sábado, 19 de março de 2011

FALAR DE QUEM EU CONHEÇO

É comum pessoas pedirem informações quando chagam a algum lugar que não conhece.
E é mais comum ainda , nós , quando gostamos de alguma coisa , passar informações , mesmo sem ninguém perguntar.
Tipo , olha , ontem comprei uma pizza na pizzaria tal e era muito boa, ou , fui no mercado tal e lá os preços estão ótimos , ou ainda , o pãozinho da padaria tal é uma delicia , compra lá.
Mas , me deparo com uma situação um tanto quanto desagradável quando chamamos os irmãos da igreja para fazermos um evangelismo , ou convidar pessoas para participarem dos cultos nas igrejas.
Muitos já logo disparam as desculpas mais tradicionais , tal como.

AMANHA , RECEBEREI VISITAS EM CASA.
AMANHA , TENHO COMPROMISSO MARCADO.
EU TENHO VERGONHA.
EU NÃO SEI EVANGELIZAR , ENTRE OUTRAS DESCULPAS.

É muito claro , e ninguém pode esconder , que somente fala de algo quando se conhece .
Você , não pode falar do que não conhece , pois seria leviano , usar de mentira.
E com Jesus é da mesma forma , pois quando se tem verdadeiramente Jesus dentro de si não se consegue ficar calado.
É a tal história da divulgação da padaria , do açougue etc.
Se é tão fácil passar informações sobre algo do nosso dia a dia , porque pessoas tem a mania de se recuar quando falamos de evangelizar , de convidar almas para irem aos cultos nas igrejas?
Digo e afirmo que somente consegue convidar , evangelizar ou buscar os perdidos aqueles que estão repletos da presença de Deus , pois os vazios nada tem para passar para as outras pessoas.
Quando você convidar pessoas para transmitir Jesus , você vai se deparar com 2 tipos de Cristãos .

OS REPLETOS( CHEIOS)  E OS VAZIOS.

Os cheios se prontificam na Hora .

Os vazios logo emenda uma desculpa, para não ir.

Eu conheço as árvores pelos frutos que dão , e quando eu chamo os amados das igrejas para os evangelismos ,logo eu vejo quais árvores que tem frutos bons , pois também existe árvores que dão frutos maus.
Os cultos ao ar livre , os evangelismos  deveriam estar sempre cheios dos amados irmãos em Cristo , pois quando sem tem algo para dar  a pessoa não se aquieta até que o faça.
Não podemos ficar sendo enganados e também enganando a ninguém , pois somos porta voz da palavra da verdade .
Seja sempre o primeiro a assumir essa posição em sua igreja , se é que você esta repleto da presença do Pai , pois lembre se , que somente transmite Jesus Cristo aquele que tem Jesus Cristo.


Deus os abençoe em nome do Senhor Jesus.

Bispo Roberto Torrecilhas

Número de mortos por tremor e tsunami passa de 8000 no Japão Número ainda não é definitivo e pode aumentar. Um jovem foi resgatado vivo após 8 dias debaixo de escombros.

Funcionários da prefeitura de Miyagi, em Sendai, no norte do 
Japão, param e oram durante um minuto, em homenagem às vítimas dos 
desastres naturais que completarm uma semana. (Foto: Yomiuri Shimbun / 
Hirofumi Nagao / AP Photo) Um novo balanço divulgado pela polícia neste sábado (19) estima em mais de 8000 o número de mortos e em 10.905 o de desaparecidos após os desastres naturais ocorridos no Japão na última semana.
Os números, porém, não são definitivos e podem aumentar. O balanço mostra que o número de mortos do teremoto seguido de tsunami que atingiu o país há exatamente uma semana já supera o tremor de Kobe (oeste do Japão) em 1995, que deixou 6.434 mortos.
Um minuto de silêncio
Nesta sexta-feira (18), o Japão parou por um minuto em respeito às milhares de vítimas do grande terremoto de magnitude 9 e devastador tsunami que ocorreram há uma semana. O minuto de silêncio ocorreu às 14h46, exatamente na mesma hora do início do desastre natural.
Funcionários da prefeitura de Miyagi, em Sendai, no norte do Japão, param e oram durante um minuto, em homenagem às vítimas dos desastres naturais que completarm uma semana. (Foto: Yomiuri Shimbun / Hirofumi Nagao / AP Photo)
Mais de 90 mil militares e reservistas japoneses, auxiliados por voluntários estrangeiros especialistas em salvamento, trabalham na zona devastada em busca de sobreviventes.
Mulher chora após o corpo de sua mãe ser encontrado em área 
devastada em Onagawa, Miyagi. (Foto: Kyodo / Reuters)Mulher chora após o corpo de sua mãe ser encontrado em área devastada em Onagawa, Miyagi. (Foto: Kyodo / Reuters)
O terremoto e o posterior tsunami destruíram 11.991 casas, provocaram 269 incêndios e danificaram 1.232 pontos nas estradas do norte e do leste do Japão.
Transportes
A infraestrutura de transporte está sendo recuperada na zona afetada, o que facilita a tarefa das equipes de assistência para a distribuição da ajuda para cerca de 380 mil pessoas que permanecem nos 2.200 abrigos disponibilizados após os desastres naturais.
Supermercados
Na cidade de Sendai, uma das mais afetadas, os supermercados do centro da cidade voltaram a abrir para vender mantimentos aos habitantes, enquanto na província de Iwate, mais ao norte, a escassez de combustível levou à paralisação das cerimônias de cremação de vítimas.
VALE ESTE MAGNITUDE REVISADO - Entenda o terremoto no Japão 
(Foto: Arte/G1)
fonte  G1 * Com informações das agências de notícias EFE e France Presse

Cristãos Secretos


   
MUNDO MUÇULMANO - “É sabido que pelo menos metade de todos os muçulmanos que se convertem voltam para o islamismo. A solidão e a pressão da família e da comunidade e dos grupos islâmicos são simplesmente grandes demais... Eles são, em toda parte, intimidados e pressionados a voltar para o islamismo.”

A citação acima é do livro do Irmão André escrito com Al Janssen, "Cristãos Secretos".

O tema da Missão Portas Abertas para o ano de 2011 é: “Encontros com os Cristãos Secretos”. Mas existem cristãos secretos? Se existem, por quê? O que leva um novo convertido a não declarar publicamente sua nova fé em países do chamado “mundo muçulmano”? Quero apresentar aqui uma das razões para isso.

A citação acima retirada do livro Cristãos Secretos trás a nós um pouco da realidade vivida por novos convertidos do islamismo para o cristianismo em muitos países do norte da África, Oriente Médio e Ásia Central. Os laços familiares e comunitários são muito fortes nessas sociedades, especialmente nos países onde esses laços foram construídos e consolidados historicamente através da religião. Negar a fé islâmica não significa apenas deixar de ler o Alcorão (livro sagrado do Islamismo), de rezar cinco vezes por dia ou parar de frequentar a mesquita, mas significa também envergonhar a família diante da sociedade. Isso automaticamente destruirá relações as familiares e comunitárias.

É importante entender que antropologicamente falando, a família é a principal detentora dos princípios e deveres da fé, que é através de uma família bem estruturada e saudável que se pode construir uma comunidade e sociedade saudáveis. Segundo algumas passagens do Alcorão, quando um muçulmano constitui uma família, ele está cumprindo metade do seu dever religioso para com Deus, isso ressalta a importância do núcleo familiar.

Para muitos de nós do mundo ocidental, as relações íntimas, profundas e morais da comunidade foram substituídas por relações impessoais, formais e utilitárias da sociedade de massas, ou seja, aquilo que faço de bom ou de ruim não necessariamente trará benefícios ou prejuízos para a minha família ou comunidade.

Nas sociedades orientais ocorre o oposto disso, principalmente nos países predominantemente islâmicos, onde o conceito de comunidade está firmado acima de tudo na religião, conforme afirma o Dr Hammudah Abdalati (mestre em Estudos Islâmicos pela Universidade McGill e doutor em Sociologia pela Universidade de Princeton): “A base da comunidade no islã é o principio que designa a submissão voluntária à vontade de Deus, a obediência em Sua Lei, e o empenho na sua causa. Em resumo, uma Comunidade Islâmica só existe, quando alimentada e sustentada pela filosofia islâmica” (O Islam em Foco; 2010, p. 70).

O indivíduo numa sociedade muçulmana é criado e disciplinado nos princípios religiosos e não deve agir segundo suas própria convicções, mas segundo o conceito religioso de comunidade. Cada ato seu trará conseqüências para a sua família, comunidade e para a própria religião, como explica Abdalati: “O que se exige da Comunidade (Islâmica) no seu conjunto, exige-se igualmente de cada membro dela” (2010, p. 71). E é por isto que um muçulmano que se converte sofre tanta perseguição, a começar pela sua própria casa.

Nós que vivemos em países laicos temos plena liberdade de mudar de religião quando quisermos sem que isso traga consequências para a nossa família e comunidade, o que faço ou deixo de fazer (desde que não infrinja as leis) não diz respeito a ninguém.

Assim, é fácil perceber uma das razões pelas quais existem cristãos que praticam sua fé secretamente em alguns países do mundo muçulmano, pois, expor isso à comunidade ou a família trará consequências dolorosas como a quebra de vínculos afetivos, a rejeição de vizinhos e amigos e o isolamento social.

Marcelo Peixoto - Historiador





Fonte: Portas Abertas

Marcelo Aguiar apresenta projeto contra a discriminação


Deputado Marcelo Aguiar
Foto de Juvenal Pereira

Ciente da importância de medidas contra qualquer tipo de preconceito ou discriminação, o deputado federal Marcelo Aguiar (PSC/SP), protocolou, nesta quarta-feira (16/03), na Câmara dos Deputados, o projeto de lei 734/2011 que prevê a criação do programa “Viver de Bem – Sem Estigma e Preconceito no Brasil”. A proposta foi assinada também pelos deputados federais Lauriete (PSC/ES) e Acelino Popó (PRB/BA).

O programa, proposto pelo projeto, dará visibilidade aos direitos humanos dos grupos populacionais marginalizados pela discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero.

Marcelo Aguiar acredita que a proposta se justifica porque o preconceito, ainda muito presente na sociedade, precisa ser atacado por toda a sociedade. “Para acabar com o estigma que ainda cerca a população marginalizada, é imprescindível que sejam desenvolvidas políticas públicas afirmativas e de promoção da cultura de respeito às diferenças, inclusive à livre orientação sexual e à identidade de gênero”, explicou.

Para o deputado, a participação da deputada Lauriete e do deputado e campeão mundial de boxe Acelino Popó na apresentação do projeto será importantíssima para a aprovação do programa contra a discriminação. “Nesse momento, é importante termos a ajuda de uma mulher, que conhece de perto os problemas enfrentados por elas e de um esportista experiente e conhecedor das mazelas da população. Sabemos que a forma mais barata de tirar as pessoas das drogas, da marginalidade é pelo esporte. Com o apoio deles, confio na tramitação rápida dessa proposta”, afirmou Aguiar.

Os parlamentares concordam com a necessidade de desconstruir o tabu que envolve a diferença de cor, de etnia, de sexualidade, destruindo estereótipos e divulgando informações sobre os temas de forma natural. “Esse projeto prevê a promoção de campanhas de divulgação sobre a diversidade do povo brasileiro, para disseminar a cultura da paz e de respeito aos vários grupos sociais da população e tolerância com suas diferenças”, afirmou Marcelo Aguiar.

Assessoria de Imprensa
www.deputadomarceloaguiar.com.br

Ministério brasileiro evangeliza através do telefone


Ministério brasileiro evangeliza através do telefone Disque-Paz atua em 230 cidades e recebe 12 mil ligações por mês
Aquela expressão popular que diz ‘temos de ouvir mais e falar menos, por isso é que temos duas orelhas e uma boca’ é o dilema de trabalho da Luz Para o Caminho (LPC), com o ministério Disque-Paz há 30 anos em Campinas (SP), a pioneira, e em outras 229 cidades espalhadas pelo país.

O serviço é feito basicamente com um equipamento digital que armazena 700 mensagens escritas e gravadas pelo apóstolo Hernandes Dias Lopez, com duração de um minuto e meio cada uma, fazendo com que elas não se repitam por um prazo de dois anos seguidos.

O coordenador do projeto, o pastor Flávio Santana, diz ser um serviço prestado por 17 voluntários, que trabalham duas horas por semana e mais um em tempo integral, todos com treinamento específico. O Disque-Paz recebe em média 12 mil ligações por mês, sendo um trabalho interdenominacional e que atende a maioria de não evangélicos. “A maioria não é evangélica, porque a pessoa que é evangélica já conhece a igreja, tem um pastor e sabe onde buscar auxílio, já quem está de fora encontra ajuda através das mensagens e orações do Disque-Paz”.

Além das mensagens gravadas, o Disque-Paz tem um meio de direcionar a pessoa para conversar com um dos atendentes e desabafar sobre os mais diversos tipos de problemas em uma época em que as pessoas são carentes e necessitadas de cuidados espirituais. Os problemas mais frequentes dentre as 800 ligações mensais para falar com os atendentes são tentativas de suicídio, problemas conjugais como separação e divórcio, problemas familiares, busca por auxílio e orientação espiritual, doenças e outros. Mas o mais comum são as crises existenciais e doenças psicológicas.

Flávio conta também que a LPC mantém parcerias com médicos e psicólogos, e dependendo do grau do problema a pessoa pode ser encaminhada para um profissional ou até mesmo para uma igreja mais próxima, onde possa obter ajuda.

“Um dia desses uma menina de nove anos ligou aqui pedindo oração e relatando que seus pais bebiam muito e estavam nus na sala da casa. Além disso, a menina disse que não comia há três dias”. Esse caso foi denunciado para o Conselho Tutelar de Campinas, que, junto do Disque-Paz foi até a casa para averiguar as condições reais do lugar e da família e na sequência, os pais foram encaminhados para tratar do vício e passaram a ser assistidos pela igreja mais próximo da sua casa, de acordo com Flávio.

A divulgação do serviço do Disque-Paz é feita através de outdoor, folhetos e até mesmo dentro do devocional ‘Cada Dia’. Segundo Flávio, o número de igrejas querendo prestar a mesma assistência é de 300, mas o equipamento que grava as mensagens está em falta no momento.

Serviços:

Para falar com o Disque-Paz ligue para (19) 3741-3030 para mensagem e (19) 3741-3022 para pedido de oração.

O Disque-Paz atua em todas as regiões do país, para saber quais cidades e os respectivos contatos telefônico acesse.


Fonte: Creio 

JMM marca presença na 90ª Assembleia da CB Alagoana


Direção da junta participará do Dia de Oração por Missões Mundiais, domingo (20)
O Diretor Executivo de Missões Mundiais, pastor João Marcos Barreto Soares, foi o orador oficial durante a noite dessa quinta-feira (17) na 90ª Assembleia da CB Alagoana. O pastor David Pina, Coordenador de Promoção, Representação e Eventos da JMM, que acompanha o  pastor João Marcos nessa viagem, classificou a noite como “maravilhosa”.

Em mensagem ao povo alagoano, o pastor afirmou que ‘Eles também precisam da graça do Pai sob três aspectos: a misericórdia, que nos faz intercessores; a esperança, que nos torna ofertantes e a graça - nos faz missionários.’. relatou o pastor David Pina.

No final da tarde desta sexta-feira (18), eles terão um encontro, em Recife, com um grupo de pastores coordenado pela Ordem dos Pastores. Em seguida, seguirão para Salvador, onde, sábado (19), terão um novo encontro com pastores. No domingo, ainda na capital baiana, os pastores João Marcos e David Pina visitam três igrejas: IB Monte Tabor, IB da Graça e IB Sião. Eles também participarão do Dia de Oração por Missões Mundiais, cujo objetivo é formar uma grande rede de oração em favor da evangelização mundial, levando a graça do Pai a todos.

Com informações da JMM
Redação CPAD News

Missões Nacionais apoia Fórum de Missões com etnias no Brasil


Missões Nacionais apoia Fórum de Missões com etnias no Brasil Evento acontecerá na segunda quinzena de maio em Curitiba
A Igreja Batista do Bacacheri, com o apoio da Junta de Missões Nacionais, realiza, entre os dias 13 e15 de maio, em Curitiba, o 1º Fórum de Missões com Etnias no Brasil. A programação também trará a participação da  Faculdade Teológica Batista do Paraná, que lançará o projeto escola de Missões com Imersão, entrando em funcionamento imediatamente após o Fórum.

Oficinas e painéis também farão parte da programação. Eles abordarão o modo como Deus tem usado missões e pessoas, dentro de nosso país, para alcançar os estrangeiros que aqui vivem. "Falaremos das estratégias que Deus tem dado para esses projetos de amor para com a s nações que vivem em nosso país como sua segunda pátria", comentou o coordenador geral do evento, pr. Marcos Calixto.

Para mais informações clique aqui.

Fonte: Missões Nacionais

Onda de violência na Nigéria motiva campanha de oração


Onda de violência na Nigéria motiva campanha de oração Eleições presidenciais acontecerão em 09 de abril
Apenas algumas semanas das eleições nacionais de 2011 na Nigéria em 09 de abril, as campanhas e a violência caminham juntas e continuam em pleno andamento, chamando as igrejas da tensa nação a orarem.

A explosão de uma bomba perto do comício do Partido Democrata Popular (PDP) na campanha em Suleja, perto da capital Abuja, deixou pelo menos 14 pessoas mortas.

No Norte, os membros da seita radical islâmica Boko Haram teriam continuado a sua fúria contra o governo federal, matando dois policiais.

A violência étnica e religiosa também continua perto da cidade de Jos.

Desde o fim do regime militar em 1999, o candidato do PDP tem ganhado todas as eleições presidenciais. Por tradição, o PDP alternou o poder entre o norte e o sul, depois de cumprir dois mandatos. Mas esse padrão foi interrompido quando o presidente Umaru Yar"Adua (um nortista) morreu antes do cumprimento de seu primeiro mandato de quatro anos, elevando assim, o seu suplente, o vice Goodluck Jonathan (um sulista) no poder.

Como a equação política alterada significativamente, as tensões aceleraram entre os conservadores, principalmente da parte norte do país, que insistem em que o atual presidente não deve concorrer à eleição. Jônatas, porém, derrotou seu rival nas primárias do partido PDP no norte.

Quatro principais candidatos surgiram na corrida para a presidência:

Presidente Goodluck Jonathan (um cristão) carrega a bandeira do Partido Democrata Popular (PDP), depois de derrotar o ex-vice-presidente Alhaji Atiku Abubakar.

Mallam Nuhu Ribadu foi escolhido como o candidato de consenso do Congresso da Acção da Nigéria (CAN).

Muhammadu Buhari do Congresso para Transformação Progressista (CPC) emergiu como o candidato de consenso do seu partido.

Mallam Shekarau Ibrahim, governador do Estado de Kano, derrotou outros aspirantes do Partido Político Nigéria (ANPP).

"Ao que tudo indica a batalha para a presidência da Nigéria será, provavelmente, entre o presidente Jonathan e Mallam Nuhu Ribadu", disse Rudolf Ogoo Okonkwo, um repórter de longa data no país.

A perspectiva de Ribadu emergindo como um oponente formidável de Jonathan parece depender se os partidos opositores se unirem em torno de sua candidatura. "Até agora, não há nenhuma indicação de que tal acordo será feito um mês antes da eleição", disse Okonkwo.


Fonte: Portas Abertas

Aplicativo para iPhone de grupo que propõe 'cura' gay causa polêmica

Um aplicativo previamente aprovado pela Apple está propondo a "cura" para a homossexualidade --e causando polêmica com isso.
De acordo com informações do site Digital Trends, o programa para iPhone é fornecido pela Exodus International, e está descrito no iTunes como um meio de "acesso a notícias atuais, informações e recursos" do grupo.
No entanto, informa o site, um dos motes da entidade é a discussão da "sexualidade indesejada", além de propor "terapia reparadora" para supostamente livrar gays da orientação sexual.
O Digital Trends questiona ainda o fato de o aplicativo receber uma boa avaliação (+4), a despeito das críticas que recebeu nas resenhas sobre o produto (que são feitas pelos próprios usuários.
"É uma iniciativa baseada em ódio da direita religiosa fanática, que pretende fazer uma lavagem cerebral e emocional, destruindo gays e lésbicas e coagindo-os a odiarem a si mesmos com base em sua orientação sexual natural... Estou indignado e decepcionado que a Apple permite que este grupo de ódio esteja em seus produtos como o iPhone", escreveu um usuário.
"Esse aplicativo é pouco mais que um navegador para navegar em um 'jardim do êxodo' de conteúdo anti-gay previsível", declarou outro.
Há um usuário que questiona, ainda, quando a Apple vai colocar um aplicativo da Ku Klux Klan (conglomerado de organizações racistas nos Estados Unidos).
"A Apple está em uma posição delicada: o conteúdo do aplicativo é tudo menos inflamatório. Em vez disso, é apenas uma proclamação de crenças em um formato pobre. Mas a Apple não é um juiz moral, quando se trata de religião e ética --é um juiz quando se trata de aplicativos do usuário", diz o Digital Trends.

  Folha

Os Sobreviventes do Tsunami no Japão Ajudados pela Rede de Igrejas Locais

tokyo-grocery-stores-chrash-christian-postTrês dias depois que um tsunami atravessou a prefeitura de Miyagido, no Japão, o missionário norte-americano, Phillip Foxwell, dirigia um caminhão na zona do desastre para acessar o dano. Tendo crescido no Japão, Foxwell tinha amigos de infância entre os residentes locais - a quem temia que tivessem morrido.
  •  
     
    (Foto: CRASH)
    Prateleiras Vazioas de um supermercado em Tóquio na sequência do sismo de magnitude 8,9 que abalou o Japão em 11 de março de 2011.
Enquanto inspecionava a devastação, ele pegou um fragmento de uma placa. No pedaço de madeira, ele viu os personagens, `Shu Wa Waga` (O Senhor é meu), e adivinhou que a placa seria lida em sua totalidade, "O Senhor é o meu caminho."
"Você sabe que o Japão não tem um monte de referências bíblicas de qualquer tipo," disse ele em depoimento postado no YouTube. "Eu nem sei como essa [placa], me chamou a atenção."
A maioria dos japoneses se identificam como budistas ou xintoístas, enquanto que apenas 1,5 por cento da população total do país é considerada cristã.
Em 11 de março, um terremoto de 8,9 graus na escala Richter gerou correntes oceânicas que destruíram cidades inteiras e vilas. Estima-se que pelo menos 10.000 pessoas estão mortas ou desaparecidas. Durante o tremor, quatro usinas nucleares perdeu poder e na sexta-feira a ameaça de um desastre nuclear tinha atingido o nível 5 (de 7). A capital do Japão, Tóquio se tornou uma cidade fantasma ao que dezenas de milhares de pessoas fugiam com medo de envenenamento radioativo.
A comunidade internacional, incluindo governos e organizações não-governamentais (ONGs), enviou equipes de resgate e suprimentos nos dias seguintes ao tremor. Equipes de militares dos EUA permitiram a entrega de suprimentos via aérea, depois de limpar o aeroporto de Sendai, na prefeitura de Miyagi - a região mais próxima do epicentro do terremoto.
No entanto, rotas terrestres continuam a ligação mais direta com as áreas mais duramente atingidas. Muitas estradas foram abertas nos últimos dias, facilitando o fluxo de suprimentos.
Alcance Cristão no Japão
Os Cristãos começaram a mobilização ao lado de organizações não-governamentais e entidades governamentais para levar ajuda muito necessária aos sobreviventes.
Um desses grupos inclui CRASH (acrónimo para Christian Relief, Assistance, Support e Hope - Ajuda Humanitária Cristão, Assistência, Apoio e Esperança), que tem coordenado o trabalho de ajuda humanitária entre Igrejas japonesas. A organização trabalha em estreita colaboração com a Aliança Evangélica Japão (JEA) e os japoneses da Associação Evangélica Missionária (JEMA).
"A CRASH é uma rede de ajuda humanitária exemplar sem paralelo no Japão. Nenhuma outra instituição é capaz de avaliar as necessidades em solo como CRASH, e, em seguida, tomar medidas para satisfazer essas necessidades," disse o presidente JEMA Dale Little.
"A eficácia do CRASH inclui ligação estreita com as Igrejas locais no Japão."
Sobreviventes do terremoto que não podem deixar de configurar abrigos improvisados ​​e tendas comunitárias em colinas com vista para o local do desastre. Moradores se reúnem em longas filas para reunir o mínimo essencial.
"Havia 150 pessoas esperando na fila do supermercado para ramen simples, arroz e papel higiênico," disse trabalhador de hospitalidade da CRASH, Bola Taylor. "As prateleiras estavam vazias - era muito irritante."
Desde quinta-feira, as equipes da CRASH tinham estabelecido o seu primeiro acampamento de base em uma creche na cidade de Sendai, capital da província de Miyagi. As rotas que as equipes terão que tomar serão dentro de 40 quilômetros (24,8 quilômetros) dos reatores nucleares atingidos, de acordo com a CRASH. A CRASH planeja mover dois contentores de 40 pés cheios de bastante arroz e produtos de soja suficientes para fazer mais de 500 mil refeições. No entanto, tais doações exigem recursos significativos para distribuir os alimentos das caixas aos sobreviventes, revelou o porta-voz da CRASH. A organização continua a procurar fundos além de seu trabalho na região.
Além de abordar as necessidades físicas, coordenadores da CRASH expressaram o desejo de ver cumprido o trabalho espiritual no Japão.
"Muitos de nós estão se perguntando como podemos responder melhor à notícia do terremoto e do tsunami que devastou o Japão," disse Jonathan Wilson, diretor da CRASH do Japão. "Enquanto as telas de televisão derramam imagens, abrimos nosso coração ao Criador para cuidar dessa grande nação."
Chegando à zona de desastre, Phillip Foxwell ficou aliviado ao descobrir rostos familiares entre os sobreviventes.
"Muitos dos meus vizinhos são como as tias e tios para mim," disse Foxwell. "Eu estava esperando para descobrir que 25 dos meus amigos próximos haviam morrido, mas eu os achei todos sentados juntos em um abrigo."
Ele concluiu: "Houve mais abraços e emoção do que eu já havia experimentado no Japão. Foi um dos momentos mais felizes da minha vida."

CRISTIAN POST

Muammar al-Gaddafi Chama Manifestantes para Brigar em ‘Batalha Decisiva’

Muammar al-Gaddafi não mostra sinal de que ele pretende largar o poder prometendo, quinta-feira, engajar em uma “batalha decisiva.”
    libya-christian-post
  • (Foto: AP / Jerome Delay)
    Após o anúncio na televisão estatal da Líbia de que as forças de Muamar Kadafi tomaram a cidade oriental de Ajdabiya, apoiadores Kadafi comemoram na praça verde em Tripoli, na Líbia, terça-feira 15 de março de 2011. As forças do governo atingiram o coração da rebelião com ataques aéreos, mísseis e artilharia na terça-feira, tentando pela primeira vez ter de volta uma cidade que serve como uma passagem crucial para a banda de lutadores que ameaçavam a sua espera de quatro décadas no poder.
O ditador, que governou a Líbia por mais de 40 anos, foi citado em TV estatal dizendo, “A batalha continua no Misurata na quinta-feira, que será a batalha decisiva,” relatou Al Jazeera.
Misurata está a cerca de 93 milhas da capital Tripoli e está atualmente ocupada por rebeldes.
Gaddafi urgiu seus partidários a “pegar em armas” e lutar para que a cidade não seja deixada “refém nas mãos de um punhado de loucos.”
Apesar da condenação internacional, Gaddafi tem enviado tropas contra os protestantes e os civis, resultando em um banho de sangue de mais de 1.000 pessoas mortas e milhares de pessoas feridas.
Em uma declaração anterior, o líder imprevisível da Líbia prometeu brigar para reter poder até sua última gota de sangue.
As Nações Unidas tem passado uma resolução pedindo a Gaddafi para parar a matança dos protestantes e emitiram uma sanção contra o seu regime, mas ainda não tem feito intervenção militar.
A secretária de Estado Hillary Clinton, que esteve no Cairo na quarta-feira, disse, “nós queremos fazer o que podemos para proteger inocentes libaneses contra os saqueadores liberados pelo regime Gaddafi.
“E claro, o tempo é rápido em cima de nós. Há uma urgência para isso,” disse ela.
O Conselho de Segurança das Nações Unidas está considerando passar uma zona de exclusão aérea na Líbia para parar as forças de Gaddafi de conduzir ataques aéreos contra rebeldes e civis. Os Estados Unidos apoiam a zona de exclusão aérea e querem ajudar os rebeldes, mas um diplomata familiar com a discussão disse ao The Associated Press que Washington não irá agir por si próprio para parar ataques por Gaddafi sem a autorização das Nações Unidas.
No fim de semana, mesmo a Liga árabe expressou apoio à zona de exclusão na Líbia. Clinton chamou isso “extraordinário” que a nação árabe estava chamando a ONU para tomar medidas “contra um deles mesmos.”
Até recentemente, a administração de Obama tem estado hesitante em apelar para a zona de exclusão aérea porque o Pentágono disse que esse é um passo equivalente para a guerra, de acordo com a AP. Os Estados Unidos já estão envolvidos em guerras no Iraque e Afeganistão e está receoso de entrar em um terceiro, especialmente em um país no qual se tem pouco conhecimento.
O líder rebelde Mustafa Gheriani disse desde a cidade de Benghazi que enquanto a oposição espera que as Nações Unidas votem para prover apoio para eles, mesmo se isso não acontecer, “nós iremos confiar em nós mesmos e fazer o que podemos.”
“O curto genocídio do leste da Líbia, há pouco que Gaddafi possa fazer porque ele não pode mais decidir sobre nós,” disse Gheriani.

CRISTIAN POST

Raul Gil faz visita a Igreja Mundial do Poder de Deus do Apóstolo Valdemiro Santiago e é aplaudido de pé no templo

No Programa Raul Gil do último sábado (12.03) o apresentador disse ter visitado a Igreja Mundial do Poder de Deus, liderada pelo apóstolo Valdemiro Santiago.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica GospelRaul Gil comentou que foi recebido de forma calorosa pelos fiéis da igreja que o aplaudiram de pé. O apresentador enfatizou sobre a simplicidade de como Valdemiro Santiago conduz o culto. Ele agradeceu aos bispos auxiliares, a esposa do apóstolo e membros pela recepção carinhosa e ainda mostrou o livro “Milagre Urgente”, que retrata a história do apóstolo, que conta as várias provas de sua caminhada evangelista, e como se tornou um dos grandes líderes evangélicos do país.
Raul Gil passou cerca de 4 horas na igreja e disse que “da forma em que o culto é conduzido nem se percebe o tempo passar”.


Fonte: Gospelminas

ISRAEL SE PREPARA PARA A GUERRA NA PALESTINA: 'NOSSA RESPOSTA SERÁ DURA'

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, responsabilizará o Hamas em caso de um ataque vindo da Faixa de Gaza. Neste domingo, ...