um amor etc." Se você está assim, ouça o que eu vou te dizer: Não ignore as advertências do Espírito Santo. Seja sincero em suas orações e peça ajuda a Deus. Muitos, por voltar à pratica de velhos pecados, acabaram desistindo da fé e hoje têm uma dificuldade enorme para voltar aos caminhos de Deus. O melhor caminho é vigiar, orar e não desistir.

"Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão." (Gálatas 5:1) 


7) AFASTANDANDO DAS AMIZADES ESPIRITUAIS


Quando os pecados antigos começam a voltar, o próximo sinal de ataque espiritual é este: você começa a se afastar das amizades que Deus colocou em seu caminho. Olhe ao seu redor. Você já parou de relacionar-se com as pessoas de sua igreja ou célula? Os seus amigos que gostam de cometer pecados estão mais perto de você, do que seus amigos espirituais? Se sim, saiba que você está pisando em terreno perigoso e o inimigo está planejando tirá-lo da presença de Deus. 

"Não se deixem enganar: "as más companhias corrompem os bons costumes". (1 Coríntios 15:33)


VEJA 5 ATITUDES PARA DESTRUIR OS ATAQUES DO INIMIGO 


Depois de você tomar uma posição contra os ataques do inimigo, aqui estão cinco atitudes que você deve tomar:

1) Não se esqueça de quem você é. Você não mudou apenas de religião quando aceitou a Cristo como seu Senhor e Salvador. Você mudou de lado (espiritualmente falando). Você estava nas trevas e agora está na luz. Você estava do lado do perdedor e agora está do lado de Jesus Cristo, que te faz vencedor em todas as coisas!

2) Não ignore seu tempo e lugar de oração. Essas duas coisas são vitais para uma vida abençoada: um tempo de oração e um lugar para você orar.

3) Não abandone o lugar onde você recarrega suas energias: Sua igreja.

4) Não saia de perto dos seus amigos espirituais. É sempre bom estar perto de pessoas que viveram mais, fizeram mais do que você e podem te dar conselhos sábios.

5) Não saia debaixo da proteção pastoral. Geralmente, quando as pessoas querem se desviar dos caminhos de Deus, elas fogem dos líderes espirituais com medo deles apontarem o dedo. Mas isso é um grande engano, pois os líderes são pessoas escolhidas por Deus para cuidar de sua vida e não para te jogar pedras. Se você fez isso, não espere até que o inimigo o machuque ainda mais para você procurar o auxílio daqueles que tem um papel pastoral em sua vida.

Se você estiver sendo atacado espiritualmente pelo inimigo, saiba que Deus te deu o livre arbítrio. Por isso, se você decidir buscá-Lo, não há poder neste mundo que possa te derrotar. Deus é o maior interessado na sua vida e você deve seguir as dicas acima para estar preparado e pronto para vencer!


Fonte: http://www.pastorantoniojunior.com.br/esbocos-de-pregacoes/sofrendo-ataque-espiritual#ixzz3YM0o98By

PASTOR JOEL ENGEL - UMA MANHÃ de PROFUNDA EDIFICAÇÃO















O Pastor Joel Engel, da cidade de Santa Maria (RS), foi o responsável pela primeira palavra desta manhã. Processado e perseguido inúmeras vezes pela causa do Evangelho, o ministro compartilhou muitos testemunhos que marcaram sua vida. Dentre as inúmeras experiências em seu ministério, ele enfatizou uma circunstância usada por Deus para revelar-lhe o princípio da unidade. Por meio da leitura do texto de Efésios 4, o Pastor falou sobre a união familiar, mas destacou, sobretudo, a unidade do Corpo de Cristo.
Foto de Joel Engel.
O Pastor contou que aprendeu sobre o cuidado de Deus para com sua Igreja, quando sua esposa adoeceu: “Deus usou aquele momento para me mostrar o quanto Ele ama e cuida da Sua noiva, Sua igreja. Minha esposa havia sido acometida por uma enfermidade e mesmo tendo dons de curar, nada acontecia com ela”.
Diante dessa situação, ele começou a se questionar e a questionar Deus. Como ministrar saúde às pessoas e à Igreja tendo em casa sua esposa enferma? A partir desse momento, Deus falou ao seu coração que Sua Igreja estava doente e, por isso, não podia ter filhos, não podia se casar. “Minha esposa estava doente e eu queria que Deus a curasse, mas Deus me mostrou o quanto é triste ter uma esposa doente e, então, Ele falou ao meu coração: Ministre cura à minha Igreja e eu curarei tua esposa. O Corpo de Cristo está fragmentado por inimizades. É necessário clamarmos e buscarmos o amor para caminharmos em unidade”.
Mas, essa manhã de entendimento e revelação estava só começando. Após a profunda revelação trazida pelos testemunhos do Pastor Engel, a Pastora Marisa Monteiro, autora do livro “É dando que se enriquece” dentre outros títulos, trouxe uma segunda palavra. Agora a temática foi: Atitude para dar e receber!
A conhecida história de Eliseu e a viúva foi a narrativa escolhida para referendar a ministração do ofertório, visto que o profeta não orou por aquela mulher, antes requereu da mesma uma atitude. Com base nesse entendimento, ela declarou enfaticamente: “Prosperidade é conquista, é o exercício da fé, isenta de qualquer sentimento!” Em seguida, a Pastora orou especificamente pelos desempregados


ALERTA . GOVERNO COMUNISTA DESTRUINDO IGREJA



Polícia vietnamita destruiu uma pequenina capela de cristãos da etnia Hmong, e espancou muitos fiéis. Quando expomos aqui a doutrina da Igreja, que diz que o socialismo é essencialmente inimigo do cristianismo, ainda tem gente que duvida...

video



GRITOS DE ALERTA 

PT divulga por descuido em seu site plano de Dominação Comunista no País



Parece um absurdo, eu mesmo achei que fosse invenção até ver no próprio site do Partido, o documento onde abertamente o PT declara suas intenções de Golpe comunista no país.

Dentre todos os Absurdos desse documento destaco:

- Estatização da Rede Globo e de todas emissoras religiosas
- Imunidade aos movimentos como MST e MTST, que poderão agir sem poder ser presos
- Anulação das sentenças do Mensalão
- Impeachment dos Ministros do STJ que foram a favor da condenação do Mensalão
- Cancelar todas as privatizações do Brasil, assim como Bolivia fez no passado.
- Cassação do mandato de Jair Bolsonaro
- Fim do Financiamento Público a qualquer mídia que seja contrária ao Partido
- Calote a dívida interna e externa
- Declaração de que o Brasil hoje é o fiador dos Países comunistas da América

E muitos outros absurdos. Parece piada, parece invenção da oposição, mas está abertamente no site do PT, para quem quiser ver. Assista ao vídeo e veja mais detalhes sobre isso, e no final dessa reportagem estão os links para acessar esse documento absurdo.

Isso é urgente, peço a todos que compartilhem com o máximo de pessoas possível, pois pode ser nossa ultima chance de impedir que nosso país se torne uma nova Cuba. As redes sociais estão limitando os alcances de tudo que é contra o PT, por isso todos os artigos devem ser compartilhados massivamente, para que possamos chegar a todos. Depois do que verão nesse vídeo, irão concluir, assim como eu que a única forma de se salvar é se a #IntervençãoMilitar acontecer agora, e para isso TODOS OS BRASILEIROS DEVEM PEDIR. Assistam e tirem suas próprias conclusões:


 

Esse é o link da página do PT onde o documento se encontra com o título de: "CADERNO DE TESES DO 5º CONGRESSO DO PT" - http://www.pt.org.br/biblioteca/



Para baixar o arquivo clique aqui:
"CADERNO DE TESES DO 5º CONGRESSO DO PT"

Proposta da Turquia de Invadir Israel é Recebida com Gritos Incontrolados de Alegria

Aliado da OTAN se sente animado a ‘libertar’ Jerusalém

Leo Hohmann
Bandeiras turcas e palestinas tremulavam como pássaros furiosos em uma multidão de milhares de pessoas que gritavam "Allahu Akbar!" e "Abaixo a Israel!"
Obama e Erdogan
Os cantos cresciam de forma mais exuberante a medida em que o palestrante, um homem de barba e gordo e pesado que estava na plataforma, lhes assegurava que "se Deus quiser, vamos libertar Jerusalém juntos".
O palestrante era o líder do Hamas, Khaled Meshaal, e a sua audiência eram os líderes do Partido de Desenvolvimento e Justiça da Turquia, que se reuniram para seu encontro anual, em 27 de dezembro, em um salão de convenções em Konya, a cidade natal do primeiro-ministro turco Ahmet Davutoglu.
O primeiro-ministro turco introduziu o líder do Hamas e, em seguida, sentou-se na primeira fila, aplaudindo e batendo palmas pelas declarações islâmicas radicais que estão sendo feitas por Meshaal.
"A medida em que a Turquia, durante séculos, foi o principal defensor de Jerusalém e da mesquita de Al-Aqsa, da mesma forma vocês são o centro da Umma muçulmana (nação muçulmana), que irá realizar a missão de libertar Jerusalém e al-Aqsa", disse Meshaal discursando para a multidão e que quase não recebeu nenhuma cobertura da grande mídia. "Saibam disso, que uma Turquia forte é a força da Palestina e de Jerusalém. A Turquia é a força que representa todos os muçulmanos".
O Hamas, que lidera quase 2 milhões de palestinos na Faixa de Gaza em Israel, continua a ser uma organização terrorista conforme designação do Departamento de Estado dos EUA e funciona como uma afiliada da Irmandade Muçulmana.
Assim, quando o líder do Hamas, aparece, sem aviso prévio, como o principal palestrante para falar em um evento político oficial na Turquia, que é membro da OTAN e um importante aliado dos EUA, isso é algo muito grave.
"Essencialmente, o Hamas está apelando para o fanatismo nacionalista na Turquia e a Turquia está usando o Hamas para ganhar a simpatia de todo o mundo islâmico, então isso é realmente uma relação mutuamente benéfica", diz Joel Richardson, autor do livro "O Anticristo Islâmico", que está na lista de mais vendidos do jornal New York Times, e é diretor do documentário recém-lançado, “Testemunha Ocular do Fim dos Tempos” (End Times Eyewitness).
As opiniões variam entre os analistas do Oriente Médio a respeito de se os principais líderes da Turquia, o Presidente Recep Tayyip Erdogan e o Primeiro-Ministro Davutoglu, são verdadeiros islamitas ou se estão apenas usando a retórica do islamismo radical para ganharem influência em toda uma região cada vez mais radicalizada.
Elmira Bayrasli, a co-fundadora da organização Foreign Policy Interrupted e pesquisadora do Instituto de Política Mundial, está entre aqueles que parecem pensar que Erdogan não é um islamita intransigente, mas que está seguindo essa direção para bajular sua base de apoio.
"Assolado por crises internas, Erdogan voltou sua atenção para o seu núcleo eleitoral, uma população em grande parte conservadora, anti-Ocidental no centro", escreveu Bayrasli em uma coluna do New York Times no início deste ano. "Ao fazer isso ele voltou a usar uma velha tática que tem repercussão entre eles: a agressão".
A Turquia rompeu seu relacionamento, outrora amistoso, com Israel em 2010 e, em seguida, Erdogan virou-se contra seu ex-aliado, o presidente sírio, Bashar al-Assad. O site WND noticiou uma série de reportagens que documentam a política de duas faces da Turquia com relação ao ISIS, pois dá apoio a ambos os lados na guerra contra o Estado islâmico. Erdogan também apoiou a tomada do Egito pela Irmandade Muçulmana, um movimento que, eventualmente, saiu pela culatra, já que a Irmandade foi posteriormente retirada do poder por militares do Egito.
Richardson, que passou semanas no Oriente Médio entrevistando líderes islâmicos, judeus e cristãos para o seu documentário, acredita que o governo da Turquia merece um rigoroso e minucioso exame já que os sinais apontam para uma mudança ainda mais dramática, não apenas em estilo, mas também em substância.
Richardson acredita que a Turquia passou por uma "revolução suave" a medida em que Erdogan tem gradualmente guiado o país para mais perto de valores islâmicos e para mais longe do Ocidente. Isso representou uma ruptura com o passado mais secular da Turquia, mas as mudanças de Erdogan ainda não atraíram, nem de longe, a atenção da mídia na mesma medida de atenção da mídia que foi vista no Egito, na Líbia e na Tunísia, nas revoluções da chamada "Primavera Árabe". A Turquia foi apresentada ao Ocidente como um modelo para os outros regimes no Oriente Médio em busca de um "meio-termo" entre o islamismo e o secularismo ocidental.
Mas a convenção realizada em 27 de dezembro, com milhares de turcos gritando slogans islâmicos em apoio a Meshaal, líder de uma organização terrorista, é apenas a mais recente evidência de que um chamado de despertamento pode estar na pauta para os elaboradores ocidentais de políticas em Washington e na Europa, disse Richardson.
"À luz do fato de que toda essa gente começa a gritar 'Allahu Akbar' na Turquia, o que é bastante raro e você só iria ouvir isso de muçulmanos devotos, parece que realmente há algumas fortes tendências islamitas acontecendo", disse ele. "Mas o resultado final é que todos devem estar preocupados. Cerca de 10 anos atrás, mesmo há cinco anos, os EUA ainda estavam lançando a Turquia como o modelo secular e moderado entre os maiores aliados dos Estados Unidos em todo o Oriente Médio".

Voando abaixo do radar

Enquanto as mudanças que estão ocorrendo na Turquia podem não ter captado a atenção de grandes redes de TV, como as do Irã após a revolução dos “estudantes” de 1979 ou das manifestações do Cairo no Egito, elas não são menos profundas, disse Richardson.
"O mundo observa e eles veem os líderes do Irã, após a revolução islâmica de 1979, e todo mundo diz ‘Olha, isso é um regime radical’ que precisa ser marginalizado e colocado sob sanções, mas a revolução na Turquia e suas ramificações não são menos dramáticas e estamos apenas começando a perceber que era uma revolução suave e rastejante e que está agora no ponto em que o primeiro-ministro da nação está gritando ‘Allahu Akbar’ (para o Hamas)", disse ele.
Mas parece que os EUA são lentos para reagir às mudanças fundamentais no Oriente Médio, ainda mais lentos, talvez, quando as mudanças estão ocorrendo no âmbito da cultura e da sociedade de um dos seus próprios aliados.
"A Turquia é membro da OTAN, então imagine se a Grã-Bretanha estivesse dizendo ‘vamos liderar uma invasão a Israel’. Se esse é o caso, é hora de o Ocidente levantar-se e chutar a Turquia para fora da OTAN", disse Richardson. "Se a OTAN aceita a Turquia, o que a impede de aceitar o ISIS?”
O que está também complicando a relação é que a Turquia, com a ajuda do Ocidente, construiu o maior exército e, talvez, o mais bem equipado do Oriente Médio.
Quando o vice-presidente Joe Biden comentou, há vários meses, que a Turquia estava ajudando o ISIS, Erdogan ficou furioso, levando Biden a rapidamente retirar a sua declaração e oferecer um pedido de desculpas.
Richardson disse que parece não haver nenhuma conversa ou debate acontecendo nos EUA sobre se os EUA devem fazer uma mudança de política externa de distanciamento da Turquia.
"Não. Esse é o motivo por que somos fracos. Nós somos fracos no Oriente Médio", disse ele. "Nós temos nossas costas contra a parede e precisamos da Turquia. O fato de que Biden pediu desculpas por ter comentado em um comunicado que a Turquia estava apoiando o ISIS, é que o governo dos EUA está claramente com medo da Turquia".
Richardson liderou uma equipe de filmagem que cobria um comício de Erdogan, em Ancara, na primavera passada, e ele experimentou um pouco da mesma mistura assustadora de um nacionalismo bruto e de um fanatismo islâmico, como foi visto em Konya, em 27 de dezembro.
"Realmente me senti como em um comício nazista", disse Richardson. "Eu tomei um segmento inteiro para entrevistar diferentes líderes que destacam a tomada islâmica da Turquia e que isso era uma das grandes notícias que mal está recebendo atenção do Ocidente, mas que o Ocidente precisa entender o que está acontecendo.
"O primeiro-ministro é o número dois da estrutura do poder e ele está gritando ‘Allahu Akbar’ com a ideia deles conduzirem uma invasão a Israel e tomarem a Jerusalém", acrescentou Richardson. "Agora, se alguém está duvidando de uma tomada Islâmica e de que a Turquia está emergindo como uma nação islâmica radical e de que eles têm o maior exército na região, então eles estão com a sua cabeça na areia. Eu venho dizendo isso, mas todo o mundo continua a agir como se eles estivessem com a sua cabeça na areia".

O Anticristo na tomada de decisões?

Richardson disse que ele recebe um monte de perguntas dos leitores e espectadores de seus três livros e filmes sobre se Erdogan pode ser o anticristo predito pelos profetas bíblicos.
Ele disse que, embora seja bastante possível que o anticristo bíblico poderia emergir a partir da área da moderna Turquia, Iraque e Síria, ele não acredita que Erdogan se encaixa no papel.
"Haverá uma série de guerras e haverá de surgir, a partir das cinzas daquelas guerras, um líder que a Bíblia chama de Anticristo", disse ele. "Então, sobre esses caras eu não acredito que preenchem os critérios específicos que se encaixam com algumas das cobiças satânicas para o controle do Monte do Templo, o que representa o trono de Davi e a futura sede do trono de Jesus Cristo".
Richardson disse que o fato de que a Turquia está emergindo como o campeão defensor do Hamas é profundo.
"Ele tem o maior exército na região e o Hamas é simplesmente o ramo palestino da Irmandade Muçulmana, de modo que a Turquia está se estabelecendo como a cabeça do mundo muçulmano sunita radical com o apoio moral e financeiro da Arábia Saudita. Mas, agora, a Turquia está emergindo como o campeão, defendendo e conduzindo de forma exclusiva o Hamas e a Irmandade Muçulmana para o outro lado da linha do gol e para cumprir o seu sonho de um califado regional no Oriente Médio".
Richardson acredita que a Turquia está usando o ISIS como um instrumento para eliminar Assad da Síria e os curdos no norte do Iraque, abrindo caminho para o ressurgimento de um califado, liderado pelos turcos, na região. Os líderes religiosos na Turquia há muito tempo sonhavam com um império otomano revivido.
"Esse império está vindo não apenas do seu fanatismo islâmico, mas também do nacionalismo turco", disse Richardson.
O nacionalismo é considerado um tabu entre os puristas islâmicos, como nos grupos terroristas al-Nusra e ISIS, que se inspiram na al-Qaeda.
"E é por isso que a Turquia está se escondendo atrás do ISIS", disse Richardson.

Pegando emprestado uma filosofia de inspiração nazista

Davutoglu é considerado o arquiteto da política externa de Erdogan e a energia intelectual por trás do governo turco.
Davutoglu escreveu um livro que chamou de "Profundidade Estratégica", em 2001, um ano antes de o Partido de Desenvolvimento e Justiça, ou AKP, chegar ao poder. Esse livro baseia-se em pensadores geopolíticos, como o alemão Karl Haushofer, que popularizou o termo "Lebensraum" ou "espaço vital", as mesmas palavras usadas pelos nazistas alemães durante os anos 1920 e 1930, quando se preparava o povo alemão para a ideia de expandir as fronteiras do país.
"Haushofer foi um dos filósofos principais a quem Hitler recorria e Davutoglu recorre ao mesmo indivíduo como base para essa filosofia neo-otomana que ele está articulando", disse Richardson. "Este primeiro-ministro é um filósofo profundamente ideológico, um nacionalista turco e um islamista".
Assim como o presidente Obama, Davutoglu afiou seus dentes políticos como um professor universitário.
"Ambos são profundamente ideológicos", disse ele. "Um deles é um islamista, o outro, Obama, é um marxista radical".
Fonte: www.juliosevero.com  VIA  GRITOS  DE  ALERTA

A MARCA DA BESTA - BIO CHIP JÁ É REALIDADE NO BRASIL.

Que todo mundo já sabia da existência dos chips subcutâneos é normal, mas que eles já estão sendo usados livremente no Brasil é novidade!
Note que essa 'versão' do chip pode ser implantanda em qualquer parte do corpo, e muitas pessoas estão usando como rastreadores pessoais, uma forma de segurança. O entrevistado comenta que no futuro o CHIP será usado inclusive para comprar comida, pois todos os dados ficarão armazenados na minuscula invenção, nome, endereço, árvore genealógica e dinheiro no banco também.
Tão logo assisti esse video, lembrei do que diz em APOCALIPSE:
'A todos, os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos, faz que lhes seja dada certa marca sobre a mão direita ou sobre a fronte, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta ou o número do seu nome. Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis' (Ap 13.16-18)

PGR arquiva representação de Testemunhas de Jeová contra transfusão de sangue


Para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot (foto), o direito à liberdade de crença pode ser limitado se entrar em conflito com outro direito fundamental, como o direito à vida.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu arquivar a representação proposta pela Associação das Testemunhas Cristãs de Jeová questionando a Portaria n. 92/98 da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES/DF). A norma permite a transfusão de sangue sem autorização prévia da vítima ou de representante legal em caso de perigo de vida iminente.

Na representação, a Associação afirma que a transfusão de sangue sem autorização prévia violaria o direito à liberdade de crença dos pacientes que professam a religião Testemunhas de Jeová. A Associação pede ação direta de inconstitucionalidade contra a portaria da SES/DF.

Rodrigo Janot afirma que o direito à liberdade de crença não é absoluto: ele pode ser limitado se ofender outro direito fundamental garantido na Constituição, como o direito à vida. “Caso configurada situação de risco iminente de morte, ou seja, de situação na qual a vida, direito indisponível constitucionalmente assegurado, está prestes a ser lesada, não mais será possível falar-se em direito à liberdade de religião e na necessidade de consentimento do cidadão para ser submetido à transfusão de sangue ou derivados”, sustenta.

Ao mesmo tempo, as normas do Conselho Federal de Medicina exigem que, em caso de risco de morte, os médicos adotem todas as medidas necessárias para salvar a vida do paciente. Se não fizerem isso, podem responder civil e criminalmente. O PGR lembra que vários tribunais já se manifestaram pela realização do tratamento em paciente que corre risco de morte, incluindo a transfusão de sangue em adeptos da religião Testemunhas de Jeová, ainda que sem consentimento. Segundo ele, ao recusarem a transfusão, os seguidores da religião impõem ao médico “a restrição ao exercício ético da profissão, o que equivaleria a uma autorização a que, ao exercer o direito próprio, seja violado o direito de outrem”.


Fonte: Site do Ministério Pùblico Federal

Saiba como foi o programa "Na Moral" com Silas Malafaia


Além do pastor Silas Malafaia participaram do programa Jô Soares, Silvio de Abreu e a desembargadora Maria Berenice Dias.

A Rede Globo está comemorando seus 50 anos e algumas cenas de suas novelas foram usadas para dar base para o debate do programa “Na Moral” exibido na madrugada desta sexta-feira (24).

Os convidados do programa Jô Soares, Silvio de Abreu, a desembargadora Maria Berenice Dias e o pastor Silas Malafaia. Eles debateram a respeito da moralidade na TV brasileira, citando as cenas sensuais, de conteúdo erótico e os relacionamentos homossexuais.

Malafaia era o único entre os convidados que é contra a exibição dessas cenas no horário em que elas estão sendo apresentadas. “Querem destruir valores morais que tem trazido o bem estar da sociedade”, disse o pastor.

O religioso defendeu que essas cenas sejam colocadas em outro horário, pois apresentá-las para crianças é “covardia”. Ele reafirmou suas convicções de que há uma intenção em transformar os paradigmas da sociedade brasileira.

O debate foi quente, principalmente quando o assunto foi a presença de personagens homossexuais nas novelas. Malafaia questionou a participação constante desses personagens nas últimas novelas da Rede Globo, citando que é uma forma de transformar algo pouco comum em normal diante da sociedade.

Uma família foi chamada para acompanhar o programa e a dizer sobre o que pensam quando a TV mostra cenas quentes entre casais héteros e entre casais homossexuais. As opiniões foram diferentes com exceção do beijo gay onde a maioria dos integrantes da família disseram não se sentirem a vontade de ver essas cenas. Confira o vídeo na íntegra no site do programa.

Fonte: Gospel Prime

Como será a ascensão do anticristo ao poder?

1231267_338321559636918_511488492_n










Muitas vezes quando estamos conversando com alguém sobre acontecimentos atuais, a conversa passa para os finais dos tempos e a ascensão do possível ditador mundial conhecido como Anticristo. O motivo é simples: os meios de comunicação relatam diariamente fatos que Jesus previu ocorreriam logo antes do Seu retorno, tais como os relacionados no vigésimo quarto capítulo de Mateus. E como sabemos que a Sua volta acontecerá justamente antes do período de sete anos que compreende o regime do Anticristo, vemos que a ascensão desse governante não pode estar longe.
Duas perguntas típicas nessas conversas são: “Quem é o Anticristo?” e “Quais são os seus planos atualmente?”
Apesar do Anticristo provavelmente já estar vivo, ainda não sabemos quem ele é. Mas a Bíblia tem muito a dizer a seu respeito para que não nos deixemos enganar quando ele surgir no cenário internacional.
Em um primeiro momento, ele dará a impressão de ser o super-homem político que o mundo há tanto espera, pois trará paz mundial e estabilidade econômica. A maioria o verá como um pacificador, um líder sábio, carismático e popular, como explicam as Escrituras: “Virá caladamente aos lugares mais férteis” (Daniel 11:24) e “com lisonja obterá o reino” (Daniel 11:21 TB – Tradução Brasileira)
Não se deixe enganar! Por detrás dessa fachada benevolente se esconde o objetivo sinistro de dominar o mundo, para o qual o Anticristo receberá poder diretamente do Diabo, e no final ficará possesso, em outras palavras, será o Diabo encarnado. (Daniel 8:24; 2 Tessalonicenses 2:9; Apocalipse 13:2-4,7-8).
A Bíblia também nos diz que o Anticristo não está trabalhando sozinho. Assim como Deus realiza Seus propósitos por meio de Suas forças celestes e de Seus filhos na Terra, o Diabo mantém sob seu controle e a seu serviço uma rede de demônios e pessoas na Terra. Por conseguinte, mesmo que o Anticristo ainda não tenha assumido o controle pessoalmente, muitos acontecimentos indicam que as forças espirituais que o apoiam vêm ganhando poder e têm se empenhado para influenciar o pensamento e as ações das pessoas para assim materializar seus intentos.
Os que servem o Anticristo, conscientemente ou não, estão preparando caminho para a entrada triunfal desse salvador de araque. As crises econômicas, as guerras, os desastres ecológicos causados pela má gestão dos recursos naturais ou os avanços tecnológicos convergem para a mesma direção e para promover o mesmo propósito maligno: criar caos e a “angústia das nações” (Lucas 21:25) e preparar o palco para o Anticristo assumir o poder.
É possível, neste exato momento, observar as forças que apoiam o Anticristo trabalhando para lançar um governo mundial centralizado. Um de seus métodos é a globalização. Vista por muitos como o curso natural dos acontecimentos, não está se estabelecendo por meios naturais, mas é o fruto de um plano definido e de forças poderosas que a promovem. Ao longo dos anos, os agentes do Anticristo no setor financeiro vêm desestabilizando as economias dos países depois permitindo sua recuperação e, nesse processo, assumindo o controle nos bastidores. Hoje, com os mercados econômicos mais estreitamente relacionados pela globalização, essas pessoas se encontram em posição de puxar o tapete debaixo de qualquer economia, ou até de todas ao mesmo tempo.
Como as pessoas resistem à ideia de abrir mão de suas liberdades pessoais e dos países de sua soberania, teriam que estar bem desesperadas para aceitarem um governo mundial único. É por isso que, na hora certa, os que apoiam o futuro ditador mundial empurrarão o mundo para a beira do colapso econômico.
Depois, com a economia mundial arruinada, os agentes do Anticristo pedirão ao seu super-homem para pôr termo ao caos que ele mesmo e seus comparsas fomentaram, oferecendo resgate ao mundo e trazendo um breve período de paz e estabilidade.
Muitas iniciativas que pavimentam o caminho rumo a esse governo global serão realizadas por motivos aparentemente altruístas, mas a realidade é que os que obedecem às ordens do Anticristo fazem apenas o que convém à sua meta de ampliar seu controle. Eles não dão nenhuma ajuda de graça, o preço é alto e, na hora certa, vão cobrar a fatura, ou seja, empossar seu homem forte: o Anticristo.
Mesmo que, à primeira vista, o prognóstico seja sombrio, é possível nos prepararmos para esse futuro permanecendo próximos de Jesus, estudando e obedecendo à Sua Palavra. Além disso, podemos nos encorajar com a certeza de que será um dia mais feliz quando Jesus Cristo voltar para resgatar Seus filhos das garras do Anticristo e pôr fim ao seu governo.
Você por acaso está preparado para os eventos do Tempo do Fim? Se não, a melhor maneira é se aplicando no estudo da Palavra de Deus e fazendo o que Ele lhe diz, tanto através da Palavra escrita quanto do que Ele lhe transmitir diretamente ao coração, em seus momentos de oração. Se assim fizer, não será enganado pelo Anticristo, mas seguirá o verdadeiro Salvador, Jesus Cristo, que o guiará e ajudará a superar os dias difíceis que se aproximam e o levará a uma maravilhosa nova vida com Ele, no Céu, para sempre!
Fonte: Armagedon

Pensando apenas em dinheiro , , RUSSIA vende armas para paises inimigos de ISRAEL

putin-pen-Reuters-640x480
Rússia anunciou segunda-feira que vai vender para o Irã os misseis S-300  terra-ar. A decisão termina um embargo que remonta a 2010, mostra que o presidente Barack Obama está perdendo rapidamente o controle do consenso internacional sobre o Irã.
Com essa atitude  também define um prazo Israel para atacar o Irã, desde que Israel vem  tratado o sistema S-300 como uma “linha vermelha”, e atacou a Síria várias vezes recentemente para evitar sistemas de defesa aérea da Rússia e de mísseis anti-navio avançadas de se tornar operacional.
Alguns analistas israelenses sugeriram recentemente que Israel só vai atacar o Irã se o programa nuclear do regime representa um direto e iminente ameaça-se a ” espada é na garganta . “
No entanto, é provável que os estrategistas israelenses têm outro prazo em mente, ou seja, o ponto em que um ataque militar contra o Irã não é mais viável. Atualmente, o Irã tem defesas aéreas fracos e não seria capaz de fazer muito para parar um ataque aéreo. No entanto, os mísseis russos vai avançar suas capacidades defensivas.
Efetivamente, em seguida, Putin está chamando bluff do mundo. Ele está estabelecendo um prazo para Israel fazer uma escolha fatídica, e desafiando a administração Obama a intervir. Mais amplamente, ele é desvendar o processo P5 + 1 de que os EUA tem dominado recentemente principalmente por liderar o caminho em oferecer concessões ao Irã. O “quadro” de Lausanne ainda é obscuro, e um acordo final é um longo caminho de fazer, mas Putin já está desafiando a alavancagem dos EUA que criou as condições para as negociações.
Putin sabe muito bem que ele está provocando uma contagem regressiva  israelense . Do seu ponto de vista, não faz diferença se o Irã ou a Síria realmente usar as armas que compraram deles , pois para a economia da Russia essa ajuda financeira é excelente para esses momentos de crise mundial ..
Para Israel, no entanto, a questão da guerra com o Irã não é mais teórico. É algo que os líderes e israelenses a administração Obama deve enfrentar-imediatamente.
Fonte: Breitbart.com

Peso sobre Nimrod e o cumprimento da profecia de Miquéias


b207571206Queridos (as) como é bom sermos testemunhas oculares do cumprimento das profecias bíblicas. Esse momento que além de comprovar a veracidade das profecias bíblicas em meio a um mundo de céticos e de zombadores, nos mostra que devemos estar vigilantes para os sinais que nos são mostrados a fim de que não sejamos como Carfanaum (Mateus 11:23). A nossa alegria se completa quando ouvimos as palavras do próprio Senhor (A redenção do mundo) dizer: “Mas, bem-aventurados os vossos olhos, porque vêem, e os vossos ouvidos, porque ouvem. Porque em verdade vos digo que muitos profetas e justos desejaram ver o que vós vedes, e não o viram; e ouvir o que vós ouvis, e não o ouviram.” Mateus 13:16-17. Será que nossos olhos e ouvidos estão tão fechados que não conseguimos perceber a estação do tempo da colheita?
Para entendermos no que se refere ao peso de Ninrod (poderoso caçador diante do Senhor – Gênesis 10: 9) e a sua terra hoje conhecida como NIMRUD ou Calá (Gênesis 10:8-12) e interligar com a volta do nosso Senhor Jesus e logo após o governo do Soberano Rei dos Reis (Apocalipse 19:16) sobre os remanescentes de Jacó. Vamos então à profecia: “… de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.
Portanto os entregará até ao tempo em que a que está de parto tiver dado à luz;(A mulher que está para dar a luz é a Noiva que será arrebatada, que sente as primeiras contrações antes do parto – João 16:20-23) então o restante de seus irmãos voltará aos filhos de Israel. E ele permanecerá, e apascentará ao povo na força do Senhor, na excelência do nome do Senhor seu Deus; e eles permanecerão, porque agora será engrandecido até aos fins da terra. E este será a nossa paz; quando a Assíria vier à nossa terra, e quando pisar em nossos palácios, levantaremos contra ela sete pastores e oito príncipes dentre os homens. Esses consumirão a terra da Assíria à espada, e a terra de Ninrode nas suas entradas. Assim nos livrará da Assíria, quando vier à nossa terra, e quando calcar os nossos termos. E o remanescente de Jacó estará no meio de muitos povos, como orvalho da parte do Senhor, como chuvisco sobre a erva, que não espera pelo homem, nem aguarda a filhos de homens. E o restante de Jacó estará entre os gentios, no meio de muitos povos, como um leão entre os animais do bosque, como um leãozinho entre os rebanhos de ovelhas, o qual, quando passar, pisará e despedaçará, sem que haja quem as livre.” (Miquéias 5:2-8). Percebemos que uma das cidades (ou sítio arqueológico) de grande valia foi destruída pelas mãos daqueles que se referem aos que são sementes do anti-cristo. Assim como foi cumprida cabalmente o peso proferido pelo profeta Naum (de Naum :1-15) sobre Nínive uma das terras de Ninrod em meados de 612 A.C –  – nesses dias atuais cumpre-se o peso sobre a cidade de Kalakh ou (Nimrud) – profetizado por Miquéias entre 750 e 680 A.C. aproximadamente.
A alerta para nós em que o tempo se aproxima do cumprimento do casamento real (Noivo Jesus / Noiva Igreja Fiel) e para os que são chamados às bodas do Cordeiro é que em breve virá o Rei das nações e sobre Ele virá à recompensa das nações, segundo as obras de suas mãos, atentemos à voz do que diz: “Ouvi, todos os povos, presta atenção, ó terra, e tudo o que nela há; e seja o Senhor DEUS testemunha contra vós, o Senhor, desde o seu santo templo. Porque eis que o Senhor está para sair do seu lugar, e descerá, e andará sobre as alturas da terra.” Miquéias 1:2-3. Eis que se aproxima o dia em que será lançada a foice a colheita e então o Santo dos santos contenderá com os moradores de toda a terra. Quem lê que entenda.
Veja o vídeo que mostra a destruição de Nimrud pelo E.I. (Estado Islâmico).

ANTI CRISTO A POSTOS - Papa incentiva Governo Mundial centralizado

11152340_822691701135098_4425441602128491580_nA conferência do Vaticano titulada “Proteger a Terra, dignificar a humanidade” que ocorrerá no próximo28 de abril, contará com a presença do secretário geral da ONU Ban Ki-Moone têm como objetivo “elevar o debate sobre as dimensões morais de proteger o meio ambiente” e construir “um movimento global através de todas as religiões, para o desenvolvimento sustentável e a mudança climática“.
Thomas Horn, co-autor junto com Cris Putnam do livro “Petrus Romanus: o último Papa já está aqui”, assinala que a conferência do Vaticano antecipa a encíclica sobre o aquecimento global e o meio ambiente escrita pelo Papa Francisco e que têm prevista sua publicação em junho ou julho.
Horn vê a tentativa do Vaticano de unir forças com as Nações Unidas sobre os problemas do aquecimento global e a mudança climática como uma evidência de que o Vaticano está seguindo um plano mestre que busca “estruturar as autoridades polítmaxresdefaulticas e econômicas do mundo para criar um governo mundial centralizado“.
Assinala que o cardeal Peter Turkson, presidente do Conselho Pontífice para a Justiça e a Paz, ajudou a escrever o primeiro discurso da encíclica do Papa e que também escreveu um documento em 2011 em nome da Santa Sede, pedindo o estabelecimento de uma autoridade mundial que elimine as desigualdades econômicas e redistribua a riqueza.
Se espera que na conferência do Vaticano assista o economista estadunidense Jeffrey Sachs, diretor da Earth Institute da Universidade de Columbia e assessor especial do chefe da ONU sobre os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Sachs também é diretor da Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.
Thomas Horn, sustenta que as pessoas deveriam tomar nota deste evento, baseando-se num documento publicado em 24 de outubro de 2011 pelo cardeal Peter Turkson, titulado: “Rumo à reforma dos sistemas financeiro e monetário internacional, no contexto de uma autoridade pública mundial“.
Horn disse que o documento “falava de uma chamada do Vaticano para o estabelecimento de uma autoridade política, ambiental e financeira mundial, que seria estabelecida em virtude das Nações Unidas“.
No documento, Turkson reconheceu que:
“Ainda há um longo caminho que recorrer antes de chegar à criação de uma autoridade pública com competência universal”.
“Pareceria lógico que o processo de reforma tivesse como referência nas Nações Unidas, devido ao alcance mundial das responsabilidades da ONU, sua capacidade de reunir as nações do mundo e a diversidade de suas funções e as de seus organismos especializados”.
Turkson descreve como deveria ser um desenvolvimento econômico mundial que o Vaticano considera aceitável.
“De todas as políticas a implementar, as relativas à justiça social global são as mais urgentes: estabelecer políticas financeiras e monetárias que não prejudiquem aos países mais débeis; políticas dirigidas à consecução de mercados livres e estáveis e uma distribuição justa da riqueza mundial, que poderiam derivar de formas inéditas de solidariedade fiscal mundial, que se tratarão mais adiante”.

Uma autoridade pública mundial

Em seu livro “Petrus Romanus”, Horn e Putnam sustentam que a diretiva do Vaticano tenta alcançar um mandato “moral” para estabelecer “uma autoridade pública mundial” e “um banco central mundial”.
Horn também chamou a atenção sobre a “Caritas in Veritate”, a terceira e última encíclica publicada pelo Papa Bento XVI antes de que renunciasse ao papado, que advogava por uma “autoridade política mundial”.
Um dos objetivos desta autoridade mundial, segundo Bento XVI, deveria ser o de “gerenciar a economia global; reativar as economias afetadas pela crise; evitar qualquer deterioro da presente crise e dos maiores desequilibrios posteriores; conseguir um oportuno desarme integral, uma segurança alimentaria e a paz; garantir a proteção do meio ambiente e regular os fluxos migratórios”.
Bento XVI, disse que: “Diante o imparável aumento da interdependência mundial, há uma necessidade óbvia, inclusive em meio de uma recessão global, de reformar a Organização das Nações Unidas, assim a arquitetura econômica e financeira internacional, para que o conceito de família de nações possa alcançar uma concretização real“.
Segundo Horn: “O considerado pelos católicos como representante pessoal de Jesus Cristo, se converteu num defensor de uma das organizações mais corruptas da face da Terra: as Nações Unidas. Estes fatos têm implicações proféticas para todos os cristãos que temem que uma ditadura global tome o poder na Terra nos últimos dias“.
Fonteelrobotpescador.com

Exposição que mostra pedofilia e zoofilia provoca bate boca entre deputados

Não foi só nas redes sociais que a mostra “QueerMuseu” gerou debates e bate boca. Na noite desta terça-feira (12) o assunto foi amplam...