segunda-feira, 22 de agosto de 2011

AMADO DEUS - DAME AS NAÇÕES - GRITOS DE ALERTA. JESUS É O SENHOR DE TUDO.

Entre na Corrida e Corra Para Vencer



Corram de tal maneira que ganhem o prêmio. 1 Coríntios 9:24


O conselho de Paulo é “corra para vencer”. Deixe de lado essa ideia juvenil de que “o importante é participar e não competir”. Nenhum atleta por si mesmo vai às olimpíadas só pelo pensamento de participar. Eles vão para ganhar. Não é um jogo entre bancários. Não é um amistoso em dia de chuva. O que domina é a determinação e a vontade de vencer.


Além de falar nessa vontade, ele mostra como devemos nos preparar. Para vencer, não apenas no esporte, mas nos negócios, no trabalho e na escola, precisamos de atitudes corretas.


Pensei comigo: O que pode motivar um corredor de maratonas a treinar? O que ele espera ao chegar o dia da corrida? Naturalmente, que os preparativos o ajudem a correr todo o trajeto e vencer.


Há, por exemplo, um plano de vinte semanas de treinamento para aqueles que querem correr uma maratona. Na primeira semana, você corre sete quilômetros na terça-feira, dez na quarta, sete na quinta, dez na sexta, cinco no sábado e dezesseis no domingo. Apenas a segunda-feira é livre. O número de quilômetros vai aumentando a cada dia, até que na semana de número 17, ele estará correndo 42 quilômetros no domingo. Mas para isso é necessário determinação, ânimo e paciência.


Estamos vivendo a vida cristã com a mesma mentalidade de um atleta, com os olhos postos na fita de chegada?


O prêmio que o vencedor da corrida recebia era uma coroa de louros, que depois de poucos dias estava murcha. O nome do vencedor era cantado pelos poetas; ele tinha uma cadeira cativa no estádio; ficava isento de pagar impostos e do serviço militar; e, de volta à sua cidade, era recebido numa carruagem.


Paulo gostava de usar a imagem de um atleta. No fim da vida, ele faz eco a 1 Coríntios 9:24-27: “Eu completei a corrida. Completei com lealdade e guardei a promessa e o voto solene de atleta, de colocar todo o meu esforço” (cf. 2Tm 4:7). A imagem vai além, quando ele fala na entrada triunfal, ocasião em que todos os competidores serão honrados publicamente e receberão a coroa.


“Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé. Agora me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a Sua vinda” (2Tm 4:7, 8).

FINAL DOS TEMPOS - Turismo Sexual e NAMBLA

 



A Organização Mundial do Turismo (OMT) definiu, em 1995, o turismo sexual como sendo “viagens organizadas, dentro do seio do sector turístico ou fora dele, que utilizam, no entanto, as suas estruturas e redes com a intenção primária de estabelecer contactos sexuais com os residentes do destino”.

Historicamente, as viagens sexuais e a prostituição têm sido muitas vezes associadas. De facto, quando olhamos para a história do turismo podemos verificar, através das ruínas de antigas grandes cidades, que era frequente estas receberem visitantes que se deslocavam até lá unicamente com esse intuito. Já há cerca de dois milénios existiam bairros de prostitutas (muitas delas crianças menores que eram muitas vezes "vendidas" pelos próprios familiares, inclusive pelos próprios pais), constituindo exemplos deste facto as ruínas das cidades de Éfeso (Turquia), Babilónia (Iraque) e Pompeia (Itália).

Ultimamente, o Turismo Sexual tem sido reconhecido como uma das atracções turísticas de vários países do Sudeste Asiático e da América Latina (mais propriamente, nas áreas mais degradadas do Brasil). Imensos grupos de pedófilos organizam, anualmente (ou até mesmo com mais frequência), viagens a determinados locais com vista a ter relações sexuais com crianças que se sujeitam a este tipo de situações em troca de dinheiro, comida ou lugar para dormir ou então, são obrigadas e coagidas a tal.
Assim sendo, uma das associações que defende o Turismo Sexual é a NAMBLA, uma Associação Americana que defende o Amor entre Homens e Meninos (North American Man and Boy Love Association). Por outras palavras, e mais objectivamente, trata-se de uma associação de activismo pedófilo homossexual pouco conhecida nos Estados Unidos da América, com base em Nova Iorque e São Francisco, mas que conta com muitos membros e que, aos olhos da lei, é perfeitamente legal porque apenas promove o "amor" entre adultos e crianças. Entre muitas outras ideias, a NAMBLA opõe-se à ideia de uma idade mínima para uma pessoa ter relações sexuais (idade de consentimento).

As teses defendidas pela NAMBLA, e sua simples apologia, são ilegais em inúmeros países. No entanto, a sua advocacia sexual é garantida nos EUA pelo “First Amendment”. Para os seus críticos a NAMBLA não passa da fachada legal de uma rede de violadores de crianças e pedófilos que traficam técnicas de sedução e pornografia infantil e organizam viagens para promover o sexo ilícito.
Em 2005, uma operação policial do FBI prendeu vários integrantes da NAMBLA que negociavam viagens para o México, a fim de terem relacionamentos sexuais com meninos. Os sete membros da NAMBLA acusados de actos criminosos constituem uma fatia representativa da sociedade americana em geral: um dentista de Dallas, um professor especializado de Pittsburgh, um professor substituto da Carolina do Sul, um faz-tudo do Novo México, um comissário de bordo de Chicago (que também era psicólogo), um operário de fábrica de papel e um treinador particular, ambos da Florida. Foi preso também um pastor protestante. Também foram encontradas pistas que envolviam um padre católico.
 
VIA GRITOS DE ALERTA

LÊIA AS NOVAS ABERRAÇÕES PARA OS FINAIS DOS TEMPOS- As novas aberrações: NAMBLA - Amor de Homens e Meninos

 


Olha onde as ongs homossexuais querem chegar:
NAMBLA - Amor de Homens e Meninos
A NAMBLA, uma organização homossexual mundial que defende a pedofilia, tem a seguinte filosofia:
A Associação Norte Americana de Amor entre Homens e Meninos (NAMBLA) é
uma organização fundada em resposta à extrema opressão que sofrem os homens
e os meninos envolvidos em relacionamentos sexuais consensuais e outros relacionamentos
uns com os outros. A NAMBLA aceita como membros todos os indivíduos simpatizantes da
liberdade sexual em geral, mas principalmente do amor entre homens e meninos. A NAMBLA
se opõe fortemente às leis de consentimento sexual e outras restrições que impedem os adultos
e os jovens de ter pleno prazer físico e controle sobre suas vidas. A meta da NAMBLA é acabar
com a antiga opressão contra os homens e meninos envolvidos em relacionamentos mutuamente
consensuais.
A NAMBLA pretende alcançar essa meta:
  • Construindo uma rede de apoio para tais homens e meninos;
  • Educando o público acerca da natureza benéfica do amor entre homens e meninos;
  • Apoiando a liberação das pessoas de todas as idades do preconceito e opressão sexual."
Objetivo Geral:
Melhorar a condição social e a imagem pública dos pedófilos; Eliminar as
sanções legais contra a conduta pedófila e conscientizar o público acerca das necessidades
emocionais e sexuais das crianças.
Pretendemos alcançar esse objetivo:
1. Buscando melhorar a imagem pública dos pedófilos mediante:
Supervisão de currículos de aulas de psicologia e educação sexual em escolas públicas,
faculdades e universidades, buscando eliminar os velhos estereótipos e falsidades com
relação à pedofilia e à sexualidade das crianças.
Consulta com autoridades na área de doença mental e conduta sexual humana para encorajar
uma atitude compassiva para com a pedofilia.
Lobby legislativo para reduzir as sanções legais contra a conduta pedófila em particular e contra
toda conduta sexual em geral, e para aumentar os direitos da criança para que ela possa decidir
o que quiser.
Alianças com grupos feministas e outras organizações para estabelecer o princípio de que os
objetivos de todos os grupos de liberação são essencialmente os mesmos: a eliminação de leis
sexistas e autoritárias que controlam a vida humana: e que a liberação das crianças é a
essência de toda liberação humana.
2. Publicação e disseminação de literatura apoiando as metas da liberação pedófila.
3. Publicação e disseminação de literatura para conscientizar o público acerca das
necessidades emocionais e sexuais das crianças, principalmente à luz das pesquisas do
desenvolvimento cognitivo.

Trofeu Promessas fará homenagem ao cantor Asaph Borba

Considerado “o pai do canto congregacional” no Brasil, Asaph Borba, aos 35 anos de ministério, será o homenageado da primeira edição do Troféu Promessas.
Simplicidade, humildade e fidelidade bem que poderiam definir Asaph Borba. Mas, como toda definição limita em sua totalidade a que ou a quem se refere, definir o compositor, arranjador, produtor, maestro, músico, pai, esposo, quase jornalista formado e um dos grandes ministros de louvor da história do país, seria insuficiente. Em síntese, só podemos dizer que ele é um exímio discípulo de Jesus e que todos os outros demais rótulos são apenas uma extensão ou expressão desse discípulo.
Como não adere aos títulos e é especialista em quebrar paradigmas, com seus 35 anos de ministério, Asaph encontra na simplicidade inspiração para seguir adiante. Essas quase quatro décadas de caminhada cristã e serviço a Deus foram comemoradas no último mês, com direito à gravação de um CD/DVD especial que reuniu participações de ministros/amigos que fazem parte da sua jornada ministerial.
Atualmente, tem 70 discos gravados e mais de 2 milhões de cópias vendidas e é conhecido como “o pai do canto congregacional brasileiro”. A esse respeito ele afirma: “Ser chamado de ‘pai’ não me inspira tanto quanto ter a oportunidade de servir à minha geração. O mais importante é poder ser um exemplo e uma ajuda para os meus irmãos, como tenho sido no decorrer desses anos.”
Convertido em agosto de 1974, ele já revolucionava a música cristã no início da década de 80. Quando na época era comum ver a igrejas cristãs entoando hinos da Harpa ou do Cantor Cristão, Asaph, em singelas canções, verdadeiras composições musicais intensamente marcadas pela Palavra de Deus, apresentou uma nova maneira de adorar ao Senhor nas igrejas. Ele é autor da maioria dos corinhos das igrejas evangélicas do país, e o seu pioneirismo expandiu não só para as igrejas brasileiras, mas também para outras nações. Ele sempre esteve à frente do seu tempo; seus sonhos, além da sua realidade, e sua música extrapolaram os limites das quatro paredes de um templo, para encontrar lugar ao sol nos quatro cantos do mundo. Seu desejo de compartilhar o que tem recebido pela graça de Deus, fez de Asaph Borba um dos ministros de louvor mais conhecidos do país. Inclusive, no Oriente Médio, onde desde 1997 desenvolve um projeto chamado “Bridges of Love” (Pontes de Amor), que já passou por nações de praticamente todos os continentes.
Com a Life Produções, gravadora própria, já produziu 70 discos em 9 idiomas, entre eles, árabe, hebraico, inglês, alemão, assírio e tantos outros. Seu primeiro lançamento, em 1978, foi “Celebraremos com Júbilo”, com o grande amigo e companheiro de ministério, Donald Stoll. Recentemente, além da gravação comemorativa por mais de três décadas de ministério, Asaph também gravou “Rastros de Amor”, ambos produzidos pela Som Livre. Algo inédito em seu ministério: a produção de dois CDs que não fossem pela própria gravadora.
Aos 53 anos, Asaph Borba é casado com Lígia Rosana, é pai de Aurora e André, e está cheio de expectativas para os próximos 35 anos. Com menos de seis meses para a formatura na graduação em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo, ele está mais inteirado das mídias sociais e mais a vontade com as tecnologias digitais: “Formar em Jornalismo e ter equipamentos digitais de última geração que agora sei lidar com eles, é absolutamente inédito.”
Um dos segredos de Asaph é valorizar as pessoas. E encontrou na diversidade do ser humano e no respeito a ele (seja quem for), a chave não apenas de seu sucesso, mas do cumprimento do Evangelho. É por essas e outras razões que Asaph Borba é o homenageado do ano do Troféu Promessas. E nesse mesmo tom, que o homenageado da primeira edição do Troféu Promessas, agradece: “Quero agradecer a Deus por todas as coisas. Quero expressar minha gratidão a Ele que é digno de toda adoração e louvor. Agradeço também a todos que de forma direta ou indireta abençoam minha vida, minha família e o ministério que o Senhor me concedeu. Estou emocionado. Essa homenagem é para proclamar o nome poderoso do Senhor”, finaliza Asaph


Fonte: Assessoria Trofeu Promessas e Guia-me / Folha Gospel

Líder de igreja gay de São Paulo diz que beber e fumar não são pecados e diz que sexo só depois do casamento é hipocrisia


Líder de igreja gay de São Paulo diz que beber e fumar não são pecados e diz que sexo só depois do casamento é hipocrisiaA Igreja da Comunidade Metropolitana, uma das igrejas inclusivas no Brasil, comemora no próximo dia 20/8 uma década no território nacional e em uma entrevista ao site Mix Brasil o responsável pela denominação aqui no país, o reverendo Cristiano Valério fala a respeito de suas crenças e forma de interpretação da Bíblia e segundo ele do olhar fundamentalista dos cristãos tradicionais sob a mesma.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Cristiano Valério diz que a ICM tem como “missão” fazer frente a toda forma de opressão religiosa, social, qualquer forma de preconceito e conta que a ICM é uma das poucas organizações religiosas no mundo que é dirigida por uma mulher atualmente, a reverenda Nancy Wilson é a moderadora mundial da igreja já há alguns anos, depois da aposentadoria do reverendo Troy, que foi o fundador da comunidade inclusiva.
Ele diz que as igrejas evangélicas costumam reproduzir um discurso religioso evangélico do Brasil, e que pelo contrário, a igreja inclusiva repudia o discurso a este e que costumam até evitar alguns termos que são surrados por seus irmãos evangélicos. Referente ao posicionamento de relacionamento com as igrejas não-inclusivas, há uma tentativa de olhar para estes como irmãos e irmãs, ainda estes segundo ele sendo equivocados e limitados, buscando ver que eles também sãos filhos de Deus como qualquer um outro, ressaltando que mesmo que estes nãos os tratem assim.
Dentro da visão do reverendo Cristiano Valério não é errado beber e fumar, ele ainda usa a citação da passagem bíblica em que Jesus transformou a água em vinho e uma festa de casamento “Na verdade a gente tem dificuldade é com os excessos. A pessoa quando perde o controle não é legal. E assim é com bebida e com tudo que é bom nessa vida, o que se bebe, o que se come, tudo, o sexo também. Porque isso pode virar uma patologia, alguém sofrer com isso. Se está dando prazer e é legal isso é maravilhoso. O problema é quando a pessoa começa a sofrer com isso.” Diz o reverendo.
Para Cristiano o princípio de castididade até o casamento apregoado pelo cristianismo, como diria ele ‘o fundamentalista’, é a mais pura hipocrisia e afirma ” esse discurso hipócrita de que pecado é cometido com a genitália, tudo que tem a ver com órgão sexual é pecado. Isso a gente herdou de alguns pensamentos muito complicados. Na ICM a gente desconstrói esse pensamento religioso, por isso algumas pessoas ficam escandalizadas com a forma natural que a gente fala de sexo, pra gente sexo é uma benção, uma coisa maravilhosa. E faz também um movimento de reconciliação da sexualidade com a espiritualidade. Pra gente o ser humano é um todo indissociável, e essa pulsão, esse desejo, isso tudo é maravilhoso. Desde que com responsabilidade, desde que não seja em um contexto de violência, de abuso.”

FONTE . G+

SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL JÁ TEM DATA E LOCAL CONFIRMADOS

 

 A notícia é segura e já responde muitas perguntas por si só. Está confirmado pela MR1 Comunicação & Marketing a realização do Salão Internacional Gospel. A feira vai acontecer do dia 12 à 14 de Abril de 2.012, no Centro de Exposições Imigrantes, situado em local privilegiado, na Rodovia dos Imigrantes, a 1.200m da Avenida dos Bandeirantes, apenas 850m do Terminal Jabaquara do Metrô, 3 km do Aeroporto de Congonhas e 20 km do Aeroporto Internacional de Cumbica, a 7 km do centro hoteleiro e financeiro da cidade, estando, inclusive, no centro de dois dos maiores polos econômicos brasileiros: a Cidade de São Paulo e o ABCD paulista. Com fácil acesso para todas as regiões da capital via metrô e para todo o litoral e interior por meio do Rodoanel Mário Covas, facilitando o deslocamento dos visitantes e expositores, desviando do trânsito das marginais.

Segundo seus realizadores, serão corredores e mais corredores de pura adrenalina para quem visitar o evento, embalado por diversas melodias celestes. São de Marcelo Rebello as palavras: "Agradecemos de verdade aqueles que acreditam no evento e nos sustentam com suas orações. Hoje estamos felizes de poder, com responsabilidade, entregar essa magnífica feira para o mercado evangélico. Para nós, é muito mais do que um grande evento, é uma causa, onde fomos separados para usar nossos talentos para ganhar vidas para Cristo e também investir no aprimoramento de um mercado onde nascemos, crescemos e trabalhamos. À Deus, dedicamos nossas vidas e sabemos que ele é fiel e justo para fazer infinitamente mais. Estamos à disposição dele, para que suas verdadeiras promessas se cumpram. Que venha o Salão Internacional Gospel. Toda honra e glória dedicamos ao nosso Pai!"

Quanto ao evento, ele acrescenta: "Melhoramos muitos detalhes pensando nos expositores, nos visitantes, na imprensa, nos músicos e nos líderes. Grandes parceiros chegaram para somar esforços, experiências, ideias e prestígio na concepção desse novo formato de feira: o que era bom, ficou ainda melhor, mais confortável e dinâmico. Além da área de exposição dos estandes, agora temos também mais 6 auditórios, com palcos e iluminação profissional, onde vão se apresentar simultaneamente grandes nomes da música Gospel. Serão mais de 200 shows, teremos o Espaço Hip-Hop, Espaço Samba Gospel, a Exposição Gospel Memórias - Dias Que Não Voltam Mais, o Fórum de Música Gospel discutindo tendências e o futuro do estilo musical, o Prêmio MR1 de Música Gospel, além da grande novidade de 3 Festivais de Bandas, Cantores e Dança, feitos especialmente para descobrir novos talentos e abrir uma inédita vitrine, unindo as igrejas e ministérios neste grande evento musical, entre outras novidades que ainda serão divulgadas pela assessoria da agência. Queremos que todos venham, participem, tenham liberdade para adorar, desejamos que expositores façam bons negócios, que a imprensa faça brilhante cobertura e visitantes saiam satisfeitos com tudo que ouviram, viram e participaram."




Luciana Mazza
Salão Internacional Gospel - MR1
 
VIA GRITOS DE ALERTA .

CANTOR DAVID QUINLAN PREGANDO A PALAVRA DE DEUS NO 6° FESTIVAL GOSPEL DE JAGUARIÚNA - FOI MELHOR QUE DANÇAR NA CHUVA .

A pessoa certa para a tarefa certa

Coelho escalando
A estória a seguir, de forma bem humorada, mostra a importância de escolher a pessoa certa para a tarefa certa.
Um dia os animais decidiram que deveriam fazer algo significativo para resolver os problemas do mundo.
Organizaram assim uma escola. Adotaram um currículo de atividades que incluía correr, escalar, nadar, e voar. Para que ficasse mais fácil ministrar as aulas, a todos os animais.
O pato era excelente nas aulas de natação; aliás, era melhor que o professor. Mas “passava raspando” nas aulas de voo
e se saia muito mal nas aulas de corrida. Já que não ia bem em correr, ele teve de abandonar a natação e ficar depois da aula para treinar corridas. Isso fez com que seus pés chatos ficassem muito gastos, e assim passou a ser um nadador apenas regular. Mas regular era bem aceito. Deste modo ninguém se preocupava com isso – exceto o pato.
O coelho iniciou o ano como primeiro da classe nas corridas, mas aparecelham-lhe uns espasmos nos músculos das pernas porque precisava gastar tempo demais estudando natação.
O esquilo era excelente para escalar, mas estava sempre frustrado nas aulas de voo porque o professor fazia com que ele começasse a voar partindo do chão ao invés de deixa-lo começar do topo de alguma árvore. Ele ficou contundido por causa do esforço extra e tirou apenas 7 em escalada e nota 5 em corrida.
A águia era uma criança problema e foi severamente disciplinada por ser não conformista. Nas aulas de escalada ela ganhava de todos os alunos chegando primeiro ao topo da árvore, mas insistia em usar o seu próprio método para chegar lá.
Porventura são todos apóstolos? São todos profetas? São todos doutores? São todos operadores de milagres? Têm todos o dom de curar? Falam todos diversas línguas? Interpretam todos? Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho ainda mais excelente. 1Coríntios 12:29-31.

Fonte . Espirito e Poder.
Via Gritos de Alerta.

O propósito do Pentecostes

Qual é a evidência ou prova de que um cristão teve a mesma experiência, no presente, que os discípulos de Cristo tiveram, em Jerusalém, no dia de Pentecostes?
Jesus disse: “E recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo.” (At 2:4a).
Um antigo pregador metodista contou-me como ele foi batizado com o Espírito Santo. Disse: “Nós, metodistas, estávamos orando juntos quando ouvimos um barulho, como um som de um vento impetuoso em nossa sala de oração, então, maravilhados, vimos quando línguas de fogo, repartidas, apareceram sobre as nossas cabeças. Em santo temor e adoração a Deus, fomos arrebatados para uma atmosfera celestial, falando e cantando em outras línguas”. Enquanto ele relatava essa experiência, fiquei maravilhado ao perceber o quanto a experiência dele foi semelhante ao relato bíblico.
Durante anos, tem ocorrido controvérsias sobre como uma pessoa poderá saber se foi batizada com Espírito Santo. Os pentecostais apostam que o sinal será falar em línguas estranhas. Outros cristãos rejeitam a “experiência das línguas”. Outros, ainda, consideram que as línguas são uma possibilidade, mas não algo efetivo.
Quanto a mim, parece-me que, se o único propósito de receber o Espírito Santo é falar em línguas, há um mal-entendido grave quanto ao objetivo verdadeiro.
Muitos cristãos tem feito do “dom de línguas” um ídolo, ou apenas um alvo a ser atingido. Quando o recebem se acomodam a uma vida cristã infrutífera. Outros erram ao rejeitarem a experiência de falar em línguas estranhas, tão comum no Novo Testamento.
Todos deveriam ocupar-se com o propósito de receber a plenitude do Espírito Santo, não com o êxtase de uma experiência com línguas.
Jesus prometeu: Recebereis poder. Poder para que? Esta é a verdadeira questão. O que pretendemos realizar, ou o que cremos que deve ser realizado após sermos batizados com o Espírito Santo?
Quando o Espírito Santo desceu sobre os cristãos no Pentecostes, havia pouco tempo que Jesus tinha sido ressuscitado dentre os mortos. O Mestre prometera revesti-los do poder do Espírito Santo, para continuarem o ministério dEle pelo mundo inteiro.
Após a ressurreição de Jesus, certos líderes religiosos subornam os guardas do sepulcro a fim de que mentissem ao povo, proclamando que o corpo de Jesus fora furtado (Mt 28:12, 13). Porém, os discípulos dEle contestaram: “Ele ressuscitou”. A ressurreição foi à verdadeira questão em pauta, naquele tempo. E continua sendo hoje!
Os primeiros cristãos, revestidos do poder do Espírito Santo, espalharam-se por todos os lugares e operaram os mesmos milagres que Jesus realizara. Assim fizeram em Nome dEle. Esses milagres foram evidências da ressurreição de Jesus. Os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça (At 4:33). Esse é o principal propósito de possuir tal poder: testemunhar, com provas, que Jesus está vivo. Esse propósito nunca foi mudado.
Os xintoístas, os budistas, os muçulmanos, os judeus, os hindus, os fetichistas e os seguidores de outras religiões, no mundo inteiro, não acreditam que Jesus Cristo esteja vivo hoje.
A mensagem cristã baseia-se no fato da ressurreição. Se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé [...] e assim somos também consideradas como falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo (1Co 15:17a, 15a).
Os líderes de muitas religiões dizem a respeito dos cristãos exatamente isso: são falsas testemunhas de Deus, porque tem asseverado contra Deus, que Ele ressuscitou a Cristo.
Porém, não somos falsas testemunhas, Cristo ressuscitou mesmo. E a Bíblia afirma que somente: Se, com a tua boca confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo (Rm 10:9).
Como seguidores das religiões não-cristãs se convencerão de que Jesus ressuscitou dentre os mortos sem verem provas ou evidências? Crerão simplesmente porque afirmamos?
A melhor prova que as pessoas tem de que Jesus está vivo é quando O veem operar os mesmos milagres que operava antes de ser morto. Foi com esse propósito que Cristo enviou o Espírito Santo. Ao serem batizados com o Espírito, os cristãos estarão revestidos de poder para dar, ao mundo, testemunho (prova) da ressurreição de Jesus.
Deus enviou Jesus para dar o exemplo, Jesus enviou o Espírito Santo para nos capacitar a seguir o exemplo dEle. Ordenou-nos a pregar a toda criatura. Prometeu: E estes sinais seguirão aos que crerem (Mc 16:17a). Isto somente poderá ocorrer pelo poder do Espírito Santo operando no crente. Esta é a razão de alguém receber a plenitude do Espírito Santo.
O evangelismo mundial é o ministério de todos os cristãos. O propósito do batismo com o Espírito Santo não é falar em línguas, e sim, dar provas da ressurreição, testificar Cristo com ousadia aos descrentes.
Muitos jovens perdem o interesse pela sua igreja porque o verdadeiro sentido da vida cristã não é ressaltado. Uma vez que ser cristão implique apenas em frequentar uma igreja com regularidade, cantar no coro, dar dízimos, não haverá desafio suficiente para a juventude desta geração.
Os cristãos jovens poderão organizar equipes para conquistar almas, visitando lares, testemunhando sobre Cristo àqueles que não vão à igreja – indo onde as pessoas moram, trabalham e se divertem. Em todos os lugares, os cristãos poderão ministrar cura aos enfermos. Tais atividades dão relevância ao viver cristão.
Quando os jovens são batizados com o Espírito Santo, caso compreendam o propósito dessa experiência, entenderão que receberam poder para testemunhar com eficácia. Sairão e imporão as mãos sobre os enfermos, e estes sararão. Pregarão o Evangelho, com poder, aos perdidos, e os pecadores lhes ouvirão, aceitando a Cristo.



VIA GRITOS DE ALEETA/BISPO ROBERTO TORRECILHAS

Evangélicos continuam a crescer no País


Evangélicos continuam a crescer no País
Percepção é de que o número de evangélicos dobre na próxima década

Os evangélicos não param de crescer. È o que mostra uma pesquisa inédita do economista Marcelo Neri, da Fundação Getúlio Vargas, com base em dados do IBGE. As informações foram divulgadas neste final de semana pela revista Veja.

Entre 2003 e 2009, houve uma queda de 7,3% entre os que se declaram católicos. Nesse mesmo período, os evangélicos passaram de 17,9% para 20,2% do total de brasileiros. Hoje, portanto, os católicos somam 68,4% da população — o menor porcentual da história (no início dos anos 80, 90% da população era católica).

A pesquisa mostra outra novidade: proporcionalmente, entre os brasileiros católicos há mais homens do que mulheres. É a primeira vez que isso acontece.

Para coibir o crescimento a Igreja Católica divulgará uma nova visita do Papa para janeiro de 2013. O líder papal encontrará o seguinte quadro: o número de católicos no Brasil, que diminuiu aceleradamente nos anos 80 e 90 e se estabilizou no início da década passada, voltou a cair.

A percepção que o número de evangélicos dobrará na próxima década, chegando a 109 milhões, foi tema de um Fórum promovido pela EBF COMUNICAÇÕES, que promove a EXPOCRISTÃ e acontece de 20 a 25 de setembro no Anhembi. Segundo estimativas da Sepal, adiantada no Fórum, os evangélicos representarão 50% da população brasileira.


Fonte: Creio
VIS  GRITOS DE ALERTA

Policiais vietnamitas agridem cristãos durante culto


Policiais vietnamitas agridem cristãos durante culto
Forças de segurança vietnamitas e a polícia interromperam um culto na aldeia de Buon Krel Krot

Um ataque contra a minoria cristã que vive no planalto central do Vietnã deixou 16 homens e mulheres gravemente feridos e um homem ainda foi preso, de acordo com a Internacional Christian Concern.

Em 7 de julho, as forças de segurança vietnamitas e a polícia interromperam um culto na aldeia de Buon Krel Krot, batendo nos participantes. Os agentes das forças de segurança ainda disseram que se eles continuassem indo às reuniões, seriam presos.

Doze homens e quatro mulheres foram tão violentamente espancados que ficaram quase todos inconscientes.

A polícia bateu em Jung com bastões até que ele desmaiou e perdeu a consciência. Jung foi posteriormente levado pela polícia e ficou sob custódia das autoridades. Outros moradores foram espancados com bastões, armas de fogo e galhos de árvore. A vítima mais jovem tinha apenas 13 anos de idade.

O Vietnã tem mantido há muito tempo uma política de assédio, perseguição, tortura e prisão contra os cristãos que não são membros de igrejas afiliadas ao governo.

“O governo vietnamita tem como alvo principal os montagnards (etnia do país), simplesmente porque eles são membros de igrejas cristãs; e o governo tem uma política muito antiga de eliminar as igrejas cristãs que são independentes do governo”, disse Scott Johnson, da Fundação Montagnard.

Desde 2011, mais de 350 montagnards foram presos e condenados à prisão por ter sido considerados “subversivos” pelo regime vietnamita.

“Estamos apelando ao governo vietnamita que cesse essa política sistemática de violência e perseguição contra os cristãos, especialmente os montagnards”, disse Kris Elliot, gerente regional da ICC para o sudeste da Ásia.


Fonte: Portas Abertas

NÃO NOS RESPEITAM E QUEREM NOSSO RESPEITO ? Justiça de Ribeirão Preto Decide Retirar Outdoor Evangélico

Justiça de Ribeirão Preto determinou a retirada de outdoors evangélicos que citam passagens bíblicas contra a homossexualidade.
 
A Justiça considerou o outdoor de caráter homofóbico estipulando uma multa de R$ 10 mil à empresa que criou o outdoor caso ele não seja retirado.
“As frases usadas são agressivas, discriminatórias e tem conteúdo homofóbico”, disse o promotor público Victor Hugo Albernaz Junior, que entrou com a ação.
Os outdoors foram colocados durante a semana da diversidade pela igreja Casa de Oração citando passagens como Levítico 20:13 (“Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável…”)
“Por causa das coisas que estas pessoas fazem, Deus as entregou a paixões vergonhosas. Pois até mulheres trocam relações naturais pelas que são contra a natureza. E também os homens deixam as relações naturais com as mulheres e se queimam de paixão uns pelos outros. Homens tem relações vergonhosas uns com os outros e por isso recebem em si mesmo o castigo que merecem por causa dos seus erros”. (Rom 1: 26-27)
Para Agatha Lima, um dos responsáveis pela Parada Gay na cidade, o outdoor foi um ataque visto ter sido colocado na semana da diversidade.
"Todos os seres humanos têm direito a expressar o que quiserem, mas têm o ano todo para fazer isso. Fazer na semana da diversidade é uma maneira de ataque, não tinha essa necessidade”, afirmou ele.
O pastor da igreja Antônio Hernandes Lopes justificou que isso é para “expressar o que Deus diz a respeito da homossexualidade”, enquanto os homossexuais expressam sua maneira de viver.
Segundo ele, a acusação de homofobia é inválida alegando que isso “é algo que já está divulgado há milhares de anos”.
“Nós amamos essas pessoas, oramos por elas, elas são bem-vindas, mas a vida, a forma que elas vivem, está contrária àquilo que Deus diz”, argumentou.

NÃO QUESTIONO A JUSTIÇA , MAS TENHO A MINHA OPINIÃO , E ISSO A CONSTITUIÇÃO ME GARANTE.
NÃO SOU CULPADO DE QUEM QUER QUE SEJA QUE PRÁTIQUE ISSO , MAS TENHO A MINHA OPINIÃO E A MESMA DEVE SER RESPEITADA.
A BÍBLIA CONDENA ESSA PRÁTICA E EU SOU A FAVOR DA BÍBLIA .
EU NÃO CALAREI MINHA BOCA , MAS ANUNCIAREI A VERDADE SEMPRE.

BISPO  ROBERTO TORRECILHAS

Fé de Justin Bieber em Deus vai virar livro

Fé de Justin Bieber em Deus vai virar livro
Um novo livro de não-ficção vai examinar a crença do ídolo adolescente Justin Bieber no Cristianismo, assunto citado por ele em entrevistas e quando fala aos fãs.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O livro, intitulado Belieber! Faith, Fame and the Heart of Justin Bieber será divulgado em 27 de setembro pela editora cristã Worthy Publishing.
O livro está sendo escrito pela jornalista norte-americana Cathleen Falsani, que cobriu tópicos religiosos por vários anos e entrevistou personalidades, do cantor Bono ao presidente norte-americano Barack Obama, quando ele ainda era senador pelo Estado de Illinois.
Bieber, de 17 anos, não será entrevistado para o livro.

ALGUMAS FOTOS DO 6° FESTIVAL GOSPEL DE JAGUARIÚNA - BOMBOU , MESMO COM CHUVA.

BISPO ROBERTO E DAVID QUINLAN
PAULO E FELIPE E A MISS.VAL





BETO E DAVID QUINLAN  E OS JOVENS DA PODER DA FÉ
O 7° FESTIVAL GOSPEL DE JAGUARIÚNA VAI SER MUITO MAIS FORTE , POIS A CADA AN QUE PASSA FICA MUITO MELHOR.

entendo que ninguém tem culpa de ser homossexual é claro, mas entendem que nós tb não temos?e temos opinião além do pré conceito

Cruzada do Pastor Silas Malafaia Reúne 250 Mil; Mais de 8 Mil Convertidos

Cruzada-Silas-MalafaiaO evento Vida Vitoriosa para Você aconteceu neste sábado e domingo no Maranhão com mais de 8.000 conversões a Cristo, segundo a organização do evento.
(Foto: Vitória em Cristo)
O evento Vida Vitoriosa para Você aconteceu neste sábado e domingo no Maranhão com mais de 8.000 pessoas tendo entregado suas vidas a Cristo, segundo a organização do evento.
O evento evangelístico reuniu no sábado cerca de 120 mil pessoas e no domingo cerca de 130 mil, segundo a polícia militar. O púlico de sábado superou as expectativas que era de 50mil pessoas.
Pastor Silas Malafaia foi quem ministrou a palavra à multidão falando sobre o passado, presente e futuro e como lidar com momentos da vida para se obter vitória.
A mensagem tocou e motivou mais de duas mil pessoas no sábado a irem à frente do palco para assumir o compromisso com Cristo. As conversões foram comemoradas com fogos de artifício que iluminaram o céu da cidade.
“Deus fala pelos lábios do pastor Silas. é uma mensagem muito forte, principalmente porque acabo de ter uma vitória: saí de uma quimioterapia. Tenho certeza de que Deus agiu na minha doença, pois estou sendo curada. A pregação foi profunda”, disse Maria Barros, 49 anos, uma das pessoas impactadas pela mensagem.
Já no domingo o evento reuniu cerca de 130 mil pessoas estiveram presentes, também segundo a polícia militar. Neste dia a organização informa que mais de 6.500 pessoas se converteram a Cristo.
A aposentada Edwiges Ferreira, 61 anos foi levada por seu filho e nora para se converter a Jesus, ela era a única da família que não era evangélica.
“Estou muito feliz porque a partir de agora seguirei com Deus”, disse emocionada. “Saio daqui completamente tocado pela Palavra de Deus. Tenho certeza de que a minha vida e a de minha família mudarão a partir de agora. Sinto como se uma nova vida estivesse se abrindo pra mim”, complementou Anísio Gonçalves, batista de 76 anos.
Outras pessoas que estavam afastadas da igreja voltaram a se reconciliar com Jesus. Como Tiago Serra Ribeiro, 28 anos, que declarou ter tido necessidade de reconciliar-se com Jesus.
Apareceu esse momento e, a partir de agora, vou me congregar na igreja batista novamente”, disse.
Pastor Silas Malafaia disse sobre o evento que não importa quanto seja investido importa que muitas almas possam ser salvas.
“é por isso que não me importo de investir em eventos desse porte para pregar o evangelho. O objetivo final foi alcançado: a salvação de almas. Há festa no céu. Jesus foi exaltado”, comentou o pastor.
Apesar de resistências em conceder o título de cidadão ludovicense pela maioria do plenário, Pastor Silas recebeu uma placa de homenagem prestada pela vereadora Rose Sales. A placa simboliza o reconhecimento do povo por serviços prestados à família maranhense.
“O que Deus coloca em nosso coração ninguém impede”, disse a vereadora.

Processado, vice de Campinas pede calma e diz que assumirá logo

O vice-prefeito de Campinas, Demétrio Vilagra (PT), que toma posse como prefeito na próxima terça-feira, pediu apoio e calma aos secretários e servidores públicos da cidade. Ele afirmou que "não há necessidade de haver ansiedade ou intranquilidade neste momento". O petista, investigado pelo Ministério Público (MP) por envolvimento no esquema fraudes em licitações, que derrubou o ex-prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT), o Dr. Hélio, pede que o funcionalismo mantenha "a calma" e que os servidores de todos os escalões "continuem a trabalhar normalmente". Ele substituirá o ex-prefeito, afastado por improbidade administrativa.

O pedetista foi afastado do cargo por 32 votos dos 33 vereadores de Campinas, em uma sessão que durou quase 50 horas. "Me dirijo nesta carta a todos os secretários municipais e funcionários públicos dos mais diversos escalões para pedir a todos que mantenham a tranquilidade e, neste período de transição, continuem a trabalhar normalmente pela cidade de Campinas. Neste momento não sou mais vice-prefeito e nem ainda sou prefeito: sou 'prefeito a ser empossado'. Seguindo aos preceitos administrativos e aos ritos necessários que serão seguidos por nossa egrégia Câmara Municipal, a posse deverá ocorrer na próxima terça-feira. No entanto, Campinas não pode parar enquanto estes procedimentos formais não se concretizam", disse Vilagra em um comunicado.

"Quero ressaltar a todos que, conforme já dizia desde o primeiro dia como vice-prefeito - ao ser perguntado sobre quaisquer possibilidades de assumir a prefeitura - o povo de Campinas elegeu uma gestão com um plano de metas claro e definido e de tudo faremos para concluir a implementação deste plano de maneira legal e transparente. Para isso, conto com a ajuda de todos e reitero que não há necessidade de nenhuma ansiedade ou intranquilidade neste momento. Campinas precisa continuar a crescer e o funcionalismo público é essencial para a cidade. Peço, então, que todos mantenham a calma e exerçam suas funções de maneira competente em prol de nosso município nesta etapa de transição, cientes de que esta gestão manterá o compromisso assumido nas urnas e irá cumprir nosso plano de metas", completou ele.

Novo prefeito é investigado pelo Ministério Público
Demétrio Vilagra pode ser alvo de uma Comissão Processante (CP) na Câmara Municipal após ter seu nome vinculado pelo Ministério Público (MP) a um suposto envolvimento no esquema de corrupção com desvio de dinheiro e fraudes em contratos de licitações, o mesmo que afastou o ex-prefeito, Dr. Hélio.

Com a investigação conduzida pelo MP, a Justiça chegou a pedir a prisão de 22 pessoas em maio deste ano, entre elas membros do primeiro escalão da prefeitura, ex-agentes públicos e empresários. Vilagra recebeu voz de prisão ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Guarulhos e ficou menos de 24 horas detido, pois obteve um habeas-corpus.

Segundo o presidente da Câmara, Pedro Serafim (PDT), não foi aceito o pedido da formação de uma CP solicitando o afastamento de Vilagra, pois ele ainda não assumiu efetivamente o cargo de prefeito. Vereadores do PSDB, principal sigla de oposição do governo Hélio-Vilagra, aguardam os desdobramentos da posse para pedir o afastamento do novo chefe do Executivo. Além das articulações que culminaram no afastamento do atual prefeito, a Câmara de Campinas conduz três Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) para investigar má gestão da administração pública.

Fonte . TERRA.
VIA GRITOS DE ALERTA

Igreja Assembléia de Deus batiza mais de 300 na abertura de novo templo


Igreja Assembléia de Deus batiza mais de 300 na abertura de novo temploA Igreja Assembléia de Deus em Ribeirão Preto, que tem como presidente o pr. Antônio Santana abriu uma igreja em Porto Ferreira- SP, o novo templo está localizado ao centro da cidade. A inauguração realizada no dia 28/07, foi dada pelo Pr. Santana a posse ao Pr. Carlos Ferreira durante a noite, com uma oração abençoando toda a família pastoral , que contou com a presença e apoio de obreiros das outras várias congregações.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O salão foi totalmente reformado, recebendo várias melhorias. Entre elas, assentos novos e iluminação.No domingo que sucedeu a inauguração, foram batizados 318 membros da AD em Ribeirão, no taque do templo-central em Ribeirão Preto . Em fevereiro já havia sido realizado um batismo de 300 membros, tendo a previsão para chegarem a 1.000 pessoas até o término do ano. Segundo os que lá estavam, todos puderam contemplar a presença do Espírito Santo durante a cerimônia.

SINAIS DOS FINAIS DOS TEMPOS - Sacerdote anglicano permite ordenação de gays em Ribeirão Preto

Dom Ricardo Lorite de Lima defende benção divina para casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Apoiador da 7ª Parada do Orgulho LGBTT, dom Ricardo Lorite de Lima, arcebispo da Igreja Anglicana do Brasil, entrou em uma verdadeira cruzada religiosa. Há dez anos em Ribeirão Preto, o líder religioso defende abertamente, e pratica no dia-a-dia de sua igreja, o que ele chama de postura inclusiva para os homossexuais.

Open in new windowAlém de permitir a ordenação sacerdotal de gays, também começou a celebrar casamentos, com benção da igreja, entre pessoas do mesmo sexo. “Nossa igreja já vem há alguns anos discutindo o assunto. Em 2008, aprovamos uma resolução na qual aceitamos a ordenação de homossexuais. Mais recentemente resolvemos fazer a benção homoafetiva”, afirma.

Lima alega não representar o pensamento vigente da instituição religiosa. “Existem vários grupos de anglicanos, os mais conservadores e os mais liberais”, diz, complementando que constantemente é perseguido por seu modo de pensar. A respeito do outdoor com mensagem bíblica contra a união homoafetiva, dom Ricardo considera a ação publicitária abusiva. “Eu li e achei um absurdo, ainda mais usar a questão do direito de liberdade religiosa. Isso aí é uma provocação.”

Ele argumenta ainda que a citação bíblica usada na placa, embora verdadeira, é colocada fora de contexto. “Existem vários trechos bíblicos que são traduzidos fora do seu contexto, e hoje existe uma releitura bíblica que é chamada de inclusiva. Temos vários teólogos com visões diferentes e atualizadas da Bíblia”, afirma, citando que outras passagens do livro sagrado que fariam menção à homossexualidade. “Temos textos bíblicos que inclusive citam que o Rei Davi dizia preferir o amor do filho do Rei Saul ao amor das mulheres.”

Fonte: EPTV

Culto reúne jovens evangélicos em boate

A Capital permite a ingestão de bebidas alcoólicas, desde que com moderação. Sexo, melhor dentro do casamento.

Rua Augusta, 486. Às 3h de um sábado, dezenas de pessoas se aglomeram em frente ao Clube Outs, uma das muitas casas noturnas da região.

Para entrar, é preciso enfrentar seguranças engravatados e desembolsar R$ 20. Lá dentro, flanelados, tatuados e emos dançam hits da música pop dos anos 1980 e 90.

No dia seguinte, por volta das 18h, a casa continua a mil. Mas as portas estão abertas a qualquer um. Sob a luz de holofotes, uma banda anima um público jovem. Num telão, letras de músicas sobre louvor e compaixão. No bar, as garrafas de Smirnoff e Heineken permanecem intocadas.

O show termina, e Junior Souza, 37, surge. Veste uma camiseta preta estampada com o símbolo matemático que representa o "diferente", tem o antebraço tatuado e brinco na orelha.

Dá alguns avisos, indica o lugar onde fica a caixinha de contribuições e anuncia pelo microfone: "Agora a gente vai fazer um intervalo e já continua o culto, beleza?".

A pausa serve para que os fiéis da Capital Augusta possam trocar ideias. A Capital, como os habitués a ela se referem, é uma igreja protestante, fundada em 2009 pelo pastor Junior. O grupo inicial era formado por músicos, designers e gente que "já vivia a vida da Augusta", segundo o pastor, que é professor de inglês e dá aulas na Faculdade Teológica Metodista Livre.

Quando o intervalo termina, Junior, de frente para um laptop, começa a ler um versículo da Bíblia. Carismático, ele às vezes quebra a leitura e traduz um trecho sagrado para uma fala informal.

A maioria dos presentes ainda não chegou aos 30 anos. São jovens antenados, que compartilham sua fé no Facebook e no Twitter. No site da igreja, são disponibilizados podcasts religiosos.

Dono de um corpo tatuado, o skatista e publicitário Bidu Oliveira, 20, diz que sofreu preconceito em outras igrejas e ali encontrou uma comunidade. "O foco aqui é Jesus", justifica.

A Capital permite a ingestão de bebidas alcoólicas, desde que com moderação. Sexo, melhor dentro do casamento. "O projeto ideal é a castidade, mas, se não é essa a sua realidade, vamos seguir o caminho da reparação", aponta o pastor. Gays são bem-vindos. "Na Augusta, é natural que eles frequentem. Nosso slogan é: 'Proibido Pessoas Perfeitas'."

Além do culto no Outs, há reuniões semanais nas casas dos integrantes. "Ali dividimos as alegrias e frustrações da vida em SP", diz Junior, um paranaense de Assis Chateaubriand.

Antes de chegar à capital, ele era ligado, no interior, a uma igreja Vineyard, associação criada na Califórnia dos anos 1970. Não gosta de ser chamado de evangélico. "Tenho vergonha do que esse termo se tornou no Brasil", confessa.

O aluguel do imóvel na Augusta é bancado por 12 pessoas da liderança da Capital. O dinheiro das doações, segundo o pastor, vai para missões religiosas e outras instituições. Valentim Van der Meer, promoter da boate, diz que aceitou alugar o espaço por simpatizar com a igreja. "É o mesmo público que frequenta o Outs na balada."

Por volta das 21h, o culto termina ao som de Metallica. Por uma coincidência irônica que só uma rua tão augusta pode permitir, a poucos metros dali, no número 501, fica o Inferno Club. "É legal ter uma igreja na porta do inferno, mas, infelizmente, ele não está acessível. Eles cobram o dobro do aluguel daqui", diz o pastor, rindo.



Fonte: Guia-me e Folha.com

Policiais federais estranham preocupação do governo com algemas

 

Para o presidente da Comissão de Segurança Pública, governo se preocupa mais com as algemas do que com a corrupção nos ministérios.
Presidentes de entidades representativas dos policiais federais explicaram nesta quarta-feira aos parlamentares da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado o uso das algemas durante a Operação Voucher, que prendeu 36 pessoas suspeitas de desviar verbas do Ministério do Turismo (todas já libertadas).
O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcos Wink, destacou que toda vez que a Polícia Federal prende uma pessoa da classe alta há essa reação em relação ao uso da algema. “Diariamente, prendemos pessoas com algemas e não há essa repercussão da imprensa. O que nos causa estranheza é essa reação do governo diante desse caso especificamente. Não discutimos ordem judicial dentro da polícia”, disse.
Após a Operação Satiagraha, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou, por meio da Súmula Vinculante 11, o uso das algemas apenas em casos de resistência, receio de fuga ou de perigo à integridade física do próprio preso ou de terceiros. “A súmula não proíbe o uso de algema. A análise das três possibilidades é subjetiva e quem decide na hora é o policial”, explicou.
O uso das algemas na Operação Voucher foi criticado pela presidente da República Dilma Rousseff, pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello e pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que determinou abertura de sindicância interna.
Diante de sucessivas denúncias de corrupção no governo, o presidente da comissão, deputado Mendonça Prado (DEM-SE), e o vice-presidente, deputado Fernando Francischini (PSDB-PR), disseram que é lamentável que o governo se preocupe mais com as algemas do que com a corrupção nos ministérios.
Foco da discussão
O presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais do Departamento de Polícia Federal (APCF), Hélio Buchmüller, afirmou que os procedimentos são seguidos de acordo com as normas brasileiras e internacionais. “Sempre que se coloca esse tema em voga, é por que querem tirar o foco de uma investigação principal que a Polícia Federal está fazendo. Se existe algum vácuo na legislação que normatiza o procedimento, é o Congresso Nacional que tem a competência para regulamentar o uso de algemas e não o Poder Judiciário, por um dispositivo que não foi colocado em uma ampla discussão”, afirmou.
O presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Bolivar Steinmetz, disse que a instituição é subordinada ao posicionamento do governo e do STF e por isso não há que se falar em descumprimento da lei. “Não somos arbitrários, estamos cumprindo uma determinação legal que é bem clara: o preso tem que ser algemado para a proteção dele e do condutor. A algema foi instituída para ser usada. Alguém tem que ser o bode expiatório [dos casos de corrupção]. Infelizmente, quem foi o bode expiatório, nesse caso, foi a Polícia Federal. O STF disciplinou o uso das algemas nos casos de periculosidade, mas o policial que está no dia-a-dia é quem sabe o risco que está correndo e que corre o próprio conduzido. Sempre iremos tratar todas as pessoas, rico ou pobre, com a mesma distinção”, declarou.
O presidente da Federação Nacional de Delegados de Policia Federal (Fenadepol), Antônio Góis, enfatizou que a Polícia Federal sempre cumpre exatamente o que está previsto na legislação e em relação ao uso das algemas também: “Está havendo uma confusão ou uma situação proposital. A presidenta fez um pronunciamento informando que pretende investigar um possível excesso. Como não há excessos, e isso será confirmado na apuração, não há dúvidas a respeito do posicionamento da Polícia Federal na operação”.
A presidente do Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (Sinpecdf), Leilane Ribeiro de Oliveira, acredita que o governo colocou a segurança pública em segundo plano. “Qualquer missão desempenhada pela Polícia Federal hoje é em cumprimento de uma determinação judicial, é e em favor da sociedade brasileira, é e em prol da segurança pública. Há cortes de despesas e de diárias, as fronteiras estão abandonadas, não há delegacias em todas as unidades, e as poucas que existem são postos de controle de fronteira mantidos com servidores em missão. Estamos muito preocupados com a atual situação da Polícia Federal, em virtude do descaso e da omissão do governo”, disse ela.
Da Redação/WS

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara de Notícias'

Ministros Afonso Florence e Izabella Teixeira darão explicações na Câmara

 

 

Depois dos titulares dos Transportes, das Cidades, do Turismo e da Agricultura, os ministros do Desenvolvimento Agrário e do Meio Ambiente virão à Câmara dar explicações sobre denúncias de irregularidades em suas Pastas.
Os ministros do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, e do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, virão à Câmara nesta quarta-feira (24) para explicar denúncias de ocupação ilegal de áreas de proteção ambiental ou de terras destinadas à reforma agrária. Também participará da audiência, na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, o presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Celso Lacerda.
O debate foi proposto pelos deputados Vanderlei Macris (PSDB-SP) e Mendonça Filho (DEM-PE), dentro da estratégia da oposição de pedir explicações a todos os ministros acusados direta ou indiretamente de irregularidades.
Os deputados querem esclarecimentos sobre denúncias veiculadas pelo programa Fantástico, da Rede Globo, em 31 de julho. A reportagem mostra ocupação ilegal de áreas de preservação permanente (APPs) e de áreas destinadas à reforma agrária. De modo geral, as construções em área de preservação obtiveram licença da prefeitura local ou do Ibama, supostamente em troca de propina. Na maioria dos casos, o Ministério Público tenta desocupar as áreas e recuperar o meio ambiente, com ações na Justiça.
Quanto aos lotes destinados a assentamentos, cuja venda é proibida, teriam sido negociados com a conivência de funcionários do Incra, também em troca de propina.
A reportagem cita os seguintes casos:
- construção de uma mansão em área de proteção ambiental da Ilha da Cavala, em Angra dos Reis, no litoral sul do Rio de Janeiro;
- construção do Hotel Surya Pan, em Campos do Jordão (SP), com a destruição de 11 hectares de área de preservação ambiental da Mata Atlântica;
- construção do Hotel Blue Mountain, na mesma cidade, no topo de uma montanha, que também é área de preservação. Segundo o Ministério Público, a obra causou danos às nascentes de oito rios e interferiu na fauna de uma região que tem seis espécies ameaçadas;
- construção do Condomínio Aldeia da Baleia, no litoral norte de São Paulo, em área de restinga, ou seja, quase dentro da praia, e casas junto à margem de um rio;
- construção de mansões próximas às margens do rio Preguiças, na região dos Lençóis Maranhenses, que também são protegidas por lei;
- desvio de um rio para passar embaixo de uma casa, de forma a ser visto de dentro da sala de uma mansão construída em área de preservação do município de Paraty (RJ);
- construção de casas de luxo em áreas destinadas pelo Incra para assentamentos em Mato Grosso e na Bahia;
- exploração, por madeireiros, de áreas destinadas à reforma agrária em Mato Grosso;
A reunião será realizada às 9h30, no Plenário 9.
Da Redação/WS

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara de Notícias'

Gays Prometem Entrar na Justiça Contra Outdoors Evangélicos

outdoor-evangélicoGrupos gays em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, prometem entrar na Justiça contra outdoors evangélicos que citam passagens bíblicas sobre homossexualidade.
Grupos gays em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, prometem entrar na Justiça contra outdoors evangélicos que citam passagens bíblicas sobre homossexualidade.
Segundo o G1, os outdoors evangélicos que foram colocados pela igreja Casa de Oração citam passagens de Levítico que diz “Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável…” (Levítico 20:13)
“Por causa das coisas que estas pessoas fazem, Deus as entregou a paixões vergonhosas. Pois até mulheres trocam relações naturais pelas que são contra a natureza. E também os homens deixam as relações naturais com as mulheres e se queimam de paixão uns pelos outros. Homens tem relações vergonhosas uns com os outros e por isso recebem em si mesmo o castigo que merecem por causa dos seus erros”. (Rom 1: 26-27)
 
O pastor Antônio Hernandes Lopes justifica que isso é para “expressar o que Deus diz a respeito da homossexualidade”.
Para Agatha Lima, um dos responsáveis pela Parada Gay na cidade, o outdoor foi um ataque visto ter sido colocado na semana da diversidade.
"Todos os seres humanos têm direito a expressar o que quiserem, mas têm o ano todo para fazer isso. Fazer na semana da diversidade é uma maneira de ataque, não tinha essa necessidade”, afirmou ele.
Entretanto, o pastor responde que esta é uma oportunidade para expressar o que Deus pensa a respeito disso, enquanto eles expressam sua maneira de viver. Além disso, o pastor alega que o outdoor foi colocado em um ponto distante do trajeto da Parada Gay de maneira a não causar conflitos.
Segundo Lima, o outdoor está a apenas um quarteirão do seu Centro de Referência da Diversidade Sexual, cerca da Câmara Municipal.
A acusação de homofobia é inválida para o pastor da Igreja Casa de Oração. “é algo que já está divulgado há milhares de anos”.
“Nós amamos essas pessoas, oramos por elas, elas são bem-vindas, mas a vida, a forma que elas vivem, está contrária àquilo que Deus diz”, argumentou.

Cristian Post
Via Gritos de Alerta

Enterro de Cristã Gera Confusão em Comunidade

íNDIA (32º) - Os moradores da região aderem à religião tradicional do país, onde é comum o ritual da cremação. As pessoas da aldeia ficaram chateadas por Krishna ter virado as costas aos deuses tradicionais para adorar a Jesus, tanto na vida dela quanto na morte.Os moradores da região aderem à religião tradicional do país, onde é comum o ritual da cremação. As pessoas da aldeia ficaram chateadas por Krishna ter virado as costas aos deuses tradicionais para adorar a Jesus, tanto na vida dela quanto na morte.
As pessoas acreditavam que, se pudessem cremá-la, ao invés de enterrá-la, ela voltaria a receber o favor de seus deuses. Então confrontaram a ideia dos cristãos, que queriam enterrá-la.
“Eles nos disseram que, se tentássemos enterrá-la, iriam destruir a igreja”, disse o missionário Prem Rai Rangom. Ele também era pastor de Krishna. Então Prem e sua congregação deixaram o corpo de Krishna em sua casa por três dias, enquanto ele e outros pastores tentavam formular um acordo pacífico para o conflito.
Finalmente, a polícia interveio e disse que Krishna poderia ser enterrada, mas não em sua terra. Em vez disso, eles tiveram que enterrá-la em um terreno distante de sua aldeia. Mas os problemas não tinham acabado para eles.
Os moradores ainda estão com raiva dos cristãos. Eles os culpam por causar a desarmonia na comunidade. Um dos porta-vozes da comunidade disse que Prem tinha uma semana para tirar a igreja da aldeia. Os extremistas estão ameaçando demolir o prédio da igreja, se os cristãos continuarem com os cultos.
A igreja se reúne em uma casa alugada, cujo dono preocupado, pois existe o risco de a propriedade ser danificada. Ele disse a Prem e aos membros da igreja que não mais poderiam se reunir ali para fazer seus cultos.
Prem está pedindo oração para que Deus lhe dê sabedoria e força para encorajar os cristãos a não se abalar com a situação e continuar sendo testemunhas corajosas diante dos moradores da comunidade.
Fonte: Gospel for Asia

Conselho Mundial das Igrejas orienta sobre ética na evangelização



Conselho Mundial das Igrejas orienta sobre ética na evangelizaçãoObjetivo é instruir missionários a levarem o Evangelho com mais eficácia, e para isso, com respeito

Após cinco anos de reflexões conjuntas, a Aliança Evangélica Mundial, o Concílio para o Diálogo Inter-religioso do Vaticano e o Conselho Mundial de Igrejas divulgaram em Geneva, na Suíça, um documento para orientar missionários sobre a ética da evangelização.

Com o título “Testemunho Cristão em um mundo multi-religioso”, o texto relaciona recomendações de conduta no dia a dia da missão cristã. Logo no princípio, são estabelecidas algumas bases. Os representantes das entidades envolvidas na produção do documento afirmam que “fazer missões é parte da própria natureza da igreja”, que “proclamar a Palavra de Deus e dar testemunho para o mundo é essencial para todo cristão”, mas também que “é necessário fazer isto de acordo com os princípios do Evangelho, com verdadeiro respeito e amor por todos os seres humanos”. Conscientes das tensões entre as pessoas e comunidades de diferentes convicções religiosas e variadas interpretações do testemunho cristão, eles buscaram relacionar conselhos práticos, sem pretensões teológicas ou missiológicas.

O objetivo maior foi “encorajar igrejas, concílios eclesiásticos e agências missionárias a refletirem sobre suas práticas atuais” e tornar a evangelização mais eficaz, já que Jesus defende a mansidão, domínio próprio e respeito mutuo. Para tal, o grupo propõe usar as recomendações do documento, a fim de estabelecer, quando necessário, “seus próprios manuais de orientação para seu testemunho e ação missionária entre pessoas de outras religiões ou sem nenhuma”.

Entre os conselhos listados no documento, estão:

1. Ao testemunhar, fazê-lo “com mansidão e respeito”.
(I Pedro 3:15 - “Antes santificai a Cristo como Senhor, em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós)

2. Juntar à palavra a ação do amor e do serviço, seguindo o modelo de Jesus (João 18:37).

3. O que deve guiar a missão cristã é o exemplo e o ensino de Jesus e da igreja primitiva (Lucas 4:16-20).

4. Com sabedoria, estabelecer diálogo com pessoas de diferentes religiões e culturas (Atos 17:22-28).

5. Saber que “em alguns contextos, viver e proclamar o evangelho é difícil, prejudicial ou mesmo proibido”, mas estar ciente de que os cristãos “são comissionados por Cristo para continuar fielmente, em solidariedade uns com os outros, no seu testemunho” (Mateus 28:19-20, Marcos 16:14-18, Lucas 24:44-48, João 20:21, Atos 1:8).

6. Se alguns cristãos usarem métodos inadequados de missão manipulando, constrangendo ou obrigando as pessoas a fazerem o que não querem, lembrar do arrependimento e de nossa necessidade contínua da graça de Deus (Romanos 3:23).

7. Cristãos devem testemunhar, mas sabendo que a conversão é obra do Espírito Santo. (João 16:7-9; Atos 10:44-47; João 3:8).

Também são princípios importantes a serem vivenciados:

1. Viver e testemunhar em amor e amar o próximo como a si mesmo (Mateus 22:34-40; João 14:15);

2. Imitar a Cristo, dando glórias a Deus e dependendo do poder do Espírito (João 20:21-23);

3. Integridade, caridade, compaixão e humildade para superar toda a arrogância, condescendência e desprezo (Gálatas 5:22);

4. Servir e praticar a justiça (Miquéias 6:8; Mateus 25:45), sabendo que prover educação, saúde, alívio da dor, e defesa de direitos são partes integrantes do testemunho do Evangelho. Mas sem explorar situações de pobreza e necessidade, pois isso “não tem lugar na abordagem cristã”. Os cristãos devem denunciar tal prática e parar de tentar seduzir com incentivos financeiros e recompensas.

5. Ter discernimento no ministério da cura, mesmo sendo este parte integral do testemunho. Respeitar a dignidade humana e nunca se aproveitar dos vulneráveis e suas necessidades.

6. Rejeitar toda forma de violência, seja psicológica ou social, incluindo o abuso de poder, discriminação injusta ou repressão por qualquer autoridade religiosa ou secular, incluindo a violação ou destruição de locais de culto, símbolos sagrados ou textos.

7. Defender a liberdade de religião e crença. “Liberdade religiosa, incluindo o direito de professar publicamente, praticar, propagar e mudar de religião deriva da própria dignidade da pessoa humana que se baseia na criação de todos os seres humanos à imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1:26). Assim, todos os seres humanos têm direitos e deveres iguais. Onde qualquer religião é instrumentalizada para fins políticos, ou onde a perseguição religiosa ocorre, os cristãos são chamados a participar de um testemunho profético denunciando tais ações”.

8. Respeitar; ouvir; compreender; construir relacionamentos de confiança com pessoas de outras religiões, especialmente no nível institucional; engajar-se no diálogo inter-religioso como parte de seu compromisso cristão, na busca de solução de conflitos e reconciliação; cooperar com outras comunidades religiosas nas ações pelo bem comum e a justiça.

9. Fortalecer a própria identidade religiosa cristã e sua fé, embora estando aberto a conhecer e compreender as diferenças religiosas.

10. Manifestar-se diante dos governantes pela liberdade de crença e religião.

11. Orar pelo próximo e seu bem estar.


Fonte: Creio / Agência Soma

Criança de 4 anos prega em igreja pastoreada pelo pai nos EUA


Criança de 4 anos prega em igreja pastoreada pelo pai nos EUA
Pequeno pregador fica famoso no YouTube e virou tema de especial no National Geographic

Kanon Tipton está só na pré-escola, mas tornou-se a sensação do YouTube, com sua pregação pentecostal, desde os 2 anos de idade.

Agora, com de 4 anos, milhões já viram os vídeos de Tipton no púlpito da igreja que seu pai pastoreia em Granada, Mississipi, de uma forma muito parecida com evangelistas – pregando, agitando os braços e enxugando a testa com um lenço.

O Pai do menino, pastor Damon Tipton, acredita que trata-se de um pouco de ambos: imitação, mas também um chamado.

“Sim, as crianças absorvem tudo o que você colocar na frente delas. Ele tem estado conosco em torno do ministério”, disse ele ao programa Today nesta terça-feira. “Mas sinto que a mão de Deus está sobre ele de uma maneira especial”, contrapõe.

Kanon, juntamente com outro “pequeno pregador”, foi o tema desta quarta-feira à noite de um especial no National Geographic.

Os pregadores mirins têm gerado controvérsia sobre se é apropriado deixá-los tomar o púlpito. “Sou um cristão sério e digo que isso não é bonito. O garoto é adorável, mas a pregação imitada não é”, comentou o usuário do YouTube “anapier2006”. “Não importa quão ‘bonito’ isso pode ser para algumas pessoas, mas não é apropriado para um culto na igreja. As pessoas devem ir para ser ensinadas sobre a palavra de Deus e crescer mais em sua caminhada. Ao invés disso, elas veem apenas para ver isso. Francamente, é perturbador”, diz.

Já uma irmã, Johnnie Lowery, membro da congregação, disse no National Geographic especial que não vê nada de errado, só Jesus em um menino que faria qualquer um feliz. “Não consigo me recompor quando ele está lá em cima”, comenta.

Dirigindo-se à crítica de que Kanon é muito jovem para pregar na frente da congregação, o Pastor Damon Tipton respondeu no programa Today: “Tudo o que temos feito é envolvê-lo na igreja. Ele mesmo tem esta paixão. Não estamos forçando-o. Ele não tem uma agenda e não viajamos com ele”. Segundo ele, Kanon não prega o tempo todo, apenas quando inspirado.

“O Senhor está aqui esta noite e seu nome é Jesus!” prega o menino, à medida que a congregação bate palmas e responde em apoio. “Há um só Deus!”

“Precisamos do Espírito Santo”, ele diz à igreja. “Amo pregar aqui esta noite.”

Kanon diz que gosta de ficar e pregar na frente da congregação como ele vê o seu “papai pregar o tempo todo”.


Fonte: Christian Post / Redação CPAD News

Deputado dá R$ 560 mil a firma-fantasma

 


José Vieira repassou parte de verba parlamentar a empresa de taxi aéreo sem sede, funcionários ou registro na Anac

Endereço informado é de conjunto habitacional simples; pagamentos continuaram mesmo após morte de piloto

Elvira Lobato, Folha de S. Paulo

O deputado federal José Vieira (PR-MA) repassou R$ 560 mil da verba de custeio de atividade parlamentar a uma empresa-fantasma. Durante dois anos, Vieira, que tem avião próprio, simulou despesas com afretamento de aeronaves para seus deslocamentos no Maranhão.

Os pagamentos foram feitos à Discovery Transporte e Logística, uma suposta empresa de táxi aéreo, que só existe no papel.

A Discovery não possui avião, nem sede, nem funcionários. O endereço que consta como sede da empresa na Receita Federal é uma residência em um conjunto habitacional simples, em São José do Ribamar, na região metropolitana de São Luís.

A empresa foi registrada em nome de um piloto que prestava serviços ao deputado em Bacabal, cidade maranhense da qual Vieira já foi prefeito.

Assinante do jornal leia mais em Deputado dá R$ 560 mil a firma-fantasma

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...