sábado, 2 de fevereiro de 2013

PRECISO DE SUA INDICAÇÃO - ME AJUDA

Amados em Cristo .


Tenho buscado em Deus formas de conseguir mais recursos para investirmos na obra de DEUS .

E Deus nos deu essa estratégia .

ESTAMOS TRABALHANDO COM  ESSES MATERIAIS , E PARTE DO LUCRO É PARA SER INVESTIDO NA ÓBRA DE DEUS .

ME AJUDE COMPARTILHANDO E INDICANDO.

EMAIL PARA PEDIDOS E COTAÇÕES.

portaldosbrindes@hotmail.com



CARTÕES DE VISITA .

SACOLAS DE PALE KRAFT.

COFRINHOS PERSONALIZADOS


PARTE DO LUCRO  DAS VENDAS É PARA SER USADOS NA ÓBRA DE DEUS .

INDIQUE A SEUS CONHECIDOS , AMIGOS E FAMÍLIARES.


BISPO ROBERTO TORRECILHAS

OUVIR - CRER E OBEDECER



Como materializar o amor por alguém?
Os pais materializam o amor quando se esforçam para dar aos filhos a melhor educação;
Os namorados materializam o amor entre si quando assumem a responsabilidade mútua, através do compromisso sério do casamento;
Os casais materializam o amor entre si quando sacrificam um pelo outro, diariamente.

Deus é Espírito.
A criatura humana é matéria.
Como existir comunicação entre a matéria e o Espírito?
Por meio da fé sobrenatural.

Como materializar a fé em Deus?
Como relacionar-se com Ele de forma prática?
Seguindo Seus pensamentos, praticando Sua justiça (Leis e Mandamentos), sujeitando-se a Sua disciplina, enfim, obedecendo a Sua Palavra.

Toda a Escritura Sagrada se resume na obediência;
A fé sobrenatural se resume na obediência.

Os profetas Zacarias e Malaquias viveram em épocas diferentes. Mas foram unânimes na mensagem:
“Desde os dias de vossos pais, vos desviastes dos Meus estatutos e não os guardastes; voltai-vos para Mim, e Eu Me voltarei para vós outros, diz o SENHOR dos Exércitos.” Malaquias 3.7 - Zacarias 1.3
Na prática, como poderemos voltar para Ti? - pensaram os filhos de Jacó.
Então o Senhor lhes respondeu:
“Roubará o homem a Deus? Todavia, vós Me roubais e dizeis: Em que Te roubamos?
Nos dízimos e nas ofertas.”
Malaquias 3.8

Os que raciocinam logo hão de concordar que a volta para a comunhão com Deus começa na obediência dessa profecia.
Em outras palavras, Deus não condiciona a volta de Seu povo à prática de orações, jejuns, guarda dos sábados, da frequência na igreja, vida religiosa, caridade, nada…
Quem quiser andar ou materializar sua fé nEle tem de começar devolvendo os dízimos e ofertas.

Quem crê obedece. Quem não crê se revolta.
Observe no texto que Ele chama de ladrão os que não devolvem os dízimos e ofertas.
Por conta disso, os descrentes, rebeldes ou desobedientes são, naturalmente, amaldiçoados.

“Com maldição sois amaldiçoados, porque a Mim Me roubais, vós, a nação toda.” Malaquias 3.9
Não por Deus!
Mas pela própria condição de ladrão.
Pois, qual o ladrão que será tido por justo no Dia do Juízo?

E o pior não é a maldição que carregam em si, mas a herança que deixam para seus descendentes.
Repito: quem crê obedece; quem não crê padece.
Manda quem pode e obedece quem tem juízo.

TARADO DE BATINA - PADRE É INDICIADO POR ABUSO SEXUAL DE MENORES.

Sacerdote é acusado de manter relações sexuais com um garoto de 12 anos.
O padre Márcio Gonzaga de Lima, 45, que atua na igreja matriz de Nossa Senhora da Glória, município ligado a Diocese de Propriá-SE, está sendo acusado de ter abusado sexualmente de um garoto de apenas 12 anos. O caso foi descoberto após uma denúncia anônima feita pelo disque 100 da Polícia Civil. Há suspeitas de que outros garotos também tenham sido abusados pelo religioso quando eram coroinhas da paróquia.
A redação do portal de notícias aquiacontece.com.br entrou em contato com a Delegacia de Nossa Senhora da Glória para confirmar as acusações. O Policial que atendeu a ligação declarou que não estava autorizado a passar maiores informações sobre o caso, mas confirmou que a denúncia foi apurada e que em breve o inquérito será remetido à justiça.
O delegado Antônio Francisco responsável pelas investigações já conversou com a imprensa sergipana em outras oportunidades e forneceu detalhes sobre o caso. Segundo ele, o garoto de 12 anos que oficializou a denúncia através de seus pais, confirmou que tinha sido abusado pelo padre e que o crime acontecia na igreja e também em um apartamento do religioso.
A mãe do garoto também já prestou depoimento na delegacia e contou que o filho ganhava muitos presentes do padre e até viajava com ele, mas ninguém nunca desconfiou de nada porque acreditava que o sacerdote era um “homem de Deus”. O padre nega as acusações. Para ele, é a palavra de uma criança contra a de um padre. “Qualquer um pode acusar o outro, quero ver provar. A justiça vai descobrir a verdade”, exclamou.
O bispo da Diocese de Propriá, dom Mário Rino Sivieri, afastou Gonzaga de suas funções até que o caso seja esclarecido.
Aqui Acontece

Igreja síria cresce em meio à guerra civil

Enquanto a situação do país piora a cada dia, mais e mais sírios encontram Deus e unem-se à Igreja: "Estamos orando e jejuando por esse crescimento da Igreja na Síria há anos."

O pastor Ouseph*, de Damasco, na Síria, tem um buraco em cada um de seus ternos. É o resultado de balas perdidas que invadiram sua casa quando ninguém da família estava por perto. Desde que teve início a guerra civil no país, a vida da população tornou-se cada vez mais difícil. Os cristãos enfrentam dificuldades extras, sendo alvo de ameaças específicas, como sequestro e violência brutal.

Embora a Síria tenha uma história cristã, muçulmanos ameaçam cristãos, dizendo para que eles "voltem para o seu próprio país". Em sua perspectiva, os cristãos pertencem ao mundo ocidental.


Desde dezembro de 2012, mais de 10 mil famílias cristãs fugiram de seus lares em bairros que, tão logo, foram tomados por salafistas (movimento reformista islâmico). Eles governam a cidade de Homs e partes da capital Allepo a partir de uma leitura rigorosa da sharia (lei islâmica): "Ao andar na rua, é possível ver pessoas sem mãos. Eles devem ter roubado algo", disse Ouseph. "Aqueles que ainda vivem em suas casas, em bairros anteriormente cristãos, estão em perigo 24 horas por dia", afirmou.


Bombas
O som da guerra é frequente ao redor da casa do pastor Ouseph. Todas as noites ele prepara suas duas filhas para o que possa acontecer: "Se uma bomba explodir, você verá muito sangue, e poderá doer um pouco, mas, se morrermos, vamos fechar nossos olhos aqui e reabri-los no céu", diz ele, convicto de sua fé. "Embora a guerra em Damasco não seja tão feroz quanto em outras áreas do Estado, aqui, as pessoas também estão com muito medo. Simplesmente não há segurança em qualquer lugar, nem mesmo dentro de casa. Todas as manhãs, antes de entrar e sentar, as crianças verificam as carteiras de suas classes na escola à procura de bombas", contou Hanna, esposa de Ouseph.

Em meio a esta situação, Deus fornece proteção a seus servos: "O Senhor nos livrou muitas vezes, mostrando-nos a localização de bombas para que nós pudéssemos desarmá-las", confessou o pastor. Os cristãos recebem pouco apoio de dentro, ou mesmo, de fora do país. Mas Ouseph reconhece as bênçãos que Deus dá à sua família através do caos na Síria: "Se, aqui na Terra, não houver nada no que confiar, você tem que confiar em Deus e isso é o que Ele nos ensina através desse período tão duro."

Refúgio

Neste momento de tristeza, a igreja do pastor Ouseph tem sido um refúgio para muitos cristãos e não cristãos. Mulheres que foram abandonadas por homens que tiveram de lutar na guerra vêm à igreja para ouvir sobre o Evangelho de Jesus.

Mesmo sobrevivendo em meio aos conflitos, a igreja viu suas orações, pelo povo de Homs, cumpridas de uma forma que nunca havia esperado: "Já há muitos anos, nós temos orado e jejuado pela abertura de uma igreja de nossa denominação em Homs", explica o pastor Ouseph, "mas Deus tinha outros planos: ele mandou o povo de Homs para a nossa igreja e o resultado disso é o crescimento que está acontecendo ali. A fé desses irmãos tem sido renovada mesmo durante a crise".

Os cristãos que fugiram de suas casas perderam tudo: suas fontes de renda, escolaridade de seus filhos e qualquer tipo de ajuda médica. A Portas Abertas está ajudando diretamente a igreja local na Síria e fortalecido os crentes para que eles perseverem até o final. O incentivo é para que a igreja continue a crescer no país. A parceria com igrejas locais possibilita o envio de ajuda a mais irmãos necessitados. Também é fornecido suporte médico e auxílio para que as famílias desalojadas encontrem abrigo.

O trabalho mais importante da Portas Abertas, porém, é o encorajamento espiritual dos cristãos, proporcionando-lhes treinamento bíblico e literatura cristã, incluindo Bíblias: "É importante que a Igreja permaneça no seu lugar", ressalta Hanna, "se as igrejas deixarem o país, a Síria estará espiritualmente destruída."

Televisão

Cristãos não sabem o que esperar do futuro. Embora os salafistas reivindiquem a aceitação de cristãos na sociedade e no governo, crentes veem o país através de uma realidade diferente: "Nós não concordamos com o regime atual, mas tememos o governo islâmico que pode vir no futuro, já que ele pode ser ainda pior, especialmente para àqueles que creem em Jesus." A fé dos cristãos sírios é muito forte. Ouseph e sua família pararam de assistir televisão porque, em sua opinião, as emissoras só compartilham mentiras. Ao invés disso, se voltam para Deus todas as manhãs e pedem para que Ele os guie durante o dia e lhes proporcione tudo o que precisam saber.

As pessoas em sua igreja seguem o exemplo: "Nossas notícias vêm do céu", disseram eles. É o que lhes dá paz e força para continuar. "Se continuarmos a orar, Deus vai fazer algo incrível, é o que todos nós sentimos", concluiu o pastor Ouseph.

*Nome trocado para a segurança do cristão.

Fonte: Portas Abertas

Suposta Pastora evangélica é presa por usar igreja para comercializar drogas

Além dela, outros dois adolescentes e três homens foram presos.
Grupo foi encontrado em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, nesta quinta.
Uma suposta pastora evangélica foi presa nesta quinta-feira (31) em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, suspeita de comandar uma quadrilha de tráfico de drogas. Além dela, dois adolescentes foram apreendidos e três homens de 34, 30 e 25 anos foram presos.
Segundo a Polícia Civil, o grupo usava uma igreja e uma casa de apoio e recuperação como fachada para a comercialização da droga. “Ela se intitulava também pastora. Inclusive, apresentou documento de seu cargo, do seu ministério”, complementou o delegado que cuida do caso Getúlio Vargas.
Ele também afirmou que vai investigar se a quadrilha utilizava as pessoas que faziam tratamento na casa de apoio e recuperação para a prática criminosa e se foram vítimas da pastora.
Os policiais conseguiram chegar até o local após uma denúncia anônima. No local, foram encontrados revólveres, fuzil, munição, aproximadamente 10 kg de maconha, dinheiro, um cavalo, além de um carro roubado e documentos de possíveis vítimas.
Segundo a polícia, também foi encontrada a placa do veículo roubado do casal que ficou oito dias acampado na Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu, para tentar recuperá-lo. Os documentos da dona do carro, levados no dia do assalto, também foram recuperados.

G1

“Jesus reencarnado” é preso no México

“Jesus reencarnado” é preso no México“Jesus reencarnado” é preso no México
A sede de uma seita religiosa foi invadida e fechada na cidade de Nuevo Laredo, nordeste do México, perto da fronteira com os EUA. Havia 24 pessoas vivendo no local, sendo 14 estrangeiros. Entre eles estavam dois brasileiros, seis espanhóis, dois bolivianos, dois venezuelanos, um argentino e um equatoriano. Os demais eram mexicanos.
O líder do grupo é Ignacio Gonzalez, cidadão espanhol que se intitula “o novo Jesus”. Ele se apresenta como a reencarnação de Cristo e vivia com seus seguidores em um local onde há suspeitas da pratica de abuso sexual e escravidão.
Uma denúncia anônima alertou as autoridades sobre as práticas numa fazenda afastada, no caminho que leva à cidade de Monterrey. A Procuradoria Geral do Estado conseguiu apoio policial e autorização para invadir o local. Agentes do FBI estiveram envolvidos nas investigações.
Carlos Alberto Franco Chávez, presidente do Instituto Nacional de Imigração, declarou à imprensa: “É notável que pessoas viviam trajando roupas rasgadas, sem higiene pessoal. Diante disso, nós avisamos ao Ministério Público para que eles investigassem o crime de tráfico de pessoas”.
O grupo religioso misturava ideologias cristãs, budistas e inclusive práticas de bruxaria. Gonzalez conseguia atrair pessoas depois de realizar milagres como a cura de doenças e com isso reuniu vários seguidores que se denominavam ‘Defensores de Cristo’.
As primeiras informações divulgadas dão conta que os líderes da seita ‘cobravam dinheiro’ a título de ‘dízimos e ofertas’ que, se não forem pagas, resultava nos membros da seita sendo obrigados a fazer ‘trabalhos forçados’.
Havia diferentes grupos ligados à seita que se reuniam nas cidades de Torreón, Coahuila, Tamaulipas e Nuevo Laredo, que faz fronteira com Laredo, Texas.
Os responsáveis pelo grupo, incluindo José Arenas Losanger Segovia, um venezuelano que se intitula apóstolo, estão presos e devem responder judicialmente. Como não tinham registro na Secretaria de Governo do Interior, exigido de todo grupo de caráter religioso, serão julgados como grupo criminoso.
A seita tem uma página na internet onde divulga sua ideologia, com vídeos de testemunhos dos milagres de cura e outros que incluem até fazer chover no deserto. Além de “provas” que Ignacio Gonzalez de fato é a reencarnação de Jesus Cristo. Curiosamente, são comparações dos traços físicos dele com imagens de Cristo em pinturas clássicas e no “santo sudário”. Com informações CNN.

Pastor morre durante rebelião em penitenciária

Pastor morre durante rebelião em penitenciária                      
A Venezuela testemunhou nos últimos dias uma grande rebelião na prisão de Uribana, que fica no estado de Lara, noroeste do país. Tudo começou durante uma inspeção em busca de armas. Um grupo de presos que estavam armados entraram em combate com os membros da Guarda Nacional e a coisa saiu de controle. O vice-presidente, Nicolás Maduro, ordenou uma investigação do incidente, um dos episódios mais violentos nas prisões do país.
Iris Varela, ministra de Assuntos Penitenciários da Venezuela, anunciou que dezenas pessoas morreram durante o motim. “Temos um lamentável balanço de 57 pessoas que perderam a vida, tanto aqui dentro da prisão quanto fora, por não terem resistido aos ferimentos que sofreram. Somemos a este número o corpo de mais uma pessoa, que encontramos queimada”, declarou.
Estima-se que ainda há 46 pessoas feridas nos hospitais e 49 já receberam alta. Entre os mortos estariam um soldado da Guarda Nacional e um pastor evangélico, informação que foi posteriormente negada. A contagem dos mortos subiu para 61 nos dias seguintes e o governo nega a morte do pastor dentro da penitenciária.
Mas o Conselho Evangélico de Venezuela divulgou que Segundo Camejo, religioso que trabalhava como capelão penitenciário faleceu durante a rebelião. Um grupo de pastores, liderados por Santiago Travieso e Ramón Castillo, ajudou nas negociações para terminar a confusão na penitenciária. Alguns desses pastores foram atender um pedido dos presos para ajudarem a encontrar uma solução pacífica e negociar com representantes do Estado.
O governo anunciou que será feita uma “perícia profunda” na prisão, que deve ser reformada para receber novamente os presos. Como é realidade na maioria dos países da América Latina, os cárceres venezuelanos enfrentam problemas de insalubridade, superlotação e violência, sendo dominado por facções criminosas, o que resulta em seguidos confrontos internos.
Segundo ativistas de direitos humanos, em 2011 mais de 500 presos perderam a vida. Informações do governo mostram que há cerca de 50.000 presos na Venezuela, mas a infraestrutura teria capacidade para abrigar apenas 14.000. Com informações Poderygloria.net.

O ÚLTIMO DESEJO QUE LINCOLN REVELOU MOMENTOS ANTES DE MORRER ERA DE PODER VISITAR A TERRA SANTA E VER JERUSALÉM

 

A exibição (iniciada ontem em Portugal) da excelente produção cinematográfica do judeu Spielberg sobre os últimos dias do  presidente norte-americano ABRAHAM LINCOLN inclui a conhecida "confissão" à sua esposa de um grande desejo acalentado pelo mais venerado presidente americano: conhecer a Terra Santa e a Cidade de Jerusalém.
Segundo aquilo que Mary Todd Lincoln, a viúva do presidente informou ao pastor celebrante da cerimonia fúnebre de Lincoln, "ele (Lincoln) disse que queria visitar a Terra Santa e ver aqueles lugares santificados pelas pisadas do Salvador. Ele estava dizendo que não havia cidade que desejasse tanto ver como Jerusalém."
Ela contou ainda ao pastor que o 16º presidente lhe tinha falado deste desejo momentos antes de ter sido assassinado no Teatro Ford, em 14 de Abril de 1865.
WILLIAM SEWARD
De fato, o secretário de estado do presidente Lincoln, William H. Seward, visitou Jerusalém em 1859, e Lincoln deverá obviamente ter ouvido os relatos que ele contou sobre a sua visita. Seward voltou a visitar a Terra Santa em 1871. 
Na noite em que Lincoln foi assassinado, Seward foi também atacado na sua casa por um dos conspiradores, tendo ficado gravemente ferido. Mas sobreviveu, e recuperado, viajou pelo mundo fora em 1871, tendo visitado mais uma vez Jerusalém, tendo feito descrições sobre a sua população da época, visitando também a "Muro das Lamentações" e participando até das celebrações judaicas de sexta-feira à noite, provavelmente na sinagoga Hurva.
JERUSALÉM NOS DIAS DE LINCOLN
Já em 1863 o presidente que se tornou o símbolo da libertação dos escravos e do fim da terrível guerra da secessão nos EUA, tinha afirmado que "restaurar os judeus à sua terra natal é um nobre sonho partilhado por muitos americanos."
No filme de Spielberg, Lincoln surge declarando à sua esposa o seu desejo de visitar Jerusalém na viagem que os levaria ao Teatro Ford, mas segundo a História esta declaração do 16º presidente americano foi já feita dentro do teatro, num dia em que Lincoln estava extra ordinariamente eufórico, sendo provavelmente a última coisa que ele falou à sua esposa. 
Este grande presidente, criado por uma mãe piedosa e um grande conhecedor da Bíblia, tendo também perto da sua morte rendido a sua vida a Cristo, era sem dúvida também um profeta, ao visionar e contribuir de alguma forma para que a nação de Israel viesse muitos anos depois a tornar-se uma realidade.
Shalom, Israel!

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...