domingo, 22 de abril de 2012

FILHOS DO REI OU FILHOS DA SERPENTE ?


Numa coisa boa, todos querem participar. Todavia, nem todos querem pagar o custo da coisa boa. Quando Cristo estava curando os doentes e aleijados, alimentando os famintos com pão e peixe, ressuscitando os mortos e entrando triunfalmente como rei em Jerusalém, as multidões O acompanhavam com alegria e boa vontade. Todavia, na hora da necessidade, o seu amigo O traiu, outro O negou, as multidões pediram a sua morte, e poucas pessoas tiveram compaixão por Ele na morte. Por que? O custo de ser um verdadeiro Filho do Reino é muito alto.
Ainda é assim hoje com o Reino de Deus. Muitos querem aparecer como cidadão deste reino que figura um lugar tão abençoado na Bíblia pois Jesus é o seu Rei. Ter esperança de participar numa terra bonita onde não há crime, noite, morte e doença é chamativo; sonhar em morar com multidões de anjos, louvar e cantar e ter benefícios de comer da árvore da vida à vontade é fácil desejar. Todavia muitos se enganam pois pensam que lá não terão mais responsabilidades.
E não são poucos. Na passagem de Mateus 7.21-23, Jesus diz que há “muitos” pensando entrar no Reino de Deus, e com direito também, mas não entrarão. Na passagem de Mateus 25.1-13, há uma proporção igual dos enganados quanto dos esclarecidos no Reino de Deus, pois são dez planejando entrar, mas apenas cinco entraram. Se essa proporção continuar ainda hoje uma grande multidão de “crentes” serão obrigados a ouvir: “Nunca vos conheci; apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade” (Mt. 7.23).
Existe uma multidão de “crentes” que chamam Jesus “Senhor, Senhor” mas somente desejam escolher o que é conveniente obedecer para Ele exercer o Seu senhorio. Não querem mortificar a carne, eliminar o pecado que tão de perto os rodeiam, ou estudar a Bíblia para descobrir o que Ele manda fazer para tornarem conforme a Sua imagem. Não querem sacrificar a ‘minha vontade’ para fazer a dEle. Distanciam daquela atitude submissa para com os outros Cristãos qual Jesus exemplificou quando lavou os pés dos discípulos. Não querem falar de Cristo aos pecadores nem conhecer a generosidade que vem de um coração alegre na hora de contribuir a igreja. Estes mudarão de igreja antes de ceder à mudança nos seus próprios planos e estilos de vida. São estes os falsos no Reino de Deus.
Estes podem ouvir com atenção ávida tudo sobre profecia, a marca da besta, e as guerras que virão. Por longas horas podem prestar atenção à expulsão de demônios, ouvir revelações das suas vidas e receber instruções para alcançar a prosperidade. Todavia, levar as cargas dos outros, pedir que Deus os sondam para ver se tem um caminho mal neles, ou tentar examinar-se a si mesmos para saber se estão ou não na fé verdadeira, não são opções destes. Tais são os falsos no Reino de Deus.
Portanto, tenha cuidado! A mera presença entre os que têm a fé verdadeira não garante a sua entrada no céu. Ser um participante ávido nas atividades da igreja entre os quais habita o Espírito Santo (Mt 25.1-3), não determina a sua possessão daquela fé que foi uma vez dada aos santos (Ap 3.1). Realizar grandezas, ser conhecido como “Apóstolo”, e ter fãs exuberantes não prova que Deus Pai lhe conhece (Mt 7.22,23). Melhor ser o menor no Reino de Deus tendo o necessário que garanta o prazer de Deus do que ter fama entre os enganados e finalmente ouvir da boca de Deus que você é um praticante de iniqüidade (Mt 7.23).
Os cidadãos verdadeiros estão completamente preparados para qualquer hora ir ao encontro do Rei deste reino. Você está preparado? Não compare-se com a multidão que tem aparências (II Co 10.12), mas examine-se diante de Deus e da Sua Palavra (II Co 13.5; Sl 26.2; 139.1,23-24). Se não houver um momento na sua experiência de salvação o reconhecimento da sua culpa e condenação dos seus pecados diante do Juiz justo; se não ‘viu’ Cristo como o seu Substituto e chegou a crer nEle, sua vida está faltando a salvação. Você está vazio do principal;como vazia estava as lâmpadas do óleo necessário das cinco virgens tolas.
Os participantes verdadeiros no Reino de Deus fazem já a vontade do Deus celestial (Mt 7.21). Não são partes seletas dessa vontade que garantem a atenção e o louvor das massas, mas os verdadeiros procuram subjugar os seus corpos, reduzindo-o à servidão obedecendo em tudo para o agrado de Deus (I Co 9.27). Se você não conhece hoje o fruto do Espírito Santo na sua vida, e se não deleite-se na lei de Deus com todo o coração, é certo que nunca ouvirá Deus lhe saudando: “Bem está, bom e fiel servo! Entra no gozo do teu Senhor” (Mt 25.21).

A Natureza dos Cidadãos do Reino de Deus
Perseguidos por Causa da Justiça – Mt 5.10,11

É um axioma: “... todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições”, II Tm 3.12. Fazer o certo, moral e biblicamente, não nos tornam heróis, mas mártires. Os verdadeiros participantes no Reino de Deus são os que querem viver moral e piamente em todas as esferas das suas vidas, e sofrem por viver tal vida. Como a verdade não cede nada ao vilanaço, assim o vilão não cede nada à verdade, mas persegue os que praticam a justiça (Adam Clark, comentário sobre Mt 5.10).
Gideão foi um homem valoroso, o SENHOR estava com ele de forma especial (Jz 6), e O obedeceu naquilo que pertenceu ao pai dele. Gideão derrubou o altar de Baal, cortou o seu bosque, e o segundo boi do seu pai reservado para Baal, foi oferecido no altar edificado para a verdadeiro Deus. Tal obediência a Deus não o transformou em herói mas quase em mártir. O axioma citado se provou verdadeiro.
Enquanto Ló tolerava as práticas de Sodoma, os de sodoma toleravam ele. Mas quando Ló desejava fazer o que era justo, ele foi rejeitado abertamente pelos seus vizinhos e genros (Gn 19.6-14). O axioma citado se provou verdadeiro.
O mesmo pode ser dito de João o Batista (Lc 3.19,20), do Nosso Senhor Jesus Cristo (At 10.38-39), e do Apóstolo Paulo (At 23.12-22). Quanto mais declaravam justiça pelas suas vidas e palavras, tanto mais ferozes ficavam os opositores.
Não pense que estes eram coitados, miseráveis ou vencidos por isso. Eram bem-aventurados! Eram cheios de gozo interior. Pela perseguição tomaram parte do grande galardão dos profetas fiéis que foram antes deles! Isso Jesus quis dizer quando disse: “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós”, Mt 5.10,11.
“Aqueles que sofrem pela lealdade ao Reino de Deus têm a benção de ser ligados mais intimamente com aquele Reino pelo qual sofrem” – Four Fold Gospel Comentário.
Por qual Reino você é mais e mais ligado? O seu testemunho merece perseguição pelas hostes de Satanás? Se não, por que não?
As bênçãos que Cristo promete para os fieis não são melhores do que aquele gozo momentâneo do pecado depois de qual vem a amarga corrupção? As bênçãos oriundas do Rei do Reino de Deus são ricas e duradouras. Entre nessa vida se arrependendo dos seus pecados crendo pela fé em Cristo o Salvador.

São o Sal e a Luz do Mundo – Mt 5.13-14

O Reino de Deus é o Reino de Deus. Quando Jesus ensina sobre o Reino de Deus Ele deseja dar informação sobre o Reino de Deus. Nessas horas Ele não está ensinando sobre a nação de Israel, ou a igreja, mas, do Reino de Deus. Por causa do Cristão verdadeiro fazer parte do Reino de Deus e por causa dele também fazer parte de uma Igreja neotestamentária, a igreja tenha características do Reino de Deus. Contudo, para ter clareza sobre o assunto, quando Jesus ensina sobre o Reino de Deus Ele não está ensinando sobre a igreja. É claro pelos versículos 3, 10, 19, e 20, que nessa passagem Jesus está ensinando o Reino de Deus, e mais particularmente, dos filhos deste Reino.
Os filhos do Reino hoje fazem parte das igrejas em particular e na sociedade em geral. Os Cristãos no tempo de Jesus, faziam parte da igreja verdadeira daquele tempo, e também faziam parte da sociedade. Jesus, olhando à todos nesta multidão ouvindo Ele ensinar, e já testificada qual era a natureza dos filhos do Reino de Deus, Ele destaca-os ainda mais com essa verdade: “vós sois o sal da terra”, “vós sois a luz do mundo”. Os verdadeiros Filhos do Reino são aqueles poucos que fazem uma boa diferença entre os muitos da sociedade.
Mas, os filhos do Reino somente são essa boa e saudável diferença no mundo quando exercitam a qualidade de filhos verdadeiros do Reino. Se tiver um Reino, logo tem um rei e, é claro, têm os quais servem o rei. Esses Cidadãos tementes, obedientes à lei do Rei, submissos à Sua vontade são os únicos que fazem no mundo uma diferença notável e formosa. Neste mundo há multidões de escravos andando segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência. Dia e noite andam nos desejos da carne, fazendo a vontade da carne e dos seus pensamentos pois, por natureza, são filhos da ira (Ef 2.2, 3). Mas, entre toda dessa podridão, ruína e corrupção, são os que não são como a maioria. Aqui e ali são os que deleitem ser feitos conforme a imagem do Santo. Outros ainda são graciosos de conversa, pacificadores no trato de negócios e bons exemplos de mansidão no comportamento, e modestos e puros no viver. Como a falta de tempero não ressalta o sabor agradável na comida, assim se não tivesse estes na sociedade que procuram ser submissos ao Rei a nossa sociedade não teria nada agradável a Deus.
A mesma coisa pode ser dito da luz que destaca mais e mais tanto quanto pior a escuridão. Se os filhos do Reino de Luz não brilhem, que esperança há para os que estão ainda assentados em trevas, na região e sombra da morte (Mt 4.16)?
Ou, você está fazendo uma diferença neste mundo, ou está necessitando a luz brilhar em você. Como vai a sua vida? Os do mundo testificam que você identifica com eles? Ou as corrupções do mundo são descobertas pela sua vida que emana santidade?
Mt 5.16, “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.”

Amam a Lei de Deus – Mt 5.17-20

Jesus coloca muita importância sobre o ensino e cumprimento da lei quando caracteriza a natureza dos que são cidadãos do Reino de Deus. Portanto o Reino de Deus não é relegado para uma dispensação passada, antes do tempo do Novo Testamento. Também Jesus não está ensinando que o cumprimento da Lei de Moisés traz salvação. Jesus está no tempo do Novo Testamento ensinando aos que já são cidadãos do Reino de Deus que uma característica destes é o amor deles pela a Sua lei. Lembre-se que um Reino logicamente estabeleça o fato que haja um Rei. A qualidade de boa cidadania é submissão às leis do Rei. Os cidadãos somente podem sujeitar-lhes ao Rei do reino se estiverem leis e se estas forem declaradas. Deus estabelece os Seus princípios santos para os Seus filhos na Sua lei. Uma característica da natureza dos Cidadãos do Reino de Deus é o seu amor e sua obediência às leis de Deus. Este amor não é pela aparência da obediência das Suas leis, mas o amor verdadeiro de coração que estima a Sua Palavra tão preciosa quanto a Pessoa de Cristo (Rm 7.22, “Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus;” Sl 119.127, 128, “Por isso amo os teus mandamentos mais do que o ouro, e ainda mais do que o ouro fino. Por isso estimo todos os teus preceitos acerca de tudo, como retos, e odeio toda falsa vereda.”; I Pe 2.7, “E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes, A pedra que os edificadores reprovaram, Essa foi a principal da esquina,”).
Mesmo amando a lei de Deus como ama a Pessoa de Deus em Cristo não afirma que o seu amor nem a sua obediência é tudo que deseja ser. O pecado que habita nos seus membros cobiça contra o espírito; faz que estes não respeitam as Suas leis sempre como desejam (Rm 7.18; Gl 5.17). Todavia, confessam os seus pecados a Deus e Ele, pela Sua fidelidade e pela obra eterna do sangue de Cristo, os perdoa e purifica de toda a iniqüidade (I Jo 1.9).
Também a grandeza da graça de Deus, a certeza da preservação divina de os apresentar irrepreensíveis diante dEle, e a salvação eterna que têm em Cristo não os incentiva a pecar mas estimula-os a serem mais e mais santos como Ele é (I Jo 3.1-3). Os Cidadãos do Reino de Deus são miseráveis por não obedecer as leis de Deus, nunca sentem aliviados ao pensar que estão dispensados de observar aquilo que é santo e bom, ou seja, os Seus mandamentos (Rm 7.24; I Jo 5.1-3).
Como são os princípios da Lei de Deus para você? Tem alegria em dizimar e ofertar ao Senhor e à Sua causa? Estar presente nos cultos no tipo de igreja que agrada Deus é sempre pesado? Perdoar os que lhe ofendem, e honrar os que obedecem menos sua suposta e completa obediência é uma prática estranha para você? Você deleita-se na mortificação da carne e deseja fugir da fornicação? A leitura e estudo da Palavra de Deus são hábitos crescentes? A lei de Deus dá padrões absolutos com os quais os filhos verdadeiros do reino se meçam. Quando estes sentem miseráveis por não acertar na perfeita obediência, regozijam pela vitória que têm em Cristo.
Você é um verdadeiro filho de Deus no Seu reino? Alegre-se por ser perseguido por Sua causa? Faz uma diferença boa no mundo como fazem o sal e a luz? A lei de Deus é estimada por você? A sua vitória é a obra de Cristo?


VIA GRITOS DE ALERTA

JULIO SEVERO PUBLICA MATÉRIA CONTUNDENTE - Nuvens negras na Assembleia de Deus

Matéria publicada no blog do Julio Severo.

Recente convenção da CONAMAD em Brasília decide excluir membros que abrirem a boca para denunciar caso Moon-Ferreira. Críticas à família Ferreira e aliados serão tratadas como “difamação”

Julio Severo
Pastores da CONAMAD — também conhecida como Assembleia de Deus do Ministério da Madureira — estão indignados com o que veem como “mordaça” e “perseguição” por parte da liderança.
Na convenção nacional da CONAMAD desta semana, realizada em Brasília, foi aprovada em votação determinação que qualquer membro que “difamar” outro oral ou por escrito será excluído.
Os pastores reunidos decidiram excluir sumariamente qualquer membro que fizer comentários considerados “ofensivos” na internet. Na reunião, foram mencionados os vídeos com várias denúncias envolvendo o Bispo Manoel Ferreira e seus filhos com organizações e líderes ligados ao Rev. Moon .
Comentando a decisão, o Pr. Geremias Couto disse: “Essa é uma resolução nula de pleno direito. Só existe difamação depois que ela é feita. Não antes. E carece de provas. Fatos que têm como ser provados não são difamação. São denúncias que precisam ser investigadas. Portanto, a resolução é mesmo uma mordaça, que não encontra nenhum amparo legal. É simplesmente com intuito intimidatório”.
Membros da CONAMAD que estão distribuindo o vídeo com as evidências do caso Moon-Ferreira estão sendo ameaçados por líderes locais e já estão sendo excluídos de todos os cargos, conforme denúncias enviadas a nós por email.
A liderança da CONAMAD quer simplesmente impedir os assembleianos de manifestar sua indignação com os absurdos que estão ocorrendo em sua denominação, desde o papel descarado de Manoel Ferreira para eleger Dilma Rousseff até o caso Moon-Ferreira.
Na minha opinião, qualquer pastor ou líder denominação que trabalha intensamente para eleger Dilma Rousseff, Lula ou outro socialista semelhante está mais que preparado para promover anticristos e falsos messias.
Não podemos impedir os líderes denominacionais de agirem loucamente. Mas a voz profética precisa denunciar, ainda que os membros da CONAMAD estejam sendo proibidos de falar e de publicar suas opiniões sobre os escândalos de sua denominação.
O Pr. Enoque Lima é, dentro da CONAMAD, o pastor que mais vem sofrendo perseguição por denunciar a profanação de sua denominação. Assista ao vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=M8KgSWR6i8U

Enquanto o socialismo em geral e o PT em particular trabalham para impor censura nos cristãos na sociedade, agora líderes evangélicos abertamente simpatizantes do governo socialista de Dilma Rousseff trabalham para impor a mesma censura dentro das igrejas.
Se tentamos denunciar a agenda gay na TV ou rádio, somos perseguidos pelo governo socialista e seus aliados.
Se tentamos denunciar os líderes evangélicos aliados desse tipo de governo insano, podemos ser excluídos na Assembleia de Deus da CONAMAD.
Silas Malafaia, que recentemente disse em seu Twitter pessoal que se esqueceu de mencionar Manoel Ferreira e família como aliados políticos, deveria, como líder assembleiano, se manifestar sobre o escândalo Moon-Ferreira e agora sobre a censura imposta aos corajosos assembleianos que abrirem a boca contra esse escândalo.
Os líderes denominacionais que hoje apoiam um sistema ideológico que impõe censura na sociedade cedo ou tarde vão querer imitar essa conduta de perseguição dentro das igrejas. Já está acontecendo na CONAMAD…
“E Jesus disse ainda: — Eu digo isso para que vocês não abandonem a sua fé. Vocês serão expulsos das sinagogas, e chegará o tempo em que qualquer um que os matar pensará que está fazendo a vontade de Deus. Eles vão fazer essas coisas porque não conhecem nem o Pai nem a mim. Mas eu digo isso para que, quando essas coisas acontecerem, vocês lembrem que eu já os tinha avisado. E Jesus continuou: — Eu não disse isso antes, porque ainda estava com vocês.” (João 16:1-4 BLH)
Jesus alertou que seus seguidores sofreriam expulsão das igrejas e até seriam mortos. A expulsão já está aí, determinada pela CONAMAD. A pena de morte vai depender do andar da carruagem. E como a Bíblia garante que tudo vai piorar, é questão de tempo.
Por causa de seu testemunho, o Pr. Enoque já chegou a ser preso. Seu único pecado é amar Jesus e amar seus irmãos assembleianos, aos quais que ele quer despertar desse pesadelo espiritual imposto pela família Ferreira e aliados.
Se eu fosse assembleiano da CONAMAD, minha exclusão estaria já garantida pelos chefões denominacionais. Mas, mesmo não sendo assembleiano, tenho a obrigação moral de prestar solidariedade a todos os líderes e membros da CONAMAD que choram diante do altar de Deus por causa desses escândalos. Eles são meus irmãos em Cristo e merecem meu apoio.
Hoje, é a CONAMAD. Amanhã, poderá ser sua igreja.

Marisa Lobo afirma que enfrentará o Conselho Federal de Psicologia até as últimas consequências: “Se me cassarem, vão cavar a sepultura moral”. Leia na íntegra

Marisa Lobo afirma que enfrentará o Conselho Federal de Psicologia até as últimas consequências: “Se me cassarem, vão cavar a sepultura moral”. Leia na íntegra
A psicóloga clínica Marisa Lobo, conhecida por como “psicóloga cristã”, concedeu entrevista ao ativista Julio Severo, falando sobre o inquérito do Conselho Federal de Psicologia, que a acusa de quebrar a conduta ética por assumir sua fé publicamente.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Marisa Lobo, que já publicou três livros sobre sua área de atuação e possui extenso currículo profissional, afirmou que o projeto do kit-gay é “é apenas uma tática maquiavélica de privilegiar e instituir uma ditadura e uma raça superior”.
Sobre a questão envolvendo diretamente sua atuação como psicóloga, Lobo afirmou que se procurada por um homossexual que deseja abandonar seu estilo de vida, prestará atendimento: “Meu juramento meu código de ética me diz que tenho que atender, dar ouvidos ao sofrimento psíquico, e se o fato de ser homossexual está causando qualquer tipo de sofrimento, atendo sim, é minha obrigação, ainda que seja, para reverter sua orientação, condição e ou opção, se assim for de sua vontade absoluta. Nem poderia negar”.
Marisa explica que “a Organização Mundial de Saúde diz que homossexualidade não é doença”, porém, “os militantes gays pervertem e ficam vigiando nossos passos. O que acontece no setting terapêutico deve ser comandado pelo paciente”.
Ela afirma que a investigação do CFP contra ela é “perseguição religiosa” e que não vai ceder às pressões: “Pois bem: Eu, Marisa Lobo, só tenho um Deus, e não sirvo a insanidade desses membros do conselho. Se me cassarem, vão cavar a sepultura moral”
Questionada por Severo sobre qual seria o motivo de colocar a carreira como psicóloga de lado, para se manter falando da fé cristã, Marisa Lobo foi enfática: “Deus me deu a oportunidade de ser perseguida por amor a ele, e aceitei. Deus quer mudar algo, e aqui falo como pastora. Sou apenas um instrumento. Se for cassada, vou lutar em todas as instâncias. Meu medo maior é de Jesus me negar diante do Pai, e isso não acontecerá, porque não o estou negando perante os homens”, afirma a psicóloga, que emenda: “Deus está acima da minha profissão e da minha carreira. Não nego meu Deus por nada”.
Confira abaixo a íntegra da entrevista de Marisa Lobo ao blog de Julio Severo:
Por que o Conselho Federal de Psicologia está ameaçando você?
Por me expor na internet como psicóloga cristã, por defender minha fé e principalmente por questionar o kit gay, que para mim não é uma forma de prevenção ao preconceito e sim incentivo às práticas homossexuais. O kit gay é muito expositivo, e pelo que entendo de políticas públicas, não se justifica sua aplicabilidade de forma tão pessoal. O kit gay é dar privilégios e instituir um preconceito ainda maior. Com crianças as coisas devem acontecer ao seu tempo, de forma natural e globalizada. Devemos sim ter kits que falem de preconceito como um todo, do bullying que sofrem os gordinhos, os nerds, os baixinhos, os evangélicos, os homossexuais, os feios, os negros, os cegos, etc. Enfim, se dermos atenção privilegiada apenas a uma categoria, estamos discriminando as outras. Isso não é acabar com preconceito; é apenas uma tática maquiavélica de privilegiar e instituir uma ditadura e uma raça superior, e eu primo pela igualdade.
Se uma pessoa envolvida em homossexualidade lhe pede ajuda para sair desse estilo de vida, o que você faz?
Atendo. Meu juramento meu código de ética me diz que tenho que atender, dar ouvidos ao sofrimento psíquico, e se o fato de ser homossexual está causando qualquer tipo de sofrimento, atendo sim, é minha obrigação, ainda que seja, para reverter sua orientação, condição e ou opção, se assim for de sua vontade absoluta. Nem poderia negar. Estaria ferindo o código de ética, não é mesmo? Mas é evidente que como psicóloga devo respeitar a resolução 01/999. A Organização Mundial de Saúde diz que homossexualidade não é doença, porém ao mesmo tempo não entendo por que tanta pressão da militância gay que tem medo de psicólogos que não negam auxílio. Os militantes gays pervertem e ficam vigiando nossos passos. O que acontece no setting terapêutico deve ser comandado pelo paciente. Acontece que a neurose é tanta que os psicólogos têm medo e são induzidos a deixar claro para o paciente que não é doença, independente de ser ou não. Mas se ele está indo ao consultório é porque está sofrendo. E se, repito, for da vontade dele, tenho que ser um canal, sem impor, como nunca fiz isso. O que falam de mim é mentira e mais uma estratégia de condenação de pessoas que são cristãs.
As ameaças do CFP impedem você de ajudar homossexuais?
A decisão da pessoa deve ser respeitada sempre. Devemos ter em mente que a demanda é do paciente sempre. Respeitarmos a sua vontade sem pressão. A reversão pode sim acontecer em muitos casos. Acontece que o terrorismo do CFP não deixa que os homossexuais acreditem nisso. O CFP vem com aquela conversa de que se a pessoa deseja mudança, é por causa da imposição religiosa, e, como eles não creem de Deus — pois Deus para muitos lá é mito — então sempre vão tratar este assunto com preconceito religioso. Eu já deixo o meu paciente decidir, se é o que deseja, vamos lá, e no decorrer, ele vai se achando, e até mesmo se assegurando se é isso mesmo o que deseja.
Por que o CFP, que não impede psicólogos espíritas de aplicar técnicas espíritas em suas consultas, estão tão intrometidos no você faz como cristã que se importa com seus clientes?
Por quê? Olha, não sei. Agora, é impossível até hoje eles não saberem que existe uma associação brasileira de psicólogos espiritas, ou psicologia budista, ou judaica, ou esotérica, ou parapsicologia, etc. Existe um número grande. É só acessar o Google e comprovar. O Conselho Federal de Psicologia é a autarquia mais persecutória, mais antiética da história. Eles não têm moral para me perseguir. Eles são militantes de ideologias, políticas, de orientação sexual, de ateísmo, e destilam seu ódio e preconceito contra os cristãos, principalmente os evangélicos. Mas a resposta está clara: o Cristianismo fala abertamente sobre homossexualidade. Então, eles querem nos destruir por sermos cristãos. Eles combatem a Bíblia punindo quem a segue, por preconceito religioso. É preciso dar um fim na militância do CFP, que deveria ser investigado pelo ministério publico, pois comete vários crimes, fere suas diretrizes, é hipócrita, antiético, persegue claramente quem se opõe. Por isso, tenho sido perseguida. A guerra é porque questiono esse conselho e sua diretoria hoje.
Se o CFP cassar seu registro, o que você fará?
Não vou desistir da minha profissão por isso. Nem tudo que é legal é moral. O CFP não tem moral, pois nos colocou uma mordaça, e ninguém ousa discutir suas decisões. Somos obrigados a aceitar como verdade ainda que seja uma mentira.
São surfistas sociais, vão se adaptando à evolução da sociedade, independente se essa evolução seja ruim, pois perderam a referência do que é “bem”, e ou “mal” para o indivíduo, do que é família, da necessidade de regras, ética, moral, princípios. Eles apenas vão surfando. Com isso, vão aumentando as crises familiares, maldade humana, a legalização de aborto chegando, divórcio batendo recorde, camisinhas nas escolas, legalização de drogas, e a psicologia se adaptando. Daqui a pouco, vamos ver sexo nas praças, e todo mundo aplaudindo porque a psicologia vai achar que é direito de expressar a sexualidade. Ou seja, assim está caminhando a humanidade.
O que motivou a denúncia contra você no CFP?
O fato de falar de Deus em minhas redes sociais e ter pedido aos deputados que prestassem atenção no conteúdo do kit gay, que era uma aberração, um conteúdo extremamente descabido e sexualizado que de forma alguma extingui o preconceito, mas sim cria mais ainda. Eles não gostaram. Aí, quando souberam que era uma cristã falando, começaram a me perseguir, como psicóloga que se denomina cristã, depois no processo como homofóbica, porque eu disse em um Twitter que amo os gays, mas prefiro meu filho hetero. E até agora não sei onde ter uma opinião instiga violência. Agora, eu perder o meu direito de dizer que sou feliz sendo hetero, e de que prefiro meus filhos hetero?
Eles querem que a sociedade pense que eu persigo gays, ofereço tratamento para gays porque sou fundamentalista, preconceituosa, decidiram isso e pronto. Não ACEITO. A verdade é que eles são contraditórios. Estão tentando usar tudo para me qualificar como “homofóbica”. E em 15 anos de trabalho, nunca nenhum paciente meu denunciou que em meu consultório imponho convicções religiosas. O caso contra mim é de PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA, PRECONCEITO RELIGIOSO. O CFP achou que eu ia me calar, porque muitos endeusam a psicologia. Pois bem: Eu, MARISA LOBO, só tenho um Deus, e não sirvo a insanidade desses membros do conselho. Se me cassarem, vão cavar a sepultura moral.
Há uma tendência cada vez maior da classe de psicologia de rotular a pedofilia como orientação sexual. Como você encara o papel disso na perversão social?
É um crime, claro, que merece prisão perpétua em minha opinião. Escrevi até um livro, PSICOPATAS DA FÉ, que tem uma capitulo sobre pedofilia, e mostra que é doença, e quem é psicólogo sabe, se formos levar ao pé da letra, é uma perversão da libido original, uma orientação, condição e ou escolha. A pedofilia está associado a psicopatia sem dúvida. Os psicólogos canadenses dizem claramente que para eles é considerado uma orientação sexual. Se acreditarmos nisso, aí quero ver como sair dessa. O que quero dizer é que, quando aceita socialmente, deixa de ser doença? Se a lei disser que não é crime, nada poderei fazer?
Como você encara a homossexualidade: doença ou pecado?
Como psicóloga respeito a OMS, que diz que não é doença e não podemos trata como tal, porém distúrbio de identidade social existe, é doença. O travestismo está no CID 10 inscrito como doença. Para a psicologia, que só aceita a medicina em partes quando lhe convém, é orientação apenas.
Se é pecado ou não, não poderei falar sobre isso, porque sou como psicóloga. Pecado é uma referência de cada religião. Temos que saber o que a religião diz sobre o assunto. Se responder sobre isso, serei cassada em prazo recorde.
A ABGLT, que é a maior entidade gay do Brasil, está por trás de todos os grandes casos de perseguição aos cristãos no Brasil, inclusive contra mim e Silas Malafaia. Você tem algum conhecimento de que a ABGLT está também em conluio ou colaboração com o CFP para perseguir você?
A ABGLT publicou uma nota parabenizando e defendendo o CFP pela atitude contra mim e pedindo inclusive ao ministério público que me investigue por oferecer cura aos homossexuais, mentindo descaradamente sobre isso, apenas lançando no mercado esquizofrênico uma mentira para torná-la verdade. Agora só falta provarem. Mas essa intimidade está clara. Parece que são parceiros de “cama”. Não preciso dizer mais nada.
O que você sente pelos homossexuais?
Compaixão, amor de verdade. Mas tenho pena e desprezo pela militância desleal, porque usam os homossexuais e suas angústias. Observem: sempre são os mesmo ativistas que aparecem, lucrando e perdendo tempo em nos perseguir. Eles poderiam estar fazendo trabalho voluntário nas ruas, tirando os homossexuais comuns da prostituição, por exemplo. Mas, em vez disso, incentivam, até como profissão. Isso é lutar pelo ser humano? Usam suas ONGs para perseguir qualquer um que se oponha à sua militância. Quem ousar falar qualquer coisa é taxado de homofóbico. Eles ridicularizam nossa fé, nossa Bíblia, e querem respeito. A militância gay não merece respeito. E se isso for homofobia, queridos, o mundo inteiro é homofóbico.
Mas, pessoalmente, meu médico de pele é homossexual. Só lavo meu cabelo com um homossexual. Tratei de um homossexual em minha casa com AIDS por 7 meses, onde ele viveu comigo e minha família. O fato de não aprovar este ou aquele comportamento não me torna inimigo. A questão aqui é inversa. A militância gay quer nos tornar inimigos. Eles precisam alimentar essa guerra. Afinal, como vão se sustentar?
Além do CFP, outras entidades ou indivíduos também ameaçam você por causa de suas posturas cristãs?
Os ateus, principalmente. Eles fazem vídeos contra mim e postam, me xingando de tudo, principalmente de burra, e têm o CFP como aliado. Nessa demente perseguição, ateus famosos fazem vídeos e conseguem status tentando me humilhar. Recentemente, um ateu fez um desafio para outros ateus entrarem em minhas redes sociais e negativar todos os meus vídeos. Eles falam cada coisa desumana que se eu não acreditasse de fato em Deus tinha desistido de viver. Mas os ateus não sabem que cada comentário de ódio que vejo sinto é pena, não raiva. Meus mecanismos de defesa funcionam, todos, e minha fé me sustenta. Sinto-me desafiada a continuar. Eles querem promoção.
O Cristianismo verdadeiro é “perder para ganhar”. Você tem medo de perder sua carreira de psicóloga por causa do seu testemunho cristão?
O único medo que tenho é de Deus virar sua face de mim. Deus me deu a oportunidade de ser perseguida por amor a ele, e aceitei. Deus quer mudar algo, e aqui falo como pastora. Sou apenas um instrumento. Se for cassada, vou lutar em todas as instâncias. Meu medo maior é de Jesus me negar diante do Pai, e isso não acontecerá, porque não o estou negando perante os homens.
Você tem colocado seu testemunho por Cristo acima de sua carreira. Por quê?
Foi uma luta ter me formado, e tenho amor pela minha profissão. Minha área é dependência química. Quantas pessoas nestes 15 anos de carreira deixaram as drogas. Quantas pessoas deixaram de abortar. Quantas pessoas pude ajudar a melhorar sua saúde mental. Quantas me agradecem até hoje. Enfim, amo minha carreira.
A dor vai ser grande, mas não será maior do que a de Jesus, que morreu na cruz por mim. O preço será alto, mas não maior que o preço que Jesus pagou pela minha alma. A certeza que estou fazendo a coisa certa e cumprindo a sua vontade acalma minha alma.
Deus está acima da minha profissão e da minha carreira. NÃO NEGO MEU DEUS POR NADA.

G+

Irmã sofre infarto e morre durante culto da Igreja Quadrangular


Mulher sofre infarto e morre durante culto da Igreja QuadrangularEm Ipatinga, Minas Gerais, uma mulher morreu enquanto participava de um culto da Igreja Quadrangular. Luana Carine de Souza Moraes, de 30 anos, estava no púlpito iniciando a reunião quando sofreu um infarto e caiu desacordada. Alguns chegaram a pensar que se tratava de uma manifestação do Espírito Santo, entretanto, logo perceberam que ela estava bem e prestaram os primeiros socorros ainda no local.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Alguns membros da igreja que estavam presentes no culto relataram que o pastor tentou despertá-la logo que percebeu que a mulher estava desacordada. Luana foi conduzida para outro cômodo onde recebeu os primeiros socorros de duas amigas, técnicas em enfermagem. O Samu foi acionado e prestou socorro, porém, a jovem senhora não resistiu.
O pai da de Luana, Márcio Lúcio de Souza, de 58 anos, declarou em profunda tristeza “Tudo o que eles puderam fazer foi feito. Toda a família estava na igreja. Eu e a mãe dela, o esposo e os dois filhos. Também pensamos que teria sido arrebatada pelo Espírito Santo. Foi uma fatalidade. Sinto como se tivesse tirado um pedaço de mim, mas posso afirmar que Luana morreu fazendo o que ela mais gostava”.
O senhor Márcio ainda disse que a filha não apresentava problemas de saúde, “Ela nunca reclamou de dor no peito e sequer temos histórico familiar de infarto. Não entendemos o que pode ter ocorrido. Só podermos lamentar a sua ida”. Ele ainda recordou, “Luana era uma pessoa dócil, humana e muito temente a Deus”. “Foi ela quem levou minha esposa e eu para a igreja. O prazer dela era pregar a Palavra de Deus e ajudar as pessoas a sair do fundo do poço”, “Não vai ser fácil superar esta perda”, concluiu o pai de Luana.

G+

Mara Maravilha: "Deus vai colocar um filho no meu caminho ainda"

Em entrevista ao jornal O Dia, Mara Maravilha consultou a Bíblia, referiu-se a Deus e Jesus 206 vezes, disse que a mulher tem que ser submissa ao homem e que Deus ainda vai lhe dar um filho.

Afastada da TV desde 1995, Mara Maravilha prefere agora ser chamada de Eliamary, seu nome de batismo. A ex-apresentadora infantil do SBT é uma fervorosa cantora evangélica, que chega a fazer 15 apresentações por mês dentro e fora do Brasil em eventos, igrejas e encontros religiosos. Tem também quatro DVDs no mercado e garante que hoje ganha bem mais dinheiro do que no auge de seu estrelato.

Durante a entrevista de uma hora e meia que deu ao iG em seu belo apartamento na Ilha Porchat, no litoral paulista, consultou a Bíblia a todo momento e referiu-se a Deus e Jesus 206 vezes. Mas, como toda baiana, continua com aquele lado despachado e não deixa de falar sobre sexo ou o já superado vício em moderadores de apetite.

Assim, polêmica, acredita ainda que “mulher tem que ser submissa”, que “mesmo sendo uma pessoa sex appeal” só descobriu o sexo há quatro anos e que fica “pensando em ser uma boa mãe e não esquecer a filha no chuveiro”.

Aos 44 anos, Mara ainda não é mãe. Dividida entre São Paulo e São Vicente, onde seu atual marido, o dentista Alexandre Vigna, tem consultório, sonha com a chegada de uma filha. E até já usa um pingente com a letra “V” no pescoço: “Estou crendo que a Vitória um dia vai chegar”.

Sem a franjinha que virou marca registrada no canal de Silvio Santos, a quem tem profundo amor, Mara relembra nesta entrevista a rivalidade com Xuxa e Angélica , o ensaio para a "Playboy", um de seus grandes arrependimentos, e não descarta voltar aos holofotes: “Eu penso em um programa de entrevista como o do Jô Soares”.

Mara, como é sua vida hoje?Mara Maravilha: Todos os dias quando acordo, eu oro. É como escovar os dentes, não tem como não fazer. E procuro ter mais qualidade de vida. Como tenho quatro hérnias de disco, estou me policiando para ter uma atividade física. Me tornei uma pessoa saudável, dez horas da noite já estou dormindo. Sou simples, mas com uma personalidade forte e servidora de Deus.

Você se casou novamente (com o dentista Alexander Vigna) há quatro anos. Como é a relação de vocês?Mara Maravilha: Fui muito abençoada e estou tendo uma segunda chance de ser feliz (Mara foi casada durante nove anos com seu ex-assistente de palco, Paulo Lima). Se eu não tivesse mudado nesses quatro anos, eu ia cometer os mesmos erros, como eu pensar que era submissa e não era. Vou fazer uma revelação bombástica para vocês: mesmo sendo uma pessoa sex appeal na mídia, eu só descobri o sexo mesmo há quatro anos.

E como é o sexo hoje entre vocês?Mara Maravilha: Faço sexo todo dia há quatro anos.

Você acha que a mulher tem que ser submissa ao homem?Mara Maravilha: Eu creio que sim! Eu estou aprendendo a ser mais submissa ao meu marido. O homem é “o cabeça”, quem tem que decidir, porque a submissão não é uma escravidão e, sim, um conforto. Não acho errado a mulher querer ter a sua independência financeira, mas tem que ser submissa.

Quando você é submissa?Mara Maravilha: Nas pequenas coisas, tipo: se estou com vontade de comer uma coisa, mas meu marido quer outra, tudo bem. Isso não quer dizer que você não tenha os seus direitos, então eu acho, sim, que a mulher tem que ser bem tradada, porque ela é um vaso frágil. O homem tem que fazer a mulher sentir prazer em ser submissa.

E ciumenta, você é?Mara Maravilha: Eu não, mas meu marido é bastante, viu? Ele tem uma personalidade muito forte. O legal é que ele se encantou por mim como mulher. Ele não era meu fã. Ele se apaixonou pela Eliamary (nome de batismo da cantora) e não pela Mara Maravilha.

Quem é a Mara Maravilha e quem é a Eliamary?Mara Maravilha: A Mara Maravilha não cabe dentro da Eliamary. A Eliamary é muito mais introspectiva, contida, servidora da palavra de Jesus. Não é que eu sou uma personagem, mas eu não vivo Mara Maravilha 24 horas. A Mara Maravilha muitas vezes quer tomar conta da minha vida, então eu tenho que puxar as rédeas dela.

Você pensa em ter filhos?Mara Maravilha: Vejo uma criança e quero. Deus vai colocar um filho no meu caminho ainda. Sou a favor de adoção, mas tudo tem que ser acordado com meu marido.

Você já passou por um aborto, há 20 anos, certo?Mara Maravilha: Eu passei por muitos momentos de conflito. Sofri o aborto e tenho certeza que Deus não está me castigando agora. Eu sou contra o aborto. Deus falou para mim: ‘por que você não para de pensar em ter e não começa a crer em ter?’. Então eu estou crendo que a Vitória um dia vai chegar. Hoje eu fico pensando em ser uma boa mãe e não esquecer ela no chuveiro.

Esse V, no seu pingente, é de Vitória?Mara Marvailha: É, da minha filha que eu estou esperando chegar.

Você deu entrevista em que falou que sempre teve uma relação muito difícil com sua mãe. Por quê?Mara Maravilha: Minha mãe queria que eu tivesse escolhido o patamar da Mara Maravilha, da Xuxa, da Angélica. Só que Deus me deu o livre arbítrio. Ela queria que eu ainda fosse uma estrela da televisão, mas eu não quero nem ser estrela. Não tenho luz própria. Tenho a consciência de que sou um reflexo da luz do senhor Jesus. Mas sou uma boa filha. Dou todo o provimento que ela precisa e cuido muito dela.

Quais medos você tem ou teve?Mara Maravilha: O medo na verdade é uma grande mentira. Eu tenho medo, por exemplo, de ficar sozinha, de andar só. Medo de engordar, de não ser aceita. Mas com a ajuda de Deus eu tenho vencido até a dor física.

Arrependimentos?Mara Maravilha: Vários, entre eles de posar nua, mas atire a primeira pedra quem não tem arrependimentos. Eu fiz pela questão do dinheiro, pela questão da fama que eu tinha. Não por vaidade, pois não me acho bonita, mas também não me acho feia.

O dinheiro valeu a pena?Mara Maravilha: O dinheiro foi todo embora. Não sobrou nem um troco. Eu não acho que foi muito, não. Pela dor de cabeça que foi, deveria ter sido muito mais.

Depois de posar nua, os homens começaram a te olhar de outra forma?Mara Maravilha: Não por eu ter posado nua, mas por ser famosa. A fama cria uma imagem nos olhos das pessoas. Ouço muitos fãs dizendo que queriam casar comigo, mas eles não conhecem a Eliamary, não sabem como ela é difícil.

Já quiseram pagar para dormir com você?Mara Maravilha: (fica em silêncio, pensando) Não, não.

De onde você tira o seu dinheiro hoje?Mara Maravilha: Sou uma ótima administradora. Faço investimentos em outras áreas, como a construção civil, além da minha carreira musical. Hoje os meus CDs trazem um retorno muito bom. Os meus Open in new windoweventos são muito procurados, tanto aqui no Brasil quanto no exterior. Pra esse ano eu ainda tenho vários projetos, como uma Bíblia e uma série de livros, na qual eu vou falar de temas como depressão, divórcio, medo. Também vou criar um site de autoajuda e abrir outros três escritórios, na Europa, Estados Unidos e África, para divulgar a música evangélica.

Quantas pessoas trabalham contigo hoje?Mara Maravilha: Diretamente mais ou menos umas 30 pessoas.

Você se considera uma mulher rica?Mara Maravilha: Não gosto da palavra rica, digo que eu sou uma pessoa muito próspera e abençoada. Vim de uma família muito humilde, de um relacionamento difícil com meu pai, que nunca me sustentou. Então, eu tinha tudo para ser desprovida, mas eu te confesso que sobra. Pra mim, se Deus me dá uma moeda, é meu dever pelo menos dobrar esse dinheiro, senão ele vai tirar de mim e dar para outra pessoa cuidar.

Ganhou muito dinheiro nos anos 1980?Mara Maravilha: É um mito vocês acharem que eu ganhei muito dinheiro nos anos 1980. Eu não vivo em função do dinheiro. Eu não priorizo o dinheiro.

Então ganha mais dinheiro hoje do que quando estava na televisão?Mara Maravilha: Sim, muito mais. E amanhã eu quero ter muito mais que hoje.

Você ensaiou uma volta à televisão ao fazer um teste para o papel de professora Helena, no remake de “Carrosel”, no SBT. Ficou frustrada de não ter conseguido? Sentiu-se traída pelo Silvio Santos?Mara Maravilha: De jeito nenhum! Fui muito bem, não errei nada no teste, não gaguejei, mas eles acabaram optando por outra atriz. Muitas vezes um ‘não’ pode ser o caminho para a vitória. Eu já recebi tantos, e vou receber muitos outros ainda.

Essa tentativa no SBT veio de um desejo de voltar para a televisão?Mara Maravilha: Acredito que eu sou uma comunicadora. Deus me deu um talento. Penso em um programa de entrevista como o Jô Soares, com toda modéstia.

Hoje em dia, a Xuxa e a Angélica se firmaram no topo da lista das grandes celebridades. Como você se enxergaria se tivesse continuado? Em que patamar estaria?Mara Maravilha: Você usou a palavra patamar, o que é relativo na vida de cada um. Cheguei num patamar em que tinha me perdido de mim. Eu não sabia mais quem eu era. Eu amo a Xuxa, mas começa a ficar confusa a mistura da personagem Xuxa com a Maria das Graças. Eu não tenho a necessidade de ter um patamar de aparência. Eu não tenho essa ganância.

Você era a queridinha do Silvio Santos?Mara Maravilha: Sim, eu era, e tenho certeza que até hoje a admiração, o carinho e a atenção que Deus colocou no coração dele a meu respeito continua. Tenho um verdadeiro amor pelo Silvio. Confesso que hoje eu estou apaixonada pela Patrícia Abravanel, mas eu o amo e vou lembrar sempre dele com coisas boas. Ele é um ser iluminado. Eu brinco que domingo é dia de culto e Silvio Santos. Se vocês deixarem, eu vou ficar rasgando seda pra ele aqui a tarde inteira.

Como ele é pessoalmente?Mara Maravilha: Ele é admirável. É bravo na medida certa. Ele é sério quando tem que ser. Posso dizer que o Silvio é muito generoso, um homem família. Ele tem defeitos como todo mundo, mas eu amo ele.

O que você acha da programação da televisão de hoje?Mara Maravilha: Acho que a televisão hoje subestima um pouco o público. Gosto de programas inteligentes como o da Marília Gabriela e não gosto quando eu vou a algum lugar em que não sou bem tratada, como no programa da Adriane Galisteu , o “Muito +”, da Band.

O que aconteceu no programa?Mara Maravilha: Não fui bem tratada por falta de ética deles. Eles falaram que eu fui presa, que eu cheirei cocaína, o que eu nunca fiz. O telespectador não é burro. O que teve de gente que percebeu que estavam falando calúnias e depois veio falar comigo...

Você teve algum vício ou problema com drogas?Mara Maravilha: Fui viciada em moderador de apetite. Quando a gente tem uma história de fraqueza e a supera, ela se torna o nosso maior trunfo para mostrarmos o quanto somos grandes.

E você se tornou dependente de remédios para emagrecer por um desejo seu de ser magra ou por exigências da televisão?Mara Maravilha: Um pouco de cada. Mas quando se tem talento, ele acaba se sobressaindo e não importa o resto.

Já fez plástica?Mara Maravilha: Eu nunca mudei nada no meu corpo, só tirei seios. Enquanto todo mundo quer colocar, eu quero é tirar.

Você fez músicas infantis como “Lobo Mau”, mas mais tarde admitiu ter um teor sexual? Cantaria para sua filha, por exemplo?Mara Maravilha: Eu vou falar ‘filhinha, mamãe fez tudo isso sim, mas fez também essas aqui de Deus. Ouça essas’.

Fonte: Jornal O Dia online

SINAIS - Com pior seca dos últimos 30 anos, Bahia limita uso da água para consumo humano e animal

O agravamento da seca na Bahia levou o Estado a restringir o uso da água nas regiões afetadas pela falta de chuvas. Com 206 municípios em situação de emergência até esta sexta-feira (20), o governo suspendeu a utilização dos recursos hídricos que não sejam com fins de abastecimento humano ou animal. Com isso, agricultura, projetos de irrigação e até de hidrelétricas passarão a ter o fornecimento suspenso até que as chuvas caiam novamente. A seca na Bahia já é considerada a maior registrada nos últimos 30 anos.

As operações tiveram início na semana passada. Nesta terça-feira (17), fiscais do Estado, com apoio da Polícia Militar, apreenderam seis bombas de extração de água do rio da Prata, na Chapada Diamantina. Na próxima terça-feira (24), a operação será realizada rio Água Fria, no sudoeste. Ainda este mês outras operações devem ser realizadas em várias outras regiões.

 
O coordenador-executivo da Defesa Civil da Bahia, Salvador Brito, explicou que a medida --prevista nos decretos de emergência-- foi tomada porque os mananciais estão secando e não há perspectiva de chuva nos próximos meses para abastecê-los. “Estamos retirando as bombas que fazem a captação da água e todos os barramentos que existem --muitos deles feitos sem outorga. Essas ações estão sendo tomadas para assegurar, pelo maior prazo possível, o abastecimento de água para o consumo humano e animal. Essa medida existe para evitarmos um colapso”, disse.

Segundo Brito, o Estado já realizou intervenções em vários locais. “Na bacia do rio Paraguaçu, por exemplo, existiam muitos barramentos e, em muitos casos, essa água era captada irregularmente. Nós estamos interrompendo isso, com a retirada das bombas”, disse.

Além de suspender o uso da água para “fins econômicos”, o Estado anunciou que vai suspender o uso também para geração de energia. “O governo vai suspender a geração de energia na barragem da Pedra do Cavalo, que é a maior bacia hidrográfica do Estado. Lá existe uma central hidrelétrica operada pela Votorantim. Isso vai ser combinado com o operador para que haja a desativação do sistema temporariamente. Acredito que não afetará o abastecimento de energia, pois a região pode ser abastecida por Sobradinho e Paulo Afonso, que são os maiores produtores de energia. Claro que serão necessários algumas operações de redistribuição, mas nosso pensamento, hoje, é no abastecimento humano”, afirmou Brito.

A estiagem de 2012 foi tão intensa que não atingiu apenas municípios do semiárido. “Estamos com 262 municípios atingidos, 10 deles fora do semiárido. Todos estão recorrendo a carros-pipa para atender as populações da zona rural”, afirmou o coordenador da Defesa Civil. Outra novidade da semana foi a confirmação da distribuição de alimentos. Nesta sexta-feira (20), 14 municípios em emergência receberam cestas básicas, cedidas pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. A entrega dos alimentos será feita na próxima semana. Ao todo, segundo a Defesa Civil Estadual, 138 mil cestas serão distribuídas.

Outros Estados

Segundo estimativas meteorológicas, choveu apenas 30% do que era esperado para o semiárido nordestino durante o verão --ao contrário do litoral, essa é a época de mais chuvas na região. Ao todo, 474 municípios estão em situação de emergência no Nordeste. Algumas cidades estão sem chuva há três anos. Nesta segunda-feira (23), os governadores nordestinos vão se reunir, em Aracaju, com a presidente Dilma Rousseff para discutir o problema.

No Rio Grande do Norte, 139 municípios decretaram emergência no último dia 12. O governo informou que os decretos foram publicados após a conclusão de um parecer técnico detalhando a situação agroclimática do Estado, apresentado no último dia 5.

No Estado do Piauí, são pelo menos 82 cidades na mesma situação. Nesta sexta-feira (20), o governador Wilson Martins (PSB) informou que pediu ao Ministério do Desenvolvimento Agrário a antecipação do pagamento do seguro-safra aos produtores que tiveram perdas agrícolas.

Em Pernambuco, o número de municípios em emergência já chega a 28. O crescimento levou o governador, Eduardo Campos, a conversar com a presidente Dilma Rousseff na próxima semana para tratar sobre o problema.

Em Sergipe, já são 18 cidades atingidas, com mais de 100 mil atingidos. Alagoas e Paraíba, que não possuem municípios com decretos, estão finalizando as documentações para, nos próximos dias, informarem a situação de emergência.
No Ceará, apenas um município já decretou a situação e outros podem publicar documentos nos próximos dias. O Maranhão é o único Estado que ainda não manifestou problemas pela falta de chuvas.

Muamba descreve momento de parada cardíaca: "estava morto"

Muamba afirmou que sentiu um sentimento surreal quando começou a passar mal. Foto: Reuters
Muamba afirmou que sentiu um "sentimento surreal" quando começou a passar mal
Foto: ReutersO meia Fabrice Muamba, do Bolton, falou pela primeira vez sobre a parada cardíaca que sofreu durante a partida com o Tottheham, em 17 de março, pelas quartas de final da Copa da Inglaterra. Em entrevista ao jornal The Sun, o jogador contou com detalhes o que sentiu momentos antes de entrar em colapso.
"Eu corri para tentar chegar na direção de um cruzamento de Martin Petrov, mas na volta senti uma vertigem. Mas não era uma vertigem normal. Parecia um sonho, um sentimento surreal de que eu estava no corpo de outra pessoa", afirmou.
O jogador contou que tentou correr novamente, continuou a sentir a vertigem, mas não sentia dor nenhuma até o momento em que percebeu que estava caindo. E também recordou a última imagem que teve antes da parada cardíaca.
"Nosso zagueiro, Dedrick Boyata, gritando para voltar e ajudar na defesa. Depois, senti duas batidas com a minha cabeça e mais nada. Escuridão. Eu estava morto".
Muamba ficou por 78 minutos morto - 48 deles no caminho até o hospital e os outros 30 já no hospital. Durante o período, os médicos deram 15 choques desfibriladores - dois no campo e 13 na ambulância. O meia recebeu alta em 16 de abril.

"Agora tenho que apreciar cada momento da vida que Deus me deu como um presente maravilhoso."
Muamba havia participado normalmente dos treinamentos durante toda a semana antes do seu colapso e disse que se sentia bem para a partida contra o Tottenham. Ele lembra com detalhes o momento do ataque e conta o que sentiu.
"Corri para tentar chegar a um cruzamento de Martin Petrov na nossa ala esquerda, e quando eu corri de volta para o meio-campo eu me senti tonto. Não foi uma tontura normal , era uma espécie de sentimento surreal como se eu estivesse correndo dentro do corpo de outra pessoa. É difícil de explicar. Então eu dei uma outra explosão em frente e notei novamente. Minha visão começou a escurecer. Eu não tinha dor alguma."
De acordo com o jornal, Muamba ficou praticamente morto por 78 minutos, sendo 48 minutos no caminho até o hospital e os outros 30 já no hospital. Durante todo o período, os médicos deram 15 choques desfibriladores. Apenas no campo, foram dois.

ISRAEL SE PREPARA PARA A GUERRA NA PALESTINA: 'NOSSA RESPOSTA SERÁ DURA'

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, responsabilizará o Hamas em caso de um ataque vindo da Faixa de Gaza. Neste domingo, ...