sexta-feira, 8 de julho de 2011

CONHEÇA NOSSOS BLOGS E NOSSA WEB RÁDIO . www.gritosdealerta.com - www.discipulosparaasnacoes.blogspot.com - www.jornalimpactoreal.blogspot.com

SIGA NOS NO TWITTER bispo_roberto .
FACEBOOK Bispo Roberto Torrecilhas
ORKUT . Bispo Roberto Torrecilhas

Três padres acusados de abuso sexual são julgados em Alagoas Eles foram denunciados por coroinhas que teriam sido molestados por eles. Religiosos serão os últimos a prestar depoimento ao juiz de Arapiraca. Três padres acusados de abuso sexual são julgados em Alagoas Eles foram denunciados por coroinhas que teriam sido molestados por eles. Religiosos serão os últimos a prestar depoimento ao juiz de Arapiraca

Os padres Luiz Marques, Edílson Duarte e Raimundo Gomes estão sendo julgados, nesta sexta-feira (8), pelos crimes de abuso sexual na Vara da Infância e da Juventude de Arapiraca (AL). Eles foram indiciados em abril do ano passado, por exploração sexual de adolescentes e pelos crimes de ameaça e importunação ofensiva ao pudor. Os religiosos foram denunciados por três antigos coroinhas, que teriam sido molestados por eles quando eram crianças.
A Promotoria da Infância e da Juventude de Arapiraca ofereceu denúncia à Justiça. A audiência de instrução é presidida pelo juiz João Luiz Azevedo Lessa. O processo segue em segredo de Justiça. Testemunhas de acusação e de defesa serão ouvidas nesta sexta-feira. Os três religiosos serão os últimos a prestar depoimento.

Durante a investigação policial no ano passado, o Vaticano chegou a reconhecer que os três sacerdotes brasileiros eram suspeitos de molestar crianças e que seriam investigados pela cúpula católica. Os três também estão sendo submetidos a um processo canônico sobre o caso.
O bispo de Penedo (AL), dom Valério Breda, afastou os dois monsenhores e o padre das atividades paroquiais em Arapiraca. Em nota divulgada no ano passado, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) informou sobre o afastamento dos religiosos de suas funções eclesiásticas e a instauração de um Processo Administrativo Penal, de acordo com o Código de Direito Canônico.
No texto, o bispo disse "reprovar, de forma irrestrita e com o coração despedaçado pela vergonha e pela tristeza, os fatos, mesmo que ainda não provados".

FONTE  G1.

Roberto Jefferson: Agora fica difícil Lula desmentir o mensalão


Marcela Rocha
Delator do esquema de corrupção que causou a maior crise durante o governo Lula (2003-2010), Roberto Jefferson (PTB-RJ) comenta a decisão do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, de pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) que condene 37, dos 38, réus do caso "mensalão". "Agora ficará difícil desmentir o mensalão", ataca.
Ao deixar a Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que sua tarefa, ao deixar o cargo, seria provar que o mensalão "é uma farsa".
- Mais difícil ele desmoralizar o mensalão politicamente. O fato jurídico está evoluindo e já superou o fato político. O fato político já se consolidou - defendeu Roberto Jefferson.
Confira a íntegra da entrevista:
Terra Magazine - Demorou demais?
Roberto Jefferson -
Não acho que demorou. Esse era o esperado. O caminho natural das coisas. Está cumprindo os prazos, dentro do equilíbrio. Agora é botar na pauta para julgar e esperar pela decisão do plenário.
Quando Lula deixou o governo, ele disse que sua nova tarefa seria provar que o "mensalão é uma farsa". Com essa decisão do procurador, a tarefa de Lula fica mais difícil de ser cumprida?
É mais difícil ele desmoralizar o mensalão politicamente. O fato jurídico está evoluindo e já superou o fato político. O fato político já se consolidou. Não tem mais como desmentir politicamente isso.
Como avalia o Estado depois do mensalão?
Ficou mais transparente. Desmistificou o último grupo que se fingia vestal no Brasil. Acusava todo mundo, mas com o escopo claro de fazer do ataque uma defesa. O que o PT apontava nos outros partidos, fazia pior. Penso que, depois desse processo clareado, eles estejam repensando as atitudes. Nesse ano ainda ouvimos falar de casos isolados, no Ministério dos Transportes, por exemplo, mas não é algo mais geral, como foi o mensalão.
Acredita que o País ainda corre o risco de haver um novo mensalão dessas proporções?
Não creio que haja um novo mensalão deste tamanho. Hoje essas coisas estão muito expostas. A imprensa despertou para isso e passou a fiscalizar mais. Esse tipo de coisa vaza. O cara dá vitória a um grupo que atende aos interesses políticos dele, o outro que perdeu gravou e dá pra imprensa. É assim.
O ex-ministro da Comunicação Social Luiz Gushiken ficou de fora do pedido de condenação da PGR. O que achou disso?
Nunca vi Gushiken nas articulações do mensalão, mas via o José Dirceu, Delúbio Soares... Nunca soube, nunca tive nenhuma informação de que o Gushiken estivesse articulando isso. O mensalão saia mesmo da Casa Civil, esta é a minha sensação plena.

FONTE .

Terra Magazine

Malafaia acusa gays de intolerantes por querer cassá-lo como psicólogo

O pastor Silas Malafaia (foto), da subdenominação Vitória em Cristo da Assembleia de Deus, usou palavras fortes, como é de seu estilo, para criticar os ativistas gays que pediram ao CRP (Conselho Regional de Psicologia) do Rio a cassação de seu registro de psicólogo.

Em um vídeo, ele disse que a “palhaçada” comprova que esses ativistas são os mais “intolerantes da pós-modernidade”. Falou em “mordaça”, “acusações estúpidas, idiotas e medíocres” e “[é] perseguição pura”.

“Eles [líderes do movimento gay] tentaram por três vezes cassar o meu registro de psicólogo e não deu nada, foi tudo arquivado [porque] é ridículo”.

O pastor argumentou que o CRP não tem nada a ver com as suas atividades religiosas e estranhou o fato de o conselho ter mais vez desarquivado um processo contra ele.

Disse que, se preciso, irá até o STF (Supremo Tribunal Federal) defender o seu registro de psicólogo. Lembrou que ele também tem o direito à mesma liberdade de expressão que o STF garantiu recentemente aos organizadores da Marcha da Maconha.

Afirmou que, nesse caso do pedido ao CRP de cassação do registro profissional, “eles [os homossexuais] foram tão burros, que deram um tiro no pé”. 
"A última palhaçada dos ativistas gays"

FONTE : PAULO LOPES

BLOG GRITOS ALERTA - PRESENTE EM 109 PAÍSES - A BENÇÃO DE DEUS SENDO DERRAMADA PELAS NAÇÕES - E A PARTIR DE 16 DE JULHO - A WEB RÁDIO www.gritosdealerta.com terá uma programação ao vivo - BENÇÃO DE DEUS

TJ decide a favor de Jabor no caso das malas de dinheiro da Universal

Parte do dinheiro que estava com o bispo
A 9ª Câmara de Direito Privado do TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo confirmou a sentença de primeira instância segundo a qual o jornalista Arnaldo Jabor não ofendeu a Igreja Universal ao comentar a apreensão de 7 malas cheias de dinheiro que estavam sendo transportadas por um dirigente da igreja.

Na manhã do dia 11 de julho de 2005, no hangar da TAM em Brasília, a Polícia Federal surpreendeu o bispo e deputado João Batista Ramos Silva (PFL-SP) com cerca de R$ 10 milhões nas malas. O suposto destino do dinheiro seria a campanha eleitoral de políticos apoiados pela Igreja Universal.

Batista era diretor da Rede Família e da Rede Mulher de Comunicação e ex-presidente da Rede Record. Quando foi abordado pela PF, ele estava com dois pastores, que também foram detidos.

Arnaldo Jabor (foto), em seu programa na CBN, emissora do grupo de Rede Globo, comentou com ironia: "Irmãos, irmãos. Não vos deixeis confundir pelos inimigos da Igreja Universal do Reino de Deus. Estão querendo manchar o nome de nosso bondoso bispo deputado João Batista Ramos só porque ele transportava 10 milhões em dinheiro vivo, em sete malas... para o bem dos bispos para que a igreja possa abrir ricas sedes em Nova York, em Lisboa. Esse dinheiro sagrado serve para financiar televisões, palácios de mármore, como em Salvador, para exterminar com os exus da religião dos negros baianos. Esse dinheiro sagrado serve também para financiar as campanhas de nossos deputados no Congresso."

A Igreja Universal recorreu à Justiça contra o jornalista com o pedido de indenização correspondente a 50 salários mínimos por danos morais. A juíza Daise Fajardo Nogueira Jacot, da 15ª Vara Cível do Fórum João Mendes, da cidade de São Paulo, negou o pedido porque, no entendimento dela, Jabor exerceu o direito de crítica, que “é essencial à atividade jornalística”.

Agora, ao corroborar a sentença, o desembargador Grava Brazil, relator do caso, colocou a liberdade de opinião acima dos interesses políticos e religiosos porque é ela que “materializa a pluralidade de pensamentos” do Estado Democrático de Direito.

Para o Brazil, era de se esperar que o episódio fosse despertar o interesse da imprensa, porque, segundo ele, não é comum "um pastor, que também é deputado, se locomover com R$ 10 milhões dentro de malas".

Ainda cabe à Igreja Universal recurso contra a decisão do TJ.

Pastor é Preso por pregar contra o Homossexualismo- Prenúncios da maldita e agora enrrustida PL122

ELES QUEREM CALAR OS PROFETAS DE DEUS , MAS NÃO VÃO .

NÃO VOTEM MAIS NESSES POLITICOS SEM CARATER , QUE NAS CAMPANHAS SÃO OVELHAS E DEPOIS MOSTRAM O LADO DE LOBO MALIGNO.

 

Pastor é detido em São Paulo, após pregar sobre praticas homossexuais

No dia 28/06/11 por volta das 15h00min um pastor que pregava sobre práticas homossexuais, citando versículos bíblicos etc., foi detido e levado para prestar depoimento na delegacia. Segundo testemunhas um "ouvinte" que passava por ali se sentiu ofendido com as palavras que o pastor dizia, e logo chamou a polícia que tentou amenizar a situação, mas devido ao tumulto um policial usou spray de pimenta para afastar curiosos e ouvintes.

Na Praça da SÉ existem alguns pastores que pregam todos os dias, e cada dia é um pastor diferente.



Não faço nenhum juízo de valor sobre a forma e o modelo de pregação feita  naquele local, mas o absurdo é que o pastor que ali estava tem o seu direito constitucional e liberdade de expressar a sua fé e valores, mas mesmo assim foi impedido de continuar a sua fala... Enquanto isso a marcha pela liberdade e maconha, marcha pró-gays e sodomia, marchas das vadias, são livres e recebem apoio estatal e liberdade do judiciário.

Olha que o PLC 122/06 sobre a criminalização da homofobia ainda não foi aprovado no Brasil... Se estivesse em vigor o que seria daquele homem...

O perigo é assistirmos a este fato e continuarmos calado como se não fosse importante ou não termos nada a ver com isso.


ASSISTAM

Movimento evangélico “Eu Escolhi Esperar”, sobre “santidade em relacionamentos”, ganha grande repercussão em mídias seculares

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel O Twitter da mobilização Eu Escolhi Esperar está com quase cinco meses no ar e com 25.000 seguidores. Nesta semana o tema foi novamente um dos mais comentados nos twitter por dois dias, chegando ao topo de trending topics. Na última segunda-feira, 4 de julho, o ministério realizou uma entrevista ao vivo por vídeo com o cantor Lucas Souza (que assim como a banda Palavrantiga tem vestido a camisa da campanha), logo após as 22h16 lá estava novamente “Eu Escolhi Esperar” nos TT’s do Brasil, onde permaneceu até as 20h da noite de terça-feira (5 de julho) – mais de 20 horas no ar e na quarta-feira após as 21h voltou aos trending topics, ocupando o 1° lugar após as 24h .
Os jovens que tem se posicionado e buscado um direcionamento junto com a mobilização expressam um sentimento de verdadeira liberdade, ainda que tenham errado no passado. Segundo o pastor Nelson Jr. “o inimigo de nossas almas tenta gerar culpa, remorso e acusação, porém, Jesus é libertador e purifica o homem de todo pecado. Os erros de ontem não tiram a preciosidade da decisão que é tomada no hoje. Não há condenação para aqueles que estão em Cristo”.
Existem ainda aquelas situações de mães solteiras e pessoas que já viveram um casamento e por algum motivo não estão mais dentro dele, decidindo depois tomar um posicionamento e esperar por aquele(a) que Deus tem preparado, porém, muitas vezes dentro das igrejas ainda não existe um preparo para tratar destas pessoas. Neste tipo de situação, a mobilização vem preparando um material de estudos devocionais, que visam cooperar com a igreja local. Segundo o movimento “este material fortalecerá o jovem cada vez mais em Deus e também na sua decisão de esperar, pois ter apenas a boa intenção não é suficiente para vencer as tentações, é necessário realmente um suporte de liderança, além de uma série de atitudes que nos empurre a tal objetivo, entre elas, uma vida de comunhão com Deus”.
A rede de mobilizações tem recebido dezenas de testemunhos diários de jovens a respeito de como tem sido abençoados através dela, também e-mails de pais agradecendo pela dedicação em restaurar os valores de Deus para seus filhos e até mesmo um retorno de jovens não convertidos falando que depois de acompanharem matérias e post’s a respeito da campanha “Eu Escolhi Esperar” começaram a rever seus conceitos. “Isso é mais gratificante do que está no TT (Trending Topics do Twitter)” relata o coordenador e pastor Nelson Jr.
Na próxima terça-feira (12/07/2011) será realizada uma nova twitticam a partir das 22h00, trazendo como tema “A Espera”, com o Pastor Teófilo Hayashi da Dinamus – São Paulo e novamente, participação especial do Lucas Souza.



Na internet:
Site: www.euescolhiesperar.com
Twitter: @EscolhiEsperar

André Valadão, Cassiane, Regis Danese,Brenda e Rosa de Saron participam do Programa do Raul Gil

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel A versão da brincadeira apenas com cantores do meio evangélico já foi realizada no começo do ano. André Valadão brincou em seu twitter dizendo que não foi eliminado de primeira como em sua 1ª participação, mas que também não ganhou o jogo e, enfatizou o quão feliz estava por esta segunda oportunidade de ser luz na TV brasileira. O programa irá ao ar no próximo dia 16 de Julho e o quadro com a “tropa do gospel” tende a agradar o público mais uma vez. Confiram abaixo algumas fotos da gravação:



Fonte: Portal DT

ENCORAJADOS A RECUPERAR



“Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi-o com espírito de brandura...” 
Gl 6.1

A vida cristã é uma guerra espiritual. E todos que lutam no exército de Deus são feridos de alguma maneira e nós precisamos cuidar dos feridos. O maior bem que uma pessoa precisa é ajuda espiritual, principalmente, quando está em pecado. Paulo nos ensina preciosas lições. Qualquer irmão pode ser surpreendido numa transgressão, mesmo sem perceber a gravidade do erro. É o chamado pecado da ignorância e deve ser tratado e não escondido. Todo cristão deve estar consciente que ninguém está imune de cair em pecado.  Aquele que está de pé veja que não caia.

O cristão maduro deve cuidar espiritualmente dos faltosos. Os irmãos espirituais devem conduzir o que caiu à posição anterior de integridade. De que adianta maturidade espiritual se a vida não está a serviço do corpo de Cristo? Sabemos que há muitas pessoas que não têm autoridade espiritual (vida com Deus) para tratar dos pecados alheios. A restauração deve ser feita por pessoas maduras e humildes, sem orgulho ou superioridade espiritual.

Ore


Senhor, coloco-me à tua disposição para usar-me na vida de meus irmãos. Dá-me uma fé firme e madura para eu poder ajudar a fortalecer os fracos e inconstantes. Em nome de Jesus.

A Igreja chinesa é uma das que crescem mais rapidamente no mundo



Na 13ª posição da Classificação de países por perseguição, a China é o terceiro maior país do mundo e possui a maior população do planeta. A Igreja chinesa é uma das que crescem mais rapidamente no mundo. Hoje, aproximadamente 80 milhões de protestantes e católicos formam a Igreja deste país de 1,3 bilhões de habitantes.
 
Enquanto não há dados quanto ao crescimento das igrejas não-registradas, o número de congregações de igrejas protestantes registradas aumenta entre 500 a 600 mil a cada ano. O número de reuniões dos fieis ultrapassa a marca dos 15 milhões, e eles se reúnem em mais de 50 mil igrejas e outros lugares de culto.

Estima-se que 50 milhões de cristãos chineses ainda esperam por sua primeira Bíblia e, sem a posse de sua própria cópia das Escrituras, muitos são presas fáceis de heresias e falsos ensinamentos. Não falta entusiasmo aos evangelistas, mas a maioria é mal treinada e pouco equipada. Além disso, há conflitos entre os líderes cristãos. Acredita-se que atualmente a pior tentação enfrentada pela Igreja chinesa seja o materialismo, particularmente dentro do contexto da explosão econômica do país.
 
Teoricamente, os cristãos chineses têm direito à liberdade religiosa, mas o espaço para evangelização é limitado. Os cristãos não podem se reunir em templos não-registrados e tampouco evangelizar publicamente.
 
A perseguição ao cristianismo abrange desde multas e confisco de Bíblias até destruição de templos. Evangelistas são detidos, interrogados, aprisionados e torturados. Além da perseguição governamental, as tentativas de evangelizar muçulmanos no extremo noroeste do território chinês têm enfrentado resistência e alguns ataques.
 
Motivos de oração
 
1. Louve a Deus pelo assombroso crescimento da Igreja. Ore para que a perseguição seja atenuada, para que materiais de treinamento sejam desenvolvidos e para que as Bíblias tornem-se cada vez mais acessíveis, impedindo assim o avanço de heresias.



2. Os líderes cristãos chineses sofrem muito pelo evangelho. Ore pelos milhares de evangelistas e pastores chineses que enfrentam noites de insônia, separação de suas famílias, reuniões secretas e risco de prisão a fim de pastorear seus rebanhos. Muitos têm treinamento insuficiente e poucos recursos, mas ainda assim viajam constantemente para compartilhar o que sabem.



3. O crescimento econômico chinês é visto como um grande desafio para a Igreja. Os cristãos chineses julgam que a perseguição é uma bênção. A principal preocupação dos pastores é o efeito que o materialismo decorrente da crescente economia chinesa pode provocar nos cristãos.



4. Muitos pastores têm sido enviados a campos de trabalho. A comida é ruim e o trabalho é muito pesado, porém muitos são capazes de pregar e formar igrejas dentro dos campos. Alguns o fazem de forma tão eficiente que são até confinados na solitária para evitar que preguem o evangelho.



5. A Igreja sofre com a grande falta de unidade. Muitos líderes das igrejas registradas e das não-registradas têm medo e desconfiança entre si. Alguns acusam o Movimento Patriótico das Três Autonomias de traição, enquanto seus líderes acreditam que as igrejas não-registradas estão em pecado por agir contra o governo. Ore para que estas divisões entre os líderes sejam eliminadas e haja reconciliação entre eles.



6. A China sofre com a falta de recursos para a evangelização. Louve a Deus pelas muitas ferramentas de evangelismo que são levadas ao país todos os anos. Materiais impressos e vídeos resultam em inúmeros novos convertidos por cópia distribuída. Ore para que a quantidade de materiais levados ao país aumente.



Fonte: Missão Portas Abertas

Homem que diz ser o anticristo é condenado a 666 meses de prisão

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel O senhor Christopher Gay não foi preso por ser o anticristo ou por tentar dominar o mundo, mas por ser acusado de assediar sexualmente duas meninas, uma de 8 e outra de 9 anos de idade, segundo a reportagem de da tv local WBTV.
O julgamento transcorreu normalmente até que o “anticristo” decidiu que não precisaria mais de um advogado e começou a defender a si próprio no tribunal. Christopher chegou a afirmar que uma pessoa que cometesse os crimes que ele era acusado deveria ser condenado a cadeira elétrica, mas se declarou inocente. A tática ousada não deu certo e o juiz o condenou a exatos 55 anos e meio de prisão.
Não se sabe se foi coincidência, uma lição do juiz ou uma intervenção divina mesmo, mas 55 anos e meio de prisão são exatamente 666 meses de prisão. Agora o que muitos querem saber é se o “anticristo” ficou triste ou feliz com a pena.
Fonte: Gospel+

Pastor é detido em São Paulo, após pregar sobre práticas homossexuais


Foi detido em São Paulo um pastor que pregava sobre práticas homossexuais citando versículos da Bíblia. Ele foi levado para prestar depoimento na delegacia porque um “ouvinte” que passava por ali se sentiu ofendido com as palavras que o pastor dizia e logo chamou a polícia. Assista ao vídeo aqui: http://www.youtube.com/watch?v=-zQ8piq_zX8



A detenção ocorreu em 28 de junho de 2011, por volta das 15h, na Praça da Sé, onde é comum pastores pregarem todos os dias.
Ainda que discordando da forma e do modelo de pregação feita naquele local, o pastor que foi detido estava em seu direito constitucional e liberdade de expressar a sua fé e valores. Mas ele foi impedido de continuar a sua pregação por causa de um ouvinte gay “ofendido”, enquanto a marcha pela maconha, a marcha gay e a marcha das vadias são livres e recebem apoio estatal e liberdade do judiciário, mesmo quando a população fica ofendida.
O PLC 122/06 que criminaliza a homofobia ainda não foi aprovado no Brasil, e os gays “ofendidos” já têm mais direitos do que a população. Se estivesse em vigor, o que os gays “ofendidos” poderiam fazer contra os cristãos?
Divulgação: www.gritosdealerta.blogspot.com

Pastor Marco Feliciano comenta ataques de deputados pró-gays que afirmaram que a Bíblia é um mito

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel O pastor que assistiu ao vídeo diz que para ele o conteúdo divulgado é “medíocre, simplista, difamatório, cheio de ódio e cheio de eclesiofobia”. Na reunião que foi filmada o deputado federal Jean Wyllys, o deputado distrital Professor Israel e a deputada federal Érika Kokay conversam sobre vários assuntos.
“O termo homofobia foi criado e adaptado, na verdade ele refere-se ao ‘medo de homem’, mas adaptaram para ‘ódio a homossexuais’. Portanto só pode ser punido por um crime com esse nome, aqueles que exercem o ódio até as vias de fato aos homossexuais, ou seja, aqueles que agridem e praticam a violência contra eles.” Diz o pastor da Catedral do Avivamento.
O pastor diz que recebe essas mensagens, mas usa “a maior arma” que ele possui contra elas: o silêncio e evita responder a essas ofensas. “Uso a maior de todas as armas que tenho, o silêncio, que somado a paciência e a oração, me fazem sentir pena desses seres humanos, ao invés de ódio.”
O conteúdo dessas mensagens e também do próprio vídeo pode ser caracterizado como calúnia e difamação, mas Feliciano não pretende entrar com ações judiciais. “Do ponto de vista legal, toda difamação pode ser punida. Mas nossa bancada é composta por homens e mulheres de Deus, que conhecem a Bíblia, e nela esta a promessa de perseguições por defendermos nossa fé, portanto apenas oramos, afinal estão cegos pelo príncipe desse mundo, e conclamo em nome de todos os Parlamentares Cristãos que o povo de Deus ore por nós em nome de Jesus.”
O pastor já se posicionou contra a aprovação do Projeto de Lei 122 e também foi um dos parlamentares que se levantou para impedir que o Kit anti-homofobia elaborado pelo Ministério da Educação chegasse às escolas públicas. Mas, ao contrário do que se imagina, o pastor não é a favor da violência e diz que como deputado vai trabalhar para punir todo tipo de violência, inclusive a violência contra homossexuais.
“Apoio qualquer projeto que venha punir a violência, seja ela praticada contra quem for, e isso inclui esse grupo”, encerra o pastor.
Corrigido e adaptado de Gospelprime

Mesmo proibido pelo técnico Mano Menezes, Pastor volta a se encontrar com Seleção Brasileira

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Depois do encontro e de um café, Lúcio se despediu do pastor e se dirigiu ao treinamento, marcado para as 14h30m. Anselmo Alves, por sua vez, deixou o hotel. Os dois se conheceram em 2002 e desde então mantêm um relacionamento muito próximo. Tanto que o pastor passou a acompanhar o zagueiro nos torneios.
Na era Mano Menezes, essa é a primeira vez que Anselmo Alves aparece na Seleção. E mesmo assim, com restrições. O treinador já havia avisado que não permitiria reuniões religiosas dentro da concentração, como ocorria sob o comando de Dunga. Por isso, Lúcio o encontrou em um lugar público, no restaurante do hotel.
Recentemente em entrevista Anselmo Alves afirmou que aproveita as grandes competições para conversar com os jogadores que pedem seus conselhos. No entanto, na era Mano Menezes, a renovação do grupo provocou uma mudança de perfil. Lúcio, no caso, é um dos remanescentes da ala religiosa.
Nessa mesma entrevista, o pastor explicou que suas viagens para visitar os jogadores da Seleção Brasileira são bancadas por voluntários, entre eles alguns atletas, e pela sua igreja.

CPAD realiza 2º Congresso de Música e Louvor

CPAD realiza 
2º Congresso de Música e Louvor

Programação inclui aulas práticas e teóricas de canto, arranjos, instrumentos, além de palestras, cultos e ensaios
De 10 a 16 de julho de 2011 acontece, em São Paulo, o 2º Congresso de Música e Louvor. Realizado pela CPAD, pelo segundo ano consecutivo, neste ano em que comemoramos o Centenário, o evento tem como objetivos ressaltar a cultura musical sacra presente nas Assembleias de Deus. E ainda o de motivar e despertar talentos para disseminarem a excelência da música como um elemento nobre e eficaz para a adoração ao Senhor e edificação da sua igreja.

A programação do evento inclui aulas práticas e teóricas de canto, arranjos, instrumentos, além de palestras, cultos e ensaios. Coordenador do Congresso, o maestro Nilton Didini ressalta a importância espiritual do evento. “Esse Congresso não visa a ensinar música, mas sim estabelecer um despertamento que venha trazer altos resultados para o louvor e a adoração ao Senhor”.

As oficinas e palestras serão ministradas por professores e maestros reconhecidos dentro e fora do país. Este ano, o evento terá como convidado especial o regente da Orquestra Sinfônica Brasileira da Cidade do Rio de Janeiro, Roberto Minczuk, além das participações dos maestros Nilton Didini, Gilberto Massambani, Wainer Fernandes, Gessé Sadock e Elias Moreira.

“Temos convicção que o criador da perfeita música está presente neste II Congresso de Música e Louvor para nos orientar e nos incentivar a produzir a música que Ele se agrada em receber”, destaca a coordenação do evento.
 
Histórico

O primeiro Congresso de Música e Louvor reuniu, de 25 de julho a 1 de agosto de 2010,  270 inscritos, de diversas regiões do país, na sede da Assembleia de Deus em Belo Horizonte (Minas Gerais). O evento buscou atender à crescente demanda por capacitação exigida pelos cristãos envolvidos com a música na igreja.

Inscrição

O investimento para o 2º Congresso de Música e Louvor é de R$ 80 que podem ser pagos em até quatro vezes sem juros.  Acesse o site para efetuar a inscrição e mais informações.

Programação

A abertura e o encerramento do evento acontecerão, nos dias 10 e 16 de julho, no templo sede da Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Belenzinho, que fica na Rua Conselheiro Cotegipe, 273, em São Paulo. Já as oficinas serão ministradas de 11 a 15 de julho, na Escola Técnica Parque Belém. O endereço é Rua Ulisses Cruz, 85, também no Belenzinho (SP).

Acesse o hotsite do evento para outras informações e inscrições
 
Fonte: CPAD Web

Marina Sai do PV e Apoia Dilma contra Código Florestal

Marina SilvaA candidata Marina Silva, que foi a grande surpresa na última eleição presidencial, anunciou deixar o Partido Verde (PV) nesta quinta-feira e prometeu apoiar a presidente Dilma Rousseff no veto ao projeto do Código Florestal que tramita no Senado.
(Foto: Site Marina Silva)
A candidata Marina Silva, que foi a grande surpresa na última eleição presidencial, anunciou deixar o Partido Verde (PV) nesta quinta-feira
Marina Silva declarou a desfiliação do Partido Verde no evento “Encontro por uma nova política”, realizado em São Paulo. Além disso, ela informou sobre a criação de um movimento para discutir política com o lema “verde e cidadania”.
Para a ex-senadora o cenário do sistema político brasileiro está, cada vez mais, incapacitado de abrir-se para sua própria renovação. Marina Silva aponta para a perplexidade da população diante da transformação dos partidos, além da baixa credibilidade do sistema político, que são uma mostra da necessidade de uma renovação na política brasileira.

Marina ainda disse ter esperança de que a presidente consiga 'resistir' às práticas do que ela chama de 'velha política' e para a candidata não há mais como renovar o atual modelo político, e sim reinventá-lo. "O resultado mais grave da perversão do sistema político é o afastamento da Política com P maiúsculo, pela qual cada um pode ser parte das decisões públicas por meio de suas opiniões, sua palavra, seu voto bem informado e consciente", disse Marina Silva, na tarde desta quinta-feira.
Para especialistas a saída da candidata evangélica Marina Silva do PV, leva 20 milhões de votos para longe do partido. A candidata pelo PV, nas eleições presidenciais em 2010, recebeu 20 milhões de votos no primeiro turno, apoiada pela comunidade evangélica em todo o país.
Na opinião de Maurício Brusadin, ex-presidente do diretório estadual do PV em São Paulo, os partidos não atendem mais às demandas da sociedade. "E o PV não é diferente disso'.
Aliados de Marina Silva também assinarão uma carta coletiva de desfiliação do PV na próxima segunda-feira. A ex-secretária municipal de Meio Ambiente, Luciana Valente, anunciou no mesmo dia a sua saída também do partido.
“Tem pessoas que não são filiadas e não falaram se vão sair ou não. Se continuarem no PV, ainda continuam no movimento Marina e se quiserem ser candidatos vamos apoiá-los”, disse Valente.
Marina disse que quer manter a coerência e que não está sendo pragmática agindo de acordo com as eleições: “Não se trata de uma saída pragmática, com olhos pregados em calendários eleitorais. Ao contrário, é a negação do pragmatismo a qualquer preço”.
No encontro por uma nova política, Marina Silva afirmou que deseja continuar e ir mais fundo na luta socioambiental, abrindo janelas e portas para a sociedade.
“Para nós e para a sociedade. Vamos nos reencantar com o nosso potencial para mudar o que precisa ser mudado e preservar o que precisa ser preservado”.

Caim e Abel

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel “Todos estes morreram na fé. Não alcançaram as promessas” ( Hb 11:13 )
Uma das características inegável da fé esta na esperança proposta e não nas conquistas e realizações pessoais que muitos pensam em conquistar.
Observe os exemplos citados pelo escritor aos Hebreus:
“Pela fé Abel ofereceu melhor sacrifício”
Muitos pensam que o diferencial entre Caim e Abel estava na oferta que apresentaram a Deus. Pensam que a oferta de Abel foi melhor que a oferta de Caim.
Sobre este aspecto escreveu Scofield: “Este tipo se destaca em contraste à oferta desprovida de sangue, de Caim, dos frutos da terra e declara, na infância da raça humana, a verdade principal de que ‘sem derramamento de sangue não há remissão’” ( Hb 9:22 ; Hb 11:4 ).
É correto que sem derramamento de sangue não há remissão de pecado, mas esta verdade não valida a primeira parte da frase de Scofield.
A oferta de Abel não foi melhor em essência que a oferta de Caim! A oferta não torna ninguém diferente, ou melhor, diante de Deus, pois tudo que há na terra pertence a Deus, tanto os frutos da terra quanto as crias das ovelhas.
“O diferencial está na confiança do ofertante, e não na oferta!”
Abel alcançou testemunho de que agradara a Deus, ou que ofereceu melhor sacrifício pela fé, e não por meio do sacrifício.
Deus não aceita as pessoas por causa de suas ofertas e sacrifícios, e sim, pela confiança que depositam em Deus. Caim foi até Deus confiando em sua oferta, e, por isso, ele não foi aceito e nem a sua oferta.
Abel foi até Deus convicto que seria aceito e galardoado. Ele foi aceito e a sua oferta também. Abel confiou em Deus, que é galardoador, e Caim confiou na sua oferta, continuando reprovável diante de Deus.
Abel recebeu a recompensa, pois Deus atentou para Ele e para a sua oferta. Observe que Deus atenta em primeiro lugar para o homem que n’Ele confia, e depois para a oferta. O testemunho de Deus quanto a oferta de Abel decorre do fato de ele ter sido aceito por Deus pela fé.
Observe que, pela fé Abel ofereceu melhor sacrifício que Caim, tanto que, até depois de morto a sua oferta lhe deu testemunho da justiça alcançada.
Em nossos dias vemos muitos lideres religiosos concitando os seus liderados a fazerem votos e contribuições. Para isso, apresenta a oferta ou o sacrifício como elemento para fazer o homem alcançar a ‘bênção’ de Deus.
Esses lideres argumentam que, quando maior a oferta, maior é a fé do ofertante. Invertem os valores que a bíblia apresenta, onde o homem só é aceito por Deus por meio da fé, e, depois a oferta é recebida por Deus.
Abel não foi até Deus por causa de uma ‘bênção’, mas pela fé alcançou um bom testemunho “Foi por ela que os antigos alcançaram bom testemunho” ( Hb 11:2 ).
Desta forma compreendemos o exposto pelo escritor aos Hebreus: “Pela fé Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício do que Caim…” ( Hb 4:4 ).
Por ter se aproximado de Deus pela fé, de Deus Abel recebeu testemunho de que era justo. Observe que a oferta jamais poderia justificar Abel, pois o escritor aos Hebreus já havia demonstra que o sangue de animais jamais poderiam tirar pecados ( Hb 10:4 ).
O que é impossível a sangue de touros que se oferece em holocaustos, é possível pela fé, pois, pela fé Abel alcançou de Deus testemunho de que era justo “… pelo qual alcançou testemunho de que era justo…” ( Hb 11:4 ).
Fonte: Estudo Biblico

Site da Missão Portas Abertas, maior instituição de apoio a igreja perseguida, é atacado por hackers

Site da Missão Portas Abertas, maior instituição de apoio a igreja
 perseguida, é atacado por hackers O site da Missão Portas Abertas foi atacado por hackers durante a noite e a madrugada de 7 a 8 de julho. A Missão Portas Abertas é uma instituição mundial sem fins lucrativos que visa informar e ajudar cristãos em países onde a perseguição religiosa é extrema. A entidade também visa servir de suporte para missões evangelísticas.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Os hackers atacaram a sessão de notícias do site deixando mensagens possivelmente direcionadas a evangélicos, embora a entidade não atenda apenas a esse grupo cristão. Entre as mensagens estão palavrões e acusações.
O ataque parece ter sido efetuado pelos hackers de um grupo conhecido como LulzSecBrazil, o mesmo que atacou sites do governo no começo da semana. Uma mensagem com o perfil do twitter do grupo foi deixada na página do Portas Abertas.
Uma das mensagens afirma “OTARIOS LADRÕES FILHOS DA [censurado]” e completa: “kkkkkkkkkkkkkkkkk  owned otarios :D”
Até o fechamento da matéria o Portas Abertas não havia se pronunciado sobre o caso e nem apagado as mensagens que podem ser vistas aqui e aqui.
Fonte: Gospel+

Ciência enfim confirma: mulher no volante, perigo constante



Apesar de passarem menos tempo ao volante, o estudo americano 
descobriu que as mulheres se envolvem em mais acidentes entre si
via VEJA
Os homens dirigem melhor do que as mulheres? Impossível dizer. Mas um estudo americano mostra que, proporcionalmente, as mulheres têm mais chances de se envolver em um acidente com outra motorista do que os homens entre si. Cientistas da Universidade de Michigan analisaram 6,5 milhões de ocorrências de acidentes de trânsito nos Estados Unidos entre os anos de 1988 e 2007 e descobriram uma quantidade maior do que a esperada de acidentes entre duas mulheres no volante. O estudo foi publicado no periódico Traffic Injury Prevention.
Geralmente, os homens passam mais tempo no voltande (60%) do que as mulheres (40%). Por isso, Michael Sivak e Brandon Schoette, autores da pesquisa, esperavam que os acidentes envolvendo dois homens no controle do carro chegassem a 36,2% do total da amostra analisada, enquanto os acidentes provocados por duas mulheres chegariam a 15,8%. Homens e mulheres seriam responsáveis por 48% do total.
Contudo, os especialistas descobriram que os acidentes envolvendo duas motoristas chegaram a 20,5% do total, enquanto os homens foram responsáveis por 31,9%. Acidentes envolvendo os dois sexos ficaram em 47,6%, como esperado. Os autores do estudo não sabem dizer porque as mulheres se envolveram em mais acidentes do que os homens no período analisado.
Outra descoberta dos cientistas também mostra que as mulheres têm mais chances de bater em cruzamentos e junções de pistas.

“Não é o fim. É o início”, diz Marina durante evento de despedida do PV


Publicado originalmente no UOL
Em um ato público organizado nesta quinta-feira (7) em São Paulo, a ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva afirmou que sua saída do Partido Verde (PV) não “é o fim”.
“Não é o fim. É o início”, disse. “Não é momento para ficarmos tristes, mas um momento para ficarmos tristes e alegres.”
Marina começou sua fala criticando as distorções do sistema político. Na sua visão, os partidos brasileiros estão transformando os eleitores em meros “espectadores”. Segundo ela, seu “foco principal” nessa “caminhada esperançosa” é “sensibilizar os brasileiros e brasileiras” que acabam ficando de fora das decisões importantes do país.
A ex-senadora também negou que a troca de sigla tenha somente fins eleitorais. “Não se trata de uma saída pragmática com olhos postos em calendários eleitorais”, disse. “É preciso reagir e chamar mais e mais pessoas para um debate sobre nosso futuro”, afirmou ela.
Marina sustentou ainda que, “da forma como (o PV) foi estruturado”, “não foi possível” levar adiante seus planos políticos na sigla. “Não é hora de ser pragmático. É hora de ser sonhático”, disse ao finalizar seu discurso. Guilherme Leal, seu companheiro de chapa nas últimas eleições, também deixou o partido.
Antes dela, discursaram outros nomes da legenda. O ex-deputado Fernando Gabeira (RJ) e o deputado federal Alfredo Sirkis (RJ) criticaram os rumos do PV e defenderam a criação de um novo partido, em data ainda não definida, e a criação de um movimento suprapartidário. Sirkis anunciou sua saída da legenda e Gabeira demonstrou apoio à causa de Marina.
A saída de Marina acontece nove meses após o primeiro turno da eleição para a Presidência da República, quando ela saiu politicamente fortalecida ante seus cerca de 20 milhões de votos, e já em meio aos acordos partidários que antecedem a sucessão municipal de 2012.
Em nota oficial divulgada hoje, o PV afirmou que “está passando pela primeira grande crise de crescimento” e nega que não haja democracia interna na legenda.
Há semanas a desfiliação é cogitada, em meio a desgastes internos que se arrastam pelo menos desde março com a cúpula do PV. Em março, reportagem da Folha de S.Paulo antecipava a disposição da ex-senadora em deixar o PV após o presidente do partido, o deputado federal José Luiz Penna (SP), ter liderado uma manobra na Executiva Nacional para prorrogar o próprio mandato.
A reportagem tentou ouvir Penna sobre a saída de Marina, mas a assessoria de imprensa da legenda informou que ele se manifestaria, “talvez”, apenas após o anúncio da colega na capital paulista.

Menina comete suicídio para doar órgãos a familiares



Agência Pavanews, com informações de Daily Mail e Blippitt
No final do mês passado, uma história causou comoção na Índia. A menina Mumpy Sarkar, de 12 anos,  fazia parte de uma família muito pobre de Jhorpara, na região de Bengala. Mridul, seu pai, precisava de um transplante de córneas pois estava ficando cego. Ao mesmo tempo, a família sofria com a doença de Monojit, irmão de Mumpy, que precisava de um transplante de rins para não morrer. Como a família não tinha condições de pagar pelas cirurgias e achar doadores compatíveis é sempre um desafio, o desespero tomou conta de todos.
Mumpy acreditou que tinha a solução para todos os problemas. Ela iria se matar e seus órgãos seriam doados para seus entes queridos. Porém, o bilhete suicida em que explicou seus motivos e o desejo de ajudar o pai e o irmão só foi encontrado após ela ser cremada, como é costume na Índia. Somente então Monica, irmã mais velha de Mumpy, contou que sabia do plano da caçula que tentou inclusive convencê-la a fazer o mesmo, caso algo desse errado. Mas Monica não aceitou.
Mumpy bebeu uma grande quantidade de pesticida sozinha e morreu mesmo depois de ter sido levada a um hospital da região.  ”Demoramos muito para entender os sentimentos de uma criança muito sensível”, lamenta Mridul. Sua esposa, Rita, teve de ser internada após entrar em estado de choque com a notícia.
Ao saber do ocorrido, políticos locais se comprometeram a ajudar a família oferecendo auxílio médico.
imagem ilustrativa obtida na internet

OUÇA A NOSSA WEB RÁDIO www.gritosdealerta.com - DENTRO DE POUCOS DIAS PROGRAMAÇÃO AO VIVO .

CHINA PERSEGUE CRISTÃOS E EXPULSA LIDER DE IGREJA

As autoridades chinesas prenderam um membro de uma das maiores igrejas não registradas de Pequim na segunda-feira (27 de junho), enviando-o de volta à sua cidade natal, na província de Shandong, disseram as fontes.

Três oficiais da polícia de Pequim detiveram o membro da igreja de Shouwang por cerca de 5 horas, quando ele estava em um mercado. Eles o deixaram em um escritório em Shandong, na capital, que o enviou de volta à sua cidade natal naquela noite. Ele foi o segundo membro da igreja a ser expulso da cidade.

Os membros da igreja de Shouwang estão sendo presos porque estão sem local para se reunir e, por essa razão, se reúnem em locais públicos.

Após a expulsão de segunda-feira, o membro de Shouwang foi proibido de usar seu telefone celular. Ele foi enviado para a casa de seus pais e conseguiu mandar uma mensagem de texto aos membros da igreja. Ele disse que sua carteira de identidade fora confiscada e ele foi advertido a não voltar a Pequim antes de 1º de julho, o 90º aniversário do Partido Comunista na China. Autoridades disseram aos funcionários da aldeia onde ele está que agora o estão monitorando.

Em um comunicado oficial emitido pelos líderes da igreja de Shouwang, diziam estar indignados com o ocorrido e vão protestar contra isso.

“O exílio forçado praticado pelo governo tem demonstrado um desprezo completo para com a lei, com o efeito de privar um cidadão de qualquer garantia dos mais básicos direitos fundamentais do homem”, dizia a declaração.

A primeira expulsão de um membro de Shouwang veio depois que a igreja realizou o quinto culto consecutivo ao ar livre. Pelo menos 15 pessoas foram levadas para delegacias de toda Pequim. Todos foram liberados após 24 horas, menos o irmão preso na delegacia de Dosheng. Ele foi enviado à cidade onde seus pais foram registrados.

Após detenções anteriores, ele já havia sido forçado a deixar seu emprego como instrutor em uma escola internacional para menores de 3 anos de idade. Como ele morava na secretaria da escola, ele também perdeu sua casa.

Fonte: Missão Portas Abertas

Com participação de Kaká, Carol Celico lança seu primeiro DVD

 “Você é feliz?”. É com essa pergunta que a agora cantora gospel Caroline Celico, a mulher do jogador Kaká, pretende sensibilizar seus espectadores em seu primeiro DVD. Batizado de Carol Celico, como ela é conhecida, o trabalho foi gravado entre Europa, Estados Unidos e Brasil e traz doze faixas.

O álbum, que será lançado pela Universal Music, traz participações especiais. Uma delas é a do próprio marido de Carol, o jogador Kaká, que resolveu se aventurar no mundo da música na faixa Presente de Deus, uma canção escrita pelo próprio jogador(alguém consegue reconhecer a voz do craque?). Além do boleiro, marcam presença a cantora Cláudia Leitte e a dupla André Valadão e Ana Paula Valadão, do grupo Diante do Trono.

O DVD vem no sucesso que Carol conseguiu na internet ao disponibilizar suas canções em seu site oficial. Em três meses, foram quase 2 milhões de downloads. Muitas canções ganharam clipes não-oficiais no YouTube.

No texto de apresentação do projeto. Carol diz que seu objetivo era “compartilhar as experiências que marcaram a minha vida em diferentes situações através das músicas”. Em outro trecho, ela admite que não é propriamente uma cantora. “Mesmo sem ser uma cantora, sempre acreditei que as palavras em forma de melodias têm um poder de falar mais diretamente ao coração das pessoas”, escreveu Carol.

Em outro trecho do texto, Carol reafirma o discurso que ela e o jogador Kaká adotaram desde que anunciaram a saída da Igreja Renascer em Cristo, no final de 2010, de quem eram seguidores. “Meu coração me dizia que muitas pessoas poderiam sentir paz e ter suas próprias experiências com Deus, assim como eu as tive, sem mesmo entrar em um templo, ou serem motivadas por alguma religião, pois creio que Deus é simples e age nas nossas vidas com simplicidade”.

Kaká e Carol se casaram em 2005, na sede da Igreja Renascer em Cristo, em São Paulo. A cerimônia foi conduzida por Estevam e Sônia Hernandes, fundadores da Renascer. No final de 201,. Kaká e Caroline anunciaram, sem revelar os motivos, que estavam deixando a igreja. O rompimento aconteceu três anos depois do casal Estevam ser preso em Miami por tentar entrar nos Estados Unidos com US$ 56 mil escondidos em uma bíblia e em um porta CD. O dinheiro não havia sido declarado pelo casal.

O jogador e a cantora têm dois filhos, Luca, de 3 anos, e Isabella, de 2 meses. Atualmente Kaká joga no Real Madrid, da Espanha.

Fonte: Revista Época

Jair Bolsonaro: Sou um católico que frequentou a Igreja Batista

O deputado federal que recentemente ajudou a derrubar a distribuição de kits contra homofobia nas escolas, respondeu as perguntas dos leitores da revista Época.

A maioria dos parlamentares foge de discussões sobre temas polêmicos. O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) faz questão de correr ao encontro de alguns deles. Ex-capitão do Exército, Bolsonaro sustenta posturas radicais, como a defesa do período da ditadura militar (1964-85). Em defesa de suas opiniões, Bolsonaro comete erros históricos, por exemplo, ao dizer que durante os vinte anos do governo militar havia liberdade e pleno emprego no Brasil. Recentemente, Bolsonaro assumiu o protagonismo na oposição ao projeto que torna crime ataques a homossexuais e ajudou a derrubar a distribuição de kits contra homofobia nas escolas. Na semana passada, após ser absolvido em um processo disciplinar no Conselho de Ética, Bolsonaro respondeu às perguntas dos leitores de ÉPOCA.

Gostaria de saber qual seria a sua reação se alguém de sua família decidisse abertamente pela homossexualidade.
Pio Barbosa Neto, CE
Jair Bolsonaro - Seria problema dele. Se essa fosse sua opção para ser feliz não estaria (nem poderia) ser proibido por mim mas, certamente, não iria me convencer a frequentar minha casa.

Qual o limite entre a liberdade de expressão e a ofensa à dignidade daqueles que não se enquadram na sua concepção, como os homossexuais?
Alexsandre Victor Leite Peixoto, AL
Bolsonaro - Minha luta vitoriosa no Congresso foi contra a distribuição do kit gay nas escolas do 1º grau. Não podia me omitir diante do material que estimulava nossos meninos e meninas a ser homossexuais. E deviam se orgulhar dessa condição. No mais, tudo é demagogia, pois certamente não acredito que nenhum pai possa se orgulhar de ter um filho gay. Homossexualismo é comportamento.

Se você estivesse precisando de uma transfusão de sangue e o único sangue doado fosse de um homossexual, aceitaria a transfusão?
Matheus Nunes, RJ

Bolsonaro - O risco de ser contaminado com o sangue de homossexual é 17 vezes maior do que com o de heterossexual. Duvido que alguém aceite sangue doado por homossexual sabendo desse risco. Cuidar da minha saúde é diferente de ser preconceituoso.

O que o senhor acha sobre a possibilidade de adoção de crianças por pais homossexuais?
Daniel Tonatto, RS

Bolsonaro - Somos produtos do meio. Uma inocente criança adotada por pais (?) homossexuais certamente será influenciada e possivelmente seguirá o exemplo dos mesmos. Em vez de aceitar a mentira de que é melhor uma criança ser adotada por casal homossexual, prefiro uma séria política de paternidade responsável.

O senhor não acha que estão querendo acirrar ainda mais a homofobia, tratando os homossexuais com diferenciação?
Luiz Curvelo, RJ

Bolsonaro - O PLC 122 que está para ser votado no Senado visa, por exemplo, a condenar de 2 a 5 anos uma pessoa que se negue a vender sua bicicleta a um homossexual. Se aprovado, fará com que um homicida cumpra menos anos de prisão do que quem chame alguém de gay ou bicha.

Se o PL122/06 fosse aprovado, intimidaria os assassinos de homossexuais. Qual seria a ação que o Legislativo deveria tomar para garantir os direitos da população LGBT?
Camilo Oliveira, RJ

Bolsonaro - A maioria dos homossexuais é assassinada por seus respectivos cafetões, em áreas de prostituição e de consumo de drogas, inclusive em horários em que o cidadão de bem já está dormindo. O PLC 122, na prática, criará uma categoria de vítimas privilegiadas, ou seja, com proteção especial em virtude de sua opção sexual. Assassinar um heterossexual é menos grave que matar um homossexual. Hoje, por exemplo, mais de 10 esposas/companheiras são assassinadas por dia. O que intimidaria a prática de qualquer crime seria a certeza de punição rápida e justa, sendo a pena cumprida em sua totalidade sem qualquer regalia e com trabalhos, ainda que forçados, que pagassem o sustento do preso.

O senhor diz que bateria no seu filho, caso ele fosse efeminado. Frases desse tipo não são, na verdade, uma tentativa de aparecer na mídia e, assim, se eleger novamente?
Flávia de Oliveira, SP

Bolsonaro - Quando se perde o argumento me acusam de estar à procura de votos. Se posso mudar o comportamento de um filho agressivo ou desrespeitoso por que não poderia mudar o efeminado com a mesma atitude? Homossexualismo, como regra, é comportamento e não genética.

O senhor acha que um deputado federal precisa ser desprendido de preconceitos para avaliar com mais imparcialidade as leis?
Suzan Vitorino, PE

Bolsonaro - O Congresso é formado por pessoas de todas as vertentes da sociedade e cada parlamentar tem o dever de defender as ideias que o seu eleitorado lhe confia. Se lutar para impedir a distribuição do kit-gay nas escolas de ensino fundamental com a intenção de estimular o homossexualismo, em verdadeira afronta à família é ser preconceituoso, então sou preconceituoso, com muito orgulho.

O Estado por lei deve ser laico. Você não acha errado, como deputado, usar argumentos religiosos para reforçar sua crítica contra homossexuais?
Diego da Cunha, RJ

Bolsonaro - O Estado é laico, mas seu povo não. Somente católicos e evangélicos somam mais de 90% de brasileiros. A religião é fator de união dos povos e não pode ser desassociada da família, dos bons costumes e da moralidade.

Gostaria de saber se o deputado segue algum tipo de religião.
Suzana Marques, RJ

Bolsonaro - Acredito em Deus, essa é a minha religião. Sou um católico que, por 10 anos, frequentou a Igreja Batista.

Qual a sua opinião sobre a legalização da maconha?
Carlos Magno, RJ

Bolsonaro - Entendo que a “Marcha da Maconha” faz apologia ao consumo da maconha, porta de entrada para as drogas pesadas. Estudos sérios indicam que o uso da maconha causa grandes malefícios aos seus usuários, particularmente aos mais jovens e, por esse motivo, sou contra a legalização.

Qual a opinião do senhor sobre a democracia?
Paulo Azevedo, RJ

Bolsonaro - Vivemos um período de pleno emprego, segurança, liberdade e respeito entre 1964 e 1985. Se houver uma pesquisa entre pessoas com idade superior a 60 anos tenho certeza de que a quase totalidade concordará com essa afirmação. Hoje temos medo de ir à escola, pois corremos o risco de sermos assaltados ou assassinados, mesmo durante o dia. Nossa “democracia” é governada por “líderes” que idolatram “democratas” como Fidel Castro, Hugo Chávez, Ahmadinejad e Khadafi.

Várias vezes o senhor comentou em entrevistas que era a favor de uma possível volta do governo ditatorial no Brasil. Por quê?
Rafael Lima de Oliveira, CE

Bolsonaro - É mentira que o regime militar foi uma ditadura. Foi uma necessidade para aquele momento, e a adoção do regime foi motivada por anseios de todos os segmentos da sociedade, incluindo a mídia em geral e a igreja. Essa afirmativa pode ser comprovada com a leitura de jornais e revistas da época. Há 25 anos os militares são vilipendiados diuturnamente, inclusive acusados de torturadores, e as Forças Armadas permanecem como uma das instituições mais confiáveis do país, o que induz ao entendimento de que fizeram um bom governo.

Se o senhor se diz partidário da família, dos bons costumes e dos cristãos, por que ser defensor da ditadura?
Raquel Pereira de Medeiro, SP

Bolsonaro - É uma grande mentira atribuir o adjetivo de ditadura ao regime implantado no Brasil, no período de 1964 a 1985. Ditadura, à época, existia em Cuba e perdura até os dias atuais, onde os integrantes da cúpula do nosso governo vão passar férias e idolatram Fidel Castro. O que os militares fizeram naquele momento foi evitar a implantação da ditadura do proletariado que, certamente, estaria perdurando até os dias atuais, a exemplo de Cuba.

Em qual aspecto o senhor sente mais falta do regime militar?
Darlan Westphal Bittencourt da Cunha, SC

Bolsonaro - Do respeito às autoridades, aos professores, do pleno emprego, da segurança e da seriedade como se tratava a coisa pública. Não há notícia de um só oficial-general, coronel, capitão ou sargento que tenha enriquecido. Essa foi a principal causa do Brasil ter passado da 49ª para a 8ª economia mundial, os militares não eram corruptos.

A Comissão da Verdade seria revanchismo?
Jonhatan Amaral, CE

Bolsonaro - Partindo do princípio de que todos os integrantes serão indicados pela presidente da República, não se pode esperar imparcialidade do que for relatado. O que se pretende é elaborar relatórios mentirosos, endeusando os petistas e demais adeptos da esquerda e satanizando os militares para que conste em livros didáticos uma nova história escrita de forma unilateral e mentirosa. Assim, fica claro que é um ato revanchista.

O senhor por algum motivo tem medo da divulgação dos documentos da época da ditadura militar?
Claudecir Soares Barboza, PR

Bolsonaro - Quem tem que ter medo é o pessoal da esquerda, pois tais documentos podem comprovar os recursos vindos por intermédio de Cuba para financiar a luta armada no Brasil. Fidel Castro deveria ter uma estátua, do tamanho do Cristo Redentor, como símbolo da democracia petista. Ditadura vivemos, sim, hoje em dia, em que o governo impede a criação de qualquer CPI e fecha o Congresso com medidas provisórias.

Durante o regime militar foi introduzida a disciplina escolar "Moral e Cívica". O senhor acredita que ela deveria retornar ao currículo dos alunos da rede pública?
Lucas Felizardo, RS

Bolsonaro - Além da disciplina “Moral e Cívica”, cantava-se o Hino Nacional com a mão no peito e levantava-se na entrada e saída do professor da sala de aula. Sem disciplina e educação séria não existe futuro promissor. Hoje tirou-se a autoridade do professor na sala de aula, adotam-se livros que ensinam a falar e fazer contas de formas erradas e ainda querem introduzir material didático para estimular nossos filhos a ser homossexuais.

Gostaria de saber se seria possível um golpe militar nos dias atuais. E, como ex-militar, se isso viesse a ocorrer, quais seriam as melhorias imediatas?
Adriano Barbosa de Souza, MG

Bolsonaro - Os militares não dão golpe. As Forças Armadas são instituições permanentes e, tradicionalmente, sempre atenderam os anseios do povo, já que desde suas criações são formadas por integrantes de todos os segmentos sociais. Assim foi em 1964. O povo, sim, é que deveria dar um “golpe” nos maus políticos que iludem a boa fé dos eleitores. Alguém tem alguma dúvida que programas assistencialistas, como o Bolsa Família, que acostuma o homem à ociosidade, são um obstáculo para que se escolha um bom presidente? Já dizia o saudoso Luiz Gonzaga: “Mas doutô uma esmola a um homem qui é são ou lhe mata de vergonha ou vicia o cidadão”.

O que o senhor acha que seria preciso para a direita conservadora voltar a ter voz na mídia nacional?
Gabriel da Costa Neto Nunes, DF

Bolsonaro - A mídia, atualmente, depende basicamente de recursos governamentais. Assim, por necessidade, discrimina e sataniza os políticos de direita, já que o governo é de esquerda.

O senhor tem alguma pretensão de criar um partido realmente de direita, já que o seu próprio PP faz parte da bancada governista de esquerda?
Robson Tavares de Abreu, RJ

Bolsonaro - É muito trabalhoso e caro criar um novo partido, já que ele nasce sem horário para a propaganda na TV e no rádio. O PP, embora apoie o governo, não patrulha seus deputados, que têm liberdade de expressar suas opiniões e votos, como é o meu caso.

Qual a sua opinião quanto à criação do Partido Militar Brasileiro?
Roberto Lanius, SC

Bolsonaro - Creio que os militares, por suas limitações econômicas e políticas, encontrarão muitas dificuldades para manter um partido com essa denominação, pois faltarão argumentos para angariar votos de civis. O PMB é um partido natimorto até porque seu presidente, um capitão da PM de São Paulo, declarou que repudia o que denominou “golpe de 1964”. Gostaria de lhe perguntar se endeusa os que mataram o jovem tenente Alberto Mendes Júnior, no Vale do Ribeira, e se sua preferência é pelos militares das Forças Armadas ou pelo bando de Carlos Lamarca.

O senhor fala que é livre para votar em matérias sem obrigação do partido. Por que votou na MP que pode esconder as falcatruas nas licitações para a Copa do Mundo e para as Olimpíadas?
Fernando Pedro da Silva, RJ

Bolsonaro - Foi um de meus raros votos com o partido. Só um idiota pode acreditar que qualquer obra possa ser realizada com gastos secretos. Pelo projeto, o TCU e o MP têm acesso a todas as fases da licitação. Após a concorrência, o governo abre o seu orçamento. Desde o fim do período militar, as falcatruas tornaram-se regra no Executivo.

Há reais intenções em desmilitarizar as polícias estaduais para caminhar em direção à unificação? O senhor é a favor do fim do alistamento obrigatório?
Wagner Pereira, SP

Bolsonaro - Na realidade há outras intenções por parte de quem defende essas ideias, tal como retirar o porte de arma de policiais e bombeiros militares fora do serviço. Há de se ressaltar que somente 5% dos alistados são aproveitados e a quase totalidade dos jovens que incorporam são voluntários. Os que serviram as Forças Armadas sempre lembram com muito orgulho seu passado de recruta.

O senhor acha necessário que exista algum controle de imigrantes que venham trabalhar no Brasil? A direita europeia está certa em restringir a imigração?
Toni Ricardo Eugênio dos Santos, SP

Bolsonaro - Sim. E mais, o Brasil não pode continuar crescendo à taxa de 3 milhões de habitantes por ano. Sem uma política de planejamento familiar fica inviável combater a miséria, a fome e a violência. Por outro lado, estrangeiros vêm ao Brasil pela falta de mão de obra especializada em nosso meio.

É verdade que o senhor votou num projeto de lei para acabar com o 13º Salário, FGTS, Licença Gestante e outros direitos trabalhistas, conforme consta num e-mail que circula pela internet?
Gesiel Oliveira, PA

Bolsonaro - Essa foi uma das grandes mentiras do PT para conquistar maioria nas eleições de 2002. Na web, a campanha foi massiva contra os candidatos do PMDB, PFL, PTB e PP. Os candidatros do PT e PC do B foram os grandes beneficiados com essa campanha difamatória. Tais direitos estão incluídos no art. 7º da Constituição, considerados como “cláusula pétrea”. Portanto, não passível de supressão nem por proposta de emenda à Constituição, muito menos por projeto de lei como foi divulgado.

Os militares terão aumento neste ano?
Wilton José Soares de Medeiros, PB

Bolsonaro - A decisão de reajustar a remuneração dos militares é privativa da Presidente da República, Dilma Rousseff, que assumiu compromisso, por escrito, de manter a política salarial de seu antecessor, com recomposição anual. Entretanto, até o momento, se nega a discutir tal assunto.

Como motivar nossos militares se os salários nas Forças Armadas são baixos e outras carreiras de Estado têm salários melhores?
Paulo da Silva Gomes, RN

Bolsonaro - Por ano, mais de 500 oficiais e praças de carreira deixam as Forças Armadas, sendo a maioria por aprovação em concurso público. Não dá para ser patriota com uma família para sustentar e passando necessidade. O governo sempre se prevaleceu da disciplina para subjugar os militares. O revanchismo ainda fala alto no governo do PT.

A MP 2215/2000 está parada no Congresso Nacional há quase dez anos. O que ela representa para a família militar?
Claudio Oliveira, RJ

Bolsonaro - A Medida Provisória 2215-10, que trata da Lei de Remuneração dos Militares, é originariamente de dezembro de 2000. Seu relator, Romeu Tuma, faleceu sem poder colocá-la em votação. Essa MP provoca enorme desestímulo para a carreira. Infelizmente o Legislativo não tem independência para votá-la e o Executivo parece ter interesse na deterioração do material humano militar.

Gostaria de saber como anda o seu projeto em relação ao fim do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
Felipe Azevedo, RJ

Bolsonaro - O lobby da OAB no Congresso é muito forte. Tal exame rende, anualmente, milhões de reais aos cofres da entidade. No período militar não existia tal exame e os alunos eram melhores formados que nos dias atuais, e não eram extorquidos pela OAB.

Por que o senhor é contra o exame da OAB? O senhor não acha que acirrará ainda mais o mercado de trabalho dos advogados?
Murilo Silva Lacerda, MG

Bolsonaro - É um absurdo que depois de, no mínimo, 5 anos de estudos e aprovação em uma faculdade autorizada a funcionar e fiscalizada pelo governo, um bacharel fique impedido de exercer sua profissão por exigência de uma entidade que se diz democrática. Discordo de que a liberação dos formandos acirrará ainda mais o mercado de trabalhos dos advogados. Em todas as demais profissões existem bons e maus profissionais e sempre que ocorre excesso de profissionais a lei de mercado faz com os jovens busquem alternativas.

Caso fosse eleito Presidente da República, quais seriam suas 3 prioridades?
Rubem B. Weber, PA

Bolsonaro - Obrigado pela lembrança e, se fosse o caso, conduziria o país de forma semelhante ao período entre 1964 a 1985, quando o professor era valorizado, o policial sentia orgulho de sua profissão, o Congresso tinha moral e o Judiciário era respeitado.

Deputado, quando e por que o senhor foi demitido do serviço ativo do Exército Brasileiro?
Nelson dos Santos Carmona, BA

Bolsonaro - Não fui demitido, mas sim transferido para reserva remunerada, por força de imposição legal, ao ser diplomado vereador pelo Município do Rio de Janeiro, em 21 de dezembro de 1988.

O senhor não acha que, se explanasse suas ideias de forma mais branda e sem partir para o lado pessoal, teria uma maior aceitação do público em geral?
Amanda Ferreira, DF

Bolsonaro - Sem contundência ninguém é ouvido. Temos excelentes deputados que expressam suas ideias de forma polida e por isso não encontram eco na mídia.

Como o senhor avalia a abordagem da imprensa em geral com suas opiniões?
Allysson Almeida, RJ

Bolsonaro - Nunca me dão o benefício da dúvida. Para mim, tudo é fato consumado. Não posso ter opinião contrária, pois sou tachado de preconceituoso. Tenho paz na consciência e falo o que penso e tenho apoio de considerável parcela da sociedade.

O deputado avalia que suas declarações são divulgadas corretamente ou distorcidas?
Ednilson Souza, DF

Bolsonaro - Acontece de tudo. Minhas declarações vendem jornais e revistas e dão audiência no rádio e na TV. As distorções são apenas detalhes.

Fonte: Revista Época

OS CAFETÕES DA FÉ.

Eu tenho um grande amigo que é músico de mão cheia e que há pouco recebeu um convite indecoroso por parte de um cafetão da fé. Segundo ele, o pilantra gospel lhe ofereceu juntamente com a ordenação pastoral, uma igreja que lhe pagaria um salário de X reais. Como  o meu amigo recusou a proposta, o cafetão aumentou a oferta, oferecendo  Y de salário. 

Pois é, se não bastasse isso , há pouco soube de um outro que vendeu a igreja  que era pastor e usou o dinheiro da venda em benefício próprio. 

Caro leitor, pare, pense e responda: que tempo são esses? O que esses caras fizeram do Evangelho de Cristo? São pastores vendendo e comprando títulos apostólicos, líderes comprando e vendendo cargos eclesiásticos, além de todo tipo de simonia.

Pois é caro amigo, os relatos acima me fazem lembrar das palavras do apóstolo Pedro que dizia:

"E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita." (II Pd 2:1-3)

Com dor no coração,

Maranata!

Renato Vargens

TEM UM JEITO MAIS FACIL DE IR AO CÉU - RECEBA JESUS CRISTO COMO O SENHOR E SALVADOR DE SUA VIDA .

aaaaScott Audette/Reuters
Nasa enche tanque do Atlantis e monitora condições 
climáticas; Atlantis vai protagonizar a última missão de um ônibus 
espacial Leia Mais

Procurador-geral pede a condenação de 36 réus do mensalão

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pediu ontem ao STF (Supremo Tribunal Federal) a condenação de 36 réus por envolvimento no esquema do mensalão. Somadas, as penas máximas chegariam a 4,7 mil anos de prisão.
O parecer de 390 páginas, ao qual a Folha teve acesso, é a última peça a ser enviada por Gurgel antes do julgamento do caso, denunciado em 2006 por seu antecessor, Antonio Fernando Souza.
"O Ministério Público Federal está plenamente convencido de que as provas produzidas no curso da instrução, aliadas aos elementos obtidos no inquérito, comprovaram a existência do esquema de cooptação de apoio político descrito na denúncia", escreveu Gurgel.
Folha Imagem
No sentido horário: José Genoino, José Dirceu, Roberto Jefferson e 
Marcos Valério, que são réus no processo do mensalão
No sentido horário: José Genoino, José Dirceu, Roberto Jefferson e Marcos Valério, que são réus no processo do mensalão
Se o caso for julgado procedente e nenhum dos crimes prescrever, o publicitário Marcos Valério de Souza, acusado de operar o esquema, poderá ser condenado a até 527 anos de prisão.
O ex-ministro José Dirceu (Casa Civil), chamado de "chefe da quadrilha", e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares pegariam até 111 anos.
Mesmo que o STF opte pelas condenações máximas, a legislação limita o cumprimento de pena a 30 anos, além de estabelecer regras para que os condenados diminuam suas penas.
Os réus sempre negaram a existência do esquema.
Depois de mais de cinco anos de processo, em que foram realizados diversas perícias e tomadas centenas de depoimentos, o procurador-geral concluiu que ficou comprovada a existência do esquema criminoso, revelado pela Folha em 2005.
O STF não estabeleceu prazo para o julgamento. O processo do mensalão é um dos mais complexos que a Corte já recebeu.
"Foi engendrado um plano criminoso voltado para a compra de votos dentro do Congresso Nacional. Trata-se da mais grave agressão aos valores democráticos que se possa conceber", escreveu Gurgel sobre a suposta distribuição de dinheiro em troca de apoio político ao governo do ex-presidente Lula.
Segundo o parecer, o grupo "agiu ininterruptamente" "entre janeiro de 2003 e junho de 2005 e era dividido em núcleos específicos, cada um colaborando com o todo criminoso em busca de uma forma individualizada de contraprestação".
Marcos Valério é apontado como "líder do núcleo operacional e financeiro" e José Dirceu, como "chefe da quadrilha", reeditando a expressão usada por Antonio Fernando Souza na denúncia.
"Marcos Valério, na condição de líder do núcleo operacional e financeiro, foi juntamente com José Dirceu, pessoa de fundamental importância para o sucesso do esquema ilícito de desvio de recursos públicos protagonizado pelos denunciados", afirma o documento.
Segundo Gurgel, o esquema tinha por objetivo, "mais do que uma demanda momentânea (...), fortalecer um projeto de poder do PT de longo prazo".
Sobre Dirceu, ele escreveu: "Partindo de uma visão pragmática, que sempre marcou a sua biografia, José Dirceu resolveu subornar parlamentares federais, tendo como alvos preferenciais dirigentes partidários de agremiações políticas".
"A força do réu é tão grande que, mesmo depois de recebida acusação por formação de quadrilha e corrupção ativa pelo pleno do STF, delitos graves, ele continua extremamente influente dentro do PT, inclusive ocupando cargos formais de relevo", concluiu o procurador.
Gurgel pediu a absolvição de dois réus: o ex-ministro Luiz Gushiken e Antônio Lamas.

fonte . http://www1.folha.uol.com.br/poder/940689-procurador-geral-pede-a-condenacao-de-36-reus-do-mensalao.shtml

FINAL DOS TEMPOS - Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia

Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar 'maldição do sexo', em Edeia Segundo relato da vítima à políc...