sexta-feira, 30 de novembro de 2012

O TEMPLO DOS ÚLTIMOS DIAS .


O Que é o Templo dos Últimos Dias?
Em 1989, a revista Time publicou um artigo intitulado "Tempo para um Novo Templo?" em que relatava o desejo crescente de muitos judeus devotos de verem um novo templo construído no Monte do Templo em Jerusalém. O correspondente começou escrevendo:
"Que a Tua vontade seja a rápida reconstrução do Templo em nossos dias..." Esse pedido a Deus, recitado três vezes ao dia nas orações judaicas, expressa um desejo que faz do Monte do Templo em Jerusalém os 35 acres potencialmente mais instáveis do mundo.[1]
Nos anos que se seguiram a esse artigo, nada diminuiu o desejo de reconstruir o templo. Na verdade, a expectativa e os preparativos continuam a crescer. O apoio do público israelense para a reconstrução do templo, antes fraco, está aumentando gradativamente. A tensão no Oriente Médio continua alta e os problemas religiosos e políticos da região continuam nas manchetes em todo o mundo. Mas, mesmo nestes tempos turbulentos, os ativistas do Movimento do Templo continuam a intensificar seus esforços.
Os esforços da política, da diplomacia, da religião e da cultura convergem todos para o Monte do Templo – provavelmente o terreno mais disputado da terra. Uma das tensões mais importantes entre judeus e muçulmanos é a de que uma mesquita muçulmana, o Domo da Rocha, foi construída no local do templo em Jerusalém. O ativismo em torno do templo tem provocado preocupação e conflito internacional e continua sendo um pavio curto que pode detonar a próxima guerra mundial. Não existem soluções fáceis ou simples nesse complexo drama internacional e há muita retórica.
O líder dos Fiéis do Monte do Templo, Dr. Gershon Salomon, que é um dos defensores mais conhecidos e declarados de um templo reconstruído, afirma:
Eu creio que essa é a vontade de Deus. Ele [o Domo da Rocha] deve ser retirado. Devemos, como sabem, removê-lo. E hoje temos todo o equipamento para fazer isso, pedra por pedra, cuidadosamente, embalando-o e enviando-o de volta para Meca, o lugar de onde veio.[2]
Afirmações tais como essa estão carregadas de emoção e são defendidas com convicção. Qualquer atividade relativa ao Monte do Templo certamente criará o caos e trará reprovação de uma ou mais entidades religiosas ou políticas envolvidas.
No entanto, o sonho de reconstruir o templo é realista e biblicamente correto; um dia ele se realizará.A Bíblia ensina explicitamente que a reconstrução se tornará realidade. Mas a alegria será passageira e a adoração será interrompida. Como veremos através de alguns tópicos da história e da Bíblia, o novo templo não será nem o primeiro nem o último a ser erguido. Sua construção é certa, mas os dias turbulentos que a acompanharão também.
Quais são os planos e os preparativos para o próximo templo de Israel?
Muitos planos estão sendo feitos para a reconstrução do templo,[3] e vários grupos diferentes em Israel estão se preparando para isso. Algumas das organizações e atividades incluem:
Os Fiéis do Monte do Templo, liderados por Ger-
shon Salomon, que usam medidas ativistas para tentar motivar seus compatriotas a reconstruírem o templo. Uma dessas medidas foi sua tentativa periódica de colocar uma pedra angular de 4 toneladas e meia no Monte do Templo. O ativista Gershon Salomon demonstra sua determinação quando diz:
No dia certo – creio que em breve – essa pedra será colocada no Monte do Templo, trabalhada e polida... e será a primeira pedra para o terceiro templo. Agora mesmo essa pedra não está longe do Monte do Templo, bem perto das muralhas da Cidade Velha de Jerusalém, perto da Porta de Shechem... e dessa pedra se pode ver o Monte do Templo. Mas o dia está próximo em que essa pedra estará no lugar certo – pode ser hoje... ou amanhã, estamos bem pertos da hora certa.[4]
Outra ação que eles instituíram foi o sacrifício de animais.
O Instituto do Templo, liderado por Israel Ariel, que já fez quase todos os 102 utensílios necessários para a adoração no templo conforme os padrões bíblicos e rabínicos. Eles estão em exposição para turistas no centro turístico do Instituto do Templo na Cidade Velha em Jerusalém.
O Ateret Cohanim fundou uma yeshiva (escola religiosa) para a educação e o treinamento dos sacerdotes do templo. Sua tarefa é pesquisar regulamentos, reunir levitas qualificados e treiná-los para um sacerdócio futuro.
Muitas yeshivas surgiram em Jerusalém para fazer preparativos para a eventualidade de culto no templo reconstruído e funcional. Estão fazendo roupas, harpas, plantas arquitetônicas geradas em computador. Alguns rabinos estão decidindo quais inovações modernas podem ser adotadas num templo novo. Além disso, eles estão fazendo esforços para ter animais kosher (puros) para sacrifício, inclusive novilhas vermelhas. E algumas pessoas continuam a orar no Monte do Templo para ajudarem a preparar o caminho.
Muitos outros preparativos estão em andamento para a volta de Israel a todos os aspectos da adoração no templo.
Qual é a importância do templo da Tribulação?
O templo da Tribulação é importante porque é o templo que

 muitos judeus em Israel estão tentando reconstruir no 

presente. Saber o que a Bíblia ensina sobre os templos do 

passado, presente e futuro dá aos crentes a base 

necessária para ver o terceiro templo do ponto de vista de 

Deus. Apesar de que a esperança judaica para o próximo 

templo é que ele seja o templo messiânico, a Bíblia deixa 

claro que ele será, na verdade, o templo transitório do 

Anticristo.

O fato de Israel ter sido restabelecido como nação em 1948, 

de Jerusalém ter sido reconquistada em 1967 e dos judeus

 estarem fazendo esforços cada vez mais significativos para

 a construção do terceiro templo, demonstra que estamos 

chegando perto do fim da atual era da Igreja e do início da

 Tribulação. O cenário divino para o fim dos tempos está

 tomando forma e o centro das atenções é a reconstrução do

 templo em Jerusalém. A mão de Deus está agindo. (Thomas Ice e Timothy Demy -http://www.chamada.com.br)
Notas
  1. Richard N. Ostling, "Time for a New Temple?" ("Tempo para um Novo Templo?") Revista Time, 16 de outubro de 1989.
  2. Gershon Salomon citado em Patti Lalonde, "Building the Third Temple" ("Construindo o Terceiro Templo"), This Week in Bible Prophecy Magazine, abril de 1995, p. 22.
  3. Para detalhes documentados de preparativos atuais para reconstruir o templo veja Ice e Price, Ready to Rebuild.
  4. Randall Price, entrevista gravada com Gershon Salomon, 24 de junho de 1991.
Thomas Ice é diretor-executivo do Pre-Trib Research Center (Centro de Pesquisas Pré-Tribulacionistas) e professor de Teologia na Liberty University. Ele é Th.M. pelo Seminário Teológico de Dallas e Ph.D. pelo Seminário Teológico Tyndale. Editor da Bíblia de Estudo Profética e autor de aproximadamente 30 livros, Thomas Ice é também um renomado conferencista. Ele e sua esposa Janice vivem com os três filhos em Lynchburg, Virginia (EUA).

Pesquisa revela que 7% dos católicos não creem em Deus , Frequência às missas caiu na Irlanda


Pesquisa revela que 7% dos católicos não creem em DeusPesquisa revela que 7% dos católicos não creem em Deus
Mais de 20% dos católicos irlandeses não acreditam na ressurreição de Jesus nem que Deus criou o universo, afirma a pesquisa divulgada pelo Instituto Ipsos MRBI. Constatou-se também que 7% dos católicos sequer acreditam em Deus. Um número curioso em um páis que recentemente organizou o primeiro congresso mundial de ateus.
Quando se trata de tomar decisões morais sérias, mais de três quartos (78%) dos católicos irlandeses seguem sua própria consciência, em vez de lembrar do ensino da Igreja (17%). Quase metade dos católicos irlandeses (45%) não acredita no inferno, enquanto quase um quinto (18%) não acreditam que Deus criou o homem.
Por outro lado, 92% dos católicos irlandeses dizem acreditar em Deus, 82% acreditam no céu, 80% acreditam que Deus criou o homem e 84% acreditam que Jesus era o filho de Deus. Além disso, 78% acreditam na ressurreição de Jesus, enquanto 76 % acreditam que Deus criou o universo.
Quando se trata de frequentar as missas, a pesquisa revelou que 34% dos católicos irlandeses fazem isso uma vez por semana, 16% afirmam que “raramente/nunca” vão. No geral, a pesquisa revelou que 90% dos entrevistados consideram-se católicos, 2% é evangélico, 2% de outra religião, 5% não tem religião e 1% recusou-se a responder.
Cinqüenta e nove por cento associou a palavra “igreja” ao seu lugar de culto, enquanto 20% diz que “somos nós mesmos… o povo de Deus”.
Entre os entrevistados, 84% acreditam que os padres deveriam ter o direito de se casar e 7% são contra. Por outro lado, 80% acreditam que deveria haver sacerdotes mulheres, com 9% sendo contra.
Uma pergunta da enquete falava sobre a formação do mundo: criacionismo X evolucionismo. A pesquisa descobriu que 56% dos entrevistados acreditam que Deus criou o homem, com 18% dizendo acreditar na evolução. Curiosamente, 7% acreditam em ambas, enquanto 7% não acreditam em nenhum das duas. Doze por cento disse que não sabia.
Segundo o jornal Irish Times, que divulgou a pesquisa, desde 1996 o número de católicos irlandeses não sofre alterações significativas. Porém, nos últimos 14 anos, a frequência semanal à missa, caiu de 55%, em 1998, para 34% em 2012.
A maior queda na devoção foi notada entre os mais jovens. Apenas 17% das pessoas entre 18 e 34 anos de idade vão à missa semanalmente. Na faixa entre 34 e 54 são 31% e 57% das pessoas com mais de 55 anos o fazem.

VIA GRITOS DE ALERTA .
FONTE . GOSPEL PRIME

Hoje é o Dia do Evangélico


Hoje é o Dia do EvangélicoHoje é o Dia do Evangélico
O Dia do Evangélico, comemorado dia 30 de novembro, existe em todo o país. Porém, somente no Distrito Federal será feriado, seguindo uma lei distrital em 1995.
A proposta foi ideia do então deputado Carlos Xavier (PMDB), que teve aprovação na Câmara Legislativa do DF. A lei foi sancionada pelo então governador Cristovam Buarque (PDT), e passou a fazer parte do calendário oficial.
Com a repercussão, a data também foi adotada por outros estados e municípios, determinando as comemorações em 30 de novembro como Dia do Evangélico. O presidente Lula tornou a lei nacional em 15 de setembro de 2010, através do projeto de lei 3541/08, proposta pelo deputado federal Cléber Verde (PRB-MA).
Em alusão à data, a Secretaria de Cultura do DF realizará hoje e amanhã uma programação com shows de bandas gospel no gramado da Esplanada dos Ministérios. Serão 25 atrações, com destaque para Damares nesta sexta-feira (30) e Trazendo a Arca, no sábado (1/12).
Por ser um feriado distrital, os órgãos federais e algumas instituições do DF, como o Tribunal de Justiça, funcionarão normalmente.
Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) o número de evangélicos aumentou mais de 60% nos últimos 10 anos. Um crescimento de 16 milhões de fieis evangélicos que mexeu com país, outrora conhecido como a maior nação católica do mundo. Segundo projeções, o número de evangélicos deve ultrapassar o de católicos nos próximos 30 anos

VIA GRITOS DE ALERTA .
INF. GOSPEL PRIME

ALERTA - Irã possui bomba nuclear três vezes maior que as de Hiroshima e Nagasaki



Irã possui bomba nuclear três vezes maior que as de Hiroshima e NagasakiIrã possui bomba nuclear três vezes maior que as de Hiroshima e Nagasaki
Após meses de debates sobre a veracidade do programa nuclear existir com fins bélicos, um relatório da agência de notícias Associated Press confirmou que inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA) sabem que o Irã está construindo uma grande bomba nuclear.
Os diagramas divulgados no início desta semana mostram os cálculos do “rendimento explosivo nuclear”, indicando que se trata de uma carga de 50 quilotons.
Funcionários da IAEA, que falaram à agência de notícias, confirmaram que a agência teve acesso às plantas e dizem estar frustrados com a forma como as potências ocidentais estão lidando com essa situação perigosa e urgente.
Um dos inspetores observou que a construção dessa bomba desmente todas as reivindicações iranianas de que seu programa nuclear tem apenas fins civis, ou seja, de geração de energia elétrica.
Para efeitos de comparação, 50 quilotons é o triplo da capacidade das bombas usadas durante a Segunda Guerra Mundial que destruíram as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki.
Cada uma delas tinha 15 quilotons. Por que motivos o Irã construiria uma arma dessas se não fosse para intimidar um inimigo. Não por acaso, os lideres iranianos já anunciaram várias vezes sua intenção de “varrer Israel do mapa”, algo que seria fácil com uma bomba como essa.
A Agência Internacional de Energia Atômica suspeita que o Irã já realizou testes de explosivos convencionais que poderiam ser usados para detonar uma arma nuclear em Parchin, base militar ao sudeste da capital, Teerã. A Associated Press lembra que o Irã repetidas vezes rejeitou os pedidos da AIEA para visitar o local, que a agência teme estar passando por uma grande limpeza, visando eliminar quaisquer vestígios dessas experiências.
Os cientistas nucleares Mohsen Fakhrizadeh, Majid Shahriari e Fereidoun Abbasi seriam os responsáveis pelo desenvolvimento da bomba. O Irã tem impedido há anos as tentativas da AIEA de questionar Fakhrizadeh sobre seu suposto envolvimento em programas secretos.
Shahriari foi assassinado em 2010 e Irã sempre alegou que foi uma execução de agentes secretos israelenses. Abbasi, hoje chefe da agência nuclear do Irã, ficou ferido em uma tentativa de assassinato diferente que ocorreu no mesmo dia que Shahriari foi morto. Traduzido de Israel Today e AP.

VIA GRITOS DE ALERTA  /  INF. GOSPEL PRIME

A VOLTA DO VELHO SER. BABY DO BRASIL VOLTA AOS PALCOS.

 Aos 60 anos de idade, cantora volta aos palcos não-religiosos ao lado do filho Pedro Baby  Foto: Philippe Lima  / AgNewsEsses dias eu estava lendo uma notícia que mostrava que a PASTORA BABY DO BRASIL estava retornando aos palcos da vida.
Para quem já viveu da noite como eu vivi , posso afirmar que a noite é uma sujeira pura , onde tem te tudo o que não presta .
DROGAS , SEXO , PROSTITUIÇÃO  e outras podridões .
Eu me pergunto ?
COMO PODE UMA PASTORA FALAR QUE DEUS MANDOU ELA VOLTAR A CANTAR AS MUSICAS MUNDANAS QUE LEVARAM TANTOS AO ERRO?

COMO PODE UMA PASTORA AFIRMAR QUE DEUS MANDOU VOLTAR A SE APRESENTAR EM PALCOS QUE EM NADA GLORIFICA O NOME DE DEUS ?

SERÁ QUE DEUS IRIA MANDA LA A CANTAR AQUELAS MUSICAS ?

somente se foi o deus desse mundo ,pois quando olhamos para trás ,não somos dignos do REINO DO CÉU.

É inadimissivel que essa senhora afirme isso .

Pois Bastou um show para Baby do Brasil perceber o quanto sentia falta de se apresentar, e anunciar a turnê Baby Sucessos que conta com a direção de Paula Lavigne, e pode até virar DVD.

ISSO MOSTRA A FALSA LIBERTAÇÃO.
Após mais de dez anos se apresentando apenas em eventos, a "posptora" - como se define -, que fundou o Ministério do Espírito Santo de Deus em Nome de Jesus, voltou para "matar a saudade" em um verdadeiro encontro de gerações, que faz uma releitura de sua carreira desde os tempos dos Novos Baianos - quando foi considerada um símbolo de rebeldia e chegou a ser comparada com Janis Joplin.
"Estou tão feliz de pensar que a minha mãe está podendo matar a saudade de um público que já está há muitos anos querendo ouvir os sucessos dela. Eu também tenho saudades das músicas que cresci ouvindo. Ela nunca foi embora, ela está agora voltando para casa", contou Zabelê, uma das filhas de Baby, segundo a imprensa local.
O apoio dos filhos está sendo fundamental nessa nova fase. Pedro Baby, que já tocou com nomes como Marisa Monte, Bebel Gilberto, Ana Carolina e Gal Costa, é o responsável pelos arranjos musicais. A temporada de shows chega em Recife já no próximo dia 1º de dezembro, e retorna ao Rio de Janeiro no dia 7 para uma apresentação no Circo Voador. Baby também se apresenta na Concha Acústica, em Salvador.

Confira abaixo o vídeo do primeiro ensaio que resultou neste show:


ISSO É MAIS UMA CONFIRMAÇÃO QUE JESUS BREVE VEM.

VIA GRITOS DE ALERTA

Nasa promove encontro na internet para negar o fim do mundo


Imagem mostra objeto se chocando com a Terra (Foto: Reprodução/ internet)RIO - De olho na aproximação do dia 21 de dezembro de 2012, data em que algumas pessoas acreditam que a antiga civilização maia previu o fim do mundo, e no aumento do fluxo de mensagens pedindo esclarecimentos sobre o assunto, cinco cientistas da Nasa participaram esta semana de um debate na internet para responder às dúvidas do público. Durante o encontro na rede social "Google Plus", especialistas da agência espacial americana rechaçaram teorias apocalípticas como a de que um planeta errante chamado Nibiru, ou Planeta X, chocaria-se com a Terra e tentaram colocar um pé na realidade temores como o de uma tempestade solar de grandes proporções que poderia destruir boa parte de nossa tecnologia atual e deixar o planeta às escuras.

- É tudo uma elaborada fantasia - afirmou David Morrison, astrobiólogo do Centro de Pesquisas Ames da Nasa. - Mas a verdade é que muitas pessoas estão verdadeiramente preocupadas e muitas delas escrevem sobre isso para a Nasa. Em particular, fico preocupado com os jovens que escrevem para mim e dizem estar apavorados, que não conseguem dormir, comer. Alguns deles contam que até consideram o suicídio. Acho uma maldade ficarem espalhando rumores pela internet para assustar crianças.
Quanto a Nibiru, um suposto planeta com órbita irregular que levaria 3,6 mil anos para completar uma volta em torno do Sol, os cientistas esclareceram que se um objeto tão grande existisse e estivesse em rota de colisão com a Terra ele já teria sido detectado.
- Não faz nenhum sentido, pois se ele estivesse lá nós o veríamos. Nós estaríamos acompanhando sua trajetória por uma década ou mais e agora ele seria o objeto mais brilhante no céu depois do Sol e da Lua. Você pode derrubar este rumor sozinho, basta sair e olha para o céu - disse Morrison.
Já com relação à atividade solar, uma pergunta feita por um dos internautas surpreendeu a heliofísica Mitzi Adams, do Centro de Voo Espacial Marshall. Segundo o boato citado pelo internauta, a Nasa teria previsto que o Sol sofreria um "apagão" entre os dias 21 e 23 de dezembro.
- Não há nada que conhecemos na física que permita que o Sol se desligue por três dias e depois ligue de novo - respondeu, sem, no entanto, afirmar que estamos totalmente livres de qualquer perigo. - A maior ameaça à Terra em 2012, no fim deste ano e no futuro vem da própria espécie humana.
Além do encontro na internet, a Nasa reeditou no último dia 13 de novembro uma página especial no seu site na internet em que responde a algumas das principais perguntas e temores sobre o fim do mundo. No ar desde 2009, a página já recebeu milhares de visitantes.

VIA GRITOS DE ALERTA   .
FONTE - http://br.noticias.yahoo.com/nasa-promove-encontro-internet-negar-fim-mundo-212010446.html

Samuel: Profeta, Sacerdote e Juiz




Samuel teve importância singular na história de Israel. Ele foi o último dos juízes a exercer autoridade civil sobre o povo. Embora não pertencesse à linhagem de Arão, oficiava os rituais como principal sacerdote. Foi também reconhecido como profeta e criou escolas de profetas que influenciaram as futuras gerações dos reis de Israel.
Seu nascimento é fruto de uma promessa feita por sua mãe, Ana, que fez um voto com Deus, prometendo que seu filho seria um Nazireu¹ e o serviria no templo.

 Samuel, ainda jovem, foi entregue ao sacerdócio e ministrava perante o SENHOR, servindo sob a direção de Eli (I Sm 2.11;18). Era conhecido como correto, ao contrário do que se dizia dos filhos de Eli. Estes não apenas roubavam de Deus ao exigir as porções sacerdotais antes que o sacrifício fosse entregue, mas também se portavam de tal maneira, que as pessoas passaram a evitar ir a Siló² para sacrificar ao Senhor. Por causa disso o pecado desses jovens era muito grande, conforme narra a Bíblia em I Sm 2.17.
Mas para o bem de Israel, Samuel, mesmo estando sujeito ao mal e à influência dos filhos de Eli, reagiu contra as atitudes ímpias e tornou-se consciente do chamado de Deus desde a juventude. Enquanto ele crescia o Senhor era com ele, e fazia com que todas as suas palavras se cumprissem (I Sm 3.19). Todo o Israel reconhecia que Samuel estava confirmado como profeta do Senhor.
Ele suscitou uma grande reforma nacional, renovando a aliança e trazendo o povo de volta à adoração ao Senhor Deus. Samuel extinguiu os rituais de adoração cananéia das fileiras de Israel e estabeleceu um circuito entre as cidades de Mispa, Ramá, Gilgal, Belém, Betel e Berseba, para realizar suas tarefas sacerdotais e desenvolver um ministério de ensino eficiente. Com a ajuda de Deus subjugou os filisteus em Mispa, e ali ergueu uma pedra; e deu-lhe o nome “Ebenézer”, dizendo: “Até aqui nos ajudou o Senhor (I Sm 7.12).
Samuel continuou como juiz de Israel todos os dias da sua vida (I Sm 7.15). Já na sua velhice, por não haver liderança em Israel, pois seus filhos Joel e Abias não andaram em seus caminhos, deu ouvidos ao povo e consentiu, mesmo relutante, que se fosse escolhido um rei para Israel. Saul foi escolhido por Deus para ser o primeiro rei de Israel, porém, por ter se apossado indevidamente da responsabilidade sacerdotal, foi rejeitado posteriormente. Samuel o advertiu e previu que o seu reinado não permaneceria (I Sm 2.13). Seguindo a ordem de Deus, Samuel ungiu Davi como rei no lugar de Saul.
Andou com retidão todos os dias da sua vida (I Sm 12.5), e ao final, entregou ao povo a advertência de que a prosperidade da nação dependia de sua obediência a Saul, bem como da sua sujeição à lei de Moisés. Morreu com aproximadamente 52 anos,  e todo o povo de Israel se reuniu e pranteou; e o sepultaram onde tinha vivido , em Ramá. (I Sm 25.1)
Samuel é um exemplo para a nossa geração, que também vive em um mundo que precisa ser restaurado. Ele foi levado quando criança para um ambiente religioso corrupto, e viveu em um período onde a nação de Israel servia outros deuses. Mesmo assim, consciente da sua responsabilidade, não se deixou corromper e lutou pela restauração e libertação de Israel. Que possamos aprender com Samuel e desejar que Deus seja coroado e cheio de glória e honra. Que o seu reino avance e a sua justiça se propague por toda parte. Levando o povo ao arrependimento dizendo: “Se vocês querem voltar-se para o Senhor de todo o coração, livrem-se então dos deuses estrangeiros e dos postes sagrados, consagrem-se ao Senhor e prestem culto somente a ele” (I Sm 7.3a).

1. Nazireu: ( do hebraico nazir נזיר da raiz nazar נזר “consagrado”, “separado”), dentro da Torá é o termo que designa uma pessoa que consagra-se a Deus por um tempo determinado. Segundo a Bíblia, a marca mais comum da separação desta pessoa – que podia ser um homem ou uma mulher – era o uso do cabelo não cortado e a abstinência do consumo de vinho ou qualquer outro alimento feita de uva.
2. Siló: cidade no monte de Efraim e a capital religiosa de Israel no tempo dos Juízes. É mencionada na Bíblia Hebraica como um lugar de reunião para o povo de Israel onde havia um santuário contendo a Arca da Aliança
Artigo baseado no livro “Curso Vida Nova de Teologia básica – Vol. 2 – Panorama do Antigo Testamento”, Samuel J. Schultz – Gary V. Smith, Vida nova.
 VIA GRITOS DE ALERTA
FONTE . Diogo Kobbi

Samuel - Seu ministério




O ministério de Samuel diante do SENHOR foi exercido durante toda a sua vida, servindo no tabernáculo e falando como Seu profeta. Mas o povo só admitiu a sua autoridade como juiz depois da morte do sumo sacerdote Eli, em circunstâncias trágicas, junto com os eventos relatados do capítulo 4 até 7:2.
Ali temos uma prova de como era grande a superstição em Israel, e como estavam longe de Deus. Embora a palavra de Samuel viesse a todo o Israel, eles partiram para guerrear contra os filisteus sem pensar em consultar Deus primeiro. Ao perderem a primeira batalha, decidiram mandar que fosse trazida a arca para a cena da batalha, símbolo da sua "religião".
Os sacerdotes Hofni e Finéias prontamente obedeceram. O povo pensava que havia algum mérito naquele objeto. Mas Deus não estava dentro daquela caixa! O povo cultuava uma caixa e estava longe de Deus, portanto Deus não estava com ele. Muitos hoje em dia também cultuam objetos, rituais, cerimônias, edifícios e mesmo outros homens, olvidando o verdadeiro Deus vivo.
Os filisteus, supersticiosos também, temiam a arca, mas corajosamente enfrentaram e novamente derrotaram os israelitas, capturando a arca e matando os dois sacerdotes. Ao receber a notícia que a arca havia sido capturada, o sumo sacerdote Eli caiu e morreu.
A presença da arca trouxe maldição para os filisteus: a estátua do seu deus Dagon foi misteriosamente quebrada, os habitantes das localidades onde foi guardada sofreram uma doença na forma de tumores (provavelmente peste bubônica), e, enfim, depois de sete meses, eles a devolveram aos israelitas. Ela ficou guardada na cidade de Quiriate-Jearim: segundo os arqueólogos, a cidade de Silo provavelmente havia sido destruída na segunda batalha.
A arca ficou guardada na casa de um levita chamado Abinadabe, cujo filho Eleazar foi consagrado para guardá-la. Nos vinte anos seguintes o povo dirigiu lamentações ao SENHOR, e enquanto isso Samuel amadureceu.
Terminado esse período, Samuel se dirigiu ao povo dizendo-lhes que tirassem do seu meio os seus ídolos, se sinceramente desejassem voltar ao SENHOR. Não adiantava ficarem se lamentando e pedindo a misericórdia de Deus enquanto continuavam a desobedecê-lo cultuando os deuses Baal e Astarote, e os seus ídolos.
Deus também requer a nossa obediência antes de trazer-nos a salvação e decorrentes bênçãos. Se houver algo que colocamos acima de Deus em nossa vida, esse é um ídolo que deverá ser afastado.
Este foi o início do ministério de Samuel para o povo de Israel como profeta (v.3) e juiz (v.6), além de sacerdote (v.5). O povo foi convocado por ele para um reavivamento espiritual, mediante dedicação exclusiva ao SENHOR seu Deus. Samuel orou a seu favor, eles confessaram o seu pecado, deixaram os seus deuses e se voltaram ao Deus verdadeiro.
Essa é a única maneira em que podemos voltar para Deus. À luz da Sua Palavra, podemos ver como somos, e que todos pecamos e carecemos da glória de Deus (Romanos 3:23); ela também nos assegura que o sangue de Jesus Cristo, o Seu Filho, continuará nos limpando de todo o pecado (1 João 1:9).
Samuel reuniu o povo em Mispa (Torre de Vigia): era uma localidade onde o povo se acostumara a se reunir em grandes emergências nacionais (Josué 18:26; Juizes 20:1, 3; 21:1, 5). Estava cerca de 11 quilômetros ao norte de Jerusalém, no monte mais alto da redondeza, uns trezentos metros de altitude acima da planície de Gibeão. Mais tarde foi ali que Saul, o primeiro rei de Israel, foi identificado e apresentado ao povo (1 Samuel 10:17 em diante).
Em Mispa tiraram água e a derramaram perante o SENHOR: um símbolo de arrependimento do pecado, deixando os ídolos e seguindo somente o SENHOR.
Em Mispa também Samuel julgou os filhos de Israel, tornando-se o último da série de juizes daquele povo. Por causa da sua obediência e consagração a Deus, ele foi um dos maiores juizes na história de Israel. A Bíblia não diz quem era o sumo-sacerdote nesta época, em sucessão a Eli: Samuel não podia assumir o cargo por não ser descendente de Arão, embora fosse levita. Mas nesta ocasião Samuel oficiou como se fosse sumo-sacerdote.
Os filisteus, acostumados agora a dominarem sobre Israel, souberam que os israelitas haviam se reunido em Mispa e, decerto concluindo que estavam tramando uma revolução, reuniram seus príncipes e subiram contra eles.
Os israelitas, agora sem a autoconfiança que tinham antes, e sabendo do poder militar dos filisteus, temeram, rogando a Samuel que intercedesse por eles junto ao SENHOR. Era uma atitude de humildade e submissão, tão diferente da sua arrogância de vinte anos antes.
Atendendo ao seu pedido, Samuel ofereceu um cordeirinho em holocausto ao SENHOR, e clamou por Israel ao SENHOR. O SENHOR atendeu ao seu clamor enquanto Samuel ainda oferecia o holocausto: com um grande trovejar ele assustou imensamente os filisteus, e eles foram presa fácil para os israelitas que os perseguiram até além de Bete-car (casa de ovelhas).
Essa localidade é desconhecida hoje. O local da batalha foi o mesmo em que os israelitas haviam sido derrotados vinte anos antes pelos filisteus em duas batalhas. Mas a vitória dos israelitas agora foi tão decisiva que os filisteus nunca mais vieram ao território de Israel.
Samuel erigiu um monumento - uma pedra - para celebrar o acontecimento, chamando-o Ebenézer (pedra de ajuda) dizendo "até aqui nos ajudou o SENHOR". Com esta pedra eles celebraram a ajuda do SENHOR no passado, reconheciam a presença atual do SENHOR com eles, e estabeleciam um memorial para o futuro.
Também temos o costume de olhar para o passado. Através de Paulo o Senhor disse aos filipenses: "estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até o dia de Cristo Jesus" (Filipenses 1:6). Se Deus nos trouxe até este ponto, e está dirigindo a nossa vida hoje, também podemos dizer "até hoje nos abençoou o Senhor". E Ele vai continuar a fazê-lo.
Alguém disse: "ontem é como um cheque que já foi recebido, amanhã é como uma nota promissória, mas hoje é dinheiro no bolso. Use-o bem". Como a pedra de Ebenézer, que não somente vale para o passado, mas também para o presente e para o futuro: "O SENHOR é o meu Pastor (presente), nada me faltará(futuro)".
Outra pessoa disse "Estou muito interessado no futuro porque espero passar o resto da minha vida nele, e quero ter certeza absoluta que espécie de futuro ele vai ser". Como a Bíblia diz "Sabemos que todas as cousas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito" (Romanos 8:28). Todos precisamos de uma pedra de Ebenézer para nos lembrar das nossas bênçãos passadas, das atuais e das que ainda estão para vir.
Os amorreus eram um povo que vivia nas regiões montanhosas dos dois lados do rio Jordão, mas que naquela época se concentrava mais ao oriente e sul do Jordão. É provável que essa referência a eles aqui é genérica para todos os cananeus ainda restantes na terra ocupada por Israel. Houve paz entre eles e os israelitas enquanto Samuel era o juiz de Israel.
Samuel era um juiz itinerante e tinha responsabilidades civis (7:16), religiosas (7:6, 17) e militares (12:11). Ele julgou a Israel todos os dias da sua vida.

R David Jones


As 5 faces do Poder

Eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém em Jerusalém até que do alto sejais revestidos de PODER.



            Com esta palavra, gostaria de propiciar aos irmãos leitores uma séria meditação nesta maravilhosa palavra saída da boca do nosso Senhor Jesus, que mudou a minha vida.

            Interessante é meditarmos na palavra poder, e trazermos para nossa vida, pois quantos cristãos vivem uma vida sem poder, pois a palavra PODER significa dispor de FOÇA E AUTORIDADE; TER INFLUÊNCIA; TER DOMÍNIO; SOBERANIA; CAPACIDADE. Que maravilho, isso tudo é para aqueles que crerem no Senhor Jesus (Mc-16:17e18).

            Amados irmãos, sabemnos que uma pessoa que foi eleito Presidente da República do Brasil, não pode tomar decisôes, ou qualquer outra atitude sem antes ter sido empossado no dia 1º de Janeiro, sem antes ter recebido a faixa de Presidente. Uma pessoa que fez concurso para o Magistrado não pode julgar sem antes ser empossado, pois estas pessoas ainda não detêm o poder, mas no seu intimo já circula o sentimento da posse do poder, um sentimento que a deixa eufórica, ansiosa, pelo momeno da posse.

            No livro de Atos, no cap.1 ver.8, Doutor Lucas relata as palavras do Senhor dizendo que seus discípulos receberiam poder ao descer sobre eles o Espírito Santo, sim, Ele é o Poder que muitos cristãos ainda não conhecem.

            Mas antes da descida do Espírito Santo o Senhor Jesus nos mostrou o que o poder ou quem tem poder pode fazer. Então gostaria de registrar para lhes mostrar como aconteceu.

O PODER NA VIDA DE JESUS

            A Bíblia relata que Jesus crescia e se fortalecia, ficando cheio de sabedoria, e a Graça de Deus estava sobre Ele (Lc - 2:40). E Jesus nos deu várias demostrações de poder, para que pudessemos crer que o poder existe e está no Seu nome, um nome que está acima de todos os nomes. Jesus sendo homem era Deus e sendo Deus era homem, viveu e venceu, nos mostrando o significado do poder para a vida do homem que verdadeiramente o ama. Por isso amados irmãos não desprezem o poder na sua vida.

O PODER DA AUTORIDADE

            O livro de Lucas relata que embora os demônios tentassem afundar o barco onde estava Jesus e seus discípulos, não teve êxito, por que o barco que Jesus entra não tem tempestadade que o afunde. Mas os demônios não queriam ser submentidos a autoridade que já existia na pessoa de Jesus. Porém, chegando do outro lado do lago de Tiberíades, mais conhecido por Mar da Galileia, havia um homem que estava possesso por uma legião de demônios, que ao verem Jesus se ajoelharam e disseram: ”Filho do Deus altíssimo, rogo-te que não nos atormentes”. Que autoridade! Fabuloso! Incrível! Esse é o meu Jesus, que expulsou aqueles demônios, que entraram em porcos e tempos mais tarde o apóstolo Paulo relata viu aquele homem pregando o Evangelho. Isso é autoridade, mas muitas vezes nós limitamos Jesus em nossas vidas, e os demônios não saem, e as enfermidades não saem, e acabamos por culpar a Jesus, mas eu quero lhe dizer que a autoridade Dele nãomudou e nunca mudará.

O PODER DA INFLUÊNCIA

            Certa feita, o meu Jesus que é o dono do Poder usou este tão grande Poder para influênciar a humanidade com o intuito de levar todos a salvação. Jesus está pregando sobre o Reino dos Céus, quando um grupo de endemoniados, que eram os fariseus, tentou pegar Jesus na lei dos homens, e disseram; Senhor é lícito pagar imposto? hipócritas; Jesus lhes dá uma resposta que tem influênciado toda a humanidade, quando pedindo uma moeda, lhes pergunta de quem era a imagem esculpida na moeda, e quando eles respondem, Jesus lhes diz; Então dê a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. Esse é o poder de influenciar, que fez uma humanidade saber que devemos sempre dar a Deus louvor, honra, glória e reverência, pois só Ele é digno.

O PODER DE DOMÍNIO

            Quando Jesus é batizado por João Batista no Rio Jordão, a Bíblia diz que Ele foi levado pelo Espírito Santo para o deserto para ser tentado. Eu creio que satanás foi até Deus e disse que Jesus ainda não tinha caído por que não o tinha enfrentado ele cara a cara, mas depois foi ele que deu com a cara no poste. Vejamos, Jesus fica 40 dias em jejum, só depois satanás aparece mostrando que ele é um covarde, e ele tenta Jesus querendo o fazer transformar pedra em pão, mas nem só de pão viverá o homem, depois tenta fazer Jesus pular do alto de um pináculo, citando o vs. 11 do Sl 91, e a resposta foi não tentarás o Senhor teu Deus, novamente o cão leva Jesus, até porque Jesus se deixou ser levado, pois ele tinha o domínio, ao um alto monte e mostra o mundo, não as almas, e queria que Jesus o adorasse, coisa de satanás, mas Jesus responde, somente ao Senhor teu Deus adorarás e somente Ele servirás, e o coisa ruim teve que sair com o rabinho entre as pernas. Jesus domina todas as situações.

O PODER DA SOBERANIA

            Amados irmãos, vocês conseguiriam dormir em meio a uma tempestade? Que não era uma tempestade qualquer, pois até os pescadores mais experientes tiveram medo, mas Jesus que sempre domina, dormia tranquilamente, mas ao ser acordado Jesus mostra uma serenidade e como que sempre domina, com soberania Ele se dirige à tempestade e diz ao vento cala-te, e ao mar, aquieta-te. Isso é poder de soberania, domínio sobre a natureza, soberano sobre todas as coisas. É por isso que eu nunca me arrependerei de servir esse Deus maravilhoso, que a todo o momento acalma ventos, e cala mares. Talvez seja esta sua grande necessidade! Ter um Deus que lhe mostre o quanto Ele tem de poder, par usá-lo em seu beneficio. Renda-se ao poder soberano de Jesus, e então você verá sua vida medíocre passar a ser uma vida estupenda.

O PODER DA CAPACIDADE

            Faltaria tempo e papel para falar de Jesus, poi o apóstolo João disse que nem todo o livro do mundo daria para relatar seus milagres. Então quero encerrar com o poder da capacidade. Lembro-me de que uma vez Jesus estava pregando e era um sábado, e então os escribas e fariseus colocaram um homem da mão mirrada perto dEle, mas Jesus nunca conseguiu ficar perto de uma pessoa doente e não curá-la. Jesus então faz uma pergunta: Quem de vocês tem um jumento? Amados, todos tinham. Se seu jumento cair em um buraco no dia de sábado o que vocês fariam? E eles responderam: vamos e tiramo-los do buraco. Se vocês podem tirar seus jumentos do buraco no sábado, então Eu também posso curar esse pobre homem. Isso é capacidade de sair das artimanhas do inimigo, capacidade de usar a sabedoria.

CONCLUSÃO

            Mas estas são apenas algumas das demostrações de poder que decidi expor para os irmãos, pois sabemos que Jesus ainda usa o poder para salvar Maria Madalena da morte dos homens, usa o poder para expulsar os cambistas da Igreja, usa o poder para dar vista a Bartimeu. 

            Mas o que eu gostaria que cada leitor refletisse era no poder que Jesus deixou, o Seu nome. Será que temos usado este poder em nossas vidas. Se Jesus disse ficai em Jerusalém até que do alto sejais revestidos de poder, e se o presidente precisa do poder autorgado para governar, se ttemos que fazer a obra do Senhor e sem poder não conseguiremos, então precisamos nos render ao poder O ESPÍRITO SANTO DE DEUS, Ele é a faixa que recebemos quando somos revestidos do alto. Não tente seguir em frente sem o poder, ele significa muito para um verdadeiro cristão em sua caminhada.



VIA  GRITOS DE ALERTA /  INF. PORTAL WEB SERVOS

VITÓRIA - Justiça de São Paulo nega pedido de retirada da frase 'Deus seja louvado' de cédulas

O
O pedido do Ministério Público de tirar a frase "Deus seja louvado" das cédulas de real foi negado pela Justiça Federal de São Paulo. O juiz afirmou que a frase não lhe parece ser "um direcionamento estatal na vida do indivíduo que o obrigue a adotar ou não determinada crença, assim como também não são os feriados religiosos e outras tantas manifestações aceitas neste sentido, como o nome de cidades".
A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) em São Paulo fez o pedido de retirada da frase à Justiça no começo do mês de novembro. O principal argumento usado na ação era o de que o Estado brasileiro é laico e, por conta disso, deveria se desligar de manifestações religiosas do tipo. A medida, da 7ª Vara Federal Cível, é provisória, podendo ser revogada ou modificada.
A Justiça alega que o pedido não foi decorrente de "dados concretos, colhidos junto à sociedade, que denotassem um incômodo com a expressão 'Deus' no papel-moeda".
A expressão religiosa foi inclusa nas cédulas no ano de 1986, por determinação do residente da época, José Sarney. Em 1994, ma frase foi mantida por Fernando Henrique Cardoso, na implementação do Plano Real.
VIA GRITOS  DE ALERTA .
FONTE . http://www.opovo.com.br/app/maisnoticias/brasil/2012/11/30/noticiasbrasil,2963635/justica-de-sao-paulo-nega-pedido-de-retirada-da-frase-deus-seja-louvado-de-cedulas.shtml

Mãe 'muda sexo' de filha para evitar que seja vítima de crime sexual em Senador Canedo (GO)

Registrada como menino, uma garota viveu durante dois anos com o nome Samuel em Senador Canedo (região metropolitana de Goiânia).
 A alteração do sexo da criança na certidão de nascimento aconteceu a partir de uma fraude de documentos feita pela mãe, identificada apenas como Natasha, logo após o nascimento. 
A mulher justificou seu ato dizendo que não queria que a filha fosse vítima de abusos sexuais. Assim que recebeu a certidão de nascido vivo emitida pela maternidade municipal Aristina Cândida, ela rasurou, de forma grosseira, a indicação do sexo para masculino.
 Apesar da manipulação no documento, o cartório da cidade fez o registro da criança como menino e com o nome Samuel. 
O comportamento da mãe em relação à criança levantou suspeitas na família
. Ela não permitia proximidade com a criança e nunca deixava que Samuel tomasse banho ou trocasse de roupa com alguém que não fosse ela própria, a mãe. 
E o cabelo do “menino” estava sempre curto. 
A conselheira tutelar de Senador Canedo, Daniela Cristina, informou que uma tia de Samuel aproveitou a distração da mãe numa festa de família, resolver conferir e comprovou que a criança era do sexo feminino. 
Logo em seguida, o caso foi denunciado, de forma anônima, ao Conselho Tutelar. 
Uma avaliação médica comprovou que Samuel era na verdade uma menina. 
Após a confirmação da fraude, a mãe disse ao conselho que foi vítima de abuso sexual na infância e que mudou o sexo da filha para evitar que ela fosse alvo de crimes similares. 
O caso está sendo apurado pela 3ª Promotoria de Senador Canedo e corre em segredo de Justiça. Samuel virou Cristina Rebatizada extraoficialmente de Cristina, a criança agora está com uma família acolhedora. 
A mãe não foi presa. Até a descoberta da fraude, a criança não tinha registro paterno. Com a investigação, o promotor de Justiça Marcelo Faria da Costa Lima solicitou exame de DNA para confirmar a paternidade da menina. Segundo ele, o exame indicou que o pai é o homem apontado por Natasha. Nesta sexta-feira (30), o promotor solicitou ao laboratório o exame sobre a maternidade.
 “Trata-se de um pedido cautelar porque não temos documentação da maternidade que a confirme como mãe da criança.” Segundo ele, a previsão é de que resultado saia ainda na próxima semana. 
Com os exames concluídos, a promotoria terminará a investigação, e novas providências, como a retificação do registro, deverão ser tomadas. 
O promotor afirma que se as teses foram comprovadas, e a mãe da criança deverá ser investigada e processada criminalmente. 

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/brasil/2012/11/30/mae-muda-sexode-filha-para-evitar-que-seja-vitima-de-crime-sexual-em-senador-canedo-go.jhtm

Israel diz que mudança de status palestina na ONU é "teatro político"

O porta-voz do governo de Israel, Mark Regev, disse nesta sexta-feira que a mudança de status da Palestina para Estado observador da ONU (Organização das Nações Unidas) é um "teatro político negativo" que dificultará as negociações de paz.
O reconhecimento dos territórios palestinos foi aprovado na quinta (29) na Assembleia Geral da organização, com 138 votos a favor, nove contrários e 41 abstenções.
Regev considera que a resolução aprovada tirou palestinos e israelenses do processo de negociação e acusou o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmnoud Abbas, de fazer "um rosário de acusações caluniosas".
"Esse é um teatro político negativo que nos tira do processo de negociações. Isso vai ferir a paz", disse, em entrevista à rede britânica BBC.
Mais cedo, o vice-premiê israelense, Sylvan Shalom, ameaçou adotar sanções por considerar que Abbas violou o acordo de Oslo, que proibia as iniciativas unilaterais para tentar resolver a questão palestina.
"Mesmo que ele seja considerado moderado, não é fiel aos compromissos de seu predecessor, Yasser Arafat. A violação desses acordos significa que Israel também pode tomar medidas unilaterais, como aplicar a soberania israelense sobre os territórios palestinos".
Nesta sexta, o governo alemão anunciou que a chanceler Angela Merkel receberá o primeiro-ministro Binyamin Netanyahu na semana que vem para discutir a abstenção ao reconhecimento da Palestina.
OPOSIÇÃO
A aprovação do novo status da palestina também movimentou a oposição, a menos de dois meses da eleição parlamentar que definirá o novo governo.
A ex-chanceler Tzipi Livni criticou a política de Netanyahu em relação aos palestinos. "Esse governo atentou contra Israel e contra nossos interesses de segurança referentes aos palestinos e ao mundo".
Ela fez menção a negociações que realizou com os palestinos quando era ministra para evitar um atentado de militantes terroristas.
A dirigente do esquerdista Meretz, Zahava Gal-On, foi mais polêmica, afirmando que Israel poderia ter apoiado a iniciativa palestina. Segundo ela, um Estado palestino é interessante para o Estado judaico.

FONTE . FOLHA DE SÃO PAULO

AGENDA ABERTA PARA 2013

Quero informar que minha agenda para 2013  já esta aberta . contatos  pelo email - ubpes@yahoo.com.br  ou fone agenda 19 8292 7812 - Aguardo seu contato.

Jesus: a nossa ressurreição dentre os mortos



"Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo" (1ª Cor. 15.22).
Toda a criação de Deus se resume em dois homens: Adão e Jesus. Adão é o primeiro homem, porque primeiro teria que vir o natural. Jesus é o segundo homem que completa a criação, e que é espiritual (1ª Cor. 15.46-47). O propósito bendito de Deus na criação do homem era não fazê-lo apenas uma criatura, mas filhos à imagem e semelhança de Seu Filho Jesus (Rom. 8.29).
Mas toda a raça humana, através do primeiro homem Adão, caiu em transgressão juntamente com ele. Adão recebeu de Deus a sentença de morte por causa da sua desobediência. A morte de Adão não foi física, e sim da destituição da glória de Deus, a separação da Sua Vida: "Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus... Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração" (Rom. 3.23; Ef. 4.18).
Por Adão entrou o pecado no mundo e pelo pecado a morte, assim a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram (Rom. 5.12). Em Adão, todos nós, sem exceção morremos. Todos estão mortos em delitos e pecados e sem Jesus Cristo estão destinados à segunda morte: "O que vencer não receberá o dano da segunda morte" (Ap. 2.11).
Todo homem está morto em Adão. Agora, o evangelho traz como revelação a nossa ressurreição em Jesus. Isso é o que foi pregado pelos apóstolos, e hoje é anunciado a todos os pecadores: "E, estando eles falando ao povo, sobrevieram os sacerdotes, e o capitão do templo, e os saduceus, doendo-se muito de que ensinassem o povo, e anunciassem em Jesus a ressurreição dentre os mortos. E os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça" (Atos 4.1-2 e 33).
Em Adão todos morrem, estão todos mortos; mas em Cristo todos serão vivificados. Jesus é a vida: "Porque a vida foi manifestada, e nós a vimos, e testificamos dela, e vos anunciamos a vida eterna, que estava com o Pai, e nos foi manifestada"(1ª João 1.2). Jesus, naquela cruz, aniquilou aquele que tinha o império da morte (Heb. 2.14-15).
Esse é o testemunho de Deus para os homens: "E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida" (1ª João 5.11-12). Quem não tem o Filho de Deus tem a morte, ainda está no primeiro homem.
A sentença de morte foi dada a toda a humanidade em Adão, mas a ressurreição dos mortos nos foi dada por Deus em Cristo: "Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem" (1ª Cor. 15.21).
Estávamos mortos em Adão, mas pela fé encontramos a nossa ressurreição dentre os mortos em Jesus. Diz-nos Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto?" (João 11.25-26).

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...