quinta-feira, 10 de julho de 2014

Aécio Neves pode ter dificuldade para conquistar evangélicos

Aécio Neves pode ter dificuldade para conquistar evangélicosO candidato à presidência da República Aécio Neves (PSDB) visitou a Convenção Geral das Assembleias de Deus, mas de acordo com o presidente político da CGADB, o pastor Lélis Marinhos, a imagem do tucano pode prejudicá-lo diante dos evangélicos.
Aécio Neves é conhecido como “bon vivant”, uma pessoa que sabe aproveitar os prazeres da vida. Para o pastor a forma como o candidato do PSDB conduz sua vida pessoal não condiz com o modo de vida pregado nas igrejas.
“A igreja é muito conservadora”, disse Lélis ao blog Painel, da Folha de São Paulo. “Aécio não comunga do modo de vida pregado por nós”, continua.
Ainda segundo o pastor “qualquer fato considerado como desvio de conduta” não é indicado aos fiéis, mas apesar desse posicionamento, as Assembleias de Deus podem levar em consideração outros fatores para apoiar ou não o tucano.
“Tem que ser estudado em uma conjuntura muito mais ampla, que aborde só esse tema”, disse Lélis Marinhos.
Segundo o Data Folha Aécio Neves aparece com 20% das intenções de voto ficando em segundo lugar. Mas entre os evangélicos pentecostais esse número cai para 14%.

GP

Pastor Everaldo terá o mesmo espaço na Globo que Dilma

Pastor Everaldo terá o mesmo espaço na Globo que DilmaOs quatro candidatos à presidência do Brasil mais bem colocados nas pesquisas eleitorais terão o mesmo espaço nos telejornais da TV Globo.
A decisão da emissora foi anunciada pelo blog “Painel”, da Folha de São Paulo, que destacou o espaço que o candidato do PSC, Pastor Everaldo, terá já que ele ocupa o quarto lugar com 4% das intenções de voto.
A decisão tomada pela Globo deixará Everaldo com o mesmo espaço dado à Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), os três primeiros candidatos de acordo com as pesquisas de intenção de voto.
Os candidatos Luciana Genro (PSOL), Eduardo Jorge (PV) e Levy Fidelix (PRTB) também terão direito de comparecer aos debates da emissora, mas terão espaços menores nos demais programas sobre a disputa eleitoral.
O Pastor Everaldo é vice-presidente do Partido Social Cristão (PSC), essa é a primeira vez que a legenda indica um candidato próprio para o cargo de presidente. Em 2010 o PSC apoiou a candidatura de Dilma Rousseff, apoio rompido no ano passado por diversas razões, principalmente sobre os assuntos defendidos pelo PT que vão contra aos valores do partido cristão.
A campanha de Everaldo deve focar na defesa da família, lema do partido, e também em outros assuntos como a privatização de estatais para conter os gastos federais e investir esses recursos na educação e saúde. “Tudo o que for possível tirar da mão do Estado, da corrupção, para passar para a iniciativa privada, e a gente pegar os recursos para colocar na educação, na saúde e na segurança pública, nós vamos fazer”, disse ele durante a primeira propaganda eleitoral divulgada em 24 de abril.

GP

Hummels revela pacto de não humilhação: ‘Não queríamos ridicularizar o Brasil’

Poderia ter sido muito pior. De acordo com uma entrevista concedida pelo zagueiro alemão Mats Hummels ao jornal inglês “Daily Mirror”, no intervalo do jogo, a seleção germânica teria feito um pacto para não humilhar o Brasil.
Naquela altura, a vaga na grande final da Copa do Mundo já estava encaminhada com 5 a 0 no placar, mas os jogadores se reuniram e decidiram “tirar o pé” para “respeitar” o anfitrião.
— Ficou bem claro que teríamos de continuar concentrados, jogar de forma séria e procurar não humilhar a Seleção Brasileira. Quando se está em campo, temos de mostrar respeito pelo adversário e foi muito importante que assim tenha sido, sem embarcar em brincadeiras ou algo do gênero. Não queríamos ridicularizar o Brasil - teria dito o zagueiro do Borussia Dortmund.
Hummels, um dos principais nomes da Alemanha neste Mundial e autor do gol que levou os alemães para a semifinal no jogo com a França, é dúvida para o final da Copa do Mundo. Ele saiu do confronto contra o Brasil no segundo tempo com uma lesão no joelho e ainda não sabe se vai se recuperar a tempo. Mertesacker entrou em seu lugar e deve ser o escolhido para jogar contra a Argentina, caso o titular não tenha condições de jogo.

Bíblia é colocada sobre corpo de cristão morto por muçulmanos

Bíblia é colocada sobre corpo de cristão morto por muçulmanosOs líderes cristãos do Quênia temem que os conflitos religiosos no país estejam fora de controle. Neste final de semana, grupos armados do grupo islamista somali al-Shabab mataram pelo menos 29 pessoas.

Segundo a Cruz Vermelha no Quênia, os ataques aconteceram na região costeira.  O comissário de polícia do Estado de Lamu, Njenga Miiri, relatou que um grupo de 15 homens armados invadiu a vila de Malamandi, em Hindi, enquanto outro grupo atacou a delegacia de Gamba, no condado de Tana River, onde libertou os presos, entre eles um militante da al-Shabab.
O Quênia tem testemunhado um crescimento nos ataques desde que aumentou a repressão do governo contra o al-Shabab, depois do ataque a um shopping ano passado. Contudo, divergências dentro do governo dificultam o combate ao grupo terrorista que tem ligações com a Al Qaeda.
Em Hindi, os homens armados entraram na vila e começaram a disparar contra as pessoas e colocaram fogo em uma igreja. O comissário municipal, Miiri Njenga, afirma que edifícios governamentais também foram incendiados.
Os guerrilheiros islamistas deixaram clara a intenção do ataque. Sobre o corpo de um dos mortos depositaram a Bíblia que ele carregava. A imagem foi estampada em vários periódicos internacionais nesta segunda, lembrando ao mundo das ameaças feitas pelo al-Shabab de exterminar todos os cristãos do país. No mês passado, cerca de 60 cristãos foram mortos enquanto assistiam a jogos da Copa do Mundo na TV, prática condenada pelos muçulmanos radicais.
Em entrevista ao site da Agência de Notícia do Quênia, o pastor Eliud Muwe, da cidade de Madogo, lembrou que dois anos atrás, dia 1 de julho de 2012, sua igreja foi atacada e 20 fiéis morreram quando granadas foram lançadas contra o templo na hora do culto. Mesmo assim, eles continuam se reunindo no local. Embora temam novos ataques e muitas pessoas ainda estejam com medo de ir aos cultos, a média de frequência na igreja subiu de 50 para 150 pessoas.
O clima de medo que tomou conta do país tem atraído muitos para ouvir a Palavra de Deus. Disse ainda que eles perdoaram os muçulmanos que os atacaram, mas esperam que o governo tome providências para proteger a população.  Com informações News Week

Hamas lança foguetes contra Jerusalém e Tel Aviv

O Hamas disparou foguetes contra Tel Aviv e Jerusalém na noite desta terça-feira. Os mísseis foram lançados a partir de Gaza e respondem aos ataques de Israel que tenta vingar a morte dos três adolescentes judeus que foram sequestrados e mortos.
O grupo fundamentalista já reivindicou os disparos e o  primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, já avisou que as ações militares na região irão “levar tempo”.
“Nenhum outro país vive sob tal ameaça e nenhum outro país aceitaria tal ameaça. Não vamos tolerar disparo de mísseis contra nossas cidades e vilas, e, por isso, eu ordenei uma ampliação significativa das operações da Força de Defesa de Israel contra os terroristas do Hamas e outros grupos terroristas na Faixa de Gaza”, avisou.
Para reforçar a segurança do país, Israel convocou 1.500 reservistas e autorizou a mobilização de outros 40.000 reservistas para uma possível invasão por terra.
Territórios controlados pelo Hamas na Faixa de Gaza foram alvejados por Israel com mais de 130 foguetes deixando 20 mortos, entre eles cinco crianças. O alvo israelense são as 150 instalações do grupo terrorista.
O  Exército israelense conseguiu frustrar uma tentativa de invasão ao sul do país, segundo informações internacionais militantes palestinos tentaram entrar em Israel. Quatro militantes foram mortos ao chegarem à praia de Zikim.

Presidente Palestino pede paz

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, quer que os ataques cessem. “A liderança palestina está realizando contatos urgentes com partes regionais e internacionais para parar com a escalada de tensões”, disse.
Abbas está em contato com o Egito que estava ajudou nas negociações de paz na região em novembro de 2012 depois de oito dias de conflito.
Outras nações já se pronunciaram sobre a situação, os Estados Unidos condenou os ataques contra Israel, já a União Europeia e as Nações Unidas pediram moderações para os dois lados.

Líderes cristãos do Iraque pede ajuda à União Europeia

Líderes cristãos do Iraque estiveram reunidos com representantes da União Europeia (UE) pedindo ajuda diante da fuga dos cristãos do país por conta dos ataques jihadistas.
O patriarca da Igreja Caldéia do Iraque, Luis Sako, e o bispo de Mossul, da Igreja Católica Síria, Yohann Petros Mouche, estavam juntos pedindo ajuda para preservar a minoria cristã do país.
“Esperamos que se comprometam para salvar o que pode ser salvo”, disse Sako que espera por uma “solução política” para dar fim à crise que tem tomado conta do país forçando os cristãos a fugirem para o Líbano e Turquia.
“Se nada mudar, a presença cristã será apenas simbólica devido à fuga dos cristãos para os países vizinhos, Europa e Estados Unidos”, disse Sako.
O Iraque deve ter hoje entre 400 mil a 500 mil cristãos, número inferior ao registrado em 2003 quando eram em um milhão.
“Somos uma minoria muito frágil, já que não temos exército nem milícias”, lembrou o patriarca que se preocupa com a situação local. “Os europeus têm um dever moral com o Iraque”, declarou.
Os jihadistas já ocuparam diversas cidades iraquianas, em Mossul igrejas caldeias e sírias ortodoxas foram ocupadas por insurgentes afastando os cristãos que ali moravam, em 2003 eram 35 mil deles antes da invasão americana. Com informações G1

FINAL DOS TEMPOS - Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia

Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia Segundo relato da vítima à políc...