quinta-feira, 26 de maio de 2011

PARABENS PRESIDENTE DILMA , PELA CORAGEM - Governo não fará ‘propaganda de opção sexual’, diz Dilma sobre kit


‘Eu não concordo com o kit' anti-homofobia, afirmou presidente.
Segundo ela, governo não pode interferir na vida privada das pessoas.


A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (26) que não aprova o kit anti-homofobia que estava em elaboração pelo Ministério da Educação para ser distribuído como material didático às escolas. Segundo ela, o governo não pode interferir na vida privada dos brasileiros. Nesta quarta-feita (25), ela suspendeu a produção e entrega das cartilhas e vídeos contidos no kit.

“O governo defende a educação e também a luta contra práticas homofóbicas. No entanto, não vai ser permitido a nenhum órgão do governo fazer propaganda de opções sexuais”, afirmou, após cerimônia de assinatura de termos de compromisso para a construção de 138 creches.
Segundo Dilma, a função do governo é apenas educar para que se evite agressões e desrespeitos à diferença. “Nós não podemos interferir na vida privada das pessoas . Agora, o governo pode sim fazer uma educação de que é necessário respeitar a diferença, que você não pode exercer práticas violentas contra aqueles que são diferentes de você”, disse.
O kit seria composto por vídeos que tratavam de transexualidade e bissexualidade e que deveriam ser exibidos e debatidos em salas de aula do ensino médio no segundo semestre deste ano. O objetivo do material, composto de três filmes e um guia de orientação aos professores, seria trazer para o ambiente de 6 mil escolas o "tema gay" como forma de reconhecimento da diversidade sexual e enfrentamento do preconceito.


G1
Via Gritos de Alerta

ANGOLA EM FÓCO - Bispo sugere estudo de tradição democrática africana



Luena – O bispo da Diocese do Luena, dom Jesus Tirso Blanco, sugeriu hoje (quarta-feira), no Luena, a persistência de estudo de mecanismos de diálogo e a tradição democrática africana para o compromisso com a paz no continente, sem recurso à guerra.    
 
Falando à Angop, a propósito do 25 de Maio (Dia de África), o prelado católico insistiu na necessidade de se cultivar a cultura de diálogo e de democracia ao estilo do próprio africano, que deve ser participativo e coerente.
 
Lembrou que deve existir também o sentimento comum para com o sofrimento de um país irmão, incitando a solidariedade a nível político, diplomático e económico, para que a África esteja cada vez mais unida e capaz de enfrentar os inúmeros desafios que se lhe apresentam.
 
“Numa sociedade globalizada quem fica isolado morre”, alertou, assinalando que a África precisa desta união para combater, entre outros, o flagelo da fome e a pobreza, promover a justiça social, a distribuição equitativa de riquezas e a criação de maiores oportunidades para os cidadãos.
 
Por outro lado, advogou a necessidade dos líderes africanos terem consciência da mudança de poder de forma pacífica e que pautem pela alternância saudável, sem drama nem problemas.
 
Dom Jesus Tirso Blanco salientou que a eventualidade de ter razão não autoriza o exercício da violência. Deve-se esgotar todos os mecanismos para encontrar a solução através do dialogo, caso contrário o continente estará condenado a permanente situação de conflito latente.
 
Disse ser vontade de Deus que os africanos construam, de forma saudável, um projecto de país onde todos tenham lugar e não pensar que a única forma de substituir os cargos é o recurso às armas, o fomentar de guerras, que somente traduzem pobreza, separação de famílias, miséria, entre outros males.
 
Destacou ainda que a vulnerabilidade dos conflitos políticos endémicos em África, na sua maioria, favorecem a ingerência de interesses económicos externos, que os criam para destruir países inteiros.
 
Referiu de igual modo que os estados membros da União Africana (UA) devem promover, entre outros, métodos de estudo para ajudar a população a crescer em termos de democracia, num país ou região, a diversidade de fontes de informação e de meios de comunicação social.
 
Dom Tirso Blanco disse que a UA estaria mais homogénea se criasse também a comunicação aérea, porque, para si, neste  momento é mais fácil viajar para Europa, em geral, do que para países vizinhos africanos.

Deputados evangélicos e católicos protocolam PDL que susta reconhecimento da união gay no Brasil

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Os deputados protocolaram um Projeto de Decreto Legislativo, a PDL 224, que visa suspender a decisão do STF sobre o reconhecimento da união gay no Brasil. O deputado evangélico Roberto de Lucena foi um dos políticos que foram até o presidente da Câmara para apresentar o projeto.
A base do projeto é o fato da Constituição brasileira reconhecer como casamento a união estavel entre homem e mulher apenas, afirmando assim que a decisão do Supremo Tribunal Federal foi inconstitucional, por tanto deve ser suspensa. Ainda não se tem previsão de quando o projeto será movimentado na Câmara.
O texto da PDL 224, assinado pelo deputado João Campos, está disponível na íntegra para download.


Fonte: Gospel+

É O FINAL DOS TEMPOS - Igreja Presbiteriana escocesa pretende abençoar uniões gays e ordenar pastores homossexuais

Um pastor da Igreja Presbiteriana da Escócia diz que provavelmente renunciará depois que a denominação deu mais um passo importante para permitir a ordenação de pastores homossexuais ativos e assumidos nesta semana, com indicações de que até analisarão a possibilidade de abençoar uniões de mesmo sexo.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel “Estamos nos rendendo à sociedade… É um dia triste para a Escócia”, o Rev. Roddy MacCrae, pastor em Glenelg e Kintail, disse para o jornal Christians Together. “Eu provavelmente serei um dos que estarão deixando a Igreja da Escócia, e durante os próximos meses estarei decidindo isso”.
“Meu problema é que nosso testemunho está enfraquecido. A sociedade sabe que estamos indecisos e que não temos nenhuma voz moral”, acrescentou ele.
A Assembleia Geral, o órgão governante da denominação, instituiu uma moratória de dois anos em 2009 na ordenação de pastores que estão em relacionamentos de mesmo sexo e na discussão pública da questão.
Na segunda-feira, eles votaram 351 a 294 para “considerar mais a eliminação da moratória” e criaram uma comissão teológica que preparará um relatório sobre a questão para a reunião de 2013 da Assembleia Geral.
A comissão teológica também considerará “se os pastores deveriam ter a liberdade de consciência de abençoar parcerias civis e possível liturgia para tais ocasiões”, observa um comunicado à imprensa da Igreja da Escócia, também conhecida como Kirk.
A Assembleia Geral também votou para que pastores homossexuais ordenados antes de maio de 2009 tenham agora autorização para assumir responsabilidades pastorais.
A moratória de 2009 ocorreu depois de uma controvérsia violenta que acabou levando à decisão da Assembleia Geral de aprovar a nomeação do homossexual assumido Scott Rennie como pastor da Igreja Cruz da Rainha em Aberdeen. Rennie havia sido casado por cinco anos e tinha uma filha, mas na época de sua nomeação estava num relacionamento estável com um homem.
O Reverendíssimo David Arnott, moderador da Assembleia Geral, disse que a mudança desta semana “está analisando a possibilidade de inclusão [de homossexuais no pastorado]”, mas que “por enquanto nenhuma decisão foi feita”. Falando acerca dos que estão transtornados com a decisão, ele disse: “Estou ciente de que muitas pessoas estarão sofrendo hoje e a Igreja da Escócia tem um dever pastoral de cuidar dessas pessoas e lhes mostrar amor e compaixão”.
A mudança foi celebrada pelo Stonewall, organização homossexual de pressão política e legal, cuja filial escocesa disse que esperam que a decisão “sinalize o início da Kirk demonstrando compromisso para com a justiça, igualdade e dignidade nessa questão”.
“Embora estejamos aguardando decisões adicionais da Assembleia e detalhes sobre os próximos passos, esperamos que daqui a trinta anos essa mudança seja vista como uma tempestade em copo de água”, disse o diretor Carl Watt.
Entretanto, membros evangélicos e conservadores da Kirk estão protestando. Um relatório recente indicou que cerca de 100 mil membros e 20 por cento dos pastores e presbíteros abandonarão em protesto se a denominação permitir pastores homossexuais.
Nas deliberações, o Rev. Andrew Coghill recebeu altos aplausos quando assemelhou a mudança da Assembleia Geral a uma “granada de mão”, de acordo com o jornal Christian Post. “Estão nos pedindo para tirar o pino da granada. A igreja vai explodir em pedaços”.
No início deste mês, a Igreja Presbiteriana dos EUA formalmente aprovou a ordenação de homossexuais depois de uma batalha que durou décadas. A denominação votou para eliminar a exigência de que pastores devessem permanecer em “fidelidade no pacto do casamento entre um homem e uma mulher, ou castidade em sua vida de solteiro”.

Resposta ao artigo do Jihadista “Omar Israfil Dawud Bin Ibrahim” “A Bíblia Condena Imagens?”

Voce tem ‘medo da verdade’?

A Bíblia Condena Imagens?”


Voce tem ‘medo da verdade’? Então, não leia o “Rafik Responde ao Islam”!  

Uma Resposta ao artigo do Jihadista “Omar Israfil Dawud Bin Ibrahim” A Bíblia Condena Imagens?”

Ha alguns dias atrás, uma leitora do nosso blog me fez uma pergunta relacionada a um artigo que ela leu no blog do Jihadista Maxista Omar bin Laden. Vale a pensa ressaltar que ela visitou o blog dele por que eu coloquei um link ligando o meu blog ao dele (quem tem a verdade não teme colocar links da concorrência).
Eu aconselho as pessoas a lerem os artigos dos oponentes e decidirem por si mesmos. Mas o medo do Jihadista é tanto que ele nunca coloca nenhum link ligando o meu blog ao dele (tipicamente uma atitude dawagandista). 
Mas se voce chegou agora e não sabe o que estas novas palavras significam, para voce não ficar boiando, por “jihadista” eu me refiro aqueles que fazem de tudo (mesmo mentir) para estabelecer o reino Islâmico na terra, chamado Califado. E por “dawagandista” (vem do árabe Dawah = convite para o Islam) eu me refiro aqueles muçulmanos especialmente treinados pelos “jihadistas” para apresentar a religião Islâmica de uma forma atrativa ao povo brasileiro. Ja que os nomes foram esclarecidos, vamos prosseguir com a minha resposta.

O artigo se chama “A Bíblia Condena Imagens?”
Como o Omar saiu do Catolicismo, este é um tema que ele deve dominar bem. Ele mesmo ja deve ter cometido SHIRK muitas vezes e interessantemente SHIRK é o pecado imperdoável no Islam de acordo com a Sura 4: 48
Deus jamais perdoará a quem Lhe atribuir parceiros (shirk); porém, fora disso, perdoa a quem Lhe apraz. Quem atribuir parceiros a Deus cometerá um pecado ignominioso.”
Mas logo alguns versos depois, Allah volta atrás, se atrapalha todo, esquece que falou que não perdoa e perdoa a Arão por ter adorado a imagem do Bezerro. Quem entende Allah? Sura 4:153
“... E (mesmo) depois de receberem as evidências, adoraram o bezerro; e Nós os perdoamos, e concedemos a Moisés uma autoridade evidente.”
Bom ja vimos que conforme o Islam, o Omar ira para o inferno, porque ele ja se ajoelhou diante de imagens, mas se for sortudo como Moises, Allah pode ate perdoa-lo. Isso mostra que Allah na verdade não tem parâmetros para julgar nada. Ele diz que não perdoa mas depois diz que perdoa.
Eu poderia terminar o meu artigo aqui, mas para responder adequadamente a minha leitora, vamos dar mais umas cacetadas no artigo do Omar.

O Argumento Islâmico 
Deixe-me resumir brevemente o argumento do Omar. Voce pode ler o artigo dele na integra para comprovar que estou retratando o artigo dele corretamente:Bom! Ele começa dizendo que os protestantes condenam o “uso de imagens” na adoração a Deus porque isso é idolatria. E isso é verdade. O Omar menciona que alguns versos para se opor ao uso de imagens. Entre eles: 
Não farás para ti imagem esculpida de nada que se assemelhe ao que existe lá em cima nos céus, ou embaixo na terra, ou nas águas que estão debaixo da terra. Não te prostrarás diante desses deuses e não os servirás, porque eu,  Iahweh teu Deus, sou um Deus ciumento..." (Ex.20:4-5).
Mas ai ele lança o bote, o ataque:
Ele aponta para uma suposta contradição na Bíblia, onde Deus ORDENA a fabricação de IMAGENS, quando ele mesmo PROIBIU a fabricação de imagens.
Farás dois querubins de ouro, ... faze-me um dos querubins numa extremidade e o outro na outra: farás os querubins formando um só corpo com o propiciatório ... Porás o propiciatório em cima da arca ... os dois querubins que estão sobre a arca do Testemunho...” (Ex.25:17-22)
O Omar possivelmente pega muita gente desprevenida e as confunde. Como podemos resolver este dilema? Muito fácil. Mas vamos prosseguir.
Ele aponta a “contradição” da Bíblia, uma hora, Deus CONDENA outra hora Deus, COMANDA a Moises FABRICAR uma IMAGEM de serpente. Veja (Números 21:4-9)
Ele ataca o Deus da Bíblia dizendo que ele é um Deus incoerente, pois se este comandou Moises “esculpir uma serpente de bronze, por que se irou tanto com Aarão seu irmão, quando este fabricou o bezerro de ouro?” (Ex.32:19-20)
Basicamente, o argumento dele se resume em uma outra picaretagem intelectual. O Omar então faz outra acusação que contradiz ate mesmo testemunho do próprio Alcorão. A Sura 18:27 diz que a Bíblia é a Palavra de Deus e que ninguém pode mudar a Palavra de Deus, mas mesmo assim, ele diz que “As escrituras judaicas e cristãs foram corrompidas”.
Realmente, eu concordo que “CONTRADIÇÕES NÃO PODEM SER OBRAS DE DEUS” como ele afirma. Mas serão estes versos da Bíblia uma contradição ou manobras Jihadistas astutamente inventadas para confundir o publico católico?

Mas “A Bíblia Condena Imagens?” 
Vejamos a minha resposta: SIM e NÃO.
Sim, se a imagem for usada para fins de adoração.
Não, se a imagem for usada para fins de instrução. 

Iria perder a graça se eu der um NOCAUTE no Omar no primeiro segundo da luta, eu vou prosseguir “brincando de lutar” com ele, para que o publico aprecie uma boa luta pelo menos por uns 10 minutos. Depois eu NOCAUTEIO. 
O Omar astutamente, não tomou em conta as próprias palavras do texto. O próprio texto da Bíblia se explica:
Não farás imagens para ADORAR
O contexto diz claramente que Deus proibiu imagens para serem ADORADAS, para serem SERVIDAS. O texto diz: “Não te prostrarás diante desses deuses e não os servirás”. Adorar outros deuses é abominação ao Deus Jeová.

O Bezerro de Ouro
Isso explica o porque Deus se IROU contra Arão quando “fabricou o bezerro de ouro” pois Arão criou com um OBJETO de culto (bezerro de ouro) com o intento de ADORAR, SERVIR e se PROSTAR diante deste ídolo.


Os Querubins 
No entanto quando Deus ordenou a construção dos QUERUBINS na tampa da ARCA DA ALIANÇA, Deus não estava comandando nenhuma ADORAÇÃO aos Querubins. Deus estava ilustrando uma realidade espiritual dos céus, onde os Querubins estão sempre adorando diante de Deus.
Estes Querubins NUNCA se tornaram objetos de culto. Eles ficavam dentro do “tabernaculo” mais tarde do “templo” onde ficavam longe dos olhos do publico. Somente o Sumo Sacerdote entrava naquela parte do templo, uma vez por ano, no dia do PERDÃO, onde o sangue dos animais sacrificados eram oferecidos a Deus para o perdão dos pecados do povo.
Ou seja, aqueles Querubins de ouro nunca receberam adoração, nunca um Israelita os serviu ou se prostrou como se eles fossem deuses.

A Serpente de Bronze
O mesmo se aplica a SERPENTE de ouro que Deus comandou Moises fabricar. O povo desobedeceu a Deus e Deus os castiga enviando serpentes para matar o povo. Moises pede a Deus para perdoar o povo e Deus comanda Moises fabricar uma serpente de bronze para que “quem for mordido e olhar para ela viverá”.
Aquele era um SÍMBOLO do que Deus iria fazer quando Jesus fosse pregado na cruz. O próprio Jesus explicou a analogia em João 3:14-15
“E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado; Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
Deus usou a imagem (representação) da serpente (símbolo de morte) e o transformou em um SÍMBOLO de Salvação. Foi o próprio Jesus quem fez a aplicação desta verdade espiritual. Então no verso 16 Jesus fala o verso mais famoso da Bíblia (João 3:16)
“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
Deus NUNCA comandou o povo ADORAR esta serpente de bronze.  Porem, aquela serpente foi guardada como recordação das misericórdias de Deus em providenciar um escape para o povo, no entanto, mais de 600 anos depois, no tempo do Rei Ezequias, o povo estava cometendo idolatria e “queimando incenso” para a serpente. Ezequias então ordena a destruição da serpente. (2 Reis 18:4)
“Removeu os altares idólatras, quebrou as colunas sagradas e derrubou os postes sagrados. Despedaçou a serpente de bronze que Moisés havia feito, pois até àquela época os israelitas lhe queimavam incenso. Ela era chamada Neustã.”(Heb ‘coisa de bronze’)
Este episodio nos ensina que a adoração a Deus pode ser facilmente corrompida com o uso de imagens. Mas dizer que Deus proibiu completamente o uso de  imagens para propósito pedagógico é no mínimo ignorância bíblica.

Concluindo:
Somente Deus tem a autoridade de dizer quais imagens fazer  para ILUSTRAR ou ENSINAR uma verdade espiritual. Deus também comanda coisas “estranhas” para ilustrar um ensino espiritual.
Por exemplo: Deus abomina o sacrifício de seres humanos para falsos deuses, mas pede para Abraão sacrificar o seu ÚNICO filho LIVRE, Isaque. O propósito de Deus era ensinar uma verdade espiritual e usar estas parábolas vivas, para ensinar algo sobre SI MESMO. Deus iria enviar o SEU FILHO para ser sacrificado por toda humanidade. O próprio Alcorão reconhece este fato na Sura 37:102-103.

A Arca da Aliança e os Querubins no Alcorão
Esta na hora de apontar os canhões para o Islam! Será que o Alcorão menciona a Arca a que a Bíblia se refere? SIM.
O Omar disse que no Islam as imagens “são abomináveis à Deus”, então ele deveria REJEITAR o Alcorão, em vez de ficar criticando a Bíblia, pois no próprio Alcorão menciona a ARCA da ALIANÇA onde os dois ANJOS (Querubins) foram colocados: Veja na Sura 2: 248 
“E o seu profeta voltou a dizer: O sinal da sua autoridade consistirá em que vos chegará a Arca da Aliança, (al-ttabootu) conduzida por anjos, contendo a paz do vosso Senhor e algumas relíquias, legadas pela família de Moisés e de Aarão. Nisso terei um sinal, se sois fiéis.


“Pera ai”, então quer dizer que Allah “concordou” com a fabricação de IMAGENS e ate registrou isso no Alcorão? Allah chegou a falar que isso seria um SINAL para os fieis! Allah enlouqueceu? Mas o Jihadista Omar não disse que no Islam o uso de IMAGENS “são abomináveis à Deus”,? Como foi que Allah cometeu esta gafe? 

Veja o COMENTARIO do verso no Alcorão 
Ja vimos que Allah permitiu os Judeus a fazerem uma ARCA com a IMAGEM dos Querubins em cima, a menos que os Jihadistas nos provem que a Arca a que o Alcorão se refere NÃO é a Arca que a Bíblia menciona. Mas em todos os comentários do Alcorão, eles parecem estar de acordo que aquela era a Arca de Moises e de Arão.

Maomé e as IMAGENS
Outra pergunta que nos vem a mente é: Sera que Maomé permite o USO de QUAISQUER IMAGENS?
Não existe nenhum verso no Alcorão dizendo que pinturas de animais, arvores e de Maomé são proibidas. Somente na Hadith esta informação foi inserida, mas não existe nenhuma Hadith que diz que DESENHAR MAOMÉ é proibido. Em outras palavras, o Alcorão nem sequer traz toda a informação que o Islam precisa para funcionar direito.
Por esta razão, os muçulmanos mais sérios não aceitarão nem tirar uma foto deles.
Exemplo da literatura Sunnita:
A esposa favorita de Maomé, Aisha, disse o seguinte:
“Aisha narrou que: O Apóstolo de Allah disse: “O pintor desses imagens sera punido no Dia da Ressurreição, e será dito a eles, faça  viver o que vocês criaram”. (Bukhari vol.9 livro 93 No.646)
Outro exemplo vem da literatura Xiita:
“Ibn Umar relatou que o Mensageiro de Allah (p.e.s.e), disse: “Aqueles que pintam imagens serão punidos no Dia da Ressurreição, e sera dito a eles: Sopre uma alma (dê vida) naquilo que você tem criado.”
(Sahih Muslim vol.3 no.5271)
Esta claro que Maomé era meio “radicalzão” com esse negocio de pintura. Ele disse que TODOS, sem exceção, seja Muçulmano ou não, serão punidos por terem pintado uma imagem. Em outras palavras, TODAS as formas de ARTES de pinturas foram condenadas e proibidas por Maomé.

Jesus e a figura (imagem) de barro 
Aparentemente a razão para punir estes artistas, seria que eles NÃO serão capazes de dar vida as suas criaturas: “será dito a eles, faça  viver o que vocês criaram”.
O interessante é que o Alcorão revela que Jesus fez uma imagem de barro na forma de pomba e deu vida ao barro. Sura 3:49 e 5:110
“E ele será um Mensageiro para os israelitas, (e lhes dirá): Apresento-vos um sinal d vosso Senhor: plasmarei de barro a figura de um pássaro, à qual darei vida, e a figura será um pássaro... Nisso há um sinal para vós, se sois fiéis.”
ESQUISITO ne? O Islam diz que fazer IMAGENS é abominação para Allah, mas o Alcorão diz que Jesus fez imagens para brincar quando era criança. Seria mais uma contradição do Islam? Pelo menos no Alcorão Jesus fazia as suas imagens viver. UFA ! ... pelo menos Jesus não será punido no inferno! 

Aisha brincando com bonecas
Voce pode achar estranho, mas no Islam, ate as BONECAS são consideradas imagens e são proibidas. Mas a coisa fica ainda mais estranha, porque a mesma Aisha que contou estas historias, também contou que ela brincava de BONECAS, o que não deixa de ser uma forma de imagem que o Islam condena. Confira abaixo: Bukhari Volume 8, Book 73, Number 151:
“Narrado por Aisha: “Eu costumava brincar com as bonecas na presença do Profeta, e minhas amigas também costumavam brincar comigo. Quando o Apóstolo de Allah entrava (na minha casa) elas costumavam se esconder, mas o Profeta as chamava para brincarem juntas comigo. (Brincar com as bonecas e imagens similares é proibido, mas foi permitido para Aisha naquele tempo, porque ela era uma menina pequena, e não havia ainda chegado a idade da puberdade.) (Fatah-al-Bari página 143, vol. 13)”
Então existem exceções? Estranho! Eu achava que Maomé era radicalzão mesmo! Mas parece que a Aisha tinha exceção para tudo. Ela também tinha uma cortina

Pinturas e Cortinas com desenhos
Ate as Cortinas com figuras são proibidas no Islam. O Estranho é que nem Maomé sabia que o Anjo não entra na casa de quem tem pintura:
Narrado pelo pai de Salim: Uma vez Gabriel prometeu visitar o Profeta, mas ele se atrasou e o Profeta ficou preocupado com isso. Por fim, ele saiu e encontrou Gabriel e queixou-se a ele sobre a sua tristeza (pelo atraso). Gabriel disse-lhe: "Nós não entramos em um lugar em que haja uma imagem ou um cão." (Bukhari, Volume 7, livro 72, N. 843)
Aparentemente NINGUÉM SABIA que imagens era proibido, porque mesmo a filha de Maomé, FÁTIMA tinha cortinas com figuras na casa dela:
“Maomé foi ate a casa da Fátima, as retornou quando ele viu uma cortina com figuras” (Sunan Abu Dawud vol.3 livro 21 no.3746 pagina1060)
Ate mesmo a Aisha era ignorante desta NOVIDADE na lei. Ela também tinha uma cortina com figuras de animais e Maomé destruiu a cortina. Confira aqui em Bukhari vol. 8 book 73 no.130 - procure pelo numero 130.  
“Narrado por Aisha: O Profeta entrou quando havia uma cortina com figuras (de animais) na casa. A sua face ficou vermelho de RAIVA, então ele pegou a cortina e a partiu em pedaços. O profeta disse: “As pessoas que pintam estas figuras receberão um castigo severo no dia da Ressurreição”
O exemplo de Maomé é claro. Ele foi o primeiro “vidente” a dizer que Anjos não gostam de pinturas e artes gráficas. Ele destruiu TODAS as imagens que havia dentro de casa. Seja ela pintura de animais e ate proibiu o uso de bonecas.

Como conciliar estas “leis retrogradas” com os dias de hoje?
A historia nos relata que quando a Televisão chegou na Arábia Saudita e mostrou imagens de pessoas e animais, houveram protestos e mortes por causa da proibição de Maomé quanto a imagens.
Uma das primeiras coisas que o Taliban fez no Afeganistão para purificar a sociedade foi “DESTRUIR” todas as televisões do pais. Eles estavam tentando ser bons imitadores de Maomé.
Esta mais que evidente que a MAIORIA dos muçulmanos hoje fingem que Maomé não ensinou sobre as imagens e não praticam o que o seu falso profeta ensinou. Eles sempre acham uma desculpa para permitir o que Maomé proibiu.
Alguns dizem que se a FOTO não for usada para idolatria esta permitido. Mas não foi exatamente este o meu ponto no inicio do artigo? Deus comandou a fabricação de imagens para ILUSTRAR e ENSINAR, não para serem adoradas.
Ou seja, um bom muçulmano, não usaria, a televisão, fotos, livros, imagens, YOUTUBE etc para promover o Islam.

Sera que DESENHOS de Maomé são realmente proibidos no Islam?
Aparentemente os muçulmanos do passado não sabiam que era proibido desenhar Maomé. Eles querem matar os desenhistas da Finlândia mas fazem vista grossa para as imagens do passado.
Existem milhares de imagens de Maomé nos livros Islâmicos ao redor do mundo. Para ver algumas imagens desta coleção, basta apertar AQUI no arquivo das IMAGENS DE MAOMÉ.
Mas o que os “MODERNOS” muçulmanos pensam sobre fotografia? Para voce ter uma idéia basta acessar alguns sites sobre FATWAS e ver o que eles pensam. Por exemplo: http://www.islamqa.com/en/ref/365 onde diz que fotografia cai na categoria de “tasweer” ou imagens e esta proibido no Islam, mas eles abrem uma exceção para fotos com o propósito de IDENTIDADE.
A pagina ainda diz que:
“O Muçulmano, não deve ter nenhuma imagem de seres animados em sua casa, porque elas IMPEDEM os ANJOS de entrarem.  O Profeta (p.e.s.e) disse: “Os anjos não entram na casa na qual ha cães e pinturas” (Narrado por al-Bukhaari, veja al-Fath, 10/380).”
Todas as Hadiths dizem que Allah ira PUNIR os fazedores de imagens, mas não existe Hadith comandando os MUÇULMANOS a punirem os fazedores de imagens, mas geralmente são eles que praticam a punição. Um bom exemplo foi o fiasco das Caricaturas de Maomé, desenhada na Finlândia. 
Voce ja imaginou se SHARIA fosse implementada no Brasil? Todos os fotógrafos e artistas seriam ser, apedrejados ou queimados na fogueira?
Mas sera que o Jihadista Salafista Omar bin Laden tem fotos em casa? Ou no site dele? E aquela foto “lindia” dele e da esposa no blog? Ou na Mesquita? Sera que ele tem fotos de Meca? 
Mas não se preocupe Sr. Omar HIPOCRITUS bin Landen, eu estou disposto a ir ate a sua casa para retirar e queimar todas as fotos e pinturas, e quebrar todas as TVs, Vídeos, DVDs e câmeras da sua casa para que voce possa ser um bom muçulmano.

E a PEDRA PRETA?
Eu estava quase me esquecendo da famosa PEDRA PRETA de Meca! Por que os muçulmanos beijam aquela pedra? Alguém sabe me dizer? Sura 5:90
“Ó fiéis, as bebidas inebriantes, os jogos de azar, a dedicação às pedras e as adivinhações com setas, são manobras abomináveis de Satanás. Evitai-os, pois,”
Parece que os muçulmanos precisam prestar mais atenção no seu próprio livro sagrado. O Alcorão claramente diz que DEDICAÇÃO as PEDRAS são  “manobras abomináveis de Satanás” e ainda diz para EVITA-LO.
Maomé condenou idolatria, mas no entanto Maomé é pego com a boca na botija, beijando uma pedra preta e fazendo o que Allah condenou:
“Narrado pelo pai de Salim: EU VI O APOSTOLO DE ALLAH chegando em Meca; ELE PRIMEIRO BEIJOU A PEDRA PRETA do canto enquanto fazia a Tawaf e fez ramal nas primeiras três voltas das sete voltas (da Tawaf). (Bukhari, Volume 2, Livro 26, Numero 673)
Não seria isso idolatria pura? Sim, Maomé cometeu idolatria.
Outra preciosidade da tradição Islâmica nos informa que os primeiros muçulmanos não sabiam NEM A RAZÃO por que Maomé beijou a pedra. Eles faziam isso por pura imitação:
“Narrado por Az-Zubair bin Arabi: Um homem perguntou a Ibn Umar sobre o TOCAR A PEDRA PRETA. Então Ibn Umar disse, “EU VI o Apostolo de Allah tocando e beijando a pedra”.  O interrogador disse, “Mas se houvesse uma multidão (com pressa) em volta da Caaba e as pessoas me sobrepujarem, (o que eu faço?)” Ele respondeu com raiva: “Fique no Iêmen (o homem era do Iêmen) . Eu vi o Apóstolo de Allah tocar e beijar a pedra. " (Bukhari, Volume 2, Livro 26, Numero 680)
O interessante é que o Califa Umar estava CONVERSANDO com uma pedra inanimada. Preste atenção no dialogo:
“Narrado por Abis bin Rabia: Umar veio PERTO da PEDRA PRETA e a BEIJOU e disse: “SEM DUVIDA, Eu sei que voce é uma PEDRA e que NÃO PODE BENEFICIAR ou PREJUDICAR NINGUÉM. Se e não tivesse visto o Apostolo de Allah beijar voce, eu não teria te beijado” (Bukhari, Volume 2, Livro 26, Numero 667)
Mas não foram exatamente estas palavras “BENEFICIAR ou PREJUDICAR” que Abraão no Alcorão, falou para o povo que adorava IMAGENS? Veja Sura 21:66:
“Então, (Abraão) lhes disse: Porventura, adorareis, em vez de Deus, quem não pode beneficiar-vos ou prejudicar-vos em nada?

Conclusão
Deixe-me emprestar as boas palavras de advertência do Jihadista OMAR:
“Pense leitor, Deus não é contraditório, logo tais contradições nada mais são que os rastros da influência nefasta do ego humano. O grande problema em relação aos estudos do ALCORÃO hoje na maioria das SEITAS ISLÂMICAS, para não dizer todas, é que estudam o ALCORÃO e as HADITHS isoladamente, e quando comparam estes LIVROS, o fazem apenas em partes já pré-determinadas por seus teólogos. Fica aqui um chamado para você CRISTÃO e MUÇULMANO: Estude realmente o seu ALCORÃO e a SUA BÍBLIA! Não se deixe manipular...”

Queridos muçulmanos, vocês podem ver que a sua religião tem mais furos que queijo suíço?
Arrependam-se, voltem-se para o Deus verdadeiro, Jesus.
Abandonem o Islam e o falso profeta do Islam.
Que Deus tenha misericórdia de todos vocês e os guiem a verdade: JESUS CRISTO.
Rafik 


COPIADO DO SITE DO RAFIK .

Perdoar para ser perdoado


 
"Então, Pedro, aproximando-se, lhe perguntou: Senhor, até quantas vezes meu irmão pecará contra mim, que eu lhe perdoe? Até sete vezes? Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete." Mt. 18:21,22

 Deus quer nos falar neste dia sobre um assunto tremendamente importante. Eu diria essencial para que os relacionamentos em família possam gozar de inteira comunhão. Refiro-me ao perdão. Por desconhecermos as implicações do ato de perdoar e ser perdoado é que vemos a cada dia lares se desfazendo, filhos abandonando os seus pais, casais se divorciando, irmãos brigando contra irmãos. De fato existe muita falta de perdão.
A Bíblia é bem clara ao afirmar “que por se multiplicar as iniqüidades o amor de muitos se esfriariam.” Infelizmente vivemos um caos principalmente dentro do âmbito familiar. São famílias que não se entendem. Pessoas vivendo debaixo do mesmo teto mas se agredindo mutuamente com palavras agressivas e também fisicamente. Filhos desrespeitando os seus pais, pais com total falta de temor a Deus irritando por sua vez os seus filhos e trazendo discórdias no seio da família. Enfim feridas na alma que são abertas a todo instante e que parece não ter solução para sua cura, para a sua total cicatrização. O que está acontecendo afinal? Como acabar com isso? Como fazer que a paz possa voltar ao lar que está mergulhado em desencontros? Como fazer com que os valores morais e sobretudo espirituais cheguem ao coração de nossos amados? A reposta para estas questões está centralizada na pessoa de Jesus Cristo.
Conhecendo Jesus e tendo uma experiência com Ele tudo pode mudar. Infelizmente existe uma tendência de grupos religiosos que insistem em atribuir ao diabo tudo o que acontece de ruim em nossa vida e na vida de nossas famílias. Mas o fato é simples de entender. Quando abrimos as nossas mentes, os nossos corações na direção daquele que tem as respostas, Isto é quando nos voltamos em sinceridade para Deus. Ele sim, Jesus, tem as respostas para as nossas inquietações pessoais e familiares. Tiago nos diz claramente:  “Ninguém ao ser tentado diga, sou tentado por Deus, pois Deus não pode ser tentado pelo mal e Ele a ninguém tenta. Mas cada um é tentado quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.” Tg 1:14,15
De fato somos nós mesmos, com nossas decisões e escolhas erradas é que atraímos as conseqüências imprevisíveis e muitas vezes irreversíveis em nossa vida nesta terra. Existe um fator que trava toda e qualquer possibilidade de comunhão intensa com Deus e com os nossos semelhantes. É a falta de perdão. Não perdoar aquele que nos agride, aquele que tem traído a nossa confiança fará com que os céus se fechem para nós. Pedro argüiu Jesus “até quantas vezes meu irmão pecará contra mim, que eu lhe perdoe? Até sete vezes?” Talvez seja esta a sua pergunta nesta oportunidade. Na mente de Pedro surge um número, o número sete que estava condicionado a lei dos judeus. Porém ao responder a inquietação de Pedro, Jesus o surpreende dizendo-lhe : “Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete.“ Isto representa no meu modo de pensar que quatrocentos e noventa vezes devo perdoar o meu irmão por uma mesma ofensa recebida.
Em outras palavras. Se o seu filho lhe fez algo que o chateou, aquela ofensa deverá ser perdoada 490 vezes. Se o seu cônjuge o magoou em alguma área, 490 vezes o perdão deve entrar em ação. O perdão é Divino, é de Deus mas para praticá-lo também devo estar em Deus. Hoje é tão comum pensarmos que basta apenas pedirmos perdão a Deus e resolveremos a questão pendente com o nosso irmão.(a) Não é assim que o problema será resolvido. Eu tenho que ter aquela consciência que se eu pequei eu devo procurar a pessoa que está sendo alvo de minha inquietação pessoal e pedir-lhe perdão. Depois eu terei liberdade de ir perante Deus para pedir-lhe perdão também. Tantos relacionamentos rompidos principalmente nas famílias por falta do temor do Senhor.
Cria-se na mente várias justificativas que anulam a atitude correta de tomar a decisão para resolver de vez o problema. A oração que Jesus nos ensinou, a tão conhecida oração do Pai Nosso, Jesus é bem positivo para conosco quando diz: “Que se não perdoarmos o nosso próximo, não seremos perdoados por Ele.” Se não tivermos a atitude de resolvermos o problema que está pendente com o nosso próximo, Deus também não poderá nos perdoar. Amado(a) você conhece alguém assim? Quem sabe o Espírito Santo neste momento está lhe revelando que existe alguém em sua própria família com quem você tem algum problema não resolvido. Será que você tem dificuldade de perdoá-la? Sabe o que você vai fazer? Eu quero lhe dar alguns conselhos práticos e tenho a certeza absoluta que vai ajudá-lo(a) neste dia.
1. Verifique em oração diante de Deus se existe alguém cujo perdão você tem retido.
2. Se você identificar pessoas ou situações, peça a Deus que lhe dê coragem e estratégias vindas da parte Dele para resolver a situação.
3. Dirija-se a esta pessoa ou pessoas na primeira oportunidade e peça-lhe perdão. Se estiver longe lhe escreva uma carta, e-mail ou use o telefone mas lembre-se: “Não é um simples pedido de desculpas. É pedir perdão de coração.” Não é hora de fazer discursos. Não é hora de aproveitar da situação para achar erros na(s) pessoa(s) em questão. É hora de resolver os problemas com seu pedido de perdão.
4. Ore junto com esta pessoa. Agradeça a Deus por estarem tentando se entenderem novamente diante de Deus. Obs. Se a pessoa não lhe der o perdão. Você está liberado diante de Deus, pois tentou fazer a sua parte e você poderá ter agora a sua consciência livre de culpa.
Amigo(a) Talvez você tenha razões de sobra para a sua atitude de afastamento e retenção do perdão. Mas lembre-se: A vitória com certeza chegará a sua vida quando você derrubar esta parede de separação. Alguém disse “Que perdão é a habilidade de começar tantas vezes quanto forem necessárias” Uma das coisas que Jesus bateu mais de frente quando estava aqui nesta terra, foi contra os religiosos e hipócritas de sua época. Volta e meia Ele estava frente a frente com as pessoas que gostavam de fazerem intrigas e que traziam tantas perturbações, tanta falta de paz no meio das famílias. Que adianta ir a Igreja, cantar no coro ou pertencer a uma banda de louvor, ouvir os sermões do pastor, participar das celebrações e não ter a motivação de ter um coração limpo, um coração transparente perdoando e sendo perdoado.
Deus está em nossos dias e principalmente na família mostrando-nos que para alcançarmos a paz, a alegria, harmonia de pensamentos e comunhão com Deus e uns com os outros o perdão se faz necessário sempre, todos os dias, todas as horas, todas as pessoas, todas as situações. Somente com o coração livre, sem rancor, sem ódio é que teremos famílias abençoadas e felizes no Senhor. Agora um detalhe muito importante. Quem sabe você deve estar com este pensamento “ Você está dizendo isto pastor Nélson, porque não conhece o meu problema? Não conhece a minha dor, não conhece o meu sofrimento. Não sabe o que meu cônjuge me fez. Não sabe o que o meu filho, o meu pai, o meu irmão aprontou comigo” De fato muitas coisas estão chegando à sua mente neste instante de confronto com a Palavra de Deus.
Eu não sei a dimensão do seu problema, mas eu sei de uma coisa e eu quero que você esteja atento(a) para isto. “Eu sei que Jesus não só conhece o seu problema, como também Ele conhece você. Sabe por que? Porque Jesus Cristo lhe ama. por isso o entende e posso lhe garantir que você não está sozinho(a) nesta situação. Jesus é o único que pode ajudá-lo(a) a se ver livre da culpa, do medo, dos transtornos, da revolta, do ódio, do rancor e da amargura que provavelmente está em seu coração.” Jesus é o único que pode lhe dar esperança, pode lhe dar alento, pode trazer-lhe a paz e mostrar-lhe perfeitamente o caminho que você deve seguir. Jesus lhe diz neste instante “Vale a pena liberar perdão” “ Vale a pena pedir perdão” “Vale a pena deixar o comando de sua vida em minhas mãos” Na verdade o que quero lhe dizer é quando você caminhar na direção daquela pessoa que de fato lhe prejudicou um dia, não é você que estará ali levantando a bandeira paz, é Jesus que estará fazendo isto por meio de você.
Amigo(a) vamos resolver aquela situação pendente? Quero orar para que você se sinta encorajado de resolver esta tarefa tão difícil porem gloriosa. Quem sabe hoje o Espírito Santo lhe trouxe na memória uma situação que exige de você um posicionamento inadiável. Hoje é o dia, o momento é agora.
Pr. Nélson

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...