quinta-feira, 15 de setembro de 2011

PROGRAMAÇÃO EXPOCRISTÃ 2011 - ANHEMBI -SP

Confira uma parcela da programação da @EXPOCRISTA 20 a 25 de setembro no Anhembi - SP
Confira uma parcela da programação da @ 20 a 25 de setembro no Anhembi - SP

MEDITAÇÃO DO DIA

Bendita Esperança

Aguardamos a bendita esperança: a gloriosa manifestação de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo. Tito 2:13


Esperança é uma das palavras mais queridas do vocabulário cristão. Ela tem alimentado a fé e fortalecido muitos cristãos através do tempo, e nos momentos mais difíceis da vida. A esperança é um chamariz para o futuro. Um desejo que acariciamos e gostaríamos que se concretizasse. Ela não deve ser confundida com otimismo, que depende em muito das circunstâncias: “Espero que apareça o emprego de que estou precisando; espero que aquele relacionamento vingue; que o marido abandone a bebida; que o tratamento dê certo; que o inimigo se torne amigo; etc.”


A esperança não depende de circunstâncias positivas. Também não é o mesmo que pensar positivamente: “Sei que um milagre está a caminho.” Nem tampouco é o mero desejo focalizado em coisas: curso, casa, dinheiro, promoção. A esperança faz parte do tecido da existência humana e está urdida e entremeada nos grandes acontecimentos da vida.


Esperança é o noivo e a noiva, no altar da igreja, dizendo “sim” um para o outro no dia do casamento. É o que leva esse mesmo casal a tentar mais uma vez, muitos anos mais tarde, depois de despedaçadas as esperanças.


Esperança é a razão por que aquele time continua treinando. É por isso que temos o exame de ingresso nas universidades. É por isso que os hospitais estão abertos, na esperança de restaurar a saúde das pessoas.


Através do tempo, o povo de Deus desenvolveu a esperança do advento. O desejo de se encontrar com o Salvador. Uma expectativa do futuro. Paulo deu uma definição especial para o evento da segunda vinda de Jesus: ele a chamou de “bendita esperança”. Para ele, essa esperança não era mero desejo ou coisa incerta. Não era algo que, caso mantenhamos a esperança, talvez chegue a se cumprir. Não cabe aqui nenhum sentimento de ansiedade, nem de meia verdade, que admita que talvez Cristo não volte. A esperança de Paulo era segura. Era uma expectativa confiante na vinda de Cristo.


Quantas mães cansadas de lutar para manter os filhos se levantam cedo, trabalham o dia todo, deitam tarde e aguardam o dia em que essa luta vai terminar! Quantos enfermos crônicos necessitam diariamente de cuidados médicos e gostariam que logo essa fase passasse!
“Por isso, não abram mão da confiança que vocês têm; ela será ricamente recompensada. [...] Pois em breve, muito em breve ‘Aquele que vem virá, e não demorará’” (Hb 10:35, 37).

MR1 REPRESENTA MERCADO GOSPEL


Em uma noite glamourosa, no HSBC Brasil, na zona sul de São Paulo, vários jornalistas se reuniram na entrega do "Prêmio Comunique-se 2011", nesta terça-feira (13). Entre os convidados ilustres estavam Cid Moreira, Sabrina Sato, Marília Gabriela, Marcelo Tas, Ana Maria Braga, Tatá Werneck, Ernesto Paglia, Edney Silvestre, entre outros. Nesse grande evento a MR1 Comunicação & Marketing, realizadora do Salão Internacional Gospel, esteve presente como convidada, representando o mercado gospel e todos os verdadeiros profissionais do segmento. São de Mazza as palavras: “Foi um grande evento com a presença de jornalistas fantásticos. Tive a oportunidade de presenciar o jornalista e amigo Cid Moreira, uma verdadeira lenda da TV brasileira, ser homenageado e falar sobre Deus diante de tantas pessoas. Sonho em um dia ver jornalistas do nosso segmento serem reconhecidos em prêmios como esse. Melhor do que ter um veículo ou se organizar em associações é se profissionalizar. Nosso mercado precisa disso! Somos infinitamente privilegiados pois nossos textos têm poder transformador na vida das pessoas, sendo uma ferramenta na mão do nosso Criador."
MR1 Assessoria de Imprensa

A DIFERENÇA ENTRE O CRENTE E O DISCÍPULO








Todo discípulo é um crente, mas nem todo crente é um discípulo. Sabe porquê?

O crente espera pães e peixes; o discípulo é um pescador.

O crente luta por crescer; o discípulo luta para reproduzir-se.

O crente se ganha; o discípulo se faz.

O crente depende dos afagos de seu pastor; o discípulo está determinado a servir a Deus.

O crente gosta de elogios; o discípulo do sacrifício vivo.

O crente entrega parte de suas finanças; o discípulo entrega toda a sua vida.

O crente cai facilmente na rotina; o discípulo é um revolucionário.

O crente precisa ser sempre estimulado; o discípulo procura estimular os outros.

O crente espera que alguém lhe diga o que fazer; o discípulo é solícito em assumir responsabilidades.

O crente reclama e murmura; o discípulo obedece e nega-se a si mesmo.

O crente é condicionado pelas circunstâncias; o discípulo as aproveita para exercer a sua fé.

O crente exige que os outros o visitem; o discípulo visita.

O crente busca na palavra promessas para a sua vida; o discípulo busca vida para receber as promessas da Palavra.

O crente pensa em si mesmo; o discípulo pensa nos outros.

O crente se senta para adorar; o discípulo anda adorando.

O crente pertence a uma instituição; o discípulo é uma instituição em si mesmo.

Para o crente, a habitação do Espírito Santo em si é sua meta; para o discípulo, é meio para alcançar a meta de ser testemunha viva de Cristo a toda criatura.

O crente vale porque soma; o discípulo vale porque multiplica.

Os crentes aumentam a comunidade; os discípulos aumentam as comunidades.

Os crentes foram transformados pelo mundo; os discípulos transformaram, transformam e transformarão o mundo.

Os crentes esperam milagres; os discípulos os fazem.

O crente velho é problema para a igreja; o discípulo idoso é problema para o reino das trevas.

Os crentes se destacam construindo templos; os discípulos se fazem para conquistar o mundo.

Os crentes são fortes soldados defensores; os discípulos são invencíveis soldados invasores.

O crente cuida das estacas de sua tenda; o discípulo desbrava e aumenta o seu território.

O crente se habitua; o discípulo rompe com os velhos moldes.

O crente sonha com a igreja ideal; o discípulo se entrega para fazer uma igreja real.

A meta do crente é ir para o Céu; a meta do discípulo é ganhar almas para povoar o Céu.

O crente maduro finalmente é um discípulo; o discípulo maduro assume os ministérios para o Corpo.

O crente necessita de festas para estar alegre; o discípulo vive em festa porque é alegre.

O crente espera um avivamento; O discípulo é parte dele.

O crente agoniza sem nunca morrer; o discípulo morre e ressuscita para dar vida a outros.

O crente longe de sua congregação lamenta por não estar em seu ambiente; o discípulo cria um ambiente para formar uma congregação.

Ao crente se promete uma almofada; ao discípulo se entrega uma cruz.

O crente é sócio; o discípulo é servo;

O crente cai nas ciladas do diabo; o discípulo as supera e não se deixa confundir.

O crente é espiga murcha; o discípulo é grão que gera espigas saudáveis.

O crente responde talvez... o discípulo responde eis-me aqui.

O crente preocupa-se só em pregar o evangelho; o discípulo prega e faz outros discípulos.

O crente espera recompensa para dar; o discípulo é recompensado porque dá.

O crente é pastoreado como ovelha. O discípulo apascenta os cordeiros.

O crente se retira quando incomodado; o discípulo expulsa quem realmente quer incomodá-lo os demônios.

O crente pede que os outros orem por ele; o discípulo ora pelos outros.

Os crentes se reúnem para buscar a presença do Senhor; o discípulo carrega a Sua presença através do Espírito Santo.

Ao crente é pregada somente a salvação pelo Sangue de Jesus; O discípulo toma a Santa Ceia e anuncia às potestades do ar a vitória de Cristo sobre elas, para a Glória de Deus.

O crente segue tentando limpar-se para ser digno de Deus; o discípulo não se olha mais e faz a obra na fé de que Cristo já o limpou.

O crente espera que alguém lhe interprete as escrituras; o discípulo conhece a voz de seu Senhor e testemunha dEle.

O crente não se relaciona com membros de outras igrejas; o discípulo ama a todos pois isto é uma ordem de Deus, e só assim o mundo o reconhecerá como discípulo de Jesus.

O crente procura conselhos dos outros para tomar uma decisão; o discípulo ora a Deus, lê a Palavra e em fé toma a decisão.

O crente espera que o mundo melhore; o discípulo sabe que não é deste mundo e espera o encontro com seu Senhor.



VIA GRITOS DE ALERTA

Líderes cristãos são libertados de campos de trabalho forçado


Líderes cristãos são libertados de campos de trabalho forçado
Eles pedem oração para que os outros também sejam libertos

Depois de dois anos, cinco líderes de igrejas domésticas foram libertados dos campos de trabalho forçado, de acordo com o ministério Voz dos Mártires. Os líderes foram presos em 2009, quando mais de 400 policiais locais e especiais atacaram uma igreja na China.

Dezenas de pessoas foram hospitalizadas e cinco outros líderes foram condenados a sete anos de prisão. Os cinco que foram enviados a campos de trabalho forçado estão muito felizes por terem saído daquele tormento, mas agora pedem oração para que os outros cristãos também sejam libertos.

Em 1949, o presidente Mao Zedong declarou que a China seria a República da China e adotou o comunismo como um modelo sociopolítico. Logo, as autoridades procuraram um modo de limpar todos os vestígios de religião. Nos últimos anos, o padrão de vida melhorou muito nas áreas urbanas, mas nas áreas rurais tem havido pouca mudança. Isso vem causando um grande descontentamento.

A China é um país onde os direitos humanos não são respeitados pelas autoridades, possuindo mais cristãos presos ou detidos em seu território do que em qualquer outro país.

Em um esforço para livrar o país de todas as religiões antes das Olimpíadas, a China continua a trabalhar contra os cristãos e os missionários. Os policiais estão cercando as igrejas domésticas e prendendo os líderes cristãos de Pequim.

Bens materiais da igreja estão sendo confiscados e bíblias também. Cristãos têm sido perseguidos, interrogados, detidos e presos. Muito dos líderes cristãos da igreja chinesa ainda estão sob detenção.


Fonte: Minuto Digital/Portas Abertas

Deputado Roberto de Lucena vira porta-voz da “Campanha Maconha Não!”

por Assessoria

Nesta quarta-feira(14), o deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP) aceitou
 o convite para ser o porta-voz, na Câmara, da Campanha “Maconha Não”.
O convite foi feito pela psicóloga especialista em Dependência Química e
 Saúde Mental, Marisa Lobo, coordenadora da campanha.
Segundo ela, é preciso que todos se unam em torno do projeto. “O deputado
 tem um acesso muito bom em diversos segmentos da sociedade e será um
 grande divulgador de nossa causa”, disse Marisa.
O deputado Roberto de Lucena disse que muita o honra o convite e avisou
que já exercia o papel na Casa. “Uma das bandeiras de nosso mandato é a
 luta contra as drogas. Barrar a marcha da maconha em São Paulo foi um
 marco importante e o nosso esforço continua”, informou o deputado.
A campanha “Maconha Não” é desenvolvida com palestras e eventos em
 vários estados, entre eles Paraná, Mato Grosso, São Paulo e
Distrito Federal, e pode ser conhecida pelo site:

www.maconhanao.com.br.
VIA GRITOS DE ALERTA

Reportagem da Veja explica a denúncia do MP Federal contra a Igreja Universal

A defesa da igreja diz que o caso é o mesmo dos últimos dez anos e que pode ser arquivado como os outros.

De acordo com outra reportagem da revista Veja o bispo Edir Macedo e outros três integrantes da cúpula da Igreja Universal do Reino de Deus estão sendo acusados por formação de quadrilha, estelionato, duas modalidades de evasão de divisas e lavagem de dinheiro. A matéria cita como os crimes fiscais aconteciam e dão detalhes sobre o caso.

Pela denúncia, o fundador da IURD, o bispo Paulo Roberto Gomes da Conceição, a diretora financeira Alba Maria da Silva da Costa e o ex-deputado federal João Batista Ramos da Silva montaram um esquema para levar o dinheiro arrecado nas igrejas para fora do Brasil por meio de transações ilegais.

O Ministério Público do Estado de São Paulo investigou entre os anos de 1999 e 2005, chegando à conclusão de que essas pessoas comandavam e se beneficiavam desses esquemas. “Os pregadores valem-se da fé, do desespero ou da ambição dos fiéis para lhes venderem a ideia de que Deus e Jesus Cristo apenas olham pelos que contribuem financeiramente com a igreja”, cita o procurador da República Silvio Luís Martins de Oliveira.

A denúncia diz que o dinheiro das doações foi remetido ilegalmente do Brasil para os Estados Unidos e para o Uruguai, onde foi parar em contas bancárias abertas por empresas sediadas em paraísos fiscais.
Doleiros participaram da operação por intermédio das empresas de câmbio convertendo s reais que eram arrecadados junto aos fiéis em dólares depositados nas contas bancárias das offshores em Miami, Nova York e Montevidéu. Depois, o dinheiro era reconvertido em moeda nacional e aplicado na compra de veículos de comunicação no Brasil.

Open in new window

Defesa da IURD
A advogada da igreja Denise Provasi Vaz, do escritório Moraes Pitombo, disse que essas alegações são “ressucitadas” e que, assim como as outras denúncias, essa acusação pode ser anulada. “Outras com o mesmo teor foram apresentadas, sem sucesso, ao longo dos últimos anos”, diz.

Fonte .  Revista VEJA
VIA GRITOS DE ALERTA

Miss Filipina perdeu a coroa por falar de Deus?

Perguntada se mudaria sua religião para se casar com a pessoa que ela amasse, a Miss Filipina, Shamcey Supsup (foto), disse que "a primeira pessoa que eu amo é Deus."

A Miss Filipina Shamcey Supsup ficou em quarto lugar no concurso de Miss Universo 2011, realizado nesta segunda-feira, 12, em São Paulo, Brasil – uma decisão que gerou debate sobre se a resposta de “Amo meu Deus” de Supsup custou a sua coroa.

A juíza Vivica A. Fox perguntou à Supsup durante as seção de perguntas e respostas se ela mudaria sua religião para se casar com a pessoa que ela amasse. Supsup respondeu:

“Se eu tiver que mudar minhas crenças religiosas, eu não casaria com a pessoa que eu amo porque a primeira pessoa que eu amo é Deus que me criou e eu tenho minha fé e meus princípios e isso é o que me faz ser quem eu sou”.

Ela acrescentou, “E se essa pessoa me ama, ele deve amar meu Deus também”.

Open in new windowSupsup foi uma favorita no concurso, estando em segundo na classificação de maiô e nos votos do vestido da noite dos fãs.

Seu quarto lugar fez muitos se questionarem se suas crenças religiosas tiveram influência na decisão dos juízes.

Alguns comentaristas sobre a colocação final de Supsup sugeriram que sua resposta pode ter custado sua coroa, num artigo da GMA News Online, um site de notícias para a rede de televisão das Filipinas GMA-7.

Kaline Cordova disse, “Ela deu uma resposta maravilhosa sendo verdadeira sobre ela mesma e sua cultura. As pessoas não entendem porque eles não reconhecem o passado cultural do qual os filipinos vieram”.

“Mas não é sua resposta cheia de ironia e um significado de dois gumes?” perguntou Octavius Ceasar. “é (sic) cheio de ignorância de Deus... pobre mulher, ela deveria ter recebido uma questão diferente, eu ficaria bem impressionado... MAS, ela foi maravilhosa, sim, ela ainda deveria ter ganho”.

No entanto, nem todos concordaram que a posição cristã firme de Supsup foi algo bom.

Um outro comentarista, Johnpaulreyes, disse, “Engraçado quão aceito é ser orgulhoso dessa religião... como isso separa uns dos outros”.

Entretanto, a maioria dos fãs concordaram com a ícone da mídia Oprah Winfrey que disse que Supsup “merecia ganhar” e foi uma desvantagem porque as outras concorrentes tiveram intérpretes e Supsup, que respondeu em Inglês, não teve tempo adequado para suas respostas.

“Eu tenho reservas com os resultados. Se a única base é a parte de perguntas e respostas, depois de ter sido baixado para 5, a Miss Filipina merecia ganhar. O que a fez diferente do resto é que ela não teve segundos para repensar sua resposta, por não ter um intérprete para quebrar o gelo. O resto das candidatas tiveram seus intérpretes e segundos para pensar em suas respostas. Com as mãos para baixo, a candidata das Filipinas respondeu direto ao ponto”, disse Winfrey, de acordo com a NBC News.

Supsup falou sobre os resultados do concurso ao ABS-CBN news:

“Nós não somos juízes lá, e eu aceitei o fato de ficar em quarta colocação e eu já estou feliz. Eu acho que devo ficar feliz também pela Miss de Angola por ela ter ganho, e penso também que ela mereceu a coroa”.

Ela acrescentou, “Em uma competição há [sempre] um ganhador. Alguém irá perder, alguém irá ganhar. Você deve aceitar as coisas como elas são. Eu penso que é isso o que faz o ganhador, não somente a coroa”.

Fonte: The Christian Post
VIA GRITOS DE ALERTA

Milagre: Após grave acidente que destruiu completamente o carro, três pastores saem sem qualquer arranhão: “Foi a mão de Deus”

Milagre: Após grave acidente que destruiu completamente o carro, três pastores saem sem qualquer arranhão: “Foi a mão de Deus”
Três pastores da Igreja Evangélica Assembléia de Deus saíram ilesos de um grave acidente de carro na noite desta segunda-feira (12) na BA-120, no trecho entre os municípios de Retirolândia e Conceição do Coité. O veículo capotou cinco vezes na pista após bater em um barranco e rodar no asfalto. O motorista perdeu o controle da direção após desviar de dois cachorros.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O carro, um Ford Focus ficou completamente danificado e chamou atenção o fato dos religiosos Alex Cora da Silva, Elizomar Nunes da Silva e Joselito Vieira Silva não terem sofrido sequer um arranhão. Eles falaram que foi a mão de Deus que operou naquele momento.

VIA GRITOS DE ALERTA

Devido a denuncias contra Edir Macedo, Igreja Universal pode ser a única denominação a ter que pagar impostos

Devido a denuncias contra Edir Macedo, Igreja Universal pode ser a única denominação a ter que pagar impostosAntônio Sérgio, advogado da Igreja Universal, criticou a possibilidade de a Procuradoria da República barrar a isenção tributária da igreja.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O criminalista Antônio Sérgio de Moraes Pitombo, advogado da Universal, classifica de “completamente descabida” a possibilidade de a Procuradoria da República ingressar com eventual medida para barrar a isenção tributária da igreja.
“Não tem o menor cabimento, não existe nexo causal para isso. Medidas desse tipo são apenas mecanismos de pressão. A derrota deles (Ministério Público) foi tão grande no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado que agora querem retomar o assunto como se fosse importante. Querem criar problemas para a atividade da igreja.”
Segundo Pitombo, “a denúncia é repetição de assunto que já foi investigado pelo Ministério Público Estadual”.
Ele rechaça os crimes atribuídos aos dirigentes da Universal. “Não existe um único fato novo e suponho que a acusação não será recebida pela Justiça Federal. A pressa e a empolgação em divulgar a denúncia só mostram que não fizeram a lição de casa. O argumento central da nulidade da prova é a concepção estrutural da denúncia.”


Fonte: Estadão
VIA GRITOS DE ALERTA

Happy Halloween - Feliz Halloween


“… porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes ..." Efésios 6:12

Na escola onde meus filhos estudam todo ano é a mesma história: ao término da última aula do mês de outubro, os professores relembram a todos os alunos para participarem da festa de Halloween a ser realizada na noite de 31 de outubro. "Happy Halloween, class!" ("Feliz Halloween, turma!"), conclui o entusiasmado professor.Anteriormente a festividade era realizada no auditório, mas no ano passado foi no prédio anexo. Uma semana antes do Halloween o mesmo transformou-se em uma casa mal-assombrada, que ficou coberta de plásticos e tecidos pretos e por vários desenhos escabrosos que lhe davam um aspecto de terror.Será que Halloween é realmente uma festa feliz ("happy")? Ou será que há ocultismo da pesada nas suas origens? Será que essa festa envolve celebrações fúnebres, consultas aos mortos, louvor à "divindade" da morte e negociatas com entidades do mundo tenebroso? Será que é um evento tão ingênuo como se diz?



A origem do Halloween

O calendário da bruxaria resume-se no relacionamento da "Grande Deusa" (representada pela Lua e que nunca morre) com seu filho, o "Deus Chifrudo" (representado pelo Sol e que a cada ano nasce no dia 22 de dezembro e morre no dia 31 de outubro).[Na roda do ano wicca (bruxaria moderna), o dia 31 de outubro é o grande sabá (festa) de Samhain (pronuncia-se "sou-en"). Nessa época tudo já floresceu e está perecendo ou adormecendo (no Hemisfério Norte): "O sol se debilita e o deus está à morte. Oportunamente, chega o ano novo da wicca, corporificando a fé de que toda morte traz o renascimento através da deusa."

O calendário da bruxaria resume-se no relacionamento da "Grande Deusa" (representada pela Lua e que nunca morre) com seu filho, o "Deus Chifrudo" (representado pelo Sol e que a cada ano nasce no dia 22 de dezembro e morre no dia 31 de outubro).[1]
Na roda do ano wicca (bruxaria moderna), o dia 31 de outubro é o grande sabá (festa) de Samhain (pronuncia-se "sou-en"). Nessa época tudo já floresceu e está perecendo ou adormecendo (no Hemisfério Norte): "O sol se debilita e o deus está à morte. Oportunamente, chega o ano novo da wicca, corporificando a fé de que toda morte traz o renascimento através da deusa."[2]
O que é Samhain? É uma palavra de origem celta para designar "O Senhor da Morte". Os celtas dedicavam esse último dia de outubro para celebrar a "Festa dos Mortos".
Alto lá! Então, os professores de inglês, ao desejarem um "Happy Halloween!", estão, na verdade, desejando um "feliz" Samhain? Ou seja, uma "feliz" festa dos mortos? Um "feliz" ano novo da bruxaria? Um "feliz" dia da morte do "Deus Chifrudo"?
Se todo esse pacote é oriundo da religião celta e foi incorporado às doutrinas da bruxaria moderna, então precisamos conhecer mais sobre os celtas.

Os celtas e o culto aos mortos

O que hoje chamamos de Halloween era o festival celta de Samhain, o "Deus dos Mortos".
É possível rastrear as origens das tribos celtas até a cultura de Túmulos da Idade do Bronze, que atingiu o seu apogeu por volta de 1200 a.C. Contudo, os celtas não figuram como povo distinto e identificável até a época do período de Hallstatt (dos séculos VII a VI a.C.).[3]
Durante o período de Hallstatt, os celtas espalharam-se pela Grã-Bretanha, Espanha e França. O ano novo deles começava no dia 1º de novembro. O festival iniciado na noite anterior homenageava Samhain, "O Senhor da Morte". Essa celebração marcava o início da estação de frio (no Hemisfério Norte), com menos períodos de sol e mais períodos de escuridão.
Os celtas acreditavam que durante as festividades de Samhain, os espíritos dos seus ancestrais sairiam dos campos gelados e dos túmulos para visitar suas casas e cabanas aquecidas. Os celtas criam que teriam de ser muito receptivos e agradáveis para com os espíritos, pois os bons espíritos supostamente protegeriam suas casas contra os maus espíritos durante aqueles meses de inverno.
Os celtas tinham medo do Samhain. Para agradar-lhe, os druidas, que eram os sacerdotes celtas, realizavam rituais macabros. Fogueiras (feitas de carvalhos por acreditarem ser essa uma árvore sagrada) eram acessas e sacrifícios eram feitos em homenagem aos deuses.[4] Criminosos, prisioneiros e animais eram queimados vivos em oferenda às divindades.
Os druidas criam que essa era a noite mais propícia para fazer previsões e adivinhações sobre o futuro. Essa era a única noite do ano onde a ajuda do "Senhor da Morte" era invocada para tais propósitos.
Um dos rituais para desvendar o futuro consistia da observação dos restos mortais dos animais e das pessoas sacrificadas. O formato do fígado do morto, em especial, era estudado para se fazer prognósticos acerca do novo ano que se iniciava. Essa prática ocultista aparece no Antigo Testamento sendo realizada pelo rei da Babilônia: "Porque o rei da Babilônia para na encruzilhada, na entrada dos dois caminhos, para consultar os oráculos: sacode as flechas, interroga os ídolos do lar, examina o fígado" (Ez 21:21).
Oh! Então, quando os professores desejam "Happy Halloween!" à classe, estão indiretamente desejando que seus educandos façam negociatas com espíritos do mundo sobrenatural que supostamente controlam os processos da natureza. E mais: que seus pupilos apaziguem e acalmem os espíritos maus, pedindo proteção aos espíritos bons durante aquele novo ano.

Os principais símbolos do Halloween



Com a migração dos ingleses, e especialmente dos irlandeses, para os Estados Unidos, no século XIX, Halloween foi pouco a pouco tornando-se popular na América.




A – “ The Jack O’Lantern ”(A Lanterna de Jack)


Esse é o nome daquela abóbora (jerimum, no Norte e Nordeste) esculpida com uma face demoníaca e iluminada por dentro.

Conta-se uma história de que Jack era um irlandês todo errado, que gostava de aprontar com todo mundo e chegou a enganar até o próprio Satanás. Quando Jack morreu, não foi permitida sua entrada no céu, nem no inferno. Satanás jogou para ele uma vela para iluminar seu caminho pela terra. Jack acendeu a vela e a colocou dentro de um nabo, fazendo uma lanterna para si.
Quando os irlandeses chegaram aos Estados Unidos, encontram uma carência de nabos e uma abundância de abóboras. Para manter a tradição durante o Halloween, passaram a utilizar abóboras no lugar de nabos.

B – “ Apple-ducking ” (maçãs boiando)
Esse é o nome de um ritual que foi incorporado às celebrações de Halloween depois que os celtas foram dominados pelos romanos. É uma homenagem a Pomona, a deusa dos frutos e das árvores, que era louvada na época da colheita (novembro). Os antigos geralmente a desenhavam sentada em uma cesta com frutos e flores. A maçã era uma fruta sagrada para a deusa.
Maçãs ficavam boiando em um barril com água, enquanto as pessoas mergulhavam seu rosto nela tentando segurá-las com os dentes. Depois faziam adivinhações sobre o futuro, com base no formato da mordida.



C - “ Trick or Treat ” (Travessura ou Trato)



Tendo morado no Estado de Nova Jersey e morando agora no Estado da Georgia, vejo a mesma cena se repetir várias vezes na noite de 31 de outubro. Crianças da vizinhança, fantasiadas de vários monstros, batem à porta e, ao abrir, elas nos indagam: – "Trick or Treat?".


Se respondermos "trick!", elas iniciam uma série de travessuras como sujar a grama em frente da casa com papéis e lixo, jogar ovos no terraço, além de sairem gritando ofensas ingênuas. Respondendo "treat!", nós lhes damos alguns doces e elas saem contentes e felizes em direção à próxima casa. O que muitos não sabem, é que estas criancinhas simbolizam os espíritos dos mortos que supostamente vagueam a noite procurando realizar maldades (travessuras) ou em busca de bom acolhimento (bons tratos). Os celtas deixavam comidas do lado de fora das casas para agradar os espíritos que passavam.





Ao recebermos estaas criancinhas ingênuas nas nossas casas, estamos simbolicamente realizando negociatas com principados e potestades do mundo tenebroso, da mesma forma que os celtas faziam na Antigüidade.
Algumas pessoas afirmam que a tradição de "trick or treat" não retrocede aos celtas, sendo mais recente, introduzida pela Igreja Católica européia no século IX. Na noite anterior ao "Dia de Todos os Santos" (1º de novembro) alguns mendigos iam de porta em porta solicitando "soul cakes" (bolos das almas) em troca de rezas pelas almas dos finados daquela família. Quanto mais bolos recebiam, mais rezas faziam.







A Igreja Católica passa a chamar a festa de Halloween

Como uma festividade pagã em honra ao "Senhor da Morte" e celebrada em memória à morte do "Deus Chifrudo" foi se infiltrar na Igreja Católica Romana?

Em 43 d.C., os romanos dominaram os celtas e governaram sobre a Grã-Bretanha por cerca de 400 anos. Assim, os conquistadores passaram a conviver com os rituais dos celtas. Durante séculos, a Igreja Católica Romana celebrava "O Dia de Todos os Mártires" em 13 de maio.
O papa Gregório III (papado de 731-741), porém, dedicou a Capela de São Pedro, em Roma, a "todos os santos" no dia 1º de novembro. Assim, em 837, o papa Gregório IV introduziu a festa de "Todos os Santos" no calendário romano, tornando universal a sua celebração em 1º de novembro. A partir de então deixou-se de celebrar o "Dia dos Mártires" em maio.
Na Inglaterra medieval esse festival católico ficou conhecido como "All Hallows Day" ("Dia de Todos os Santos"). A noite anterior ao 1º de novembro era chamada "Hallows Evening", abreviada "Hallows’ Eve" e, posteriormente, "Halloween".
Mais de um século após instituir o "Dia de Todos os Santos", a Igreja Católica, através da sua Abadia de Cluny, na França, determinou que o melhor dia para se comemorar o "Dia dos Mortos" era logo após o "Dia de Todos os Santos". Assim, ficou estabelecido o "Dia de Finados" no dia 2 de novembro.
Para a Igreja Católica, a noite de "Halloween", o "Dia de Todos os Santos" e o "Dia de Finados" são uma só seqüência e celebram coisas parecidas – a honra e a alma dos mortos! O catolicismo tenta fazer o "cristianismo" e o paganismo andarem de mãos dadas!

Conclusão






Meus queridos, o que há de tão "happy" no Halloween? Onde está a suposta felicidade transmitida pela festa de Samhain? Pessoalmente, não consigo enxergar nada além de trevas espirituais.

Para quem não sente prazer com o sofrimento, "divertida" é uma palavra pouco apropriada para descrever a festa de Samhain, marcada pela angústia, pelo medo, pela depressão, além das piores crueldades e contatos com um mundo espiritualmente tenebroso. Nem os celtas simpatizavam com a festa de Samhain.

O Halloween é uma algolagnia* que leva as crianças a se familiarizarem com o sadismo cândido da infância e desperta o que existe de pior dentro de cada adolescente. É o avesso das relações sociais equilibradas! É a fusão com a distorção de valores do mundo cão, onde seus participantes tornam-se vítimas espiritualmente impotentes!

O profeta Isaías nos adverte: "Quando vos disserem: Consultai os necromantes e os adivinhos, que chilreiam e murmuram, acaso, não consultará o povo ao seu Deus? A favor dos vivos se consultarão os mortos? À lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva" Isaías 8.19-20.
Meu querido leitor, a opção é sua: consultar aqueles que tagarelam e consultam mortos e adivinhos ou confiar no que diz a Lei do Senhor.

A Bíblia é clara na opção que devemos seguir: "Não se achará entre ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem necromante, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR, teu Deus, os lança de diante de ti. Perfeito serás para com o SENHOR, teu Deus" Deuteronômio 18.10-13.

Estamos vivendo em tempos de perversão coletiva, onde a face enganosa de Satanás se manifesta algumas vezes de forma descarada, mas muitas vezes sutilmente e camuflada por trás de um ingênuo "Happy Halloween!". Que Deus nos livre do mal.

VIA GRITOS DE ALERTA
FONTE . prjosuelima.blogspot.com/

------ ************* MENTIRAS DE UM MENTIROSO . **************---------

No Brasil, as Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) têm mostrado ao vivo e em cores uma das piores chagas da humanidade – a mentira. A primeira mentira aconteceu no jardim do Éden, há milhares de anos. Eva trocou a verdade do Criador pela palavra do diabo, o “pai da mentira”. De lá para cá, os homens, atingidos mortalmente por essa chaga maldita, assimilaram a idéia de que é possível obter vantagens desse modo.

A mentira é uma constante na vida do homem. Aquele que diz nunca haver mentido, está mentindo. A mentira é abominável sob todos os aspectos. Quem ama a verdade, odeia a mentira. Como “um abismo chama outro abismo”, como diz a Bíblia, a mentira nunca vem só. O mentiroso, não raro, é injusto e desonesto em seus negócios.

Mente o cônjuge adúltero, e comete dois graves pecados; empresários mentem a seus clientes; alunos mentem aos professores; os namorados faltam com a verdade de forma recíproca; mentem os empregados a seus patrões; os motoristas mentem aos guardas de trânsito; há mentiras nas declarações do imposto de renda; homens públicos mentem aos eleitores e nos fóruns investigativos. As autoridades deveriam falar sempre a verdade, ainda que tal conduta lhes causasse algum tipo de prejuízo. Numa inversão de valores, muitos preferem garantir a posse dos bens materiais, a exemplo de dinheiro em contas bancárias no Exterior, a defender a própria honra falando a verdade. Que honra? Apesar das evidências e dos flagrantes, continuam com um largo sorriso diante das câmaras, com seus colarinhos brancos impecáveis.

Há homens que só falam a verdade? A Bíblia diz que “Deus não é homem, para que minta”; “Sempre seja Deus verdadeiro, e todo o homem mentiroso” (Nm 23.19; Rm 3.4), um contraste entre a verdade de Deus e a mentira dos homens. A Bíblia registra algumas mentiras e suas conseqüências:

1 - Ananias e Safira mentiram aos apóstolos no caso da venda de uma propriedade. Entregaram apenas uma parte do dinheiro: “Não mentiste aos homens, mas a Deus”, disse-lhes Pedro. O casal pagou com a vida, não pelas mãos do apóstolo, mas de Deus (At 5.1-11).

2 – Com receio de ser morto, Abrão disse aos egípcios que Sarai, sua mulher, era sua irmã. Olhou para as circunstâncias e não para Deus. A mentira lhe rendeu vários problemas, culminando com sua expulsão do Egito (Gn 12.10-20).

3 – O rei Davi praticou horrendo pecado de adultério e ainda foi autor intelectual da morte do marido traído, Urias, a quem mentiu. As conseqüências foram desastrosas (2 Sm 11.1 – 12.1-14).

4 – Acã faltou com a verdade ao retirar dos despojos uma capa, duzentos siclos de prata e cinqüenta siclos de ouro. Pagou com a própria vida pelo desatino (Js 7.1-26).

O mentiroso é um anticristo, porque Cristo é a Verdade. Jesus declarou sem meias palavras que os que mentem são filhos do diabo, homicida desde o princípio, mentiroso e pai da mentira (Jo 8.44).

O cristão tem compromisso com a verdade. Deus recomenda que deixemos a mentira e falemos a verdade (Ef 4.25). Como nos ensinou o Senhor Jesus, seja assim o nosso falar: “Sim, sim; não, não, porque o que passa disso é de procedência maligna” (Mt 5.37).

Os mentirosos não temem a Deus nem atentam para o que está escrito na sua Palavra, pois o fim dos mentirosos “será no lago que arde com fogo e enxofre” (Ap 21.8).

VIA GRITOS DE ALERTA

ISLÂMICOS , PAREM DE QUEREM NOS FAZER DE IDIOTAS , SEGUIDORES DE ALÁ , RADICAIS OU NÃO , MATARAM E MATAM MILHARES PELO MUNDO A FORA .

Fico indignado quando vejo os ISLÂMICOS tentarem tirar de suas costas a acusação de tantos atentados que ocorrem no mundo , matando milhares de pessoas, tirando de homens , mulheres e crianças o direito a vida.
Fico indignado , quando se fazem de bonzinhos , sendo que seu líder maior , manda matar os tais infiéis , e quando dizem infiéis , dizem em respeito a todos os que não seguem seus preceitos mentirosos e diabólicos.
Querem se passar de bonzinhos , mas lobo nunca vira cordeiro.
vejam as fotos e reflitam sobre a pergunta que segue.
VOCÊ QUER   ISSO AQUI NO BRASIL ?

CARA DE BONZINHO , NÉ
QUE LIÇÃO ESTÃO DANDO A ESSA CRIANÇA ?
  TEM MUITAS OUTRAS , MAS MEU CORAÇÃO MANDA PARAR POR AQUI .
REFLITA E REAJA - O ISLAMISMO QUER TE ILUDIR COM MENTIRAS .

BISPO ROBERTO TORRECILHAS
EU DENUNCIO E MOSTRO A CARA , NÃO SOU COVARDE.

Empresário que saiu vivo dos escombros do World Trade Center se tornou Pastor após os atentados

Empresário que saiu vivo dos escombros do World Trade Center se tornou Pastor após os atentadosStanley Praimnath ainda se lembra do rugido dos motores, do cheiro do combustível de aviação e do estrondoso impacto do voo 175 da United Airlines no seu escritório do 81º andar da Torre Sul do World Trade Center.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Ele saiu vivo do prédio em chamas, mas reconhece que nunca superou o terror daquele momento.
“Durante cada dia da minha vida nos últimos dez anos eu tenho revivido esse incidente pelo menos uma vez por dia… e quem me vê jamais notaria”, disse Praimnath, executivo do Royal Bank of Scotland em Connecticut.
Praimnath disse que já era um cristão praticante antes do 11 de Setembro, mas depois dos atentados ele levou isso além: tornou-se pastor pentecostal e um inspirado orador em igrejas e grupos religiosos.
Como muitos sobreviventes, ele ainda se lembra dos sons das pessoas agonizantes.
“Toda noite, antes de ir para cama, ouço os gritos daquele indivíduo caído no chão, e esse homem está gritando: ‘Por favor, diga à minha mulher e ao meu bebê que eu os amo. Acabo de me casar’”, relembra Praimnath.
“Ele tinha um enorme ferimento na cabeça e estava caindo no chão, e um segurança estava junto a ele… Ambos pereceram. Ainda consigo ouvir os gritos na minha cabeça.”

Fonte: O Globo
VIA GRITOS DE ALERTA

Pastor que queimou alcorão vai a Nova York pregar contra o Islã em meio as homenagens do 11 de Setembro

Pastor que queimou alcorão vai a Nova York pregar contra o Islã em meio as homenagens do 11 de Setembro
Durante as homenagens prestadas pelos 10 anos após ao atentado às ‘Torres gêmeas’ em Nova York o pastor Terry Jones, prega contra o Islamismo.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Neste último domingo foi realizado uma homenagem as vítimas da tragédia que aconteceu no dia 11 de setembro de 2001 e Terry Jones, este pastor cristão do estado da Flórida, que ficou conhecido ao promover queimas do Alcorão .
Na tarde de sábado (10/setembro), na região de ‘Times Square’ ele levou ao povo uma palavra que dissertava contra as doutrinas Islâmicas e a seus seguidores, chamando o Islã de “falsa religião” e usava uma camiseta que carregava a estampa “Tudo que eu precisava saber sobre o Islã, eu aprendi com o 11 de setembro.”
Vário protestos foram realizados no meio árabe devido as pregações e a queima do livro sagrado deles – Alcorão – snedo que em um deles, houveram ao menos 12 mortes, o que incluía dentre estas sete funcionários da ONU, no ataque a uma missão humanitária em Mazar-i-Sharif, no Afeganistão – em abril deste ano.


Fonte: Gospel+
VIA GRITOS DE ALERTA

Presidente Dilma é convidada para EXPOCRISTÃ 2011



No último dia 25 de agosto o Pastor e Deputado Roberto Lucena entrega a Excelentíssima Presidenta da República Dilma Roussef carta ofício convidando-a para EXPOCRISTÃ 2011 que acontecera no Anhembi/SP de 20 a 25 de setembro.



FONTE . EXPOCRISTÃ

VIA GRITOS DE ALERTA

AS VÍTIMAS BRASILEIRAS DO TERROR

 



VOCÊ QUER ISSO AQUI NO BRASIL ? - Noruega: Cristãos convertidos do Islamismo fogem para não serem assassinados

 



Muçulmanos no Centro de Acolhimento lhe disseram: "Isto é Jihad, guerra santa, estamos esperando apenas a fatwa (licensa para matar) do Imã da mesquita de Sandnes".

"Eu tive que fugir do abrigo senão eles me matariam", disse Arsland ao diário Dagen.

"Arsland", que esconde seu verdadeiro nome por medo de represálias, é do Afeganistão, foi morar na Noruega e passou a viver em um abrigo para imigrantes. Há pouco tempo se converteu ao cristianismo e passou a ser perseguido pelos muçulmanos do local.Há algumas semanas ele testemunhou a agressão sofrida por seu amigo "Ali", também convertido ao cristianismo. Na ocasião os muçulmanos lançaram ácido sobre o jovem.

"Um amigo meu alertou, temos que fugir senão seremos mortos", disse. Ele ainda informou que mais três cristãos também fugiram para salvarem suas vidas.

"Depois que fugi, fui dormi na praça, mas chovia muito, até que amigos cristãos me acolheram até que eu pudesse encontrar outro abrigo", disse Arsland.

O jovem fez questão de dizer que mesmo correndo risco de morte não sente arrependimento de ter abandonado o Islã. "Sinto-me seguro com Jesus", concluiu.
Blog De Olho na Jihad
VIA GRITOS DE ALERTA

18 Cristãos mortos por terroristas muçulmanos

 




Dezoito pessoas foram mortas numa onda de violência ocorrida na cidade de Jos depois duma multidão ter atacado uma povoação - incidente que causou tumultos e violência.
As pessoas foram mortas em povoações Cristãs, e os assassínios foram levados a cabo alegadamente por pastores pertencentes ao grupo Muslim Fulani em Jos.
De acordo com testemunhas, os atacantes chegaram nos seus Opel Vectra às aldeias de Kuru e Mararaban-Jama'a, situadas à entrada da cidade de Jos, por volta das 9 da noite. Durante cerca de uma hora, este grupo islâmico atacou os Cristãos com armas de fogo e com machetes.
Noutra povoação, Zakaleo, quatro pessoas morreram carbonizadas quando os seus quartos foram incendiados por muçulmanos. Quando os locais descobriram a atrocidade, choraram de modo profundo à medida que preparavam o enterro em massa. Timothy Buba, presidente do governo local, disse:
Reparem no posto de controle militar tão próximo; mesmo que eles não tivessem ouvido o choro das pessoas, pelo menos ele viram as chamas provenientes das casas mas mesmo assim não vieram em seu socorro.

É assim a vida dum Cristão a residir perto de muçulmanos que levam a sério as escrituras islâmicas.
Algumas pessoas qualificam a estes grupos de "uns quantos malucos", mas o fenómeno é global e com intensidade igual ou pior.

A evangelização no território chinês têm enfrentado resistência e alguns ataques.

 






Teoricamente, os cristãos chineses têm direito à liberdade religiosa, mas o espaço para evangelização é limitado. Os cristãos não podem se reunir em templos não-registrados e tampouco evangelizar publicamente.


Os cristãos não são os únicos a ser perseguidos. Em alguns casos, muçulmanos e budistas têm recebido o mesmo tratamento rigoroso dado aos cristãos e é comum que muitas seitas ou grupos religiosos de menor expressão sejam extintos.


O objetivo principal do governo é manter a estabilidade e o poder. Esta é a principal motivação que está por trás do controle populacional, da reforma econômica e da política religiosa chinesa, que consiste em domínio e opressão.


O Movimento Patriótico das Três Autonomias (MPTA), também conhecido como Igreja dos Três Poderes, é a Igreja oficial, controlada pelo Partido Comunista. As igrejas não-registradas recebem ataques esporádicos do governo. A perseguição depende principalmente do grau de perigo que o governo enxerga em cada grupo religioso.

A perseguição ao cristianismo abrange desde multas e confisco de Bíblias até destruição de templos. Evangelistas são detidos, interrogados, aprisionados e torturados. Além da perseguição governamental, as tentativas de evangelizar muçulmanos no extremo noroeste do território chinês têm enfrentado resistência e alguns ataques.

As leis religiosas que entraram em vigor em 1º de março de 2005aumentaram a pressão sobre grupos não-registrados, exigindo que se legalizassem ou se preparassem para sofrer as conseqüências. Além disso, em vez de facilitar o registro, novas emendas dificultaram o processo.

As Olimpíadas 2008 afetaram, de certo modo, o modo de o governo lidar com a Igreja. As medidas de segurança introduzidas nessa época foram tão bem-sucedidas que o governo pode decidir-se por continuar a utilizá-las por tempo indeterminado.

Nesse período, a repressão a reuniões de igreja não-oficiais e aos seus líderes aumentou em muitas províncias, bem como o número de relatos de estrangeiros sendo detidos ou deportados.

O ano de 2008 foi marcado por detenções em massa de membros de igreja e processos contra pastores.

Shi Weihan, comerciante cristão preso em maio, ainda aguarda seu julgamento. Enquanto isso, Weihan está preso.

Dois cristãos da etnia uigur foram presos e estão sendo julgados sob falsa acusação de trair o país.

O pastor Zhang Mingxuan foi preso diversas vezes por forças do Comitê de Segurança Pública em ocasiões antes e depois dos Jogos Olímpicos, a fim de impedi-lo de ter contato com a imprensa estrangeira. Sua família também foi oprimida: seu filho foi brutalmente agredido e, enquanto o pastor estava ausente de casa, sua esposa foi despejada.

Na província de Zhejiang, mais de 400 universitários cristãos foram detidos e interrogados em uma única operação policial. Nas províncias de Shandong e Henan, cem cristãos foram presos, sem acusações.

Outro caso ainda em andamento é o do pastor Zhang Rongliang, daIgreja não-oficial. O veredicto foi dado no dia 29 de junho de 2005. Rongliang é um líder chave do "China para Cristo".

Ele foi detido pela polícia de Henan, sem acusações, no dia 1º de dezembro de 2004. Apenas um mês depois ele foi acusado de "obter passaporte através de fraude" e de "travessia ilegal de fronteira". As autoridades chinesas sempre negam passaportes a líderes famosos de igrejas não-registradas.

Rongliang já foi detido cinco vezes e passou um total de 12 anos naprisão por suas atividades religiosas. Ele também foi o co-autor de uma "Confissão de Fé" da Igreja não-oficial, escrita em 1999, parapedir clemência a uma ampla opressão do governo a movimentos de "seitas". Depois de sua prisão, as autoridades confiscaram DVDs cristãos e outros materiais em sua casa que estariam ligados a cristãos estrangeiros. Ter contato com religiosos estrangeiros pode ser uma atividade ilegal na China.

O Pastor Rongliang sofre de cinco doenças crônicas, incluindo pressão alta e diabetes, confirmadas em um diagnóstico oficial em 2005. Após ter sido transferido diversas vezes de várias prisões, por causa de suas enfermidades, ele está na prisão em Kaifeng.

Em 2006, ele sofreu um derrame e o supervisor da prisão, que gostava muito dele, o enviou imediatamente para o hospital para que fosse submetido a tratamento. Ele melhorou, mas ainda sente dormência nos dedos de uma das mãos e em um pé. Sua esposa pode visitá-lo duas vezes por mês. Ele tem pregado o evangelho na prisão e batizado novos convertidos, além de ministrar a Santa Ceiadentro da prisão.

Criminosos perigosos estão entre seus companheiros. Um deles, que fora um assassino, foi completamente transformado depois de receber as boas-novas. O homem escreveu à mãe para dizer: "Mãe, quando eu morrer no pelotão de fuzilamento, irei à sua frente e a esperarei no céu. Você precisa aceitar a Jesus como seu Salvador, da mesma maneira que eu aceitei; então poderemos nos encontrar de novo".


ESCRAVIDÃO . A HISTORIA QUE NINGUÉM CONTA . ACORDA PARA A VERDADE .

Você sabia que quem escravizava os negros eram os próprios “negros”??? Isso mesmo, no artigo de hoje você vai descobrir como os brancos co...