segunda-feira, 28 de março de 2011

CUIDADOS AO TRAZER PREGADOR DE FORA




Após tantas decepções, incômodos e até mesmo prejuízos, será que ainda dá para convidar pregador de fora? Será que o risco compensa?

Esta prática, se bem conduzida, pode se constituir no melhor – talvez único – tratamento preventivo contra os males do isolamento, especialmente a arrogância e a degeneração, pois, sozinho, ninguém consegue analisar e corrigir-se a si mesmo de forma adequada. Precisamos do olhar do outro, de uma voz independente, de uma reflexão esquecida, de uma crítica sincera, de novas perspectivas, de troca de experiências, de caminhos alternativos.

Ainda em sua defesa, cito alguns “pregadores de fora” mencionados na Bíblia, importantíssimos em determinados momentos da história, como Jonas e Amós, e o próprio Senhor Jesus.

Deus sempre os enviou, por isso, devemos pressupor que se trata de um recurso importante. No entanto, ao  convidá-los, a igreja deve tomar certos cuidados para minimizar os riscos. Estas perguntas podem ajudar:
- Como saber se a pessoa é um mensageiro fiel, ou um bajulador?
- Como saber se é gente séria, ou um mercenário?
- Como saber se trazê-lo neste momento é da vontade de Deus?

O MENSAGEIRO FIEL
Tem igreja que pensa que mensageiro fiel é aquele que “bate” no povo. Seria este o melhor modo de julgar? É tão fácil mexer com a consciência de uma igreja! Basta citar alguns dos erros mais comuns que estão ocorrendo por aí. É quase impossível errar.

Não é assim que se determina fidelidade; fiel é aquele que entrega
para a igreja o recado que recebeu de Deus, seja o que for, doce ou amargo.

Se uma igreja está precisando de um corretivo, é claro que a mensagem será mais dura. No entanto, se a igreja está doente, ferida, precisando restaurar a sua fé e esperança, creio que a mensagem vinda do coração do Pai seria de amor, ainda que contenha algumas exortações.

Imagine um doente grave numa cama que, ao invés de receber remédios e cuidados, leva uma surra do médico. Absurdo, não é mesmo? Não me parece razoável afirmar que Deus age assim, sem nenhuma sensibilidade para com a nossa dor.

O BAJULADOR
Ao contrário daqueles que “batem” no povo à torta e direita, há uma penca de pregadores que, para garantir uma boa oferta e novos convites, descaradamente bajulam as igrejas e os líderes que os convidam. E como sempre há gente vaidosa que adora elogio, não faltam convites para este tipo de pregador. É a combinação perfeita para Satanás, pois se a igreja estiver errando nalguma coisa, continuará em seus maus caminhos. Talvez fique até pior, pois acabará insensível à verdadeira voz de Deus. São os “tempos trabalhosos”, profetizados em II Timóteo 3.1.

A Bíblia ainda nos adverte que nos últimos dias as pessoas “não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas” - II Tm 4.3-4.

Fuja dessa gente! Fuja dessa vaidade! Fuja dessa combinação!
 
GENTE SÉRIA, OU MERCENÁRIO?
Os mercenários são aqueles que a Bíblia, há 2.000 anos, já nos alertava que “farão de vós negócio com palavras fingidas” – II Pe 2.3. Seu negócio é só dinheiro. Sua conversa é puro fingimento. Suas incessantes “necessidades” são mentiras ou resultados de seu estilo de vida desgraçado.

Gente séria também precisa de dinheiro, é claro, mas faz a obra por amor e não por interesse. São pessoas coerentes, que se pautam pelo princípio ensinado em II Coríntios 12:14: “Eis aqui estou pronto para pela terceira vez ir ter convosco, e não vos serei pesado, pois que não busco o que é vosso, mas sim a vós”.

Cabe aqui um alerta: Têm igrejas que enchem os bolsos dos mercenários (pois estes sabem pedir e não têm vergonha de fazê-lo) e, por outro lado, tratam os pregadores sérios a pão e água. Parece um castigo. E até pode mesmo ser um castigo de Deus a estes grupos que estão “matando os Seus profetas”.

Invertam isso, meus irmãos. Se vocês querem que os mercenários nunca mais voltem, basta fechar a “torneira”. Raramente eles voltam numa igreja que lhes deu pouco lucro. Mas, para com os mensageiros de Deus, sejam generosos, com alegria e profunda gratidão, pois digno é o trabalhador do seu salário.
 
O HEREGE
Herege não é aquele que vê, pensa e fala diferente de nós. Tais divergências é até bom que aconteça, pois é este um dos motivos pelos quais devemos trazer gente de fora, especialmente de outras igrejas.

Herege é outra coisa. Herege é aquele que se desvia das Escrituras.

Se a mensagem do pregador não sai fora da Palavra, a igreja deve refletir nela, goste ou não. Mas, se contraria uma única vírgula bíblica, deve ser denunciada e rejeitada. E aqui cabe mais uma nota: Muitas igrejas já não são capazes de perceber ensinamentos heréticos, pois não estudam as Escrituras, nem meditam nas suas doutrinas.

Jesus era pregador de fora. Era de fora por que foi visitar outros povos, além dos judeus. Era de fora por que seu “reino não é deste mundo”. Era de fora por que veio do céu. Jesus era pregador de fora, mas nunca andou fora da Palavra ou da vontade de Deus.
 
A HORA CERTA
A melhor hora para convidar alguém de fora é quando a igreja se sente, de certa forma, desorientada ou estagnada, ou em conflitos internos, com dificuldades no diálogo.

Em momentos assim, a igreja precisa se reunir, orar e pedir a Deus o discernimento do “Quem” e “Quando” convidar.

Se o caso é de conflito interno, jamais convidem alguém que já esteja com a “cabeça feita”. O melhor, nestas situações, é convidar alguém totalmente alheio ao que está acontecendo.

Um cuidado também importante é os membros não postarem em seus blogs os problemas que estão sendo vivenciados em
suas igrejas, para que pregadores mal intencionados (mas muito bem treinados na área digital) não venham a se valer destas informações com fins escusos.
 
OS CUIDADOS NECESSÁRIOS
1.      Oração
Orem bastante, pois colocar uma pessoa errada no púlpito da sua igreja pode render-lhes dores de cabeça por um bom tempo.

2.      Honestidade
Não convidem pregador de fora para atrair pessoas visando o crescimento numérico da igreja. Leiam o artigo "Evento ou É vento?", que trata das motivações para convidar pregador de fora.

3.      Investigação
Com tantas redes de relacionamento e informações à disposição hoje em dia, as igrejas não têm mais dificuldade em investigar preventivamente o caráter da pessoa que vai ser convidada. Não se impressionem com o “brilho” dos sites. Vão a fundo. Melhor prevenir que remediar. Creio que nenhum homem ou mulher de Deus se sentirá ofendido em prestar-lhes informações sobre:
- Sua conversão.
- Sua formação acadêmica.
- Sua igreja (cuidado com pregador ou cantor “itinerante”, isto é, sem igreja). Peça o nome e o telefone da sua igreja/pastor.
- Seu trabalho secular.
- Sua família.
- Seus 3 últimos convites (com data, nome e telefone das igrejas/pastores que os convidaram.) Telefonem para estes lugares, confirmem as informações e peçam reverência.
- Suas contribuições ao reino de Deus (tipos e áreas em que mais atua, livros e artigos, CD e DVDs). Se possível, peça alguns dos seus textos/trabalhos.
- Seus sites, blogs e redes de relacionamento.
- Etc.

4.      Discernimento
Mesmo que tudo esteja “direitinho”, continuem orando, pois o discernimento espiritual é um dom perfeito dado pelo Espírito Santo à igreja visando justamente isso, que ela não caia em engodos.

5.      Acertos preliminares
5.1 - As questões financeiras
Devem ser discutidas com clareza, antecipadamente. O natural é que a igreja hospedeira pague as despesas com transporte, alimentação e hospedagem, além da oferta, que deve expressar a sua gratidão e  generosidade.

Ainda tenho muita dificuldade com pregadores e cantores que cobram cachê ou forçam a venda de produtos e/ou serviços, mas, se for este o caso, estabeleçam regras e valores bem definidos. Se vai haver cobrança de taxa de inscrição, venda de materiais e/ou produtos pessoais, como livros, apostilas, CDs, DVDs etc.

As despesas com transporte (passagens e traslados, ida e volta, estacionamento de aeroporto na origem ou táxi ou ônibus, combustível e pedágios para carro etc.) devem ser pagas antes da viagem. No pior dos cenários, os convidados ficam com a opção de dar meia-volta e voltarem para suas casas.

Acertem com antecedência se o convidado vem sozinho ou se pode trazer outras pessoas com ele. Quanto mais gente, mais despesas.

Peguem recibo de tudo o que for pago, com data, nome por extenso e CPF do recebedor.

5.2 - Hospedagem
O melhor é que os convidados fiquem em hotel ou casa de retiro, acertando-se com antecedência o local. Ao invés de ficar responsável pelo fechamento da conta, o mais prudente é a igreja dar aos convidados o dinheiro das diárias, para evitar surpresas desagradáveis.

Se a hospedagem vai ser em casa de irmãos, os cuidados devem ser redobrados. Cuidem da aparência do mal e do próprio mal em si. Não coloquem convidados estranhos em casas de irmãos. Coisas ruins já aconteceram por aí, em situações semelhantes.

Não cansem os convidados. Só optem por esta solução se não houver hotel disponível e se na casa onde os convidados vão ficar houver um quarto ou kitnet em separado. É muito desgastante para os convidados e para as famílias hospedeiras ficarem o dia inteiro “fazendo sala” uns para os outros.

E não humilhem os convidados. Não os coloquem em qualquer lugar. Eles não são obrigados a dormir em ambientes sujos, embolorados, fedidos, em casas fechada a dias ou meses e coisas do tipo.

5.3 - Alimentação
Aqui neste item as igrejas costumam errar ao submeter os convidados a dietas estranhas demais para eles, obrigando-os, praticamente, a provar todos os seus pratos típicos.

Perguntem aos convidados, antecipadamente, o que preferem comer. Se houver algum exagero em suas exigências, procurem chegar a um meio-termo. Se não houver acordo, cancelem o convite.

Em geral, os convidados mais experientes preferem alimentação leve e saudável, para não incorrerem em riscos alimentares desnecessários, que podem acabar com a sua missão antes mesmo dela começar.

5.4 - Divulgação
Geralmente quem banca esta despesa é a igreja hospedeira, mas, dependendo do combinado, elas podem ser rateadas entre as partes interessadas em explorar o evento economicamente.

Neste item podem estar relacionados os cuidados com a organização, divulgação, preparação do local, inscrições, recepção, intercessão, alimentação, limpeza, som etc.

6.      Outros cuidados
- Envolva a igreja desde o início, levando-a a refletir na necessidade ou não de se convidar alguém de fora, no preparo espiritual e emocional da igreja, nas orações e jejuns em favor dos convidados etc. Quando chegar a ocasião, a igreja estará aguardando com ansiedade e compromisso.

- Cuidem que os convidados tenham tempo para repouso, orações e estudo. Não os cansem com atividades extras, conversas até alta noite, atendimentos particulares etc.

- Dêem aos convidados condições para que cumpram a missão para a qual foram convidados.

- Tomem cuidado com os convidados que entendem de tudo, fazem de tudo, ministram de tudo.

- Não "usem" pessoas de fora como árbritos de seus conflitos internos. Um bom pregador pode não ser, necessariamente, um bom conciliador
.

- Combinem com os convidados a questão dos horários de início e fim das atividades, e de quais providências serão tomadas, caso eles excedam o horário.

CONCLUSÃO
Tudo isso pode parecer um pouco exagerado, mas “os dias são maus” e todo cuidado é pouco. No entanto, este artigo não foi escrito para desanimar. Ao contrário, foi escrito para ajudar, para que essa prática tão antiga do povo de Deus continue a existir nos séculos vindouros, até a volta do Senhor. Quando, então, não haverá mais necessidade de pregador de fora, pois "quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também"
(João 14:3).
.


Pr Ronaldo Franco
Presidente do COPEB

Laranjas compram rádios e TVs do governo federal



Por trás das empresas há políticos, especuladores e até igrejas que, assim, conseguem ocultar a participação.

Empresas abertas em nome de laranjas são usadas frequentemente para comprar concessões de rádio e TV nas licitações públicas realizadas pelo governo federal, aponta levantamento inédito feito pela Folha.

Por trás dessas empresas, há especuladores, igrejas e políticos, que, por diferentes razões, ocultaram sua participação nos negócios.
Durante três meses, a reportagem analisou os casos de 91 empresas que estão entre as que obtiveram o maior número de concessões, entre 1997 e 2010. Dessas, 44 não funcionam nos endereços informados ao Ministério das Comunicações.

Entre seus "proprietários", constam, por exemplo, funcionários públicos, donas de casa, cabeleireira, enfermeiro, entre outros trabalhadores com renda incompatível com os valores pelos quais foram fechados os negócios.

Alguns reconheceram à Folha que emprestaram seus nomes para que os reais proprietários não figurem nos registros oficiais. Nenhum, porém, admitiu ter recebido dinheiro em troca.

Há muitas hipóteses para explicar o fato de os reais proprietários lançarem mão de laranjas em larga escala.

Camuflar a origem dos recursos usados para adquirir as concessões e ocultar a movimentação financeira é um dos principais.

As outras são evitar acusações de exploração política dos meios de comunicação e burlar a regra que impede que instituições como igrejas sejam donas de concessões.

Não há informação oficial de quanto a venda das concessões públicas movimentou. De 1997 a 2010, o Ministério das Comunicações pôs à venda 1.872 concessões de rádio e 109 de TV. Licitações analisadas pela reportagem foram arrematadas por valores de até R$ 24 milhões.

Também não existem dados oficiais atualizados sobre as licitações disponíveis para consulta. As informações do ministério deixaram de ser atualizadas em 2006.

Para chegar aos donos das empresas, a Folha cruzou informações fornecidas pelo governo com dados de juntas comerciais, cartórios, da Anatel e do Senado, que tem a atribuição de chancelar as concessões.

EM NOME DE DEUS
Pessoas que admitiram ter emprestado seus nomes dizem que o fizeram por motivação religiosa ou para atender a amigos ou parentes.

Donos, respectivamente, das Rádio 630 Ltda. e Rádio 541 Ltda., João Carlos Marcolino, de São Paulo, e Domázio Pires de Andrade, de Osasco, disseram ter autorizado a Igreja Deus é Amor a registrar empresas em seus nomes para ajudar a disseminar o Evangelho.

Políticos também podem estar por trás de empresas. O senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Senado, é apontado pelo sócio no papel da Paraviana Comunicações como o real dono da empresa, que comprou duas rádios FM e uma TV em licitação pública.

Em e-mail enviado à Folha, João Francisco Moura disse que emprestou o nome a pedido do amigo Geraldo Magela Rocha, ex-assessor e hoje desafeto de Jucá.

Magela confirmou a versão. O senador foi procurado quatro vezes pela reportagem para responder à acusação, mas não se pronunciou.

O radialista e ex-deputado estadual Paulo Serrano Borges, de Itumbiara (GO), registrou a Mar e Céu Comunicações em nome da irmã e do cunhado. A empresa comprou três rádios e duas TVs por R$ 12,7 milhões e, em seguida, as revendeu.

Borges disse apenas que usou o nome da irmã por já ter outras empresas em seu nome, sem dar mais explicações. E que revendeu as concessões por não ter dinheiro para montar as emissoras.

Chama a atenção o fato de que algumas concessões são adquiridas com ágio de até 1.000%. Empresários do setor ouvidos pela Folha dizem que as rádios não são economicamente viáveis pelos valores arrematados. O setor não tem uma explicação comum para esse fenômeno.

A rádio de Bilac (SP), por exemplo, foi vendida por R$ 1,89 milhão, com 1.119% de ágio sobre o preço mínimo do edital. A empresa está registrada em nome de uma cabeleireira moradora de Itapecerica da Serra (SP).

"Só dei o meu nome para a igreja arrumar emissoras", diz evangélico
Sócio de rádio, Domázio diz não ter dinheiro para pagar concessão
DA ENVIADA A OSASCO (SP)

O evangélico Domázio Pires de Andrade, 74, vive da pensão de um salário mínimo numa casa humilde em terreno público invadido.

No papel, é sócio da empresa Rádio 541 Ltda., com Antonio Ribeiro de Souza, ex-vice-presidente da Igreja Deus é Amor. A empresa comprou quatro rádios em Minas, por R$ 200 mil. Após trabalhar por 24 anos na igreja, Domázio foi demitido e aderiu à Clamor dos Fiéis.

A direção da Deus é Amor não quis falar sobre o registro de empresas em nome de fiéis. (EL)

Folha - O senhor é dono da empresa Rádio 541 Ltda.? Domázio Pires de Andrade - Só dei meu nome para a igreja arrumar emissoras.

Quem lhe pediu o nome?A direção da igreja.

O senhor tem recursos para pagar as concessões?De jeito nenhum.

De onde virá o dinheiro?Disseram para eu não me preocupar. A igreja arca com toda a responsabilidade.

O senhor sabe qual é a situação atual de sua empresa?Não tenho ideia. Todos os documentos ficaram no departamento jurídico.

O senhor vai reclamar a propriedade das rádios?De maneira alguma. Dei minha palavra.

Por que saiu da Deus é Amor?Me mandaram embora há cinco anos, porque eu estava de idade (velho). No início, eu vivi da ajuda dos meus amigos. Depois, fui para a Justiça do Trabalho. Na semana passada, eles me ofereceram R$ 3.000, e aceitei.

Fonte: Folha de São Paulo

Pastor é Destaque na Globo por ser Pego em Flagrante Tentativa de Estupro de Adolescente. Assista a Reportagem O pastor segue preso em centro de recuperação de Itaituba, no Pará. Em depoimento, pastor negou as acusações.


Pastor é Destaque 
na Globo por ser Pego em Flagrante Tentativa de Estupro de Adolescente. 
Assista a Reportagem A Polícia do Pará prendeu um pastor que tentou violentar uma jovem de 13 anos na cidade de Itaituba, na região sudoeste do Pará nesta sexta-feira (25). De acordo com informações da Polícia Civil, no dia seguinte (26), ele foi transferido para o Centro de Recuperação Regional de Itaituba, onde seguia até este domingo (27).

O pastor, que negou as acusações, foi preso em flagrante em um motel com a adolescente, próximo ao centro da cidade. Representantes do Ministério Público, do Conselho Tutelar e da Comissão de Infância e Juventude estavam realizando uma blitz de rotina no motel quando o viram chegando. A adolescente disse à polícia que não imaginava que seria levada ao local. Após o flagrante, a equipe do Ministério Público também prendeu uma mulher suspeita de aliciar a menor.

"Esse cidadão e a própria vítima admitiram que estavam em um grupo de meninas de 12, 13 anos na orla da cidade, quando ele chegou de moto, conversou com a aliciadora, e ela perguntou a ele qual menina, se ele queria uma menina, e fez a intermediação", disse o promotor Maurin Virgulino.

A mulher citada nega as acusações. "Eu falei para ela voltar, mas ela não deu nem atenção", disse. O pastor deverá responder por tentativa de estupro de vulnerável.

"Meu amigo, quem julga a minha causa é Deus, você não é nada", disse o acusado.







Com informações da G1 / Globo News

Homofobia, um esclarecimento necessário



A palavra homofobia está na moda. No mundo inteiro discute-se a questão do homossexualismo. Em alguns países já se aprovou a lei do casamento gay. Aqui no Brasil, tramita no congresso um projeto de lei (PL 122/2006), que visa a criminalização daqueles que se posicionarem contra a prática homossexual.

O assunto que estava adormecido, em virtude de firme posição evangélica contra o referido projeto de lei, mormente na efervescência da campanha política de 2010, ganhou novo fôlego com a nova proposta da senadora Marta Suplicy (PT-SP), que pleiteia a reclusão de cinco anos, em regime fechado, para quem se posicionar publicamente contra o homossexualismo. Diante desse fato, quero propor algumas reflexões:
Em primeiro lugar, esse projeto de lei fere o mais sagrado dos direitos, que é a liberdade de consciência. Que os homossexuais têm direito garantido por lei de adotarem para si o estilo de vida que quiserem e fazer suas escolhas sexuais, ninguém questiona.

O que não é cabível é nos obrigar, por força de lei, concordar com essa prática. Se os homossexuais têm liberdade de fazer suas escolhas, os heterossexuais têm o sagrado direito de pensar diferente, de serem diferentes e de expressarem livremente o seu posicionamento.
Em segundo lugar, esse projeto de lei cria uma classe privilegiada distinta das demais. O respeito ao foro íntimo e à liberdade de consciência é a base de uma sociedade justa enquanto a liberdade de expressão é a base da democracia. Não podemos amordaçar um povo sem produzir um regime totalitário, truculento e opressor.

Não podemos impor um comportamento goela abaixo de uma nação nem ameaçar com os rigores da lei aqueles que pensam diferente. Nesse país se fala mal dos políticos, dos empresários, dos trabalhadores, dos religiosos, dos homens e das mulheres e só se criminaliza aqueles que discordam da prática homossexual? Onde está a igualdade de direitos? Onde está o sagrado direito da liberdade de consciência? Onde o preceito da justiça?
Em terceiro lugar, esse projeto de lei degrada os valores morais que devem reger a sociedade. O que estamos assistindo é uma inversão de valores. A questão vigente não é a tolerância ao homossexualismo, mas uma promoção dessa prática.

Querem nos convencer de que a prática homossexual deve ser ensinada e adotada como uma opção sexual legítima e moralmente aceitável. Os meios de comunicação, influenciados pelos formadores de opinião dessa vertente, induzem as crianças e adolescentes a se renderem a esse estilo de vida, que diga de passagem, está na contramão dos castiços valores morais, que sempre regeram a família e a sociedade.

O homossexualismo não é apenas uma prática condenada pelos preceitos de Deus, mas, também, é o fundo do poço da degradação moral de um povo (Rm 1.18-32).
Em quarto lugar, esse projeto de lei avilta os valores morais que devem reger a família. Deus criou o homem e a mulher (Gn 1.27). Ninguém nasce homossexual. Essa é uma prática aprendida que decorre de uma educação distorcida, de um abuso sofrido ou de uma escolha errada.

Assim como ninguém nasce adúltero, de igual forma, ninguém nasce homossexual. Essa é uma escolha deliberada, que se transforma num hábito arraigado e num vício avassalador. Deus instituiu o casamento como uma união legal, legítima e santa entre um homem e uma mulher (Gn 2.24). A relação homossexual é vista na Palavra de Deus como abominação para o Senhor (Lv 18.22). A união homossexual é vista como um erro, uma torpeza, uma paixão infame, algo contrário à natureza (Rm 1.24-28).

A Palavra de Deus diz que os homossexuais não herdarão o reino de Deus, a não ser que se arrependam dessa prática (1Co 6.9,10). Porém, aqueles que se convertem a Cristo e são santificados pelo Espírito Santo recebem uma nova mente, uma nova vida e o completo perdão divino (1Co 6.11).

Pr. Hernandes Dias Lopes

Grupo Cristão Responde a Protestos contra Aplicativo no Iphone para 'Curar' Gays A polêmica em relação ao aplicativo para iPhone criado pelo grupo cristão Exodus International, que promete a "cura" para homossexuais, continua.


Grupo Cristão 
Responde a Protestos contra Aplicativo no Iphone para 'Curar' Gays A petição online criada pelo grupo gay Truth Wins Out pedindo a retirada do programa da App Store já tem mais de 135 mil assinaturas e o Exodus decidiu dar seu parecer.

O Exodus International disse ao Christian Post que espera que a Apple não reclassifique seu aplicativo e diz que houve um erro de interpretação. "Nós estamos ajudando aqueles que têm uma não-desejada atração pelo sexo oposto. Aqueles que são gays ou identificam-se dessa forma, não estamos tentando criticar suas posições ou tentando impor algo a eles", disse Jeff Buchanan, diretor-sênior de estudos do grupo religioso.

"O Exodus acredita que o oposto da homossexualidade não é a heterossexualidade. É o divino. Nós promovemos a crença de que uma pessoa pode viver uma vida que é coerente com a sua fé. Essa é nossa missão", disse ao jornal. Buchanan diz que o aplicativo contém as mesmas informações que o site do grupo.

"Estes grupos colocam as pessoas na terapia e tentam fazê-las se tornar heterossexuais", disse Wayne Bensen, representante do Truth Wins Out à FoxNews.com. O grupo diz que o aplicativo incita o discurso de ódio contra homossexuais e planeja um protesto próximo ao campus da Apple em Cupertino.

Segundo o site Cult of Mac, a Apple ainda não respondeu à petição e o aplicativo continua na App Store. Há uma briga acontecendo nos reviews do aplicativo, com 371 votos de cinco estrelas contra 836 usuários dando apenas uma estrela de classificação.



Com informações Terra / Geek

EU APOIO O SILA MALAFAIA - QUEM QUISER SE CALAR QUE SE CALE , MAS EU NÃO FICAREI CALADO

ESTÃO TENTANDO CALAR A BOCA DO PASTOR SILAS MALAFAIA , MAS NÃO VÃO CONSEGUIR , POIS MUITAS OUTRAS BOCAS SE ABRIRÃO.
A MINHA JA ESTA PRONTA E JÁ ESTOU FALANDO.

QUEM QUISER SER O QUE QUISER QUE SEJA , MAS NÃO TENTEM NOS CALAR E FAZER COMER O QUE NÃO COMEMOS .

SOMOS CONTRA O PECADO DE HOMOSSEXUALISMO.
AMAMOS TODOS , SEM DISTINÇÃO DE RAÇA , COR OU OPÇÃO SEXUAL .
MAS ABOMINAMOS O PECADO DO HOMOSSEXUALISMO.
ISSO A CONSTITUIÇÃO NOS GARANTE.
EU SOU CONTRA O PECADO , MAS AMO O PECADOR.

Comercial brasileiro vaza e polemiza por indicar homofobia

Um comercial de cachaça desenvolvido por uma agência de publicidade brasileira tem gerado polêmica ao sugerir aos pais o consumo da bebida para aceitar a homossexualidade do filho. A peça foi veiculada no portal Ads Of the World e no site de notícias americano Gawker, onde foi chamada de "anúncio mais homofóbico da semana". Segundo a Agência3, de onde o comercial partiu, ele foi passado aos sites por uma dupla de criadores sem autorização e sem a marca saber. A empresa disse que não veicula nem aprova a campanha. O fabricante da cachaça afirmou desconhecer o anúncio e que nunca o autorizou, além de desaprovar seu conteúdo. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.
Em inglês, a propaganda da cachaça Magnífica, fabricada em Miguel Pereira, região metropolitana do Rio, indica dois jovens identificados como "your son" (seu filho) e "your son's buddy" (o camarada do seu filho) assistindo ao filme 'O Segredo de Brokeback Mountain', de Ang Lee, sobre o amor entre dois caubóis gays. E encerra com a frase "If you gotta be strong, we gotta be strong" (Se você tem de ser forte, nós temos de ser fortes). Para Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, a propaganda promove o preconceito.

TERRA.

ALTERNAVIDA 2011 Confirmado para o Alternavida 2011, Mariana Valadão, sexta-feira dia 15 e Nívea Soares, sábado dia 16. Será muito bom ter Nívea de volta e toda a adoração de Mariana animando a sexta-feira. O Evnto que está programado para os dias 15 e 16 de abril ainda contará com uma vasta programção no período.

Evento de Silas Malafaia em Florianopólis atrai 70 mil pessoas



A cruzada evangelística, organizada pelo pastor  e televangelista Silas Lima Malafaia, reuniu aproximadamente 70 mil pessoas e uma explosão de conversões no evento Vida Vitoriosa para Você, na Praça Tancredo Neves, em Florianópolis, BrasilCom sua eloquência e habilidade de contextualizar passagens bíblicas em suas mensagens, provendo conselhos práticos para o cotidiano ricas em ilustrações e exemplos do dia-a-dia, a palavra impactou a multidão e levou nos dois dias 4.500 pessoas à frente do palco para entregarem sua vida a Jesus.
“Satanás perdeu mais uma vez. Glória a Deus,” declarou o preletor, feliz por mais essa vitória.
Silas Malafaia, é Pastor-Presidente da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 20 mil membros, e televangelista apresentador de um programa de televisão chamado “Vitória em Cristo,” exibido há 29 anos em rede nacional com alcance nos Estados Unidos, Europa e áfrica.
Nas duas noites, ouviram-se milhares de testemunhos, entre eles, o de José Bartolomeu, de 28 anos, que testemunhou que através da pregação percebeu que ele precisava mudar para ter uma vida vitoriosa.
"Hoje esse evento mudou uma pessoa. Parecia que o pastor Silas conhecia minha história de vida e estava pregando diretamente para mim. Por isso não tive dúvida e entreguei minha vida a Jesus," contou o jovem católico, que estava de passagem pela cidade, apenas para resolver um problema pessoal.
Alguns enfrentaram até 13 horas de viagem só para participar da programação, como foi o caso de Lindolfo Alves, de 83 anos, que saiu sozinho de Piruíbe, em São Paulo, convicto de que esse evento seria uma bênção para sua vida.
"Eu tenho problemas de coração e catarata. Já fui até desenganado pelos médicos, mas assisto ao pastor Silas Malafaia há anos e ele me ensinou que é preciso ter fé para receber a vitória. Aqui estou eu, crendo na minha vitória,” comentou ele, que é evangélico há 40 anos.
No início da tarde do último sábado (19/03), as pessoas começaram a chegar à praça para garantir um lugar mais próximo ao palco. No domingo (20/03), a programação repetiu-se com a participação de cantores famosos da música gospel do Brasil.
O tema abordado nas duas noites foi “A vida se faz com movimento e participação.” O pastor Silas destacou que uma vida vitoriosa se conquista com atitudes, movimentos rumo à direção correta.
“Independente de credo ou religião, todos pertencem ao mundo espiritual. E cabe a cada um escolhe se deseja viver eternamente com Cristo, ou não,” disse o preletor.


Ele abordou também a área familiar ressaltando a necessidade de afeto e disciplina, “dois pontos fundamentais para que o ser humano aprenda a viver no meio social e tenha um relacionamento frutífero em família e na sociedade.”
Ao final do evento, Marina Muniz, de 18 anos, ainda não tinha forças para falar com a equipe de reportagem. Ela foi tão impactada pela pregação, que chorou do início ao fim da programação. A jovem contou que conhecia a Palavra de Deus, pois sua mãe é evangélica, mas nunca deu importância às verdades do evangelho.
"Vim ao evento a convite dela, que sempre falou do amor de Cristo e me alertava sobre os livramentos que Deus me deu. Mas eu não dava ouvidos," disse ela.
Assim que chegou ao local do evento, Marina preferiu ficar sentada do outro lado da rua, mas o Espírito Santo a quebrantou de tal forma que a impulsionou a levantar-se e ir até à frente do palco converter-se.
"As palavras ministradas falaram diretamente ao meu coração. Tive a certeza de que eu não podia perder mais essa oportunidade de entregar minha vida a Jesus."
Para finalizar, o pastor Silas convidou o público a clamar a Deus e interceder pela cidade, profetizando as bênçãos do Senhor sobre Florianópolis. Numa só voz todos declararam que a capital catarinense pertence a Jesus e encerraram o evento com muita animação e louvor.
Apesar da multidão que lotou a praça, o comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, coronel Gomes, informou que não houve nenhuma ocorrência. O evento foi notícia no programa Fantástico e nos três telejornais da afiliada local da maior rede de televisão Globo.
Desde 2007, o pastor Silas Malafaia percorre o país levando a mensagem de fé e esperança do evangelho. "Percorrer um país com uma grande diversidade regional e cultural como o Brasil propagando o evangelho é o nosso propósito. Queremos ser bênção de Deus para o Brasil. Entendemos que somente o Senhor pode trazer solução para questões como as drogas e a criminalidade," declarou o pastor.
O evento Vida Vitoriosa para Você já passou por Teresina (PI), Porto Alegre (RS), Petrolina (PE), Vitória (ES), Uberaba (MG), Salvador (BA), Foz do Iguaçu (PR), Palmas (TO), Belém (PA), Macapá (AP) e Rio de Janeiro (RJ), reunindo mais de 1 milhão de pessoas.
Fonte: Christian Post

Solução de mistério de ´cidade dos gêmeos´ no RS é destaque no ´NYT´


Solução de mistério de ´cidade dos gêmeos´ no RS é destaque 
no ´NYT´ Artigo destaca estudo que explica por que Cândido Godói tem taxa de nascimento de gêmeos dez vezes maior que resto do Brasil
A apresentação de uma possível solução para o mistério da 'cidade dos gêmeos' gaúcha é destaque nesta sexta-feira no jornal americano 'The New York Times'.

Reforçando o destaque internacional que o tema tem recebido pela imprensa mundial, a reportagem aguarda as revelações de um estudo conduzido para explicar o alto percentual de nascimento de gêmeos em Cândido Godói (RS), uma história que motivou várias especulações.

O mistério aumentou quando o jornalista argentino Jorge Camarasa, autor de uma biografia sobre o geneticista nazista Josef Mengele, sugeriu que o fenômeno poderia ter sido resultado dos experimentos realizados por ele durante uma suposta passagem pela região nos anos 1960.

Os moradores se perguntam também se se trata de alguma substância presente na água da cidade, segundo reza a lenda local.

'Um grupo de cientistas agora pode descartar esses rumores de longa data. Úrsula Matte, uma geneticista de Porto Alegre, afirma que uma série de testes de DNA conduzidos em 30 famílias a partir de 2009 identificou um gene específico entre a população de Cândido Godói que aparece mais frequentemente em mães de famílias com gêmeos que naquelas sem gêmeos', escreve o jornal americano.

Pesquisadores descartaram possível 'efeito Mengele' na cidade

'O fenômeno é reforçado por um alto nível de procriação consanguínea entre a população, composta quase inteiramente por imigrantes de língua alemã.'

Os detalhes serão apresentados em um evento da prefeitura nesta sexta-feira, após dois anos de pesquisas conduzidas pelo Instituto Nacional de Genética Médica Populacional da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

A pesquisadora foi a primeira a registrar cientificamente o fenômeno, particularmente notável na pequena São Pedro, um vilarejo de 350 moradores perto de Cândido Godói. Entre 1990 e 1994, o percentual de nascimentos de gêmeos em São Pedro foi de 10%, comparado com a média nacional de 1%.

A pesquisa analisou certidões de nascimento de 80 anos atrás e concluiu que o fenômeno dos gêmeos já existia nos anos 1930, antes da suposta passagem de Mengele pelo sul do Brasil.

Estudos feitos na água local não mostraram nenhuma substância atípica.

Ministério comemora 35 anos com entrega de um milhão de Bíblias


Ministério comemora 35 anos com entrega de um milhão de Bíblias Além disso, haverá campanha de incentivo para leitura da Bíblia
O Ministério WorldServe vai comemorar seu 35º aniversário com foco na Palavra de Deus. Ken Leggatt, do WorldServe, disse que o Ministério começou Canadá e já traduziu as Escrituras em 100 diferentes línguas.

Segundo representante da WorldServe, "na celebração do 35 º aniversário da organização, temos uma meta de distribuir um milhão de Bíblias ao redor do mundo. Trata-se de uma campanha de 20 meses. Precisamos correr para que possamos distribuir Bíblias na China, Etiópia, Índia, Vietna, Cuba e também no Irã.”

Enquanto as Bíblias não forem traduzidas para todas as nações, sua disponibilidade será baixa. Há essa necessidade para que as pessoas possam crescer na fé. “Há até casos de pessoas que pastoreiam igreja somente tendo lido o Evangelho de João," acrescenta Leggatt.

A divulgação das Escrituras é o objetivo principal  do WorldServe, mas ele atua em outras áreas. "Além disso, apoiamos os esforços humanitários e de plantio da Igreja indígena", afirma Leggatt.

Na América do Norte, a comemoraçãoe será por meio da campanha Matéria Verdade. "Ela fala  sobre a importancia da Palavra de Deus em nossas vidas e a autoridade que ela tem".

A Campanha contará com 10 passagens que destacam a necessidade de leitura da Bíblia. "Estatisticamente, menos de 75% dos cristãos lêem a Bíblia diariamente ou mesmo semanalmente. Não estamos carentes ter de uma mensagem de física, mas de lê-la e aplicá-la em nossas vidas. Queremos desafiar nossos e irmãos para se se aprofundaremna leitura bíblica", dsse Leggatt.
 

Fonte: Mission Netwok News

Igreja ganha direito de fazer campanha contra sodomia

Igreja ganha direito de fazer campanha contra sodomia

Juiz na Irlanda do Norte reverte decisão que proibia anúncio que trazia citação da Bíblia
Um juiz da Alta Corte da Irlanda do Norte revogou uma decisão do órgão regulador de publicidade (ASA na sigla em inglês) que tinha proibido um anúncio de uma igreja por considerá-lo homofóbico.

O anúncio de uma página, publicado pela primeira vez em agosto de 2008 pouco antes da parada gay de Belfast, trazia a manchete "A Palavra de Deus contra a Sodomia" e fazia uma convocação para uma manifestação pacífica contra a prática.

Na época, após receber várias reclamações, a ASA decidiu que o anúncio de página inteira não poderia mais ser veiculado daquela forma.

Mas a Igreja Presbiteriana Sundown Free, que bancou o anúncio, entrou com uma ação judicial contra a decisão.

O juiz da Alta Corte considerou que a decisão da ASA interfere com o direito de expressão da igreja, que estaria coberta por um artigo da Convenção Europeia de Direitos Humanos que assegura a expressão de posições que choquem ou causem ofensas.

O juiz também observou que o anúncio não continha qualquer exortação à violência e deixava claro que qualquer ato de antagonismo contra homossexuais era inaceitável e injustificável.

Sodomia

A igreja argumentou que a ASA interpretou mal a citação do anúncio, tirada do Livro de Levítico e que classifica atos homossexuais como abominação.

De acordo com a igreja, a descrição se aplica a prática da sodomia especificamente, e não a indivíduos específicos.

O reverendo David McIlveen, da igreja Sundown Free, considerou a decisão "histórica".

"As pessoas podem citar a Bíblia e essa é a liberdade que buscávamos", disse ele.



Fonte: Estadão

COMUNIDADE CRISTÃ PENTECOSTAL GRAÇA E PAZ EM JAGUARIÚNA

Eliana e SBT comemoram números de ibope dos evangélicos


Eliana e SBT comemoram números de ibope dos evangélicos Gospel tem sido ferramenta para atrair audiência, e quem ganha são os telespectadores, que são evangelizados
Foi ao ar no último domingo, a participação do cantor Fernandinho no palco do programa Eliana, uma das principais atrações dominicais da emissora de Sílvio Santos.

Como o público já percebeu, Eliana resolveu investir na música gospel para criar um quadro inédito na TV aberta intitulado “Tem um cantor gospel lá em casa”, sempre levando um artista gospel para fazer uma participação especial e julgar os calouros que competem.

A ideia tem dado tão certo que a atração veio a se tornar responsável por alguns dos maiores picos de audiência do seu programa, indo ao ar no horário nobre da atração – na parte final.

No domingo em que a cantora Fernanda Brum, fez-se presente, o dominical registrou uma média de 8 pontos no IBOPE, antingindo a vice-liderança em vários momentos, e alcançado incríveis picos de 11 pontos em São Paulo, deixando Gugu e Record apreensivos. (Cada ponto equivale a 60.000 tvs ligadas, só em SP).

O gospel tem sido ferramenta para atrair audiência, e quem ganha com isso são os telespectadores, que são abençoados e evangelizados, agora todos os domingos.

Aline Barros, Marina de Oliveira, Lázaro e Fernanda Brum já foram ao programa da loira, que na próxima semana recebe a banda de rock gospel Oficina G3. Especula-se ainda a participação de Ana Paula Valadão, Cassiane e diversos outros.
 
 
Fonte: Gospel Prime

Pastor Wagner Gaby eleito líder da AD Curitiba


Pastor 
Wagner Gaby eleito líder da AD Curitiba Eleição ocorreu durante a tarde e noite de hoje, no templo-central da igreja; novo líder foi eleito com 3.805 votos
O pastor Wagner Tadeu dos Santos Gaby foi eleito presidente do Ministério da Assembleia de Deus em Curitiba (PR). A eleição se deu na tarde e noite de hoje, no templo-central da referida igreja. O pastor Gaby substitui o pastor José Pimentel de Carvalho, falecido em 24 de fevereiro, aos 95 anos, depois de estar já há alguns anos ao lado do pastor Pimentel como vice-presidente da igreja e dirigente do templo-central.

Cerca de 9 mil dos 33 mil membros ativos da Assembleia de Deus curitibana votaram. Pastor Gaby foi eleito com 3.805 votos, exatos 788 votos a mais que o segundo colocado, o pastor Mirislan Douglas Scheffel, líder da congregação no bairro Hauer, em Curitiba. Os demais candidatos foram o pastor Gessé Luiz Rosa, superintende de Evangelismo da igreja curitibana, e pastor Hidekazu Takayama, evangelista conhecido nacionalmente e deputado federal.

Pastor Wagner Gaby é major capelão do Exército Brasileiro, tendo sido o primeiro capelão pentecostal das Forças Armadas; comentarista de Lições Bíblicas de Escola Dominical da CPAD, escritor, membro da Casa de Letras Emílio Conde e da Academia Evangélica de Letras, e célebre palestrante em Escolas Bíblicas de Obreiros pelo Brasil. Mais informações na edição de maio do jornal Mensageiro da Paz.

Redação CPAD News

Rodolfo Abrantes está Lançando DVD sobre o seu Testemunho

rodolfo abrantes-christian-postDepois de ser vocalista de uma banda, considerada a melhor banda de rock da década de 90 no Brasil, Raimundos, o cantor Rodolfo Abrantes está lançando um DVD que conta o seu testemunho de como se converteu para Cristo.
(Foto: Ministério Rodolfo Abrantes)
Depois de ser vocalista de uma banda, considerada a melhor banda de rock da década de 90 no Brasil, Raimundos, o cantor Rodolfo Abrantes, está lançando um DVD que conta o seu testemunho de como se converteu para Cristo, 26 de março de 2011.
“Estou lançando um DVD com meu testemunho ... bem mais completo do que eu poderia relatar em uma única ministração,” informou Rodolfo Abrantes ao The Christian Post.
O ex-cantor da banda Raimundos, que já foi viciado em drogas, falou sobre o problema das drogas, afirmando que é um “problema mundial.” Mas contou como saiu disso.
“Com tudo globalizado, a raíz do problema é praticamente a mesma em todo lugar. A insatisfação parece ser algo comum em todo usuário. Só Deus nos satisfaz por completo, portanto a solução é se encher Dele.”
Ele afirmou também que está finalizando seu quarto CD de música, que deve ficar pronto ainda no primeiro semestre. O cantor hoje dedica suas músicas para louvar a Deus, afirmando se sentir livre e em paz com seu estilo, que mantém o rock, porém com conteúdo cristão adoração a Deus.
“Tenho que entender que meu chamado para essa geração é mais importante do que a aceitação do meio religioso.”
Atualmente, Rodolfo, juntamente com sua esposa e os músicos que compõem a equipe, viajam fazendo ministrações em diversas Igrejas, lugares seculares como praças, feiras e shows.
“Independente do lugar que nós formos, o foco é sempre o mesmo, atrair a presença do Senhor e realizar a Sua vontade. Temos visto muitos jovens se entregando a Cristo e isso é muito gratificante.”
Recentemente, ele ministrou na Igreja Evangélica Bola de Neve sobre ter paciência. Uma virtude que Deus lhe ensinou.
“Eu era uma pessoa ansiosa, que não aguentava esperar por nada, e saía fazendo as coisas de qualquer jeito,” completando com “tudo tem o seu tempo.”
Em outra pregação anterior, Rodolfo mencionou que “Faltam discípulos na Igreja.” E explicou que os primeiros discípulos de Jesus tiveram que deixar tudo para estar com Ele.
“Quando você entrega sua vida nesse sentido, acaba tendo uma revelação pessoal do quanto Ele vale pra você, por que você vai saber pelo que você deixou, o quanto custa estar com Ele.”
Rodolfo era famoso, mas estava doente, se envolvia com drogas e, segundo um de seus testemunhos, “estava cheio do que o mundo dizia que era o auge.”
“Por dentro eu estava na maior miséria que já havia enfrentado na vida,” disse ele em um testemunho dado ao Jornal Diário do Litoral.
Segundo ele, ele somente sabia falar cinco frases, ‘vamo fuma,’ ‘vamo come,’ ‘vamo chapá,’ vamo surfá e ‘vo não.’ O ‘vo não’ ele afirmou que era quando o seu irmão lhe chamava para fazer alguma coisa diferente, então ele dizia ‘vo não.
Mas o cantor passou por uma grande experiência em sua vida, sendo curado de um câncer ainda quando não ia para a Igreja.
Foi em um dia que sua namorada (atual esposa) trazia um grupo de moças evangélicas para orar em sua casa, época em que ela e Rodolfo passavam por muitas dificuldades (envolvimento com drogas). Uma pessoa do grupo de oração disse a ele que ele tinha câncer no estômago, fato em que ele suspeitava mas não havia dito à ninguém.
“Para você saber que Ele é Deus, que Ele te ama e que Ele tem uma grande obra para fazer na sua vida,” disse uma das irmãs que orou por ele.
Ele disse que suas dores começaram a desaparecer e todos os caroços, que ele afirmou que tinha, também desapareceram. “Fui ficando saudável e engordando, feliz. Jesus foi entrando na minha vida.”
Depois disso Rodolfo começou a ter mais intimidade com Deus, e querer servir a Cristo.
“Em meu primeiro testemunho, subi no púlpito e comecei a chorar.”
Ele disse que não conseguia falar muito sobre Deus, somente dizia que não se drogava mais e que havia sido curado. Ele entendeu que a pessoa tem que se acostumar com o “fogo do altar, que leva tempo.”
“é o fogo queimando as impurezas ainda.”
Suas palavras de motivação depois disso eram, “Atitude inteligente é você andar por um caminho que te leva pra vida e não em um caminho que te leva pro buraco.”
Hoje seu alerta às pessoas que se dedicam às coisas mundanas, como a fama, dinheiro e sexo, é “Tudo isso vai passar.”
“Se sua alegria e realização estiverem nessas coisas, sua frustração será inevitável. Busque construir sua vida sobre algo que não passa. Jesus é a rocha.”
Contato Ministério Rodolfo Abrantes:
contato.rodolfo@hotmail.com
(55-47) 9607-5434

Na Nicarágua, mulher líder da Igreja Assembléia de Deus nacional pode se tornar vice-presidente

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica GospelA Aliança formalizou sua chapa no dia 18 de março, que apresentou a Miguel Ángel García, ex-ministro da Educação no governo Enrique Bolaños, como aspirante à presidência da República. A campanha dele tem por slogan “Treme Daniel (Ortega) porque chegou Miguel”.
Dávila disse que resolveu aceitar a oferta do Apre porque estavam difíceis as negociações com o Partido da Aliança Liberal Nicaraguense.
Também o pastor pentecostal Miguel Ángel Casco decidiu deixar o Partido Liberal Constitucionalista (PLC), em protesto pela suspensão das eleições primárias, em que ele aparecia como candidato à Assembléia Legislativa pelo departamento de Manágua, e ingressou no Partido Liberal Independente (PLI). Casco é ex-militante sandinista.



Fonte: ALC

Obstáculos para o Cumprimento da Revelação de Deus

Por que muitas pessoas não vêem cumpridas em suas vidas as revelações de Deus?
Veja o que Paulo disse a Timóteo: “Este é o dever de que te encarrego, ó filho Timóteo, segundo as profecias de que antecipadamente foste objeto: combate, firmado nelas, o bom combate” (1 Tm 1.18). Timóteo deveria agarrar as profecias das quais havia sido alvo e, firmado nelas, COMBATER! “Combate o bom combate da fé” (1 Tm 6.12a). O próprio apóstolo Paulo entrou na mesma guerra. Veja o que ele afirmou: “Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé” (2 Tm 4.7).
Infelizmente, a maior parte das pessoas não combate segundo a revelação que Deus lhes deu. Isso bem demonstra que, embora Deus tenha propósitos conosco, existe o livre-arbítrio. Assim, podemos rejeitar a revelação de Deus, ou mesmo não combater por ela, motivos pelos quais acabamos por não alcançá-la.
Algumas situações nos impedem de alcançar a revelação. A vida de Abraão bem ilustra isso. Em Gn 12.1-3, lemos: “Ora, disse o SENHOR a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção!” A revelação de Deus para Abraão era dividida em quatro partes: 1) Deus lhe daria uma terra. 2) Deus lhe daria uma descendência. 3) Deus o abençoaria. 4) Deus engrandeceria o seu nome.
Nessa ocasião, Abraão tinha 75 anos. Sua esposa, Sara, tinha 65 anos e era estéril. Mas, além da esterilidade de Sara, problema que só poderia ser resolvido pelo próprio Deus, havia, na vida de Abraão, alguns obstáculos para a concretização da promessa de Deus. Veremos, por ora, dois desses obstáculos.
Primeiro obstáculo: envolvimento e confiança nas heranças do mundo, incompatíveis com a revelação divina
Abraão precisava de um herdeiro para passar todos os seus bens. Mas ele sabia que sua esposa era estéril. Então, escolheu seu sobrinho Ló, e investiu nele. Porém, Deus havia ordenado que Abraão saísse do meio da sua parentela. “Ora, disse o Senhor a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa do teu pai e vai para a terra que te mostrarei” (Gn 12.1). Ele obedeceu, porém não integralmente: “Partiu, pois, Abrão, como lho ordenara o Senhor, e Ló foi com ele” (Gn 12.4). Quando levou Ló consigo, ele passou a carregar algo que era incompatível com a revelação de Deus.
Da mesma forma, a herança que trazemos de nosso passado é incompatível com a revelação que Deus tem para nós. Podemos até caminhar um pouco, mas chegará um momento em que a situação torna-se insustentável: ou ficamos com a revelação e avançamos, ou ficamos com “Ló” e retrocedemos. A revelação mundana e a divina começam a se chocar, pois não podemos servir a dois senhores. Assim como não havia espaço na terra para os rebanhos de Ló e de Abraão, não há espaço em nossas vidas para o mundo e para Deus. Era por essa razão que Abraão andava, andava e andava, mas Deus não lhe mostrava a terra que lhe daria. Na verdade, ele já estava em cima de Canaã, mas, por carregar algo que não estava de acordo com a revelação de Deus, não conseguia tomar posse da terra.
Quantos de nós estamos esperando o tempo da bênção de Deus, e não nos damos conta de que o tempo já chegou? A questão é que, enquanto não largarmos o nosso “Ló”, não conseguiremos ver o que Deus tem para as nossas vidas.
Quando, finalmente, Abraão separou-se de seu sobrinho (Gn 13.8-11), veja o que o SENHOR lhe disse: “Ergue os olhos e olha desde onde estás para o norte, para o sul, para o oriente e para o ocidente; porque toda essa terra que vês, eu ta darei, a ti e à tua descendência, para sempre. Farei a tua descendência como o pó da terra; de maneira que, se alguém puder contar o pó da terra, então se contará também a tua descendência” (Gn 13.14-16). Quando Abraão venceu este primeiro obstáculo, Deus começou a cumprir a promessa da terra e renovou a promessa da descendência.
Segundo obstáculo: a vontade natural da carne
 “Ora, Sarai, mulher de Abrão, não lhe dava filhos; tendo, porém, uma serva egípcia, por nome Agar, disse Sarai a Abrão: Eis que o SENHOR me tem impedido de dar à luz filhos; toma, pois, a minha serva, e assim me edificarei com filhos por meio dela. E Abrão anuiu ao conselho de Sarai. Então, Sarai, mulher de Abrão, tomou a Agar, egípcia, sua serva, e deu-a por mulher a Abrão, seu marido, depois de ter ele habitado por dez anos na terra de Canaã. Ele a possuiu, e ela concebeu. Vendo ela que havia concebido, foi sua senhora por ela desprezada” (Gn 16.1-4).
A revelação de Deus também não se cumpre na vida de muitos por causa de suas decisões carnais. Quando Sara e Abraão tomaram uma decisão baseados em sua vontade carnal, imediatamente os problemas começaram naquela família. Agar desprezou Sara, e Sara se queixou para Abraão. Sara mandou Agar embora e parecia que estava tudo resolvido. Quando Agar estava fugindo, o Anjo do Senhor (o próprio Jesus) ordenou que ela voltasse para a casa de Abraão (Gn 16.9). Abraão errou e teria que pagar pelo seu erro. Quando nasceu Ismael, Abraão tinha 86 anos de idade. Entre os 86 e os 90 anos, Abraão não gerou filhos e tudo indicava que Ismael realmente seria seu herdeiro. Nesse período, Abraão era um homem amortecido, impotente para gerar filhos (Rm 4.19; Hb 11.12). Quando Abraão estava com 90 anos, Deus teve um encontro com ele e lhe prometeu restaurar a fecundidade: “Far-te-ei fecundo extraordinariamente” Gn 17.6.
Nove anos depois (Ismael já tinha 13 anos), Deus teve um novo encontro com Abraão. Sara já estava com 89 anos. Então, Deus visitou Sara e cumpriu o que lhe havia prometido (Gn 21.1). A promessa cumpriu-se exatamente no tempo determinado por Deus.
Quando as coisas não caminham da maneira que pensamos ser o correto, temos a tendência de tentar dar uma “ajudinha” para Deus. Foi o que Sara procurou fazer. Porém, os resultados foram desastrosos. Não adianta dar um jeitinho, uma ajuda para Deus. Temos simplesmente que nos submeter a Ele. Agar representa a carne; Ismael, as obras da carne, e Isaque, o fruto do Espírito. Não é por meio de Ismael, é por meio de Isaque que Deus cumpre a Sua promessa. Não podemos esquecer: a revelação de Deus não se cumpre com as coisas da carne, mas com as coisas do Espírito.
Não há como conciliar carne e Espírito
Como Isaque seria o sucessor de Abraão, segundo a promessa divina, se Ismael era o primogênito e herdeiro por direito? Quando Ismael tinha por volta de 14 anos, nasceu Isaque. As obras da carne já estavam grandes, e o fruto do Espírito, um nenezinho. Mas entenda: o Espírito e a carne não podem habitar juntos, pois existe uma guerra entre eles. Existe uma batalha travada entre as revelações de Deus e as nossas idéias carnais. Enquanto estiverem juntos, os dois irão brigar, assim como Ismael começou a caçoar de Isaque. Sara viu aquilo e entendeu pelo Espírito de Deus que era necessário escolher: ou a revelação de Deus morreria ou era necessário mandar Ismael embora. Se Ismael ficasse, eles iriam brigar e, provavelmente, Ismael, que já era um adolescente de 17 anos, mataria o pequeno Isaque, de 3 anos. Da mesma forma, não podemos conciliar carne e espírito. A carne não deve ser controlada, mas crucificada. Por mais difícil que seja, precisamos mandar “Ismael” embora. É um ou outro.
Abraão mandou Ismael embora, mas isso lhe foi penoso. “Pareceu isso mui penoso aos olhos de Abraão, por causa de seu filho” (Gn 21.11). Mui penoso, no original grego, significa extremamente estremecedor, o que dá-nos a idéia de que Abraão chorava convulsivamente diante da decisão que ele teria que tomar. Suas emoções lhe arrebentavam o peito, afinal, Ismael era seu filho. Deus havia ordenado que ele mandasse Ismael embora ou a Sua revelação morreria. Por isso, ele escolheu a revelação de Deus. Então, com tristeza, despediu Agar e Ismael, que saíram errantes pelo deserto de Berseba.
Por que será que Deus não anestesiou o coração de Abraão? Por que Deus permitiu que ele estremecesse nas suas emoções?
Para essas perguntas, há, pelo menos, três respostas:
1. Deus nos permite sofrer quando temos que abandonar algo que não vem dEle porque não foi Ele quem nos deu. Deus não tem compromisso com o sofrimento gerado pelas nossas carnalidades. Deixar as coisas da carne dói porque isso significa deixar certos deleites, satisfações e prazeres, ainda que passageiros.
2. Pela vontade permissiva de Deus. Se alguém se jogar do sétimo andar, não pode culpar Deus por ter-se fraturado. Arrancar o que se plantou na carne dói, mas Deus nos chama para mandarmos embora o “Ismael” da nossa vida. Deus está dizendo para você deixar essas coisas que estão atrapalhando a revelação de Deus na tua vida. Você pode gostar delas, você pode até amar esses hábitos e costumes, mas você deve deixá-los, para que as promessas de Deus se cumpram em ti.
3. Para que saibamos que as decisões na carne têm uma conseqüência. Se fizéssemos as coisas erradas e no final ficasse tudo tranqüilo, os homens seriam ainda mais terríveis. Para que não venhamos a cair mais no mesmo erro, Deus permite que, a cada decisão errada que tomamos, nós soframos e gemamos para sairmos daquela situação.
Devemos amar a Deus mais do que amamos as bênçãos que Ele nos dá
Mas veja que interessante: a mesma experiência que Abraão teve com Ismael ele teve com Isaque. Assim como Deus disse para Abraão mandar embora a Ismael, um dia Deus disse para Abraão sacrificar Isaque. “Toma teu filho, teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá; oferece-o ali em holocausto, sobre um dos montes, que eu te mostrarei” (Gn 22.2). Mas Isaque não era a revelação de Deus? Sim, era. Mas dessa vez, Abraão ficou tranqüilo. Embora amasse Isaque, Abraão não chorou. O pedido de Deus não lhe foi penoso. Tanto é assim que Abraão obedeceu imediatamente (Gn 22.3).
Por que Deus pediu que Abraão matasse Sua própria revelação? O que isso significa? Isso nos mostra que Deus não quer que amemos mais a revelação do que a Ele. Ele não quer que amemos nossos ministérios mais do que a Ele. Ele não quer que amemos mais as bênçãos que Ele nos dá do que a Ele. Aqui está a grande diferença: quando as coisas são nossas, são da carne, é doído largá-las; mas quando estamos no Espírito, nada é nosso, tudo é de Deus. Veja: para largar Ismael foi uma guerra. Já para largar Isaque, não foi difícil. Abraão não sofreu porque ele sabia que Isaque não era dele, mas era de Deus. Veja o que ele disse para Isaque: “Deus proverá para si, meu filho, o cordeiro para o holocausto” (Gn 22.8).
A Bíblia diz em Hb 11.17: “Pela fé, Abraão, quando posto à prova, ofereceu Isaque; estava mesmo para sacrificar o seu unigênito aquele que acolheu alegremente as promessas, a quem se tinha dito: ‘Em Isaque será chamada a tua descendência’; porque considerou que Deus era poderoso até para ressuscitá-lo dentre os mortos...”. Você não pode idolatrar o seu ministério, a sua mensagem, ou o seu louvor. Muitas pessoas perderam seus ministérios porque amaram mais o ministério do que a Deus.  Outras pessoas, após receberem uma grande bênção de Deus, esquecem daquele que as abençoou.
A mensagem de Deus através do sacrifício de Isaque é esta: se você quer realmente que as promessas cumpram-se em sua vida, tenha coragem de sacrificar a Deus tudo o que pode ocupar o Seu lugar. Não permita que nada tome o lugar do Senhor. Agindo assim, mesmo que a revelação que Deus tem para você pareça estar morta, Deus irá ressuscitá-la!

Morre aos 88 anos o Teólogo José Comblin


Morre aos 88 anos o
 Teólogo José Comblin Morreu na manhã de hoje, aos 88 anos, o padre belga José Comblin, um dos mais importantes teólogos da Teologia da Libertação. Ele faleceu no município de Pedro Simões, no interior da Bahia, onde ministrava um curso para comunidades de base.

Comblin é autor de vários livros, entre eles "Teologia da Enxada", uma corrente teológica surgida em 1969 na Igreja Católica do Nordeste do Brasil e que tem como base a reflexão a partir da realidade dos agricultores e famílias camponesas.

O religioso trabalhava na América Latina desde 1958 e, devido às suas ideias, foi perseguido pelo regime militar brasileiro, chegando a exilar-se no Chile. Em 1972, voltou ao Brasil, onde foi preso e deportado para a Bélgica. Só em dezembro de 2010 o pedido de sua deportação foi oficialmente extinto pelo governo brasileiro.

Atualmente, ele morava na cidade de Barra, no interior da Bahia. Comblin pediu para ser enterrado em Arara, próximo a João Pessoa, na Paraíba.

==

FSP

Racismo: Torcedor Atira Banana em Neymar em Jogo da Seleção


Racismo: Torcedor 
Atira Banana em Neymar em Jogo da Seleção Uma banana foi atirada no campo na direção do atacante brasileiro Neymar durante a vitória de 2 x 0 da seleção brasileira sobre a Escócia em amistoso neste domingo, 27.

O atacante de 19 anos, que marcou os dois gols, vinha sendo alvo da hostilidade dos torcedores escoceses desde os primeiro momentos de jogo por supostamente fingir uma falta.

Ele disse não ter visto a banana ser atirada, mas a viu no gramado perto de si quando estava próximo da linha lateral.

"É triste que essas coisas aconteçam, mas não vou me preocupar muito com isso," disse Neymar à Reuters. "Foi um dia maravilhoso, com certeza um dia para lembrar."

Mano Menezes, técnico do Brasil, afirmou não ter visto o incidente, mas que o acontecido é "lamentável."

O meio-campo Lucas Leiva, que joga no Liverpool, declarou à rede Globo: "Não há mais lugar para racismo hoje em dia. A Europa, que é considerada primeiro mundo, é onde isso mais acontece. Hoje em dia, cor e raça não deveriam significar nada."

Na semana passada uma banana foi atirada contra o ex-lateral da seleção Roberto Carlos enquanto ele se preparava para entrar em campo com o clube russo Anzhi Makhachkala contra o Zenit de São Petersburgo.

==

Reuters

Shaolin não Apresenta Evolução do Coma e Continua na UTI Shaolin está há mais de dois meses em coma e não apresenta sinais de evolução. Segundo o produtor do comediante, o estado de saúde é estável, sem piores, mas também sem melhoras.


Shaolin não 
Apresenta Evolução do Coma e Continua na UTI O humorista Francisco Jozenilton Veloso, o Shaolin, continua internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Apesar de Shaolin ter reagido a estímulos sonoros e luminosos, ele não apresenta evolução no estado de saúde, como revela o site "PB Agora".

Shaolin está em coma sem sinais de evolução há dois meses. Ele sofreu um acidente no dia 18 de janeiro.

O humorista foi internado no Hospital Regional em Campina Grande (PB), mas como a unidade hospitalar não tinha equipamentos para tratar o caso, os médicos o transferiram para o Hospital Antonio Targino (HAT), onde ele foi submetido a uma cirurgia cerebral. Depois ele foi levado para o Hospital das Clínicas.



Com informações PB Agora / SRZD

NOTÍCIAS DA EXPO MUSIC GOSPEL - A MAIOR E MELHOR FEIRA DA MUSICA GOSPEL DA AMERICA LATINA - PARTICIPE


EDITORA GLOBO FECHA PARCERIA COM EXPO MUSIC GOSPEL


A Expo Music Gospel não é notícia apenas na Folha de São Paulo, no site do Uol ou no SBT. A novidade agora é outra! A Editora Globo já confirmou presença como expositora dentro da maior feira de Música Gospel da América Latina. Moderna, dinâmica e sintonizada com as novas tendências, a Editora Globo tem lugar de destaque no mercado editorial brasileiro, com 7 milhões de leitores e mais de 15 milhões de usuários. Integrante das Organizações Globo, referência de padrão de qualidade no país. A Editora dirige suas ações para a liderança no segmento da publicação de livros, sites e revistas como por exemplo a respeitada Revista Época que no seu site, num período de 40 dias, vai divulgar pela primeira vez na história da revista uma feira evangélica, a Expo Music Gospel.
Mais um gol para a Expo Music Gospel através de sua assessoria de imprensa e do seu marketing! São de Mazza as palavras: "Se alguém espera motivos para atrelar sua marca à Expo Music Gospel: Já tem! A Expo Music Gospel é a primeira feira evangélica que é um sucesso total de mídia e que oferece para seus expositores a melhor visibilidade do mercado! Nossa preocupação não é vender estandes, isso é uma consequência, mas sim fazer com que nossos clientes realizem ótimos negócios e sejam grandes parceiros por longo prazo!”  

PHOENIX INSTRUMENTOS MUSICAIS É UM DOS EXPOSITORES DA EXPO MUSIC GOSPEL
 
 
A PHOENIX, em mais de 20 anos de inovação, traz em seus instrumentos a qualidade que é seu principal referencial. Coloca à disposição de seus clientes uma linha completa de instrumentos tais como: Violões Acústicos e Eletroacústicos, Guitarras, Contrabaixos, Cavacos, Bandolins e Violinos; que passam por um rigoroso controle de qualidade, que vai desde a seleção da madeira usada na confecção até a armazenagem e distribuição dos instrumentos. E é por esse motivo, que é a marca preferida de muita gente boa e escolheram expor na maior feira de Música Gospel da América Latina, a Expo Music Gospel. Conheça mais sobre Phoenix, acesse:  http://www.phoenixinstrumentos.com.br .

OFICINA G3 PARTICIPA DO QUADRO "TEM UM CANTOR GOSPEL LÁ EM CASA" DO PROGRAMA DA ELIANA PATROCINADO PELA EXPO MUSIC GOSPEL

Nesse último domingo (27), quem se apresentou no Programa da Eliana foi a Banda Oficina G3. A apresentadora Eliana demonstrou ter gostado dos meninos e declarou achar interessante o fato de também ser possível adorar a Deus através do rock. Nesse domingo, mais três candidatos se apresentaram, sendo escolhido mais um que vai a final. O ganhador do concurso leva para a casa um CD com a produção orçada em R$  60.000,00, mais R$ 5.000,00 em espécie, tudo oferecido pela Expo Music Gospel, a maior feira de Música Gospel da América Latina!


AS INSCRIÇÕES PARA O PRÊMIO MR1 DE MÚSICA GOSPEL COMEÇAM NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA

Quem desejar participar do Prêmio MR1 de Música Gospel, já poderá fazer as inscrições à partir desta sexta-feira (01/04/2011). Para concorrer ao PRÊMIO, o artista ou banda deverá: Ter um produto musical lançado e disponibilizado no Brasil de 1º de Janeiro à 31 de Dezembro de 2010. No segmento ¨Melhor Canção¨, a mesma deverá ser inédita; no caso do artista ter disponibilizado a música somente na web, será necessário que o trabalho tenha em seu conjunto no mínimo 5 obras. Para concorrer ao segmento ¨Revelação¨, só serão considerados os artistas que tiverem lançado, no máximo, dois produtos musicais em toda a extensão de sua carreira até o momento de sua inscrição no Prêmio. O regulamento completo bem como as inscrições poderão ser feitas no site oficial da Expo Music Gospel: www.expomusicgospel.com.br . O período de inscrição vai de 1º a 30 de Abril, em 10 de Maio serão anunciados os 3 finalistas de cada categoria, que serão julgados por um júri exclusivamente técnico, sem votação popular. “O grande diferencial do Prêmio MR1 de Música Gospel, além da questão da premiação técnica, é o fato de ser um prêmio totalmente independente, sem nenhum vínculo com nenhuma gravadora, entidade ou igreja, gerando maior credibilidade e cumprindo o seu papel social de motivar a melhoria contínua da Música Gospel.”, conclui Marcelo Rebello, idealizador da Expo Music Gospel.


EXPO MUSIC GOSPEL É NOTICIA NA FOLHA DE SÃO PAULO

Semana passada a Expo Music Gospel foi notícia na Folha de São Paulo numa matéria falando sobre as feiras mais curiosas e badaladas da cidade. confira a matéria: http://www1.folha.uol.com.br/saopaulo/889831-confira-lista-de-feiras-diferentes-em-sao-paulo.shtml


RODDES VALADÃO LANÇA CD "A TI" NA EXPO MUSIC GOSPEL
 

Quem visitar a Expo Music Gospel vai poder conferir o lançamento do CD "A Ti", segundo álbum solo de Roddes Valadão, da Planet Assessoria, que contém composições de própria autoria, como de outros compositores e ainda participações muito especiais de Mariana e Felipe Valadão. Sobre a Expo Music Gospel Roddes declara: “O fato de termos uma feira de MÚSICA, para o meio cristão é tudo que queríamos há muito tempo! Os cristãos que, como eu, gosta de música, se deleitarão na Expo Music Gospel! Imagine você ter um set-up completamente voltado para as necessidades do seu ministério? Melhor: Imagine uma feira de música, em que almas são salvas, em que a palavra é pregada! Isso é lindo!”.


EXPO MUSIC GOSPEL É CAPA DA REVISTA UP GOSPEL

 
Esse mês, o publicitário Marcelo Rebello, idealizador da Expo Music Gospel, está na capa da Revista “UP Gospel!”. A chamada de capa é “Quem está por trás da Expo Music Gospel?”. Marcelo responde a pergunta mais feita atualmente no mercado de Música Gospel brasileiro e ainda fala sobre novidades da feira, números de mercado, visibilidade na mídia e concorrência. Além da Expo Music Gospel, essa edição da Up Gospel! traz  matérias com o Pastor Adhemar de Campos, Pra.Ludmila Ferber, Ronaldo Bezerra e Thalles Roberto. A versão on line da revista já está disponível no site www.upgospel.com.br .


PORTAL GUIA-ME  ENTREVISTA MARCELO REBELLO
 
No último dia (25), o Portal Guia-me publicou uma entrevista com o publicitário e jornalista Marcelo Rebello, falando sobre as novidades da feira, da contribuição do evento para o segmento, expectativas e previsões sobre o crescimento da Música Gospel. Vale conferir! Acesse:
http://www.guiame.com.br/v4/107450-1698--quot-Ser-o-5-dias-de-muita-festa-quot-diz-Marcelo-Rebello-da-ExpoMusic-Gospel.html 
 

REVISTA MÚSICO! DA ORDEM DOS MÚSICOS DO BRASIL FAZ HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER ENTREVISTANDO A MINISTRA ANA DE HOLLANDA E A JORNALISTA LUCIANA MAZZA

Na edição desse mês da Revista “Músico!” da Ordem dos Músicos do Brasil, o destaque vai para as mulheres bem sucedidas que ocupam posições privilegiadas na sociedade brasileira. A capa traz a Ministra Ana de Hollanda e, dentro, vem uma matéria com a chamada: "A MAIOR FEIRA GOSPEL DA AMÉRICA LATINA É ORGANIZADA POR UMA MULHER!". Numa entrevista bastante interessante a jornalista Luciana Mazza fala da responsabilidade de estar à frente da Expo Music Gospel e fala também de suas experiências como profissional, esposa de Marcelo Rebello e mãe de Yeshua (4) e Chaya (1). Na mesma edição, vem uma matéria sobre o mercado de Música Gospel e detalhes sobre a maior feira Gospel da América Latina.
 

Exposição que mostra pedofilia e zoofilia provoca bate boca entre deputados

Não foi só nas redes sociais que a mostra “QueerMuseu” gerou debates e bate boca. Na noite desta terça-feira (12) o assunto foi amplam...