domingo, 24 de junho de 2012

PRAIAS DE TEL AVIV ENTRE AS 10 MELHORES DO MUNDO


As praias de Tel Aviv foram consideradas como das melhores praias urbanas do mundo, tendo sido incluídas pelo Yahoo! na lista das "10 melhores praias urbanas".
A lista foi originalmente publicada no website Smartertravel.com e Tel Aviv surge ali com 13 das mais alegres praias, ao longo de 12 kms do Mediterrâneo, "para onde os habitantes da cidade correm nos dias quentes."
Segundo a descrição "a praia Gordon-Frishman, a mais próxima do centro da cidade, é um dos melhores pontos para se ser visto. Bares de praia, DJs e espaços para jogar voleibol atraem uma multidão cosmopolitana, e nos fins de semana tem de se chegar cedo para se conseguir um espaço nesta imensa praia."
A praia de Gordon-Frishman em Tel Aviv ocupa o seu lugar privilegiado ao lado de famosas praias como a "Venice Beach", em Los Angeles, a praia do Ipanema, no Rio de Janeiro, a "South Beach", em Miami, e a "Bondi Beach", em Sydney.
Nesta semana a MasterCard também classificou Tel Aviv como a 5ª capital cultural numa lista das 10 cidades mais visitadas no Médio Riente e África.
A revista de viagens britânica Travelers Digest nomeou também Tel Aviv como uma das 10 principais cidades em termos de homens e mulheres atraentes.
"Tel Aviv-Jaffa continua a surpreender e a entusiasmar os seus residentes e visitantes." - afirmou o prefeito Ron Huldai, acrescentando: "Iniciámos agora a época das praias, e nós no município continuaremos a fazer tudo para que os visitantes possam desfrutar de praias limpas e seguras."
 
Shalom, Israel!

PERIGO - Mursi vence eleições no Egito com slogan "Islã é a solução"


Imagem da TV mostra Mursi em seu primeiro discurso como presidente eleito do Egito. Foto: Egypt State TV/APImagem da TV mostra Mursi em seu primeiro discurso como presidente eleito do Egito
Foto: Egypt State TV/AP
Da BBC Brasil
Apesar de Mohammed Mursi não ter sido a primeira opção da Irmandade Muçulmana nas eleições presidenciais, o poderoso movimento político egípcio logo abraçou a sua candidatura. O engenheiro de 60 anos de idade recebeu 24% dos votos no primeiro turno das eleições em maio, à frente do Partido da Liberdade e Justiça, que é ligado à Irmandade. Seu rival foi o segundo colocado, o ex-militar da Aeronáutica Ahmed Shafiq, que chegou a ser primeiro-ministro de Hosni Mubarak.
No segundo turno, Mursi recebeu 51,73% dos votos. Mursi prometeu trazer "estabilidade, segurança, justiça e prosperidade" ao Egito, depois de um ano de tumultos. Ele disse que chegou a hora de colocar em prática o famoso slogan da Irmandade Muçulmana - "o islã é a solução" - e afirmou que seu plano político possui "referências do islã moderado".
Discreto
Mursi entregou os papéis da sua candidatura presidencial no último dia do prazo, logo depois que o empresário e milionário Khairat al-Shater foi impedido de concorrer. Muitos duvidavam que o discreto Mursi conseguiria conquistar os eleitores. Mas o apoio da Irmandade Muçulmana levou ao sucesso do seu partido nas eleições parlamentares - que conquistou a maioria nas duas Casas. No entanto, as eleições parlamentares foram consideradas ilegais e serão disputadas novamente.
Mursi precisou enfrentar as acusações de que a Irmandade Muçulmana pretende monopolisar a cena política no Egito. O grupo decidiu apoiar um dos candidatos na disputa, mesmo tendo anunciado inicialmente que não iria apoiar ninguém.
Mursi disse que não vai escolher necessariamente um premiê de seu partido para liderar o governo, e sugeriu que pode ter cristãos coptas entre seus assessores. Ele também disse que não pretende estabelecer um código de roupas islâmico em seu governo. "A presidência será uma instituição. A era do Super-Homem acabou", afirmou.
Ele tentou se aproximar de outros políticos reformistas antes do segundo turno. No entanto, um encontro com o terceiro e o quarto colocado no primeiro turno - o esquerdista Hamdeen Sabahi e o islamista moderado Abdul Moneim Aboul Fotouh - não resultou em acordo.
"Projeto Renascença"
A sua plataforma presidencial foi a ideia de "Projeto Renascença", da Irmandade Muçulmana. Trata-se de um plano abrangente que pretende dar soluções aos diversos problemas do Egito: desde uma reforma profunda na economia e na segurança a estratégias de melhorar a coleta de lixo nas ruas do país.
Nenhum plano concreto foi divulgado sobre como Mursi pretende lidar com as Forças Armadas, que estão liderando a transição política no Egito. No entanto ele disse que pretende consultar os militares na hora de definir o ministro da Defesa. Já o orçamento da instituição será elaborado pelo Parlamento, segundo o presidente eleito.
Mursi prometeu se manter independente à frente da Presidência do Egito, e negou qualquer plano de transformar o país em uma teocracia. Sobre Israel, Mursi se comprometeu a manter o acordo de paz de 1979, mas disse que não se reunirá com autoridades israelenses. Ele prometeu dar prioridade à questão palestina.
Irmão
Mohammed Mursi nasceu em Sharqiya, uma província no delta do rio Nilo. Ele é casado e tem quatro filhos. Ele estudou engenharia na Universidade do Cairo nos anos 70 e se mudou para os Estados Unidos para completar seu doutorado.
Após voltar ao Egito, ele foi diretor do departamento de engenharia da Universidade de Zagazig e fez carreira política na Irmandade Muçulmana. Ele foi parlamentar entre 2000 e 2005, mas perdeu seu assento em uma eleição polêmica, que muitos dizem ter sido fraudulenta.
Apesar de sua discrição, Mursi é elogiado por sua oratória. Em 2002, após um desastre de trem, ele foi bastante eloquente em condenar a incompetência do Estado.
Com seus modos calmos e até comedidos, Mursi é popular entre conservadores da Irmandade. Muitos lá dentro o veem como uma opção segura para liderar o Egito.

FONTE . TERRA.COM.BR

FINAL DOS TEMPOS - Jeovámaconha. Fique chapado aqui!


Jeovámaconha. Fique chapado aqui!É meus irmãos! Quanto mais a gente ora, mais assombração aparece. Dessa vez a loucura é a pregação através da alusão ao uso de drogas. O método é usado pelo John Crowder, que em suas “apresentações” afirma que você deve injetar Jesus, fumar a Jeovámaconha e tragar o Espírito Santo. Haja boa vontade para entender essa contextualização. O vídeo abaixo, foi enviado pelo Pr. João Costa para que eu pudesse ver esse que a mídia gospel hoje denomina de “o pregador mais herege do mundo”.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Eu já falei aqui em outro artigo sobre o perigo com o exagero da contextualização, mas não achava sinceramente que a coisa estava tão complicada. Esse tipo de abordagem é no mínimo leviana, porque traz a mente de adictos seus velhos hábitos e emula uma ação pecaminosa. Resumindo, reduzir a ação de Cristo a ação de uma droga, seja ela qual for, é muita falta de conhecimento de Deus.
Assista o vídeo e comente.


E no mais, tudo na mais santa paz!

Terroristas islâmicos prometem mais ataques contra cristãos e igrejas na Nigéria

Após uma onde de atentados contra igrejas na Nigéria, o grupo radical de terroristas islâmicos Boko Haram se pronunciou novamente e declarou guerra contra os cristãos e o Estado nigeriano.

Eles afirmaram que continuarão realizando os ataques até conseguirem seu objetivo, que é de estabelecer um Estado islâmico no país.

Este mês os terroristas realizaram novos atentados contra igrejas, foram dois no mesmo dia e em cidades diferentes, o primeiro foi realizado em Biu, no estado de Borno, homens armados abriram fogo contra uma igreja durante a realização de um culto. Mais tarde, em Jos, estado de Plateau, um homem-bomba se explodiu próximo a um templo de uma igreja evangélica, deixando seis mortos e mais de 50 feridos.

O Boko Haram reivindicou a responsabilidade pelos atentados, um porta-voz do grupo falou sobre o ataque, “Lançamos esses ataques para provar que a segurança na Nigéria é patética, e para ridicularizar a alegação do governo de que temos sido enfraquecidos pela repressão militar”.

Nos últimos meses os ataques têm sido constantes, no começo do ano o grupo terrorista emitiu um ultimato para que os cristãos deixassem o país, desde então, a onda de violência tem crescido, sendo cada vez mais cruéis, deixando várias pessoas mortas.

Fonte: Jornal Floripa

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...