sábado, 3 de setembro de 2011

Obreiros Malditos ou benditos ?


Maldito aquele que fizer a obra do Senhor relaxadamente” (Jeremias 48:10). Quando passei por este versículo na minha leitura diária, parei para refletir. Pesquisei um pouco mais e vi que outras versões falam de fazer a obra com negligência ou de maneira fraudulenta. O sentido é de não ser honesto e diligente no trabalho do Senhor. O Senhor condena o engano, a hipocrisia, a preguiça e a falta de zelo no serviço a ele.
Vamos considerar este versículo e outras passagens que comunicam o mesmo princípio.
O Contexto de Jeremias 48
Este capítulo está no meio de uma série de profecias contra as nações pagãs. Deus explica seus motivos e planos para castigar nações como Egito, Filístia, Amom, Edom, Babilônia e outras. No capítulo 48, o país condenado é Moabe. Os moabitas eram descendentes de Ló e, por isso, parentes dos israelitas. Mas a sua longa história de desrespeito para com Deus levou este povo a receber a condenação do Senhor. Como Deus tem feito muitas vezes com outros povos e nações, ele decidiu usar mãos humanas para punir os moabitas. Os homens usados para executar a sentença seriam instrumentos de Deus, vingadores escolhidos pelo Senhor. Assim, entendemos o versículo 10 inteiro: “Maldito aquele que fizer a obra do Senhor relaxadamente! Maldito aquele que retém a sua espada do sangue!” Deus chamou homens para castigar os moabitas, e falou que seriam malditos se não cumprissem sua tarefa com diligência.
A Missão dos Servos Atuais
Hoje, a missão dos servos de Deus não é aniquilar os rebeldes: “Se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens; não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: A mim me pertence a vingança; eu é que retribuirei, diz o Senhor” (Romanos 12:18-19).
Deus tem dado aos servos dele, nos dias de hoje, uma missão de misericórdia e amor. Nós devemos anunciar as boas novas que oferecem a salvação aos homens perdidos, para que possam evitar a condenação eterna e participar do privilégio da comunhão eterna com Deus.
Se Deus condenou os servos negligentes na missão de vingança, quanto mais ele vai cobrar a falta de zelo na missão de misericórdia! Os obreiros hoje devem ser diligentes no trabalho do Senhor.
Os Obreiros no Novo Testamento
É interessante e triste observar como as descrições mais simples e humildes podem ser distorcidas pelos homens para criar cargas de importância nas igrejas. Algumas palavras são tão simples que seria difícil compreendê-las de forma errada, mas muitos religiosos conseguem!
Considere alguns exemplos do Novo Testamento, em contraste com os abusos dos dias atuais. A palavra ministro significa servo, e ministério significa serviço. Mas muitas igrejas usam tais palavras como títulos para engrandecer pessoas (colocando servos acima dos irmãos que devem ser servidos) e trabalhos (a palavra ministério assumiu, no entendimento de muitos, a idéia de alguma obra ou até organização de destaque). Precisamos aprender que ministrar quer dizer servir. Ao invés de pensar em subir para uma carga de liderança e domínio sobre outros, deve lembrar-se do exemplo de Jesus quando ele pegou uma toalha e uma bacia de água e lavou os pés dos apóstolos. Do mesmo modo, as palavras traduzidas obreiro no Novo Testamento significam trabalhador, às vezes destacando a idéia do trabalho árduo e cansativo. Evangelistas são obreiros (2 Timóteo 2:15), não no sentido de serem líderes ou dominadores de igrejas, mas no sentido de trabalharem para pregar o evangelho de Jesus.
No Antigo Testamento e nas religiões pagãs, existiam classes de sacerdotes especiais. Mas no Novo Testamento, todos os cristãos são sacerdotes (1 Pedro 2:5,9). No contexto de uma congregação local, alguns serão escolhidos como pastores (chamados, também, de presbíteros ou bispos – Atos 20:17,28). Estes homens especialmente qualificados (cf. 1 Timóteo 3:1-7; Tito 1:5-9) guiarão, mas não deverão dominar o rebanho (1 Pedro 5:1-3). Cada discípulo – cada sacerdote – mantém a comunhão com Deus e não depende de mediador humano para servir ao Senhor.
Nas tentativas persistentes de implantar ou manter um sacerdócio especial nas igrejas hoje, até a simples palavra obreiro tem sido abusada. Em algumas igrejas, “obreiro” se tornou um título oficial para destacar alguns irmãos acima dos outros. Ao invés de reconhecer que todos nós devemos ser obreiros e cooperadores, algumas igrejas já chegaram ao ponto de nomear “O Obreiro” ou “Nosso Obreiro”, assim destacando uma pessoa como líder da congregação. Neste conceito errado de liderança, alguns discípulos acreditam que “O Obreiro” ocupe uma posição abaixo de Jesus mas acima do rebanho, exercendo autoridade para governar e tomar decisões pela congregação.
Para defender tal autoridade de pregadores ou evangelistas, alguns buscam alguma base no Novo Testamento. Vamos examinar alguns versículos que são usados para justificar este sistema anti-bíblico de liderança de igrejas:
Tito 2:15 – Paulo disse ao evangelista Tito: “Dize estas coisas; exorta e repreende também com toda a autoridade. Ninguém te despreze.” O trabalho de qualquer evangelista é pregar a palavra, que ele faz com a autoridade da própria palavra (cf. 2 Timóteo 4:1-5). Usando a palavra de Deus, que tem a autoridade divina, um evangelista ensina, edifica, repreende e põe em ordem as coisas que faltam nas igrejas onde ele prega (Efésios 4:11-14; Tito 1:5). A autoridade está na palavra que ele prega, não numa posição de domínio sobre a congregação.
1 Coríntios 16:15-16 – Depois de comentar sobre a fidelidade da família de Estéfanas no serviço dos santos, Paulo disse aos coríntios: “que também vos sujeiteis a esses tais, como também a todo aquele que é cooperador e obreiro”. Se tivesse alguma passagem que usasse as palavras “cooperador” ou “obreiro” como títulos de distinção, daria para entender uma certa autoridade aqui. Mas a realidade é que todos os cristãos devem trabalhar, e todos devem ser sujeitos uns aos outros (Efésios 5:21; Romanos 12:10,16). Devemos ajudar e apoiar aqueles que servem ao Senhor, sejam evangelistas ou outros servos e servas (3 João 5-8; Romanos 16:1-2).
Hebreus 13:17 – O autor já falou de guias do passado (13:7), e agora fala sobre guias vivos: “Obedecei aos vossos guias e sede submissos para com eles; pois velam por vossa alma...”. Este versículo tem sido muito mal aplicado para justificar muitos abusos em igrejas. Conforme o Novo Testamento, os homens autorizados por Deus para guiar o rebanho são os bispos, homens escolhidos na base de qualificações rigorosas (1 Timóteo 3:1-7; Tito 1:5-9). Não temos direito de usar este versículo para justificar autoridade de evangelistas, “discipuladores”, etc. Mesmo quando se trata de bispos, este versículo não lhes dá autoridade absoluta (cf. 1 Pedro 5:3). A palavra traduzida “obedecei” em Hebreus 13:17 significa “sejam persuadidos”. Como ovelhas submissas, devemos permitir que os bispos nos mostrem os motivos, segundo a vontade de Deus, para fazer o que eles indicam.
Quem São os Obreiros Hoje?
Depois de considerar vários trechos do Novo Testamento e o significado da palavra “obreiro”, fica fácil entender a aplicação hoje. Todos os cristãos fiéis devem trabalhar incansavelmente. Todos os discípulos de Cristo são obreiros, cooperadores no trabalho dele. Uma vez que compreendemos o sacerdócio de todos os cidadãos do reino de Cristo, entendemos que todos são obreiros.
Obreiros Malditos ou Abençoados?
A gora vamos voltar ao tema deste estudo. O perigo de ser obreiros malditos não é apenas um problema de pastores e evangelistas. É um perigo que todos os cristãos enfrentam! Se formos negligentes, desonestos ou preguiçosos no nosso serviço a Deus, seremos condenados por ele.
O que, então, Deus quer dos servos dele hoje? Seria fácil fazer uma lista de obrigações principais, no mesmo estilo dos fariseus da época de Jesus, para identificar os servos diligentes e fiéis. Mas a verdadeira resposta não é tão fácil.
Jesus orientou os apóstolos a ensinarem os discípulos a “guardar todas as coisas que vos tenho ordenado” (Mateus 28:19-10). Em outra ocasião, ele disse: “Se me amais, guardareis os meus mandamentos” (João 14:15). O verdadeiro discípulo é conhecido pela sua obediência. O apóstolo João disse que sabemos que temos conhecido Cristo por isto: “se guardamos os seus mandamentos” (1 João 2:3).
Certamente seria mais fácil se tivéssemos uma lista de cinco ou dez itens essenciais, alguns atos externos e visíveis que garantiriam a nossa fidelidade como servos. Muitos homens têm feito tais listas, ou oficial ou informalmente. Freqüentemente frisam questões como ofertas, freqüência nas reuniões da igreja, cotas e metas para a evangelização pessoal e a abstinência de determinados vícios e hábitos. Podem acrescentar exigências em termos de roupas, saudações especiais, etc.
Nosso comportamento, vestimenta e participação ativa da igreja do Senhor certamente devem refletir a determinação de ser obreiros aprovados. Mas, Jesus não abordou a questão com uma simples lista de coisas que se deve ou não se deve fazer. A abordagem dele é mais exigente. Ele quer um coração voltado a ele, e sabe que a pessoa assim dedicada ao Senhor buscará muito mais do que meras regras e normas de comportamento. O verdadeiro obreiro buscará compreender e absorver a mente do Senhor, deixando até seus pensamentos mais íntimos serem guiados pela vontade de Deus.
E esta busca não será fácil. Teremos que conhecer bem a palavra de Deus, dando prioridade ao estudo cuidadoso das Escrituras. E com o conhecimento vem a responsabilidade de aplicar o que aprendemos: “Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos” (Tiago 1:22). Os servos fiéis não apenas seguem listas de regras, procuram andar como imitadores de Deus (Efésios 5:1). Como Jesus reflete a plena perfeição do Pai, os discípulos devem refletir a plenitude de Cristo (Colossenses 1:19; 2:9; Efésios 1:23; 3:19; 4:13).
Escolhemos entre dois caminhos. Podemos ser preguiçosos e negligentes, ou podemos nos esforçar como servos diligentes e dedicados. O primeiro caminho leva à maldição eterna. O segundo leva à bênção da comunhão eterna com Deus.

PT aprova texto preliminar com proposta de regulação da mídia

Militantes e dirigentes aprovaram neste sábado, durante o 4º Congresso do Partido dos Trabalhadores (PT) em Brasília, texto preliminar que faz duros ataques à "mídia conspiradora" e que propõe um marco regulatório para os meios de comunicação como forma de combater a "partidarização" e a "parcialidade" da imprensa. A proposta faz parte da resolução política e ainda poderá receber adaptações até ter seu conteúdo fechado neste domingo.

"A crescente partidarização, a parcialidade, a afronta aos fatos como sustentação do noticiário preocupam a todos os que lutam por meios de comunicação que sejam efetivamente democráticos. Por tudo isso o PT luta por um marco regulatório capaz de democratizar a mídia no País", diz trecho do documento preliminar do PT.

No texto, o partido relembra a inexistência de uma Lei de Imprensa ¿ em 2009 o Supremo Tribunal Federal (STF) a considerou incompatível com a Constituição - e diz que atualmente alguns veículos fazem um "jornalismo marrom (...) que deve ser responsabilizado toda vez que falsear os fatos ou distorcer as informações para caluniar, injuriar ou difamar".

"Para nós é questão de princípio repudiar, repelir e barrar qualquer tentativa de censura e restrição à liberdade de imprensa. Mas o jornalismo marrom de certos veículos, que às vezes chega a práticas ilegais, deve ser responsabilizado toda vez que falsear os fatos ou distorcer as informações para caluniar, injuriar ou difamar", diz trecho do texto básico.

"A inexistência de uma lei de Imprensa, a não regulamentação dos artigos da Constituição Federal que tratam da propriedade cruzada de meios, o desrespeito aos direitos humanos presente na mídia, o domínio midiático por alguns poucos grupos econômicos tolhem a democracia, silenciam vozes, marginalizam multidões, enfim, criam um clima de imposição de uma única versão para o Brasil", completa o partido.

Na abertura do Congresso do PT nesta sexta, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu em defesa do ex-ministro e deputado cassado José Dirceu. Alvo de uma reportagem de revista Veja o ex-ministro foi retratado como um político que teria um gabinete informal em um hotel de Brasília para "conspirar" contra o governo Dilma. Neste domingo, Dirceu deve receber uma moção de desagravo no congresso petista.

Independentemente da crítica à imprensa, o Congresso do PT também prevê manter em seu documento final o repúdio ao polêmico projeto que criminaliza práticas cometidas por meio da internet. "Nosso repúdio ao projeto 84/99, que se originou e tramita no Senado, o AI-5 digital, pois pretende reprimir a livre expressão na blogosfera", diz o texto.

Pelo projeto relatado pelo deputado Eduardo Azeredo (PMDB-MG), por exemplo, passa a ser crime a divulgação ou utilização indevida de informações e dados pessoais por hackers ou usuários comuns. Para o PT, o projeto que classificam como AI-5 Digital merece críticas no que diz respeito ao armazenamento pelo prazo de três anos de dados de endereçamento eletrônico de computadores, classificado pelos opositores do texto como quebra de privacidade, e à adoção de penas de reclusão


 muito altas para delitos que não comportariam a mesma gravidade.

FONTE . TERRA.

FORÇA DE DEUS - UMA POTÊNCIA A SER EXPLORADA (CONHECIDA E VIVIDA)POR NÓS SERVOS . PAZ.

MEDITAÇÃO DO DIA

VENCENDO O DIABO (I Pd. 5:8)
INTRODUÇÃO: Na verdade o diabo não é o nosso maior inimigo, e sim
 um dos maiores. O diabo é o mais astuto e perigoso, ele usa a nossa
derrota para entrar em nossas vidas. Se quisermos vencer o diabo temos
 que levar uma vida de vitória sobra a carne, o mundo e o pecado,
que são os inimigos diretos da nossa vida. Inimigos que a todos os
 momentos em guerra contra eles. Melhor exemplo Bíblico de como
 vencer o diabo é a tentação de Jesus. Lc. 4: 1 ao 3.
Jesus quando foi para a batalha com o diabo Ele se preparou, primeiro
Ele se preparou para vencer os seus inimigos íntimos. Pois Jesus sabia
que se não tivesse total domínio sobra à carne, o mundo e o pecado Ele
seria presa fácil para o diabo. CARNE: Rm. 8: 1; Gl. 5: 16 e 17.
 MUNDO: I Jõ. 2: 14 a 17. PECADO: I Jõ. 3: 1 e 9.
Alguém pode até dizer que é radicalismo, mas segundo o meu entendimento
 Jesus não lutou somente com o diabo no deserto. Mas Ele lutou também
 contra a carne o mundo e o pecado. E ninguém pode lutar e vencer esses
  inimigos se não estiver cheio do Espírito Santo. Lc. 4: 1; Ef. 5: 8.
Outra coisa, porquê Jesus ficou quarenta dias em jejum? O jejum é uma arma
 poderosa para vencer a carne, o mundo e o pecado, e principalmente para
vencer o diabo. Lc. 4: 2; Mt. 17: 14 ao 21; Mt. 2: 36 e 37. A CARNE:
O diabo sabendo que a carne é um dos maiores inimigos do homem,
 sabendo que o homem nos desejos da carne é um derrotado diante de Deus.
Ele lança o seu primeiro ataque a Jesus. Lc.4: 3; I Co. 2: 14.
O diabo sabendo que Jesus estava com fome, ele tenta Jesus a realizar o
 desejo da carne, no caso aqui é o pão. Mas sexo, prostituição e outros desejos
 nos derrubam diante de Deus. Abrindo assim brechas para o diabo entrar
 em nossas vidas. Gl. 5: 19 a 21; Rm. 8: 7 e 8; ICo.3:3.
Jesus venceu a carne e o diabo, nesta primeira batalha no deserto.
Se nós quisermos vencer o diabo na batalha da carne, temos que fazer
como Jesus, cheio do Espírito Santo com muito jejum, e muita Palavra
de Deus.Lc. 4: 4; Ef. 6: 17; HB. 4: 1.
O MUNDO: Como o diabo não conseguiu derrubar Jesus através de
 seu inimigo mais intimo, a carne, ele tentou outro inimigo:
 O MUNDO. Lc. 4: 5, 6 e 7. O diabo sabe que os olhos são a
 nossa porta para o mundo entrar em nossas vidas. Com a entrada
 do mundo, já caímos diante de Deus e trazemos o diabo para a nossa
 vida. I Jõ. 5: 19; I Jõ. 2: 16 e 17; Tg. 1: 14 e 15.
O mundo nos afasta de Deus, o mundo mexe com a nossa vaidade
  humana, o mundo nos leva a buscar coisas que agrada o nosso ego.
 O mundo nos tira da presença de Deus. Mt. 13: 22; Mt. 6: 25- 33.
A nossa vida como crente em Jesus tem que ser guiado pela Palavra de Deus.
 E na batalha contra o mundo e o diabo temos que seguir o exemplo de Jesus,
 cheio do Espírito Santo com muito jejum e Palavra de Deus. Lc. 4: 8;
 Sl. 119: 105- 11; Sl. 1: 1 e 2.
O PECADO: O diabo já tinha sofrido duas derrotas para Jesus, pois Jesus
 era um vencedor contra a carne e o mundo. Como o diabo não conseguiu
derrotar a Jesus através da carne o mundo, agora ele tenta vencer a Jesus
através do pecado.. Ele tente levar Jesus pelo caminho da soberba.
 Lc. 4: 9 a 11; Mt. 11: 29.
O fato de sermos crentes e até ser muito usados por Deus, não nos dá
 o direito de entrar em campo que Deus não nos permite entrar.
Usar o nome de Deus para falarmos coisas que Deus não mandou,
 fazer coisas que está contra a Palavra de Deus é pecado, e nos
 derruba diante de Deus, trazendo para as nossas vidas o diabo.
Dt.29: 29; Is. 59: 1 e 2.
As coisas que parecem tão simples, pecadinhos, e muitas vezes estes
 pecadinhos são brechas para o inimigo agir em nossas vidas.
Não devemos varrer para baixo do tapete o pó do pecado, e sim colocar
 no lixo e lançar fora das nossas vidas. Js. 7: 1 – 26; Is. 28: 15; Lc. 12: 2.
Não podemos deixar o pecado reinar em nossas vidas. Se vencermos o
 pecado em nossas vidas , venceremos o diabo também.
Rm. 6: 12 – 14; Sl. 19: 13.Temos que seguir o exemplo de Jesus,
 ser cheio do Espírito Santo, muito jejum e muita Palavra, para vencer o
 pecado.Lc. 4: 12.
No livro de Lucas sobre a tentação não fala de oração, mas com certeza
nos quarenta dias Jesus ficou em oração. Oração, jejum e Palavras nos
deixam cheio do Espírito Santo. Sl. 55: 17; Sl.35: 13; Sl.119: 105.
A batalha contra o diabo é todos os dias. Por isto todos os dias têm que
 vencer a carne, o mundo e o pecado, fazendo isso venceremos o diabo
 todos os dias. Lc. 4: 13; I Pd. 5: 8.

VIA GRITOS DE ALERTA

SEM DEUS O MUNDO VAI PARA O BURACO - Coleta seletiva:não jogue os fetos na rua!

 



Mães”jogando bebês no lixo,nas calçadas,fetos no esgoto,crianças agonizando dentro de pacotes lançados em terrenos baldios. Neste último sábado,no final da tarde um feto dentro de um saco plástico foi atropelado por um carro na Praça IV Centenário em Guarulhos,São Paulo. De aproximadamente 8 meses havia sido arremessado de um veículo em movimento;logo em seguida outro carro passou por cima...Ninguém desvia de lixo jogado nas ruas.


Já não há nem mesmo a preocupação de esconder,enterrar,colocar no lixo. Joga-se no meio da rua,de passagem,como uma latinha de cerveja. São os brasileiros que nossas leis e a hipocrisia social burra considera cidadãos com os mesmos direitos de todos os outros. Somos animais e entre nós existem variações extremas de nível de civilização,racionalidade,inteligência,comportamento,tipos gregários,caçadores solitários,predadores,seres dóceis e outros daninhos. Não se pode tratar como se todos fossem iguais e essa estupidez politicamente correta é a causa da maioria esmagadora de nossos problemas. Filhos devem ser gerados por quem pode geri-los. Seres humanos não podem ser lançados à vida irresponsavelmente,criando problemas para a sociedade,nem podem simplesmente -como filhotes de gatos- serem colocados dentro de um saco e afogados! É só não gerá-los e o governo é o responsável por instruir,dirigir,coibir,castrar a massa humana ignorante que ainda vive na idade da pedra.
-Gravidez não é dádiva de Deus,é um fenômeno natural de procriação provocado pelo ato sexual(tem gente que ainda não relaciona os eventos,acreditem!);
-A Igreja tem que ser detida em seu procedimento criminoso ao combater o controle de natalidade;
-O Estado tem que ser cobrado pela sua omissão em não impor um controle de natalidade,disponibilizando os meios práticos e teóricos para a população.
Por que se permitir a vinda ao mundo de criaturas que terão uma vida curta e miserável? Além dos criminosos genéticos,que assim serão independente de criação,nível social,temos a fabricação de outros por literalmente já nascerem nas sarjetas,marginalizados,sem nada a perder. Não me venham com discursos vazios de adoção,recolhimento por instituições de caridade,não há estruturas suficientes nem nunca haverá em relação à demanda,os ignorantes procriam como ratos e devem ser coibidos e se necessários esterilizados. Conversa de fascista,nazista? Não,simples raciocínio limpo de covardes regras não escritas da sociedade. Mas no Reino do Absurdo,se estão atirando,retira-se as armas da população,não as dos bandidos;se roubam nas saídas dos bancos,não atacam os bandidos,proíbem-se os celulares dos clientes;se o cigarro é um problema de saúde pública,não o proíbem como droga,aumentam os impostos sobre ele;se os assaltantes estão matando,determinam que o cidadão não deve reagir e colaborar;se estão jogando bebês nas ruas,provavelmente criarão um recipiente de coleta seletiva de lixo -cor de rosa- para os fetos e ficarão orgulhosos da missão cumprida...

Mesa do IV Congresso Nacional do PT:selvagens no poder

 





Ao ver a mesa de honra do IV Congresso nacional do PT um sentimento de repulsa e indignação me trouxe a imediata lembrança de,quando jovem,ter assistido o filme “O Planeta dos Macacos”.Quem aqueles símios pensavam que eram ao tratar os humanos daquela maneira,ridicularizando,desprezando e
escravizando?! A arrogância dos macacos políticos,cientistas,a brutalidade dos grotescos generais e soldados! Como chegaram eles àquela posição, ao domínio da especie humana?
O Congresso petista assusta:ali está representado tudo o que de ruim aconteceu neste país na última década. É a face descarada da corrupção,da vingança,da arrogância desmedida,do desprezo pela raça humana.
O escárnio é tamanho que nem mais se preocupam em maquiar seus propósitos. A sangria da tribo humana passou dos limites da manutenção da vida,pouco importa,outros nascerão para serem escravizados. A Rainha dos Macacos clama por mais dinheiro,mais impostos enquanto aumenta os gastos do governo. E só o dinheiro já não basta;passada a fase de consolidação,boquiabertos com a mansidão do povo e das Forças Desarmadas e Humilhadas,já passa a falar grosso sobre a vingança,a revisão"dos crimes da ditadura”,a grande farsa de uma escaramuça agora chamada de guerra que não existiu. Hoje morre-se aqui diariamente por violência mais do que o total dos mortos dos chamados “anos de chumbo”. Nossos números anuais de vítimas são três vezes maiores que os do Iraque!
Na escravidão que obriga os brasileiros a entregarem ao fisco da Rainha 1/3 do que conseguem amealhar,retiram também as armas de defesa dos humanos e permitem que o chicote da criminalidade simiesca bata forte no lombo dos trabalhadores,com o fito único de subjugá-los pelo terror,fazer com que se sintam gratos ao Deus dos homens ao conseguirem chegar à casa no final de cada dia e extenuados,não tenham vontade nem forças para se rebelar. O Brasil vive tempos de filmes de ficção. Nunca um governo estimulou tanto a violência,dividindo o saque com marginais,enquanto num teatro hipócrita,dá seguimento a um suposto ordenamento social,jurídico de coibir, prender,julgar,condenar e trancafiar. Não se constroem mais presídios para manter o número proporcional à população que cresce descontrolada porque não há vontade de manter presos os predadores -seus colaboradores na manutenção do poder. Na gigantesca farsa,nunca se prestigiou tanto os cientistas sociais,os Direitos Humanos,as ONGs,regiamente recompensados para pensar buscando fórmulas de esvaziar as prisões de maneira aparentemente legal e benemérita,quando em verdade é apenas para a manutenção do ciclo onde as forças policiais são sacrificadas num trabalho inútil,de fachada,que será anulado mais à frente. O cenário brasileiro na Era Lula é de um povo escravo cada vez mais estúpido e fraco,pago com alguma comida e bugigangas chinesas,construindo uma pirâmide de dinheiro para a Grande Quadrilha e debaixo do chicote da bandidagem miúda,feitores do poder.
 
 
FONTE :pamarangoni.blogspot.com
 VIA GRITOS DE ALERTA

O futuro chegou...e nós não estamos nele.

O Casamento Tradicional é o ÚNICO que tem a benção de Deus, mas está sendo ameaçado.


Por isso, peço que aceite meu convite para a
palestra que será realizada na próxima segunda-feira
à noite (05):

As ameaças à instituição do casamento
tradicional, desde a antiguidade até os dias
de hoje
Inscreva-se aqui (você não paga nada)
Data da palestra: 05 de setembro de 2011
Horário: 19h00
Local: Golden Tulip Paulista Plaza
Al. Santos, 85 - Jardins - São Paulo
Mapa do local: http://bit.ly/mYFKvM
(não se preocupe, há estacionamento no local)
Palestrante: Dr. David Magalhães
Professor da Faculdade de Direito da Universidade
de Coimbra, com mestrado e doutorado em
Ciências Jurídico-Históricas. Ganhador de diversos
prêmios acadêmicos em Portugal, autor de várias
obras, inclusive sobre a questão do “casamento”
homossexual, e articulista em importantes
periódicos em Portugal.
O ilustríssimo palestrante, Dr. Magalhães, veio de
Portugal especialmente para tratar deste assunto.
Pelo seu currículo você pode perceber que ele é a
pessoa indicada para desmistificar o discurso do
lobby homossexual, que afirma que o “casamento”
entre pessoas do mesmo sexo tinha amparo legal
desde os primórdios da civilização moderna.
Veja aqui como se inscrever para a palestra e fique
sabendo historicamente o quanto esta afirmação
é falsa.
Eu não gosto nem de imaginar um País onde esse
pecado seja normal aos olhos da sociedade.
Por isso, precisamos cortar o mal pela raiz,
antes que ele germine e ganhe mais
força, Antonio.
Invista no futuro de sua família e vá neste
encontro, pois você não se arrependerá.
(Inscreva-se agora)
No final do evento serviremos um coquetel para
os presentes.
Atenciosamente,
Mario Navarro da Costa
Diretor de Campanhas do
Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
www.ipco.org.br

Confrontos entre Cristãos e Muçulmanos Matam 22 na Nigéria

nigeriaConfrontos entre Cristãos e Muçulmanos causam a morte de 22 jovens em Jos no Estado da Nigéria Plateau, nesta quinta-feira, segundo funcionário do necrotério local.
(Foto: Reuters)
Confrontos entre Cristãos e Muçulmanos causam a morte de 22 jovens em Jos no Estado da Nigéria Plateau, nesta quinta-feira, segundo funcionário do necrotério local. Sábado, 03 de agosto de 2011.
“Houve confrontos na área de Dusu Uku... entre jovens Cristãos e Muçulmanos. Não temos certeza sobre o que aconteceu, mas em algum momento as forças de segurança se envolveram", disse Mahammed Kabiro à Reuters.
Kabiro confirma que o necrotério recebeu 22 corpos mortos e que ainda pode haver mais.
“Até agora recebemos 22 mortos aqui no necrotério, a maioria jovens, mas nos disseram que há mais por vir", ele disse, acrescentando que a maioria dos corpos que ele viu tinha ferimentos de tiros”, disse ele.
O porta-voz da Junta Militar de Jos, o Capitão Charles Eckeocha disse que ele não teve nenhum detalhe sobre as vítimas. Segundo ele, alguns funcionários devem ter sido feridos.
“Não tenho os detalhes do que aconteceu, exceto de alguns de nossos soldados que foram baleados e feridos. Pedimos reforços e eles chegaram. A situação está calma agora”, disse.
As autoridades do exército nigeriano disseram nesta segunda-feira, que pelo menos treze pessoas haviam morrido no confronto entre Cristãos e Muçulmanos enquanto celebrações Eid-al-Fitr eram realizadas.
A ligação entre este confronto com o outro incidente não é confirmado.
Jos abrange o “Cinturão do Meio” entre o norte da Nigéria ocupado por uma maioria muçulmana e o sul maiormente cristão. Muitas vezes a região se torna um ponto de tensões sectárias e étnicas entre as duas fés.
A violência é um dos problemas que devem ser resolvidos pelo Presidente Goodluck Jonathan, que se agrega aos ataques quase diários de uma seita violenta no nordeste do país.
As autoridades acreditam que a seita também pode ter tido participação em um ataque de bomba nos escritórios das Nações Unidas em Abuja, que matou 23 pessoas.
A população da Nigéria tem aproximadamente a mesma proporção de Cristãos e Muçulmanos. Mais de 200 grupos étnicos vivem lado a lado no país que é de maneira geral pacífico.

CRISTIAN POST
VIA GRITOS DE ALERTA

Pastor chinês Zhang Rong Liang é liberto da prisão


Pastor chinês Zhang Rong Liang é liberto da prisão
Zhang havia sido detido cinco vezes antes e passou 12 anos no total na prisão

Na noite do dia 31 de agosto, após 7 anos e meio preso, o pastor Zhang foi libertado da prisão em Kaifeng.

Aprisionado desde dezembro de 2004, pastor Zhang da Igreja China para Cristo havia sido detido cinco vezes antes e passou 12 anos no total na prisão. Ele tinha muitas doenças crônicas, pois havia sofrido um acidente vascular cerebral em 2007 enquanto cumpria sua última sentença .

Pastor da igreja doméstica por 30 anos, Zhang foi preso em 1974 e passou sete anos no campo de trabalhos forçados em Hua Xi, acusado pelas autoridades pelo crime de “contra-revolucionário, sob pretexto de religião.”

Pastor Zhang é grato ao Senhor e a todos aqueles que se uniram em oração pela situação dele. Agora ele quer viajar para uma cidade litorânea com um membro de sua família. “Preciso de um tempo de tranquilidade para descansar em Deus e buscar Sua vontade para o futuro do ministério”, afirmou.

Mesmo após a libertação do pastor, é incerto se os funcionários do governo ainda estão o mantendo sob vigilância.

Ore pela vida do pastor Zhang, agradeça a Deus pela sua libertação da prisão após tantos anos e para que Deus direcione sua vida segundo Seus propósitos.


Fonte: Portas Abertas

Reborn Team: Igreja Renascer em Cristo divulga ministério de artes marciais

 


A Igreja Renascer em Cristo promove treinos de artes marciais como Muay-Thai, Jiu Jitsu, Karatê, Boxe e Hapkido tanto para ensinar técnicas de defesa pessoal como também para evangelizar os atletas.
O “Reborn Team” acredita que muitos lutadores jamais aceitariam o convite para uma “programação religiosa”, mas facilmente aceitariam participar de um treino. Por outro lado também ensina jovens que não teriam como pagar academias para aprender esses esportes.
Os temas abordados nestes encontros são a fé, o amor, disciplina e lealdade, as duas últimas atitudes são consideradas essenciais para quem pratica um esporte, já as primeiras são introduzidas por meio da Palavra de Deus e ensinamentos pessoais passados pelos pastores da Renascer.
Com um texto bíblico o site do ministério explica por que promover esse tipo de atividade dentro da igreja. “Fiz-me tudo para com todas, com o fim de, por todos os modos, salvar alguns.” (I Corítios 9:22)
Além da atual sede da igreja outros endereços (saiba mais acessando www.rebornteam.com.br) também possuem grupos de treinos tanto masculino como femininos. A Renascer também promove competições entre esses lutadores, o Reborn Strike Fight que já teve duas edições.


Fonte: Gospel Prime
VIA GRITOS DE ALERTA

ISRAEL SE PREPARA PARA A GUERRA NA PALESTINA: 'NOSSA RESPOSTA SERÁ DURA'

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, responsabilizará o Hamas em caso de um ataque vindo da Faixa de Gaza. Neste domingo, ...