sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

REVISTA CATÁLOGO PETBRASIL -ANUNCIE NO MELHOR CATALOGO DE PET DO BRASIL.


Bispo Edir Macedo publica vídeo insinuando que apóstolo Valdemiro Santiago não será arrebatado

Bispo Edir Macedo publica vídeo insinuando que apóstolo Valdemiro Santiago não será arrebatado; Assista
A guerra entre o bispo Edir Macedo e o apóstolo Valdemiro Santiago chegou ao arrebatamento. O líder da Igreja Universal do Reino de Deus publicou em seu blog um filme de curta-metragem onde sugere que seu desafeto, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, não será arrebatado quando Jesus buscar os fiéis.
O vídeo, ilustrativo para mostrar o caos que se prevê que tomará conta do mundo após o arrebatamento, mostra um plantão de notícias fictício em que a apresentadora relata acidentes aéreos e rodoviários, sumiço de pessoas e bebês, e o desespero das pessoas que agora tem que lidar com a ausência dos entes queridos. “Há quem acredite que Jesus raptou essas pessoas”, diz a jornalista.
Na sequência, a apresentadora afirma que os jornalistas da emissora procuraram pelo bispo Macedo, mas não o encontraram: “Nossa reportagem procurou o líder da Universal, mas o mesmo também havia desaparecido juntamente com sua família. Muitas de suas igrejas Universal não abriram as portas pois um número muito grande de seus pastores também está desaparecido. Os que foram encontrados não aceitaram falar com nossa equipe”.
A provocação ao apóstolo Valdemiro Santiago vem logo em seguida: “Inclusive, tentamos falar com o dissidente da Universal – que abriu sua própria igreja – mas ele disse que não se pronunciaria sobre o que aconteceu”.
Encerrando o plantão, a apresentadora usa uma frase muito usada em pregações sobre o arrebatamento: “Fiéis de várias denominações disseram que aconteceu o arrebatamento da igreja. Perguntados sobre o porquê de não terem sido levados com os outros, muitos lamentavam e choravam, dizendo que poderiam ter levado Jesus mais a sério”.
Assista:
G+

Guerra interna da CGADB vira caso de Polícia: pastor eleito tesoureiro da entidade é impedido de assumir cargo

Guerra interna da CGADB vira caso de Polícia: pastor eleito tesoureiro da entidade é impedido de assumir cargo; Assista
A guerra interna da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) deixou de ser apenas uma disputa jurídica e transformou-se num caso de Polícia na última segunda-feira, 24 de fevereiro.
O pastor Ivan Pereira Bastos, eleito primeiro tesoureiro da CGADB durante a última Assembleia Geral Ordinária (AGO), realizada em Brasília no ano passado, conseguiu uma autorização da Justiça para assumir o cargo, porém foi impedido por colegas ligados ao pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da entidade há 26 anos.
Bastos fazia parte da chapa oposicionista encabeçada pelo pastor Samuel Câmara, que foi derrotado nas urnas. No entanto, o modelo político da CGADB permite que um candidato a cargos administrativos possa assumir seu mandato, caso eleito, mesmo que a chapa não saia vencedora.
O pastor Ivan Pereira Bastos vinha tentando assumir o posto desde abril, segundo informações de Lauro Jardim, da revista Veja. “Mesmo com uma decisão judicial favorável à posse, ontem Ivan foi impedido de ocupar sua sala na CGADB. Sem alternativas, o pastor registrou ocorrência em uma delegacia de polícia da Zona Norte do Rio de Janeiro”, escreveu o jornalista em sua coluna Radar Online.
O próprio Bastos comentou o caso e listou os motivos que, segundo ele, seriam os motivadores da postura adotada pelos colegas pastores ligados à chapa situacionista: “O [pastor] José Wellington não me permite assumir porque sabe que fui eleito com votos da oposição e tenho compromisso com a transparência. Ao assumir a tesouraria todos sabem que eu vou abrir aquela ‘caixa preta’. Há fortes indícios de desperdícios do dinheiro dos associados em passagens aéreas e hotéis de luxo e principalmente de manipulação no processo eleitoral do ano passado para o atual presidente ser reeleito”, afirmou.
http://noticias.gospelmais.com.br/cgadb-caso-policia-pastor-impedido-assumir-cargo-assista-65485.html

FINAL DOS TEMPOS - Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia

Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia Segundo relato da vítima à políc...