sábado, 23 de fevereiro de 2013

QUER EXPOR NO SEGUNDO SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL ? AINDA DA TEMPO.

São 3 opções de estandes econômicos para que todos possam participar e mostrar o seu trabalho. Agora não tem mais desculpa! Só não participa da melhor feira cristã de 2013 quem não quiser!
 
Grande abraço,
Marcelo Rebello
Diretor Executivo
Grupo MR1
II Salão Internacional Gospel
De 19 a 21 de Abril de 2013
Das 14:00 às 20:30 horas
Visitação Gratuita
www.salaointernacionalgospel.com.br
Realização: Grupo MR1 www.grupomr1.com.br
Organização: Grupo Cipa Fiera Milano www.fieramilano.com.br
Local: Centro de Exposições Imigrantes www.centroimigrantes.com.br
Celular: 013 7809.0976 | Nextel: 87*13164
E-Mail:
agenciamr1@gmail.com
Rua Correia de Lemos, 158C - Térreo, 1º, 2º, 3º e 4º Andares
Chácara Inglesa - 04140-000 - São Paulo - SP
Telefone: 011 5585-4355 | Fax: 011 5585.4359
Skype: rebellomr1

Dois cristãos são decapitados nos EUA

coptas-muculmanos1



Dois cristãos egípcios coptas foram assassinados e decapitados em Nova Jersey, Estados Unidos. Os coptas são descendentes de um grupo egípcio que abandonou o islamismo e abraçou o cristianismo ainda no século I.
O principal suspeito de cometer os crimes também é egípcio, e foi preso pela polícia após uma tentativa de queimar o carro onde o homicídio teria sido cometido. Yusuf Ibrahim, 28 anos, teria iniciado a briga com uma das vítimas, e durante o desentendimento, teria atirado contra eles, e depois de mortos, arrancado suas mãos e cabeças.
Os corpos foram encontrados numa casa abandonada, e os membros amputados num local próximo: “Foram terríveis assassinatos em que o suspeito atirou nas vítimas à queima-roupa. Nós alegamos que o réu foi frio e calculista na maneira como ele conduziu os assassinatos e a tentativa de impedir a identificação das vítimas cortando suas cabeças e mãos antes de enterrar os corpos. A Polícia do Estado de em Nova Jersey conduziu uma investigação minuciosa, o que nos permitirá fazer justiça às vítimas”, afirmou o procurador responsável pelo caso, num comunicado.
As duas vítimas não possuem parentes nos Estados Unidos, e estavam em Nova Jersey a trabalho, para ajudar os parentes que ficaram no Egito. Segundo informações do Christian Post, eles frequentavam a Igreja Copta Ortodoxa de São Jorge e Shenouda.
Um dos membros da denominação concedeu entrevista à uma emissora de TV local e se mostrou atordoado com o fato: “Foi uma loucura o que aconteceu com esses dois. Será que eles mereciam? Não. Isso nunca era esperado, e é muito triste”, disse.
O pastor da igreja disse que não conhecia os dois de forma íntima, mas sempre os via durante os cultos. O funeral foi realizado pela igreja e providenciou as medidas legais para que os caixões sejam enviados ao Egito.
O suspeito foi indiciado por duplo homicídio e violação de cadáveres, e sua fiança está estipulada em US$ 3,3 milhões. A imprensa cogita que o motivo tenha sido religioso, pois a decapitação é prática comum em alguns países islâmicos.
Fonte: GospelMais

Prédio de Igreja Luterana é vendido para islâmicos

A organização islâmica Nour Islamic Center adquiriu o prédio de uma igreja luterana em Hamburgo devido à brusca redução do número de paroquianos.

O próximo Dia da Unidade na Alemanha será marcado em Hamburgo por um grandioso evento na Kapernaumkirche, antiga igreja local luterana. Os representantes do Islã apontam para "a integração de muçulmanos na sociedade alemã e europeia em geral". Os seus oponentes expressam receios de eventual e paulatina extinção do Cristianismo ocidental.

Enquanto isso, os círculos sociais da Alemanha estão apreensivos com a notícia sobre a aquisição pela organização islâmica Nour Islamic Center do prédio de uma igreja luterana em Hamburgo. Segundo a versão oficial, a negociata se tornou possível devido à brusca redução do número de paroquianos. Dito de outra maneira, ninguém agora necessita da igreja. Alguns afirmam tratar-se de um negócio dúbio em termos legais e jurídicos.

Segundo o assessor de imprensa da comunidade islâmica em Hamburgo, Daniel Abdin, nos últimos dois anos, a mídia tem criado uma imagem negativa dos muçulmanos locais. Por outro lado, eles não tinham planos de transformar as igrejas em alvos de sua propaganda religiosa.

"Nós nunca procuramos encontrar uma igreja para fazer dela uma mesquita. Durante 20 anos, oramos numa garagem subterrânea e passamos 8 anos procurando um prédio onde pudéssemos rezar. Felizmente, foi-nos proposta esta igreja. Eu percebo, em parte, os receios motivados pela falta de contatos com os muçulmanos. O prédio da igreja está em ruínas, podendo ser reconstruído, conservando apenas o modêlo arquitetônico de um templo cristão, tombado como um monumento histórico."

Para muitos alemães cristãos é terrível uma igreja se tranformada em mesquita. A igreja não tem culto desde 2002, esclarece o representante da Igreja Evangélica da Alemanha, Matthias Benkert, dizendo que o edifício não deixa de ser um símbolo religioso, sendo visto como um templo cristão. O seu dono vendeu-o no início do ano corrente sem ter informado a Igreja Evangélica de Hamburgo, frisou a este propósito Benkert.

"Como é óbvio, não queríamos que isto acontecesse. Em 2004-2005 nem podíamos imaginar que o prédio pudesse ser vendido, tanto mais a uma entidade não cristã. Mas não nos opomos à existência de comunidades muçulmanas. Em Hamburgo está sendo travado um ativo diálogo inter-religioso. Temos apoiado nossos colegas muçulmanos no sentido de eles poderem professar a sua religião. Mas devemos identificar as diferenças. Para nós é um facto triste, mas a situação é tal como está agora."

Segundo a comunicação social alemã, desde 1990, à escala do país, foram encerradas 800 igrejas. Nem todas foram transformadas em mesquitas. No entanto, um fenômeno idêntico acontece não somente da Alemanha. Na França, por exemplo, os ativistas cristãos põem-se de sobreaviso pela mesma causa – vai crescendo pela acedente o número de apostatas, ou seja, dos que se afastam da religião tradicional para a Europa.

A situação que se criou em Hamburgo e na Alemanha evidencia a degradação do Cristianismo ocidental, constata o professor associado da Universidade de Literatura, perito em religião islâmica, Roman Silantiev.

"A corrida aos valores temporais, marcados por ecletismo, pregou uma má partida aos cristãos do Ocidente. Ocorre um colapso simbólico do Cristianismo ocidental que outrora se considerava o mais progressista ao ponto de almejar um domínio mundial e que agora está perdendo as suas posições."

Ao que parece, considera o perito, a Europa vai desistindo de valores cristãos, cedendo lugar, ao contrário das expectativas de ateus, aos valores islâmicos.

Fonte: Santa Catarina 24 Horas

Pastor é denunciado de explorar pacientes de casa terapêutica

Pastor Domiciano de Lana Barbosa, presidente do campus da Assembléia de Deus, em Mato Grosso, foi denunciado por um grupo de internos e ex-diretores.

Um grupo de oito pessoas, entre internos e ex-diretores, decidiu procurar quarta-feira (20) a comissão de Direitos Humanos da subseção da OAB e a Promotoria para denunciar um suposto esquema de exploração na unidade terapêutica, Casa de Davi, por parte do pastor Domiciano de Lana Barbosa, presidente do campus da Assembléia de Deus, ministério Belém, em Barra do Garças no leste de Mato Grosso.

A denúncia está sendo apresentada formalmente ao promotor Marcos Brant e ao presidente da OAB-BG, Leonardo da Mata, na tarde de hoje. Os ex-diretores Gilberto de Oliveira e Jean César Campos contam que os internos eram utilizados como pedreiros e serventes pelo pastor, que é construtor, e recebiam valores irrisórios pelos serviços.

Além do serviço fora da unidade, que expunha os internos a contato com outras pessoas durante o tratamento, os denunciantes, contam que a comida era de péssima qualidade, inclusive com os pacientes sendo obrigados a comerem sopa de osso. Segundo Gilberto, por diversas vezes os pacientes eram levados para igreja para serem apresentados no altar onde eram chamados de ‘ex-noiados’ com objetivo de comover as pessoas e arrecadar fundos para instituição.

Um dos ex-internos, que acabou abandonando o tratamento, F.S. de 21 anos, conta que ficou dez meses na unidade e que chegou a comer a tal sopa de osso e trabalhou como ajudante de pedreiro para ganhar 15,00 numa obra que depois foi comercializada pelo pastor. Vale ressaltar que a diária é de servente é de 50,00. O interno chamou de humilhação à exposição que acontecia durante os cultos.

Gilberto e Jean conta que forma demitidos da unidade porque não concordavam com métodos utilizados e questionaram o pastor Domiciano.
O OUTRO LADO
O pastor Domiciano Barbosa nega as denúncias de exploração e explica que os ex-diretores estão magoados porque foram afastados do projeto. Domiciano disse que assumiu o projeto há pouco mais de sete meses tão logo houve a substituição de Lar Cristão para Casa de Davi e que oferece um tratamento alternativo para homens e que cinquenta jovens estão sendo atendidos na unidade.

Domiciano esteve na delegacia, na manhã de quarta-feira (20), onde registrou uma ocorrência contra os ex-diretores por falsa denúncia. Sobre o fato de ser construtor, Domiciano não negou e disse que leva alguns internos para trabalhar com objetivo de ajudar no tratamento e que não existe exploração.

O pastor disse que está aberto para qualquer investigação e pediu aos promotores e advogados da OAB que visitem a unidade.

Domiciano desafiou os ex-diretores provarem as denúncias contra ele e pediu que a sociedade não faça julgamento antecipado. "Em vez de jogar pedras me ajudem com a obra de Deus para recuperar jovens desiludidos por ação maléfica das drogas", frisou. Hoje a instituição tem apoio da iniciativa privada e do Poder Público.

Fonte: Cenário MT

Prédio de Igreja Luterana é vendido para islâmicos

A organização islâmica Nour Islamic Center adquiriu o prédio de uma igreja luterana em Hamburgo devido à brusca redução do número de paroquianos.

O próximo Dia da Unidade na Alemanha será marcado em Hamburgo por um grandioso evento na Kapernaumkirche, antiga igreja local luterana. Os representantes do Islã apontam para "a integração de muçulmanos na sociedade alemã e europeia em geral". Os seus oponentes expressam receios de eventual e paulatina extinção do Cristianismo ocidental.

Enquanto isso, os círculos sociais da Alemanha estão apreensivos com a notícia sobre a aquisição pela organização islâmica Nour Islamic Center do prédio de uma igreja luterana em Hamburgo. Segundo a versão oficial, a negociata se tornou possível devido à brusca redução do número de paroquianos. Dito de outra maneira, ninguém agora necessita da igreja. Alguns afirmam tratar-se de um negócio dúbio em termos legais e jurídicos.

Segundo o assessor de imprensa da comunidade islâmica em Hamburgo, Daniel Abdin, nos últimos dois anos, a mídia tem criado uma imagem negativa dos muçulmanos locais. Por outro lado, eles não tinham planos de transformar as igrejas em alvos de sua propaganda religiosa.

"Nós nunca procuramos encontrar uma igreja para fazer dela uma mesquita. Durante 20 anos, oramos numa garagem subterrânea e passamos 8 anos procurando um prédio onde pudéssemos rezar. Felizmente, foi-nos proposta esta igreja. Eu percebo, em parte, os receios motivados pela falta de contatos com os muçulmanos. O prédio da igreja está em ruínas, podendo ser reconstruído, conservando apenas o modêlo arquitetônico de um templo cristão, tombado como um monumento histórico."

Para muitos alemães cristãos é terrível uma igreja se tranformada em mesquita. A igreja não tem culto desde 2002, esclarece o representante da Igreja Evangélica da Alemanha, Matthias Benkert, dizendo que o edifício não deixa de ser um símbolo religioso, sendo visto como um templo cristão. O seu dono vendeu-o no início do ano corrente sem ter informado a Igreja Evangélica de Hamburgo, frisou a este propósito Benkert.

"Como é óbvio, não queríamos que isto acontecesse. Em 2004-2005 nem podíamos imaginar que o prédio pudesse ser vendido, tanto mais a uma entidade não cristã. Mas não nos opomos à existência de comunidades muçulmanas. Em Hamburgo está sendo travado um ativo diálogo inter-religioso. Temos apoiado nossos colegas muçulmanos no sentido de eles poderem professar a sua religião. Mas devemos identificar as diferenças. Para nós é um facto triste, mas a situação é tal como está agora."

Segundo a comunicação social alemã, desde 1990, à escala do país, foram encerradas 800 igrejas. Nem todas foram transformadas em mesquitas. No entanto, um fenômeno idêntico acontece não somente da Alemanha. Na França, por exemplo, os ativistas cristãos põem-se de sobreaviso pela mesma causa – vai crescendo pela acedente o número de apostatas, ou seja, dos que se afastam da religião tradicional para a Europa.

A situação que se criou em Hamburgo e na Alemanha evidencia a degradação do Cristianismo ocidental, constata o professor associado da Universidade de Literatura, perito em religião islâmica, Roman Silantiev.

"A corrida aos valores temporais, marcados por ecletismo, pregou uma má partida aos cristãos do Ocidente. Ocorre um colapso simbólico do Cristianismo ocidental que outrora se considerava o mais progressista ao ponto de almejar um domínio mundial e que agora está perdendo as suas posições."

Ao que parece, considera o perito, a Europa vai desistindo de valores cristãos, cedendo lugar, ao contrário das expectativas de ateus, aos valores islâmicos.

Fonte: Santa Catarina 24 Horas

Acervo literário do bispo Robinson Cavalcanti será exposto em Recife

 
Acervo literário do bispo Robinson Cavalcanti será exposto em RecifeO público poderá conferir de perto todo o acervo pessoal do bispo Robinson Cavalcanti a partir da próxima segunda-feira (25) no auditório da Livraria Cultura do Paço Alfândega, no centro do Recife (PE).
Estarão expostos mais de 18.000 artigos e 2.500 livros que o bispo da Igreja Anglicana morto em 2012 guardava em seus arquivos pessoais.
A mostra foi oferecida pela esposa de Dom Calvacanti, Mirian Cavalcanti, que também liberou os 13 livros que foram lançados pelo religioso que tratam sobre teologia, sexualidade e política.
No dia da inauguração do acervo haverá duas palestras, a primeira terá o tema “Robinson Cavalcanti e a Sexualidade humana, e será ministrada pelo Dr. Caesar Malta Sobreira; já a segunda palestra tem o seguinte tema: Dom Robinson Cavalcanti e a Ciência Política, com o Professor Hely Ferreira. A Coordenação é do Rev. Maurício Amazonas, Presidente do Instituto Robinson Cavalcanti.
No dia 26 de fevereiro, data da morte do bispo, acontecerá um café da manhã na sede da Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil (AIECB), um evento que contará com a presença da viúva e do pastor Aurivan Marinho que estará ministrando aos presentes.
Depois do café patrocinado pela Livraria Luz & Vida acontecerá uma palestra com o professor Wanderley da Rosa com o tema: Dom Robinson Cavalcanti e a importância da vida Acadêmica.
Para participar das palestras na Livraria Cultura é preciso se inscrever através do e-mail para ircnacional@gmail.com.
Para mais informações acesse o site da IRC www.robinsoncavalcanti.org.

OVELHAS - QUEM SÃO ?

     No capítulo 34 do livro do profeta Ezequiel, o Senhor faz uma relação de tipos de ovelhas e acusa os pastores de Israel (os sacerdote...