quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Barrabás como você nunca viu

A surpreendente história do primeiro homem salvo por JESUS

Nessa postagem iremos contar alguns relatos da história de Barrabás, o homem que é visto por todos como o "ladrão" e sortudo por ter escapado da morte, enquanto JESUS sendo inocente morreu como um bandido.

Você verá que tudo o que já ouviu falar é vão e que os ensinamentos de familiares e próximos são praticamente inúteis perto das revelações desconhecidas.

Mas para entender melhor vamos voltar desde O JULGAMENTO DE JESUS.

Durante o martírio de Jesus, Ele tem que enfrentar seis julgamentos (três deles em tribunal religioso e três perante autoridades romanas) dos quais já estava previsto por Deus, para que ninguém duvidasse de sua soberania e realeza, e em um desses julgamentos Jesus é trazido para diante da multidão numa tentativa covarde de Pilatos de se livrar de um inocente o qual o povo queria morto.
 
Estavam as vésperas da páscoa e neste tempo ninguém era julgado ou crucificado não se executava ninguém embora a crucificação de três marginais já estava prevista. Eles precisavam se apressar se quisessem ver Jesus crucificado. Como eram vésperas da Páscoa, era de costume que soltasse um preso e lhe perdoasse seus crimes, e mais uma vez o covarde Pilatos usa dessa condição para tentar se livrar do inocente Jesus, mas seu tiro sai pela culatra. Pilatos manda dar uma surra em Jesus para que o povo ficasse satisfeito e com pena de Jesus e assim decidissem que já era o bastante e o soltassem, pois não havia nele crime algum. Pilatos sabia quem era o criminoso chamado Barrabás, o qual ele mesmo mandou prender por crimes hediondos e agora o coloca em escolha; Jesus ou Barrabás? Quem devo soltar? Escolham e decidam entre os dois, disse Pilatos. (Passagens registradas em Mateus 27, Marcos 15, lucas 23 e João 18).




Mas para a surpresa de Pilatos o povo escolhe a Barrabás. Todos gritam em uma só voz: Solte Barrabás, crucifica Jesus!Na verdade o previsto era que Jesus, Barrabás, os dois ladrões, Dimas, o da direita e Jestas, o da esquerda fossem todos julgados e executados no mesmo dia. Mas deixe eu lhe falar algo.

Quando prenderam Barrabás, Dimas e Jestas, os romanos ao saberem que a sentença seria a morte de cruz, eles logo trataram de tirar as medidas corpórea dos condenados e assim foram feitas três cruzes, no tamanho certo de cada criminoso e no lugar certo foi iniciado um pequeno buraco para que o prego entrasse com mais facilidade. Como Jesus foi preso, julgado e decidido que fosse crucificado, não ouve tempo para que fosse confeccionada uma cruz na sua medida. Então ao ser decidido que um deveria ser solto, e este seria Barrabás, logo a sua cruz, que era segundo a história um homenzarrão, passou para Jesus. É por isso que lhe rasgaram as carnes da juntura do ombro. Ele levou sobre os ombros uma cruz que não era dele. Ele foi pregado em uma cruz que não foi feita para Ele.



A HISTÓRIA DE BARRABÁS
O nome verdadeiro desse marginal era Bar Aba, que significa “filho de pai nobre”, um patriota desordeiro, violento, revoltado. Um homem natural da cidade de Jope. Tinha como profissão ser remador de botes, porém devido a falta do pagamento dos impostos, que eram muito altos, as autoridades romanas lhe tomavam o seus pertences para pagar impostos atrasados, lhe tirando a ferramenta de sustento, e com isso ele se tornou um revoltado com o confisco de seus bens, e entre eles o bote. Era dotado de muita coragem, força e espírito de iniciativa, mas era muito ignorante e falador.

Com os prejuízos que sofrera, acabou se tornando um salteador das estradas e seu ofício ganhou fama e alguns seguidores, formando um pelotão de marginais do qual se tornou o chefe. Gerava muito medo por onde andava, pois roubava todos os pertences de quem quer que seja. Chegou a vir as escondidas para a cidade de Jerusalém onde trabalhou escondidamente na parte de baixo de Jerusalém no vale do Kidron. 

Bandido ferrenho, atormentava a vida dos romanos. Cetra vez atacou com seu bando uma guarnição de soldados romanos na cidade de Cafarnaum, roubando todo o soldo da tropa. Chegou a roubar também os bens dos sacerdotes do templo judaico. Caifás ficou muito irado e desesperado, então queixou-se a Pilatos dizendo que se não houvesse providência, iria se informar ao imperador Tibério, o que não seria nada bom para Pilatos. 
Por atacar o pelotão de soldados romanos e os sacerdotes do templo, Barrabás foi procurado e caçado por todos os lugares e acabou sendo preso pelo Centurião Varro, juntamente com seus comparsas, Dimas e Jestas. Assim a pena de Barrabás seria nada mais nada menos que a crucificação.

Barrabás estava preso e já tinha sido condenado à crucificação e para ele foi uma grande surpresa ser escolhido pelo povo para ser solto. Não sabia o que estava acontecendo e só foi saber disto bem mais tarde. 

Conta-nos alguns historiadores que certa ocasião em que Jesus esteva reunido com os apóstolos na casa de Pedro ocasião que curou sua sogra, e Jesus estando sob o crepúsculo, muitas pessoas vinha a Ele para serem curados. Entre estas pessoas veio uma mulher que entrou chorando copiosamente e muito aflita, ela caiu de joelhos aos pés de Jesus e suplicava algo a Ele.

Os discípulos assustados, não esperavam que alguém chegasse ali e agisse daquela maneira. Então um deles a interrogou, perguntado quem era ela. E assim Bartolomeu então respondeu:

__Conheço esta mulher. É a mãe de Bar Aba. Aquele mesmo que assaltava à mão armada nas estradas de Jericó e agora está preso sendo condenado à morte, e morte de cruz no monte Calvário.

A mulher então disse a Jesus:

__Senhor, tem piedade de meu filho Bar Aba, que foi condenado a morte. Ele foi arrastado ao crime por injustiças e desesperos. Sempre foi um rapaz obediente, dedicado ao trabalho. Entretanto, atraído por estes males se envolveu com quadrilhas que assaltavam os viajantes que assustam Samaria e Damasco. Tem pena de mim, que sou mãe desventurada, pois sei que tudo podes. Curaste o filho da viúva de Naim, o cego de Jericó, o servo do Centurião romano e ressuscitaste Lázaro, o irmão de Marta.

Jesus olhou amorosamente a mãe aflita de Barrabás e perguntou-lhe:

__Que queres de mim, mulher? Disse Jesus.

__Peço-te que o salves meu filho da morte, pois dentro de alguns dias será crucificado. Sei que és bom e podes impedir que ele morra. Faze um milagre. E assim concluiu, chorando e beijando os pés do mestre.

Então Jesus completa dizendo:
__Vai, mulher, porque Deus tem ouvido as tuas orações e por isso mandou seu filho ao mundo, para que se cumpram as escrituras.

A mulher beijou as sandálias do divino mestre e saiu a correr dentro da noite alta e tranqüila, gritando como quem fala para o mundo:

__Jesus salvou meu filho! Ben Bar Aba não morrerá”.

Mateus chama Barrabás de um "preso muito conhecido". Marcos diz que ele foi "preso com amotinadores, os quais em um tumulto haviam cometido homicídio". Lucas afirma que ele foi lançado na prisão "por causa de uma sedição na cidade e também por homicídio". João o chama "salteador". Sim! ele era tudo isso, mas aprove a Deus colocá-lo em seus planos.

Chegou o dia da crucificação de Barrabás, Dimas e Jestas, porém algo estava para acontecer. Algo que mudaria a história de um condenado chamado Bar Aba.


Penso que no corredor da morte Barrabás faz uma reflexão de vida, e talvez desejasse ver sua mãe. Então um barulho se faz ser ouvido na prisão. É o som de alguém abrindo a porta da cela. E ele logo pensa: “Chegou a minha hora de morrer”

Então o soldado romano vai em direção a Barrabás e diz a ele:

__Pode ir Barrabás! Você está livre!

Talvez meio assustado e sem muito acreditar, ele pergunta:

__Mas eu não vou morrer?

E o soldado romano que a tudo assistiu lá fora, e também sem muito acreditar, reponde:

__Outra pessoa vai morrer em seu lugar!

Assim Barrabás sai e é levado até a presença de Pilatos para ser posto em liberdade. Ao chegar no que mais parecia um tribunal público ele se encontra com aquele que morreria em seu lugar e por um instante Barrabás olha nos olhos de Jesus e pensa em seu intimo: “O que será que ele fez para morrer em meu lugar?”

Mesmo sem mover os lábios ele ouve uma voz que lhe fala no coração:

__Vai em paz! Você está livre! Eu morrerei em seu lugar.




O restante creio que você já sabe. Jesus foi crucificado e como foi com o primeiro Adão, agora com o segundo Adão dá vida a sua noiva, mas esta é uma outra mensagem.

Não se sabe se Barrabás mudou de vida, nem o que aconteceu com ele depois da morte de Jesus. Mas eu creio que vou encontrá-lo no céu, e então vou lhe perguntar:

__Amigo irmão Barrabás. Você soube mais que ninguém o sentido da frase: “Jesus morreu em meu lugar”. Então me diga como foi aquele dia na sua vida.



Nessas incríveis revelações podemos ver que afinal Barrabás não era inicialmente um bandido ou vagabundo, mas era uma pessoa comum que assim como eu e você, ás vezes se revolta contra o governo local a ponto de fazer ou tentar fazer uma "revolução".

Quantos protestos se vem nos telejornais diários?

São milhões de atitudes tais quais a de Barrabás.

Então podemos dizer que Barrabás era um homem comum (inicialmente), mas que movido pela sua revolta e necessidade acabou agindo de forma errada e foi condenado após julgamento.

Assim como ele muitos de nós já agimos impulsionados por revolta e necessidade, mas nem todos fomos condenados pelas atitudes que tivemos.

Mas até o Barrabás original mesmo sendo culpado pelos seus crimes foi salvo por JESUS, sendo ele um dos mais temíveis "fora da lei" daquele local, por acaso acha que JESUS não salvaria você que está lendo essa matéria?

Essa Palavra é direcionada especialmente para você nesse dia de hoje, todos nós somos "Barrabás", pois todos já fizemos coisas incorretas nessa vida seja na área financeira, ou sentimental, ou sexual, ou com o nosso próximo, ou até com nós mesmos.

Mas assim como JESUS salvou aquele homem ELE te chama para a Salvação, pois assim como ELE salvou Barrabás ele quer salvar você.

Quanto ao Barrabás da Bíblia, não se sabe históricamente se ele permaneceu sendo um salteador ou mudou de vida após conhecer JESUS, mas de uma coisa eu tenho certeza, que um dia iremos encontrá-lo no céu, pois não existe ser-humano nesse mundo que conheça a JESUS de verdade e não mude de vida, eu mesmo sou uma proa viva de que nada como um encontro real com JESUS para mudar totalmente de vida.



Mas quero dizer para os muitos Barrabás que estão no corredor da morte, pois algumas injustiças humanas, ou algumas tempestades da vida o fizeram revoltar contra tudo e contra todos. Pessoas que sofreram grandes perdas irreparáveis e dolorosas, e assim se tornaram amargas, não que sejam amargas, mas se tornaram amargas e tristes. A estes quero me dirigir agora e dizer lhes que Jesus morreu em seu lugar e você está livre para adorá-lo e ser feliz.

Verdadeiramente Barrabás sentiu na pele o que é ouvir e viver. E assim ele poderia dizer o que eu peço humildemente a você que diga agora aí onde está agora: JESUS MORREU EM MEU LUGAR!! 

E para você sentir o gosto dessa liberdade veja o vídeo a seguir com a linda canção de nome "Barrabás" na maravilhosa interpretação de Gerson Rufino.



Você está livre BARRABÁS!!!
 
 
VIA GRITOS DE ALERTA   WEB SERVOS

BOM EXEMPLO - ISLÂNDIA QUER BANIR A PORNOGRAFIA NA WEB

Além de bloquear o acesso à pornografia, Islândia pode ainda proibir o uso de cartões de crédito emitidos no país para pagamento de sites com este tipo de conteúdo.
Na foto, criança navega em tablet: pesquisas revelaram que crianças expostas à pornografia desde cedo podem ter os mesmos traumas daquelas que sofreram abuso sexual.
The Daily Mail, o país estuda maneiras de bloquear o acesso à pornografia através de endereços de IP e pode ainda tornar ilegal o uso de cartões de crédito emitidos na Islândia para o pagamento de sites considerados “X-rated”, isto é, com conteúdo impróprio para menores de 18 anos de idade.
Um deles, realizado em 2010, detectou que material pornográfico e violento disponível na web estava contribuindo para um crescimento na intensidade dos ataques sexuais registrados no país. O segundo mostrou que crianças expostas desde cedo a material pornográfico violento podem desenvolver os mesmos traumas daquelas que sofreram abusos sexuais durante a infância.
“A segurança das crianças deve ser uma prioridade”, declarou o ministro do Interior da Islândia, Ögmundur Jónasson à publicação. Ainda de acordo com ele, foram montadas comissões que vão analisar os melhores caminhos para cortar o acesso a imagens e vídeos por jovens em computadores, consoles, tablets ou smartphones.
Projetos de lei que preveem o desestímulo ao acesso a pornografia não são exatamente uma novidade no país. Já há alguns anos está em vigor uma lei que proíbe a impressão e distribuição de materiais com este tipo de conteúdo. Além disso, há cerca de dois, o parlamento islandês conseguiu banir todas as boates de striptease. Na ocasião, a primeira ministra Jóhanna Sigurðardóttir alegou que os mesmo violavam os direitos civis de mulheres que trabalhavam nestes estabelecimentos.

Crianças x Conteúdo adulto
Recentemente, uma pesquisa realizada pela empresa de segurança virtual Kaspersky, revelou que crianças que frequentam o site de vídeos YouTube estão a apenas três cliques de acessarem conteúdo adulto. Ainda em sua análise, a empresa lembrou que, para evitar o contato com este tipo de material, os responsáveis devem ativar o controle de restrição de vídeos.
Exame

Ex-BBB se converte na igreja Bola de Neve

A ex-BBB Natália Nara está casada e hoje é pastora da Igreja Bola de Neve e apresentadora de TV em canal evangélico.

A morena participou na 5ª edição do reality show da Rede Globo e chegou a investir na profissão de atriz que acabou abandonando depois de sua conversão.

Em seu testemunho a jovem conta que seu primeiro contato com o evangelho foi aos 19 anos e tempo depois, quando saiu do BBB, conheceu uma empresária cristã que a evangelizou.

Uma reportagem do jornal Extra conta que Natália, que hoje usa o sobrenome Prada, se arrepende de ter pousado nua e que até chora quando se lembra dessa fase. Segundo a mãe da jovem, dona Neide, ela também não tem mais interesse em falar sobre o Big Brother Brasil.

“Ela não quer mais saber de ‘BBB’, mas o que ela mais lamenta é o fato de ter posado nua. Ela chora só de lembrar. Esse programa só fez mal a ela e atrapalhou os estudos”, diz.

Natália hoje é estudante de jornalismo e trabalha na comunicação da Bola de Neve apresentando programas de notícias.

Marca Expocristã não está sendo vendida, diz organizadora

                      
Marca Expocristã não está sendo vendida, diz organizadoraO grupo DO4C (Do For Christ) enviou uma nota de esclarecimento que a notícia do jornalista Lauro Jardim, da revista Veja, estava errada quanto à venda da marca “Expocristã”.
“Referente à nota publicada pelo jornalista Lauro Jardim, a DO4C esclarece que é detentora da marca e promoverá no mês de 07 a 10 de agosto a Expocristã 2013. Diferente do que foi publicado, a marca não está sendo negociada e o maior evento de produtos e serviços para cristãos irá acontecer no Anhembi”, diz trecho da nota.
A informação oficial é que a DO4C, grupo formado por investidores cristãos, adquiriu a Expocristã por um contrato de garantia de investimento no projeto, passando a administrar a marca.
A edição de 2013 da feira irá acontecer dentro da Semana Cristã de São Paulo, evento novo que vai trazer não só a exposição de produtos e serviços, mas também congressos, fóruns, workshops, eventos de dança, teatro, cinema, esportes, entretenimento, shows musicais e outros.

Os verdadeiros motivos da renúncia de Bento XVI

Os verdadeiros motivos da renúncia de Bento XVI                      
Segundo informações do Vaticano, Bento 16, 85 anos, renunciará oficialmente às 20h do dia 28 de fevereiro. Ele se mudará para a residência de verão dos papas em Castelgandolfo, cidade a cerca de 30 km de Roma. Após a escolha do novo papa deverá se mudar para o mosteiro “Mater Ecclesiae”, no interior do Vaticano, onde poderá estudar, escrever, escutar música, rezar e passear pelos jardins.
Joseph Ratzinger voltará ser cardeal e terá o título de bispo emérito de Roma, abandonando o nome Bento XVI. A agência EFE entrevistou um cardeal que preferiu não se identificar. Ele admite que “Um dos problemas que a Santa Sé enfrentará em um breve futuro, será a convivência dentro dos muros vaticanos do sucessor de Bento XVI e também do papa demissionário”.
Embora tenha alegado estar cansado e sem energia, há fortes indícios que Ratzinger estaria isolado politicamente. Fontes próximas ao Vaticano afirmam que a exaustão alegada não é apenas por causa da sua saúde, mas seria por causa da disputa de poder que marcou seus últimos meses no trono. A principal causa seria o “governo paralelo” criado pelo cardeal Tarcisio Bertone, um dos favoritos à sucessão. Bertone era amigo pessoal de Bento 16 e quem mais recebeu poder na Igreja em 2005, quando o papa assumiu o trono.
Desde então, fez alianças com membros da Cúria que teriam colocado o atual papa contra cardeais da Santa Sé.
Indiretamente, a Santa Sé confirmou que a fragilidade não era apenas de sua saúde. “O papa é uma pessoa de grande realismo e conhece os problemas e as dificuldades”, afirmou o porta-voz da Igreja, Federico Lombardi. “A renúncia foi uma mensagem à Cúria, mas também a todos nós”.
Fontes das embaixadas estrangeiras junto à Santa Sé contaram ao jornal O Estado de São Paulo que o papa renunciou de livre vontade, mas consciente da resistência de seus ex-aliados.
Oito anos atrás, Bento 16 chegou ao trono com a promessa de que faria uma “limpeza na Igreja”. Havia uma série de denúncias contra cardeais que simplesmente eram ignoradas ou levavam anos para serem apuradas. Por exemplo, os casos de Roger Mahony, Thomas Curry e Marcial Maciel, fundador dos Legionários de Cristo.
Embora tenha se esforçado, Bento 16 não conseguiu cumprir sua meta de “tolerância zero” em relação à pedofilia. Ele chegou a declarar “Quanta sujeira há na Igreja”.
Após as denúncias públicas de seu ex-mordomo, Paolo Gabriele, pesaram a revelação da corrupção existente no Banco do Vaticano. Ele perdoou o empregado, ciente que embora condenado, não agora sozinho e que atividades e manobras escusas nos bastidores da Santa Sé não paravam.
Para a revista italiana Panorama, o papa teria decidido renunciar em 17 de dezembro do ano passado, após ler um novo relatório durante o escândalo do vazamento de documentos oficiais do Vaticano, conhecido como “Vatileaks”.
Na ocasião, Bento 16 recebeu os três cardeais que nomeou para investigar o vazamento de seus documentos pessoais e do Vaticano, os cardeais Julián Herranz, Salvatore De Giorgi e Jozef Tomko.
O relatório apresentado por eles continha documentação, entrevistas e interrogatórios, que revelaram uma grande “resistência na Cúria à mudança e muitos obstáculos às ações pedidas pelo papa para promover a transparência”.
De acordo com a publicação, o papa ficou “muito decepcionado” com o que ouviu e admitiu “ter descoberto uma face da Cúria vaticana que jamais tinha imaginado. Antes do Natal começou a pensar seriamente em sua renúncia”.
Durante sua última grande missa, na Quarta-Feira de Cinzas, Bento 16 deu dicas que se preocupa que os seguidores de Cristo deveriam mostrar o verdadeiro rosto da Igreja, reconhecendo que muitas vezes essa face “aparece desfigurada por pecados”.
“Penso em particular nos atentados contra a unidade da Igreja e nas divisões no corpo eclesial”, asseverou durante a homilia na Basílica de São Pedro, quando denunciou “a hipocrisia religiosa, as atitudes que buscam aplauso e aprovação”, citando as “divisões no corpo eclesial”.
Durante a missa de abertura da quaresma, disse querer chamar a atenção da igreja e denunciar “golpes” contra a mesma. Também pediu aos fieis a superar “individualismos e rivalidades”.
Esta é apenas a segunda vez que um papa da Igreja Católica renuncia ao pontificado. Antes, no ano de 1294, Celestino 5º abdicou antes de ser consagrado. Ele, que havia vivido como um ermitão antes de ser designado papa, não se sentia preparado para assumir o comando da Igreja. Com informações de Terra, UOL e O Estado de São Paulo.

Um dos possíveis sucessores de Bento 16 é favorável à criminalização da homossexualidade


13.fev.2013 - O cardeal ganense Peter Turkson, 63, é presidente do Conselho de Justiça e Paz do Vaticano. É popular na África por suas aparições na TV. De linha conservadora, defende a ortodoxia
Do UOL, em São Paulo
O cardeal de Gana, Peter Turkson, um dos possíveis candidatos a substituir o papa Bento 16, que deixará o cargo a partir de 28 de fevereiro, é a favor da criminalização da homossexualidade. Foi o que ele disse ao site " National Catholic Register", em uma entrevista publicada em fevereiro de 2012.
Ao comentar o projeto de lei sobre a criminalização da homossexualidade que tramita no Poder Legislativo de Uganda, Turkson, responsável pelo Departamento da Justiça e Paz e porta-voz do Vaticano para as questões sociais, afirmou que algumas das sanções impostas a homossexuais na África, entre elas a morte, são um "exagero", mas argumentou que a "intensidade da reação provavelmente é compatível com a tradição."
Turkson disse ainda não considerar a homossexualidade um estilo de vida. "... a última coisa que queremos [a Igreja] é infringir o direito das pessoas. Mas quando você está falando sobre o que é chamado de 'estilo de vida alternativa', são estes os direitos humanos?", questionou o cardeal, que emendou a justificativa com uma crítica ao secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), Ban Ki-moon, que pediu que o continente africano acabasse com a criminalização aos homossexuais.
"Ele [Ban ki-moon] precisa reconhecer que há uma sutil distinção entre moralidade e direitos humanos, e é isso que precisa ser esclarecido."
Se eleito no Conclave, que, segundo o Vaticano, está previsto para começar entre 15 e 20 de março, Turkson seria o primeiro pontífice negro e africano da história. O cardeal é especialista na Bíblia, já que estudou as Sagradas Escrituras no Instituto Pontifício Bíblico de Roma, onde se formou em 1980 e se tornou doutor nessa mesma matéria em 1992.
Além do inglês e da língua nativa fante, o cardeal ganês fala francês, alemão, hebraico e italiano - idioma muito importante, dado que o papa também se torna bispo de Roma. Para completar, Turkson também escreve em latim e grego. Ele, que em março de 2011 foi designado por Bento 16 como mediador do Vaticano no conflito da Costa do Marfim, também se destaca como um grande diplomático.

Papa Bento 16 renuncia ao cargo - 28 vídeos

 

 O papa Bento 16 anunciou sua renúncia na última segunda-feira em um discurso pronunciado em latim durante um encontro de cardeais no Vaticano. Ao justificar sua decisão, o pontífice de 85 anos alegou fragilidade por conta da idade avançada.

"Após ter examinado perante Deus reiteradamente minha consciência, cheguei à certeza de que, pela idade avançada, já não tenho forças para exercer adequadamente o ministério petrino", disse o papa.
O pontífice afirmou ainda que "no mundo de hoje (...), é necessário o vigor tanto do corpo como do espírito, vigor que, nos últimos meses, diminuiu em mim de tal forma que eis de reconhecer minha incapacidade para exercer bem o ministério que me foi encomendado". "Por esta razão, e consciente da seriedade deste ato, em completa liberdade, eu declaro que renuncio ao ministério de Bispo de Roma, Sucessor de São Pedro", acrescentou Bento 16.

ENTENDA O PROCESSO SUCESSÓRIO DO PAPA

Quando o chefe da Igreja Católica renuncia a sua função ou morre, seu sucessor é eleito pelos cardeais reunidos em conclave na Capela Sistina, onde ficam isolados do mundo exterior.

Cinco cardeais brasileiros deverão participar do conclave que se reunirá para eleger o sucessor do papa Bento 16. Segundo a última lista do Vaticano, há um total de 116 cardeais aptos a votar no conclave.

Para poder votar na escolha do papa, o cardeal precisa ter menos de 80 anos. O Brasil tem um total de nove integrantes no Colégio Cardinalício do Vaticano, mas quatro deles já ultrapassaram a idade limite.
O Vaticano negou que uma doença tenha sido o motivo da renúncia. Mas, segundo o jornal "O Estado de S.Paulo", uma disputa interna de poder praticada por ex-aliados nos últimos meses pode ser uma das razões para a tomada de decisão do pontífice. Esta é a primeira vez na era moderna que um papa da Igreja Católica renuncia ao pontificado. 
 
A renúncia de bento 16 será oficializada no dia 28 de fevereiro. E o cargo ficará vago até a eleição do próximo papa. A expectativa é  que o Conclave de cardeais, eleja um novo papa ainda em março, antes da Páscoa. O Vaticano anunciou que a eleição deve começar entre 15 e 20 de março.
 
Cinco cardeais brasileiros deverão participar do conclave. Segundo a última lista do Vaticano, há um total de 116 cardeais aptos a votar no próximo papa. Para participar da papa, o cardeal precisa ter menos de 80 anos. O Brasil tem um total de nove integrantes no Colégio Cardinalício do Vaticano, mas quatro deles já ultrapassaram a idade limite.
 
Em sua primeira aparição pública desde o anúncio da renúncia, o papa Bento 16 disse que tomou a decisão "pelo bem da igreja". Bento 16 agradeceu pelo "amor" e apoio dos fieis.
 
"Queridos irmão e irmãs, como sabem, decidi renunciar ao ministério que o Senhor me confiou em 19 de abril de 2005. Faço isso em plena liberdade pelo bem da igreja, depois de ter rezado muito e após examinar minha consciência diante de Deus, ", declarou Bento 16 diante de um salão lotado com cerca de 10 mil pessoas no Vaticano, onde foi ovacionado.
O papa Bento 16 denunciou durante a homilia da missa da Quarta-Feira de Cinzas "a hipocrisia religiosa" e a busca por "aplausos e aprovação".
 
Ainda no sermão, o pontífice defendeu que o "caminho penitencial" da Quaresma não deve ser feito pelo cristão sozinho, mas "juntos, irmãos e irmãs, na Igreja". Em seguida, citou as "divisões no corpo eclesial", a necessidade de fortalecimento da Igreja e defendeu que "viver a Quaresma numa mais intensa e evidente comunhão eclesial, superando individualismos e rivalidades, é um sinal humilde e precioso para aqueles que estão distantes da fé ou indiferentes".
 
Em referência ao apóstolo Paulo, lembrou que ele "denuncia a hipocrisia religiosa, as atitudes que buscam aplauso e aprovação" e pediu que o testemunho mais incisivo do cristão é o de quem "não serve ao mesmo e ao público, mas ao Senhor". Ao final da homilia, Bento 16 pediu que os católicos iniciem a Quaresma "confiantes e alegres".
 
 
NOTICIAS BOL

SOLTANDO A CRISTO OU A BARRABÁS.



Estamos a pouco tempo do mundo cristão comemorar  a Páscoa.
Como sabemos a Páscoa é a altura do ano em que mais é falado e lembrado que Jesus foi crucificado e morreu.


Quase todos, ou porque viram filmes da vida de Jesus, ou porque ouviram sermões nas igrejas, conhecem alguma coisa sobre Jesus, mas o que as pessoas mais são capazes de lembrar, são as coisas que se passaram nesta última semana de vida do Senhor Jesus antes de ter sido crucificado.

Um dos episódios bem conhecidos, foi o desta proposta feita por Pilatos ao povo.

Pilatos pegando numa tradição muito habitual na época da Páscoa naqueles tempos, que era  a de soltar um preso como demonstração de boa vontade, bondade e humanidade da parte dos governantes, e como não vira culpa alguma em Jesus   e   querendo   livrá-lo  de   ser   condenado,
Pilatos recorre a esta tradição propondo que Jesus fosse solto, e por certo  premeditadamente, pensando dar alguma vantagem a Jesus, ele dá-lhes a escolher entre Jesus e Barrabás, um dos presos mais conhecidos de todos e concerteza pouco  popular.

Pilatos então lhes disse: “Quem quereis que vos solte,  Jesus  ou Barrabás?”

Para surpresa de Pilatos, o povo respondeu sem hesitação: “solta Barrabás, e a esse Jesus crucifica-o”

De um lado um homem mau e sanguinário, conhecido pelos seus actos de malvadez. De outro, um homem bom, que andou percorrendo cidades e aldeias fazendo o bem, curando e ajudando a muitos.

Porque razão fizeram uma tal escolha, escolhendo Barrabás?

Barrabás estava preso para além de outros motivos, por estar ligado e ter participado em motins de insurreição contra os invasores Romanos.      
Então uma das razões  desta preferência por Barrabás, era a de que para eles, Barrabás representava alguém que com alguma probabilidade os poderia livrar da opressão dos Romanos.

Ou seja, eles raciocinaram e escolheram pensando em qual deles lhes traria em primeiro lugar, benefícios físicos e terrenos.

Jesus representava o inverso. Representava os benefícios eternos e espirituais e a libertação para as suas almas.

Mas para eles o mais importante eram as coisas desta vida, as questões humanas, da terra, do corpo, da politica, dos negócios…

Nos dias de hoje, a maioria dos homens continuam fazendo a sua escolha, seguindo este mesmo raciocínio.

Entre o escolher a Jesus que os pode salvar e livrar do inferno e de uma vida de infelicidade, por estarem oprimidos e escravizados pelo pecado, eles escolhem antes, aquilo que lhes traga beneficio terreno e material.
Jesus com Suas palavras incomodou a muitos, principalmente a classe dos religiosos, e eles como tinham grande influencia sobre o povo, incitaram-nos a pedir que Barrabás fosse solto, e Jesus crucificado.

Hoje em dia também existem muitos a trocarem Jesus por causa de alguns religiosos.

Alguns religiosos deste mundo apresentam às pessoas um Jesus deturpado, torcendo suas palavras, e então, muitos há que se voltam para outros e rejeitam Jesus.

Essas pessoas recorrem a muitos outros, em vez de escolherem Jesus, o único que lhes poderá dar solução à sua maior necessidade, a salvação das suas almas.

Como é triste vermos isto acontecer, e mais triste é vermos que é por causa daqueles que deveriam saber e dizerem ao povo que escolhessem Jesus e somente Jesus.

Cada escolha tem sua consequência.

Não existe escolha, seja boa ou má, que não tenha sua consequência.

Daqueles que escolheram Barrabás, muitos  foram enganados, mas isto não os desculpa, pois todos conheciam bem Jesus e os seus feitos.

Outros porém, como os religiosos e principais do povo, fizeram isto conscientemente, e outros, como no caso de Pilatos quiseram perante tudo isto ficar neutros.

Há muito quem neste mundo queira ficar neutro acerca de Jesus. Com Jesus ninguém pode ficar indiferente; ou se quer ou se rejeita. Ele mesmo o disse: “quem não é por mim, é contra mim”

Existem muitos seguidores de Pilatos ainda hoje, mas estes com a sua cómoda “neutralidade” acabam por rejeitar Jesus, tornando-se culpados do seu sangue.

Se algum de vós tem procurado ser neutral a respeito de Jesus, saiba que  acerca das coisas de Deus não é  possível uma terceira via.
Ou somos a favor ou contra. Não se pode conhecer Jesus e ficar indiferente. Uma de duas atitudes terá de ser tomada.

Lavar as mãos, representa um acto de covardia e medo e significa rejeitar Jesus. Desde logo, escolher outro alguém ou outras coisa que no imediato mais convém.

Vemos no caso de Pilatos e sua mulher, que eles tiveram uma grande luta interior, com problemas de consciência bem grandes, pois na verdade eles até sabiam que estavam fazendo o que estava errado.

Para eles isto já fazia parte das consequências imediatas, mas convém não esquecermos de outras consequências que virão mais tarde.

Neste caso e por causa desta rejeição, 40 anos mais tarde como Jesus tinha predito, Jerusalém pagou a sua má escolha com a vida de milhares de pessoas, que tendo sido cercadas por vários meses, tendo muitos morrido de fome, e outros para não morrerem, chegaram a comer seus próprios filhos.

Tendo os restantes sido dispersos e outros levados cativos, Jerusalém foi destruída e ficado deserta.
E passados estes 2000 anos ainda continuam sofrendo as consequências da má escolha que seus pais fizeram.

Mas ainda a pior que todas estas consequências estará para vir, sendo a da sua condenação eterna.

Sim, porque rejeitar Jesus não terá apenas consequências para esta vida, mas para além das possíveis consequências já neste mundo, haverá uma que será a mais terrível, que é a de passar toda a eternidade longe de Deus, vivendo em terrível sofrimento num lugar chamado inferno.

Hoje quem é Barrabás?

Esta pergunta deverá fazer-nos reflectir, não só a quem tem rejeitado Jesus, mesmo dizendo-se neutrais, mas também aos que pensam que já fizeram a sua escolha por Jesus, mas que no seu dia a dia, o que na prática se vê é que eles constantemente colocam Jesus de parte e seguem após Barrabás

O mundo de à 2000 anos para cá tem mudado muito, mas os anseios do coração humano não se alteraram em nada.

Os valores deste mundo continuam a assentar em primeiro lugar nas soluções humanas.

As pessoas esperam que tudo tem solução de forma humana, até mesmo a respeito dos problemas espirituais, como p. ex. sobre a salvação da sua alma, eles pensam que encontrarão um jeito de solucionar.

O homem então rejeita Deus, pensando que depois isso se irá solucionar e resolver da melhor forma.

Então ele faz boas obras, paga e faz o que lhe disserem ser necessário. Tudo ele faz para que em meio a tudo isso, algo sirva para solucionar qualquer eventual problema com Deus de última hora.

Todas estas coisas significam escolher Barrabás e rejeitar Jesus.

Para os judeus, esta foi uma escolha séria e importante. Eles tiveram de fazer a sua escolha.

E tu?  Também terás de fazer a tua.

Vais escolher Jesus ou Barrabás?

Pensa seriamente sobre a escolha que farás, pois dessa escolha colherás uma destas consequências.

1 – Se escolheres Jesus, terás a vida que não terá fim, sabendo que saindo deste mundo terás de imediato um lugar no céu junto com Ele. Num lugar onde não há tristeza nem sofrimento, mas somente gozo e alegria permanente.

2 – Rejeitando Jesus (ficar indiferente também é rejeitar, repito), irás ter o inverso daquilo que Jesus te daria; tristeza, choro, sofrimento e isto será também para sempre.

Escolhe o melhor, e o melhor é Jesus.

Que Deus te abençoe. Amén.

LANÇAMENTOS SONY MUSIC


Demônio está no Vaticano, diz exorcista oficial da IgrejaDemônio está no Vaticano, diz exorcista oficial da Igreja

Demônio está no Vaticano, diz exorcista oficial da Igreja           
De acordo com a revista Veja o exorcista oficial da Igreja Católica, o padre Gabriele Amorth, se pronunciou sobre as recentes notícias do Vaticano dizendo que o demônio está instalado na Igreja.
Amorth que trabalha com exorcismo há 25 anos garante que há sinais de que o anti-Cristo está vencendo a batalha contra a Santa Sé e diz também que “há cardeais que não acreditam em Jesus e bispos que estão ligados ao demônio”.
O padre italiano de 85 anos garante que os casos de pedofilia cometidos por líderes católicos é obra do demônio. “O demônio mora no Vaticano e você pode ver as consequências disso”.
“Ele pode se esconder, ou falar diversas línguas, ou até aparecer para ser solidário”, diz Amorth sobre o demônio.
A renúncia do papa Bento 16 pode revelar uma disputa de poder dentro da Igreja, jornais internacionais afirmam que o cardeal Tarcísio Bertone comanda um governo paralelo que resiste aos planos de Joseph Ratzinger que passou a se sentir isolado pelos seus ex-aliados.
O porta-voz da Igreja, Federico Lombardi, diz que o papa é realista e tem conhecimento dos problemas e dificuldades da Igreja e que a renúncia “foi um ato de humildade, sabedoria e responsabilidade”.
Bento 16 ficará no cargo até o dia 28 de fevereiro e o conclave irá eleger seu sucessor apenas depois do dia 15 de março.

Bispo Macedo ironiza revista Forbes: “Sou o mais rico do mundo”


Bispo Macedo ironiza revista Forbes: “Sou o mais rico do mundo”Durante uma ministração na Igreja Universal do Reino de Deus em Portugal o bispo Edir Macedo comentou a reportagem da revista Forbes que afirmou que ele é o pastor mais rico do Brasil com uma fortuna de quase 2 bilhões de reais.
Ao falar sobre perseguição, Macedo citou a reportagem e disse: “que mentira, que infâmia desgraçada. Eu fiquei revoltado, quase não dormi porque eles disseram que eu sou o mais rico do Brasil quando eles estão mentindo. Eu sou o mais rico do mundo”.
Os fiéis deram risada da afirmação e o líder continuou dizendo que era o mais rico do mundo. “Eles não contaram o meu dinheiro, mas disseram que eu sou o mais rico”.
“Essas mentiras são terríveis e depõe contra a gente”, disse ele dando risada.
A reportagem publicada pela revista americana em janeiro ganhou destaque nos jornais brasileiros por listar os cinco pastores mais ricos do país. Atrás de Edir Macedo estaria Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, ex-bispo da IURD. Silas Malafaia, R.R. Soares e Estevam Hernandes também aparecem na lista da Forbes.

Extremistas islâmicos voltam a atacar cristãos na Nigéria

  
Extremistas islâmicos voltam a atacar cristãos na Nigéria      Extremistas islâmicos voltam a atacar cristãos na Nigéria
A onda de ataques contra cristãos continua na Nigéria, nestes primeiros meses de 2013 dois ataques deixaram mais de 40 pessoas mortas.
Em Abuja 23 pessoas morreram por supostamente terem desobedecido a lei Sharia, imposta por grupos muçulmanos.
Já no Estado de Borno 18 comerciantes foram assassinados, 15 deles morreram na hora e outros três vieram a óbito devido aos ferimentos das balas. Segundo testemunhas atiradores islâmicos invadiram o mercado da aldeia de Damboa.
Esses comerciantes estariam sendo acusados por venderem carne de caça que poderia ser de porco ou macaco. A lei islâmica proíbe o consumo dessas carnes e por este motivo eles estariam infringindo a sharia.
O presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, já apresentou um projeto para tentar acabar com estes ataques enviando 1.200 soldados no norte do Mali e assim proteger os cristãos. A ideia tem gerado críticas e há que acredite que tal medida poderá aumentar a revolta entre a população. Com informações Portas Abertas.

PMs de Cristo convidam para primeira vigília do ano

 

Os PMs de Cristo promovem nesta sexta-feira (16/02) a primeira vigília de 2013, das 22 às 2 horas, no Centro de Altos Estudos de Segurança (CAES), na rua Jorge Miranda, n° 658, no Bom Retiro. A associação convida a todos associados, seus familiares e amigos, para o tradicional encontro de oração, que ocorre mensalmente, toda terceira sexta-feira do mês. O preletor da noite será o pastor José Bittencourt, deputado estadual, autor da lei que instituiu o “Dia dos PMs de Cristo” -  25 de junho -, no Estado de São Paulo.
Esta vigília dos PMs de Cristo será uma oportunidade de a Associação interceder e agradecer a Deus por todas as conquistas alcançadas, além de uma genuína confraternização entre a família Policial Militar, amigos e colaboradores.
“Será um evento festivo por se tratar do primeiro encontro de oração dos PMs de Cristo deste ano. Convido a todos que venham se alegrar conosco e desfrutar de momentos especiais de oração, louvor, ministração da Palavra e uma deliciosa comunhão com partir do pão”, destaca o  presidente da Associação, Capitão Joel Rocha.

Sobre os PMs de Cristo
Os PMs de Cristo constituem um grupo de abnegados policiais militares cristãos que se organizam voluntariamente como entidade missionária para levar a mensagem de Cristo, seus princípios e valores, visando alcançar e valorizar o policial militar como figura humana. O grupo nasceu de modo informal há 20 anos, dentro da Academia do Barro Branco, escola de Oficiais da Polícia Militar de São Paulo. No local, durante anos, os cadetes, oriundos das mais diversas cidades do interior de São Paulo, sentiam necessidade de compartilhar com irmãos de fé suas dificuldades e experiências pessoais com Deus, e então começaram a se reunir semanalmente, para um momento devocional com louvor, oração e reflexão bíblica.
A iniciativa se consolidou e, em 1992, inspirados na história bíblica de Neemias (homem que mobilizou as famílias de Israel para a reconstrução dos muros de Jerusalém), cerca de 40 policiais militares, das mais diversas denominações evangélicas, se uniram para oficialmente fundar a “Associação dos Policiais Militares Evangélicos do Estado de São Paulo”, conhecida hoje como PMs de Cristo.






Assessoria de Imprensa
Miliane de Moraes - Jornalista Responsável

Asteroide passa perto da Terra, mas não representa ameaça

Imagem feita pela Nasa do asteroide Toutatis (Foto: Reuters/Nasa/JPL/Caltech)Um grande asteroide que voa quase na mesma órbita que a Terra passa perto do planeta, mas não há chance de um impacto, pelo menos por centenas de anos, disseram astrônomos nesta quarta-feira.
O asteroide, chamado Toutatis, passa pela Terra a cada quatro anos. A aproximação máxima foi nesta quarta-feira, quando a pedra celeste passou a cerca de 7 milhões de quilômetros de distância da Terra, 18 vezes mais longe do que a Lua.
"Não há perigo de colisão com a Terra", afirmou o astrônomo da Nasa Lance Benner em comunicado.
Imagem feita pela Nasa do asteroide Toutatis (Foto: Reuters/Nasa/JPL/Caltech)
O asteroide de 4,3 quilômetros circula o Sol numa órbita que está muito alinhada com a Terra, tornando-o um objeto potencialmente perigoso para o futuro.
O asteroide foi detectado pela primeira vez em 1934 e sua órbita foi confirmada em 1989. Em 2004, o Toutatis passou pela Terra apenas quatro vezes mais longe do que a Lua, muito mais perto do que a aproximação desta semana.
Os astrônomos estão usando radar e telescópios ópticos para obter uma melhor avaliação da localização do asteroide, sua rotação incomum e a trajetória de voo na esperança de obter estimativas sobre onde ele vai passar no futuro.
"Nós já sabemos que o Toutatis não vai bater na Terra durante centenas de anos", disse Benner. "Essas novas observações nos permitem prever a trajetória do asteroide ainda mais no futuro."

ELES PODEM MUDAR DE VIDA ? SIM .

William R. Voss

A psicóloga repreendida pelo conselho federal por anunciar que muda a orientação sexual de gays diz que ela é quem está sendo discriminada.

"Preciso continuar a atender as 
pessoas que voluntariamente desejam
deixar a atração pelo mesmo sexo"
Aceitar as diferenças e entender as variações da sexualidade são traços comuns das sociedades contemporâneas civilizadas. A psicóloga Rozângela Alves Justino, 50, faz exatamente o contrário. Formada em 1981 pelo Centro Universitário Celso Lisboa, do Rio de Janeiro, com especialização em psicologia clínica e escolar, ela considera a homossexualidade um transtorno para o qual oferece terapia de cura. Na semana passada, foi censurada publicamente pelo Conselho Federal de Psicologia (formado, segundo ela, por muitos homossexuais "deliberando em causa própria") e impedida de aceitar pacientes em busca do "tratamento". Solteira, dedicada à profissão e fiel da Igreja Batista, Rozângela diz que ouviu um chamado divino num disco de Chico Buarque e compara a militância homossexual ao nazismo. Só se deixa fotografar disfarçada, por se sentir ameaçada, e faz uma defesa veemente de suas opiniões.
A senhora acha que os homossexuais sofrem de algum distúrbio psicológico? O Conselho Federal de Psicologia não quer que eu fale sobre isso. Estou amordaçada, não posso me pronunciar. O que posso dizer é que eu acho o mesmo que a Organização Mundial de Saúde. Ela fala que existe a orientação sexual egodistônica, que é aquela em que a preferência sexual da pessoa não está em sintonia com o eu dela. Essa pessoa queria que fosse diferente, e a OMS diz que ela pode procurar tratamento para alterar sua preferência. A OMS diz que a homossexualidade pode ser um transtorno, e eu acredito nisso.
"Conheço pessoas que 
deixaram as práticas 
homossexuais. E isso lhes
trouxe conforto. Perderam 
a atração homossexual, 
que foi se minimizando. Deixaram de sentir o 
desejo por intermédio
da psicoterapia e 
por outros meios"
O que é não estar em sintonia com o seu eu, no caso dos homossexuais? É não estar satisfeito, sentir-se sofrido com o estado homossexual. Normalmente, as pessoas que me procuram para alterar a orientação sexual homossexual são aquelas que estão insatisfeitas. Muitas, depois de uma relação homossexual, sentem-se mal consigo mesmas. Elas podem até sentir alguma forma de prazer no ato sexual, mas depois ficam incomodadas. Aí vão procurar tratamento. Além disso, transtornos sexuais nunca vêm de forma isolada. Muitas pessoas que têm sofrimento sexual também têm um transtorno obsessivo-compulsivo ou um transtorno de preferência sexual, como o sadomasoquismo, em que sentem prazer com uma dor que o outro provoca nelas e que elas provocam no outro. A própria pedofilia, o exibicionismo, o voyeurismo podem vir atrelados ao homossexualismo. E têm tratamento. Quando utilizamos as técnicas para minimizar esses problemas, a questão homossexual fica mínima, acaba regredindo.
Há estudos que mostram que ser gay não é escolha, é uma questão constitutiva da sexualidade. A senhora acha mesmo possível mudar essa condição? Cada um faz a mudança que deseja na sua vida. Não sou eu a responsável pela mudança. Conheço pessoas que deixaram as práticas homossexuais. E isso lhes trouxe conforto. Conheço gente que também perdeu a atração homossexual. Essa atração foi se minimizando ao longo dos anos. Essas pessoas deixaram de sentir o desejo por intermédio da psicoterapia e por outros meios também. A motivação é o principal fator para mudar o que quiser na vida.
A senhora é heterossexual? Sou.
Pela sua lógica, seria razoável dizer que, se a senhora quisesse virar homossexual, poderia fazê-lo. Eu não tenho essa vivência. O que eu observei ao longo destes vinte anos de trabalho foram pessoas que estavam motivadas a deixar a homossexualidade e deixaram. Eu conheço gente que mudou a orientação sem nem precisar de psicólogo. Elas procuraram grupos de ajuda e amigos e conseguiram deixar o comportamento indesejado. Mas, sem dúvida, quem conta com um profissional da área de psicologia tem um conforto maior. Eu sempre digo que é um mimo você ter um psicólogo para ajudá-lo a fazer essa revisão de vida. As pessoas se sentem muito aliviadas.
Esse alívio não seria maior se a senhora as ajudasse a aceitar sua condição sexual?Esse discurso está por aí, mas não faz parte do grupo de pessoas que eu atendo. Normalmente, elas vêm com um pedido de mudança de vida.
Se um homem entrar no seu consultório e disser que sabe que é gay, sente desejo por outros homens, só precisa de ajuda para assumir perante a família e os amigos, a senhora vai ajudá-lo? Ele não vai me procurar. Eu escolho os pacientes que vou atender de acordo com minhas possibilidades. Então, um caso como esse, eu encaminharia a outros colegas.
Não é cruel achar que os gays têm alguma coisa errada? O que eu acho cruel é ser uma profissional que quer ajudar e ser amordaçada, não poder acolher as pessoas que vêm com uma queixa e com um desejo de mudança. Isso é crueldade. Eu estou me sentindo discriminada. Há diversos abaixo-assinados de muitas pessoas que acham que eu preciso continuar a atender quem voluntariamente deseja deixar a atração pelo mesmo sexo.
Por que a senhora acha que o Conselho Federal de Psicologia está errado e a senhora está certa? Há no conselho muitos homossexuais, e eles estão deliberando em causa própria. O conselho não é do agrado de todos os profissionais. Amanhã ele muda. Eu mesma posso me candidatar e ser presidente do Conselho de Psicologia. Além disso, esse conselho fez aliança com um movimento politicamente organizado que busca a heterodestruição e a desconstrução social através do movimento feminista e do movimento pró-homossexualista, formados por pessoas que trabalham contra as normas e os valores sociais.
Gays existem desde que o mundo é mundo. Aparecem em todas as civilizações. Isso não indica que é um comportamento inerente a uma parcela da humanidade e não deve ser objeto de preconceito? Olha, eu também estou sendo discriminada. Estou sofrendo preconceito. Será que não precisaria haver mais aceitação da minha pessoa? Há discriminação contra todos. Em 2002, fiz uma pesquisa para verificar as violências que as pessoas costumam sofrer, e o segundo maior número de respostas foi para discriminação e preconceito. As pessoas são discriminadas porque têm cabelo pixaim, porque são negras, porque são gordas. Você nunca foi discriminada?
Não como os gays são. Não? Nunca ninguém a chamou de nariguda? De dentuça? De magrela? O que quero dizer é que as pessoas que estão homossexuais sofrem discriminação como todas as outras. Eu tenho trabalhado pelos que estão homossexuais. Estar homossexual é um estado. As pessoas são mulheres, são homens, e algumas estão homossexuais.
Isso não é discriminação contra os que são homossexuais e gostam de ser assim? Isso é o que você está dizendo, não é o que a ciência diz. Não há tratados científicos que digam que eles existem. Eu não rotulo as pessoas, não chamo ninguém de neurótico, de esquizofrênico. Digo que estão esquizofrênicos, que estão depressivos. A homossexualidade é algo que pode passar. Há um livro do autor Claudemiro Soares que mostra que muitas pessoas famosas acreditam que é possível mudar a sexualidade. Entre eles Marta Suplicy, Luiz Mott e até Michel Foucault, todos historicamente ligados à militância gay.
Quantas pessoas a senhora já ajudou a mudar de orientação sexual? Nunca me preocupei com isso. Psicólogo não está preocupado com números. Eu vou fazer isso a partir de agora. Vou procurar a academia novamente. Vou fazer mestrado e doutorado. Até hoje, eu só me preocupei em acolher pessoas.
O que a senhora faria se tivesse um filho gay? Eu não teria um filho homossexual. Eu teria um filho. Eu iria escutá-lo e tentaria entender o que aconteceu com ele. Os pais devem orientar os filhos segundo seus conceitos. É um direito dos pais. Olha, eu quero dizer que geralmente as pessoas que vivenciam a homossexualidade gostam muito de mim. E também quero dizer que não sou só eu que defendo essa tese. Apenas estou sendo protagonista neste momento da história.
A senhora se considera uma visionária? Não. Eu sou uma pessoa comum, talvez a mais simplesinha. Não tenho nenhum desejo de ficar famosa. Nunca almejei ir para a mídia, ser artista, ser fotografada.
A senhora já declarou que a maior parte dos homossexuais é assim porque foi abusada na infância. Em que a senhora se baseou? É fato que a maioria dos meus pacientes que vivenciam a homossexualidade foi abusada, sim. Enquanto nós conversamos aqui, milhares de crianças são abusadas sexualmente. Os estudos mostram que os abusos, especialmente entre os meninos, são muito comuns. Aquelas brincadeiras entre meninos também podem ser consideradas abusos. O que vemos é que o sadomasoquismo começa aí, porque o menino acaba se acostumando àquelas dores. O homossexualismo também.
A senhora é evangélica. Sua religião não entra em atrito com sua profissão? Não. Sou evangélica desde 1983. Nos anos 70, aconteceu algo muito estranho na minha vida. Eu comprei um disco do Chico Buarque. De um lado estavam as músicas normais dele. Do outro, em vez de tocar Carolina, vinha um chamamento. Eram todas canções evangélicas. Falavam da criação de Deus e do chamamento da ovelha perdida. Fui tentar trocar o LP e, na loja, vi que todos os discos estavam certinhos, menos o meu. Fiquei pensando se Deus estava falando comigo.
O espírito cristão não requer que os discriminados sejam tratados com maior compreensão ainda? Se eu não amasse as pessoas que estão homossexuais, jamais trabalharia com elas. Até mesmo os ativistas do movimento pró-homossexualismo reconhecem o meu amor por eles. Sempre os tratei muito bem. Sempre os cumprimentei. Na verdade, eles me admiram.
Por que a senhora se disfarça para ser fotografada? Um dos motivos é que eu não quero entrar no meu prédio e ter o porteiro e os vizinhos achando que eu tenho algum problema ligado à sexualidade. Além disso, quero ser discreta para proteger a privacidade dos meus pacientes. Por fim, há ativistas que têm muita raiva de mim. Eu recebo vários xingamentos; eles me chamam de velha, feia, demente, idiota. Trabalho num clima de medo, clandestinamente, porque sou muito ameaçada. Aliás, estou fazendo esta entrevista e nem sei se você não está a serviço dos ativistas pró-homossexualimo. Eu estou correndo risco.
"O ativismo pró-homossexualismo está diretamente ligado ao nazismo. Todos os movimentos de desconstrução social estudam o nazismo, porque compartilham um ideal de domínio político e econômico mundial"
Que poder exatamente a senhora atribui a esses ativistas pró-homossexualismo? O ativismo pró-homossexualismo está diretamente ligado ao nazismo. Escrevi um artigo em que mostro que os dois movimentos têm coisas em comum. Todos os movimentos de desconstrução social estudaram o nazismo profundamente, porque compartilham um ideal de domínio político e econômico mundial. As políticas públicas pró-homossexualismo querem, por exemplo, criar uma nova raça e eliminar pessoas. Por que hoje um ovo de tartaruga vale mais do que um embrião humano? Por que se fala tanto em leis para assassinar crianças dentro do ventre da mãe? Porque existe uma política de controle de população que tem por objetivo eliminar uma parte significativa da nação brasileira. Quanto mais práticas de liberação sexual, mais doenças sexualmente transmissíveis e mais gente morrendo. Essas políticas públicas todas acabam contribuindo para o extermínio da população. Essas pessoas que estão homossexuais estão ligadas a todo um poder nazista de controle mundial.
Não há certo exagero em comparar a militância homossexual ao nazismo? Bom, se você acha que isso pode me prejudicar, então tire da entrevista. Mas é a realidade.

VIA GRITOS DE ALERTA

ISRAEL SE PREPARA PARA A GUERRA NA PALESTINA: 'NOSSA RESPOSTA SERÁ DURA'

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, responsabilizará o Hamas em caso de um ataque vindo da Faixa de Gaza. Neste domingo, ...