terça-feira, 29 de maio de 2012

Irã acusa Israel de estar por trás de ataque cibernético


A República Islâmica do Irã culpou Israel pelo recente ataque de um vírus cibernético. O vírus “Flame” provocou danos consideráveis, resultando na perda e no comprometimento de dados importantes, informou o centro iraniano Maher.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Até agora não foram identificados os responsáveis pelo incidente, mas especialistas acreditam que, devido à sua complexidade, apenas um país pode ter desenvolvido o vírus.
Irã acusa Israel de estar por trás de ataque cibernéticoAs acusações giram em torno de Israel devido às declarações do vice-primeiro-ministro de Israel, Moshe Yaalon, de que “vale tudo para deter o programa nuclear iraniano” – inclusive por meio de um vírus cibernético.
No entanto, Yaalon suavizou seu posicionamento pelo Twitter, horas mais tarde: “Existem vários países no Ocidente com ampla capacidade tecnológica e que veem o Irã, e particularmente o seu programa nuclear, como uma ameaça significativa”, destacou, “esses países têm, provavelmente, a capacidade de lançar uma ciberguerra”.
O Ministério das Relações Exteriores do Irã disse, utilizando as declarações de Yaalon, que “altos oficiais israelenses praticamente admitiram ter criado o malware mais complexo da história” e que “Moshe Yaalon, o vice-primeiro-ministro de Israel, disse para a rádio militar que deveria ser tomada qualquer medida, por mais dura que fosse, para prejudicar o Irã”.
O porta-voz do Ministério iraniano declarou que os “regimes ilegítimos estão propagando vírus para prejudicar os outros”, fazendo referência a Israel. O Irã tem o costume de se referir ao Estado israelense como uma simples “entidade sionista” para evitar chamá-lo de “Israel”.

Marcha para Jesus de Guarulhos mobiliza evangélicos em campanha de oração


Várias denominações aderiram à ação inédita intitulada “Eu Oro por Guarulhos”, que
ocorre
em diferentes dias e horários. A campanha estampa a camiseta oficial do evento


Mais de dez denominações participam da campanha "Eu Oro por Guarulhos", que estampa a camiseta oficial da Marcha para Jesus 2012

A Marcha para Jesus de Guarulhos está mobilizando os evangélicos em campanha de oração a favor da cidade. Em uma ação inédita intitulada “Eu Oro por Guarulhos”, as igrejas reúnem grupos para interceder pelas autoridades guarulhenses e os projetos dos segmentos públicos do município. Mais de dez denominações diferentes participam da ação que estampa a camiseta do evento.
Com a proximidade da grande festa evangélica, que ocorre dia 23 de junho (sábado), as orações se intensificam. Os horários dos encontros variam conforme a igreja (confira no quadro abaixo).“A oração é uma das mais importantes práticas da vida cristã. Ela nos aproxima de Deus e transforma situações” , observa o coordenador geral da Marcha, Rogério Santos, citando o versículo 1 Tm 2:1-2: "Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens, pelos reis, e por todos os que exercem autoridade, para que tenham uma vida tranquila e sossegada, em toda piedade e honestidade’”.
A MARCHA PARA JESUS
A Marcha para Jesus de Guarulhos chega a sua 9ª edição com a expectativa de reunir mais de 130 mil pessoas no dia 23 de junho (sábado). A concentração ocorrerá na Avenida Paulo Faccini (Bosque Maia), com saída às 12 horas. O público caminhará rumo à Avenida Transguarulhense (Parque Continental), onde estará montado o palco central do evento. Está confirmada a participação de Bruna Karla, Thalles Roberto, Renascer Praise, Rose Nascimento, Davi Sacer, Oficina G3, Adhemar de Campos, Jotta A. e Quarteto Hodsi.
Algumas igrejas que aderiram à campanha “Eu Oro por Guarulhos”
Igreja Pentecostal Chamada de Deus
Quando: às segundas-feiras.
Horário: das 11h às 12h.
Bispa Flordenice
________________________________________
Igreja Ministério Mintre
Quando: às terças-feiras.
Horário: das 8h às 9h
Pr. Joilson Félix
________________________________________
Igreja Assembleia de Deus Nova Vida
Quando: às quartas e sextas-feiras.
Horário: das 21h30 às 22h30 (quartas-feiras) e das 23h às 24h (sextas-feiras)
Pr. Ivan Fraga
________________________________________
Igreja Assembleia de Deus — Campo Taboão
Quando: momento de oração em favor da Marcha nos cultos de domingo à noite.
Horário: Início dos cultos, às 19h30
Pr. Oseias Benones
________________________________________
Igreja Ministério Apostólico Nova Jerusalém no Brasil
Quando: às sextas-feiras, com um grupo de oficiais da igreja.
Horário: das 19h30 às 22h
Apóstolo Messias
________________________________________
Igreja Batista Renovada
Quando: às terças-feiras e domingos
Horário: das 15h às 17h, às terças-feiras, e das 8h às 9h (domingos)
*As igrejas filiadas a Convenção Batista Nacional (regional Norte) também estão no mesmo propósito de oração.
Pr. José Roberto Crescêncio
________________________________________
Ministério da Reconciliação (Pq. Continental)
Quando: momento de oração em favor da Marcha nos cultos de terça-feira
Horário: início do culto, às 19 horas
Pr. Jaime Santos
________________________________________
Ministério Apascentar de Guarulhos
Quando: às segundas-feiras (com os pastores) e aos domingos (com o ministério de Intercessão e aberto para toda igreja)
Horário: 11h (segundas-feiras) e 7h30 (domingos)
Pr. Nei Messias
________________________________________
Igreja Internacional Despertar da Fé
Quando: momento de oração em favor da Marcha nos cultos de quarta e sextas-feiras e aos domingos.
Horários: início dos cultos às 19h30 (quartas e quintas-feiras) e às 19h (domingos)
Pr. Paulo César e Pr. Flávio Alves da Silva
________________________________________
Igreja Ministério da Reconciliação (Recreio — São Jorge)
Quando: todos os domingos (com os obreiros e aberto para toda igreja)
Horário: das 18h às 19h
Pr. Jairo
________________________________________
Igreja Corpus Christ
Quando: às sextas-feiras (momento de oração pela Marcha e por Guarulhos com os pastores. Aberto para toda igreja).
Horário: das 20 às 23 horas
Bispo Júlio

GRITOS DE ALERTA / EXIBIR GOSPEL

onething Curitiba, Brazil - De 12-14 de Julho, 2012




Entrada: R$20
Inscrições na porta
Bola de Neve, Curitiba


Av. Marechal Floriano Peixoto, 9853–
Boqueirão, Curitiba, PR


Com a convicção de que o Espírito Santo está orquestrando um movimento global de jovens com um clamor por uma coisa só, contemplar a beleza de Deus, a Casa Internacional de Oração de Kansas City está trabalhando com a igreja no Brasil para que esse clamor seja despertado nessa nação.
Palestrantes: Dwayne Roberts, Jennifer Roberts, Shelley Hundley, Luciano Subira, Marcelo Bigardi
Líderes de adoração: Matt Gilman, Laura Hackett, Nivea Soares, Christie Tristão, Cris Batiston, Jaqueline Lodos


VIA GRITOS DE ALERTA

DESCOBERTAS NO VALE DE ELAH COMPROVAM DESCRIÇÃO BÍBLICA DO TEMPLO DE SALOMÃO


De vez em quando somos brindados com descobertas arqueológicas realmente inacreditáveis e quando essas descobertas vêm comprovar o que está descrito na Bíblia é um momento inesquecível.
É a primeira vez que foram descobertos objetos que evidenciam um ritual Judaico do tempo do Rei David, século X BCE. Estes artefatos, um feito de barro e outro feito de pedra, foram encontrados no Vale de Elah, na zona de Khirbet Qeiyafa, e o que os torna extraordinários é que correspondem à descrição Bíblica, mais concretamente no Livro dos Reis, do Templo de Salomão.
Neste local encontram-se as ruínas de uma cidade com 3000 anos que é, segundo o Professor Yossi Garfinkel da Universidade Hebraica de Jerusalém, a primeira prova da existência de um governo regional no tempo do Rei David.
 Esta tornou-se assim a mais importante descoberta para refutar os historiadores e arqueólogos que acreditam que o reino de David não passava de uma pequena aldeia nos arredores de Jerusalém.
Estes artefatos são mais conhecidos na Bíblia como “a arca de Deus” e já foram encontrados em vários locais de Israel, no entanto, a decoração esculpida nestes dois incluem leões e dois pilares mais conhecidos como “Boaz and Yachin”, os mesmos que se podiam encontrar no Templo de Salomão, segundo a Bíblia, e no artefato de barro foram gravados 3 pássaros que representam o sacrifício dos mesmos no Templo.
Embora se tenham levantado vozes a discordar das opiniões dos professores da Universidade Hebraica de Jerusalém a verdade é que estes achados, por mais pequenos que possam parecer, podem vir a ser uma das mais importantes descobertas arqueológicas em Israel, pois é uma prova concreta de que a Bíblia estava correcta em relação a esta parte da história do Rei Davi e do Templo de Salomão pelo que podemos especular que outros textos bíblicos acerca do reinado de Davi e de toda a envolvente do Templo de Salomão sejam também verdade.

Acrescentamos nós: não precisamos de especular, pois temos a certeza dos fatos relatados na Bíblia, pelo que, tal como temos sempre compartilhado, esta fabulosa descoberta é mais uma no meio de tantas outras que comprovam a realidade que infelizmente só os ignorantes querem continuar a debater e até negar...
A Bíblia tem sempre razão.
 
VIA GRITOS DE ALERTA

IMIGRAÇÃO PARA ISRAEL TEM CRESCIDO MUITO NOS ULTIMOS ANOS


Cerca de 16.200 judeus fizeram "aliyah" (retorno) para Israel , um aumento de 17%, comparado com os 13.860 no ano passado. A maioria dos imigrantes vieram da Rússia, mas chegaram também alguns do Líbano, Hong Kong e Madagáscar.
As estatísticas indicam que durante esta década que agora termina cerca de 221.000 judeus retornaram à sua terra.
Apesar das restrições governamentais, espera-se que 250 imigrantes cheguem da Etiópia já em Janeiro. Cerca de 8.700 judeus etíopes "falashas" continuam em campos de transferência em Addis Abeba e Gundar, esperando-se que num próximo futuro possam vir para a Terra de Israel.
Houve também um aumento de 17% no número de pessoas vindas de países de língua inglesa, num total de 5.300 pessoas, incluindo os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a África do Sul.
Houve também um pequeno aumento no número de imigrantes vindos da Europa Ocidental e da América Latina.
Cerca de 60% dos imigrantes têm menos de 35 anos.
"O aumento da imigração no 20º aniversário do início da imigração da ex-União Soviética é simbólico. Estamos também testemunhando um crescimento imprecedente no número de israelitas que estão voltando para casa." - informou a ministra para a Absorção de Imigrantes, Sofa Landver.
A Bíblia relata que nos últimos dias o Senhor traria o Seu povo desde o Norte e desde o Sul para a Terra de Israel. Estamos assistindo a esse fenómeno único nestes últimos 2 mil anos! Estamos realmente nos últimos dias, e Israel é o relógio de Deus!
Shalom, oremos por Israel!

Revista Superinteressante publica matéria sobre trechos polêmicos e pouco utilizados da Bíblia para sermões por pastores. Confira

Revista Superinteressante publica matéria sobre trechos polêmicos e pouco utilizados da Bíblia para sermões por pastores. Confira
A revista Superinteressante publicou matéria com uma análise dos trechos bíblicos que geralmente não são usados por pastores para sermões.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A reportagem dos jornalistas Alexandre Verginassi e Tiago Cordeiro cita basicamente trechos do Velho Testamento, com exceção de uma menção ao milagre operado por Jesus na transformação de água em vinho (João 2: 7-10).
Sobre a proibição doutrinária em relação a bebidas alcoólicas, a matéria afirma que “O álcool nem sempre foi consumido com moderação na Bíblia”. O texto da matéria enfatiza que a bebida era tratada como algo comum: “A palavra ‘vinho’ é citada mais de 200 vezes, e os porres são frequentes: Noé é embebedado pelas filhas, e Amnon, filho de Davi, está mais pra lá do que pra cá quando é assassinada por ordem de seu irmão Absalão — a interessar: foi pelo crime de ter estuprado a própria irmã, Tamar”, menciona a reportagem.
A reportagem cita a opinião de um historiador sobre o assunto: “Os sacerdotes são orientados a não beber antes de entrar no tempo, e o álcool é relacionado à perda de controle pessoal e da capacidade de diferenciar o bem do mal. Mas nada no texto bíblico proíbe o consumo”, diz Marc Zvi Brettler, consultado pelos jornalistas para a matéria.
A reportagem fala ainda sobre as proibições em torno do sexo, recomendações a respeito de finanças e empréstimos a terceiros, e sobre saúde e educação.
-Ao longo da infância, os pais têm a obrigação de repassar a eles a palavra de Javé. Já o Novo Testamento é mais pedagógico, digamos assim: enfatiza a educação pelo bom exemplo dos pais – comenta a reportagem, a respeito das recomendações bíblicas.
O texto da reportagem sugere ainda que o rei Davi e seu amigo Jonatã tenham mantido relações homossexuais: “O amor entre homens era punido com a morte — a não ser que você fosse o rei Davi. Os livros Samuel I e Samuel II contam a história da amizade entre ele e Jonatã, filho do rei Saul, antecessor de Davi e candidato natural ao trono de Israel. Davi acaba escolhido para a sucessão, mas isso não abala o relacionamento dos dois. Está escrito: “A alma de Jonatã se ligou com a alma de Davi. E Jonatã o amou, como à sua própria alma” (Samuel I). Em outra passagem, Jonatã tira todas as roupas, entrega a Davi e se deita com ele. ‘E inclinou-se três vezes, e beijaram-se um ao outro’ (Samuel I)”, afirmam os jornalistas.
A matéria cita ainda um comentário do historiador finladês Martii Nissinem, da Universidade de Helsinki e escritor: “Esse relato incomoda os intérpretes tradicionais da Bíblia, que tentam explicar a relação como uma forte amizade, e o beijo como um costume comum entre homens. Mas é difícil negar a referência à homossexualidade nesse caso, mesmo que a lei judaica a proíba expressamente”, diz o historiador, autor do livro “Homoeroticism in the Biblical World (Homoerotismo no Mundo Bíblico, em tradução livre para o português)”.
Confira abaixo, os principais trechos da matéria:
Maridos e esposas
O Velho Testamento deixa claro que as mulheres deveriam ser funcionárias de seus maridos, com deveres e direitos. Se uma esposa fosse “demitida” pelo parceiro, por exemplo, ela podia ganhar uma carta de recomendação, para a moça utilizá-la como trunfo na hora de tentar uma vaga de mulher de outro sujeito.
A poligamia era regra. Tanto que o primeiro caso aparece logo no capítulo 4 do primeiro livro da Bíblia: “E tomou Lameque para si duas mulheres” (Gênesis). A situação era tão comum que vários dos personagens mais importantes do Antigo Testamento viviam com mais de uma esposa sob o mesmo teto. [...] Nunca na história do Livro Sagrado houve maior predador matrimonial que Salomão, o rei: foram 700 esposas. Setecentas de papel passado, já que o sábio soberano ainda mantinha 300 concubinas.
O Novo Testamento não cita tantos exemplos de poligamia, mas sugere que ela ainda era comum no século 1. Jesus não toca no assunto, mas, em duas cartas, são Paulo recomenda que os líderes da nova comunidade cristã tivessem apenas uma esposa porque “assim eles teriam mais tempo para dedicar aos fiéis”.
“O cristianismo só refuta a poligamia quando se aproxima do poder em Roma, que proibia essa prática”, afirma o historiador Marc Zvi Brettler. Como escreve santo Agostinho no século 5, “em nosso tempo, e de acordo com o costume romano, não é mais permitido tomar outra esposa”.
“As mulheres sejam submissas a seus maridos.”
(Colossenses, 3, 18)
Sexo
Uma série de regras estabelece como deve ser a vida sexual: toda mulher tem de se casar virgem, ou então poderá ser dispensada pelo marido.
As leis sexuais eram bem abrangentes: “Quem tiver relações com um animal deve ser morto”, diz o Êxodo. E a masturbação também não pode. Como diz o sutil são Paulo: “A mulher não pode dispor de seu corpo: ele pertence ao marido. E o marido não pode dispor de seu corpo: ele pertence à esposa.”
“O sexo na Bíblia é cheio de contradições”, diz o arqueólogo Michael Coogan, autor de God and Sex (Deus e o Sexo). “É de se desconfiar que fossem realmente levados a sério naquela época.”
“E possuiu também a Raquel, e amou também a Raquel mais do que a Lia.” (Gênesis, 29, 30)
Negócios e finanças
A cobrança de juros é proibida. As ordens se repetem ao longo da Bíblia, sempre em tom firme: “Não tomarás deles juros nem ganho” (Levítico). [...] Mas existe uma exceção: nos casos em que o empréstimo é concedido a um não judeu (“um estranho”, nas palavras de Deuterônimo) é permitido praticar a usura. Até por isso os judeus se tornaram os grandes banqueiros da Idade Média.
Se o Livro Sagrado proíbe a cobrança de juros, mas só entre judeus, o mesmo vale para a escravidão. Você pode ter escravos, contanto que “sejam das nações que estão ao redor de vós; deles comprareis escravos e escravas”, diz o Levítico.
“Ao estranho, emprestarás com juros.” (Deuteronômio 23:20)
Marvado vinho
O álcool nem sempre foi consumido com moderação na Bíblia. A palavra “vinho” é citada mais de 200 vezes, e os porres são frequentes: Noé é embebedado pelas filhas, e Amnon, filho de Davi, está mais pra lá do que pra cá quando é assassinada por ordem de seu irmão Absalão — a interessar: foi pelo crime de ter estuprado a própria irmã, Tamar.
“Os sacerdotes são orientados a não beber antes de entrar no tempo, e o álcool é relacionado à perda de controle pessoal e da capacidade de diferenciar o bem do mal. Mas nada no texto bíblico proíbe o consumo”, diz o historiador Marc Zvi Brettler.
O álcool chega a ser recomendado para curar os males da alma. Está em provérbios: “Daí bebida forte ao que está prestes a perecer, e o vinho aos amargurados de espíritos”.
E tem o primeiro milagre de Jesus: transformar água em vinho — segundo o evangelista João, no melhor vinho da festa.
São Paulo vai mais além: recomenda a um discípulo, Timóteo, que troque a água pelo vinho.
“O chefe do serviço provou [o vinho que Jesus criara a partir da água] e falou com o noivo: ‘Tudo guardaste o melhor vinho até agora!’” (João 2, 7-10)
Saúde e educação
[...] Ao longo da infância, os pais têm a obrigação de repassar a eles a palavra de Javé. Já o Novo Testamento é mais pedagógico, digamos assim: enfatiza a educação pelo bom exemplo dos pais. [...] Quando não funcionar, o Antigo Testamento indica que um bastão flexível deve ser usado para bater nos desobedientes. O objeto tem até nome, vara da correção, e é indicado para qualquer situação em que o pai considere que a criança não seguiu suas instruções. “A vara e a repressão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesa envergonha a sua mãe” (Provérbios).
“O sacerdote examinará a praga na pele da carne; se o pelo na praga se tornou branco, (…) é praga de lepra; o sacerdote o examinará, e o declarará por imundo.” (Levítico 13:3).
Homossexualidade
O amor entre homens era punido com a morte — a não ser que você fosse o rei Davi. Os livros Samuel I e Samuel II contam a história da amizade entre ele e Jonatã, filho do rei Saul, antecessor de Davi e candidato natural ao trono de Israel. Davi acaba escolhido para a sucessão, mas isso não abala o relacionamento dos dois. Está escrito: “A alma de Jonatã se ligou com a alma de Davi. E Jonatã o amou, como à sua própria alma” (Samuel I).
Em outra passagem, Jonatã tira todas as roupas, entrega a Davi e se deita com ele. “E inclinou-se três vezes, e beijaram-se um ao outro” (Samuel I). “Esse relato incomoda os intérpretes tradicionais da Bíblia, que tentam explicar a relação como uma forte amizade, e o beijo como um costume comum entre homens”, diz o historiador finlandês Martii Nissinem, da Universidade de Helsinki e autor de Homoeroticism in the Biblical World (Homoerotismo no Mundo Bíblico). “Mas é difícil negar a referência à homossexualidade nesse caso, mesmo que a lei judaica a proíba expressamente.”
Para alguns especialistas, o Antigo Testamento também sugere um relacionamento homossexual entre duas mulheres, Noemi e sua nora Rute. Está no livro de Rute um trecho em que ela diz a Noemi: “Aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que pousares, ali pousarei eu. Onde quer que morreres morrerei eu, e ali serei sepultada”.
“Estou angustiado por causa de ti, Jonatã. Mais maravilhoso me era teu amor do que o amor das mulheres.” (Samuel II 1, 26).
Sacrifício
Muito sangue jorra na Bíblia. Abraão é orientado a sacrificar seu próprio filho Isaac a Javé — e teria obedecido, caso um anjo não aparecesse no ultimo minuto dizendo ser tudo um teste para sua fé. Além disso, durante os 40 dias em que Abraão detalha suas regras ao patriarca, Deus exige uma série de sacrifícios de animais.
Os rituais são descritos com grande riqueza de detalhes. Moisés manda matar e drenar 12 bois. O sangue é colocado numa tina. Metade é lançada no altar e o resto sobre a multidão. Carneiros abatidos são esfregados no corpo de fiéis, que seguram seus rinas nas mãos para oferecê-los a Javé. Pedaços de bichos são queimados sobre o altar. Era uma forma de trocar favores com os deuses.
“O sangue é o maior símbolo da vida. Ao usá-lo em rituais, os fiéis reforçam seu vínculo com a divindade e se purificam”, diz Richard Friedman. [...] ”Na interpretação cristã posterior, o próprio Jesus é considerado o sacrifício final, que limpa os pecados da humanidade de forma definitiva, o que dispensa a morte de animais.”
“Derramar-se-a seu sangue me volta do altar. Será oferecida a cauda, a gordura que cobre as entranhas. Os dois rins e a pelo que recobre o fígado.” (Levítico 7, 2-4).
Crime e castigo
Sequestro, adultério, homossexualidade, prostituição…. Tudo dava pena de morte. Até fazer sexo com uma virgem poderia custar a vida do “criminoso”. Adorar outros deuses também trazia problemas sérios. Moisés mandou matar 3 mil judeus por causa disso.
O Levítico também manda matar prostitutas a pedradas. Não caso de a moça ser filha de um sacerdote, a punição é pior: “Com fogo será queimada”.
Em geral, a pena de morte por apedrejamento não precisava ser julgada pelos sacerdotes. A maioria dos crimes recebia punição na hora, diante de um grupo de pessoas que presenciaram a cena ou que estavam por perto da cena do crime.
O Antigo Testamento estabelece que toda mulher menstruada é tão impura que até mesmo os lugares onde ela senta devem ser evitados. Se um homem encostar na esposa, na mãe ou na irmã nesse período do mês, ele não pode sair de casa por sete dias. E, se o fizer, pode ter de pagar uma multa.
Como o Antigo Testamento não aceita o aborto, é crime provocá-lo, mesmo que por acidente, mas a pena depende da gravidade da situação.
Em caso de roubo e furto ou qualquer outro prejuízo ao patrimônio alheio, a pena é o pagamento de 4 vezes o valor do bem que foi levado ou destruído. Se a pessoa que cometeu a infração não tivesse condições de pagar, podia ser vendida como escrava.
“Quando houver moça virgem, desposada, e um homem a achar na cidade, e se deitar com ela, então trarei ambos à porta daquela cidade, e os apedrejareis, até que morram.” (Deuteronômio 22:23-24)
VIA GRITOS DE ALERTA.
INF.  G+

Pastor afirma que evangélicos não votam em candidatos evangélicos por receio de “atos que desabonem a conduta cristã”. Leia na íntegra


Pastor afirma que evangélicos não votam em candidatos evangélicos por receio de “atos que desabonem a conduta cristã”. Leia na íntegraO envolvimento de cristãos com a política tem se tornado algo cada vez mais frequente e amplo, com representantes de diversas denominações em diferentes esferas políticas.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O pastor Wilson Dantas, que é filiado ao Partido Social Cristão (PSC) concedeu entrevista sobre o assunto e afirmou que diversos fatores levam o eleitorado evangélico a não votar em candidatos evangélicos.
Entre as questões apontadas por Dantas, estão desde a cultura difundida em muitas igrejas de que crente não se envolve com política, até a casos de corrupção envolvendo lideranças evangélicas que enriqueceram de forma ilícita.
Wilson Dantas afirmou que “a cultura de evangélicos votarem em evangélicos não é bem aceita” porque “muitos pensam que se votar em evangélicos eles tomariam um rumo diferente quando eleitos e até se envolveriam em atos que desabonem a conduta cristã”.
Sobre a questão de candidatos evangélicos se promoverem através das igrejas, Dantas foi enfático: “o púlpito não é um palanque, é um lugar onde as pessoas ouvem a palavra de Deus e se trata de assuntos de interesse da igreja. Agora, usar o púlpito como palanque, eu também não acho correto”.
O pastor, que foi candidato a deputado mas não conseguiu se eleger, afirma que entre as igrejas, há uma tendência de se alinhar à candidatos de direita, e relaciona isso aos ensinos bíblicos: “Houve uma tendência direitista dominante sim entre os evangélicos, até por preceitos bíblicos, como em Romanos 13 onde diz que toda alma deve estar sujeita a toda autoridade. Isso não quer dizer subserviência”, e emenda, dizendo que “a igreja evangélica nunca foi incitada a liderar movimentos revolucionários esquerdistas, tal como acontece com a igreja católica”.
Confira abaixo a íntegra da entrevista do pastor Wilson Dantas ao Imperatriz Notícias:
Evangélicos votam em evangélicos?

A cultura de evangélicos votarem em evangélicos não é bem aceita, principalmente no Brasil. Nós ainda temos muita dificuldade. Dentro da igreja da igreja que eu pertenço, da Assembleia de Deus, fomos ensinados pelos líderes pioneiros para que os crentes não se envolvessem com a política. Até porque eles eram estrangeiros, oriundos da América do Norte, e por isso poderiam ser mal vistos pelas autoridades brasileiras, o que poderia atrapalhar o trabalho de missões que eles queriam desenvolver aqui. Ainda muitos pensam que se votar em evangélicos eles tomariam um rumo diferente quando eleitos e até se envolveriam em atos que desabonem a conduta cristã. Há uma orientação por parte da convenção, liderança maior das igrejas, para que a gente venha a trabalhar esta ideia de forma mais enfática. A gente já percebe uma certa mudança, mas ainda enfrentamos resistência e não são pequenas.
Você concorda que os pastores e pregadores que ocupam cargos políticos hoje, conseguiram se eleger por utilizar o púlpito das igrejas como palanque?

Não. Utilizando o púlpito como palanque, não. Agora, fazendo bom uso da popularidade e da mídia que frequentam, sim. Se eles se elegeram é por que fizeram bom uso e conseguiram massificar a sua marca, fazer-se acreditar por suas pregações e com certeza deixaram nos eleitores uma imagem de que, chegando na política, poderiam representá-los bem. A questão de púlpito como palanque é relativa, por exemplo, os presidentes de associações de moradores fazem das associações seus palanques, os empresários fazem isso de suas empresas também. Então o púlpito não é um palanque, é um lugar onde as pessoas ouvem a palavra de Deus e se trata de assuntos de interesse da igreja. Agora, usar o púlpito como palanque, eu também não acho correto.
Mas, para a sua candidatura a deputado estadual em 2007, houve um plebiscito nas igrejas que fazem parte da Comadesma para decidir o candidato que a Igreja Assembleia de Deus iria apoiar. Você não acha que isto foi injusto com outros possíveis candidatos, já que a igreja estava direcionando a opinião do eleitor evangélico e utilizando a influência dos pastores no púlpito?

O fato de a igreja orientar um candidato ou fazer uma prévia entre si para lançar um nome entre os seus, não significa tolher a opinião de ninguém, até por que, na hora do voto o eleitor tem a soberania de escolher em quem vai votar. O que a igreja tentou fazer no plebiscito em que eu participei foi deixar os pastores indicarem alguém em que eles acreditassem que iria representar as suas ideias. Só quem pôde achar isto injusto foi quem não foi indicado na prévia, e ninguém deixou de se candidatar por causa disso.
Mesmo vencendo nas prévias e com o apoio de muitos pastores, você não conseguiu voto suficiente para se eleger deputado estadual em 2007. Você se sentiu traído pelos evangélicos?

Não diria traído, eu posso ter sido vitimado pelo pouco grau de conscientização política do povo evangélico. Mas cada um é livre para votar em quem quiser. Nós tivemos muita resistência, e uma das maiores foi a ligação intrínseca que muitas igrejas tem com as prefeituras. Nós chegávamos aos lugares para pedir voto e o pastor dizia assim: “Olha, aqui tem muita gente que é funcionária da prefeitura”. Então a gente ia, o povo prometia o voto, mas depois o prefeito da cidade chegava lá e dizia: “Eu quero que votem no meu candidato por que vocês são meus funcionários”. E ninguém queria arriscar o emprego pra votar num candidato da igreja. Ainda assim tive dez mil quatrocentos e quatorze votos, mas precisava de mais de 20 mil para ser eleito no meu partido, por que a legenda era mais alta (PMDB).
Alguns estudiosos dizem que os evangélicos formam uma “nova direita”, já que por muitas eleições os votos foram mais para candidatos direitistas. Um exemplo que disso foi a eleição de 1989, quando a grande maioria dos evangélicos votou em Fernando Collor e houve campanha contra Luís Inácio Lula da Silva nas igrejas. Você concorda que ainda há esta tendência?

Houve uma tendência direitista dominante sim entre os evangélicos, até por preceitos bíblicos, como em Romanos 13 onde diz que toda alma deve estar sujeita a toda autoridade. Isso não quer dizer subserviência. Sujeição significa respeito. A tendência direitista existe até por conta de alguns líderes. Na época da eleição entre Lula e Collor de Melo, em 89, foi a primeira eleição em que eu votei, inclusive, se dizia entre os crentes que o Fernando Collor era o “salvador da pátria” e o Lula era a própria figura do “Anticristo”. Tinha ainda ensinamentos dentro da igreja que aquela estrela vermelha do PT estava ligada às raízes do comunismo. Por conta de tudo isso Lula não foi bem visto pelos evangélicos nem na primeira, nem na segunda e nem na terceira vez em que se candidatou. Agora, quando Lula conseguiu o primeiro mandato ele conseguiu muito voto de evangélico, e para o segundo mandato grande parte migrou para ele. Mas ainda hoje há esse pensamento centro-direitista entre os evangélicos. Até por que a igreja evangélica nunca foi incitada a liderar movimentos revolucionários esquerdistas, tal como acontece com a igreja católica.
Você já foi vice-prefeito por um mandato na cidade de Amarante-MA (a 150 quilômetros de Imperatriz). Dentro desta vivência na política, você sofreu alguma tentativa de corrupção?

A corrupção não tenta só os evangélicos, tenta seres humanos, que são vulneráveis a ela. A própria Bíblia diz e mostra em textos claros dizendo: “O suborno não aceitarás; não torcerás o direito; não dirás o amargo é doce e o doce é amargo”, etc. Então se já há esta previsão na Bíblia, que é o livro dos livros, é pra que na verdade todo mundo venha a se precaver. É uma tentação que existe no meio político que não segrega e nem isenta ninguém por ser evangélico ou não ser. Não. Nunca sofri com isso, até porque o cargo que eu ocupei, de vice-prefeito, era mais representativo que administrativo. Por isso não era alvo de tentativas de suborno.
O bispo Marcelo Crivela foi colocado no posto de Ministro da Pesca. Uma de suas primeiras declarações foi que não sabia se quer colocar a isca no anzol para pescar. Muitos críticos da política afirmaram que a colocação de Crivela no cargo foi por ele ser evangélico e que a presidenta estaria querendo, com isso, ganhar mais apoio da bancada evangélica no legislativo. Você concorda com a distribuição de ministérios utilizando estes critérios?

Não. Não concordo com alguém ser colocado num ministério apenas por ser evangélico ou por não ser, até por que apesar de ser um cargo político, assessor direto da presidência da república, é um cargo que vai ajudar a “gestoriar” o país e deve ser ocupado por quem está capacitado. Por sinal, não posso afirmar que tenha tido uma ligação direta como esse episódio, mas poucos dias antes da nomeação de Crivella, houve uma fala do Secretário Geral da presidência da república, Gilberto Carvalho, dizendo que a principal batalha do PT seria contra os evangélicos no país, por que eles eram contra as suas opiniões e os seus fundamentos. E como uma resposta a esta fala absolutamente infeliz de Gilberto Carvalho, a presidenta Dilma dá uma nomeação destas, que mostra que o pensamento dela não foi aquele capitaneado pelo chefe do governo. Eu acho que tem tudo haver com uma composição política. E digo mais: se dar um ministério para os evangélicos é uma forma de contemplar, eu diria que um ministério seria pouco para a grande parcela de evangélicos que existe no país hoje, da forma como nós contribuímos para o bem estar da nação.
Nos últimos meses houve alguns escândalos na mídia envolvendo pastores líderes de igreja. As denúncias versam sobre: sonegação de impostos, uso do dinheiro dos fiéis para enriquecimento próprio. O senhor acredita que isto pode afetar a imagem dos pastores evangélicos que pretendem se candidatar nas eleições deste ano?

A onda de “denuncismo” existe hoje na política, principalmente quando alguém se projeta. Quem sai no sol está sujeito a, no mínimo, ser queimado pelos raios ultravioletas. Não quero aqui defender, por que eu acho que quem agiu de forma errada, quem enriqueceu ilicitamente, se é que isso aconteceu, deve responder por isso na justiça, independentemente da posição social, eclesiástica ou política. De forma geral, isso é massificado na mídia e não deixa de ter uma influência negativa sobre os evangélicos. E há uma campanha por parte da mídia e dos políticos profissionais para a não inserção de evangélicos na política, na intenção de anular a imensa maioria de evangélicos que são verdadeiros e honestos. Afeta sim, mas é como uma massa fermentada que quanto mais bate, mais cresce. Ou seja, a avalanche da migração de evangélicos para a política, ninguém vai barrar.
Fonte: Gospel+

Vaticano diz que escândalo de corrupção abala confiança na Igreja

Os documentos vazados denunciam corrupção no relacionamento financeiro entre a Igreja e empresas italianas.

O Vaticano negou na segunda-feira, em meio à maior crise no pontificado de Bento 16, notícias de que cardeais seriam suspeitos em uma investigação sobre o vazamento de documentos, num caso que já levou à prisão do mordomo do papa.

De acordo com a imprensa italiana, o mordomo Paolo Gabriele era apenas um "leva-e-traz" numa disputa de poderes na Santa Sé. O escândalo estourou na semana passada, quando o chefe do banco do Vaticano foi repentinamente demitido, o mordomo foi detido por acusações de furto de documentos, e foi publicado um livro apontando conspirações entre os cardeais.

Os documentos vazados para os jornalistas denunciam corrupção no vasto relacionamento financeiro entre a Igreja e empresas italianas.

Embora negando a veracidade dos relatos, o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, disse numa entrevista coletiva que "isso é naturalmente algo que pode afetar a Igreja, e testar a confiança nela e na Santa Sé".

Lombardi negou que "qualquer cardeal, italiano ou não, seja suspeito". Ele acrescentou que o papa está sendo informado do assunto, e que "continua no seu caminho de serenidade, na sua posição de fé e moral que está acima da refrega".

Carlo Fusco, advogado do mordomo, disse que ele está "muito sereno e tranquilo", e que pretende colaborar com as investigações.

BODE EXPIATÓRIO
Uma fonte anônima e responsável pelo vazamento de alguns documentos disse ao jornal italiano "La Reppublica" que o mordomo está sendo usado como bode expiatório, porque a Igreja não ousa implicar os cardeais responsáveis pelos vazamentos.

"Há vazadores entre os cardeais, mas o Secretariado de Estado não podia dizer isso, então prenderam o servidor, Paolo, que estava só entregando as cartas em nome de outros".

Ao "La Stampa", o responsável por um dos vazamentos afirmou que o objetivo das denúncias é ajudar o papa a erradicar a corrupção.

O Secretariado de Estado, órgão administrativo do Vaticano, é comandado pelo cardeal Tarcisio Bertone, poderoso braço-direito do papa, e o escândalo parece envolver uma disputa de poder entre seus aliados e inimigos, evocando as conspirações renascentistas na Santa Sé.

Fonte: Folha.com

MP do Mato Grosso não encontra irregularidades nas fazendas de Valdemiro Santiago

O caso será transferido ao Ministério Público de São Paulo por ser onde está a sede da Igreja Mundial do Poder de Deus, da qual Valdemiro Santiago (foto) é líder.

O Ministério Público Estadual de São Paulo vai passar a investigar a compra de fazendas pelo apóstolo Valdemiro Santiago depois que o procurador-geral de Justiça, Marcelo Ferra, encaminhou o caso para o MPE-SP.

O Ministério Publico Federal do Mato Grosso estava realizando essas investigações, mas como não foram encontrados danos à União os autos foram encaminhados para o MPE paulista já que a sede da Igreja Mundial do Poder de Deus está situada no Estado de São Paulo.

Desde que o programa Domingo Espetacular da Rede Record denunciou a compra de fazendas na região de Santo Antônio do Leverger, Valdemiro Santiago passou a ser investigado já que nas denúncias há indícios de que o dinheiro usado na compra dessas terras saiu dos cofres da igreja, ou seja, dinheiro doado pelo fiéis para outros fins que não o enriquecimento pessoal.

Resta ao MPE-SP encontrar irregularidades nessa aquisição já que o Ministério Público Federal não conseguiu encontrar lesão à União nem sonegação de impostos. Se a instituição de São Paulo conseguir encontrar indícios desses crimes o caso voltará para o Ministério Público Federal.

Fonte: Cenário MT

O PADRE QUE COSPE FOGO . EU PENSEI QUE JÁ TINHA VISTO DE TUDO

Um padre britânico desenvolveu uma técnica inusitada para atrair fiéis: ele cospe fogo durante a missa.
Na missa de Pentecostes, na Igreja de St. James em Cheltenham, região sudoeste da Inglaterra, Nick Davies revelou a novidade aos cerca de 150 presentes. Assista ao vídeo.
O reverendo contou que tudo começou em churrascos com os amigos. Ele aprendeu o truque apenas para divertir as pessoas.
Mas, ele resolveu levar a brincadeira para a missa quando lembrou da história do dia de Pentecostes quando, de acordo com a Bíblia, os discípulos de Jesus estavam juntos quando sentiram a presença do Espírito Santo e apareceram o que pareciam ser línguas de fogo.
Para Davies, esta imagem da Bíblia é difícil de imaginar e, por isso, ele resolveu usar o truque com o fogo.
Padre cospe fogo durante missa para atrair fiéis no Reino Unido (Foto: BBC)
Padre cospe fogo durante missa para atrair fiéis no Reino Unido (Foto: BBC)
 
 
VIA GRITOS DE ALERTA.
INF. G1 /BBC

Amizade e Compaixão!

O Evangelho de Marcos nos mostra Jesus em ação, servindo, ensinando, sacrificando-se e salvando vidas. Diferentemente dos outros três evangelhos, o foco está sobre os atos de poder de Jesus como Filho de Deus.
Marcos não era um dos doze apóstolos, mas foi companheiro de Paulo em viagens missionárias.
Em uma das viagens de Jesus para curar doentes, confrontar demônios, alimentar grandes multidões, dedicar tempo ás pessoas marginalizadas Ele retorna a Cafarnaum, e uma grande multidão se formou.
Os amigos de um paralítico identificaram e se compadeceram dele. E numa atitude de fé, pois acreditavam que somente Jesus poderia curá-lo, levaram o doente até Jesus.
Que exemplo prático de fé e solidariedade!
A Bíblila nos relata em Mc 2 (1-12) que Jesus, vendo-lhes tamanha fé, disse ao paralítico: Filho, perdoados estão os teus pecados. Levanta-te, toma o teu leito e anda.
Tremendo!
Fico imaginando a cena.. aqueles homens articulando uma forma de chegar até Jesus, uma vez que a entrada estava cercada por uma grande multidão, Naquela época, as casas eram feitas de pedra. Tinham telhados planos, feitos de barro, misturado a palha. Escadas externas davam acesso ao telhado. Aqueles amigos carregavam o paralitico pela escada até o telhado, então removeram a mistura de barro e palha o suficiente para descer o amigo até a presença de Jesus.
Por quê?? Eles acreditavam que Jesus poderia curá-lo.


Será que temos sido sensíveis ás necessidades do próximo?
Quem é o nosso próximo?? Com certeza não são somente aqueles do nosso círculo de amigos ou parentes.
O próximo a quem Jesus se referia são os que choram, os que estão afastados de Deus, os que precisam de uma ajuda, de uma Palavra.
Estamos tão centrados em nossos problemas, nas circunstâncias que não enxergamos mais nada a nossa volta.
Que tipo de Cristãos temos sido?
A Igreja não é um lugar de santos.
É um lugar de tratamento de doentes. Pessoas chegam ali muitas vezes literalmente carregadas.
Você faz parte do grupo que carregam os doentes?? Daqueles que são sedentos por almas, que não medem esforços para levar uma vida a Jesus?
Quem sabe você compartilha das mesmas opiniões daqueles que estão dentro da Igreja somente para criticar.Os Escribas, doutores da Lei questionaram Jesus: "Quem é esse que até perdoa pecados"?





A Religiosidade tem afastado muitos de Jesus. Os críticos são incapazes de amar. Tem por objetivo acabar com a Unidade dentro da Igreja.
Ainda existem os que estão na Igreja só para assistir. São os curiosos.
Uma multidão queria ver Jesus Mc 2: 2, mas será que no meio daquele povo quantos acreditavam realmente que Ele era o Filho de Deus?
Espero sinceramente que possamos refletir..pois em vários momentos podemos nos pegar agindo de forma
bisbilhoteira, crítica e sem amor com nossos irmãos na fé e com aqueles que ainda não conhecem a mensagem da Cruz.
Que possamos se Agentes da Graça. Deixe-se comover pelas necessidades humanas e tenha atos de compaixão.
Jesus ainda perdoa pecados.
Ele restaura vidas. Transforma os corações.
Ele cura.
Tudo isso para que possamos dar frutos. Sermos alcançados por Ele, sarados e alcançarmos também outras vidas.
Deus te abençoe!!!


Andréa Moraes.
conheça o blog da Andréia.
http://barnabelas.blogspot.com.br

Mercado bilionário da música gospel volta a ser tema em revista de circulação nacional


A música cristã voltou a ser tema em revista de circulação nacional. Depois de matéria na revista Veja da última semana, que falou sobre o Festival Promessas e de como a “música gospel” movimenta um mercado anual de R$ 1,5 bilhão, a revista IstoÉ falou sobre a vida de cantores e cantoras que se dividem entre a fama e a vida religiosa.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Mercado bilionário da música gospel volta a ser tema em revista de circulação nacionalRetratando a vida de celebridades como o padre Fábio de Melo e a pastora Aline Barros, reportagem afirma que “nomes como Aline Barros, Ana Paula Valadão e Regis Danese são verdadeiras potências capazes de arrastar centenas de milhares de pessoas a shows, cruzar barreiras religiosas e vender milhões de discos e DVDs”.
A revista destacou também que “para os evangélicos, pirataria é roubo e roubo é pecado”, frase dita por Regis Danese, e afirma que essa visão faz com que as perdas para a pirataria de gravadoras especializadas nesse mercado não passam de 15% do faturamento, enquanto para as outras o percentual pode chegar a até 60%.
Com entrevistas de cinco grandes nomes da música religiosa (os padres Fábio de Melo Marcelo Rossi, Aline Barros, Regis Danese e Ana Paula Valadão), a matéria destacou detalhes das vidas desses artistas e falou de como eles conciliam a vida religiosa com a badalação de serem celebridades.
O padre Fábio de Melo divide seu tempo entre a vida reclusa em um sítio no interior de São Paulo e seus mais 100 shows anuais, além de pelo menos um lançamento de CD ou DVD por ano. O padre Marcelo Rossi também é destacado, com suas vendas estrondosas, como seu último livro, que já vendeu 8 milhões de cópias.
Entre os evangélicos, a IstoÉ destacou a pastora, cantora e escritora Aline Barros. Considerada um fenômeno no mercado fonográfico, ela já vendeu cerca de seis milhões de cópias e ganhou quatro Grammys latinos. Outro expoente feminino no mercado gospel destacado é Ana Paula Valadão, vocalista da banda Diante do Trono, que existe há 15 anos e já vendeu mais de dez milhões de discos. As duas cantoras afirmam dividir seu tempo entre os palcos e cultos e o cuidado com a família e os filhos.
Conhecido nacionalmente por causa de seu mega sucesso “Faz um Milagre em Mim”, Regis Danese foi lembrado pela revista por sua música ser considerada pela indústria fonográfica evangélica como a responsável por romper importantes barreiras, sendo tocada em rádios laicas e regravadas por inúmeros artistas. Ex-integrante do grupo de pagode Só Pra Contrariar, Regis tenta conciliar a vida com a família com as 8 apresentações que costuma fazer por mês, ele conta que já chegou a fazer 3 shows por noite.
“Divididos entre religião e carreira, família e viagens, missas e shows, esses campeões de vendas se desdobram para equilibrar o divino e o mundano no dia a dia”, definiu a revista.
Fonte: Gospel+

Lista dos melhores perfis do Twitter destaca personalidades evangélicas

Lista dos melhores perfis do Twitter destaca personalidades evangélicas
O site TweetRank mostra algumas personalidades evangélicas na lista dos Melhores do Twitter no Brasil. Não só o número de seguidores conta como também a quantidade de posts e de referências feitas pelos usuários.
O cantor André Valadão é o primeiro evangélico a aparecer nessa lista ocupando a 28º posição. Ele tem 398.322 seguidores, segue 79 pessoas e já escreveu mais de 32 mil mensagens no microblog.
Mariana Valadão também aparece na lista, é a segunda dos cantores evangélicos ocupando a 58º posição do TweetRank. A caçula da família Valadão tem 275.449 seguidores, 339 amigos e escreveu mais de 20 mil tuites.
No 59º lugar está Perlla, a cantora anunciou recentemente que abandonou a música secular para se tornar cantora gospel, conquistou uma nova multidão de fãs e tem 169.216 seguidores no Twitter, 279 amigos e escreveu mais de 30 mil mensagens.
A cantora Fernanda Brum também aparece na lista, ela ocupa o 90º lugar mesmo tendo 398.079 seguidores no microblog. A média ficou abaixo dos outros cantores porque a pastora escreve pouco na rede social, tem apenas 15.624 mensagens em seu Twitter oficial.
A apresentadora do programa Bom Dia e Cia, Priscila Alcântara, que também é cantora gospel aparece na 99ª posição, a jovem tem 134.854 seguidores, segue 295 pessoas e já escreveu mais de 22 mil mensagens.
Na 109ª posição do TweetRank dos Melhores do Twitter no Brasil está o pastor Marco Feliciano, que também é deputado federal, cantor e apresentador do programa Tempo de Avivamento. Feliciano tem mais de 100 mil seguidores, segue apenas 59 pessoas e já escreveu mais de 24 mil tuites em seu microblog.


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/lista-dos-melhores-perfis-do-twitter-destaca-personalidades-evangelicas/#ixzz1wGQ6YWWT

O RESSUSCITAR DA LÍNGUA ARAMAICA - A LÍNGUA FALADA POR JESUS

 


A oração do "Pai Nosso" em aramaico

Duas pequenas aldeias da comunidade cristã que habita em Israel estão ensinando aramaico, num ambicioso esforço para reviver a língua que Jesus falava, séculos depois de ela ter praticamente desaparecido do Médio Oriente.
O novo foco na língua dominante na região há 2 mil anos atrás conta com a pequena ajuda da tecnologia moderna: um canal de TV em língua aramaica transmitido a partir da Suécia, onde uma vibrante comunidade de imigrantes tem mantido viva esta língua.
Na aldeia palestiniana de Beit Jala, uma geração mais velha de pessoas que falam aramaico está tentando partilhar a língua com os seus netos. Beit Jala está ao lado de Belém, onde segundo o Novo Testamento o Messias Jesus nasceu.
Também na aldeia árabe israelita de Jish, situada nos montes da Galiléia, onde Jesus viveu e pregou, as crianças da escola primária estão a ser instruídas em aramaico. As crianças pertencem maioritariamente à comunidade cristã maronita. Os maronitas ainda declamam a sua liturgia em aramaico, mas poucos entendem as suas orações.
"Queremos falar a língua que Jesus falava" - disse Carla Hadad, uma menina de 10 anos de Jish, que constantemente movia os seus braços para responder às questões em aramaico feitas pela professora Mona Issa durante uma aula recente.
"Nós costumávamos falar esta língua há muito tempo atrás" - acrescentou, referindo-se aos seus ancestrais. Durante a aula, uma dezena de crianças pronunciaram uma oração cristã em aramaico. Aprenderam também as palavras "elefante", "como está?" e "montanha" em aramaico. Algumas crianças desenharam cuidadosamente letras aramaicas bastante pontiagudas.
O dialeto ensinado em Jish e Beit Jala é o "siríaco", que era falado pelos seus antepassados cristãos e que se assemelha ao dialecto galileu que Jesus teria usado, segundo a opinião de Steven Fassberg, um perito no aramaico na Universidade Hebraica de Jerusalém.
"Eles talvez se conseguissem compreender uns aos outros" - disse Fassberg.
80 crianças desde o 1º ao 5º graus estudam aramaico em Jish como matéria voluntária durante duas horas por semana. O Ministério da Educação de Israel providenciou fundos para acrescentar classes até ao 8º grau.
Alguns residentes de Jish fizeram lobby há alguns anos atrás para que realizassem estudos de aramaico - informou o porta voz Khatieb-Zuabi - mas a idéia encontrou resistência: os muçulmanos de Jish, preocuparam-se que essa fosse uma forma "encapotada" de aliciar as suas crianças para o cristianismo. Alguns cristãos objectaram, dizendo que a ênfase na sua língua ancestral estava sendo usada para os roubar da sua identidade árabe. A questão é sensível para muitos árabes muçulmanos e cristãos em Israel, que preferem ser identificados pela sua etnia e não pela sua fé religiosa.
Mais recentemente, Khatieb-Zuabi, um muçulmano secular de uma outra aldeia, conseguiu "vencer a causa":
"Esta é a nossa herança e cultura colectiva. Devemos celebrá-la e estudá-la" - afirmou o professor. E assim, segundo informações do Ministério da Educação, a Escola Primária de Jish tornou-se na única escola pública de Israel a ensinar aramaico.
Os seus esforços estão também espelhados na escola de Beit Jala, a Mar Afram, dirigida pela Igreja Ortodoxa Síria e localizada a escassos quilómetros da Praça da Manjedoura, em Belém.
Os sacerdotes têm ali ensinado a língua aramaica aos seus 320 alunos durante os últimos cinco anos. Cerca de 360 famílias na região descendem de refugiados de língua aramaica que nos anos 20 fugiram da região de Tur Abdin, naquilo que é hoje a Turquia.
O sacerdote Butros Nimeh informou que os anciãos ainda falam a língua, mas que a mesma se esvaiu entre as gerações mais novas. Nimeh disse que eles esperam que ao ensinarem a língua, as crianças venham a apreciar as suas raízes.
Apesar de tanto a Igreja Ortodoxa Síria como a Maronita cultuarem em aramaico, são dois grupos religiosos distintos.
Os Maronitas compõem a Igreja cristã dominante no vizinho Líbano, mas são apenas uns poucos milhares dentre os 210.000 cristãos que vivem na Terra Santa, Israel. Da mesma forma, os cristãos ortodoxos sírios não passam dos 2.000 na Terra Santa - informou Nimeh. No total, vivem em Israel cerca de 210 mil cristãos.
Ambas as escolas encontram inspiração e assistência num local inesperado: a Suécia. É lá, na Suécia que comunidades de fala aramaica oriundas do Médio Oriente estão a tentar manter viva a sua língua.
Ali eles publicam um jornal, o "Bahro Suryoyo", panfletos e livros infantis, incluindo "O Pequeno Príncipe" e mantêm uma estação de TV, a "Soryoyosat" - informou Arzu Alan, a representante da Federação Siríaca Aramaica da Suécia.
Há uma equipa de futebol aramaica também na Suécia. Estima-se entre 30 a 80 mil os que falam aramaico.
Para muitos cristãos maronitas e ortodoxos sírios que vivem em Israel, foi a estação de televisão em especial que lhes deu a primeira oportunidade de ouvirem a língua aramaica fora da igreja, desde há décadas. Ouvir a língua num contexto moderno inspirou-os a tentarem reviver a língua nas suas comunidades.
"Quando ouvimos (a língua), podemos falá-la" - disse Issa, a professora.
Os dialetos aramaicos foram falados na região desde há 2.500 anos atrás, até ao século 6º, quando o árabe, a língua falada pelos conquistadores muçulmanos da península arábica se tornou a língua dominante.
Alguma "ilhas" linguísticas sobreviveram: os maronitas agarraram-se à liturgia na língua aramaica, e o mesmo aconteceu com a Igreja ortodoxa síria. Os judeus curdos que viviam na ilha fluvial de Zakho falavam um dialeto aramaico chamado "Targum" até à sua fuga para Israel nos anos 50. Três aldeias cristãs na Síria ainda falam um dialecto aramaico.
Com poucas oportunidades para praticar a antiga língua, os professores em Jish têm acalmado as expectativas. Mas esperam poder pelo menos reviver uma compreensão da língua falada pelo Messias de Israel.
Shalom!
OREMOS POR ISRAEL.
VIA GRITOS DE ALERTA

PT , O PIOR ACIDENTE QUE ACONTECEU NO BRASIL

BASTOU O PT SER ELEITO PARA O CARGO MAJORITÁRIO NO BRASIL PARA VIVENCIARMOS TANTAS COISAS ERRADAS .

PT: os escândalos mancham a história da legenda


O partido que sempre empunhou a bandeira da lisura com a coisa pública tem se envolvido em um escândalo atrás do outro desde que chegou ao Planalto, em 2002. Nos últimos anos, o PT mostrou imensa destreza em associar política, corrupção e táticas de evasão. Um dos escândalos mais assombrosos protagonizados pela legenda foi revelado em 2005.

Pouco depois de VEJA ter publicado o conteúdo de uma fita em que Maurício Marinho, então chefe de departamento nos Correios, aparece recebendo propina de empresários em nome do presidente do PTB, Roberto Jefferson, o líder da sigla revelou em entrevista a um jornal a existência de um esquema de pagamento de propina a deputados da base aliada, conhecido como mensalão. Foi exposta ali a maior e a mais bem organizada quadrilha já descoberta agindo na estrutura de governo.
Como se sabe, entre os 40 acusados, nove tinham posição de destaque no PT. O deputado José Genoíno, processado por corrupção ativa e formação de quadrilha, era o presidente do partido. Além dele, foram denunciados o ex-tesoureiro Delúbio Soares, o ex-secretário Silvio Pereira, o ex-ministro Luiz Gushiken, o ex-deputado José Dirceu, Professor Luizinho e João Magno e os deputados João Paulo Cunha e Paulo Rocha.
Um ano mais tarde, o comitê de campanha do presidente Lula estremeceu quando uma investigação da Polícia Federal revelou que a turma do presidente arrecadou quase 2 milhões de reais de origem até hoje ignorada e usou o dinheiro para comprar um conjunto de documentos fajutos de um conhecido estelionatário. A poucas horas do primeiro turno da eleição presidencial de 2006, Lula amargou o dissabor de ver divulgadas as imagens que seus subordinados no governo tão cuidadosamente haviam conseguido esconder por duas semanas: as das pilhas de dólares e reais com que petistas pretendiam comprar o falso dossiê.
Lula conseguiu se reeleger, mas não se livrou dos escândalos. No final de 2006, VEJA mostrou que a Gamecorp, empresa de Fábio Luis da Silva, filho de Lula, recebeu 5,2 milhões de reais da Telemar. Em 2007, o PT seu último adeus à ética justamente para salvar da guilhotina o pescoço do ex-collorido Renan Calheiros, acusado de usar um lobista para pagar suas despesas pessoais. Renan acabou por renunciar à presidência do Senado ameaçado por acusações de crimes de corrupção, tráfico de influência, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, exploração de prestígio e sonegação fiscal.
Em 2010, VEJA revelou o esquema de desvio de recursos da Bancoop – que lesou milhares de associados para montar um esquema de desvio de dinheiro que abasteceu a campanha de Lula em 2002. O rombo provocado pelo desvio de recursos da Cooperativa Habitacional no escândalo que envolve integrantes do PT pode passar dos 100 milhões de reais. Como resultado, milhares de cooperados ficaram sem receber seus apartamentos. O caso segue sob investigação de uma CPI na

ALGUNS ESCÂNDALOS DO PT (E NADA ACONTECEU).
1) Correios
2) IRB
3) Portugal Telecom
4) Leão & Leão (República de Ribeirão)
5) Celso Daniel com morte de 7 testemunhas (até agora)
6) Interbrazil
7) Cartões de crédito corporativos da presidência
8)Farra com o fundo partidário
9) Daniel Dantas
10) Toninho da Barcelona
11) Toninho de Campinas
12) Duda Mendonça
13) Mensalão
14) Waldomiro Diniz
15) Fundos de pensão e o Marcelo Sereno
16) Gushiken
17) Gilberto Carvalho
18) Juscelino Dourado
19) José Dirceu
20) Delúbio
21) Roberto Teixeira
22) Bebedeiras do presidente
23) Aerolula
24) FARC
25) Baltazar (armas RJ)
26) Osasco
27) Foro de São Paulo
28) ONG Ágora
29) Miro Teixeira
30) INSS RJ
31) Palocci 1 e Palocci 2
32) Furnas
33) Paulo Okamoto e SEBRAE
34) Cueca dos dólares e João Adalberto
35) Firma do Lulinha
36) Citi
37) Luís Favre, aliás Felipe Belisario, contas no Caribe, esquema da
Martaxa, emprego no Duda 3 Severino
39) Jeany Mary Corner
40) Casa da Moeda e seu presidente
41) Ciro Gomes e seu secretário
42) Passeio da cadelinha Michelle em carro oficial
43) Passeio da Benedita da Silva em Buenos Aires
44) Trevisan
45) Manuel Dutra
46) Glenio Guedes
47) Anderson Adauto
48) Paulo Pimenta e o seu dossiê fajuto
49) Pororoca
50) David Messer
51) Boa idéia: Lula
52) Passeio de Boeing dos filhos do Lula
53) Marta e o esquema do lixo em São Paulo
54) Esquema do lixo em todas as demais prefeituras (Ribeirão, Matão…)
55) Esquema do Bingo
56) Esquema dos ônibus
57) Grana ilegal para o MST, UNE, UBES
58) FAT
59) BMG e o crédito consignado
60) Buratti
61) José Mentor e o abafa da CPI do Banestado
62) Acordo com o Maluf
63) Dinheiro do BNDES para O Globo
64) Reforma do apê do Gilberto Gil
65) Fundos exclusivos
66) Plataformas, gás natural da Petrobrás
67) Jacó Bittar
68) Marcos Valério, Banco Rural, valer
69) Aloisio Mecadante e o caixa 2
70) Olívio Dutra e o Bingo/Bicho no RS
71) Blindagem
72) Professor Luizinho e o Cohiba nas festas do Gran Bittar
73) Madeireiras do Pará, corrupção no IBMA e a Senadora Ana Júlia
74) Greenhalg, caso celso Daniel, caso Lubeca, indenizações milionárias
75) Hugo Werle e a madeira do MT
76) Roberto Marques, amigo do Zé Dirceu
77) Silvinho e o Land Rover
78) Genoíno
79) Najun Turner
80) Caso dos vampiros da saúde (Humberto Costa)
81) outdoors da Ideli Salvatti em SC
82) Henrique Pizzolato
83) Luiz Gonzaga da Silva (Gegê), acusado de homicídio
84) Ivan Guimarães e o Banco Popular
85) Estrela vermelha nos jardins do Alvorada
86) Morte por fome dos indiozinhos de Dourados (MS)
87) Festa com dinheiro público para comemorar a expulsão da Heloisa Helena
88) Compra do apê da ex-esposa do Dirceu
89) Intervenção ilegal na Saúde do RJ
90) Os 300.000 dos advogados do Delúbio e os honorários do Aristides Junqueira
91) Medalha Rio Branco para o Severino
3 anos atrás
92) Suspensão dos benefícios dos velhinhos acima de 80 pelo Berzoini
93) Dinheiro para a transoceânica no Peru e corte de verbas do Rodoanel de SP
94) Superfaturamento de contratos de patrocínio do esporte pelo BB
95) Caixa 2 de Tocantins e Márcia Barbosa
96) Uso indevido da CIDE dos combustíveis
97) Compra de votos no 1o turno da eleição para presidente do PT
98)Propina de Taiwan para a campanha do Lula
99) Compra do PL e José Alencar por 10 milhões no quarto ao lado do Lula.
100) Jóias presenteadas da D. Mariza Letícia
101) Violação de conta bancária do caseiro que desmentiu Antonio Palocci
102) Demissão de Antonio Palocci como Min da Fazenda por repetidas mentiras
ETC.
VIA GRITOS DE ALERTA.
INF. VEJA

HERANÇA MALDITA DE PARTIDOS POLITICOS QUE DESFAZEM LEIS E CRIAM ZONAS , MAS NÃO ELEITORAIS - Comissão de juristas aprova descriminalizar uso de drogas

A Comissão de juristas que prepara um anteprojeto com alterações no Código Penal aprovou nesta segunda-feira proposta que descriminaliza o uso de drogas. De acordo com o texto, que ainda depende de discussão do Congresso Nacional, não há crime se o agente “adquire, guarda, tem depósito, transporta ou traz consigo drogas para consumo pessoal”.
Atualmente, a lei brasileira considera o consumo de drogas crime de menor potencial ofensivo, com penas alternativas.
Segundo a proposta da comissão, a definição do consumo pessoal será feita pelo juiz, que deverá avaliar a natureza e quantidade da substância apreendida, a conduta, o local e as condições em que se desenvolveu a ação, bem como as circunstâncias sociais e pessoais do agente. Presumidamente, o uso pessoal da droga se caracterizará quando a quantidade apreendida for suficiente para o consumo médio individual por cinco dias, cuja quantificação será definida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
O texto aprovado pela comissão ainda descriminaliza o cultivo de plantas destinadas à preparação de drogas para consumo pessoal.
A avaliação se o cultivo é para uso pessoal ou para comércio de drogas será do juiz, que deverá analisar o caso concreto.
O consumo continuará qualificado como crime quando ocorrer na presença de crianças ou adolescentes ou nas proximidades de escolas e outros locais com concentração de crianças e adolescentes.
Hoje, o porte e consumo de drogas, de acordo com Lei aprovada em 2006, prevê penas de advertência, prestação de serviços ou comparecimento obrigatório a programa ou curso educativo. A proposta não faz distinção entre os tipos de drogas.




VIA GRITOS DE ALERTA.
INF. GLOBO

POLITICA BANDIDA OU POLITICO BANDIDO ? ISSO É ZOMBAR COM O POVO DO BRASIL. POLITICOS COVARDES E ...


O fim das prestações de contas
"Isso é zombar da sociedade. Foi literalmente
uma facada nas costas do povo brasileiro"
Em sessão deliberativa do dia 22 de maio na Câmara dos Deputados foi aprovado o Projeto de Lei nº 3.839, de 2012. Por essa proposta, a certidão de quitação eleitoral é concedida mediante a apresentação da prestação de contas, e não mais pela exigência da aprovação da prestação de contas.

.

Estranho a votação deste projeto de lei na forma como ocorreu, sem que os holofotes atentos da sociedade estivessem voltados para o Plenário e para as discussões do tema, que não foram absolutamente esgotadas. A votação da urgência da matéria foi nominal e a votação do mérito ocorreu em seguida de forma simbólica.

O que é que está acontecendo? Esta foi a pergunta que reverberou em minha mente ao longo desta última semana.

Concordo que haja aspectos da Lei da Ficha Limpa e do assunto em questão que precisam ser rediscutidos, como, por exemplo, a própria questão da prestação de contas. Afinal, não é mesmo possível, nem sequer justo, que uma prestação de contas que tenha sido rejeitada por questões técnicas e onde não tenha havido dolo, seja tratada como crime eleitoral.

Acontece que foi aberta uma vala comum. E nesta vala foram atirados todos aqueles que têm problemas com a Justiça Eleitoral, nas situações mais diversas. Agora, por outro lado, não é possível que, em nome da busca da correção deste equívoco, nós venhamos a cometer um equívoco ainda maior e que abramos as porteiras para que mesmo aqueles que tiverem as suas contas rejeitadas por identificação de crimes eleitorais configurados e comprovados sejam anistiados como se nada houvesse acontecido.
Isso é zombar de nós! É zombar daqueles que procuram fazer todas as coisas com correção e dentro dos preceitos da lei! É zombar da sociedade brasileira! Mais uma vez a sociedade engole em seco, e a imagem do Poder Legislativo é arranhada, arranhada em tempos áridos, em tempos secos, aliás, em tempos sequíssimos de CPMI do Cachoeira, no Congresso Nacional.
As reações negativas vieram de todos os seguimentos. E eu não me preocupo apenas e meramente com reações e repercussões, que respeito, mas também com o descompromisso aparente do Congresso com o combate àquilo que deve ser efetivamente combatido, como por exemplo a corrupção. Preocupo-me com o descompasso e o desalinhamento do Congresso Nacional com a sociedade.
Em entrevista ao jornal O Globo, o ministro Marco Aurélio de Mello, do Tribunal Superior Eleitoral e do Supremo Tribunal Federal, disse que a proposta acabou na prática com a prestação de contas, pois não haverá consequências para contas desaprovadas. Eu não me oporia ao debate aberto, franco e honesto a respeito desse tema. Isso é Parlamento! É legítimo! Oponho-me à maneira como as coisas foram feitas na ocasião a que me refiro na Câmara dos Deputados. Foi literalmente uma bolada nas costas do povo brasileiro.
Finalmente, evoco, com este sentimento de impotência e de frustração, a oração do Candango José Silva Guerra, escrita no dia 22 de abril de 1959, acima das lajes do salão verde da Câmara dos Deputados, e que lá ficou protegida e escondida ao longo de todos estes anos até no ano passado, quando a equipe de manutenção da Câmara fazendo seu trabalho no local a encontrou: "Que os homens de amanhã que aqui vierem tenham compaixão de nossos filhos e que a lei se cumpra".
Nós cometemos um equívoco!



Que Deus nos ajude! Que Deus abençoe o Brasil!
VIA GRITOS DE ALERTA

JOGO DOS INTERESSES - Ex-presidente 'plantava coisas falsas', diz Gilmar

O ministro do STF, Gilmar Mendes, disse na noite de ontem, em Manaus (AM), que decidiu revelar a conversa que teve com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva porque estava sendo alvo de informações 'plantadas' envolvendo sua relação com o senador Demóstenes Torres (ex-DEM, sem partido-GO).

'O que me fez crescer a convicção de que havia algo de errado foi a informação que me veio de pessoas confiáveis de que essas informações estavam sendo plantadas, inclusive com a participação do (ex) presidente. Aí me preocupou', disse Mendes, que participou de evento realizado pela Escola Superior de Magistratura do Amazonas. Ele repetiu, conforme sua versão, que se sentiu constrangido com o fato de Lula insistir no tema CPI do Cachoeira e fazer menção ao encontro com o senador em Berlim. 'Eu estranhei. Não era a relação que nós tínhamos há tantos anos. E era algo atípico. O (Nelson) Jobim estava presente e neste momento complementou: 'O que ele tá querendo dizer é que o deputado Protógenes (Queiroz) pode estar querendo levá-lo à CPI'. E eu ainda ironizei: 'A essa altura, com o que tem aparecido sobre o deputado Protógenes, ele está é precisando de proteção na CPI''.

O ministro garantiu que teve 'relação estritamente profissional' com Demóstenes, 'Quanto aos seus malfeitos, eu não tenho parte nisso.' Ele disse que denunciou a conversa com Lula para evitar qualquer tipo de 'abuso'.

'Não pode fonte oficial, um parlamentar, um ex-presidente da República, um ministro da Justiça, veicular coisas falsas, isso não pode ocorrer', afirmou.

QUER DIZER QUE SE NÃO FOSSE ALVO DESSAS INFORMAÇÕES O SENHOR TERIA FICADO CALADO SENHOR MINISTRO ?

O NEGOCIO É ACREDITAR SOMENTE EM DEUS.


GRITOS DE ALERTA.
INF. MSN

Sobe para oito número de mortos em terremoto na Itália

Um terremoto de 5,8 graus no nordeste da Itália matou oito pessoas e deixou dezenas de feridos nesta terça-feira, anunciou a polícia local.
Três pessoas morreram em San Felice de Panaro no desabamento de uma fábrica. Duas pessoas faleceram na cidade de Mirandola, uma em Concordia e outra em Finale, anunciou o capitão Salvatore Iannizzotto, da polícia de Modena.
A oitava vítima, o pároco da cidade de Rovereto di Novi, foi encontrada morta, mas a polícia não sabe se ele morreu de ataque cardíaco ou diretamente pelo terremoto.
O epicentro do tremor foi a região de Emilia-Romana.
O terremoto foi sentido no centro-norte da Itália, desde Bolzano, perto da fronteira com a Áustria, até Milão, passando por Bolonha e incluindo a Toscana, em Florença e Pisa, onde os prédios públicos foram esvaziados por precaução.
BUSCAS NOS ESCOMBROS
Os bombeiros estão buscando várias pessoas nos escombros de edifícios e fábricas dessas localidades.
O prefeito de uma das localidades mais afetadas, San Felice sul Panaro, Alberto Silvestri, declarou à emissora "Skytg24" que foram registrados vários mortos após a queda de uma fábrica, mas não precisou um número.
O tremor teve seu epicentro na província de Modena, região de Emilia Romagna, na mesma zona em que aconteceu o terremoto de 20 de maio, que deixou sete mortos, cerca de 50 feridos e mais de 5 mil evacuados.
Fontes do Instituto de Geofísica da Itália confirmaram que a magnitude do terremoto ficou entre 5,7 e 5,8 graus na escala Richter e a uma profundidade de 10 quilômetros, muito similar ao tremor de 5,9 graus de 20 de maio, embora de menor duração.
EDIFÍCIOS HISTÓRICOS
Esse sismo foi seguido por várias réplicas de menor intensidade, e foram reportados novos desmoronamentos de edifícios históricos e igrejas das zonas já afetadas pelo último tremor.
A imprensa italiana informou o desabamento da torre de San Felice sul Panaro, da basílica de San Francisco, em Mirandola, e de outras igrejas da zona.
O tremor foi sentido em todo o norte e o centro do país, nas regiões --além de Emilia Romagna - de Gênova, Lombardia, Piemonte, Vêneto e Toscana, e foram desalojados diversos edifícios públicos em cidades como Milão, Bolonha e Florença, onde não houve maiores problemas.
As autoridades ferroviárias da Itália suspenderam o trânsito de várias linhas na região para avaliar possíveis danos.

VIA GRITOS DE ALERTA.
INF. UOL

LOBO MAU NUNVA VAI VIRAR OVELHA - Gilmar Mendes confirma que conversou com Lula sobre mensalão


O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), confirmou nesta segunda-feira (28), em entrevista à TV Globo, que conversou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no fim de abril sobre a possibilidade de adiar o julgamento do processo do mensalão, suposto esquema de compra de apoio político no Congresso descoberto em 2005, início do governo Lula.

"Claro que houve a conversa sobre o mensalão e o ministro [Nelson] Jobim sabe disso", disse. Segundo reportagem deste final de semana da revista "Veja", o encontro ocorreu no dia 26 de abril no escritório do ex-ministro do STF Nelson Jobim. Na ocasião, segundo a revista, Lula teria feito pressão sobre Mendes, lhe oferecendo "blindagem" na CPI que investiga as relações políticas do bicheiro Carlinhos Cachoeira, em troca do adiamento do julgamento do mensalão.

Ele teria então mencionado uma viagem do ministro Gilmar Mendes a Berlim em que teria se encontrado com o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), supostamente paga pelo bicheiro - o que foi negado por Mendes.

Na entrevista, Mendes também confirmou que Lula teria lhe dito que o governo tinha "domínio" sobre a CPI. O assunto do mensalão, disse, começou quando falavam sobre futuras reposições de vagas do STF e sobre a PEC da Bengala, proposta que estende a idade de aposentadoria dos ministros.
"O presidente disse da importância do julgamento do mensalão de que, se possível, não se julgasse esse ano, que não haveria objetividade. Eu objetei então que não me parecia possível adiar esse julgamento, dada a repercussão, dada a possibilidade de dois colegas não mais participassem, colegas que participaram do recebimento da denúncia", afirmou, em referência aos ministros Cesar Peluzo e Ayres Britto, que devem se aposentar neste ano.

 
'Blindagem'
Questionado se Lula teria lhe oferecido "blindagem" na CPI, Mendes disse que "a questão não se coloca dessa forma". Ele disse que Lula falou sobre o "domínio que governo tinha sobre a CPMI". "Aí eu entendi, depreendi dessa conversa que ele estava inferindo que eu tinha algo a dever nessa matéria de CPMI".


Mendes disse que, nesse momento, falou ao ex-presidente que a relação com Demóstenes era de conhecimento e funcional. "Aí ele um pouco ficou assustado e disse: 'E não tem? E essa viagem de Berlim?". Mendes teria então esclarecido o encontro, dizendo que estava na cidade para visitar a filha, como relatado pela revista "Veja".

Mendes disse que se sentiu perplexo pela possibilidade de Lula usar informação, que classificou de "falsa" sobre suposta ligação com Cachoeira. "Eu me senti perplexo, porque a relação com o ex-presidente sempre foi muito franca, muito cordial", disse.

'Versão inverídica'Em nota publicada pela sua assessoria de imprensa, o ex-presidente Lula se disse que a versão sobre a conversa apresentada por "Veja" é inverídica. "A autonomia e independência do Judiciário e do Ministério Público sempre foram rigorosamente respeitadas nos seus dois mandatos [de Lula]. O comportamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o mesmo, agora que não ocupa nenhum cargo público".


O LULA MOLUSCO É AMIGO DO SIRI QUEIJO , E POR SE TRATAR DE QUEIJO DEVE ESTAR FEDENDO CHULÉ , E QUE FEDO DE CHULÉCORRUPÇÃO.

VIA GRITOS DE ALERTA.
INF G1 / INT. ABERTA

O QUE SIGNIFICA 5777--"LEI PERFEITA, LEI DA LIBERDADE"

(TG 2:8; 1:25)(ler -2 Co 3:16 a18)."SE CRISTO VOS LIBERTAR SEREIS VERDADEIRAMENTE LIVRES."(JO 8:36)-- Para que...