segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

POR AI SEGUE OS ESCÂNDALOS - Evangélica, Simony diz que decidiu "se jogar" em Salvador



A cantora curtiu a folia baiana no camarote da revista 'Quem'
Foto: Thiago Duran / AgNew

A cantora curtiu a folia baiana no camarote da revista 'Quem' Foto: Thiago Duran / AgNews
 

Passando o Carnaval pela primeira vez em Salvador, Simony disse neste domingo (10) que está adorando a experiência. "Meu namorado é mais novo e curte todas essas coisas. Ele me convenceu a vir e resolvi me jogar", disse a cantora durante passagem pelo camarote da revista Quem, no circuito Barra-Ondina. Simony está namorando há um mês Patrick, que tem 25 anos e é 11 anos mais jovem do que ela.

"Isso aqui é encantador, lindo, maravilhoso, é tudo feito com muito cuidado. Ano que vem quero trazer as crianças", disse, referindo-se aos filhos, Ryan e Aysha. Ela comentou ainda sobre a vontade de ter seu próprio trio na folia baiana. "Gostaria muito de ter um trio com as músicas do Balão Mágico", contou.

Evangélica e frequentadora da Igreja Renascer, Simony disse que está tranquila quanto ao fato de estar curtindo o Carnaval. "Muita gente diz que não pode, que é uma festa da carne, mas estou aqui com a maior boa vontade. Não estou fazendo mal a ninguém e não ligo para o que falam de mim. O que importa é que tenho muita intimidade com Deus", refletiu. 


TERRA

O ÚLTIMO PAPA?

 


A já previsível e anunciada renúncia do chefe do Vaticano e da Igreja Católica Bento 16, confirmada esta manhã pelo próprio, está causando uma gigantescas ondas de choque por todo o mundo católico, uma vez que este é o primeiro papa a renunciar antes da sua morte  há séculos.
No último dia deste mês, 28 de Fevereiro, Bento 16 sairá assim do seu trono para dar lugar a uma disputa pelo poder entre os cardeais do Vaticano, prevendo-se que o novo chefe da Igreja Católica possa ser escolhido e nomeado já para a próxima Páscoa (31 de Março).
A razão apresenta pelo líder católico para a sua renúncia tem a ver com "a idade e a falta de forças". Sem forças certamente para lidar com a conhecida corrupção no Vaticano, as divisões internas e os escândalos de pedofilia dentro do seio da "santa madre igreja"...
Segundo Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano, a decisão é do papa, e "dele apenas".
Irá agora ser estabelecido o conclave para a escolha do novo sucessor de Bento 16 que manterá as suas funções até à nomeação do novo papa, retirando-se posteriormente para a clausura num convento.
O papa Bento 16, com 85 anos, é o 265º papa e o 11º alemão.
Nas palavras de Bento 16, ele reconhece a sua "incapacidade para cumprir adequadamente o ministério que me foi confiado."
UM PAPA BEM MARIÓLATRA...
E prosseguiu: "Por esta razão, e bem consciente da seriedade do ato, em plena liberdade declaro que renuncio ao ministério de bispo de Roma, sucessor de S. Pedro, que me foi confiado pelos cardeais em 19 de Abril de 2005, de tal forma, que a partir de 28 de Fevereiro de 2013, às 20H00, a Sé de Roma, a Sé de S. Pedro, ficará vago e um Conclave será convocado para eleger o novo Sumo Pontífice por aqueles com a devida competência."
 
SEGUE AS PALAVRAS DELE .
 
"E agora, confiemos a Santa Igreja aos cuidados do nosso Supremo Pastor, o nosso Senhor Jesus Cristo, e imploremos à Sua santa mãe Maria para que ela possa assistir os pais cardeais com a sua solicitude materna na eleição de um novo Pontífice Supremo. Em relação a mim, desejo também servir dedicadamente a Santa Igreja de Deus no futuro através de uma vida dedicada à oração."
 
Esta decisão é quase imprecedente. O último papa a resignar antes da sua morte foi Gregório XII, que dirigiu o mundo católico romano entre 1406 e 1415.

REACÇÕES EM ISRAEL
O rabi mor de Israel, Yona Metzger, elogiou o alcance inter-religioso de Bento 16 e afirmou que "as relações entre Israel e o Vaticano nunca foram tão boas."
UM PAPA BEM ECUMÉNICO...
"Durante o seu período (como papa) existiram as melhores relações de sempre entre a Igreja e o rabinato mor e esperamos que essa tendência possa continuar," - afirmou Metzger.
E adiantou: "Creio que ele merece muito crédito ao ter avançado os laços inter-religiosos por todo o mundo entre o judaísmo, o cristianismo e o islamismo."



 O PRÓXIMO PAPA O ÚLTIMO?
 
Há uma antiga profecia que indica que o próximo papa poderá ser o último a sentar-se no trono do Vaticano.
As conhecidas "profecias de São Malaquias" - um monge irlandês que viveu entre 1094 e 1148 -  apontam para o 112º papa após a morte do "santo católico" como o derradeiro de um conjunto de 112 papas que ele descreve com precisão nas suas profecias e que aparentemente se concretizaram até aos dias de hoje. A "contagem" dos 112 papas começou com Celestino II, eleito em 1130, e terminaria no fim do mundo. 
Segundo o monge irlandês, este "derradeiro papa" receberá o cognome de "Petrus Romanus" e será chamado de: Pedro II.
Não só anunciou S. Malaquias que este seria o último papa, como profetizou que ele viveria em tempo de grande tribulação: "Na perseguição final à sagrada Igreja Romana reinará Pedro Romano, que alimentará o seu rebanho entre muitas turbulências, sendo que então, a cidade das sete colinas (Roma) será destruída e o formidável Juíz julgará o seu povo. Fim."
Consagrado bispo de Condor (Irlanda) em 1124, este homem simples e humilde foi nomeado arcebispo no ano de 1132, pela sua grande "humildade e dedicação."
Em 1139, S. Malaquias viajou para Roma e visitou o seu amigo Bernardo de Clairvaux. Após a sua segunda viagem a Roma, viria a morrer nos braços deste monge, no dia 2 de Novembro de 1148, dia que ele próprio havia anunciado como o da sua morte.
Este monge foi mais tarde canonizado, e, para além dos alegados milagres que realizou, tornou-se mais conhecido pelas profecias sobre o dia da sua própria morte, o futuro da Irlanda, sendo a mais conhecida a "profecia sobre os 112 papas."

O QUE ESTARÁ PARA VIR?
Estas profecias valem o que valem. Não são obviamente revelação bíblica, mas não devem ser de todo descartadas. Isto porque o tempo em que todos estes grandes acontecimentos proféticos se aceleram e confirmam é indubitavelmente único na História. A confluência jamais vista de acontecimentos políticos, sociais, geológicos e em especial no que concerne a Israel e ao Médio Oriente não nos deixa dúvidas de que estamos realmente no final dos "últimos dias". 
A Bíblia anuncia claramente a destruição de Roma - a "mãe de todas as abominações" - em Apocalipse 17 - 19 e as previsões de S. Malaquias e do próprio Nostradamus não são nada mais do que a confirmação dessa revelação bíblica. Só não sabemos o tempo e a época, mas tudo leva a crer que estamos muito próximos. E esta súbita "agitação" na História hoje sentida por todo o mundo pode bem ser mais uma pedra no complicado xadrez apocalíptico...
Sem dúvida, dias excitantes, estes...
Shalom, Israel! 

SE O MUÇUM ESTIVESSE AQUI ELE DIRIA . CACILDS - PIB de São José dos Campos desfila em bloco carnavalesco

PIB de São José dos Campos desfila em bloco carnavalesco                      
A Primeira Igreja Batista de São José dos Campos organiza anualmente cinco dias de eventos que inclui cultos, shows e marchas de evangelização pela cidade.
O evento é chamado de Reação São José e iniciou na sexta-feira (8) e vai durar até a próxima terça-feira (12) contando com a participação de 10 mil pessoas.
O objetivo da Reação, segundo a própria PIB, é reunir jovens e oferecer um tempo de criatividade, amizade, espiritualidade e evangelismo.
Neste domingo um grupo de jovens da PIB irá até Caraguatatuba e São Luiz do Paraitinga para participar de um evangelismo diferente: eles seguirão trios elétricos com abadás e com um bateria de escola de samba com a intenção de evangelizar.
“Esse será o maior reação que já realizamos. A nossa expectativa é mobilizar mais de 2 mil jovens, afim de viver um tempo diferente no período do carnaval, explorando a cultura e a arte”, disse o pastor Marcos Madaleno ao G1.
Quem fica em São José dos Campos pode participar do Bloco da Reação que desfila pela Avenida da cidade como uma escola de samba gospel.

O islão permite que os homens usem roupa de mulher?

 

Como sempre, a melhor forma de saber o que o islão defende é lendo as tradições islâmicas e observando o exemplo de Maomé ("Sunnah").
Sahih Muslim 4415—Abu Bakr pediu permissão ao profeta para entrar quando este se encontrava deitado na cama de Aisha, usando os seus [da Aisha] vestidos [mirt]. O profeta deu então permissão a Abu Bakr para entrar quando ele (Maomé) se encontrava neste estado. Mais tarde, Umar chegou e pediu ao profeta permissão para entrar quando ele (Maomé) se encontrava da mesma forma. 

Quando Umar obteve o que queria, foi-se embora. Mais tarde, Uthman pediu permissão para entrar, e devido a isso Maomé sentou-se e disse à Aisha, "Pega em toda a roupa que te pertence."

Sahih Muslim 4472As esposas do profeta enviaram Fatimah [filha de Maomé] a ele e ela pediu permissão para entrar quando ele se encontrava deitado na minha cama, usando o meu [da Aisha] robe [Mirt]

Ele deu-lhe permissão para entrar e ela disse-lhe que as suas esposas a haviam enviado como forma de buscar justiça em torno da filha de Abu Kahafa (Aisha). O profeta disse-lhe: "Ó minha filha, não amas aquilo que eu amo?" Ela respondeu, "Sim! Amo." Ele disse-lhe então "Então ama-a também [a Aisha].

Quando Fatimah ouviu estas palavras do profeta, retornou às suas [de Maomé] esposas. Estas, por sua vez, enviaram  Zaynab Bint Jahsh ao profeta…que pediu permissão para entrar quando este se encontrava com Aisha no seu [da Aisha] robe [Mirt] e no mesmo estado no qual se encontrava quando Fatimah se encontrou com ele.

Mishkat Al Masabih, Volume II, p. 1361—Ela disse que as pessoas escolhiam o dia de Aisha para trazer os presentes, buscando, com isso, uma ocasião para agradar o mensageiro de Alá. Ela disse que as esposas do profeta de Alá encontravam-se reunidas em dois grupos, um incluindo Aisha, Hafsa, Safiya, e Sauda, e o outro incluindo Umm Salama e as outras esposas do profeta de Alá. 

A facção de Umm Salama falou com ela, pedindo-lhe que o profeta de Alá se dirigisse ao povo com as seguintes palavras:
Se alguém quer dar um presente ao mensageiro de Alá, ele que o apresente onde quer que ele [Maomé] se encontre.

Ela fez o que lhe foi pedido, ao que o profeta respondeu:
Não me perturbem em relação a Aisha uma vez que a inspiração não vem até mim quando eu estou com as roupas de qualquer outra mulher que não as dela.

Então, eles chamaram a Fatimah, enviaram-na ao mensageiro de Alá, e ela falou com ele. Mas ele respondeu, "Não gostas do que eu gosto, menina?" Ela respondeu, "Certamente que sim." Maomé respondeu então "Então ama esta mulher."

* * * * * * *
Portanto, se o profeta do islão não viu nada de mal no uso de indumentária feminina, os muçulmanos actuais não têm bases religiosas para criticar quem quer que , actualmente, o faça.

Não haverá trajo de homem na mulher, e não vestirá o homem vestido de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao Senhor, teu Deus. - Deut 22:5
 
PERIGO ISLÂMICO

ANTI CRISTO - AS PREPARAÇÕES PARA SEU REINADO.

Deus diz que o ser humano (ou humanidade) está vivendo no tempo final, na última era, na última dispensação, no último período da história da Terra. Quem ou que é o Anticristo? A Bíblia diz em 1 João 2:18 “Filhinhos, esta é a última hora; e, conforme ouvistes que vem o anticristo, já muitos anticristos se têm levantado; por onde conhecemos que é a última hora.”
A palavra original em grego para “anticristo” pode ter dois significados. Pode significar “contra Cristo”, no sentido de uma pessoa ou um certo poder estar em oposição ao trabalho de Cristo. Ou a palavra poder significar “em vez de Cristo”, no sentido de uma pessoa ou um certo poder ‘tomar o lugar de Cristo’ , ou é uma ‘imitaçao de Cristo’. Deus diz que além da vinda de um Anticristo especial, haviam muitos outros anticristos em existência durante a era da Igreja primitiva. A Bíblia diz em 1 João 2:19 & 26 “Saíram dentre nós, mas não eram dos nossos; porque, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco... Estas coisas vos escrevo a respeito daqueles que vos querem enganar.”
De acordo com a Palavra de Deus, anticristos eram falsos Cristãos que se haviam separado do grupo dos verdadeiros crentes.

Eram mentirosos que afirmavam que Jesus não era o Messias. A Bíblia diz em 1 João 2:22 “Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo?
Esse mesmo é o anticristo, esse que nega o Pai e o Filho.” 2 João 1:7 “Porque já muitos enganadores saíram pelo mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Tal é o enganador é o anticristo.”
Os anticristos não são ateus. Não são pagãos que estão lutando contra Jesus. São individuos que estão pregando um evangelho, mas que não é o verdadeiro.

É um ‘evangelho diferente’. A Bíblia diz em 2 Coríntios 11:4, 13-15 “Porque, se alguém vem e vos prega outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, de boa mente o suportais!
Pois os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, disfarçando-se em apóstolos de Cristo. E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz. Não é muito, pois, que também os seus ministros se disfarcem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras.”
Jesus preveniu a Igreja sobre o trabalho enganador destes falsos profetas. A Bíblia diz em Mateus 7:15, 21-23 “Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramemnte: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.”
Mais além Jesus advertiu que durante o período anterior à Sua Segunda Vinda, a última era da Igreja, os anticristos tentariam de facto fazer o papel de Cristo, pretendendo ser o Messias regressado.

 A Bíblia diz em Mateus 24:4-5, 24-26 “Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que ninguém vos engane. Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão. Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Eis que de antemão vo-lo tenho dito. Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto; não saiais; ou: Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis.”
Antes do dia da Segunda Vinda de Jesus, haverá uma manifestação do grandioso e final Anticristo, o anticristo que ainda “está para vir”. A Bíblia diz em 2 Tessalonicenses 2:3-4 “Ninguém de modo algum vos engane; porque isto não sucederá sem que venha primeiro a apostasia e seja revelado o homem do pecado, o filho da perdição, aquele que se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou é objeto de adoração, de sorte que se assenta no santuário de Deus, apresentando-se como Deus.”
Que acontecerá a este Anticristo, e como o reconheceremos?                  

A Bíblia diz em 2 Tessalonicenses 2:8-10 “E então será revelado esse iníquo, a quem o Senhor Jesus matará como o sopro de sua boca e destruirá com a manifestação da sua vinda; a esse iníquo cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás com todo o poder e sinais e prodígios de mentira, e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para serem salvos.”

VIA GRITOS DE ALERTA

Papa Bento XVI vai renunciar ao pontificado em 28 de fevereiro


O Papa Bento XVI vai renunciar a seu pontificado em 28 de fevereiro.
Bento XVI anunciou a renúncia pessoalmente, falando em latim, durante o consistório para a canonização de dois mártires.
O papa Bento XVI durante a audiência semanal desta quarta-feira (16) (Foto: AFP) O Vaticano confirmou a notícia e afirmou que o papado vai ficar vago até que o sucessor seja escolhido.
Em comunicado, Bento XVI, que tem 85 anos, afirmou que vai deixar a chefia da Igreja Católica Apostólica Romada devido à idade avançada, por "não ter mais forças" para exercer o cargo.
O pontífice afirmou que está "totalmente consciente" da gravidade de seu gesto.
"Por essa razão, e bem consciente da seriedade desse ato, com total liberdade declaro que renunciou ao ministério como Bispo de Roma, sucessor de São Pedro", disse Joseph Ratzinger, segundo comunicado do Vaticano.
O papa Bento XVI durante audiência em 16 de janeiro (Foto: AFP)

A chanceler da Alemanha, país natal do Papa, Angela Merkel, disse que está "emocionada" com a decisão e que vai se pronunciar mais tarde.

G1

SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL - A MELHOR SEM NENHUMA DUVIDA.


Cristãos são presos após fracasso de um golpe de Estado, na Eritreia

Relatos sobre o golpe foram recebidos com reações variadas. Alguns observadores temem atitudes repressivas, ainda maiores, por parte do governo, para manter a sociedade sob controle. Cristãos da Eritreia consideram nossas orações de grande valor, enquanto suas circunstâncias continuam incertas.

Horas antes da novidade de um golpe de Estado fracassado chegar à mídia, a Missão Portas Abertas foi informada de uma nova onda de prisões sistemáticas de líderes de igrejas da Eritreia. Ainda não está claro quando essa campanha começou, mas até a publicação, pelo menos dez líderes de igrejas que haviam sido banidos pelo Governo de 2002 foram presos. Cristãos dizem ser esta a campanha mais séria até então.

Já houve diversas campanhas como esta no passado, mas líderes temem que essa, em particular, é mais séria porque tem como objetivo "erradicar a Igreja subterrânea ao apontar os principais líderes ao redor do país."

Desde o surgimento de notícias a respeito dessas renovadas prisões sistemáticas, alguns líderes de igrejas tiveram que se esconder, pela segunda vez, em alguns meses. De acordo com fontes confiáveis próximas aos acontecimentos na Eritreia, líderes das igrejas têm permanecido firmes mesmo em meio às pressões.

Para os cristãos na Eritreia, os últimos meses têm sido como um passeio na montanha-russa. Depois da morte do primeiro ministro da Etiópia, em agosto do ano passado, tensões se elevaram no país. Cristãos testificaram de boatos de novas lutas entre Eritreia e Etiópia depois que a morte de um de seus antigos rivais tornou a situação ainda mais amarga. Houve relatos de que o governo estava transitando rifles para as casas caso uma guerra eclodisse. Alguns cristãos descreveram esses meses de incerteza como suas noites mais escuras enquanto oravam ardentemente pela luz de uma nova alvorada em seu país.

Essas tensões foram seguidas pela notícia da liberação de 31 estudantes cristãos que estavam sendo mantidos no Centro de Treinamento Militar de Sawa, desde 2006. O grupo de estudantes da Universidade de Mai-Nefhi, incluía 14 mulheres, e os estudantes foram presos após se recusarem a participar contra sua consciência durante danças culturais das celebrações do Dia da Independência.

Os cristãos testificaram que apesar das dificuldades que eles encontraram nas horríveis condições das prisões, eles não negaram a Jesus. Às mulheres foi oferecida a liberdade em troca de favores sexuais, mas nenhuma cedeu. Todas se mantiveram firmes na fé.

Na mídia, as reações em relação ao golpe fracassado foram variadas. Relatos indicaram que cerca de 100 soldados marcharam até o Ministério da Informação, e chegaram até o escritório do diretor, que foi forçado a ler uma declaração ao vivo que exigia a liberação de prisioneiros políticos. Depois que o diretor leu a declaração, o sinal foi cortado repentinamente. Como garantia, os soldados levaram a filha do presidente, Elsa, que trabalha no Ministério da Informação, como refém temporariamente.

Contudo, o New York Times informou que tropas leais ao governo foram capazes de segurar os soldados durante a tentativa de golpe. Depois disso, os soldados renegados foram presos.

Relatos do Golpe vieram em meio a especulações sobre a deterioração da saúde do presidente Afewerki. Ele viajou para o exterior durante essa última semana para buscar atenção médica devido a uma doença no fígado, mas o departamento de informações oficiais refutou essas especulações, insistindo que o presidente, de 66 anos de idade, está com boa saúde.

Motivos de Oração

Ore para que a graça de Deus seja derramada aos líderes cristãos presos na última campanha contra a Igreja. Ore para que Deus continue dando forças para enfrentarem situações muito difíceis.
Ore pelas igrejas cujos líderes foram presos ou forçados a se esconder. Ore para que Deus levante outros para preencher as lacunas deixadas e que o rebanho de Deus continue a ser nutrido apesar das dificuldades.
Ore pelo governo da Eritreia. Ore para que Deus possa trazê-los para a fé e salvação em Cristo. Ore especificamente pela salvação do Presidente Afewerki, que foi exposto muitas vezes ao Evangelho.

Fonte: Missão Portas Abertas

Jornalista americano alerta para 'os perigos do movimento gay'

Durante seminário cristão em Campina Grande, Paraíba, na sexta-feira, o jornalista pró-vida norte-americano, Mattew C. Hoffman alertou sua audiência cristã sobre os perigos do movimento gay.

"O Movimento Gay tem metas históricas e políticas, que vão desde a eliminação de leis contrárias à sodomia até a imposição da aceitação do estilo de vida homossexual a toda a população. Eles não querem apenas atingir o lado político da questão, mas alcançar a sociedade em sua totalidade", disse ele, segundo o site da Consciência Cristã.

O 3º Seminário sobre Apostasia, Nova Ordem Mundial e Governança Global, ocorreu nesta sexta-feira, em programação paralela ao XV Encontro Para a Consciência Cristã, que ocorre de 6 a 12 de fevereiro.

Representante de um dos maiores portais pró-vida e pró-família do mundo, o Life Site News, Mattew explicou que há uma supervalorização da prática homossexual e que ela decorre da destruição dos valores da vida e da família criados por Deus.

“A destruição dos valores da família começa com a quebra do princípio da procriação. Com isso, não se considera o lado procriativo do sexo, mas apenas o seu aspecto unitivo.”

Ele cita também que o movimento de revolução sexual também quebra a exclusividade da relação sexual apenas entre homem e mulher, dentro do casamento.

“Se quebramos esses dois propósitos do ato sexual, então 'legalizamos' todo tipo de prática sexual ilícita e suas consequências, dentre as quais a homossexualidade, a promiscuidade e o aborto”, afirmou Matthew.

Mattew também ressaltou que há um caráter distorcido por trás da homossexualidade. De acordo com ele, essas pessoas apresentam sérios problemas e que não devem ser ignorados.

“A taxa de incidência de doenças como AIDS, hepatite B, sífilis, gonorréia e outras entre homossexuais são bem mais altas do que entre os heterossexuais. Além disso, são maiores as incidências de câncer, abuso de drogas, distúrbios emocionais e psicológicos, tais como a ansiedade, relacionamentos instáveis e o suicídio”, disse ele.

“Considerar que a homossexualidade é normal é negar um tratamento amoroso aos homossexuais, pois é deixar o gay a mercê de um grave problema. A indiferença também é uma forma de ódio”, acrescentou.

Foram também palestrantes do Seminário o pastor Jorge Noda e o pastor Renato Vargens. Renato Vargens também foi o responsável por ministrar a palavra na noite desta sexta-feira.

Fonte: The Christian Post

Filme polonês trata sobre homossexualidade de padres

Vem da Polônia, o país mais católico da Europa, o filme capaz de fazer escândalo por mostrar a homossexualidade dentro da Igreja católica, utilizando a história de um padre do interior.

A corajosa realizadora, Malgoska Szumowska, conta ter se inspirado de uma notícia publicada, há três anos, num jornal, contando o assassinato de um padre por um jovem.

Seu filme, explica ela, quer mostrar a solidão do padre e sua dificuldade em partilhar e mostrar o amor, esse instinto tão forte nos seres humanos.

Porém a cineasta polonesa não queria fazer um filme sobre o celibato, mas sobre a homossexualidade dentro da igreja, mesmo porque, diz ela, as famílias pobres do interior da Polônia enviam seus filhos ao seminário, onde podem fazer seus estudos, ter uma vida garantida e desfrutar mesmo de uma posição social local. Muitos jovens, diz ela, descobrem sua tendência no seminário.

"Talvez meu filme provoque reações e seja considerado contrário à Igreja, mas minha intenção não era de fazer um filme ideológico e anticlerical. Entretanto, é de atualidade se tratar da homossexualismo dentro da Igreja polonesa", explica Malgoska, que faz questão de acentuar que não se confundir pedofilia com homossexualismo.

O filme conta a história de um padre da província polonesa, Adam, encarregado de um centro de jovens e adolescentes violentos e alguns deficientes. É ali que Adam sente uma atração por um dos jovens, à qual cede no final.

Sobre o financiamento do filme, Malgoska conta ter recebido o apoio do órgão polonês de cinema, "afinal a Polônia é hoje uma país democrático, afirma, embora sua experiência ainda seja recente, pouco mais de vinte anos. Talvez tivesse problemas se eu tivesse recorrido ao financiamento privado", diz ela.

O lugar escolhido por Malgoska para filmar, foi o mesmo onde costumava passar as férias, tendo contato com a colaboração dos habitantes e dos jovens, que participaram como atores amadores.

Para ela, embora afirme não querer participar de um debate, a Igreja polonesa, intolerante, insiste em ficar fora da sociedade moderna. "Não tenho receio das reações da Igreja e do público conservador e imagino mesmo o tratamento político que será dado ao filme", conclui.

Fonte: Correio do Brasil

Caio Fábio critica boneco de Thalles Roberto

Caio Fábio critica boneco de Thalles Roberto                      
Ano passado, o cantor Thalles Roberto anunciou o lançamento dos bonecos “Thalleco”, uma espécie de “versão de pano” do músico. Ele anunciou que deseja alcançar o público infantil e também pretende lançar um disco para crianças em 2013.
Defendido por uns e criticado por outros, o boneco voltou a ser assunto após o pastor Caio Fábio criticar abertamente a iniciativa.
“O que leva uma pessoa que diz crer em Jesus a fazer uma imagem de escultura de si mesma?… chama a atenção, em meio a um turbilhão de outras loucuras, pelo nível do surto narcisístico do cantor pastor artista boneco de si mesmo… para erótico-infantilizar as fãs”, questiona o pastor Caio.
Usando o título de seu famoso livro, Caio decretou “A Síndrome de Lúcifer é o que está em curso. E, neste caso, tem contornos de grotesca ilustratividade!”.
De maneira geral, usou o lançamento do boneco infantil para criticar a igreja protestante brasileira, que está tomada, segundo ele, por  um “ambiente mágico/pentecostal/evangélico associado a uma vida de sonhos e aspirações de grandeza estimulados pela teologia endêmica da prosperidade [...] produz numa pessoa que, além de tudo, pense que ser alguém, é ser rico e famoso”.
Classificou a iniciativa como reflexo de uma “doença psicológica e espiritual. Neste caso a doença espiritual, o Narcicismo precedeu tudo” e ao “aprofundamento da necessidade psicológica de idolatria… profunda”.  Seu veredito é que os evangélicos que se deixam levar por esse tipo de coisa “ficam mais doentes do que os próprios ídolos aos quais cultuam”.
Semana passada, após a entrevista de Silas Malafaia ao programa “De Frente com Gabi”, Caio Fábio criticou a postura e a pessoa do líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, chamando-o de “vendilhão, hipócrita e homofóbico”.   GP

FINAL DOS TEMPOS - Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia

Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia Segundo relato da vítima à políc...