terça-feira, 9 de setembro de 2014

POVO SEM CULTURA ,PRATO PREFERIDO DOS POLÍTICOS SAFADOS , LADRÕES E CORRUPTOS.

Esta dando  nojo ver  a propaganda eleitoral no Brasil.
Tem  um  tal  de  um  palhaço , que  cada vez  que  ele aparece me da  vontade de gritar e pedir socorro  .
Mas pedir socorro para quem se até o supremo esta dedilhado pelos 4  dedos da estrela vermelha .
Tamanha falta de  cidadania desse deputado  , cara deslavada , madeira lascada coberta com óleo de peroba .
Sem contar  o lixo  do coeficiente eleitoral , pois muitos estarão votando no palhaço e elegendo um marginal  com a  sobra dos votos .
MENTIRAS - PALHAÇADAS - ENGANAÇÃO ETC.
É , ESTAMOS LASCADOS COM A CULTURA IMPLANTADA NO BRASIL  PELOS PETRALHAS .
Mas para não ser leviano , não só dos petralhas não, mas  essa  cultura maldita implantada pelos políticos bandidos , cultura da corrupção na política .


EQUIPE GRITOS DE ALERTA .

Campanha de Dilma muda comando após delação de corrupção bilionária

Em meio ao impacto negativo provocado pela delação de Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras que acusou políticos petistas e da base aliada de envolvimento em um suposto esquema de desvio de recursos da estatal, a presidente Dilma Rousseff (PT) decidiu alterar o comando de sua campanha à reeleição. O ministro Miguel Rossetto (Desenvolvimento Agrário) assume a partir de hoje a coordenação geral da campanha. A função vinha sendo dividida entre o presidente do PT, Rui Falcão, e Giles Azevedo, que foi chefe de gabinete de Dilma.
A entrada de Rossetto dilui o poder de Falcão, que integra o campo majoritário do PT, do qual faz parte também o tesoureiro nacional do partido, João Vaccari Neto, também envolvido por Paulo Roberto Costa no suposto esquema de recebimento de propina da Petrobras. A entrada de Rossetto, além de mudar o comando político e estratégico da campanha, tenta demarcar melhor a distância de Dilma em relação a Vaccari.
A mudança não retira totalmente o poder de Falcão, porque, como presidente nacional do PT, ele tem a prerrogativa estatutária de integrar a coordenação de todas as campanhas. Mas seu poder agora será compartilhado com um petista de ala mais à esquerda do partido e mais próximo a Dilma. Rossetto não integra o campo majoritário do PT, ala à qual também pertence o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Quanto a Giles, apesar de ser um nome ligado à presidente, ele sempre teve uma atuação mais burocrática e menos política no governo e na campanha. As mudanças ocorrem num momento em que o ex-diretor da Petrobras denuncia o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, Vaccari e parlamentares da base governista de terem recebido propina de contratos da estatal.

LEIA  MAIS  EM . http://oglobo.globo.com/brasil/campanha-de-dilma-muda-comando-apos-delacao-de-corrupcao-bilionaria-13862775

Rede Gospel lança versão atualizada do seu aplicativo

Depois de realizar uma série de testes, a Rede Gospel de Televisão lançou a versão final do seu aplicativo para o sistema Android. Para baixá-lo, basta acessar o Google Play.
 
O app, que é gratuito, permite que o usuário tenha acesso às matérias do iGospel e toda programação da emissora, em tempo real, quando o aparelho estiver conectado à internet.
 
 
A Rede Gospel de Televisão também está disponível no sistema iOS. Para baixá-lo no iPhone, iPod ou iPad, basta acessar o site da App Store e fazer o download. Vale ressaltar, que a versão só está disponível a partir do iOS 6.1.
 
 
Redação iGospel

“Marina levará 80% dos votos evangélicos”, afirma Malafaia


Silas Malafaia é apontado como o responsável pela alteração no programa de governo de Marina Silva (PSB) no tocante ao casamento gay e a criminalização da homofobia. O assunto foi explorado pela mídia e provocou reações em Dilma e Aécio, que aproveitaram para criticar Marina e defender o casamento homossexual.
Na revista Época desta semana foi dado um grande destaque ao que é chamado de “voto evangélico”, que segundo analistas poderia até decidir a eleição. Malafaia foi entrevistado pelo semanário e afirmou que votará no Pastor Everaldo (PSC) no primeiro turno, mas ficará com Marina no segundo.
Negou que tenha sido ele o responsável pela mudança de opinião da candidata do PSB. “Meus tuítes só acenderam a lâmpada na equipe da Marina para mudar o que estava escrito. Mesmo assim, não me agradou em tudo. Tem muitos pontos lá contrários à ideologia cristã”, afirmou.
Para ele, Marina não é “candidata dos evangélicos”, tampouco “fanática”, como é taxada pelos petistas. “Marina contraria muita coisa que pastor evangélico pensa”, dispara Malafaia.
Homofobia, casamento gay e aborto voltaram a ser assuntos importantes nas campanhas presidenciais. Os principais candidatos têm sido perguntados sobre essas questões.  Ao falar sobre isso, Malafaia é contundente. Cita ainda o filósofo Michael Sandel, o qual defende que “a moral, os princípios e as questões da fé são fundamentais no debate político”.  “Esta eleição tem de ser moral. Não vale tratar do maior escândalo de roubalheira da história do Brasil, o mensalão? E a roubalheira na Petrobras? A corrupção é um câncer na sociedade. A discussão tem de ser moral mesmo”, assevera.
Para o pastor não há dúvidas que “o PT precisa perder a eleição para o bem do Brasil”.  Ele acredita que os evangélicos devem orar pelos governantes, mas “cada um vota em quem quiser”. Contudo, “quando o mandatário assume, entendemos que é a vontade de Deus”.
Não acredita que exista um “voto evangélico” unificado, reconhecendo que não existe unanimidade no pensamento político. Há diferentes segmentos evangélicos apoiando os principais candidatos. Portanto, não há sentido em se falar em um “partido evangélico”.   Mesmo assim, acredita que Marina “levará de 80% a 90% do voto evangélico”.
Ao falar sobre as chamadas “demandas evangélicas”, esclarece que não existe um desejo desse segmento de “impor ideologia”. Ao mesmo tempo, afirma que ao longo do seu governo, o PT vem votando contra os princípios defendidos pelas igrejas. Questionado sobre as promessas de Dilma que poderiam dar benefícios fiscais às igrejas evangélicas, decreta “Ela pensa que nós, evangélicos, somos idiotas e otários… Na caneta, ela não pode decidir isso. Tem de ser o Congresso. É hipocrisia eleitoral. Estão tão desesperados que prometem o que não podem entregar”.
Por fim, explicou que nunca pretende se candidatar a cargo eletivo. “Não fui chamado nem tenho competência para isso. Onde estou, falo com todos, teço minha ideologia. Lá, seria só mais um”.

GP

CADEIA JÁ - Dilma deve explicações sobre corrupção na Petrobras

O deputado federal e candidato a reeleição pelo estado de São Paulo, Marco Feliciano (PSC), criticou nesta terça-feira (09) a presidente Dilma Rousseff pelas denúncias de corrupção na Petrobras.
As denúncias foram feitas pelo ex-diretor de Abastecimento e Refino da Petrobras, Paulo Roberto Costa, após aceitar os termos de um acordo de delação premiada e causaram constrangimento. O ex-diretor da estatal foi preso em março pela Polícia Federal.
Paulo Costa é acusado de participar de um mega esquema de lavagem de dinheiro comandado pelo doleiro Alberto Youssef. Em um documento obtido pela revista Veja, Paulo cita pelo menos 25 deputados federais, 6 senadores, 3 governadores, um ministro de Estado e ao menos três partidos políticos (PT, PMDB e PP), que teriam tirado proveito de parte do dinheiro desviado dos cofres da Petrobras.
Marco Feliciano fez uma publicação em sua página oficial no Facebook lembrando que Dilma Rousseff era Presidente do Conselho de Administração da estatal durante o período que o esquema de corrupção foi aplicado.
“A candidata-presidente Dilma Rousseff era presidente do conselho administrativo da Petrobras durante o esquema de corrupção que beneficiou partidos aliados ao governo. Se não sabia nada sobre o esquema, é uma incompetente. Se sabia, precisa ser investigada”, escreveu Feliciano.
O deputado também pediu explicações à candidata a reeleição. “Dilma Rousseff precisa dar explicações sobre o esquema de lavagem de dinheiro que aconteceu debaixo do seu nariz e ela diz não ter sentido nem o cheiro”, disse Feliciano.

Mãe de menina paralisada após tomar vacina contra HPV: "Pernas perderam forças e ela caiu"

Natália Barbosa, 13 anos de idade, continua internada após tomar vacina contra HPVReprodução/Record
A mãe da adolescente, Natália Barbosa, 13 anos de idade, a costureira Darci dos Santos, 51 anos, disse que as pernas da filha “perderam a força” e ela "caiu", depois de tomar a vacina contra o HPV na última quarta-feira (3), em Bertioga, litoral de São Paulo. Desde sábado, a menina está internada, em um hospital de Santos, já que suas pernas estão paralisadas. Até o momento, não há previsão de alta, segundo Darci.
Além de não conseguir andar, Natália sente falta de sensibilidade da cintura para baixo, além de fortes dores de cabeça. Segundo a mãe da menina, as reações começaram horas depois de ela ter tomado a vacina na escola onde estuda, na última quarta-feira.
— As pernas dela ficaram sem forças e ela caiu no chão e, então, a levamos para o hospital. Naquele dia, os médicos descartaram que os sintomas tinham relação com a vacina. Eles disseram que ela poderia estar nervosa. Então, ela foi medicada e fomos embora.
Ainda segundo Darci, Natalia passou bem na quinta-feira (5) e sexta-feira (6), mas no sábado (6) os sintomas voltaram e ela foi novamente levada ao hospital.
"Vacina contra HPV é altamente segura", garante especialista
— Chegando lá, com mais casos aparecendo [outras dez meninas tiveram as mesmas reações após a vacina], os médicos disseram que só podia ser por causa da vacina. Os médicos não sabem ao certo, mas disseram que irão fazer o que puderem para que ela se recupere o mais cedo possível.
Darci contou que a filha tomou a primeira dose da vacina contra o HPV, aplicada em março deste ano, e não teve nenhuma reação.
— Na primeira dose, ela não teve nenhum problema. Então, deixei ela tomar a vacina agora porque achava que estava fazendo um bem para ela. Acho importante que os pais tomem muito cuidado agora e pensem muito bem antes de deixar suas filhas tomarem.
Às vésperas de campanha nacional, vacina contra HPV ainda gera polêmica entre especialistas
A Secretaria Estadual de Saúde está acompanhando de perto os casos das 11 jovens e já descartou qualquer problema com o lote de vacinas utilizado em Bertioga. De acordo com a responsável pelo setor de Imunizações da secretaria, Helena Sato, a vacinação contra o HPV vai continuar em todo o Estado.
— Casos como os dessas meninas são muito raros, mas não se atribuem a vacina. Esses sintomas podem acontecer, principalmente em meninas na adolescência, porque elas ficam ansiosas por tomarem medicações injetáveis, chamamos isso de ansiedade pós-imunização.
Helena enfatiza que não há nenhuma associação dos sintomas apresentados pelas adolescentes de Bertioga com a aplicação da vacina, uma vez que, o mesmo lote, composto por 320 mil doses, vem sendo aplicado desde o início do mês em estudantes de todo o Estado de São Paulo.
— Continuaremos a vacinação normalmente. Temos que enfatizar que essa vacina é segura e muito importante para todas as mulheres, já que previne o câncer do colo do útero, doença que, segundo o Instituto Nacional do Câncer, mata cerca de 25 mil mulheres por ano.
O caso
Pelo menos dez adolescentes de uma escola pública de Bertioga se queixaram de reação à segunda dose da vacina contra o papilomavírus (HPV), aplicada na última quinta-feira (4), em um grupo de estudantes. Logo após a aplicação, as meninas deram entrada no pronto-socorro de Bertioga com queixas de dor de cabeça e dificuldades para caminhar, já que não sentiam as pernas. Oito estudantes tiveram alta no mesmo dia, mas três continuavam com os sintomas, sendo transferidas primeiramente para o Hospital Santo Amaro, em Guarujá, e depois para o Guilherme Álvaro, que é uma unidade estadual, considerada de referência para a região.Vacinação contra HPV
A vacina contra o HPV (papiloma vírus humano) faz parte do calendário nacional de imunizações e, atualmente, está disponível gratuitamente apenas para meninas entre 11 e 13 anos. A segunda dose da vacina começou a ser aplicada no dia 1º deste mês.  A vacinação será feita nos postos de saúde e em escolas públicas e particulares que mostrarem interesse em imunizar suas alunas. A primeira dose foi aplicada em março deste ano.
"Vacina contra HPV é altamente segura", garante especialista
O vírus do HPV é transmitido por meio do contato sexual e responsável pela quase totalidade dos casos de câncer de colo do útero. Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), esse é o segundo tumor mais frequente na população feminina, atrás do câncer de mama, e a segunda causa de morte de mulheres por câncer no Brasil.

R7   VIA   GRITOS  DE  ALERTA

Primeira pesquisa eleitoral para deputados federais por São Paulo



Uma pesquisa realizada no período: 03/09/2014 a 06/09/2014 pelo Jornal Estado –com 5.400 eleitores no Estado de São Paulo apresentou o seguinte resultado para deputados federais por São Paulo. 1% equivale a 215.000 votos. Aparecem na ordem os seguintes deputados
TIRIRICA                                           (PR)               (6,35%)
MARCO FELICIANO                      (PSC)             (6,34%)
NETINHO DE PAULA                    (PC DO B)     (2,36%)
PAULO MALUF                               (PP)                (2,26%)
BRUNA FURLAN                           (PSDB)           (1,27%)
PAULINHO DA FORÇA                  (PDT)             (1,25%)
JILMAR TATTO                              (PT)                 (1,17%)
EDUARDO BOLSONARO             (PSC)                (1,15%)
ALVARO GARNEIRO                     (PRB)             (1,10%)
RODRIGO GARCIA                       (DEM)             (1,06%)
BRUNO COVAS                             (PSDB)             (1,03%)
ZARATTINI                                     (PT)                  (1,02%)
LUIZA ERUNDINA                        (PSB)               (1,00%)
OTA                                                   (PSB)               (1,00%)
CELSO RUSSOMANO                    (PRB)               (0,99%)
ARLINDO CHINAGLIA                  (PT) -               (0,97%)
ARNALDO FARIA DE SÁ              (PTB) -             (0,90%)
IVAN VALENTE                             (PSOL              (0,89%)
EDSON APARECIDO                    (PSDB)            (0,87%)
DR REY                                            (PSC)               (0,81%)
CAMPOS EDUARDO                      (PSDB) -          (0,80%)
ALINE CORREIA                              (PP ) -         (0,80%)
JORGE TADEU DEM                     (PPS) -              (0,77%)
ANTONIO BULHÕES                    (PRB)               (0,76%)
PAULO FREIRE                             (PR)                  (0,76%)
MIS. JOSÉ OLIMPIO                      (PP)                  (0,75%)
VICENTE CANDIDO                     (PT)                  (0,75%)
MARA GABRILLI                          (PSDB)            (0,75%)
FILIPPI                                             (PT) -                (0,70%)
CARLOS SAMPAIO                       (PSDB) -          (0,68%)
JANETE PIETÁ                                (PT) -                (0,68%)
VICENTINHO                                 (PT) -                (0,66%)
ARNALDO JARDIM                      (PPS) -              (0,66%)
RICARDO BERZOINI                    (PT) -                (0,66%)
THAME                                             (PSDB) -           (0,66%)
JOSÉ MENTOR                                (PT)                  (0,66%)
DIMAS RAMALHO                        (PPS) -              (0,66%)
TRIPOLI                                            (PSDB) -           (0,63%)
PAULO TEIXEIRA                         (PT) -                 (0,63%)
PEDRO SERAFIM                           (PDT) -                 (0,63%)
ALDO REBELO                               (PC do B) -        (0,62%)
VACCAREZZA                               (PT) -                  (0,62%)
MILTON MONTI                             (PR) -                  (0,62%)
SULA MIRANDA                           (PRB) -            (0,61%)
DEVANIR RIBEIRO                      (PT) -                  (0,60%)
DUARTE NOGUEIRA                    (PSDB) -               (0,59%)
ELI CORREA FILHO                     (DEM) -                (0,58%)
ROBERTO FREIRE                         (PPS) -                  (0,57%)
NELSON MARQUEZELLI            (PTB) -                  (0,55%)
JEFFERSON CAMPOS                   (PSB) -                  (0,55%)
DIB PSDB                                        (PPS) -                  (0,53%)
JULIO SEMEGHINI                        (PSDB) -                 (0,53%)
JUNJI ABE                                       (DEM) -            (0,53%)
ALEXANDRE LEITE DEM            (PPS) -              (0,53%)
GUILHERME CAMPOS DEM        (PPS)                (0,53%)
NEWTON LIMA NETO                  (PT) -                 (0,52%)





VIA   GRITOS  DE  ALERTA

http://jornalestado.blogspot.com.br/2014/09/primeira-pesquisa-eleitoral-para_7.html

Pastores da AD morrem durante surto do Ebola na África


Pastores da AD morrem durante surto do Ebola na África
Segundo a Organização Mundial da Saúde, estamos passando atualmente por um dos maiores focos de Ebola da história. Até agora, a doença já infectou cerca de 3.500 pessoas e causou a morte de mais de 1.900 na África Ocidental. Entre os mortos estão quatro pastores da Assembleia de Deus do distrito de Monrovia da Libéria, e vários cristãos na região Koindu de Serra Leoa.
Os países do Oeste Africano que atualmente estão lutando contra o surto da doença são Guiné, Serra Leoa, Libéria e Nigéria, com um surto separado na República Democrática do Congo na África Central. Até agora, segundo o Centro para Controle e Prevenção de Doenças, dos EUA, a doença foi fatal em 55 a 60 por cento dos casos relatados no surto do Oeste Africano.
Em um esforço para conter a doença mortal, muitas áreas foram colocadas em quarentena, o que resultou em escassez de alimentos. O grupo Missões Mundiais da Assembleia de Deus enviou fundos para ajudar diversas regiões na Libéria, Serra Leoa e Guiné.
De acordo com relatos missionários da Assembleia, apesar das inúmeras vidas ceifadas pela doença, o medo de Ebola tem levado muitas pessoas a se converterem a Cristo.
Greg Mundis, diretor executivo da agência missionária, pede para que as igrejas se juntem a eles em oração fervorosa para que mais almas se convertam, e para que o Espírito Santo ministre aos que estão trabalhando diretamente com o sofrimento.

CPAD VIA  GRITOS  DE  ALERTA

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...