domingo, 24 de agosto de 2014

Águia ou Urubu , Quem é você ?

Is 40:31 - Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.

Mt 24:28 - Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão os abutres.
Somos chamados por Deus para sermos vencedores e fazermos a diferença no lugar que Ele tem nos inserido, mas na verdade não é o que tem acontecido na vida da maioria dos cristãos nos dias de hoje. O mundo tem entrado na igreja e feito com que alguns cristãos vivam uma vida de derrota e se acomodem com essa situação. Mas graças a Deus que Ele ainda tem levantando pessoas radicais com o pecado, pessoas com sede de Deus e que tem buscado realizar aquilo que está no coração do nosso Deus. Ao estudar a Palavra de Deus, identifiquei dois versículos que citam o nome de duas aves e ao analisar as características delas, percebi que retratam a realidade dos cristãos que estão dentro das igrejas hoje. Por isso, trago essa palavra, para que você reflita que tipo de cristão você tem sido.
Quero iniciar falando a respeito do Urubu.
Mt – 24:28 - Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão os ABUTRES.

Os abutres são aves de rapina, mais conhecidos como urubus. São aves necrófagas que não possuem nenhuma beleza e formosura. Veja a seguir algumas características dessa ave.
1º - Urubu só olha para baixo
O vôo do urubu difere das demais aves, e quando exerce seu vôo o urubu olha somente para baixo a procura de corpos em decomposição para se alimentarem. Costumamos dizer que olhar de urubu é parecido com olhar de dono de funerária, sempre na expectativa de alguém morrer para ele se dar bem.
O urubu simboliza “ cristãos “ que ao invés de olharem para seu crescimento, o seu avanço, estão mais interessado na derrota das pessoas que estão ao seu derredor.Tentam crescer em cima da queda de outras pessoas e não pelo seu próprio mérito.
Esse tipo de cristão não tem visão, não olham para o alvo que é Cristo, por isso estão constantemente caindo. Elas tem um nenhum objetivo, não tem foco.
Aprendam uma coisa, aquilo que você focaliza é capaz de mudar seus sentimentos e suas atitudes, inclusive gerar em você uma inércia.
2º - Urubu só voa em círculos.
O urubu voa em círculos por que aproveita as correntes de ar para evitar ficar batendo asas e também esperando que através do ar ele sinta o odor das carniças, devido a ser um pouco grande e se cansaria em demasia. Essa característica nos lembra aqueles irmãos que deixam de voar nas Asas do Espírito para voar nas asas da incredulidade, não deixam Jesus completar seu propósito em sua vida. Na hora de avançar no sobrenatural, são levados por ventos estranhos ( influência de outros irmãos negativos, incredulidade, pecado, circunstâncias ) a não romperem na sua carreira cristã. Esse tipo de cristão é constantemente influenciado pelo diabo.
3º - O urubu é impuro por dentro.
Algo interessante dessa ave é que quando ele se sente ameaçado, ele provoca um vômito com um odor horrível, pior do que a própria carniça de que ele se alimenta, nem mesmo outro urubu se atreve a se aproximar.
Quantas pessoas você conhece que são assim? Não responda.
Ainda existe pessoas dentro da igreja que da sua boca só saem vômitos, palavras de maldição são constantemente lançadas, palavras torpes que ao invés de edificar a vida do irmão os leva a destruição. Em tg 3:10 diz: De uma mesma boca procede bênção e maldição. Você pode ser uma benção para a vida de outras pessoas mas também pode ser maldição para outras pessoas. O que tem saído de sua boca, benção ou maldição?
È bom lembrar o que Jesus disse em Mt 15:18 “Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem “, por isso o homem segundo o coração de Deus disse no salmos 141:3 “Põe, ó SENHOR, uma guarda à minha boca; guarda a porta dos meus lábios “.
4º - Urubu vive com urubu.
Urubu vive em bando, não anda só, porém esta sempre brigando com seus companheiros. Eu nunca vi um urubu com outra ave.
Engraçado, mas dentro das igrejas também são assim, os crentes urubus andam juntos, mas estão sempre brigando, falando mau deles próprios, e falando também do restante da igreja.
Pv 13:20 diz - O que anda com os sábios ficará sábio, mas o companheiro dos tolos será destruído.
Precisamos andar com pessoas que vão edificar a nossa vida, pessoas verdadeiras e que demonstram um genuíno compromisso com o Senhor Jesus.
Características da águia:
A ÁGUIAIs – 40:31 - Mas os que esperam no Senhor renovarão suas forças. Subirão com asas de ÁGUIA; correrão e não se fadigarão.
1º - Águia faz seu ninho em altos montes.
Ecologistas acompanharam o processo de construção do ninho. Ficava em um pico gelado, bem na encosta da montanha, um ponto perigoso e inacessível. A Camada externa do ninho era toda de espinhos, a 2º camada de gravetos, pele de animais e capim, o interior era revestido de penas. Apesar da neve que cai do lado de fora, o ninho é quente e aconchegante. Totalmente protegido.
Salmos 91:1 diz – “Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.”. Como as águias, precisamos estar em lugares altos e seguro, protegidos de ataques dos inimigos. Como o salmista revelou, este lugar é debaixo das Asas do nosso Senhor.
- Águia tem visão.
Os olhos das águias são grandes e frontais, isso as diferem das demais aves. Isso proporciona a águia uma visão panorâmica, que te dá uma extrema facilidade de enxergar sua presa.
Crente vencedor tem visão de águia, tem objetivos, alvos, conseguem ver o propósito e a Vontade de Deus para sua vida. Consegue ver as coisas como Deus vê. Leia depois II Rs 6:13-18.
Filipenses 3:14 Paulo relata que prossegue para o alvo pelo prêmio da vocação celestial de Deus em Cristo Jesus. Seus olhos estão fixados em Cristo. Ele é nosso alvo.
- Águia não come coisas impuras.
Os ecologistas identificaram ainda que a águia não come nada em decomposição e não bebe água suja. Interessante também que a fêmea só aceita um único macho durante toda a sua vida.
Como a águia que não se envolve com coisas impuras, precisamos nos afastar do pecado e de toda a imundícia que o mundo nos oferece. Is 59:2 fala que a nossas iniqüidades fazem divisão entre nós e o nosso Deus. Precisamos nos santificar a todo momento.
- Águia enfrenta as tempestades.
A águia quando se aproxima de uma tempestade, ela voa de encontro a ela, e a enfrenta até conseguir superá-la e voar tranqüilo acima das nuvens. A águia busca o alto.
Todos nós enfrentamos tempestades em nossa vida, mas muitos desistem por acharem a tempestade muito grande e difícil. A águia nos ensina o segredo para vencemos os problemas e dificuldades e esse segredo é buscar ajuda do alto. CL 3:1” Buscai as coisas que são de cima “. A nossa força vem do alto. Crente águia nunca desiste, mas enfrenta as tempestades da vida.

5º - Águia decide viver.
“A chega a viver cerca de 70 anos. Porém, para chegar a essa idade, aos 40 anos, ela precisa tomar uma séria e difícil decisão. Aos 40 anos, suas unhas estão compridas e flexíveis e já não conseguem mais agarrar as presas, das quais se alimenta. O bico, alongado e pontiagudo, se curva. Apontando contra o peito, estão as asas, envelhecidas e pesadas, em função da grossura das penas, e, voar, aos 40 anos, já é bem difícil! Nessa situação a águia só tem duas alternativas: deixar-se morrer ou enfrentar um dolorido processo de renovação que irá durar 150 dias.
Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e lá se recolher, em um ninho que esteja próximo a um paredão. Um lugar de onde, para retornar, ela necessite dar um vôo firme e pleno. Ao encontrar esse lugar, a águia começa a bater o bico contra a parede até conseguir arrancá-lo, enfrentando, corajosamente, a dor que essa atitude acarreta. Espera nascer um novo”. Bico, com o qual irá arrancar as suas velhas unhas.Com as novas unhas ela passa a arrancar as velhas penas. E só após cinco meses, "renascida", sai para o famoso vôo de renovação, para viver, então, por mais 30 anos. Muitas vezes, em nossas vidas, temos que nos resguardar, por algum tempo, e começar um processo de renovação.
Devemos nos desprender das (más) lembranças, (maus) costumes, e, outras situações que nos causam dissabores, para que continuemos a voar.Um vôo de vitória. Somente quando livres do peso do passado (pesado), poderemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz. Destrua, pois, o bico do ressentimento, arranque as unhas do medo, retire as penas das suas asas dos maus pensamentos e alce um lindo vôo para uma nova vida.
6º - A águia é vencedora até na morte.
Eu te pergunto: Você já encontrou restos mortais de uma águia?
Tenho certeza que não. Quando a águia sente que vai morrer ela não fica com medo e nem se lamenta. Ela procura o pico mais alto, um lugar inatingível e espera ali a sua morte. Até para morrer ela é incrível.
Somos chamados para fazer a diferença e voar cada vez mais alto. Todos nós trazemos a essência da águia.
Você é chamado para ser um vencedor.
Eu encerro te perguntando: Você tem sido águia ou urubu?
VIA GRITOS DE ALERTA.

`Fé em Deus é relevante para todas as doenças já estudadas´


`Fé em Deus é relevante para todas as doenças já estudadas´
Os efeitos benéficos da fé para uma vida longa e saudável foram novamente destacados por um pesquisador britânico que publicou um artigo sobre o tema. “Para ter vida longa, tenha fé em Deus”, resumiu Richard Scott.
Scott é um cristão e médico familiar que recentemente enfrentou um extenuante tratamento de radio e quimioterapia contra um câncer no intestino. Durante o tratamento, leu um estudo acadêmico de 700 páginas intitulado “Religion and Health” (“religião e saúde”, na tradução do inglês) e chegou à conclusão de que a influência positiva da fé na saúde é “extraordinária”.
O artigo de Scott foi publicado no British Journal of General Practice deste mês, segundo informações do jornal inglês Telegraph. No texto, o médico afirma que a fé contribui mais para uma vida longa e saudável do que o hábito de praticar exercícios físicos regularmente.
A “fé em Deus”, segundo Scott, pode reduzir em até 60% o risco de um ataque cardíaco e ajudar na melhora de um paciente que sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) ou que se recupera de um tratamento contra o câncer.
Na área da saúde mental, as estatísticas são ainda mais chamativas. Pacientes que sofrem de depressão se recuperam mais rapidamente quando têm fé, e os que sofrem de esquizofrenia têm maior qualidade de vida. Nos casos de abuso de álcool e drogas, a fé ajuda a reduzir o consumo das substâncias, diz o texto de Richard Scott.
A “Fé em Deus”, diz o médico, “é relevante para todas as doenças já estudadas”. Essa crença poderia ser, como muitos hoje em dia definem, ilusória, mas o efeito benéfico é real, com os pacientes demonstrando “maior felicidade, autoestima, otimismo e sentido na vida”, concluiu. 

CPAD

JOVEM DA SARA NOSSA TERRA É MORTO POR BANDIDOS NO RIO DE JANEIRO

João Pedro de Oliveira Ribeiro Junior, de 19 anosJovem morre após se


 envolver em um 


acidente de trânsito


 com homens


 armados, na Zona


 Norte do Rio

João Pedro de Oliveira Ribeiro Junior, de 19 anos Foto: Reprodução / Facebook

A Divisão de Homicídios (DH) da Capital procura testemunhas e câmeras de segurança que possam ajudar na identificação dos responsáveis pela morte de João Pedro de Oliveira Ribeiro Junior, de 19 anos, na noite desta sexta-feira. O jovem foi assassinado em Costa Barros, na Zona Norte do Rio, após se envolver em um acidente de trânsito com homens armados da região. João seguia com o amigo Diego Santana, de 26 anos, para um culto na Igreja Sara Nossa Terra, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Os dois resolveram cortar caminho por Costa Barros.
— Estávamos fazendo um trabalho na Escola Municipal Senador João Lyra Tavares. Terminamos pelas 17h30, e eu falei para irmos por dentro, porque a Linha Vermelha e a Dutra iam estar paradas já que era sexta-feira. Falei para irmos por Costa Barros, Costa Filho, Pavuna, que chegaríamos na hora do Ensaio do Louvor, que estava marcado para as 20h — relembra Diego.
Carro foi alvejado após acidente de carro envolvendo criminosos
Carro foi alvejado após acidente de carro envolvendo criminosos Foto: Guilherme Leporace / Agência O Globo
No caminho, os dois pararam num posto de gasolina em Madureira para abastecer o carro com gás e comer um xis-tudo.
— Ficamos um tempinho ali e seguimos. Chegamos em Costa Barros, na Estrada de Botafogo, acho, e estávamos rápido, a uns 80km/h, porque sabemos que ali é meio perigoso. Só que saiu um motoqueiro com um carona de uma das ruas da comunidade. Entraram com a moto na nossa frente, e o jovem que estava atrás apontou a arma e fez com a mão para que a gente parasse. O Junior viu e falou ‘para, para, para!’. Fomos diminuindo e indo atrás dele, devagar — conta Diego.
Nesse momento, o motoqueiro jogou a moto para a direita, próximo à roda do carona:
— Ele tentou fazer um movimento circular em volta do carro, só que calculou mal e bateu na lateral do meu carro. A gente estava muito devagar, mas a moto era grande e foi caindo. Os dois eram magros, jovens. Acho que não agüentaram o peso da moto.
Segundo Diego, neste momento, o carona disparou para dentro do carro.
— Eu não vi nada, só escutei o barulhão. Fiquei um pouco surdo, acelerei e fui embora. O carro começou a picotar, achei que tinha furado o motor, nem tinha visto o Juninho.
João Ribeiro de Oliveira Ribeiro, pai da vitima João Ribeiro de Oliveira Ribeiro Junior
João Ribeiro de Oliveira Ribeiro, pai da vitima João Ribeiro de Oliveira Ribeiro Junior Foto: Paulo Mumia
Foi somente quando fez uma curva e o corpo do amigo caiu sobre ele que Diego percebeu que o amigo estava ferido. Ele foi buscar socorro na Clínica da Família, na Pavuna, mas não conseguiram atendimento:
— A recepcionista disse que ali não tinha emergência, e eu falei que ele estava morrendo. Ela falou para eu ir para a UPA, que era perto. Mas era em Ricardo de Albuquerque. Saí para ir para a UPA, e mais a frente encontrei um policial, falei que tinham atirado na gente e ele só falou ‘ih, deu m...! Leva para o hospital’. Queria que o policial fosse comigo para me ajudar. Nunca tinha passado por aqui, então fui procurar uma autoridade.
O trajeto durou 40 minutos porque pegaram um engarrafamento e o carro apagou. João chegou morto na unidade. Diego acredita que o amigo morreu no momento dos tiros, já que foi alvejado em partes vitais, como peito e cabeça.
— O Diego ainda pediu ajuda de um carro da PM, mas negaram socorro. Sei que isso não traria meu filho de volta, mas é muito triste uma situação dessas — afirmou João Pedro de Oliveira Ribeiro, de 48 anos.
Parentes do jovem estiveram neste sábado no Instituto Médico Legal (IML) aguardando a liberação do corpo. Bastante emocionado, o pai de João lembrou que o filho frequentava a igreja desde que nasceu junto com a mãe e o irmão mais velho. Juninho, como também era chamado, trabalha em uma empresa de andaimes no Centro do Rio. A família morava em Deodoro, na Zona Oeste. O enterro está previsto para às 11h deste domingo, no Cemitério de Ricardo de Albuquerque.


VIA  GRITOS  DE  ALERTA /  EXTRA

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...