segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Diante do Trono realiza congressos regionais pelo Brasil


Congressos anuais serão mantidos em Belo Horizonte/MG
O Diante do Trono realiza anualmente dois congressos que reúnem cerca de 22 mil pessoas, em Belo Horizonte/MG: o Congresso Mulheres Diante do Trono, no 2º semestre, e o Congresso Internacional Adoração e Intercessão, no 1º semestre.

A grande novidade para 2014 é a realização destes congressos em versões menores, em âmbito regional. A ideia é atender ao público que não consegue se deslocar para as programações anuais na capital mineira.

A primeira cidade a receber um destes eventos regionais é Natal/RN. Nos dias 20, 21 e 22 de março de 2014 vai ser realizado o Congresso Mulheres Diante do Trono – Nordeste, no Centro de Convenções de Natal/RN. “Este é um encontro poderoso e transformador para mulheres que buscam em Deus forças, sabedoria e direção para viverem os desafios e as alegrias de ser mulher. No mundo em que vivemos hoje muitas vezes nos faltam referenciais a seguir”, destaca Ana Paula Valadão. Estão abertas quatro mil inscrições pelo site diantedotrono.com.

No mês seguinte, o Diante do Trono realiza o tradicional Congresso Internacional Adoração e Intercessão (antigo Louvor e Adoração). Nos dias 17, 18 e 19 de abril de 2014, no ExpoMinas em Belo Horizonte/MG, mais de 10 mil congressistas são esperados para esta que será a 15ª edição do evento.
Para o segundo semestre, está programado o 4º Congresso Mulheres Diante do Trono a ser realizado normalmente, em Belo Horizonte/MG e um outro congresso a ser confirmado em outra parte do Brasil.

Serviço:
Congresso Mulheres Diante do Trono – Nordeste (regional)Data: 20, 21 e 22 de março de 2014.
Local: Centro de Convenções – Natal/RN.
Inscrições: http://www.diantedotrono.com/sites/congresso-mulheres-nordeste/


Congresso Internacional Adoração e IntercessãoData: 17, 18 e 19 de abril de 2014.
Local: ExpoMinas – Belo Horizonte/MG.
Inscrições: http://www.diantedotrono.com/sites/congresso-adoracao-intercessao-2014/

Canais oficiais do Diante do Trono:

Elisandra Amâncio
Comunicação Diante do Trono
comunicacao@diantedotrono.com

Sony Music investe em novos talentos


A dupla Bella & Vitor é formada por dois irmãos e em pouco tempo se destacou no cenário gospel no interior de São Paulo. Com uma carreira recente, a dupla chegou com grande estilo ao mercado gospel com o primeiro CD sendo produzido por Leandro Rodrigues, profissional muito conceituado do meio. O disco conta com músicas inéditas e versões internacionais do ministério Hillsong e da banda Leeland, entre outros. Basicamente este primeiro trabalho aposta no estilo pop adoração com roupagens bastante modernas. 

Depois de participarem do programa do Raul Gil e diversos outros programas, Bella & Vitor chamaram a atenção da Sony Music e nesta quinta-feira (28), assinaram contrato com a gravadora. A primeira canção divulgada deste trabalho é a faixa "Leva-me à Cruz" e já vem conseguindo boa repercussão nas mídias. O CD da dupla será lançado no início de 2014 pela Sony Music e terá como título "Não Vamos Mais Parar".

"Estamos muito felizes em fazer parte do cast da Sony Music. Não tínhamos expectativa de que em tão pouco tempo conseguiríamos ter nosso trabalho sendo reconhecido, mas nisto já vemos o cuidado de Deus!"- comentou Bella.


Mauricio Soares 
Diretor Executivo - Gospel Music

Usuários relatam problemas com cobranças do Facebook; veja o que fazer


Patrocinar (ou impulsionar) uma publicação, para que ela apareça na linha do tempo de diversos usuários, é uma das estratégias mais utilizadas pelas páginas dentro do Facebook para angariar mais curtidas. Mas essa prática, que é paga, tem causado transtorno para alguns internautas, que dizem terem sido cobrados indevidamente pela rede social.

Na comunidade pública do Facebook existem vários usuários reclamando sobre cobranças. Entre os casos mais comuns estão valores acima do combinado, cobranças por anúncios que não teriam sido solicitados e campanhas programadas para um dia, que seriam estendidas sem autorização. Procurado, o Facebook afirmou que muitos dos problemas apontados podem ser fruto da desatenção e deu dicas para o usuário evitar problemas na hora de criar anúncios.

Jihane Sato, publicitária e administradora da página "First Kiss", afirma que recebeu uma cobrança referente a um anúncio que ela não realizou. "O Facebook me enviou um e-mail cobrando o valor de R$ 470. Só que eu não solicitei nenhum anúncio com esse custo. O aviso agora aparece também na minha área de administrador", explicou.

A única forma encontrada por ela para impedir a cobrança foi bloquear o pagamento diretamente com o banco. Mesmo assim, diz que os avisos de pendência não pararam.

Assim como Jihane, a empresária Andrea Giusti enfrenta problemas. Ela é a responsável pela página "Procura-se Cachorro" e reclama da forma como o Facebook fez os débitos. Segundo ela, a rede social não avisou que havia sido criado um anúncio, no valor de US$ 460 (cerca de R$ 1.057), impossibilitando que ele fosse cancelado.

"No procedimento normal, o site envia uma confirmação por e-mail após um pedido patrocinado, para que o usuário saiba tudo o que está acontecendo. Eu não recebi esse aviso e só vi que havia um anúncio depois que ele acabou e foi cobrado", conta. Andrea realizou o pagamento solicitado pela rede social, pois teve medo de ter sua conta cancelada, e agora tenta reaver o dinheiro.

Karlos Wendell, cabeleireiro que cuida da página "Karlos Wendell Cabeleireiros", alega que realizou somente um anúncio no valor de 30 euros (R$ 93) no dia 11 de novembro de 2013 e este vinha sendo cobrado todos os dias novamente desde então. Sem contato com a rede social, a saída encontrada por ele foi cancelar o cartão de crédito.

O UOL Tecnologia levou as reclamações acima à rede social, que disse não comentar casos específicos. O site, no entanto, dá algumas recomendações para o usuário evitar problemas deste tipo. O Facebook também não se pronunciou a respeito de possíveis falhas do sistema.

Veja abaixo alguns cuidados a serem tomados por pessoas que usam o sistema de patrocínio.

1. Verifique a duração da sua campanha. Sempre coloque uma data de término em seus anúncios, impedindo a cobrança por mais tempo do que o desejado.

2.Certifique-se que o e-mail cadastrado na sua conta de anúncios para receber notificações de pagamento seja acessível e monitorado regularmente.

3. Controle as atividades dos outros administradores da página e verifique se alguém criou anúncios.

Outra orientação fornecida pela rede social é de que o internauta pode utilizar a central de ajuda do site para tirar suas dúvidas. Caso o cliente ainda queira falar com o Facebook para mandar uma dúvida ou uma reclamação, ele pode enviar sua pergunta por um formulário na página.

Atendimento

O atendimento por telefone do Facebook só está disponível para anunciantes que gastam acima de R$ 1.500 por mês. Por isso, quem gasta menos só consegue contatar a rede social pelo formulário mencionado acima.

O site não possui um prazo para responder as solicitações. No entanto, de acordo com o Procon-SP, esse período deve ser de no máximo até cinco dias úteis, conforme decreto que regulamenta as empresas de comércio eletrônico.

Se o usuário (pessoa física) não conseguir solucionar a situação, pode pedir ajuda ao Procon de sua região. No site da organização do Estado de São Paulo, por exemplo, há um formulário que pode ser preenchido para iniciar uma reclamação. Caso a queixa seja referente a uma pessoa jurídica, como uma empresa, é preciso acionar a Justiça tradicional.

Fonte: UOL

85% das igrejas são lideradas por pastores sem formação teológica.

85% das igrejas são lideradas por pastores sem formação teológica85% das igrejas são lideradas por pastores sem formação teológica. Iniciativa deseja reverter esse quadro no menor tempo possível.

Durante o século passado, o número de evangélicos em todo o mundo cresceu de forma explosiva. Estima-se que 75% deles vivam na África, na Ásia ou na América do Sul. Embora seja impossível saber ao certo, estudiosos calculam que existam cerca de 2,2 milhões de igrejas evangélicas em todo o mundo. Mas 85% delas são lideradas por pastores com pouca ou nenhuma formação teológica. Estima-se que menos de 10% dos pastores possuem um diploma de teologia.

O pouco acesso à educação formal afeta a compreensão de verdades básicas da Bíblia. O grande número de analfabetos e a pouca disponibilidade em alguns países dificulta ainda mais o processo de treinamento. Em muitos lugares o acesso à Internet é precário ou simplesmente não existe.

Nada disso muda o poder do Evangelho em mudar vidas, mas gera problemas que os evangélicos que não vivem essa realidade possivelmente não são capazes de entender. Contudo, este cenário afeta milhões de pessoas em muitos países.

Uma campanha de âmbito mundial da organização The Gospel Coalition (TGC) deseja acabar com o que descreve como “fome de Bíblia”. O foco principal é chamar atenção para as regiões “subnutridas teologicamente”, especialmente no Hemisfério Sul.

O famoso Movimento AD2000 e Além ressaltava o contraste de um pastor formalmente treinado para cada 230 pessoas nos EUA. A proporção na região menos evangelizada do mundo, a chamada janela 10-40, é de um pastor com treinamento formal para cada 450 mil pessoas. Se a média estimada de 174.000 pessoas se convertendo diariamente a Cristo no mundo todo, seriam necessários mais de mil pastores formados por dia.

A TGC está levantando fundos entre cristãos comprometidos para treinar tradutores, fazer parcerias com editoras e centros de treinamentos missionários para oferecer acesso a recursos bíblicos, no formato impresso, mas também digital. Estes são mais baratos, mas segundo dados divulgados, apenas 33% da população mundial tem acesso fácil a computadores hoje.

Uma primeira edição de material de treinamento básico já foi impresso para ser doado e distribuído para pastores e igrejas juntamente com doações de comida para os locais mais carentes.


Já existe uma mobilização para identificar pessoas em cerca de 120 países onde as carências são mais claras. Um dos objetivos de curto prazo é mandarem missionários que sejam especializados no treinamento teológico, que em pouco tempo podem ajudar a reverter esse quadro de deficiência ou ausência de treinamento. Também pedem orações pela mudança nessa realidade o mais depressa possível.  Com informações de The Gospel Coalition e Training Leader International.



FONTE. http://joseivanbarbosa.blogspot.com.br/2013/09/85-das-igrejas-sao-lideradas-por.html

CARTÕES DE VISITA - FOLDERS - IMPRESSOS EM GERAL - obs. parte do lucro é destinado para a obra de DEUS .

Em virtude de tantas dificuldades e lutas que se levantam dia a dia , buscamos uma alternativa para obtermos recursos para ajudar na obra de DEUS .
E assim iniciamos a GRAFICA GRAÇA E PAZ .

CARTÕES DE VISITA - IMÃS PA
RA GELADEIRA - FOLDERS - IMPRESSOS EM GERAL .

COMPRE  E NOS AJUDE .




Pedidos  -  Email -  portaldosbrindes@hotmail.com  
FONES.
019 9 9137 1059 - 019 9 8292 7812


BISPO ROBERTO TORRECILHAS.

AMIGOS DO PT E DA DILMA - Maduro tabela aluguel de lojas e pede prisão imediata de quem elevar preços - ISSO É O QUE QUEREM PARA O BRASIL ?

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, congelou ontem o valor da locação de lojas e ordenou a prisão imediata de comerciantes que "remarquem ou cobrem preços injustos". Os decretos, baixados sob a Lei Habilitante, que lhe garante poderes especiais, incluem ainda um órgão estatal para conter a valorização do dólar. Este é o segundo pacote de medidas de Maduro para tentar estabilizar a economia do país.
"A partir da publicação do decreto, a locação de propriedades para atividades comerciais não pode exceder um montante mensal de 250 bolívares (R$ 92) por metro quadrado", disse o presidente, em pronunciamento no Palácio Miraflores, transmitido em cadeia nacional.
De acordo com Maduro, a medida é "urgente e de caráter transitório" até que o tema seja regulamentado. O governo tenta combater a especulação imobiliária, classificada por ele como um conjunto de "forças produtivas especulativas e ladras", que estariam prejudicando as "forças produtivas saudáveis" do país.
Os contratos atuais com valores superiores ao estabelecido deverão ser adequados à nova regra. Os que tiverem valores inferiores podem manter o preço sem alteração. A lei estabelece também que os condomínios não poderão exceder mais do que 25% do valor de aluguel. O uso de moeda estrangeira para o pagamento de aluguel continua proibido.
O líder bolivariano ordenou ainda a prisão imediata de todos os comerciantes reincidentes na cobrança de preços abusivos. Maduro pediu que a polícia, civis e a Justiça "atuem com toda a severidade da lei em inspeções nas quais seja demonstrado que houve remarcações de preço". Segundo o presidente, uma nova onda de repressão deve começar hoje, porque "99% dos estabelecimentos" fiscalizados nos últimos dias subiram os preços "sem critério".
Na semana passada, Maduro assinou as primeiras leis depois que a Assembleia Nacional lhe garantiu, por 12 meses, o direito de aprovar leis para combater o que o governo chama de "guerra econômica contra a burguesia parasitária e o imperialismo".
Outra medida do líder chavista é a criação do Centro Nacional de Comércio Exterior e da Companhia de Comércio Exterior para "desenvolver a política monetária e organizar as importações, exportações e investimentos no exterior". Maduro disse que a intenção é "cortar pela raiz a roubalheira" e anunciou um aumento nos rendimentos da poupança, de 12,5% para 16%.
De acordo com o presidente, um grupo de cinco empresas estatais será encarregado de organizar a importação para suprir todas as necessidades do país. "O grupo terá um comando único e firme e todos verão como em pouco tempo conseguiremos arrumar tudo", disse.
A nova legislação pretende simplificar os processos de entrada de bens e produtos no país, que registrou, no começo do mês, índice de desabastecimento de produtos da cesta básica de 22,4%. "Uma eficiência mínima é o mesmo que a corrupção. Se existem 20 passos para importar algo, existem 20 pessoas que cobram um pedágio", afirmou.
O Centro de Comércio Exterior será presidido pelo ministro do Comércio, Alejandro Fleming, e a Companhia de Comércio Exterior, por Ramón Gordillo. Na quinta-feira, o presidente da Federação de Câmaras e Associações de Comércio e Produção da Venezuela (Fedecámaras), Jorge Roig, disse que a entidade esperava que Maduro anunciasse medidas que garantissem a propriedade privada e o acesso a dólares para poder "fazer ajustes oportunos aos preços que, normalmente, são discutidos com os empresários".
Durante o pronunciamento de ontem, Maduro acusou a Fedecámaras e outras associações comerciais de atuar com a Mesa da União Democrática (MUD), grupo opositor, para desestabilizar a economia. /AFP, EFE e AP

João Alexandre anuncia rompimento com a música gospel e afirma que o meio é baseado na “fama, grana e idolatria”

João Alexandre anuncia rompimento com a música gospel e afirma que o meio é baseado na “fama, grana e idolatria”
2
O cantor João Alexandre publicou em seu perfil no Facebook uma declaração de rompimento com o meio gospel, demonstrando sua insatisfação com os rumos que esse setor tomou.
Em seu texto, o cantor solicita que ao se referir a ele, não o relacione ao meio gospel, a quem chama de “’idiotizado’ mercado”.
A declaração de João Alexandre, um dos artistas de maior relevância na música cristã e um dos precursores do movimento, discorda frontalmente do que vem sendo praticado pelo mercado: “O termo “Gospel” tem uma conotação mercadológica baseada na fama, na grana e na idolatria de artistas, bandas, gravadoras, formatos musicais, mensagens positivistas, entre outras distorções que variam conforme a conveniência dos tempos e dos “bolsos” dos brasileiros, cristãos ou não”.
Confira abaixo a íntegra do texto de João Alexandre, publicado em seu perfil no Facebook:
Peço licença para uma declaração:
Não faço mais parte, definitivamente, nem em número, nem em gênero e nem em grau, do importado movimento “GOSPEL”!
Por favor, quando alguém se referir a mim ou ao meu trabalho, não utilize esta forma de me definir e nem me inclua dentro desse “idiotizado” mercado, pelo bem da verdadeira Música Cristã Brasileira e de seus honrados e dedicados compositores, artistas e poetas que, assim como eu, sobrevivem, a duras penas, de seus talentos e trabalhos, nadando na contramão da escravidão imposta pela grande mídia!
Simplesmente me chamem de João Alexandre, músico (e olha lá!)!O termo “Gospel” tem uma conotação mercadológica baseada na fama, na grana e na idolatria de artistas, bandas, gravadoras, formatos musicais, mensagens positivistas, entre outras distorções que variam conforme a conveniência dos tempos e dos “bolsos” dos brasileiros, cristãos ou não!
Só quero, assim como qualquer músico que busca a excelência, fazer o melhor que posso com aquilo que tenho, de forma honesta e verdadeira, dormir com a consciência tranquila de que cumpro a missão que Deus me deu (de cantar sempre a Verdade!) e agradecer todos os dias a Ele por aqueles que me deixam fazer parte de seus ouvidos e de suas existências!


G+ 

Após multa por pedofilia, Bispo diz que Igreja não consegue vigiar padres


O Bispo da Diocese de Umuarama, no noroeste do Paraná, Dom João Mamede afirmou em entrevista coletiva que a Igreja não pode ser responsabilizada pelo crime de pedofilia que foi cometido pelo ex-padre José Sipriano da Silva.

Dom Mamede defendeu que a Igreja não pode controlar seus sacerdotes nos períodos que eles estão de folga. “Ele (José Sipriano da Silva) é uma pessoa adulta, dona e responsável pelos seus atos. A Igreja não consegue e não tem o direito de vigiar o que os seus sacerdotes fazem a noite dentro de casa, é impossível”, declarou o Bispo da Diocese de Umuarama.

A Diocese de Umuarama foi condenada em uma ação por danos morais pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) a pagar R$ 50 mil a família de um dos quatro meninos que acusaram um padre de São Tomé, também no noroeste do Paraná, de ter cometido abusos sexuais contra eles em 2002.

À época das acusações o padre foi afastado e logo após o julgamento criminal foi expulso da Igreja. No julgamento do STF, o ex-padre também foi condenado a pagar R$ 50 mil a uma das vítimas.

Dom João Mamede argumenta que a Diocese está recorrendo da questão legal, da multa aplicada, e não da atitude e ações tomadas por Silva. “Quando o padre praticou esses atos, ele não praticou em nome do ministério pelo qual ele era responsável e sim em nome dele. A lei não pode responsabilizar a Igreja por isso”, detalhou Dom Mamede.

Nos próximos dias a Diocese de Umuarama vai entrar com um processo para recorrer da decisão do STJ. O Bispo de Umuarama concluiu que todos os casos de pedofilia que ocorreram dentro da Igreja são tratados com rigor e os envolvidos julgados por meio do direito canônico.

Fonte: CBN Foz

Cristãos estão em extinção em países do Oriente Médio


A afirmação foi da ministra de Fé e Comunidades do Reino Unido, Sayeeda Warsi, durante um discurso proferido na Universidade de Georgetown, em Washington.

Segundo a ministra, em algumas partes do mundo, como o Oriente Médio, os cristãos “correm risco de extinção”, devido à violência dirigida a eles.

- Estou preocupada, assim como outros membros da sociedade, com a significativa quantidade de correspondência que recebemos alertando que o berço do cristianismo – partes do mundo onde o cristianismo se propagou primeiro – está vendo uma grande parte da comunidade cristã indo embora e os que restam sendo perseguidos – afirmou Warsi.

- Um em cada dez cristãos vive em situação de minoria e, um grande número de pessoas que vive em situação de minoria em todo o mundo é perseguido. Eles estão sendo vistos como os recém-chegados, estão sendo tratados como ‘o outro’ dentro dessa sociedade, apesar de estarem ali por muitos e muitos séculos – completou a ministra.

Primeira Muçulmana a servir ao governo Britânico, Warsi é Ministra de Fé e Comunidades, cargo que a coloca como uma ministra sênior do Estado no Escritório de Relações Estrangeiras do Reino Unido.

De acordo com o World Watch Monitor, a ministra ressaltou que “os Cristãos no Oriente Médio são vistos como ‘intrusos’ na região onde têm vivido desde o despontar do Cristianismo”. Ela disse ainda que os cristãos “são vistos como ‘forasteiros’ em sociedades que ajudaram a moldar por séculos, e culpados por ofensas ocidentais”.

- Um êxodo em massa está acontecendo, numa escala Bíblica. Em alguns locais há o perigo real de que o Cristianismo seja extinto – completou Warsi.

Sayeeda Warsi exortou ainda líderes políticos a manterem sua palavra garantindo que suas constituições nacionais sejam cumpridas e que as leis internacionais de direitos humanos sejam seguidas.

- Há muito mais a fazer. Há um consenso internacional na forma de uma resolução do conselho de direitos humanos sobre o tratamento das minorias e a tolerância para com outras religiões, mas nós precisamos construir uma vontade política por trás disso. Temos artigos internacionais, que são os mais traduzidos sobre a liberdade de religião, mas eles não estão implementados; logo, não é apenas ter leis, é necessário que os políticos que tenham a vontade política para implementar essas leis – completou a ministra em seu discurso.

Filha de imigrantes Paquistaneses, Warsi nasceu na Inglaterra e foi elevada à Casa dos Lordes em 2007, aos 36 anos, sendo a mais jovem integrante do parlamento na época. Em 2010, o Primeiro Ministro David Cameron a apontou como ministra sem pasta, em 2012 foi nomeada para a pasta de Fé e Comunidades.

Fonte: Gospel+

Intolerância religiosa mata mais de 20 cristãos por dia


Relatório sobre intolerância religiosa divulgado pela Fundação para a Análise e Estudos Sociais (FAES) revelou que mais de 20 cristãos morrem diariamente vítimas de perseguição por outros grupos religiosos

O número de mártires do Evangelho chega a quase um por hora, segundo o pesquisador Javier Rupérez, membro da Real Academia de Ciências Morais e Políticas e autor do estudo “A perseguição aos cristãos no século XXI”.

“Os cristãos no mundo, mais do que qualquer outra comunidade religiosa, constituem hoje um grupo perseguido e ameaçado, com urgência na necessidade de proteção e assistência”, afirmou o pesquisador.

O levantamento foi feito a partir da análise de inúmeros artigos, estudos e outras avaliações a respeito de eventos noticiados pela mídia de todo o planeta.

Segundo Javier, os casos que aparecem na mídia são apenas a ponta do iceberg: “Eles não são nada. Particularmente, são amostras violentas de uma tendência conhecida e multiplicada por todo o período contemporâneo e não podem ser entendidas como eventos isolados e, portanto, insignificantes”, lamenta o estudioso.

Há ainda, de acordo com o estudo, que se acrescentar os casos de perseguição religiosa em países ou regimes “que tem o ateísmo como estado de crença e a perseguição religiosa como padrão” à lista, como é o caso da Coreia do Norte.

Em sua análise, Javier Rupérez informa que o número de cristãos mortos nos últimos 10 anos chega a 100 mil. O relatório traz ainda outros dados a respeito da perseguição religiosa no mundo, e destaca que 75% da população mundial sofre alguma restrição ao exercício da liberdade religiosa.

“A perseguição em curso contra os cristãos tem diversas fontes de inspiração e diferentes níveis de insanidade, alguns dos quais estão diretamente relacionados com o plano criminoso para apagar os traços do cristianismo da face da Terra”, disse, de acordo com informações do site Acontecer Cristiano.

Fonte: Gospel+

O testemunho cristão de Paul Walker


O testemunho cristão de Paul WalkerO testemunho cristão de Paul Walker
O ator Paul Walker, 40, ficou famoso mundialmente pelos filmes da franquia “Velozes e furiosos”. Ele morreu neste sábado (30), após o Porshe onde ele estava ter sofrido um acidente, o carro bateu em um poste e pegou fogo.
O assunto foi um dos mais comentados nas redes sociais durante o final de semana. Entre os muitos comentários, estavam trechos de uma entrevista que ele concedeu à revista GQ em agosto. Nela, ele conta que passava por uma fase de “reavaliação” da vida e pretendia mudar o ritmo depois dos 40 anos para dedicar mais tempo à sua filha Meadow, 16, que vivia com ele.
Walker também queria se envolver mais com sua própria fundação, a Reach Out Worldwide, criada em 2010 para ajudar pessoas afetadas por catástrofes naturais. O último evento da Reach Out foi nesta semana, arrecadando dinheiro para as vítimas do tufão Haiyan, nas Filipinas.
Também durante a conversa com a GQ ele contou que foi criado em uma família mórmon, mas frequentou uma escola de ensino médio protestante, o que lhe influenciou muito. Embora circule na internet uma declaração atribuída ao ator Stephen Baldwin que Walker teria aceitado Jesus antes de morrer, não há uma fonte confiável para atestar isso.
Por outro lado, o influente site Christian Post resgatou uma declaração da biografia oficial de Walker no IMDB: “Eu sou um cristão agora. As coisas que me deixaram louco enquanto eu crescia é como todo mundo fica procurando os erros das religiões diferentes da sua. As únicas pessoas que não entendo são os ateus. Eu pratico surfe e snowboard, estou sempre por perto da natureza. Olho para tudo isso e penso: ‘Quem pode acreditar que não existe um Deus? Tudo isso é um engano?’ Isso só me deixa chocado”.
foto acidente paul walker O testemunho cristão de Paul Walker
Foto do acidente de Paul Walker
Embora não forneça muitos detalhes sobre que igreja ele frequentava, o portal Christian Post afirma que ele era um “cristão não-denominacional” e que essa seria sua motivação para criar a Reach Out Worldwide.

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...