terça-feira, 15 de outubro de 2013

PORQUE EU SOU GERAÇÃO GRAÇA E PAZ ?

Ora, o próprio Senhor da paz vos dê paz sempre e de toda maneira. O Senhor seja com todos vós.
Esta saudação é de próprio punho, de Paulo, o que é o sinal em cada epístola; assim escrevo.
A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. II Tessalonicenses 3: 16-18

“Graça e Paz” era a identificação e saudação de Paulo para com os irmãos em Cristo.
Na humanidade, desde tempos remotos, existiu a necessidade de identificação entre e nos grupos sociais. Vestimentas, aparências, gestos, sinais, tatuagens e as saudações eram usadas nesse intuito.
Para entendermos melhor, conceituaremos saudação como um conjunto de palavras, gestos ou procedimentos usados para que uma pessoa se identifique como participante de um determinado grupo.
Tomamos como exemplos as saudações militares: continência, posição de sentido, etc. até os nazistas com sua posição característica com os braços estendidos, as sociedades secretas com seus códigos secretos de identificação e até mesmo um aperto de mão estilizado pode identificar a pessoa como integrante de determinado grupo.

Saudação dos cristãos primitivos
No meio cristão também existiam esses símbolos identificatórios, o mais pitoresco, segundo o nosso ponto de vista, seria o do Peixe.
Essa saudação consistia em que um cristão desenharia um arco no solo, sendo que uma segunda pessoa desenharia um segundo arco sobre o primeiro, formando assim o desenho estilizado de um peixe, caracterizando que os dois eram cristãos, coisa muito perigosa no período, por isso o extremo zelo na identificação.

O mais famoso acróstico da Antigüidade e de toda a História, criado pelos primitivos cristãos. Tomando as letras iniciais da frase grega Iesous Christós, Theou hyiós, Soter (Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador), que era escrita com uma palavra abaixo da outra, formou-se o acróstico ichthus (peixe)..
História da saudação bíblica.
Na antiguidade os ânimos eram muito guerreiros, com cidades fortificadas, guerras constantes e segurança zero.
Desta forma era imprescindível a identificação da pessoa ou grupo que estava vindo, se vinha em paz ou não. Bandeiras, vestimentas e insígnias começaram a serem usadas. Neste clima de insegurança e guerras a saudação Shalon (Paz) passou a ser característica do povo israelense. A paz era o maior desejo do povo nesses tempos de insegurança. Não temos registro bíblico ou histórico desta circunstância, apenas cogitações. O princípio correto de saudação entre os israelitas foi dado por Deus em Números 6: 22 - 27.

Disse mais o Senhor a Moisés:
Fala a Arão, e a seus filhos, dizendo: Assim abençoareis os filhos de Israel; dir-lhes-eis:
O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; o Senhor levante sobre ti o seu rosto, e te dê a paz.
Assim porão o meu nome sobre os filhos de Israel, e eu os abençoarei.

Como todo procedimento religioso, logo ele ganhou padrões como a que distancia deveria um saudar o outro, a posição, a recíproca, etc. segundo relato de tradições uma saudação judaica, bem feita, poderia levar até meia hora.
Provavelmente foi este o motivo para Jesus ter ordenado aos 70 comissionados para não saudar ninguém pelo caminho, devido a urgência da missão.

Não leveis bolsa, nem alforge, nem alparcas; e a ninguém saudeis pelo caminho. Lucas 10: 4.
Continuando a orientação, Jesus demonstra que a saudação deve ser direta:
Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: Paz seja com esta casa.
E se ali houver um filho da paz, repousará sobre ele a vossa paz; e se não, voltará para vós. Lucas 10: 5-6

O princípio bíblico é que a saudação seja uma benção proclamada sobre a outra pessoa, reciprocamente, isso leva a entender o porque do “Shalom” modernamente se equivaler ao Bom Dia, Boa tarde, Boa Noite.
Varias saudações.
Com base da saudação se uma benção proclamada, os cristãos sempre abençoavam os seus pares com o maior desejo ou consolo da época.
Em tempos de perseguição a saudação mais usada era Maranata (O Senhor vem!) I Coríntios 16:22 e Apocalipse 22: 20.

A graça e a paz, marca de Paulo para uma pessoa que não merecia a salvação a graça e a paz com Deus é o maior desejo. I Coríntios 1:3 e em varias outras cartas de Paulo.
A paz continuou sendo a saudação mais popular e com o passar do tempo foi acrescentado paz e prosperidade. Porém o acréscimo dado foi o do Apostolo João com misericórdia.
Graça, misericórdia, paz, da parte de Deus Pai e da parte de Jesus Cristo, o Filho do Pai, serão conosco em verdade e amor. 2º Carta de João 1: 3


VIA GRITOS DE ALERTA

China pede por uma Nova Ordem Mundial e diz que o Mundo precisa ser "Des-Americanizado".



[Imagem: FeaturedImage][Imagem: 100_2330.jpg]

Pequim (AFP) - Enquanto os políticos americanos lutam parar reabrir seu governo fechado, e evitam um default potencialmente desastroso sobre a dívida, o mundo deve considerar a "des-americanização", disse um comentário da agência oficial de notícias da China, neste domingo.

"Os políticos americanos de ambos os partidos não encontram um acordo viável para normalizar o corpo político de que tanto se vangloriam, este pode ser um bom momento para o mundo confuso, começar a considerar a construção de um mundo "des-americanizado", diz a agência estatal chinesa Xinchua, durante a longa polêmica contra a hegemonia dos EUA desde a Segunda Guerra Mundial.


Acrescentou:


"Estes dias alarmantes de que os destinos dos outros estão nas mãos de uma nação hipócrita, tem que ser encerrados."

"Uma Nova Ordem Mundial deve ser posta em prática, em que todas as nações, grandes e pequenas, ricas e pobres, poçam ter seus interesses fundamentais respeitados e protegidos em pé de igualdade."


As negociações para pôr fim ao impasse orçamento mudaram-se para o Senado dos EUA, depois de a Câmara dos Representantes não conseguirem chegar a um acordo com o presidente Obama sobre o alargamento da autoridade de empréstimo antes do
prazo final de 17 de outubro.

Nos últimos dias, Pequim emitiu advertências e sugestões para um acordo, enfatizando os laços econômicos inseparáveis ​​que ligam as duas maiores economias do mundo.


"A estagnação cíclica em Washington para uma solução de orçamento federal viável bipartidário e aprovação do aumento do teto da dívida , deixou muitas nações em perigo com tremendos Ativos em Dolar, e a comunidade internacional está muito agonizada", disse o comentário.


A China é o maior detentor de títulos do Tesouro dos Estados Unidos, por um valor total de
$ 1,28 Trilhões , de acordo com o governo dos EUA.

"Em vez de honrar as suas obrigações como potência líder
responsável, a Washington egoísta abusou da sua condição de superpotência e introduziu ainda mais caos no mundo para mudar riscos financeiros no exterior, mas também tem alimentado as tensões regionais por disputas territoriais e guerras injustificadas realizadas com mentiras ", diz o comentário, referindo-se ao Iraque.

Acrescentou que:


"As economias emergentes devem ter maior participação nas principais instituições financeiras internacionais como o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional, e propôs a criação de uma nova moeda internacional para substituir o dólar dominante dos EUA"


A China tem apenas um pouco mais de peso do que a Itália no FMI, que foi dirigido por um europeu desde sua criação em 1944.


Uma reforma governista esta sendo trabalhada há três anos, mas a sua implementação foi bloqueada pelo veto dos Estados Unidos.


Fonte:
Yahoo - 'De-Americanised' world needed after US shutdown: China media

.

O PERIGO ESCONDIDO - UNIVERSAL E REDE RECORD DE TELEVISÃO E SEUS PRESTOS AO DIABO .


 VEJA ESSE VÍDEO .

http://www.youtube.com/watch?v=zCVEJYd3Xec


Em Todas as emissoras eu vejo símbolos ocultistas e de Illuminatis mas hoje falarei da Rede Record, esta emissora e sua Igreja exibem símbolos consagrados a Demônios, será coincidência?
Rede Record e simbolismo Ocultista
Adicionar legenda

Acredito que não, este e um preço cobrado pelos Illuminati!

Os funcionários, Artistas, Reportes, Apresentadores atc...

Acredito que a maioria nem se de conta destes símbolos, pois a mentalidade da maioria esta voltada e centralizada em suas vidas profissionais, e e logico que o chefe ocultista não vai chegar e dizer (Olha nos somos ocultistas, fazemos parte dos Illuminati) não seriam louco e nem podem fazer isso pois uma das regras dos Illuminati e se manter Oculta, tipo mostram o símbolo mas negam a participação.

Os funcionários que observaram e questionarão nem devem mais trabalhar lá, e os que observam agora não querem perder o emprego, preferem se colocam no estado de omissão tipo (Não sei de Nada) vejam as imagens a baixo, estas são apenas algumas!

Logotipo da Rede Record canal aberto e da Record News



Notou alguma semelhança com as imagens anteriores?

Talves ajude a comparar

Fica mais evidente a intenção que a Record queria usar esse símbulo "ocultista" (exotérico, é cheio dos ocultismos, se algo é oculto não deve ser bom em excencia e sim perverso aos olhos de Deus, a bíblia cita que os egípcios eram perversos - eles eram extremamente exotéricos e ocultistas - isso ficará para futuras postagens).

Mais evidente ainda é quando vemos o primeiro logotipo da Record após ser comprada pelo Bispo Edir Macedo que tornou a marca como uma das grandes Redes de televisão do país, antes a Record pertencia ao Grupo Silvio Santos e ao Grupo Paulo Machado de Carvalho.


No programa a fazenda Imagem ocultista:
A fazenda Illuminati

Reparem a semelhança do palco acima com a imagem abaixo.
tabua ocultista

A verdade e que existe muitos símbolos tanto na emissora como na Igreja, e impossível que seja apenas coincidência, Vejo tudo isso como grandes consagrações ao Diabo, talvez seja por isso que tenham ganhado o direito de transmitir as Olimpíadas que e uma festa Illuminati veja imagem abaixo:


estadio olimpico cercado por piramides

As luminárias em forma de pirâmides, será também coincidência ?
Isto não tira a Globo de sena pois ela tem o direito de transmissão do canal fechado!





Bispo abortista da Record faz propaganda do Bahaismo em Sergipe

Durante o programa “Você em Dia “ que passa na TV Atalaia (deve ser alguma ironia usar esse nome) , filiada a Rede Record em Sergipe, a comunidade Bahá’i faz uma iniciação básica nos mistérios do Bahaismo para o telespectador através de uma entrevista com Profa. Dra. Simin Jalali Rabbani ‘s.A matéria foi ao ar ano passado, mas a iniciação nos mistérios do cristo cósmico Baha’u’llah continuam sendo colocados em práticas.A fé Bahá’i escolheu um programa da TV Record que é mais dedicado ao publico feminino. O bahaismo tem preferência por mulheres por essas estarem mais ligadas a emoção. A mensagem principal dessa entrevista é dizer que o bahaismo unificará os povos em nome de Baha’u’llah através dos seus 12 princípios e também a importância da revelação progressiva. A entrevista é muito básica e mal feita, mas já é o suficiente para plantar a semente da unidade nos corações dos telespectadores.



VEJA O VÍDEO .





http://www.youtube.com/watch?v=GGSWDEBKbsw


Temos mostrado ao longo desses anos que os 12 princípios de Baha’u’llah estão criando o caos na terra, especialmente no que se diz sobre o fim de todos os preconceitos. Basta olharmos para a liberação das drogas , da agenda gay e a pedofilia que estão à todo vapor.
Aos poucos, muitas igrejas estão aceitando de forma pacífica os ensinamentos dos sete reis da revelação progressiva (as sete cabeças da besta) . No caso da IURD, ela tem implantando os ensinamentos judaícos através da criação do Templo de Salomão, onde alguns Judeus estão financiando nessa obra. Eles acreditam que gravando os seus nomes no templo serão abençoados. Na notícia abaixo temos o depoimento favorável a união entre o judaísmo e o cristianismo do presidente da juventude Judaica no Brasil:

 “Somente por meio do conhecimento mútuo poderemos erradicar qualquer tipo de preconceito ou discriminação por parte de ambos e, assim, trabalharmos juntos no que temos de semelhanças e nos respeitarmos no que pensamos e acreditamos de diferente. Temos muito em comum e precisamos nos unir para que seja possível trabalharmos ativamente em uma sociedade mais justa, positiva e focada em uma coexistência e inter-religiosidade plena, razão pela qual acredito ser muito interessante a iniciativa do bispo Macedo, que entendo amar muito a Terra de Israel e o povo judeu”, afirma Bider” (amigosdecristo)
 Ora, misturar judaísmo com cristianismo leva ao oitavo rei que é Baha’u’llah. Esses jovens nem sabem quem é o prometido com as 9 letras sagradas da cabala.
Mas isso nos mostra o que o dinheiro e o poder desse bispo que me recuso a escrever o nome é capaz de fazer. Suas emissoras servem de lavagem cerebral para que o Bahaismo e o iluminismo implantarem suas respectivas agendas globais.

“Ovelhas perdidas têm sido o meu povo, os seus pastores as fizeram errar, para os montes as desviaram; de monte para outeiro andaram, esqueceram-se do lugar do seu repouso.” (Jeremias 50 : 6)

Fonte: Site Apocalipse Total



VIA GRITOS DE ALERTA   INF. NET

Leis gays abrem caminho para “direitos” dos pedófilos

Psicólogo afirma que pessoas que sentem atração por menores são tão normais quanto heterossexuais

Jack Minor
Enquanto os legisladores e outras autoridades do governo promovem leis favoráveis aos gays, eles estão involuntariamente preparando o terreno para proteções especiais aos pedófilos, incluindo o direito de trabalhar com crianças, alertam os defensores da família.
Linda Harvey, da organização Mission America, afirma que a pressão por igualdade de direitos para pedófilos irá se tornar mais comum à medida que os grupos LGBT se reafirmam.
“É tudo parte de um plano para introduzir as crianças à vida sexual cada vez mais cedo e convencê-las de que uma simples amizade é na verdade uma atração sexual”, explica.
Em 1973, Associação Americana de Psiquiatria (APA, na sigla em inglês) retirou o homossexualismo de sua lista de desordens mentais após forte lobby de grupos de direitos homossexuais.
Na época em que isso aconteceu, os críticos alertaram que isso iria mais tarde levar à aceitação de outros tipos de desvios sexuais, incluindo a pedofilia. Os defensores do estilo de vida gay rechaçaram a comparação, insistindo que algo do tipo nunca aconteceria.
No entanto, parece que os críticos acertaram na mosca.
Em 2003, um grupo de profissionais de saúde mental formou a organização B4U-ACT para iniciar uma lenta, porém inexorável pressão para redefinir a pedofilia como uma orientação sexual da mesma maneira que o homossexualismo foi na década de 70.
A organização chama os pedófilos de “pessoas que sentem atração por menores”, e o site da organização declara que sua missão é “ajudar profissionais de saúde mental a aprender mais sobre a atração por menores e considerar os efeitos dos estereótipos, do estigma e do medo”.
O B4U-ACT mais tarde organizou uma conferência onde uma nova definição de pedofilia foi proposta para o Manual Diagnóstico e Estatístico de Desordens Mentais da APA.
Em 2010, dois psicólogos no Canadá ganharam destaque nacional ao declararem que a pedofilia é uma orientação sexual da mesma forma que o homossexualismo o é.
Van Gijseghem, psicólogo e professor aposentado da Universidade de Montreal, disse aos membros do Parlamento: “Pedófilos não são simplesmente pessoas que cometem uma contravenção de tempos em tempos, mas são pessoas que lutam com o que equivale a uma orientação sexual, assim como outro indivíduo pode estar lutando com o heterossexualismo ou mesmo com o homossexualismo”.
E continuou dizendo: “Os verdadeiros pedófilos possuem uma preferência exclusiva por crianças, o que é o mesmo que ter uma orientação sexual. Você não pode mudar a orientação sexual de uma pessoa. Ela pode, no entanto, manter a abstinência”.
Ao ser perguntado se ele deveria comparar pedófilos a homossexuais, Van Gijseghem responde: “Se, por exemplo, você estivesse vivendo em uma sociedade onde o heterossexualismo fosse condenado e proibido, e dissessem a você que você teria que fazer terapia para mudar sua orientação sexual, você provavelmente diria que isso é meio maluco. Em outras palavras, você não aceitaria isso de forma alguma. Eu utilizo essa analogia para dizer que, sim, de fato, pedófilos não mudam sua orientação sexual".
O dr. Vernom Quinsey, professor emérito de psicologia da Universidade de Queen em Kingston, na província canadense de Ontario, concorda com Van Gijseghem, afirmando que o interesse sexual dos pedófilos faz com que eles prefiram crianças, e que “não há provas de que esse tipo de preferência possa ser mudado por meio de tratamento ou por quaisquer outros meios”.
Em julho de 2010, a revista Harvard Health Publications declarou: “A pedofilia é uma orientação sexual pouco provável de ser alterada. O tratamento busca permitir que a pessoa resista aos seus anseios sexuais”.
Se a APA declarar a pedofilia como uma orientação sexual em pé de igualdade com o homossexualismo, isso geraria enormes ramificações para as leis antidiscriminação existentes.
O processo comum para os ativistas homossexuais foi acrescentar “orientação sexual” a uma lista de fatores de não-discriminação nas cidades e estados.
No entanto, tais preferências não são direcionadas especificamente ao homossexualismo, e poderiam ser interpretadas para proteger uma série de outras pessoas com “orientações”, como bissexuais e transgêneros.
Defensores do estilo de vida LGBT negam veementemente a correção, insistindo que as leis que tratam da idade de consentimento irão evitar que os pedófilos demandem os mesmos direitos que os homossexuais em questões de trabalho, moradia e outras áreas.
À primeira vista, a alegação parece fazer sentido. No entanto, o problema é que os psicólogos fazem uma clara distinção entre pedófilos e molestadores de crianças.
O dr. Gregory Herek, membro da APA e da Associação pela Ciência Psicológica e ganhador de um prêmio da APA por contribuições notáveis à psicologia, defendeu a questão em um artigo intitulado “Fatos Sobre o Homossexualismo e o Abuso Infantil (Facts About Homosexuality and Child Molestation).
Herek afirma que o problema é que a pessoa comum não entende a terminologia correta, que segundo ele é “confusa” e “enganadora” com relação aos pedófilos.
“Pedofilia e abuso sexual de crianças são utilizados de maneiras diferentes, até pelos profissionais”, declara Herek. “Pedofilia costuma se referir a uma desordem psicológica adulta caracterizada por uma preferência por crianças pré-púberes como parceiros sexuais; essa preferência pode ou não ser tratada”.
Por outro lado, segundo ele, o abuso sexual de crianças se refere a ações tomadas por um criminoso.
Baseado nessa definição, um pedófilo não violou nenhuma lei, uma vez que não está de fato envolvido em práticas sexuais com crianças. Os analistas dizem que nenhuma lei está sendo quebrada se a pedofilia for declarada como uma orientação sexual, pois se encaixaria na definição de orientação sexual em todos os estatutos legais apropriados.
Isso poderia se mostrar especialmente problemático para empregadores que contratam pessoas para trabalhar com crianças, como creches e escolas. Se um pedófilo se candidatar ao emprego, enquanto ele puder alegar que nunca esteve envolvido com o abuso sexual de crianças, poderá abrir um processo por discriminação caso seja rejeitado com base em sua “orientação sexual”.
Harvey explica que embora haja leis que tratam da idade de consentimento que proíbem adultos de manter relações com crianças, existe uma pressão para mudar isso.
“Há defensores da liberdade sexual que vêm tentando reduzir a idade de consentimento já há algum tempo”, afirma Harvey. “Uma das coisas que vejo acontecendo é que eles trabalham ativamente para libertar e dar autonomia aos jovens para serem eles mesmos. Eles estão tentando acabar com o estigma do sexo entre crianças mais velhas e mais novas”.
“Por exemplo, eles insistirão com base em leis anti-bullying que não há nada de errado com o fato de um jovem de 16 anos ter relações sexuais com um de 11 anos. Uma vez que se supere a barreira e estabeleça que isso é uma orientação sexual porque é algo que as pessoas fazem, torna-se lógico dar o salto para a pedofilia”.
Ela assinala que o processo sendo utilizado com os profissionais de saúde mental, como o B4U-ACT, é o mesmo que aconteceu na década de 70.
“A definição feita pelos psicólogos entre pedofilia e abuso sexual de crianças é muito importante. Eles querem primeiro estabelecer a ideia de uma identidade de pessoas que sentem atração por menores”, explica. “O próximo passo é usar a golpe da vitimização, alegando que há pessoas que têm ódio deles e que criticá-los é uma atitude de ódio, pois é uma orientação e não pode ser evitada”.
Eles argumentam que, se eles nunca se deixarem levar pelos seus impulsos sexuais por crianças, então qual é o problema? O senso comum nos diz que, se eles têm esses sentimentos, irão agir com base neles. Não é algo inato, da mesma forma que não existe base biológica para o homossexualismo. No entanto, o lobby militante em prol dos pedófilos irá defender seus direitos de ter uma orientação, e é nesse ponto que eles irão tocar primeiro. Eles não vão imediatamente argumentar em cima do comportamento, pois sabem que as pessoas não irão se deixar levar por isso; eles vão bater na questão de desejar o que se quer desejar, pois não se sabe de onde o desejo vem”.
Há também quem defenda a legalização da pornografia infantil, sustentando que ela evita que os pedófilos se tornem molestadores de crianças.
Milton Diamond, professor da Universidade do Havaí e diretor do Pacific Center for Sex and Society, declarou certa vez que a pornografia infantil poderia ser benéfica para a sociedade porque “criminosos sexuais em potencial utilizam a pornografia infantil como um substituto para o sexo com crianças”.
Diamond é um célebre palestrante para o Instituto para Estudos Avançados da Sexualidade Humana (IASHS) em São Francisco. O instituto defendeu abertamente a revogação do banimento de homossexuais nas forças armadas, que existe desde a época da revolução americana.
Em seu website, o IASHS lista os “direitos sexuais básicos”, dentre os quais estão “o direito de se envolver em práticas sexuais de todo e qualquer tipo, desde que não envolva atos não consensuais, violência, coação, coerção ou fraude”.
Outros direitos são os de “ser livre de perseguição, condenação, discriminação ou intervenção social de comportamento sexual particular” e “a liberdade de ter quaisquer pensamentos, fantasias ou desejos sexuais”. A organização também declara que ninguém deve ser “desfavorecido em função da idade”.
O que deveria ser ainda mais alarmante para os pais é que a APA minimizou a importância de todos os problemas mentais que uma criança possa experimentar como resultado de abuso sexual por adultos.
Em 1998, a APA emitiu um relatório argumentando “que o ‘potencial negativo’ do sexo entre adultos e crianças foi ‘exagerado’ e que ‘a grande maioria de homens e mulheres não relataram efeitos sexuais negativos de suas experiências de abuso sexual’”.
O WND noticiou que as leis em estados como Califórnia e Nova Jersey que barraram a chamada “terapia de conversão homossexual” poderiam na verdade evitar que profissionais de saúde mental ofereçam tratamento a pedófilos.
O advogado Mat Staver, presidente do Liberty Counsel, que entrou com um processo contra a lei da Califórnia, afirma que, na linguagem do projeto de lei, um psicólogo poderia sofrer sanções se tentasse fazer com que um pedófilo mudasse seu comportamento, ou se falasse negativamente sobre ele.
“Se alguém dissesse que sua orientação sexual é por crianças e um profissional de saúde mental devidamente autorizado realizasse um tratamento contra essas tendências em vez de afirmar o comportamento, isso seria um problema e poderia resultar em uma violação do código de ética pelo profissional”, explica Staver. “Esse é uma questão que está se camuflando nesse estatuto”.
“Essa linguagem é tão ampla e vaga que poderia incluir todas as formas de orientação sexual, incluindo a pedofilia”, afirma Brad Dacus, presidente do Pacific Justice Institute. “Não é apenas a orientação que é protegida, a conduta associada à ela também é”.
Muitos podem não perceber que o governo federal já garantiu proteção aos pedófilos.
A Lei Matthew Shephard e James Byrd Jr. de Prevenção Contra Crimes de Ódio (Matthew Shephard and James Byrd Jr. Hate Crimes Prevention Act) lista a “orientação sexual” como uma categoria protegida, mas não define o termo.
Os republicanos tentaram acrescentar uma emenda especificando que “a pedofilia não está abrangida como uma orientação”. No entanto, a emenda foi derrubada pelos democratas no Congresso pouco depois que Obama assumiu o mandato.
O Deputado Alcee Hastings, democrata do estado da Flórida, declarou que todos os estilos de vida alternativos devem ser protegidos pela lei.
“O projeto de lei atende à nossa resolução de acabar com a violência baseada no preconceito e garante que todos os americanos, independente de raça, cor, religião, origem, gênero, orientação sexual, identidade de gênero, deficiência ou todas essas ‘filias’, fetiches ou ‘ismos' que foram propostos possa viver sem medo do que são. Peço aos meus colegas que votem a favor dessa lei”.
Traduzido por Luis Gustavo Gentil do original do WND: 'Gay' laws set stage for pedophilia 'rights'
Fonte: www.juliosevero.com

BLASFEMO - Teólogo americano diz que o Novo testamento é uma ficção criada pelos romanos

Foto: Divulgação
Joseph Atwill, teólogo norte-americano, irá chocar a audiência do seminário Covert Messiah, destinado a estudar a vida de Jesus Cristo. O especialista apresentará um trabalho cuja teoria diz que o Novo Testamento - e consequentemente, a vida de Jesus Cristo - foi uma ficção criada pela aristocracia romana.

Atwill diz ter evidências de que a parte da Bíblia sobre Jesus foi escrita por romanos. "Apresento meu trabalho com cuidado, pois não quero atingir os cristãos. Mas isso é importante para nossa cultura, pois os cidadãos precisam saber porque governos criam falsas histórias e falsos deuses. Isso é feito para criar uma ordem social contrária aos interesses do povo comum", disse à imprensa.
Segundo Atwill, a criação da história de Jesus teria sido uma estratégia política dos romanos para pacificar os ataques violentos dos judeus que viviam na Palestina da época. Esgotadas as maneiras de conter a rebelião com armas, os romanos criaram o mito de um judeu pacifista.
Encorajar os judeus a ceder a Cesar e pagar impostos a Roma era a ideia por trás do lema de "dar a outra face". A figura de Jesus sequer é baseada em uma figura histórica. "Notei uma sequência de paralelos entre os dois textos [o Novo Testamento e o manuscrito "A Guerra Judaica", escrito por Flávio Josefo no séc. I]", declara Atwill sobre sua descoberta.
Para o historiador, sua descoberta não irá acabar com o Cristianismo, mas pode ajudar aqueles que tenham sido oprimidos pela religião de alguma forma. "Até hoje, por exemplo, [o Cristianismo] é usado nos EUA para criar apoio à guerra no Oriente Médio", exemplificou o pesquisador. Polêmico, né.

 (vi na Galileu, dica do Leo Sacco)

Lei que extingue a família esta prestes a ser votada . Entenda essa lei.

1000101_619636878061145_1288675343_nAmigos,
É essa a Proposta de Emenda à Constituição que a Senadora Marta Suplicy e a Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB estão elaborando para o nosso País.
Principais pontos:
- Acabar com a família tradicional
- Retirar os termos “pai” e “mãe” dos documentos
- Acabar com as festas tradicionais das escolas (dia dos pais, das mães)
para “não constranger” os que não fazem parte da família tradicional – A partir de 14 anos, os adolescentes disporão de cirurgia de mudança de sexo custeada pelo SUS
- Cotas nos concursos públicos para homossexuais etc…

Eis o texto:
“A senadora Marta Suplicy (PT-SP) elogiou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), elaborada pela Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que quer ampliar privilégios a indivíduos viciados em práticas homossexuais. O texto tem a pretensão de introduzir na Constituição todas as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) que favoreceram a agenda gay, inclusive a garantia de união estável para duplas homossexuais, com direito à conversão em casamento e adoção de crianças.
De acordo com a agência de notícias do Senado, “a PEC tem como um de seus principais ponto a criminalização da homofobia e estabelece a pena de dois a cinco anos de reclusão para aqueles que praticarem atos de discriminação e preconceito em virtude da orientação sexual de alguém. A mesma punição se estende aos que incitarem o ódio ou prega rem [contra a] orientação sexual ou identidade de gênero”.
Com a aprovação da PEC, a própria Constituição do Brasil se transformará num PLC 122. Mas Suplicy reconhece que a tentativa de transformar a Constituição do Brasil numa constituição anti-“homofobia” certamente enfrentará resistência de “setores como o da igreja”. A senadora acredita que, estrategicamente, será importante aprovar primeiro o PLC 122/2006, pois sua tramitação está mais avançada, tendo já sido aprovado sorrateiramente na Câmara dos Deputados e restando apenas a votação no Senado. O segundo passo, na avaliação de Marta, é apresentar a PEC, que é uma matéria mais ampla e complexa. “A PEC é bem mais difícil de aprovar. Então, vamos começar com a homofobia e avaliar o momento adequado para fazer uma PEC com essa amplitude, que é realmente o sonho que nós gostaríamos para todo o País”, explicou a senadora à agência do Senado.
O Estatuto da Diversidade Sexual conta com 109 artigos, que alteram 132 dispositivos legais. O Estatuto criminaliza a fobia, reconhece o direito à livre orientação sexual e iguala os direitos fundamentais entre heterossexuais e LGBTs.

Eis alguns dos “avanços” que o Estatuto da Diversidade Sexual propõe:
Legitimação da PEDOFILIA e outras anormalidades sexuais:
Título III, Art. 5º § 1º – É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.
Sob essa lei, a família nada poderá fazer para inibir um problema sexual nos filhos. A sociedade nada poderá fazer. E autoridades governamentais que ainda restarem com um mínimo de bom senso estarão igualmente impedidas de “interferir”.
Retirar o termo PAI E MÃE dos documentos:
Título VI, Art. 32 – Nos registros de nascimento e em todos os demais documentos identificatórios, tais como carteira de identidade, título de eleitor, passaporte, carteira de habilitação, não haverá menção às expressões “pai” e “mãe”, que devem ser substituídas por “filiação”. Essa lei visa beneficiar diretamente os ajuntamentos homossexuais desfigurados tratados como família. Para que as crianças se acostumem com “papai e papai” ou “mamãe e mamãe”, é preciso eliminar da mente delas o normal: “papai e mamãe”.
Começar aos 14 anos os preparativos para a cirurgia de mudança de sexo aos 18 anos (pode começar com hormônios sexuais para preparar o corpo):

Título VII, Art. 37 – Havendo indicação terapêutica por equipe médica e multidisciplinar de hormonoterapia e de procedimentos complementares não-cirúrgicos, a adequação à identidade de gênero poderá iniciar-se a partir dos 14 anos de idade.
Título VII, Art. 38 – As cirurgias de redesignação sexual podem ser realizadas somente a partir dos 18 anos de idade.

Cirurgias de mudança de sexo nos hospitais particulares e no SUS:Título VII, Art. 35 – É assegurado acesso aos procedimentos médicos, cirúrgicos e psicológicos destinados à adequação do sexo morfológico à identidade de gênero.
Parágrafo único R 11; É garantida a realização dos procedimentos de hormonoterapia e transgenitalização particular ou pelo Sistema Único de Saúde – SUS.
Uso de banheiros e vestiários de acordo com a sua opção sexual do dia: (?)
Título VII, Art. 45 – Em todos os espaços públicos e abertos ao público é assegurado o uso das dependências e instalações correspondentes à identidade de gênero. Não é permitido deixar de ser homossexual com ajuda de profissionais nem por vontade própria: Titulo VII, Art. 53 – É proibido o oferecimento de tratamento de reversão da orientação sexual ou identidade de gênero, bem como fazer promessas de cura.
O Kit Gay será desnecessário, pois será dever do professor sempre abordar a diversidade sexual e consequentemente estimular a prática:

Título X, Art. 60 – Os profissionais da educação têm o dever de abordar as questões de gênero e sexualidade sob a ótica da diversidade sexual, visando superar toda forma de discriminação, fazendo uso de material didático e metodologias que proponham a eliminação da homofobia e do preconceito.
Contos infantis que apresentem casais heterossexuais devem ser banidos se também não apresentarem duplas homossexuais travestidas de “casais:

Título X, Art. 61 – Os estabelecimentos de ensino devem adotar materiais didáticos que não reforcem a discriminação com base na orientação sexual ou identidade de gênero.
As escolas não podem incentivar a comemoração do Dia dos Pais e das Mães:

Título X, Art. 62 – Ao programarem atividades escolares referentes a datas comemorativas, as escolas devem atentar à multiplicidade de formações familiares, de modo a evitar qualquer constrangimento dos alunos filhos de famílias homoafetivas.
Cotas nos concursos públicos para homossexuais assim como já existem para negros no RJ, MS e PR e cotas em empresas privadas com já existe para deficientes físicos:

Título XI, Art. 73 – A administração pública assegurará igualdade de oportunidades no mercado de trabalho a travestis e transexuais, transgêneros e intersexuais, atentando ao princípio da proporcionalidade.
Parágrafo único – Serão criados mecanismos de incentivo a à adoção de medidas similares nas empresas e organizações privadas.

Casos de pedofilia homossexual irão correr em segredo de justiça:
Título XIII, Art. 80 – As demandas que tenham por objeto os direitos decorrentes da orientação sexual ou identidade de gênero devem tramitar em segredo de justiça.
Censura a piadas sobre gays:
Título XIV, Art. 93 – Os meios de comunicação não podem fazer qualquer referência de caráter preconceituoso ou discriminatório em face da orientação sexual ou identidade de gênero.
“O Estatuto da Diversidade Sexual é um avanço. Isso nunca havia sido pensado em relação às questões LGBT”, reconheceu Marta Suplicy, classificando-o como de importância “inquestionável”.
O Estatuto defende que o Estado é obrigado a investir dinheiro público para homossexuais que querem caros procedimentos de reprodução assistida por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e também o Estado é obrigado a criar delegacias especializadas para o atendimento de denúncias por preconceito sexual contra homossexuais, atendimento privado para exames durante o alistamento militar e assegura a visita íntima em presídios para homossexuais e lésbicas.

NÃO VAMOS DEIXAR ISSO ACONTECER! É O FIM DA FAMÍLIA PESSOAL.
O POVO BRASILEIRO TEM QUE REAGIR, ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS.

fonte: OCC

Se Aborto For Aprovado “Eu Renuncio”, Diz Presidente Do Equador


rafael-correa-presidente-equador-aborto-renunciara-fe-em-jesus.jpgA Assembleia Nacional do Equador, o órgão legislativo da nação, mantém uma discussão sobre o Código Orgânico Integral Penal, que busca adicionar um artigo para descriminalizar o aborto por estupro. A proposta foi apresentada por Paola Pabón, membro do partido do governo, ato que foi qualificado como uma “traição” por parte do presidente.
Esta proposta não estava no projeto original, mas foi introduzida mais tarde. O texto indica solicitações que o aborto não seja punível “se a gravidez é resultado de estupro, interrupção que pode ser feita até a 12 ª semana de gestação”.

“Se o grupo de pessoas desleais à maioria do bloco parlamentário da Aliança País tiverem êxito no que desejam, eu, imediatamente, apresentarei minha renúncia ao cargo, porque por meus princípios de defender a vida, estou disposto a renunciar e a história saberá julgar”, disse ele, segundo os jornais locais.
Ele também disse “Tem me custado muito mais trabalho as deslealdades, traições dos supostos amigos, que os acertos dos inimigos”.
O presidente lamentou dizendo estar “esgotado” das traições e deslealdades: “Estou cansado disso, de que se tomem decisões, falem de democracia e logo fazem o contrário para ver se aproveitam a oportunidade”, afirmou ele.
O presidente equatoriano foi claro ao afirmar que, apesar de parlamentares apoiarem a nova norma: “jamais aprovarei a descriminalização do aborto“, e observou que a Constituição defende a vida desde a concepção e não endossa o aborto.
“Onde se fala de descriminalizar o aborto? Pelo contrário, a Constituição diz defender a vida desde a concepção”, disse ele, que é um católico fervoroso.
“Temos falado muito claro, que qualquer coisa que se desvia dessa linha simplesmente é traição, e parece que isso esta acontecendo na Assembleia”.

Fonte: Portal Padom

¨NÃO HAVERÁ ACORDO ENQUANTO OS PALESTINOS NÃO RECONHECEREM O ESTADO JUDAICO DE ISRAEL¨


No seu discurso inaugural desta manhã para a abertura da época de Inverno do parlamento de Israel, o primeiro-ministro tornou bem claro que não haverá acordo de paz com os palestinos enquanto estes não reconhecerem Israel como o estado soberano do povo judeu.
Netanyahu afirmou em tom duro que Israel não precisa do reconhecimento dos palestinos. Pelo contrário. Segundo o primeiro-ministro, os palestinos é que têm de assumir a legitimidade judaica e abandonar as suas exigências nacionalísticas a Israel.

Shalom, Israel!

África: albinos são mutilados para rituais de magia negra

  • 13.out.2013 - Albinos são vítimas de assassinatos para realização de rituais na África
13.out.2013 - Albinos são vítimas de assassinatos para realização de rituais na África Nos últimos seis anos, cerca de 72 albinos foram mortos na Tanzânia. A razão que motiva os assassinatos é o fato dos habitantes locais acreditarem que albinos possuem poderes mágicos. Para eles, rituais de bruxaria que usam partes do corpo de pessoas com albinismo trazem sorte ou riqueza.
Vale lembrar que o albinismo é um distúrbio genético que causa a falta de pigmentação da pele e cabelos e não é contagioso.
Segundo Patrícia Campos Mello, correspondente da Folha de S. Paulo na Tanzânia, há também a crença de que os rituais são mais eficientes se a vítima grita durante a amputação. Por isso, braços, olhos e até genitais costumam ser extraídos de pessoas vivas. Além disso, os tanzanianos acreditam que albinos não morrem, apenas desaparecem.
Até mesmo crianças não escapam do estigma imposto pela sociedade e sofrem com a discriminação desde a escola, como se pudessem "contaminar" os outros. Homens com HIV raptam meninas albinas com a ideia de que ao estuprá-las ficarão curados da Aids.
De acordo com relatório divulgado há três semanas pela ONU, "um cadáver de albino completo, incluindo braços, pernas, genitais, orelhas, língua e nariz, custa US$ 75 mil [R$ 163 mil]" na Tanzânia.
Os compradores são variados, desde pescadores que usam pedaços do corpo para garantir uma boa pescaria, até mineradores que moem os ossos de albinos para achar riquezas e políticos que querem garantir um amuleto para ganhar eleições.
Ainda segundo a ONU, a Tanzânia, que tem cerca de 200 mil albinos (0,4% da população), é o país africano com mais ataques. Em seguida estão Burundi, Quênia, República Democrática do Congo, Suazilândia, África do Sul e Moçambique.
A impunidade também marca os crimes cometidos contra os albinos. Apenas cinco pessoas foram condenadas pelos 72 assassinatos na Tanzânia nos últimos seis anos. De acordo com Alshaymaa Kwegyir, primeira deputada albina da Tanzânia, nomeada pela Presidência do país africano, a falta de condenações acontece porque os rituais são secretos e, portanto, é difícil encontrar provas contra os criminosos.
Diante da impunidade, as pessoas com albinismo na Tanzânia vivem com medo. O medo, aliás, é a razão que a ONU associa ao fato de a maioria dos ataques não ser registrada pelos familiares das vítimas.
Logo depois do pico de homicídios, em 2009, o governo cassou a licença de todos os feiticeiros do país, que precisam dessa autorização para atuar. Mas apenas um ano depois, pouco antes das eleições, o governo revogou a medida, que era muito impopular, uma vez que cerca de 60% dos tanzanianos acreditam em magia negra.
Com a intenção de tentar ajudar os albinos, o governo criou nove abrigos para protegê-los. Crianças com albinismo ficam internadas nesses abrigos e muitas vezes nem voltam mais para casa. Especialistas afirmam que os abrigos não são positivos, pois separam os albinos da sociedade em vez de diminuir o preconceito.
 



Síndrome de Chediak-Higashi - Distúrbio genético que atinge o sistema imunológico enfraquecendo as defesas do corpo contra vírus e bactérias. A doença causa graves infecções e provoca a morte do paciente ainda na primeira década de vida. Geralmente, os infectados são albinos, que sofrem com hemorragia. Ainda não se sabe quais são as causas da doença, mas acredita-se que a enfermidade é causada por uma mutação do gene regulador de transporte lisossomal - proteínas responsáveis por destruir substâncias tóxicas presentes nas células. Estima-se que menos de 200 pessoas no mundo sofram com esta doença Reprodução/Superinteressante
(Com informações de Patrícia Campos Mello, correspondente da Folha de S. Paulo)

GLOBO USA PERSONAGEM PARA ZOMBAR DA BÍBLIA SAGRADA.

O vilão Félix (Mateus Solano) popularizou "pérolas" como "acho que eu salguei a Santa Ceia"
  • Divulgação/TV Globo
    O vilão Félix (Mateus Solano) popularizou "pérolas" como "acho que eu salguei a Santa Ceia"
Segundo informações da coluna Outro Canal, do jornal Folha de S. Paulo, as tiradas de Félix (Mateus Solano) não estão agradando o público religioso.
Walcyr carrasco, autor na novela, tem recebido cartas de telespectadores que se sentem ofendidos com bordões que fazem referências bíblicas., como, por exemplo, "acho que eu salguei a Santa Ceia".
Apesar das críticas, o autor garante que vai manter o humor do personagem.
No início da trama, Carrasco também foi criticado por outras entidades e categorias profissionais devido a assuntos polêmicos abordados no folhetim.


Em quanto isso tem um bando de idiotas dando ibope para essa emissora suja .


EQ. G.A


VIA GRITOS DE ALERTA / INF. http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/entretenimento/2013/10/14/amor-a-vida-religiosos-ficam-ofendidos-com-bordoes-biblicos-de-felix.htm

"3 mudanças culturais que desfiam a Igreja

O conhecido evangelista e apologeta Josh McDowell participou da Conferência de Apologética Cristã Evangélica. Ele disse ser necessário aos cristãos ficar alertar para “três mudanças culturais que desafiam e ameaçam a igreja”.
Segundo McDowell, a primeira é uma mudança epistemológica que se intensifica em relação às verdades bíblicas, cada vez mais desacreditadas como “Palavra de Deus”.
“Tivemos uma grande mudança sobre o que entendemos ser a verdade e de onde ela vem. Passamos de algo centrado em Deus para algo centrado em nós mesmos. Do que era objetivo para o subjetivo, do interior para o exterior”, explicou.
Conheça as “3 mudanças culturais que desfiam a Igreja” em nossos diasO evangelista argumenta que a verdade maior, que sustenta a Igreja, é vista hoje apenas como a opinião pessoal de algumas pessoas. Em especial está sendo desacreditada pelos jovens, que abandonam a ideia de um Deus pessoal.
“Em 1991, 51 % dos adultos jovens evangélicos disseram que não há verdade além de suas próprias opiniões. Hoje, esse número chega a 91 %”, disse McDowell.
O segundo aspecto destacado pelo apologista é “a explosão de informação” da Internet, que desafia a cultura das pessoas, seus pontos de vista morais e opinião sobre a Igreja. Ele cita uma pesquisa recente, a qual aponta que um usuário da rede tem disponível, a cada dia, cerca de 34GB de dados da Internet e cerca de 100 mil palavras. E a tendência é um crescimento anual de 5% desse número.
“Cada pastor, pastor de jovens, e todos os pais estão concorrendo com a Internet e as informações de que estão sendo espalhando toda hora”, disse McDowell. ”A maioria dos jovens não recebem mais as notícias dos canais de televisão. Preferem ler os blogueiros. Há cerca de 181 milhões de blogueiros que disputam a atenção de seus filhos”.
Essa quantidade ilimitada de informações on-line que as pessoas têm acesso está causando um aumento no ceticismo, lamenta McDowell. “Se você não acredita em mim, procure os jovens nas faculdades e no ensino médio. Leve algumas frases e diga que aquilo é “sem dúvida alguma, verdadeiro”. Você vai ouvi-los dizer:” Como você sabe que isso é verdade? “ Há tanta coisa que não sabemos…. [Para] todos os jovens, até mesmo cristãos, a era da Internet está enfraquecendo suas convicções, porque eles acham que amanhã poderão descobrir outras coisas.”
Ele enfatiza: “As perguntas que você costumava ouvir nas universidades 15, 20 anos atrás…. sobre fé, Jesus e a Bíblia, sobre ceticismo, questionamentos que você costumava ouvir nos últimos dois anos de faculdade hoje são feitas por crianças de 10, 11 anos. Eles aprendem mais sobre a vida no Facebook [que na escola]“.
O terceiro e último aspecto destacado por ele, é que os pastores não podem pastorear da mesma maneira que fizeram nos últimos 20 anos. Os pais tampouco podem querer educar seus filhos da mesma forma que foram criados, pois o mundo mudou.
“Vinte anos atrás, dizíamos que você precisava ganhar a alma das pessoas até os 18 anos, caso contrário teria muitas dificuldades e alcançá-las. Agora, ateus e agnósticos têm o mesmo acesso aos seus filhos que você. A internet mudou as regras, e agora se você não ganhar uma criança até seu aniversário de 12 anos, você pode não conseguir mais”.
McDowell enfatizou que um dos aspectos mais claro é que os jovens estão cada vez mais viciados em pornografia. “Lamentavelmente, parece não haver nenhuma diferença nos números dentro e fora da igreja.” Citando outra pesquisa, lembrou que um número crescente de pastores têm problemas com a pornografia. McDowell apontou que a exposição maior a imagens de pornografia influencia na busca de “outros tipos de prazer… incluindo o homossexual”.
Seu conselho é que pais e pastores preparem melhor as pessoas sob seus cuidados para o que eles, inevitavelmente, encontrarão no dia-a-dia nessa sociedade. Ele acrescentou: “É tão idiota quanto dizer, ‘você não pode ouvir música”, em nossa cultura. Você não conseguirá passar a vida sem ouvir música. Hoje, você sequer conseguirá viver sem ser exposto à pornografia. Os pais que prepararem seus filhos irão ganhar, os que pensam que irão consegui-los isolar do mundo, irão perder”. Com informações de Christian Post.

Renê Terra Nova divulga empresa de marketing multinível "ungida"

O apóstolo Renê Terra Nova, do Ministério Internacional da Restauração (MIR), está divulgando nas redes sociais o seu mais novo projeto: uma rede de marketing multinível.
Pelo Instagram o religioso busca consultores e vendedores para a marca Z7 que comercializa produtos de beleza, maquiagem e perfumes. A propaganda feita por Terra Nova promete “oportunidade de negócio” que vão mudar “a vida financeira” de seus colaboradores.
“Quer mudar de vida? Z7 uma oportunidade de negócio com selo VEC- Verdade – Excelência e Compromisso – Com certeza mudará sua vida financeira e ampliará sua prosperidade, você quer entrar?”, escreveu ele postando uma foto dos produtos.
Renê Terra Nova divulga empresa de marketing multinível “ungida”O fundador do MIR também divulgou que consagrou esses produtos na Coreia do Sul, ligando o empreendimento ao pastor coreano David Yonggi Cho, disseminador do modelo dos 12, ensinamento difundido por Terra Nova em todo o Brasil.
produtos da z7 Renê Terra Nova divulga empresa de marketing multinível ungida
Produtos da Z7.
Interessados em trabalhar com essa empresa precisam enviar seus contatos nos comentários da foto que a equipe da Z7 entraria em contato explicando mais sobre o negócio que vai “abençoar o presente” e ajudar os vendedores “a ter uma aposentadoria de sucesso”.
O marketing de multinível é um sistema financeiro que gera muita polêmica, principalmente quando o modelo apresentado se enquadra na prática de “pirâmide financeira” que é proibida no Brasil. Terra Nova sabe que muitas pessoas entraram em empresas semelhantes e se decepcionaram e por isso ele afirma que a Z7 é uma “proposta de cura da defraudação” causada em muitos vendedores por empresas não idôneas.



VIA  GRITOS DE  ALERTA / INF. GP

DINHEIRAMA - Em construção de novo templo, Igreja Universal gasta R$ 413 milhões

Assessoria encaminhou nota oficial sobre obras no Templo de Salomão que estão 72% concluídas.

Em nota oficial encaminhada nesta segunda-feira (11), a Igreja Universal do Reino de Deus informa que até agora foram investidos R$ 413.779.184,04 para a construção do Templo de Salomão, em São Paulo. Cerca de 72% da obra está concluída, e todos os gastos estão sendo auditados pela Jones Lang LaSalle, empresa de consultoria em engenharia contratada para supervisionar a construção.

A nota esclarece ainda que o acréscimo ao valor inicial deu-se "primeiramente em virtude do reajuste anual de 8% junto à construtora, e também pela necessidade de atender à legislação vigente quanto ao número de vagas de estacionamento disponíveis". Daí a construção de um edifício garagem com 11 pavimentos e 23 mil metros quadrados de área.

As informações contestam a notícia publicada por esta coluna na última sexta-feira (11), que informou que os gastos com a construção do Templo de Salomão já tinham ultrapassado R$ 1 bilhão. A coluna desconhecia a existência de um serviço de assessoria de imprensa da Igreja Universal do Reino de Deus, e publicou a informação sem confirmar, o que pode ter acarretado possíveis transtornos.

Fonte: Tribuna Hoje

Assembleia de Deus abre as portas para romeiros do Círio de Nazaré

A igreja evangélica resolveu fazer parte do evento atuando com 300 voluntários para servir água, lanches e café aos romeiros

A edição 2013 do Círio de Nazaré reuniu 2,1 milhões de fiéis nas ruas de Belém, no Pará, numa das maiores manifestações da fé católica em todo o mundo.

Uma igreja evangélica resolveu fazer parte do evento atuando com 300 voluntários para servir água, lanches e café aos romeiros. Além do espaço, a igreja disponibilizou ainda uma equipe médica para atender os fiéis que se sentissem mal.

O pastor responsável pela filial da Assembleia de Deus que abriu suas portas, Zildomar Campelo, ressaltou o mandamento de amar ao próximo como principal motivador para a iniciativa de sua denominação.

“Nossa igreja está de portas abertas, com o propósito de estabelecer o mandamento de Deus, que é amar a Ele e ao próximo, independente de religião”, disse, acrescentando que “Deus não tem compromisso com a religião, tem compromisso com as pessoas [...] Não temos preconceito. Deus ressuscitou Jesus para que as pessoas viessem se agregar a Ele, e nosso intuito é esse”.

Foram prestados atendimentos aos romeiros, distribuídos 5 mil copos de água, além de café da manhã com bolo, pães, sucos e sanduíches, segundo informações do G1.

Fotne: Gospel+

JUDAS OU ISCARIOTES ? Lindberg Farias recebe oração de Silas Malafaia

Open in new windowLindberg é candidato do PT para o Governo do Rio de Janeiro, mas durante as reuniões não comentou sobre sua candidatura.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) do bairro da Penha, Rio de Janeiro, recebeu neste domingo (13) a visita ilustre do senador Lindeberg Farias (PT-RJ) que participou dos dois cultos e pediu oração ao pastor Silas Malafaia.

Lindberg é candidato do PT para o Governo do Rio de Janeiro, mas durante as reuniões não comentou sobre sua candidatura. Malafaia, como líder da ADVEC, o chamou no púlpito e comentou com os fiéis da igreja que o senador havia lhe defendido diante das acusações de homofobia feita por ativistas gays.

O pastor assembleiano enfrentou diversas acusações por conta de seus posicionamentos em relação ao homossexualismo, por diversas vezes os ativistas do movimento gay tentaram incriminá-lo dizendo que suas opiniões estimulam a violência contra homossexuais e até editaram um vídeo para tentar acusá-lo.

Foi por defendê-lo que Lindberg ganhou a confiança de Malafaia, durante o culto o pastor afirmou que “sabe reconhecer” e que “é grato” com as pessoas que o defendem.

Farias não é o primeiro candidato a buscar o apoio político de Silas Malafaia, o atual governador do Rio, Sérgio Cabral, já buscou este apoio para poder se aproximar dos evangélicos. Mas por conta desta visita de Lindberg, muitos acreditam que o pastor assembleiano irá apoiá-lo.

Via Gritos de Alerta / inf . Gospel Prime

Exposição que mostra pedofilia e zoofilia provoca bate boca entre deputados

Não foi só nas redes sociais que a mostra “QueerMuseu” gerou debates e bate boca. Na noite desta terça-feira (12) o assunto foi amplam...