quinta-feira, 14 de novembro de 2013

ALERTA GERAL ---- PT vai votar PLC 122 na quarta-feira, 20 de novembro

Conforme a Agência Senado, o senador Paulo Paim (PT-RS) entregou nesta quinta-feira (14) à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) seu substitutivo ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 122/2006, que criminaliza a “homofobia,” e anunciou que o projeto poderá ser votado na próxima quarta-feira (20).

Senador petista Paulo Paim
“Homofobia,” no seu uso comum pela mídia, significa qualquer contrariedade ao homossexualismo. Por exemplo, se o professor em sala de aula ensinar para as crianças que os atos homossexuais são normais e uma criança disser que é pecado, a criança será classificada como “homofóbica,” e poderá incorrer em tratamento psicológico. Os pais da criança igualmente serão classificados como “homofóbicos” e “preconceituosos,” podendo incorrer em punições penais por terem ensinado “ódio” à criança.
Segundo Paim, sua versão do PLC 122 apanhará os “homofóbicos,” mesmo omitindo agora o termo “homofobia.” Ele disse:
– No texto, não vai entrar a palavra homofobia.
Com a remoção desse termo, mas não de seu espírito, o senador petista espera desta vez fazer o que nem Fátima Cleide nem Marta Suplicy conseguiram: levar o público opositor a apoiar o projeto petista que tem amplo apoio da ABGLT, Luiz Mott e poderosos grupos homossexuais.
Paim disse que o novo PLC 122 combate a todo tipo de preconceito. Com a nova versão, ele espera que ninguém vai poder criticar o PLC 122 como projeto que busca acabar com a “discriminação” apenas contra quem pratica, promove e defende atos homossexuais. Ele disse:
— Toda a discriminação tem que ser combatida.
Para aprovar o novo PLC 122, Paim segue uma estratégia aparentemente mais maquiada do que Marta Suplicy, que tentou enganar o público cristão, conforme este vídeo: http://youtu.be/jIOOE0n2V5g
 
Ele frisou que o novo PLC 122 tem como objetivo apenas “combater o ódio, a intolerância e a violência de um ser humano contra outro.”
Em janeiro deste ano, Paim havia prometido aprovar o PLC 122 em 2013. Ele disse: “2013 vai ser o ano da aprovação do PLC 122.”
A empolgação de Paim foi estimulada pelo exemplo do presidente americano Barack Obama.
Na época, o militante do PT havia louvado Obama por se declarar a favor da agenda gay em seu discurso de posse presidencial.
“Presidente de nenhum país do mundo jamais assumiu uma postura tão ousada, de enfrentamento aos conservadores, em seu discurso de posse”, disse Paim.
Em 2012, Obama já vinha sendo aplaudido pela esquerda mundial por seu apoio ao “casamento” gay. “Isso é incrivelmente importante, é excelente notícia. Os Estados Unidos lideram globalmente em tudo, e isso inclui direitos gays”, disse Julio Moreira, presidente do grupo supremacista gay Arco Íris, com sede no Rio de Janeiro. “Isso forçará outras nações como o Brasil a avançarem com políticas mais progressistas”.
Para a alegria de Paim e do PT, a liderança americana na promoção da agenda do sexo fecal está pesando a favor do PLC 122, dando força para a esquerda em sua luta contra a defesa pró-família dos conservadores.
Com informações da Agência Senado.
Fonte: www.juliosevero.com

Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas participam de Festival de Duetos



Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra, acontece o I Festival de Duetos na Assembléia de Deus do Bom Retiro. O evento vai reunir grandes talentos que interpretam duetos clássicos de suas carreiras em performances especiais com banda e vocal ao vivo. Destaque para dueto com Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas.
Também participam do musical os cantores Daniel Ludkte, Rafaela Pinho, Iveline e Alessandra Samadello. Na programação haverá ainda a participação de especial do Pr. Dayan Alencar, Pr. Jonas Pinho, Ariney Oliveira, Gilberto Apolinário, Jonatas Ribeiro e Mara Joquebede.
O ingresso custa R$ 25 e parte do valor arrecadado será revertido para aquisição de materiais escolares para crianças carentes de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
Serviço:
Evento: I Festival de Duetos
Local: AD Bom Retiro (Assembléia de Deus do Bom Retiro), Av. Nicolas Boer, 100, Barra Funda, São Paulo
Data: Quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra
Horário: 16h
Entrada: R$ 25 (ingressos no dia do evento, no local)
Mais informações: www.tevejola.com.br

Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas participam de Festival de Duetos



Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra, acontece o I Festival de Duetos na Assembléia de Deus do Bom Retiro. O evento vai reunir grandes talentos que interpretam duetos clássicos de suas carreiras em performances especiais com banda e vocal ao vivo. Destaque para dueto com Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas.
Também participam do musical os cantores Daniel Ludkte, Rafaela Pinho, Iveline e Alessandra Samadello. Na programação haverá ainda a participação de especial do Pr. Dayan Alencar, Pr. Jonas Pinho, Ariney Oliveira, Gilberto Apolinário, Jonatas Ribeiro e Mara Joquebede.
O ingresso custa R$ 25 e parte do valor arrecadado será revertido para aquisição de materiais escolares para crianças carentes de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
Serviço:
Evento: I Festival de Duetos
Local: AD Bom Retiro (Assembléia de Deus do Bom Retiro), Av. Nicolas Boer, 100, Barra Funda, São Paulo
Data: Quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra
Horário: 16h
Entrada: R$ 25 (ingressos no dia do evento, no local)
Mais informações: www.tevejola.com.br

Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas participam de Festival de Duetos



Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra, acontece o I Festival de Duetos na Assembléia de Deus do Bom Retiro. O evento vai reunir grandes talentos que interpretam duetos clássicos de suas carreiras em performances especiais com banda e vocal ao vivo. Destaque para dueto com Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas.
Também participam do musical os cantores Daniel Ludkte, Rafaela Pinho, Iveline e Alessandra Samadello. Na programação haverá ainda a participação de especial do Pr. Dayan Alencar, Pr. Jonas Pinho, Ariney Oliveira, Gilberto Apolinário, Jonatas Ribeiro e Mara Joquebede.
O ingresso custa R$ 25 e parte do valor arrecadado será revertido para aquisição de materiais escolares para crianças carentes de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
Serviço:
Evento: I Festival de Duetos
Local: AD Bom Retiro (Assembléia de Deus do Bom Retiro), Av. Nicolas Boer, 100, Barra Funda, São Paulo
Data: Quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra
Horário: 16h
Entrada: R$ 25 (ingressos no dia do evento, no local)
Mais informações: www.tevejola.com.br

Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas participam de Festival de Duetos



Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra, acontece o I Festival de Duetos na Assembléia de Deus do Bom Retiro. O evento vai reunir grandes talentos que interpretam duetos clássicos de suas carreiras em performances especiais com banda e vocal ao vivo. Destaque para dueto com Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas.
Também participam do musical os cantores Daniel Ludkte, Rafaela Pinho, Iveline e Alessandra Samadello. Na programação haverá ainda a participação de especial do Pr. Dayan Alencar, Pr. Jonas Pinho, Ariney Oliveira, Gilberto Apolinário, Jonatas Ribeiro e Mara Joquebede.
O ingresso custa R$ 25 e parte do valor arrecadado será revertido para aquisição de materiais escolares para crianças carentes de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
Serviço:
Evento: I Festival de Duetos
Local: AD Bom Retiro (Assembléia de Deus do Bom Retiro), Av. Nicolas Boer, 100, Barra Funda, São Paulo
Data: Quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra
Horário: 16h
Entrada: R$ 25 (ingressos no dia do evento, no local)
Mais informações: www.tevejola.com.br

Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas participam de Festival de Duetos



Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra, acontece o I Festival de Duetos na Assembléia de Deus do Bom Retiro. O evento vai reunir grandes talentos que interpretam duetos clássicos de suas carreiras em performances especiais com banda e vocal ao vivo. Destaque para dueto com Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas.
Também participam do musical os cantores Daniel Ludkte, Rafaela Pinho, Iveline e Alessandra Samadello. Na programação haverá ainda a participação de especial do Pr. Dayan Alencar, Pr. Jonas Pinho, Ariney Oliveira, Gilberto Apolinário, Jonatas Ribeiro e Mara Joquebede.
O ingresso custa R$ 25 e parte do valor arrecadado será revertido para aquisição de materiais escolares para crianças carentes de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
Serviço:
Evento: I Festival de Duetos
Local: AD Bom Retiro (Assembléia de Deus do Bom Retiro), Av. Nicolas Boer, 100, Barra Funda, São Paulo
Data: Quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra
Horário: 16h
Entrada: R$ 25 (ingressos no dia do evento, no local)
Mais informações: www.tevejola.com.br

Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas participam de Festival de Duetos



Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra, acontece o I Festival de Duetos na Assembléia de Deus do Bom Retiro. O evento vai reunir grandes talentos que interpretam duetos clássicos de suas carreiras em performances especiais com banda e vocal ao vivo. Destaque para dueto com Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas.
Também participam do musical os cantores Daniel Ludkte, Rafaela Pinho, Iveline e Alessandra Samadello. Na programação haverá ainda a participação de especial do Pr. Dayan Alencar, Pr. Jonas Pinho, Ariney Oliveira, Gilberto Apolinário, Jonatas Ribeiro e Mara Joquebede.
O ingresso custa R$ 25 e parte do valor arrecadado será revertido para aquisição de materiais escolares para crianças carentes de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
Serviço:
Evento: I Festival de Duetos
Local: AD Bom Retiro (Assembléia de Deus do Bom Retiro), Av. Nicolas Boer, 100, Barra Funda, São Paulo
Data: Quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra
Horário: 16h
Entrada: R$ 25 (ingressos no dia do evento, no local)
Mais informações: www.tevejola.com.br

Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas participam de Festival de Duetos



Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra, acontece o I Festival de Duetos na Assembléia de Deus do Bom Retiro. O evento vai reunir grandes talentos que interpretam duetos clássicos de suas carreiras em performances especiais com banda e vocal ao vivo. Destaque para dueto com Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas.
Também participam do musical os cantores Daniel Ludkte, Rafaela Pinho, Iveline e Alessandra Samadello. Na programação haverá ainda a participação de especial do Pr. Dayan Alencar, Pr. Jonas Pinho, Ariney Oliveira, Gilberto Apolinário, Jonatas Ribeiro e Mara Joquebede.
O ingresso custa R$ 25 e parte do valor arrecadado será revertido para aquisição de materiais escolares para crianças carentes de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
Serviço:
Evento: I Festival de Duetos
Local: AD Bom Retiro (Assembléia de Deus do Bom Retiro), Av. Nicolas Boer, 100, Barra Funda, São Paulo
Data: Quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra
Horário: 16h
Entrada: R$ 25 (ingressos no dia do evento, no local)
Mais informações: www.tevejola.com.br

Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas participam de Festival de Duetos



Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra, acontece o I Festival de Duetos na Assembléia de Deus do Bom Retiro. O evento vai reunir grandes talentos que interpretam duetos clássicos de suas carreiras em performances especiais com banda e vocal ao vivo. Destaque para dueto com Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas.
Também participam do musical os cantores Daniel Ludkte, Rafaela Pinho, Iveline e Alessandra Samadello. Na programação haverá ainda a participação de especial do Pr. Dayan Alencar, Pr. Jonas Pinho, Ariney Oliveira, Gilberto Apolinário, Jonatas Ribeiro e Mara Joquebede.
O ingresso custa R$ 25 e parte do valor arrecadado será revertido para aquisição de materiais escolares para crianças carentes de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
Serviço:
Evento: I Festival de Duetos
Local: AD Bom Retiro (Assembléia de Deus do Bom Retiro), Av. Nicolas Boer, 100, Barra Funda, São Paulo
Data: Quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra
Horário: 16h
Entrada: R$ 25 (ingressos no dia do evento, no local)
Mais informações: www.tevejola.com.br

Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas participam de Festival de Duetos



Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra, acontece o I Festival de Duetos na Assembléia de Deus do Bom Retiro. O evento vai reunir grandes talentos que interpretam duetos clássicos de suas carreiras em performances especiais com banda e vocal ao vivo. Destaque para dueto com Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas.
Também participam do musical os cantores Daniel Ludkte, Rafaela Pinho, Iveline e Alessandra Samadello. Na programação haverá ainda a participação de especial do Pr. Dayan Alencar, Pr. Jonas Pinho, Ariney Oliveira, Gilberto Apolinário, Jonatas Ribeiro e Mara Joquebede.
O ingresso custa R$ 25 e parte do valor arrecadado será revertido para aquisição de materiais escolares para crianças carentes de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
Serviço:
Evento: I Festival de Duetos
Local: AD Bom Retiro (Assembléia de Deus do Bom Retiro), Av. Nicolas Boer, 100, Barra Funda, São Paulo
Data: Quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra
Horário: 16h
Entrada: R$ 25 (ingressos no dia do evento, no local)
Mais informações: www.tevejola.com.br

Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas participam de Festival de Duetos



Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra, acontece o I Festival de Duetos na Assembléia de Deus do Bom Retiro. O evento vai reunir grandes talentos que interpretam duetos clássicos de suas carreiras em performances especiais com banda e vocal ao vivo. Destaque para dueto com Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas.
Também participam do musical os cantores Daniel Ludkte, Rafaela Pinho, Iveline e Alessandra Samadello. Na programação haverá ainda a participação de especial do Pr. Dayan Alencar, Pr. Jonas Pinho, Ariney Oliveira, Gilberto Apolinário, Jonatas Ribeiro e Mara Joquebede.
O ingresso custa R$ 25 e parte do valor arrecadado será revertido para aquisição de materiais escolares para crianças carentes de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
Serviço:
Evento: I Festival de Duetos
Local: AD Bom Retiro (Assembléia de Deus do Bom Retiro), Av. Nicolas Boer, 100, Barra Funda, São Paulo
Data: Quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra
Horário: 16h
Entrada: R$ 25 (ingressos no dia do evento, no local)
Mais informações: www.tevejola.com.br

Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas participam de Festival de Duetos



Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra, acontece o I Festival de Duetos na Assembléia de Deus do Bom Retiro. O evento vai reunir grandes talentos que interpretam duetos clássicos de suas carreiras em performances especiais com banda e vocal ao vivo. Destaque para dueto com Leonardo Gonçalves e Sérgio Saas.
Também participam do musical os cantores Daniel Ludkte, Rafaela Pinho, Iveline e Alessandra Samadello. Na programação haverá ainda a participação de especial do Pr. Dayan Alencar, Pr. Jonas Pinho, Ariney Oliveira, Gilberto Apolinário, Jonatas Ribeiro e Mara Joquebede.
O ingresso custa R$ 25 e parte do valor arrecadado será revertido para aquisição de materiais escolares para crianças carentes de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
Serviço:
Evento: I Festival de Duetos
Local: AD Bom Retiro (Assembléia de Deus do Bom Retiro), Av. Nicolas Boer, 100, Barra Funda, São Paulo
Data: Quarta-feira, 20 de novembro, feriado Dia da Consciência Negra
Horário: 16h
Entrada: R$ 25 (ingressos no dia do evento, no local)
Mais informações: www.tevejola.com.br

MENSALEIROS NA CADEIA . STF decide que Dirceu, Valério, Genoino e mais 13 devem começar a cumprir penas.


Na retomada do julgamento dos recursos do mensalão, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quarta-feira (13) que pelo menos 16 condenados por participação no esquema começarão a cumprir as penas imediatamente. Desses, 12 cumprirão a pena na prisão, seja em regime semiaberto ou fechado. Os três restantes foram condenados em regime aberto e tiveram a pena convertida em prestação de serviços.
O Código Penal determina que os condenados com penas superiores a oito anos a cumpram em regime fechado; os apenados entre quatro e oito anos cumprem a sentença no regime semiaberto, quando passam a noite em uma colônia penal e trabalham de dia; as penas inferiores a quatro anos são convertidas em prestação de serviços comunitários e pagamento de cestas básicas.

CRONOLOGIA DO MENSALÃO

  • Nelson Jr/STF
    Clique na imagem e relembre os principais fatos do julgamento no STF
A sessão de ontem foi marcada por discussões entre os ministros e muita confusão.
Os magistrados analisaram os chamados segundos embargos declaratórios, tipo de recurso que não pode reverter as condenações, mas servem para apontar omissões, obscuridades ou contradições no acórdão que resume o julgamento dos primeiros embargos declaratórios, realizado entre agosto e setembro deste ano.

Réus que não podem mais recorrer

Além disso, os magistrados debateram o momento da execução das penas dos condenados. O ministro-relator e presidente da Corte, Joaquim Barbosa, defendeu a execução imediata das penas de sete réus que não podem mais apresentar recursos e foi seguido por todos os demais ministros.
Encaixam-se nesta situação os seguintes réus:
Henrique Pizzolato (ex-diretor do Banco do Brasil)  - Fechado
Roberto Jefferson (ex-deputado, delator do esquema) - Semiaberto
Romeu Queiroz (ex-deputado) - Semiaberto
Jacinto Lamas (ex-tesoureiro do PL)  - Semiaberto
Enivaldo Quadrado (ex-sócio da corretora Bonus-Banval) - Pena alternativa
José Borba (ex-deputado) - Pena alternativa
Emerson Palmieri (ex-tesoureiro do PTB)  - Pena alternativa

Réus que vão cumprir penas 'fatiadas'

Além desses sete réus que não podem apresentar recursos, o Supremo decidiu por unanimidade que outros nove condenados, que poderão ser julgados novamente em 2014 porque tiveram direito aos chamados embargos infringentes, também podem começar a cumprir as penas que não podem ser revistas.
Ampliar


Frases do julgamento do mensalão200 fotos

1 / 200
13.nov.2013 - "Isso é chicana consentida, implícita", afirmou o ministro Joaquim Barbosa sobre o voto de Teori Zavascki, do qual divergiu Felipe Sampaio/STF/Arte/UOL
Pela jurisprudência da Corte, os embargos infringentes são cabíveis quando um réu é condenado, mas recebe pelo menos quatro votos pela absolvição. Ao todo, nove réus do mensalão foram condenados por dois ou mais crimes e em uma das condenações tiveram direito aos embargos infringentes. No caso destes réus, eles começam a cumprir as penas que não serão reexaminadas em 2014.
O ex-ministro José Dirceu, por exemplo, foi condenado a 7 anos e 11 meses por corrupção ativa e a 2 anos e 11 meses por formação de quadrilha. Como na condenação por formação de quadrilha ele recebeu quatro votos favoráveis, a Corte irá julgá-lo novamente por este crime no ano que vem. A pena pela outra condenação, entretanto, já pode começar a ser cumprida.
Estão nesta situação os seguintes réus:
Marcos Valério (publicitário e operador do esquema) - Fechado
Ramon Hollerbach (ex-sócio de Valério) - Fechado
Cristiano Paz (ex-sócio de Valério) - Fechado
Simone Vasconcelos (ex-funcionária de Valério) - Fechado
José Roberto Salgado (ex-dirigente do Banco Rural) - Fechado
Kátia Rabello (ex-presidente do Banco Rural) - Fechado
José Dirceu (ex-ministro da Casa Civil) – Semiaberto
José Genoino (ex-presidente do PT) – Semiaberto
Delúbio Soares (ex-tesoureiro do PT) – Semiaberto

Os réus João Cláudio Genú (ex-assessor do PP) e Breno Fischberg (ex-proprietário da corretora Bônus-Banval) foram condenados por lavagem de dinheiro e tiveram quatro votos favoráveis, tendo, portanto, direito a embargos infringentes. Como eles foram condenados apenas por um crime, cuja condenação pode ser revista no ano que vem, os ministros entenderam que ambos não devem começar a cumprir a pena já.

Réus beneficiados pela decisão de ontem

A decisão que causou mais polêmica entre os magistrados diz respeito a seis réus que apresentaram embargos infringentes mesmo sem ter recebido ao menos quatro votos favoráveis. Apesar da jurisprudência do STF rejeitar os infringentes para réus nesta situação, a Corte decidiu ontem que os seis não devem começar a cumprir a pena imediatamente porque a validade ou não dos infringentes interpostos por eles só será analisada no julgamento do ano que vem.
Os seis réus nesta condição são:
Vinícius Samarane (ex-vice-presidente do Banco Rural)
Rogério Tolentino (ex-advogado de Marcos Valério)
Deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP)
Deputado Pedro Henry (PP-MT)
Pedro Corrêa (ex-deputado)
Bispo Rodrigues (ex-deputado)
Outro réu que não teve a prisão imediata decretada foi o deputado federal João Paulo Cunha(PT-SP). Isso porque um dos segundos embargos declaratórios apresentados por ele e analisados ontem foi aceito pela Corte. Com isso, é preciso esperar a publicação do acórdão do julgamento de ontem para o processo transitar em julgado (se encerrar). A partir daí a prisão do deputado poderá ser determinada.



Leia mais em: http://zip.net/bcltVT

MILAGRE - Ministros do STF decidem por prisão de Dirceu e outros réus do mensalão -

Os ministros do  Supremo Tribunal Federal (STF)  decidiram nesta quarta-feira (13), por maioria (seis votos a cinco), pela execução imediata da pena imposta a vários condenados no processo do mensalão, entre eles o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu; o ex-presidente do PT e deputado licenciado José Genoino; o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e o operador do mensalão, Marcos Valério.
Após muita discussão e dúvidas entre os próprios ministros, o Supremo entendeu que os réus terão de iniciar o cumprimento da pena pelos crimes dos quais não recorreram por meio dos embargos infringentes (recursos ao qual têm direito réus que obtiveram pelo menos quatro votos favoráveis nas condenações). Os infringentes só serão julgados no ano que vem.
A decisão foi tomada em questão de ordem apresentada pelo relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, que sugeriu que 22 dos 25 condenados passassem a cumprir as penas de prisão ou prestação de serviços. Outros quatro ministros concordaram com essa tese, mas outros seis consideraram que não pode ser executada a pena referente a crime que ainda é motivo de questionamento.
Voto para que sejam lançados os nomes dos réus no rol dos culpados e que sejam expedidos mandados de prisão para fins de cumprimento das penas privativas de liberdade"
Joaquim Barbosa, presidente do STF
Pelo menos 16 condenados terão de cumprir a pena de imediato: os sete que não entraram com embargos infringentes em nenhum dos crimes pelos quais foram condenados, além dos que usaram os infringentes para questionar somente parte das penas.
O Supremo terá agora de contabilizar quais foram os réus que deixaram de questionar punições por meio dos infringentes.
Assim, se um réu recebeu menos de quatro votos favoráveis e mesmo assim resolveu apresentar embargos infringentes, ele não poderá ser preso pelo crime que questionou no recurso. Isso porque o Supremo entendeu que quem tem recurso pendente de julgamento em determinado crime não pode começar a cumprir a pena.
Se um réu deixou de questionar alguma das condenações, terá de iniciar o cumprimento da pena por aquele crime.
Ao final do julgamento, o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que somente "cerca de três ou quatro" dos 25 condenados não iniciarão de imediato o cumprimento da pena.
Perguntado se o ex-ministro José Dirceu teria de começar a cumprir a pena desde já – uma vez que questionou por meio de embargos infringentes somente a condenação por formação de quadrilha e não a condenação por corrupção ativa – o ministro respondeu: "Certamente sim".
Barroso explicou ainda que a decisão sobre a expedição dos mandados de prisão ficará a cargo do relator do processo, ministro Joaquim Barbosa. A assessoria de imprensa do Supremo informou que nesta quinta-feira será feita uma verificação de quantos condenados terão de iniciar o cumprimento das penas imediatamente e quantos aguardarão em liberdade o julgamento dos embargos infringentes. Só depois disso serão expedidos mandados de prisão.
O julgamento
Cinco ministros votaram por mandar executar as penas de 21 condenados, dos quais 18 seriam presos imediatamente. Outro condenado, Henrique Pizzolato, já havia tido aprisão determinada pelo Supremo. Com isso, 22 teriam de iniciar o cumprimento das penas. Essa proposta foi formulada pelo ministro Joaquim Barbosa.
"Voto para que sejam lançados os nomes dos réus no rol dos culpados e que sejam expedidos mandados de prisão para fins de cumprimento das penas privativas de liberdade no regime inicial correspondente. Assim como para que seja informado via ofício o TSE [Tribunal Superior Eleitoral] e o Congresso Nacional para fins do art. 15 inciso 3º da Constituição Federal [perdade mandato]", afirmou Barbosa.
Acompanharam Barbosa os ministros Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Dias Toffoli e Gilmar Mendes.
Seis ministros entenderam que, nos crimes em que os condenados apresentaram embargos infringentes (os que foram condenados com pelo menos quatro votos favoráveis), seria necessário aguardar a análise do recurso.
Votaram dessa forma os ministros Teori Zavascki, Rosa Weber, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio e Celso de Mello.
O ministro Teori Zavascki, cujo voto foi vitorioso no julgamento, afirmou que não se pode executar pena de crime cujo recurso esteja pendente.
"Se houve interposição de embargos infringentes, o cabimento deve ser feito no momento próprio. Então nesses casos não se pode entender ter havido trânsito em julgado. Vou pedir vênia para não acompanhar Vossa Excelência [Joaquim Barbosa] com relação àquilo que foi objeto de embargos infringentes, independentemente de serem cabíveis os embargos infringentes", destacou.
O ministro Luiz Fux foi contra porque, segundo ele, vários embargos foram apresentados sem serem cabíveis. "Há determinadas condenações que não foram impugnadas através de recursos, até porque os recursos não seriam cabíveis. Essas decisões que ficaram ao desabrigo dos recursos, elas transitaram em julgado. Quanto a isso não há nenhuma divergência. A possibilidade de trânsito em julgado de alguns capítulos para mim é clara como água."
O ministro Barroso destacou também que, com a decisão do plenário, o Supremo estimula "um carnaval recursal", uma vez que quem não teria direito a infringentes pode passar a recorrer. "Estamos alimentando um sistema recursal caótico. Onde houver dúvida razoável sobre cabimento, onde o descabimento foi manifesto, não há razão para estimularmos um carnaval recursal."Gilmar Mendes criticou a posição da maioria do tribunal. "Esse processo não anda para frente, ele anda em círculos. [...] Estamos estabelecendo o princípio da eternização das demandas, fazendo cláusula pétrea, em matéria criminal. O que se chama Justiça deixou de existir. Por que então não apresenta um recurso numa receita de bolo?."
Quem pode e quem não pode ser preso
Dos 25 condenados, 16 poderão ter de iniciar o cumprimento das penas. Deles, sete porque não apresentaram infringentes: o delator do mensalão, Roberto Jefferson; o ex-tesoureiro do extinto PL Jacinto Lamas; o ex-deputado Romeu Queiroz e o ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato. Os quatro devem cumprir penas de prisão.
Três deverão ainda iniciar o cumprimento de penas de prestação de serviços: o ex-deputado José Borba, o ex-primeiro-secretário do PTB Emerson Palmieri e o ex-sócio da corretora Bônus-Banval Enivaldo Quadrado.
Pela decisão do Supremo, devem iniciar a cumprir pena em regime fechado: Henrique Pizzolato, Marcos Valério, o sócio dele Cristiano Paz, e a ex-dirigente do Banco Rural Kátia Rabello.
No semiaberto, devem cumprir pena (sem considerar as condenações questionadas): Dirceu, Delúbio, Simone Vasconcelos, José Genoino, Roberto Jefferson, Romeu Queiroz e Jacinto Lamas. No aberto, Rogério Tolentino e Pedro Correa.
Dirceu obteve quatro votos favoráveis no crime de formação de quadrilha, mas somente dois votos  no crime de corrupção ativa. Ele só questionou a de quadrilha. Caso cumprisse somente a sentença por corrupção, a pena total de 10 anos e 10 meses passaria para 7 anos e 11 meses, a serem cumpridos no semiaberto.
Não serão presos por enquanto oito réus que estão com todas as condenações pendentes de análise nos embargos infringentes: João Cláudio Genu, Bispo Rodrigues, Breno Fischberg, Vinicius Samarane, José Roberto Salgado, Pedro Henry, Ramon Hollerbach e Valdemar Costa Neto.
Além disso, o deputado João Paulo Cunha obteve direito de entrar com novo recurso, terceiros embargos de declaração, antes que o Supremo decida sobre sua prisão.
Defesas não poderão contestar PGR
Na véspera da sessão desta quarta do Supremo, a Procuradoria Geral da República (PGR) havia pedido execução das penas de 23 dos 25 condenados. O plenário decidiu não analisar o pedido da Procuradoria.
Os ministros chegaram a votar, por sugestão de Ricardo Lewandowski, se os advogados de defesa não deveriam ser ouvidos. Por 9 votos a 2, entenderam que não havia necessidade de abrir prazo para manifestação das defesas porque o pedido da PGR poderia ter sido analisado individualmente pelo relator, o ministro Joaquim Barbosa.

Exposição vai mostrar nomes engraçados de igrejas


Exposição vai mostrar nomes engraçados de igrejasExposição vai mostrar nomes engraçados de igrejas
De acordo com o IBT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário) a cada duas horas uma nova igreja evangélica é criada no Brasil, o órgão diz que do dia 1º de janeiro ao dia 1º de setembro foram criadas mais de 2.830 denominações.
O dado se refere a novos ministérios e não extensões de grupos já existentes. Para registrar ministérios novos os pastores usam revelações e muita criatividade como vai mostrar a exposição “Sabe o nome da igreja?”.
Os curadores da mostra são o fotógrafo Adilson Santos e a jornalista e cineasta Luciana Mazza que fizeram um apanhado de nomes originais – e bem diferentes – que batizam igrejas em diversas partes do Brasil.
Entre os nomes curiosos os curadores adiantam os seguintes: Igreja Dekanthalabassi, Igreja A Serpente de Moisés Aquela Que Engoliu As Outras, Igreja Pentecostal Jesus Vem Você Fica, Igreja Evangélica Pentecostal A última Embarcação Para Cristo, Igreja Chave do Éden, Igreja Evangélica Batista Barranco Sagrado e Igreja Batista A Paz Do Senhor.
“A ideia é fazer uma homenagem com respeito e bom humor a expansão dos evangélicos, das igrejas e de seus pastores. Lembrar que é importante congregar, que é fundamental frequentar a casa do Pai Celestial, independente do nome que tenha”, dizem.
Muitos desses nomes revelam os dogmas da igreja ou até mesmo o público alvo como é o caso da Igreja Caverna do Rock, voltada para roqueiros. As revelações para a criação desses nomes são diversas, e em alguns casos a localidade das igrejas acabam complementando o nome, veja, a por exemplo, a Igreja Evangélica Deus Pentecostal da Profecia, de São Mateus (ES).
A exposição “Sabe o nome da igreja?” faz parte do 3º Salão Internacional Gospel que vai acontecer entre os dias 18 e 20 de setembro de 2014.
Lista de nomes engraçados
Uma lista de nomes engraçados de igrejas circula pela internet há anos, mostrando exatamente essa diversidade de ministérios e a criatividade dos pastores e líderes.
Veja alguns nomes que encontramos na rede:
Congregação Anti-blasfêmeas
Igreja Evangélica de Abominação à Vida Torta
Igreja Batista Incêndio de Bênçãos
Comunidade do Coração Reciclado
Igreja Aceita a Jesus
Igreja Pentecostal Jesus Nasceu em Belém
Igreja Automotiva do Fogo Sagrado
Igreja Batista A Paz do Senhor e Anti-Globo
Assembléia de Deus do Pai, do Filho e do Espírito Santo
Igreja Palma da Mão de Cristo
Igreja da Cruz Erguida para o Bem das Almas
Igreja Filho do Varão
Igreja Sinais e Prodígios
Igreja Evangélica Florzinha de Jesus
Ministério Eis-me Aqui
Igreja Jesus Está Voltando, Prepara-te
Igreja Evangélica Pentecostal Cuspe de Cristo
Assembléia de Deus Batista A Cobrinha de Moisés
Assembléia de Deus Fonte Santa em Biscoitão
Igreja Evangélica Muçulmana Javé é Pai
Igreja Abre-te-Sésamo
Igreja Evangélica dos Hinos Maravilhosos
Igreja Pentecostal Marilyn Monroe

GP

Malafaia presenteia Abner Ferreira com camisa do Vasco em culto de aniversário


Malafaia presenteia Abner Ferreira com camisa do Vasco em culto de aniversárioMalafaia presenteia Abner Ferreira com camisa do Vasco em culto
O pastor Abner Ferreira completou mais um ano de vida nesta terça-feira (12) e recebeu em sua igreja, a Assembleia de Deus em Madureira (RJ) o pastor Silas Malafaia que foi convidado para pregar na noite de festividade.
Antes de entregar a palavra aos presentes, o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo resolveu homenagear seu amigo flamenguista com um presente diferente: um kit do Vasco.
Os ajudantes de Malafaia levaram ao altar uma bandeira do time, camiseta e até mesmo um troféu exclusivo chamando o pastor Abner de vascaíno.
A brincadeira foi comentada pelos pastores que acompanharam o culto e que torcem para um dos times rivais.
Silas Malafaia torce pelo o Botafogo e no dia do seu aniversário recebeu de Abner Ferreira um kit do Flamengo, então ele resolveu dar o troco fazendo questão de pedir fotos para colocar nas redes sociais.
Os pastores Sóstenes Cavalcante e Gidalti Alencar disseram que foi “uma justa homenagem”, já o próprio Abner Ferreira usou o Twitter para comentar a brincadeira dizendo que ser envolvido com a bandeira do Vasco “doeu de mais”.
Assista:


VIA GRITOS DE ALERTA / INF GOSPEL PRIME

Conferência Dunamis 2013 acontece nesta semana em SP


Conferência Dunamis 2013 acontece nesta semana em SPConferência Dunamis 2013 acontece nesta semana em SP
Nos dias 14, 15 e 16 de novembro acontecerá em São Paulo a Conferência Dunamis 2013. O evento tem como tema “Vá mais fundo” e deve reunir centenas de jovens no bairro do Bom Retiro.
O local escolhido para receber jovens evangélicos de diversas denominações é a Igreja Missionária Oriental de São Paulo (IMOSP). Os preletores são: Shawn Bolz, Jeff Jansen, Teófilo Hayashi e Gustavo Paiva. Já os cantores confirmados são: Jeremy Riddle e Banda Sozo.
O primeiro culto vai acontecer nesta quinta (14) a partir das 21h e na sexta e sábado acontecerão três cultos por dia: às 10h, às 14h e às 20h.
“Temos vivido momentos intensos de mudança na economia, na política, na igreja, na sociedade em geral e queremos entender cada vez mais o que Deus quer de nós para mergulharmos de cabeça em seu propósito e trazer seu reino para a terra”, diz texto do site do evento.
O objetivo da conferência é gerar uma cultura que cause mudança interior nos presentes e que eles saiam de lá prontos para realizar transformações na cidade em que vivem e na nação.
Para mais informações acesse www.conferenciadunamis.com/conf2013/.

BEBÊS GÊMEOS NASCEM E NÃO PERCEBEM. ASSISTA ESSE VÍDEO EMOCIONANTE!

Um vídeo emocionante que está sendo muito visualizado no Youtube começou a ser compartilhado nas redes sociais, postado no último dia 11, o vídeo já possui mais de 400mil visualizações.
O vídeo retrata bebês gêmeos que nasceram e acabaram não percebendo isso.
No vídeo, mostra o momento em que uma enfermeira especializada está dando banho nos bebês e faz com que eles se conheçam, que eles se toquem e tudo mais.
Este procedimento se chama Baby Bath Spa e ele pode ser realizado em crianças de até 2 anos de idade, a intenção é  acordar os bebês para o mundo, para que eles sejam.
O procedimento foi inventado por uma enfermeira chamada Sonia Rochel, e ela não recomenda que ninguém tente isto em casa, que tem que ser no mínimo especializada neste assunto.
Veja o vídeo e emocione-se.

FINAL DOS TEMPOS - Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia

Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia Segundo relato da vítima à políc...