quarta-feira, 16 de março de 2011

Chinês destrói Lamborghini de R$ 1,6 mi


Sabe aquele Lamborghini Gallardo, um superesportivo dos sonhos com motor V10 de 560 cv de potência, oferecido por até R$ 1,6 milhão no Brasil? Acredite se quiser, há quem destrua um carro desses. O fato aconteceu na China, mais precisamente na região de Qingdao. Insatisfeito com seu carro, um consumidor chinês resolveu destruí-lo.
Os problemas começaram em novembro, quando o Gallardo sequer dava partida. O dono levou o carro à concessionária da marca e não teve o problema resolvido, além de recebê-lo com avarias. Após inúmeras tentativas de conserto e até mesmo um contato com Stephan Winkelmann, CEO da montadora italiana, o problema não se resolveu e o proprietário resolveu tomar uma decisão drástica.


Revoltado, ele convocou a imprensa e diversas pessoas no Dia do Consumidor chinês, nesta terça-feira (15) e destruiu o carro com marretadas e chutes. O superesportivo ficou completamente destruído e rasgou o coração de muitos fanáticos pelo mundo. Será que valeu a pena tomar uma atitude como essa?
Ricardo Sant’Anna e Carina Mazarotto







Fotos AFP

FONTE - REVISTA AUTO ESPORTE

QUER TER SEU PRÓPRIO NEGÓCIO ? CONHEÇA ESSE NOVO PLANO AMWAY

Amway é a melhor oportunidade de negócio

A Amway é uma das maiores empresas de venda direta com grande sucesso no mundo, gerando vendas anuais superiores a 8 bilhões de dólares, presente em mais de 80 países e territórios. A venda direta é uma atividade em que os produtos e serviços são oferecidos para o consumidor final por meio de uma comunidade de negócios Amway.

A maneira como os Empresários Amway recebem receitas provem de dois conceitos:
1. A comercialização dos produtos gerados a partir da margem de revenda.
2. O pagamento de bônus mensal com base no consumo pessoal e vendas, as vendas geradas pelo grupo.




A Linha Consolidada do Patrocínio (CLOS em inglês) é aplicada na região que compreende 12 países da América Latina: Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Chile, El Salvador, Honduras, Guatemala, México, Panamá, Uruguai e Venezuela. Isto permite que aos empresários latino-americanos melhorem o seu negócio, uma vez que podem aumentar suas redes e bônus, convidando novos empresários de qualquer país na região onde a Amway está presente.

Os lucros com as suas necessidades

A Amway oferece a oportunidade de ter um negócio sem limites e se tornar um empresário, graças a seu modelo de negócios inovador e comprovado.

O Plano de Vendas e Marketing da Amway, que reconhece e premia as realizações por meio de um sistema de recompensas e bônus baseados em três pontos:
- Uso de produtos
- Marketing de produtos
- Patrocínio (Empresário convida os amigos para participar do seu grupo).

O Plano de Marketing e Vendas Amway foi testado com sucesso por mais de 50 anos e ajudou a melhorar as vidas de milhões de pessoas em todo o mundo. Pessoas como você foram estimuladas a trabalhar para alcançar o sucesso.

A Amway é uma oportunidade de negócio que fez a diferença na vida de muitas pessoas, garantindo um fluxo de receitas que depende apenas de seus próprios esforços são reforçadas por novas e melhores ferramentas para apoiar seus distribuidores, bem como atrativos programas de incentivo económico, além do plano de recempensas.

A oportunidade de negócios Amway se adapta às suas necesidades: permite a liberdade de seu tempo, que você continue a trabalhar em seu emprego ou dedicar-se ao seu negócio Amway em tempo integral. Você escolhe e faz o seu próprio tempo. Você não trabalha para a Amway ou a pessoa que o levou para o negócio: você trabalha para você mesmo!

A Amway oferece constantemente a seus distribuidores avanços tecnológicos e de comunicação para desenvolver todo o potencial de seu negócio. Em um site, se apresenta uma ampla gama de oportunidades e de ferramentas para o desenvolvimento de negócios através da Internet.

O distribuidor Amway conta com o apoio de seu Patrocinador e dos funcionários da Amway. Temos os recursos para ajudá-lo através do nosso site, pela linha gratuita de atendimento ao cliente ou pessoalmente nos Centros de Experiência Amway, onde também pode conhecer e adquirir nossos produtos.

As melhores pessoas

Pessoas são a chave do nosso negócio. Você aprende sobre a se conhecer e a outros pessoas. Deste modo, você saberá como administramos nosso negócio por meio da Parceria, Integridade, Valor Pessoal e Responsabilidade. Em cada decisão que você tome, você contará com o treinamento e o apoio da Amway, que sempre está sempre pronta para ajudá-lo a alcançar seus objetivos.

Na Amway, você é responsável por seu negócio Amway, mas você nunca estará sozinho. A Amway apoia seu negócio, porque você faz parte de uma comunidade exclusiva, onde são reconhecidos seus esforços e você é recompensado por seu sucesso.

A Amway orgulha-se do sucesso de seus distribuidores e desenvolveu uma ampla gama de prêmios. Portanto, conforme atinge novas metas, receberá maiores lucros, recompensas e reconhecimento. Na Amway reconhecemos o sucesso do nosso distribuidores através de viagens espetaculares, destaque em nossas publicações, e atraentes prêmios extras ao Plano de Vendas e Marketing da Amway.

Nossos distribuidores têm algo em comum: querem ganar mais dinheiro e desfrutar de mais tempo livre. Assim como você, deseja uma vida melhor para suas famílias e para eles mesmos. E estão conseguindo. E esta oportunidade está se aproximando de você neste momento. Agarre-a, conheça a Amway e descubra que não há limites e que estão dentro de você as respostas para o seu bem-estar e de sua família.

Amway. Um negócio com pouco risco, baixo custo inicial e com o apoio de uma empresa sólida com reconhecimento mundial.

Bispo Roberto Torrecilhas
ubpes@yahoo.com.br


DEIXE DEUS TRASBORDAR A SUA VIDA DO AZEITE CELESTIAL


Bispo Roberto Torrecilhas

Mercado ou ministério?


Chegada de gravadoras seculares ao segmento evangélico reacende discussão sobre separação música cristã e mundana.
Por Mauricio Zágari
Já vai longe o tempo em que música religiosa cristã era uma expressão artística restrita a celebrações religiosas e santuários e que encontrava seus entusiastas apenas entre os fiéis. Na era da música digital e da cultura de consumo, os hinos clássicos foram substituídos pela música da moda. Os maestros e organistas de catedral cederam lugar para artistas com fã clubes e cortes de cabelo moderninhos, e as igrejas abriram espaço para os auditórios de programas de TV. O termo “música sacra” parece coisa de museu, já que a palavra que define as novas tendências é o gospel – e, a reboque, as motivações de muitos que atuam nesse meio tornaram-se essencialmente financeiras. Fato é que o chamado mercado gospel tornou-se um negócio suculento, que movimenta milhões de reais por ano. Com isso, gravadoras seculares passaram a trazer para dentro de seus quadros músicos religiosos, rompendo com o antigo tabu evangélico de que não se pode misturar louvor com nada que seja, no jargão crente, “do mundo”. De olho na gorda fatia do mercado cristão, antigos pesos-pesados da indústria fonográfica, como a Sony Music e a Som Livre, embarcaram na onda gospel e estão apostando suas fichas em todo o lucro que esse nicho pode proporcionar.
O exemplo mais visível dessa penetração é o Ministério de Louvor Diante do Trono, formado por membros da Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte (MG). O grupo, celebrado como ícone do estilo louvor e adoração, fechou contrato de distribuição com a Som Livre, empresa que pertence às organizações Globo – e justamente a Globo, normalmente demonizada por tantos evangélicos. O cast da empresa é bastante ecumênico e inclui ainda os padres cantantes Robson e Fabio de Mello. O objetivo, diz comunicado do ministério, é ampliar a atuação do grupo no mercado fonográfico. Mas a parceria abriu para o conjunto espaços ambicionados por qualquer artista pop do país, como vinhetas durante a programação da emissora e até uma aparição no programa Domingão do Faustão, exibido nas disputadas tardes de domingo. “É a possibilidade de chegar a lugares que ainda não atingimos com nossa mensagem”, disse a pastora e cantora Ana Paula Valadão, líder do grupo, na época da assinatura do contrato. “A ideia é reunir a excelência que temos nas nossas produções à que a Som Livre tem na distribuição.”
O acerto sintetiza na prática o que muitos artistas cristãos de primeira linha e empresas seculares buscam. Os primeiros encantam-se com a possibilidade de ter acesso a um esquema profissional de produção e distribuição – além, é claro (e quase ninguém hoje tem pudores de esconder isso), de auferir lucro. Já no caso das grandes empresas seculares, a conversa é mais direta: o foco é no filão evangélico, que não para de crescer no Brasil. Só no ano passado, o setor da música gospel movimentou algo em torno de R$ 500 milhões. Basta ver que o programa do apresentador Fausto Silva que levou ao ar Ana Paula e a equipe do Diante do Trono deu um pulo de 3 pontos de audiência só em São Paulo. Estima-se que, durante os 15 minutos em que a banda entoou seus louvores, mais de um milhão de pessoas se ligaram na telinha na cidade.
Depois foi a vez da pastora e compositora Ludmila Ferber ir ao programa de Fausto Silva. Numa tarde de domingo em novembro, ela divulgou no ar seu novo CD pela Som Livre, dividindo o microfone com o padre Fábio de Melo e o palco com as tradicionais dançarinas do programa, todas em trajes bem sumários e esbanjando sensualidade. Sua presença repercutiu nas redes sociais da internet (ver abaixo). A estrela pentecostal Cassiane foi ao Programa Raul Gil, do SBT, para divulgar seu CD Viva. E para fechar o ano – literalmente –, foi a vez de Aline Barros participar do Show da virada, exibido pela Globo no último dia de 2010.
O diretor executivo do Departamento de Gospel da Sony Music, Maurício Soares, confirma o interesse das empresas seculares no segmento. “A Sony já acompanhava à distância o desenvolvimento do mercado de música gospel no Brasil. Nos Estados Unidos, ela é, por meio do selo Provident-Integrity, a principal player do mercado cristão”, comenta. Segundo ele, que já teve passagens por algumas das principais gravadoras evangélicas, a implantação de um núcleo de música cristã é a culminância de um processo de aproximação da Sony com esse nicho. Já foram fechados 13 contratos com cantores e grupos, aí incluídos Cassiane, a banda Renascer Praise, Elaine de Jesus, Damares, Resgate – grupo formado por ex-bispos da Igreja Renascer –, Marcelo Aguiar, DJ Alpiste, Rayssa & Ravel e até o veterano Álvaro Tito. O resultado n”ao se fez esperar : em menos de um ano de atividades, a Sony Music passou a figurar entre as três empresas de maior faturamento no mercado gospel.

PROFISSIONALIZAÇÃO
Na esteira de um crescente e profissionalizado sistema de produção, distribuição e divulgação que envolve rádios, eventos e parcerias com pontos de venda e mídia, a música evangélica brasileira dá crescentes sinais de fôlego em meio a um mercado em crise. Segundo a Associação Brasileira de Produtores de Disco (ABPD), artistas crentes são destaque entre os 20 álbuns mais vendidos do país em 2009 e responsáveis por um crescimento anual da ordem de 8%. É gente como Regis Danese, cujo CD Compromisso já vendeu mais de um milhão de cópias. Egresso do grupo de pagode Só pra Contrariar, ele tornou-se nacionalmente conhecido através do hit Faz um milagre em mim.
E a visibilidade dos artistas (ou adoradores, como a maioria deles prefere ser chamada) tende a aumentar ainda mais fora dos arraiais evangélicos. Em abril, acontece a primeira edição da Expo Music Gospel – Feira Internacional de Artistas, Ministérios e Produtos Musicais Cristãos no Anhembi, em São Paulo. Promovida pela agência MR1,  o evento pretende reunir a nata da música evangélica nacional. “Teremos a presença de cantores, gravadoras, produtores, músicos,  distribuidores e do público evangélico  nos dias  02,03 e 04 de Junho , ”, antecipa Luciana Mazzarelli, diretora da MR1. “A música gospel brasileira já compete com os cantores e bandas seculares em igualdade de condições. Prova disso é o sucesso que alguns de nossos artistas têm feito fora do âmbito estritamente religioso.”
Ao menos no discurso, a chegada dos pesos-pesados ao setor não tem incomodado as gravadoras tradicionais do gênero. “Do ponto de vista comercial, a entrada de novas empresas no mercado é sempre boa. Faz com que sejamos melhores profissionalmente”, pondera Ana Paula Porto, gerente executiva da Graça Music. Ela atribui o fenômeno ao advento da pirataria e dos downloads ilegais de música, com a consequente queda nas vendas. “As grandes gravadoras, como a Sony e a Som Livre, começaram a enxergar no gospel uma porta de escape para seus negócios. Enquanto no secular a pirataria atinge astronômicos 40% a 50% das produções, no gospel essa taxa não passa de quinze por cento”, explica. Odiretor geral da Line Records, Sérgio Lima, faz eco: “Em geral, a concorrência acaba sendo boa para o aprimoramento das empresas. Como o nosso objetivo é levar a Palavra de Deus através da música, não nos importamos se outros queiram também investir nisso”.
Para o pastor, cantor e compositor André Valadão, a queda nas vendas preocupa a todos. Com seis anos de carreira, desde que despontou no Diante do Trono – é irmão de Ana Paula –, ele acredita que sua visibilidade tem garantido uma boa posição: “Meus trabalhos têm vendido sempre um pouco mais a cada lançamento”, diz.  Sobre o atual momento, Valadão está otimista. “A Igreja tem alcançado muito mais pessoas. O Brasil é um país multicultural, onde os estilos musicais e ritmos pipocam por todos os lados”. Esse crescimento da relevância da música evangélica – mesmo entre aqueles que apenas apreciam o gênero, sem qualquer envolvimento de fé – tornou de certo modo previsível a entrada de empresas seculares nesse nicho, na opinião do diretor-presidente da Onimusic, Nelson Tristão: “É algo natural”. Ele também não considera essa tendência um problema. “Se alguém está realmente fazendo a obra de Deus, então essa pessoa ou empresa é mais uma cooperadora, e não um concorrente – porque, em última análise, trabalhamos todos para o Senhor.”

“PODER DO DINHEIRO”
A verdade é que quem dá voz e fôlego à música cristã adota discurso cauteloso em relação a essa aproximação. O violonista Cláudio Tupinambá, pastor da Assembleia de Deus e músico profissional, diz que a chegada das multinacionais da música ao meio artístico evangélico pode até ter um significado espiritual. “Se Deus usou ímpios como Ciro para cumprir seus desígnios e edificar sua obra, não vejo por que isso não possa acontecer agora”, aponta, lembrando a história bíblica do soberano persa que permitiu que o povo de Israel reconstruísse sua nação.
Apreocupação de grande parte dos músicos mais antigos, que começaram a carreira antes da explosão da indústria fonográfica gospel no Brasil, é com a espiritualidade dos artistas contratados. O pastor e músico Guilherme Kerr, um dos ícones do ministério Vencedores por Cristo – a principal referência da música evangélica nacional entre os anos 1960 e 70 –, afirma ver o fenômeno “sem medo”. “Mas o poder do amor ao dinheiro é muitas vezes cruel”, assinala. Ele lembra que, muitas vezes, o artista cristão tem de ter sempre em mente que o seu objetivo maior pode ser justamente o extremo oposto dos objetivos das grandes corporações. “Pode-se dar vazão a um oportunismo perigoso”, alerta, por sua vez, o cantor e compositor Gerson Borges, outro nome intimamente ligado ao desenvolvimento da música evangélica no país.
Com dez anos de estrada, a cantora evangélica Day Dominguês é bem enfática em sua análise: “Para a gravadora em questão, é óbvio que seu único compromisso é com a vendagem de CDs e os consequentes lucros obtidos através disso”. Ela questiona eventuais compromissos com o Evangelho de empresas que têm investido na música religiosa. “Elas buscam levantar artistas que vão, em nome de Cristo, dar autógrafos, ser aplaudidos e vender discos”. Questionamento semelhante faz o músico Carlinhos Veiga. Com formação teológica e pastor presbiteriano, ele canta há 25 anos – seis álbuns lançados – e teme que muitos colegas de ministério artístico possam negociar suas vocações em nome de bons contratos: “Com esse tipo de assédio, será que continuarão fiéis aos ministérios que um dia receberam de Deus ou serão motivados a realizar apenas aquilo que lhes dê lucro e visibilidade?”.
Conhecido por sua postura mais crítica em relação ao mercado gospel, o cantor e compositor João Alexandre preocupa-se quando vê os interesses financeiros tendo muita prioridade no trabalho dos artistas cristãos. “Essa aproximação com as empresas seculares pode ser produtiva, desde que o lucro não seja o objetivo, mas a consequência”. O artista, autor de sucessos como Essência de Deus, É proibido pensar e Pra cima Brasil, chama a atenção para outro aspecto da questão: “Convém lembrar que o que a indústria fonográfica gospel produz acaba sendo cantado na esmagadora maioria das igrejas evangélicas. Deixar esse repertório a critério de gravadoras sem compromisso com as verdades bíblicas e sujeitas às pressões de mercado é, no mínimo, algo para se refletir”, pondera.
O produtor musical Mauricio Barbosa, que já trabalhou com artistas de peso no meio evangélico, como Aline Barros, Claudio Claro, Sérgio Lopes e Cassiane, defende o equilíbrio, inclusive na delimitação da fronteira entre o que é validou ou não em termos de música. “Há músicas seculares que falam da graça comum, que mostram os traços de Deus na humanidade. Há letras boas, que falam de amor, da natureza, de sentimentos genuínos. E a verdade é que nem toda musica gospel dá para se ouvir”, alfineta. Atualmente trabalhando como produtor do AD Studios, ele lembra que, quando se converteu ao Evangelho, jogou todos seus LPs de música secular fora. É que seus pastores, na época, o convenceram de que tudo aquilo tinha influência satânica. Hoje, mais maduro, pensa diferente. “Não existe mi menor pecador ou dó maior que seja cheio do Espírito. Ou seja, música é música. O que a torna boa ou ruim é o ser humano.”


Twitou geral

A presença de grupos e cantores gospel em programas de TV como o Show da virada e o Domingão do Faustão tem gerado uma grande polêmica nas redes sociais da internet. De um lado, há quem defenda o fato como um sucesso evangelístico. De outro, muita gente enxerga apenas uma ação de marketing. No twitter, que permite interação em tempo real, a presença da pastora e cantora Ludmila Ferber no programa, em novembro, gerou comentários de êxtase e de desaprovação. Na linguagem direta que caracteriza esse tipo de comunicação, um pastor da Igreja Quadrangular escreveu: “Cantora Ludmila Ferber foi bem, mandou bem, sua carreira vai crescer bastante, seu cachê nem se fala. Para o Reino de Deus? Irrelevante”. O comentário resultou numa reação imediata, que levou a diversas réplicas e tréplicas. O internauta identificado como @spaceeeh traduziu o pensamento de muitos:“Foi bênção demais, creio que vidas foram transformadas através das palavras da serva”.
Ana Paula Valadão, cantora do Ministério de Louvor Diante do Trono – grupo que também já pisou no palco do Domingão –,postou uma série de textos durante a apresentação de Ludmila e celebrou que o nome “Ferber” era a quinta palavra mais mencionada do twitter naquele momento. E escreveu: “@pastoraludmila liberando VIDA, ESPERANCA e PODER de TRANSFORMACAO! Aleluia!”. Já @willrp16 fez a contrapartida: “ECUMENISMO BARATO!!!!!”.Prova de que a presença de artistas cristãos em solo que não é santo ainda está longe de ser uma unanimidade.


Números do setor de música gospel no Brasil

R$ 500 milhões é o faturamento anual
8% é o crescimento anual do segmento
15% são as perdas com pirataria. Na música secular, o índice atinge 50%


FONTE . CRISTIANISMO HOJE

Indonésia relembra ataques contra cristãos


   
 
Igreja Emanuel, em Java Central, reabre  
No começo de fevereiro, um grupo de militantes islâmicos protestou para exigir a pena de morte de um cristão acusado de “blasfêmia contra o Islã.” A multidão ateou fogo em duas igrejas e danificou uma terceira.

O cristão Antonius Richmond Bawengan (58) tinha sido considerado culpado de distribuição de livros e folhetos que supostamente "espalhava o ódio pelo Islã", em Temanggung, na Java Central. Ele recebeu a pena máxima de cinco anos de prisão. Por conta disso, cerca de 1.500 muçulmanos protestaram em frente ao tribunal, exigindo a pena de morte.

As igrejas se tornaram alvo da violência que se espalhou para os arredores, e um ministro, que viu sua igreja ser incendiada, foi agredido pela multidão. Pelo menos nove pessoas foram levadas ao hospital com ferimentos. A polícia foi agredida com projéteis e pedras, além de um prédio escolar e vários veículos.

As agressões ocorreram na época em que o país se viu disposto a celebrar a diversidade religiosa, na “semana interconfessional”, mas a violência gerou insegurança aos cristãos que agora, temem suas por sua segurança.

Pedidos de oração

• Ore pelas congregações que perderam suas igrejas no incêndio;

• Ore pela segurança dos cristãos locais, para que sejam capazes de se reunirem para adorar o Senhor Jesus;

• Ore pela firmeza na fé dos cristãos na Indonésia diante da perseguição;

• Ore para que o governo forneça melhor proteção às igrejas e contra os ataques violentos.

Tradução: Carla Priscilla Silva



Fonte: Barnabas Fund

Número de mortos em tremor e tsunami passa de 4.200 no Japão Houve mortes em 12 prefeituras, e há desaparecidos em seis, diz polícia. Número de mortes deve crescer, e crise nuclear preocupa país e mundo.

O número de mortos vítimas do terremoto seguido de tsunami do dia 11 chegou a 4.255, em 12 prefeituras (distritos) do Japão, e 8,194 continuavam desaparecidos em seis prefeituras, segundo dados divulgados pela Polícia Nacional às 20h locais desta quarta (16).
O número de vítimas, no entanto, deve subir bastante, à medida que mais corpos são achados, principalmente nas áreas costeiras atingidas pelo terremoto.
O premiê Naoto Kan disse que mais de 26 mil pessoas seriam resgatadas com vida, mas o número de mortos e desaparecidos tinha passado de 10 mil.

Poucas vítimas foram submetidas a autópsia, por falta de equipes. A prioridade é identificar as vítimas.
Nas prefeituras mais atingidas, como Iwate, Miyagi e Fukushima, a polícia começou a anunciar nomes, idades e endereços de vítimas, baseados em documentos encontrados com os mortos.


G1

Regis Danese estará no 2º Encontro de Mulheres Cristãs da Exibir Gospel



regis danese.JPG
Evento será no dia 22 de março, na Igreja Assembleia de Deus Madureira de Mogi das Cruzes, a partir das 18 horas
Faltam poucos dias para o 2º Encontro de Mulheres Cristãs do Alto Tietê, promovido pela revista Exibir Gospel. O evento reunirá cerca de mil mulheres na sede da Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira, em Mogi das Cruzes, a partir das 18 horas. O cantor evangélico Regis Danese será o convidado especial da noite. Pela primeira vez em Mogi, ele virá acompanhado da sua banda. “Vai ser uma grande bênção poder estar junto aos nossos irmãos do Alto Tietê, ministrando a Palavra e louvando ao Senhor”, declarou o cantor, em recente entrevista à revista. Na ocasião, ele gravou um vídeo convidando o público a participar do encontro – confira no site www.exibirgospel.com.br. Além dos louvores de seu novo CD “Família”, não faltarão no repertório as canções que se tornaram sucesso nacional, como “Faz um milagre em mim”.
O evento promete ainda muita emoção e edificação para as mulheres cristãs. A missionária Emmanuelle Alkimin, de Campinas, contará o seu testemunho de milagres. Ela superou uma deficiência visual e construiu uma bem-sucedida carreira de advogada. Aos 32 anos, já foi assessora jurídica e secretária de Assuntos Jurídicos e Cidadania de Campinas, diretora do Jurídico/Consultivo da Prefeitura de Osasco e atualmente trabalha em uma grande empresa: “Fiquei cega aos seis meses de idade, devido a dois cânceres. Para removê-los, passei por uma cirurgia e, posteriormente, por sessões de quimioterapia, correndo risco de morte nas duas ocasiões e durante cinco anos seguintes. Tudo isso fez com que a minha família exergasse a minha deficiência como um detalhe, pois, afinal, eu havia sobrevivido. Deus operou um milagre”.
Ela conta que toda a sua vida foi firmada no sobrenatural de Deus: “Conclui um curso em que a leitura é essencial e consigo desenvolver plenamente a minha profissão. É a prova de que recursos humanos insuficientes, quando colocados nas mãos do Senhor, tornam-se mais que suficientes para cumprir o Seu propósito. Deus tem sido fiel em todos os momentos da minha vida”, contou.
No louvor, haverá ainda a participação do saxofonista Hilquias Alves, destaque entre os melhores músicos do Brasil. Ele acumula mais de duas mil participações especiais em trabalhos de outros músicos do cenário gospel. Atualmente é dono do recorde mundial da técnica de respiração circular, anteriormente conferido a Kenny G., que sustentou a mesma nota durante 43 minutos sem parar. Hilquias alcançou a marca de 60 minutos, superando-o. Tornou-se um candidato ao Guiness Book (livros dos recordes).
O jovem Renan Miranda, revelação da música gospel, também apresentará seu louvor em agradecimento a Deus pela vida do público feminino que dia a dia exercita sua fé em Cristo.
Propósito
O propósito do evento é promover uma noite de confraternização entre mulheres cristãs de diferentes denominações: “Vamos celebrar as nossas vitórias em um grande culto de adoração, com o objetivo de louvar ao Senhor e firmarmos a nossa fé. É Dele que vem a nossa força para vencermos as batalhas diárias”, destaca a diretora-presidente da revista, Sentileusa de Moraes. Ela avisa que as mulheres serão recepcionadas com um coquetel e, no decorrer do evento, concorrerão a vários brindes especiais. "Teremos boas surpresas. Os nossos patrocinadores e parceiros estão empenhados em prestigiar o público evangélico". 
O 2º Encontro de Mulheres Cristãs tem o patrocínio da Tintas Lider, IVC Comunicação, Clínica Anhembi e TV Mogi News, e apoio do Colégio Saber, Gráfica e Editora MTO, Liceu Braz Cubas e Sound Maker.
 Ingressos
Os últimos ingressos ainda estão à venda. Custam R$ 25 e podem ser adquiridos pelos telefones 11 2312-0523/9370-1899 ou pelo site www.exibirshopping.com.br. Em Suzano, os convites estão à venda na loja L’aqua di Fiori (rua 27 de outubro,387A, no centro). A igreja Assembleia de Deus Madureira fica na rua Cabo Diogo Oliver, 737, na Vila Mogilar.

missionária Emmanuelle Alkimin.JPGsaxofonista Hilquias 
Alves.JPGcantor Renan Miranda.JPG
A missionária Emmanuelle Alkimin, o saxofonista Hilquias Alves e o jovem músico Renan



cid:5F50E075B01544F8A07409A23B90FE96@Rodrigo

Miliane Moraes – Assessoria de Imprensa

Xavi lamenta a situação de Abidal: "é a pior que já vivi"

O tumor descoberto no fígado do lateral do Barcelona Eric Abidal pegou a todos de surpresa. Segundo o espanhol Xavi Hernández, companheiro do francês desde que ele chegou ao Barcelona em 2007, esta é a situação mais complicada de toda sua carreira.
"É um dia triste para todos nós por esta notícia. São momentos difíceis para ele e sua família. Ele pediu privacidade e nós tentamos o animar. É uma pessoa muito forte, das mais fortes mentalmente que eu conheço. É um exemplo no vestiário e vai superar isto", afirmou o meia.
Abidal visitou os companheiros nesta quarta, um dia antes de sua cirurgia. "Nós o incentivamos e ele estava como sempre. Isto o ajudará muito a superar a doença. Nos surpreendeu como ele estava de ânimo. É um exemplo de fortaleza mental. Estava animado e dizia que assim é a vida e que via tudo pelo lado bom", afirmou Xavi.
"O futebol não está isento destas coisas. Somos humanos como todos os outros e pode acontecer qualquer coisa. É o golpe mais duro que já recebemos. Supera tudo o que vi no esporte. É a pior situação que já vivi em um vestiário. Espero que isto nos una ainda mais."
O jogador quer levar lições do fato lamentável. "As situações adversas, quando passam a um grupo, ajudam as pessoas a se unir e é isto que vamos fazer. Tentar com que isto nos afete o mínimo possível. A vida segue", comentou.
Quanto às acusações de que o tumor poderia estar ligado a um possível doping, o jogador se irritou. "Esta informação é um tanto macabra. Sem comentários."

Terra.

Após tremor, dekasseguis no Japão começam a voltar ao Brasil

Vilma e Américo Kikuchi embarcam em duas semanas de volta ao Brasil
A ameaça de contaminação nuclear e a série de tremores que atingem o Japão em diversas províncias têm assustado os brasileiros que vivem no país. Muitos já estão marcando passagem para voltar ao Brasil.
É o caso de Ingrid Toma, 19 anos, que embarca na semana que vem. Ela mora em Fujinomiya, província de Shizuoka, epicentro do mais recente tremor a atingir o país - às 22h30 (horário local) de terça-feira, com magnitude de 6.4.
"Caiu tudo, quebrou muita coisa em casa e, por isso, resolvemos voltar ao Brasil", disse ela à BBC Brasil. No Japão há apenas seis meses, ela já pediu demissão e disse que pretende retomar sua vida no Brasil.
O marido de Ingrid ficará mais algumas semanas no país, para entregar o apartamento e despachar a mudança.
Vilma Kikuchi, 53 anos, também já marcou a passagem de volta. Ela embarca em duas semanas, depois de viver por mais de 20 anos no Japão. "Estou tão assustada que não consigo raciocinar direito", afirmou.
Oswaldo Higashi, da agência Azuma Tourist, confirmou que a procura por passagens aumentou muito nos últimos dois dias. "Está parecendo alta temporada. A maioria decidiu ir embora por causa do terremoto e do vazamento nuclear", disse.
Ele afirma que, por causa do aumento da procura por passagens para fora do Japão, o aeroporto de Narita só deixa entrar pessoas que já têm passagem na mão.
A gerente da empresa de mudanças Suzan, Vanessa Aoki, também registrou um aumento grande no pedido de despachos para o Brasil.
"Nossas linhas estão congestionadas. A gente tenta acalmar as pessoas, para que elas pensem bem, mas a maioria está decidida a voltar mesmo".
Os moradores das províncias mais próximas do epicentro do tremor são os que mais procuram pelos serviços de mudança. "Eles nem querem saber de orçamento, já pedem logo as caixas e os formulários", afirma Vanessa.
Cerca de 250 mil brasileiros vivem no Japão. A maioria mora na área de Tokai - que compreende as províncias de Shizuoka, Aichi, Gifu e Mie -, local em que pode ocorrer um grande terremoto que pode passar de 8 graus de magnitude, segundo cientistas.
Esse tremor, chamado de Grande Terremoto de Tokai, costuma ocorrer a cada 100 ou 150 anos. O último aconteceu há 157 anos.
Resgate em Sendai
Brasileiros e outros estrangeiros embarcaram em comboio no Japão
Alguns brasileiros que moram em Sendai e na província de Fukushima foram resgatados nesta quarta-feira por um comboio brasileiro.
"Saímos ontem (terça-feira) à noite e conseguimos colocar nos dois ônibus cerca de 50 pessoas", afirmou o empresário Walter Saito à BBC Brasil, por telefone.
Nem todos, segundo o empresário, são brasileiros. "Sobraram vagas e oferecemos para quem quisesse deixar a região. Então, pessoas de outras nacionalidades também estão voltando conosco", disse.
O comboio, formado por dois ônibus de 29 lugares, um caminhão e um carro de apoio foi todo patrocinado pelo governo brasileiro. "A catástrofe foi grande e essas pessoas precisavam de ajuda, por isso topei a missão", disse Saito.
Agora, os desalojados ficarão em apartamentos alugados pelo governo brasileiro na província de Saitama. "Outros seguirão para casa de parentes", afirmou o empresário, que relatou o medo da contaminação nuclear. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.


FONTE . Estadão.com.br

Esposa do Bispo Edir Macedo recebe homenagem de mulheres africanas

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) mantém, desde 2009, um grupo chamado Sisterhood, que tem como integrantes jovens entre 14 e 30 anos. Elas recebem ensinamentos espirituais, com o objetivo de formar meninas e mulheres de Deus exemplares.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica GospelRecentemente, em Joanesburgo, na África, integrantes do grupo realizaram a premiação anual das jovens que se destacaram durante todo o ano. O evento foi marcado por uma homenagem à escritora Ester Bezerra , pelo exemplo e trajetória de esposa, mãe e mulher, que desempenha ao lado do marido e fundador da IURD, bispo Edir Macedo.
A responsável pelo grupo Sisterhood no país, a big sister Donna Onwubiko, em discurso, agradeceu pela diferença que a escritora faz na vida de tantas mulheres, através do seu exemplo de vida.
A filha, Cristiane Cardoso, reconheceu a importância da mãe na vida dela e das outras pessoas, por meio de uma homenagem em seu blog:
“Minha mãe é o tipo de mulher que adora apreciar. Ela aprecia o meu pai, minha irmã, meu irmão e eu, seus filhos de lei, o neto, nossos amigos, nosso trabalho, nosso tempo, nossos olhares, nossas casas, nossas agendas, nossos sonhos e nossa fé. Ela ama comprar nossas roupas e dizer ‘eu te amo, você é linda’”.
Cristiane Cardoso, idealizadora do projeto Sisterhood, tem desempenhado um papel importante na vida de muitas meninas em todo o mundo, resgatando a essência feminina em cada uma delas.
A jovem Rebeca Rocha recebeu ensinamentos e orientações, alcançando a mudança de vida. “Quando olho para trás e lembro-me de como eu era, fico chocada. Eu tinha fé e boa intenção no meu coração, mas me faltava a instrução e a disciplina. Hoje me sinto diferente e abençoada”, relata.
O projeto também visa formar crianças de 3 a 12 anos em meninas de Deus exemplares. No Pré-sisterhood (foto abaixo), as pequenas aprendem a realizar tarefas diárias, como ajudar os pais nos afazeres domésticos e estudar, sempre colocando Deus como prioridade na vida delas.
Cristiane explica o motivo pelo qual decidiu criar o grupo: “Diante de tantas mensagens conflitantes que as crianças recebem no dia a dia, principalmente através de programas de tevê, o grupo Pré-sisterhood ensina como essas meninas podem se tornar mulheres de fé, de uma maneira divertida, por meio de tarefas simples, que proporcionam disciplina, educação, respeito e espiritualidade.”


Fonte: Arca universal

Padres usam hipnose para curar fiéis

A hipnoterapia ou hipnose, técnica natural que possibilita à pessoa solucionar os próprios problemas, vem sendo usada pela Igreja Católica para ajudar a curar depressão, traumas e outros males. Sessões de relaxamento também são outro recurso eficiente. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que em 2020 a depressão será uma das principais causas de incapacidade para o trabalho em todo o mundo, só superada pelas doenças cardíacas. Outro dado da OMS é que de cada 100 pessoas em todo o mundo 15 tiveram ou têm a doença.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica GospelNa paróquia Imaculado Coração de Maria, no bairro Santa Cruz, pe. Oscar Clemente, com mestrado em Teologia Bíblica nos Estados Unidos e formação em Parapsicologia, atende uma média de 20 pessoas por semana. Desde que começou a estudar o assunto, em 2008, ele atendeu mais de 200 pessoas com resultados positivos.
Uma sessão apenas não basta. Pesquisa do psicólogo americano Alfred A. Barrios, PhD, publicada pela American Health Magazine, aponta que a psicanálise tem 38% de casos resolvidos em 600 sessões; a terapia comportamental, 72% de casos resolvidos em 22 sessões; a hipnoterapia tem 93% dos casos resolvidos em seis sessões.
No Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, o padre Dionísio Correia dos Santos, psicólogo formado pela Unip, já atendeu mais de 6 mil pessoas nos últimos 20 anos, com atendimento no plantão psicológico e na sua clínica. Em Catanduva, o bispo Otacílio Luziano da Silva tem formação em Parapsicologia com o padre Oscar Quevedo, especialista no assunto, e pretende aplicar a técnica na sua diocese.
O atendimento na Santa Cruz é de segunda-feira a sábado. Padre Oscar terminou um curso de Hipnoterapia Ericksoniana, em Águas de São Pedro, ministrado em inglês por especialistas: Paul Adler, Jairo Mancilha, Berndt Stern, Robert Dilts e Fábio Puentes. A técnica foi criada pelo psiquiatra americano Milton Erickson, assim resumida: “um processo em que ajudamos as pessoas a utilizar suas próprias associações, memórias e potencial de vida para alcançar seus próprios objetivos terapêuticos.”

Igreja Batista causa polêmica ao construir símbolo pagão para comemorar aniversário de 140 anos

Em 10 de setembro de 2011 acontecerá um evento na cidade de Santa Barbara D’Oeste em comemoração aos 140 anos da Igreja Batista no Brasil. Para comemorar a data está sendo construído um Obelisco como marco da história da denominação conforme mostra vídeo divulgado no site da Convenção Batista do Estado de São Paulo.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica GospelA cidade de Santa Bárbara D’Oeste é o ponto inicial das Igrejas Batistas no Brasil, pois em 1871 batistas emigrados dos Estados Unidos fundaram ali a Primeira Igreja Batista no país.
A importância desses emigrantes não foi só para a evangelização, mas também para a cidade, pois eles trouxeram conhecimentos importantes para a agricultura e na área de fundição, contribuindo para o crescimento da cidade e do Brasil.
Por esses motivos, a prefeitura da cidade está apoiando o evento que convoca todos os mais de 1.200.000 batistas brasileiros a participarem das comemorações.
Obelisco
A criação de um obelisco para marcar os 140 anos da Igreja Batista tem gerado controvérsias, pois o marco é considerado um símbolo pagão. A origem dos obeliscos está ligada ao antigo Egito, representando o primeiro raio de sol, que seria o primeiro contato do deus Rá com os homens.
Diante da história do monumento que foi criado para adorar outros deuses, muitos cristãos enxergam a construção de um obelisco batista como uma afronta ao Evangelho por juntar elementos pagãos com o cristianismo.
Para Danilo Fernandes do blog Genizah Virtual a construção do obelisco “irá jogar a memória dos batistas na lama”, ele acredita que o monumento será erguido somente para satisfazer os interesses políticos da cidade. “Pois estão os batistas sendo obrigados a ver com tristeza a sua tradição jogada na lama para a promoção de uma cidade de periferia e de seus políticos que se orgulham de seu shopping, suas ruas e avenidas e que agora, ao custo da Santa Palavra querem transformar Santa Barbara do Oeste em ‘Meca Batista’.
Chegaram a criar no twitter um perfil @batistaspagaos para falar sobre o assunto. O micro blog é alimentado por Daniel Cocentino que explica o significado do obelisco. Segundo uma de suas mensagens a Convenção Batista do Rio de Janeiro não apóia essa construção. “Batistas do estado do Rio de Janeiro se levantam para rejeitar a inauguração de obelisco do paganismo egípcio em nome da denominação”.
Confira vídeo sobre os 140 anos dos Batistas no Brasil:
Fonte: Gospel Prime

Criança de cinco anos e avó são mortas a pedradas em AL

Uma criança de cinco anos e a avó, Josefa Gomes Ferreira, 58 anos, foram assassinadas a pedradas na madrugada desta quarta-feira no conjunto Carminha, no bairro Benedito Bentes, em Maceió. A área é considerada pela Polícia Civil como uma das mais violentas da capital alagoana.
Por causa das pancadas na cabeça, Josefa Gomes ficou com o rosto desfigurado. A menina apresentava escoriações e sinais de estupro. De acordo com a polícia, moradores da região não quiseram falar do caso porque temem represálias.
Os corpos das vítimas estão no Instituto Médico Legal Estácio de Lima, em Maceió. De acordo com agentes da Delegacia de Homicídios, ainda não há informações sobre as motivações do brutal assassinato. Ninguém foi preso pelo crime.
Segundo dados do Ministério da Justiça, Alagoas é o Estado mais violento do Brasil. O crime é registrado quatro dias após a visita do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a Alagoas, quando prometeu ajuda federal no combate a violência.

TERRA

Lula traça estratégia do PT para eleições municipais

Menos de três meses depois de deixar o Planalto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumiu o comando das articulações eleitorais do PT em São Paulo.
Amanhã, ele chefiará reunião com prefeitos petistas para traçar a estratégia do partido nas eleições municipais de 2012. Seu objetivo é minar o poder do PSDB, que governa o Estado há 16 anos.
Ao sair da Presidência, Lula disse estar cansado das reuniões partidárias e prometeu se dedicar a grandes temas, como a reforma política e o combate à pobreza na África e na América Latina.
Agora, ao assumir a tarefa de organizar a sigla para a disputa municipal, ele reestreia no varejo político no papel de articulador do partido.
O encontro de amanhã será realizado a portas fechadas num restaurante de São Bernardo do Campo, segundo apurou a Folha.
Só foram chamados prefeitos de cidades com mais de 100 mil habitantes, além de dirigentes petistas. Lula pediu ao presidente da sigla em São Paulo, deputado estadual Edinho Silva, que convocasse os participantes.
ESTRATÉGIA
O ex-presidente pretende desenhar um plano de ação a partir dos relatos sobre a situação de cada município, incluindo os pré-candidatos do PT e as possibilidades de alianças com outras siglas.
Ele considera a eleição de mais prefeitos petistas um passo fundamental para tentar quebrar a hegemonia tucana no Estado em 2014, na sucessão do governador Geraldo Alckmin (PSDB).
O principal alvo do PT em São Paulo é a prefeitura da capital, que a sigla deixou de comandar em 2004, com a derrota de Marta Suplicy para José Serra (PSDB). Ela perdeu novamente em 2008, para Gilberto Kassab (DEM).
Lula teme que a movimentação do prefeito, que pretende fundar um novo partido e liderar uma terceira via paulista, agrave o isolamento dos petistas no Estado.
A interlocutores, ele manifestou preocupação com a possibilidade de Kassab atrair aliados tradicionais do petismo, como PC do B e PDT, a tempo de formar chapas para as eleições de 2012.
Em declarações públicas, Lula vinha insistindo que não pretendia retomar a rotina partidária. "Eu só não quero participar de mais reunião de partido político. Pelo amor de Deus. Eu estraguei tantos sábados da minha vida fazendo reunião", disse à TV Record em julho de 2010.
Após um mês de recolhimento, ele voltou à carga no início de fevereiro, no Senegal, ao criticar as centrais sindicais na disputa pelo novo valor do salário mínimo.
A fala reforçou a presidente Dilma Rousseff no primeiro grande teste de seu governo, que aprovou a proposta de R$ 545 com folga.
PREFEITURAS
O fortalecimento do PT nos municípios, tema da reunião de Lula amanhã, tem sido discutido pelo partido desde a vitória de Dilma.
Em novembro, líderes da maior tendência da sigla, Construindo um Novo Brasil (ex-Campo Majoritário), fizeram a primeira discussão sobre o tema, num encontro nacional em Guarulhos (SP).
A avaliação corrente no PT é que o partido tem crescido menos na esfera municipal do que na estadual e federal. A legenda controla a Presidência desde 2003, mas não apresenta a mesma hegemonia sobre as prefeituras.
Em São Paulo, o PT comanda hoje 63 prefeituras. A lista inclui cidades importantes, como Osasco e São Bernardo, mas é considerada desproporcional ao tamanho do partido no país.
O PSDB, maior rival dos petistas no plano nacional, conquistou 208 prefeituras paulistas em 2008. O DEM governa 70 municípios, incluindo a capital (mesmo número do PMDB).

FONTE . FOLHA.COM

Billy Graham, Marcos Witt, Jesús Adrián Romero, Kaka exortam a todos a orar pelo Japão

desastre japao evangelicos 206x300 Billy Graham, Marcos Witt, 
Jesús Adrián Romero, Kaka exortam a todos a orar pelo Japão
O desastre no Japão tem sido expresso através das rede sociais, por grandes figuras comunidade evangélica. “Quer se juntar a nós oração pelo povo do Japão e da região do Pacífico após o terramoto e tsunami?” Billy Graham.
O Governo do Japão, avisou que o terremoto de 8,9 graus Richter que abalou o pais, tem causado uma série “extremamente alta” de vítimas, e pediu a todos para estarem preparados para uma nova réplica de grande intensidade.
A última contagem oficial sobe para mais de 137 mortos por causa do terremoto, enquanto o tsunami que se seguiu matou pelo menos outras 200 pessoas na cidade de Sendai, de acordo com as autoridades provinciais.
  Yukio Edan, porta-voz do governo, exortou os cidadãos a manter a guarda contra possíveis tremores secundários, que segundo ele poderia alcançar a mesma intensidade do terremoto original.
Os esforços de resgate são especialmente intenso no caso das províncias de Iwate e Miyagi, as duas mais afetadas pelo terremoto, que teve seu epicentro a 130 quilômetros da costa ea 20 km de profundidade.
  Este desastre no Japão sido expresso através de redes sociais grandes figuras da comunidade evangélica cristã, onde todos convocam para orar pelo povo japonês que foram severamente afetados.
Jesus Adrian Romero: “Orai pelo o Japão. O terremoto foi de 8,9, o número de mortes permanece desconhecido, e os tremores secundários e abalos podem continuar.”
Marcos Witt: “Espirito Santo, console as nações. Intercedemos pelo Japão e os povos da ilha. ”
Alex Campos: “Oremos pelo Japão”.
Samuel Hernandez: “Não pode ser Deus. É 4:00 da manhã e fui para a cama para descansar apenas 1 hora para ir em uma viagem, mas em vez de dormir uma hora eu estou de joelhos em oração pelo Japão. Quantos se atrevem a acompanhar-me a orar para o Japão? “.
  Dante Gebel: “Oremos por nossos irmãos no Japão. Muitas vezes queremos buscar explicações a estas catástrofes, mas só Deus sabe a hora. Basta oração, estamos unidos clamando pelas famílias japonesas. ”
John C. Maxwell: Hoje eu estou orando por todas as pessoas afetadas pelo recente terremoto no Japão e no exterior. Nossos pensamentos estão com você!”
Kaká. “Eu vi as imagens do terremoto e do tsunami no Japão. Como é triste. Estou orando pelo Japão “.
Thiago Dearo. “Ai dos habitantes da costa do mar – Sf. 2:5, amados vamos orar pelos japoneses que estão sofrendo com os desastres que se abeteu ao país!”
O devastador terremoto pode ter deslocado cerca de 10 centímetros do eixo de rotação da Terra, segundo um estudo preliminar do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália (INGV).
O INGV, que desde 1999 tem estudado vários eventos sísmicos registrados na Itália, incluindo o devastador terremoto na região de Abruzzo de 06 de abril de 2009, explica em nota que o impacto do terremoto no Japão no eixo da Terra pode ser o segundo maior registrado.
“Quer se juntar a nós oração pelo povo do Japão e da região do Pacífico após o terramoto e tsunami?” Billy Graham.


Portal Padom

Com Informações Noticias Cristiana

DIGA NÃO AO CRACK - DIGA SIM A VIDA

O crack é uma mistura de cloridrato de cocaína (cocaína em pó), bicarbonato de sódio ou amónia e água destilada, que resulta em pequeninos grãos, fumados em cachimbos ( improvisados ou não). É mais barato que a cocaína mas, como seu efeito dura muito pouco, acaba sendo usado em maiores quantidades, o que torna o vício muito caro, pois seu consumo passa a ser maior.
Estimulante seis vezes mais potente que a cocaína, o crack provoca dependência física e leva à morte por sua acção fulminante sobre o sistema nervoso central e cardíaco.
Quais são as reacções do crack? O que ele provoca no organismo?
O crack leva 15 segundos para chegar ao cérebro e já começa a produzir seus efeitos: forte aceleração dos batimentos cardíacos, aumento da pressão arterial, dilatação das pupilas, suor intenso, tremor muscular e excitação acentuada, sensações de aparente bem-estar, aumento da capacidade física e mental, indiferença à dor e ao cansaço. Mas, se os prazeres físicos e psíquicos chegam rápido com uma pedra de crack, os sintomas da síndrome de abstinência também não demoram a chegar. Em 15 minutos, surge de novo a necessidade de inalar a fumaça de outra pedra, caso contrário chegarão inevitavelmente o desgaste físico, a prostração e a depressão profunda.
Estudiosos como o farmacologista Dr. F. Varella de Carvalho asseguram que "todo usuário de crack é um candidato à morte", porque ele pode provocar lesões cerebrais irreversíveis por causa de sua concentração no sistema nervoso central.
O crack é uma droga mais forte que as outras?
Sim, as pessoas que o experimentam sentem uma compulsão ( desejo incontrolável) de usá-lo de novo, estabelecendo rapidamente uma dependência física, pois querem manter o organismo em ritmo acelerado. As estatísticas do Denarc ( Departamento Estadual de Investigação sobre Narcóticos) indicam que, em Janeiro de 1992, dos 41 usuários que procuraram ajuda no Denarc, 10% usavam crack e, em Fevereiro desse mesmo ano, dos 147 usuários, já eram 20%. Esses usuários, em sua maioria, têm entre 15 e 25 anos de idade e vêm tanto de bairros pobres da periferia como de ricas mansões de bairros nobres.
Como o crack é uma das drogas de mais altos poderes viciantes, a pessoa, só de experimentar, pode tornar-se um viciado. Ele não é, porém, das primeiras drogas que alguém experimenta. De um modo geral, o seu usuário já usa outras, principalmente cocaína, e passa a utilizar o crack por curiosidade, para sentir efeitos mais fortes, ou ainda por falta de dinheiro, já que ele é bem mais barato por grama do que a cocaína. Todavia, como o efeito do crack passa muito depressa, e o sofrimento por sua ausência no corpo vem em 15 minutos, o usuário usa-o em maior quantidade, fazendo gastos ainda maiores do que já vinha fazendo. Para conseguir, então, sustentar esse vício, as pessoas começam a usar qualquer método para comprá-lo. Submetidas às pressões do traficante e do próprio vício, já não dispõem de tempo para ganhar dinheiro honestamente; partem, portanto, para a ilegalidade: tráfico de drogas, aliciamento de novas pessoas para a droga, roubos, assaltos, etc.

AJUDE O BRASIL - LEVE UM VICIADO A SE ENTREGAR A JESUS CRISO - SOMENTE JESUS CRISTO PODE

Intel anuncia chegada ao Brasil da segunda geração dos processadores Core

A Intel anunciou a chegada ao país de soluções integradas (hardware e software) baseadas na segunda geração de processadores da família Core, também conhecidos pelo codinome Sandy Bridge, arquitetura que tem entre seus diferenciais melhor desempenho do chipset gráfico integrado e menor consumo de energia.

Treze fabricantes (CCE, Dell, Lenovo, LG, Itautec, Megaware, Positivo, Philco, Samsung, Sony, HP, Asus e Semp Toshiba) começarão a vender notebooks e desktops equipados com a segunda geração dos processadores Core i3, i5 e i7 entre o fim de março e o início de abril.

A segunda geração conviverá algum tempo no mercado com máquinas Core i3, i5 e i7 de primeira geração. Para diferenciar uma da outra, a Intel incluiu uma tarja amarela no logo dos processadores da segunda, por padrão afixados nos gabinetes das máquinas. As máquinas i3 serão direcionadas ao consumidor mais sensível a preço e terão processadores de dois núcleos. AS i5 deverão ser as mais encontradas no mercado, e diferenciam-se das i3 por terem o recurso Turbo Boost 2.0 e mais núcleos. Já as máquinas i7 terão todos os recursos de alto desempenho disponíveis para a plataforma (cache, Hyper Threading etc), com processadores de quatro e até seis núcleos.

Cada fabricante decidirá data e preço. A Positivo, por exemplo, pretende iniciar a venda do primeiro modelo de notebook com o processador i5 2410M, o Premium N8530, no início de abril, com 4GB de RAM, a R$ 1,9 mil. Só depois, dependendo dos estoques e promoções de máquinas da antiga geração, começarão a chegar ao mercado os modelos com i3 e depois, os i7. Já a LG começa a vender no fim de março o modelo A520-P, com processador i7, ainda sem preço definido.

A disponibilidade da nova geração de processadores da família Core, lançada em janeiro durante a CES, em Las Vegas, foi anunciada pelo novo presidente da Intel Brasil, Fernando Martins, que destacou entre suas missões à frente da companhia no país o esforço para reduzir ainda mais o tempo entre o laçamento de novos tecnologias pela matriz e a chegada de soluções ao mercado brasileiro, otimizadas por OEMs, fabricantes e parceiros de software para as necessidades dos consumidores locais.

"A tendência de uso é clara. Nossas interações com os computadores são cada vez mais visuais e imersivas. O brasileiro, por sua vez, é muito apaixonado por redes sociais e compartilhamento de fotos, vídeos, músicas e jogos em alta definição. Os produtos desses treze fabricantes oferecem ao consumidor brasileiro uma experiência visual rica e completa", afirma Martins.

Segundo a Intel, a segunda geração de processadores da família Core é adaptável, do ponto de vista de performance do processador, graças à tecnologia Turbo Boost 2.0; oferece melhor experiência visual, com a combinação de tecnologias visuais como HD, Quick Sync Video, Insider e AVX; é compartilhável, a partir do uso da tecnologia InTru 3-D, que possibilita a transmissão de conteúdo estereoscópico 3D para HDTVs e monitores compatíveis com a tecnologia 3D via HDMI 1.4; e stereo 3D, por meio do uso de processadores gráficos 3D com múltiplos núcleos.

Completam o rol de tecnologias incorporadas à segunda geração da família Core o uso de uma nova versão do padrão Wireless Display (WiDi) agora com resolução 1080p e proteção de conteúdo, e a Clear Video, que melhora a qualidade visual e a definição de cores durante a reprodução. A Intel garante ainda que, com a incorporação da tecnologia HD Graphics ao processador, os usuários serão capazes de rodar até 80% dos jogos no mercado sem a necessidade de uso de uma placa gráfica adicional.

Servidores

Apresentada semana passada nos Estados Unidos, os processadores de arquitetura Sandy Bridge direcionado ao mercado de servidores ainda não têm data de lançamento prevista para o Brasil. A princípio, serão três modelos da família Xeon (C202, C204 e C206).

Fernando Martins acredita que as otimizações gráficas chegarão também a modelos da família Atom. Principalmente nops modelos para tablets. Mas não sabe precisar quando.

Fonte: IDG Now

Igreja no México culpa os Estados Unidos por violência no país

A onda de violência no México já provocou a morte de pelo menos 35 mil pessoas nos últimos quatro anos.

A Igreja Católica do México acusou o governo dos Estados Unidos de ser o responsável pela onda de violência que atinge o país e que provocou a morte de pelo menos 35 mil pessoas nos últimos quatro anos.

Por meio de um editorial publicado em seu órgão oficial, "Desde la fe", a Arquidiocese Primaz do México declarou que "um país que fecha suas fronteiras quantas vezes quer, com tratados de livre comércio ou não, aos produtos que representam o trabalho de mexicanos excepcionais, mas que mantém todas as suas portas abertas, durante 24 horas por dia, ao tráfico de substâncias debilitantes, não deveria se sentir distante da violência que o combate ao narcotráfico provoca".

Dirigida pelo arcebispo Norberto Rivera Carrera, a Arquidiocese ainda afirmou, no artigo intitulado "Rápido e Furioso: Suposto Culpado" (em tradução livre do espanhol), que os Estados Unidos "são os verdadeiros culpados [pela violência no país]".

O texto se refere a uma operação secreta que o governo norte-americano realizou no México, entre 2008 e 2009, e que permitiu a entrada de cerca de 2.000 armas no país com o objetivo de rastreá-las e, assim, deter membros de organizações criminosas, sem informar a seu vizinho.

A Arquidiocese questiona no artigo "o que os Estados Unidos fizeram de efetivo" nos últimos quatro anos "para conter as ações e o consumo de cidadãos?".

Em junho do ano passado, por meio da mesma revista, a instituição eclesiástica afirmou que o narcotráfico quer dominar o país e que os grupos criminosos se posicionam "acima da lei, da polícia, porque a superam em armamento e em estratégia, ou porque a ameaçam ou a corrompem".

Fonte: Ansa

Notícias » Mundo » Ásia » Ásia Imperador Akihito pede que japoneses sejam solidários e não desistam

16 de março - O imperador Akihito disse estar preocupado com a 
crise da usina nuclear de Fukushima e pediu solidariedade aos japoneses.
 Foto: AFPO imperador Akihito disse estar preocupado com a crise da usina nuclear de Fukushima e pediu solidariedade aos japoneses
Foto: AFP

O imperador Akihito demonstrou nesta quarta-feira estar preocupado com a crise da usina nuclear de Fukushima e pediu solidariedade aos japoneses depois do terremoto da última sexta-feira, em sua primeira mensagem televisada à nação em seus 22 anos de reinado. A alocução do imperador, de 77 anos, divulgada pela rede de televisão pública NHK, mostra a gravidade da crise que vive o Japão, a pior desde o final da Segunda Guerra Mundial, segundo seu governo.
O imperador confessou estar "profundamente preocupado" diante da complicada situação na usina nuclear de Fukushima, no nordeste do país, e manifestou seu desejo de que não piore. Akihito disse ao povo japonês que reza pelo bem-estar do maior número possível de sobreviventes após a catástrofe de sexta-feira, que causou mais de 11,5 mil mortos ou desaparecidos, segundo números ainda provisórios.
"Um terremoto de 9 graus nunca tinha ocorrido no Japão. Não sabemos ainda o número de vítimas, mas rezo para que se salve o maior número possível", disse o ocupante do Trono do Crisântemo, a dinastia reinante mais antiga do mundo.
O imperador também incentivou o povo japonês a não se dar por vencido neste momento de crise, ao tempo que agradeceu pelas várias mostras de solidariedade chegadas de todo o mundo e exortou seus compatriotas a manterem a calma. "Espero, sinceramente, que o povo possa superar este momento infeliz cuidando um dos outros", disse o monarca na mensagem que foi fornecida à televisão pela Casa Imperial japonesa.
Akihito está há 22 anos à frente do Trono do Crisântemo, que assumiu após o falecimento de seu pai, Hirohito, em 1989.

FONTE  TERRA.COM.BR

Brasileiros resgatados em áreas de risco no Japão temem radiação Trinta brasileiros foram resgatados em Sendai, Fukushima e Koriyama. Operação de resgate tem comboio com dois ônibus, um caminhão e um carro.

Lúcia Tieko Ogura Sato, de 27 anos, e a filha Nanami Sato, de
 7 mese, está aliviada por deixar Fukushima. (Foto: Walter Saito / 
Divulgação) Trinta brasileiros e outras 28 pessoas de outras nacionalidades tinham sido localizados e resgatados pelo empresário brasileiro Walter Saito nas regiões de Sendai, Fukushima e Koriyama, no Japão, até as 2h30 desta quarta-feira (16) - 14h30 de quarta, no horário japonês -, na operação de resgate organizada pelo consulado do Brasil em Tóquio, após os desastres naturais de sexta-feira (11).
Lúcia Tieko Ogura Sato, de 27 anos, e a filha Nanami Sato, de 7 meses, está aliviada por deixar Fukushima. (Foto: Walter Saito / Divulgação)
Um dos ônibus do comboio transporta brasileiros para Saitama.
 (Foto: Walter Saito / Divulgação) De acordo com Saito, responsável pela missão, os brasileiros estão assustados e com muito medo que um colapso nuclear, a partir da usina de Fukushima, contamine a todos. “Alguns já me falaram que vão deixar o Japão”, afirmou o empresário.
Um dos ônibus do comboio transporta brasileiros
para Saitama. (Foto: Walter Saito / Divulgação)
Saito está há quase 24 horas na estrada, à procura de brasileiros isolados em regiões afetadas pelo terremoto e pelo tsunami devastadores que já deixaram mais de 3 mil mortos. O empresário comanda um comboio de resgate com dois ônibus, um caminhão e um carro de apoio. “O celular não parou de tocar. É gente querendo ajuda para sair de algum lugar.”
Ele próprio admitiu receio da crise atômica que ameaça o Japão. Apesar disso, topou a missão em território devastado. “Claro que tenho muito medo de contaminação radioativa. Cheguei até a estocar alimento em casa. Mas pensei duas vezes, e aceitei essa missão porque as pessoas contavam com a gente. Pensei nas crianças que precisavam de ajuda e decidi dar a minha contribuição”, disse.
Saito afirmou que entre os brasileiros resgatados estão duas crianças. O grupo segue para Saitama, cidade onde o consulado reservou 25 apartamentos para receber os brasileiros.

O desafio agora é manter os veículos abastecidos, caso seja necessário voltar à estrada para uma nova tarefa de resgate. “Embora eu tenha passe livre nos postos de controle e para abastecer, não há diesel (que abastecem os ônibus e o caminhão) nos postos”, contou Saito.
Ao falar com o G1, o empresário ainda tinha 200 km para percorrer. Os ônibus e o caminhão já haviam consumido metade do diesel.
Saito esteve em Sendai, uma das cidades mais afetadas pelo tsunami que se seguiu ao terremoto, para apanhar um grupo de brasileiros em frente à rodoviária. Depois, seguiu para Fukushima, onde fica a usina nuclear avariada, e seguiu para Koriyama. “O pessoal de Fukushima me ligou desesperado, querendo deixar a cidade logo”, contou.
Em Saitama, o trabalho de Saito só terminará depois que ele acomodar todos os brasileiros.

FONTE  G1 / SP

Grupos cristãos levam ajuda para vítimas no Japão


Grupos 
cristãos levam ajuda para vítimas no Japão Milhões de pessoas estão sem água potável, eletricidade e comida após terremoto
Os cristãos estão levando ajuda de emergência aos sobreviventes do terremoto e do tsunami que devastou o nordeste do Japão na última sexta (11).
 
Teme-se que mais de 10 mil pessoas tenham sido mortas no desastre, descrito pelo primeiro-ministro do Japão como a mais grave crise que atingiu o país desde a Segunda Guerra Mundial, que terminou há 65 Anos.

Milhões de pessoas estão sem água potável, eletricidade e comida depois do terremoto de magnitude 8,9.

A Visão Mundial tem levado suprimentos para os sobreviventes e criado áreas de segurança na zona da catástrofe para ajudar as crianças a recuperar do trauma de perder seus pais ou suas casas.

O chefe da Visão Mundial Justin Byworth disse que a organização está levantando dinheiro para apoiar as suas equipas que se encontram no terreno. "É claro que este é um desastre enorme. As crianças perderam seus pais, suas casas e suas escolas. Aqueles que viveram sofrem o risco de ficarem gravemente traumatizadas”.

Byworth disse ainda: "É vital que as crianças nessas situações possam ter um lugar seguro para serem cuidadas por conselheiros treinados para ajudá-las. Os pais vão estar em choque também. Ao fornecer um lugar seguro para seus filhos, os pais poderão se concentrar no que precisam fazer para protegerem suas famílias, sabendo que seus filhos estarão bem tratados". 

O Reino Unido enviou uma equipe de socorristas, médicos e cães farejadores para ajudar na busca por sobreviventes em Ofunato, cerca de 100 quilômetros ao norte do porto da cidade de Sendai.

O Exército de Salvação no Japão enviou uma equipe de socorro de emergência para Sendai, que foi praticamente destruída pelo tsunami, e está apelando por doações.

As Nações Unidas disse que as operações de resgate e ajuda estão sendo prejudicadas por réplicas contínuas, alertas de tsunami e incêndios.

"Muitas áreas ao longo da costa nordeste permanecem isoladas e inacessíveis", disse a ONU em um comunicado.

Tearfund expressa preocupação especial para as comunidades pobres, que disse que eram muitas vezes "mal-equipadas" para responder após um desastre natural.

A agência de Desenvolvimento Cristão está oferecendo suas orações para o povo do Japão e pela recuperação do país a longo prazo.

Christian Aid ofereceu uma oração para aqueles afetados pela catástrofe e aos trabalhadores de resgate.


Fonte: Christian Today

África - as Mentiras sobre o Yorubá e o Candomblé

Freqüentemente vários dos adeptos de religiões tribais-indígenas primitivas africanas (como o Candomblé, Ifa, Olorun) passam ao povo brasileiro uma idéia bastante distorcida do que é o continente africano. Essa idéia deformada passa por uma apresentação equivocada e atrasada em relação ao enorme continente africano.

Devido a essas informações deturpadas muitos julgam que a África seja uma espécie de "país" onde imperam o Candomblé e o idioma Yorubá. Tais falsas idéias visam a promoção em nosso país de cultos pagãos que tiveram origem na África. Cultos indígenas tribais que não são brasileiros e não tiveram sua origem no Brasil, são africanos.

O continente africano é composto por 53 países, uma população de mais de 800 milhões de habitantes, uma notável diversidade de línguas e dialetos, vários sistemas políticos e uma enorme diversidade cultural.
Realizar classificações sobre o continente africano visando categorizar comportamentos, culturas e religiões, de modo a homogeneizá-los, é tarefa que encontra a face do impossível.

Porém, ao examinarmos a colonização de nosso país temos de, necessariamente, passar pela chegada no Brasil de negros provenientes de alguns países africanos. Dentre esses países se destacam a Nigéria, Angola, Congo, Moçambique e o Sudão. Contudo, para uma breve análise dos tópicos em questão, concentrar-nos-emos sobre a Nigéria (de onde veio grande parte dos negros que, juntamente com os índios e os europeus, formaram a primeira população de brasileiros; e onde existe a língua Yorubá, dialeto este também encontrado no Benin além da Nigéria).

A escravidão dos negros é um vergonhoso período para a história e isto em virtude de tantas injustiças e maldades que foram praticadas contra os africanos, principalmente pelos portugueses (mas não exclusivamente por eles).
É, de fato, lamentável que os africanos que aqui chegaram a partir do século XVI, tenham passado por um período tão sombrio e sangrento. Mas os africanos têm, indubitavelmente, um importante papel em nossa história. É, pois, justamente neste ponto que se misturam fatos, lendas e desinformação fazendo com que os brasileiros ignorem a atual realidade africana e a do país em questão: a Nigéria.

As fontes para pesquisa e estudos sobre a África são abundantes e crescentes. Mas vejamos o que registra a CIA (Central of Inteligence of America) sobre esse país.

Nigéria:

É o mais populoso de todos os países africanos, contando, atualmente, com uma população de aproximadamente 127 milhões de pessoas. A principal religião praticada na Nigéria é o Islamismo (50% da população), seguida pelo Cristianismo (40% da população), restando apenas 10% da população que se dedica à prática da tal religião Ifa ( Olorun, Candomblé...). A língua oficial não é o Yorubá, mas o Inglês, seguido da língua Hausa, e só então, em terceiro lugar, aparece o Yorubá, e logo após o Igbo e o Fulani.
A Nigéria é composta por cerca de 250 diferentes grupos étnicos e o Yorubá corresponde a apenas 21% dentre todas as etnias nigerianas, sendo as principais delas os Hausa e Fulani.

Conclusões:

A Nigéria é uma nação de pluriculturalismo, com vários idiomas e religiões. O Islamismo e o Cristianismo são as religiões dominantes na Nigéria.
O Yorubá não é o idioma oficial da Nigéria.
O Candomblé (demonismo) não é praticado pela maioria da população nigeriana.
Uma das principais razões do atraso da Nigéria e do Brasil é a prática da invocação ao diabo e aos demônios, pois estes só trazem desgraça, destruição e miséria. As chamadas entidades do Candomblé (Orixás) são demônios mentirosos e destruidores.
A religião Ifa (Olorun, Candomblé) não é apenas uma " manifestação cultural " como muitos julgam. Antes é escancarada invocação dos demônios (os quais, mentindo, se dizem chamar Orixás). Na maioria das vezes essa prática, abominada por Deus, é realizada visando a ascensão financeira, a destruição de inimigos e a ruína de famílias. Em troca, o infeliz participante não somente paga em dinheiro os babalorixás e as ialorixás, mas também "pagam " aos demônios. Muitas vezes o preço oferecido é a própria alma, o que significa um caminho mais rápido rumo ao inferno.

Aos negros brasileiros existem muitas e variadas opções para a valorização da cultura de seus antepassados, pois a África é repleta de riquezas. Nenhum negro brasileiro deve acreditar na mentira de que tem qualquer espécie de "obrigação" para com as religiões satanistas africanas. A todos os brasileiros melhor lhes seria se buscassem unicamente a Deus, não aos demônios.

Deus não cobra dinheiro de ninguém, antes, espontaneamente, tudo propicia gratuitamente aos que lhe temem o nome. A maior provisão de Deus para os homens é a salvação gratuita da alma. Proporcionada tão somente por Cristo.

O Brasil não precisa de práticas demoníacas que só trazem o que há de pior.

O Brasil precisa de Deus.


"Feliz a nação cujo Deus é o Senhor"  Salmos 33:12

Apenas a título de registro: Dois dos principais colaboradores deste website, desde o seu início, e até hoje, são negros e evangélicos. E a colaboração que ambos têm prestado a este ministério é de valor inestimável, possível de ser avaliada somente pelo próprio Deus.
 


 

O avanço do islamismo


Ludwig Schneider
Nem sempre é fácil rejeitar uma falsa religião e, ao mesmo tempo, aceitar os adeptos dela como seres humanos. É correto repudiar as reivindicações palestinas sobre Israel e Jerusalém. Alguns, porém, também amaldiçoam os palestinos como pessoas. Isso está errado! Do mesmo modo, não devemos responsabilizar minorias por problemas nacionais, como aconteceu no tempo do nazismo, quando se dizia: “Os judeus são nossa desgraça!”
Por outro lado, deveríamos manter os olhos abertos para não cair em armadilhas. A tolerância com os intolerantes não é o caminho da convivência, mas uma estrada de mão única para a destruição. O verdadeiro amor ao próximo não aceita o mal que ele, porventura, representa, mas tenta conduzi-lo ao bem.
O islamista Al Tabari (839-923 d. C.), atualmente muito citado, ensina: “As mentiras são permitidas quando favorecem um muçulmano”. Apesar disso, muitas igrejas têm o islã em alta estima [e cada vez mais buscam a integração e cooperação com ele]. Entretanto, ficamos chocados quando lemos certas afirmações dos muçulmanos, como o texto que foi publicado na Alemanha:
O islã vencerá!
“Quando a Alemanha estava arrasada, nós estrangeiros viemos e reconstruímos o país. Os estrangeiros trouxeram o bem-estar à Alemanha. Sem os estrangeiros, os alemães viveriam em suas ruínas até hoje. Portanto, a conclusão lógica é: o país pertence a quem o reedificou. O próximo chanceler deve ser um muçulmano. A cruz tem de desaparecer. O islã é a força maior. Enquanto o número de adeptos das igrejas cai constantemente, a população muçulmana aumenta rapidamente na Alemanha. O islã vencerá!”
Quando os trabalhadores estrangeiros começaram a chegar à Alemanha, pensava-se que eles seriam rapidamente assimilados pela cultura européia, supostamente mais elevada. Entretanto, essa integração dos estrangeiros não ocorreu e formou-se uma sociedade multicultural na qual os muçulmanos radicais pressionam os não-muçulmanos com agressividade cada vez maior.
Talvez alguns leitores achem minhas preocupações exageradas. Quero deixar claro que sou a favor de uma sociedade multicultural. É saudável romper a uniformidade de pensamento e ampliar o horizonte além dos limites da própria nacionalidade e organização social. Mas, o hóspede não pode tomar conta da casa. Portanto, qual é o papel do islã? O Apocalipse fala da trindade anticristã: Satanás, o Anticristo e o falso profeta (Ap 16.13; 19.20; 20.10). Este último será um profeta da mentira, ou seja, ele enganará as pessoas – com mentiras permitidas pela sua doutrina, porque servem à sua causa.
O islã é a religião do “profeta”. A partir dessa perspectiva, poderíamos supor que o islamismo assumirá o papel do falso profeta nessa trindade apocalíptica. O perigo não são os muçulmanos como pessoas, mas o espírito do islã, que já penetrou em muitas igrejas, tornando-as dóceis diante dele. Conforme o Apocalipse, a sedução, a que sucumbem atualmente certas igrejas, passará a ser global.

Crentes são frequentemente detidos, torturados e enviados para campos de trabalho por causa de sua fé

Campanha para acabar com a perseguição de cristãos na Coreia do Norte

Campanha para acabar com a perseguição de cristãos na 
Coreia do Norte
O ministério Release International lançou uma nova campanha para apelar à Coréia do Norte para proteger os direitos humanos dos cristãos.

A Campanha consiste em pedir às pessoas para assinar uma petição de liberdade religiosa no isolado país comunista, onde todas as formas de reunião cristã, Bíblias e literaturas cristãs são proibidas.

Como um dos piores perseguidores dos cristãos no mundo, os crentes são frequentemente detidos, torturados e enviados para campos de trabalho por causa de sua fé.

Segundo a Release, famílias inteiras são conhecidas por terem sido presos por um membro da própria família após descobrir que o outro se tornou um cristão ou porque estava com uma Bíblia.

Um ex-prisioneiro, identificado apenas como Kim, por razões de segurança, disse a Release: "Se existe um inferno neste mundo, são os campos de concentração da Coreia do Norte. Nos campos, existe apenas o medo, e absolutamente nenhuma conexão com o mundo exterior.

"A crise alimentar é ruim na Coreia do Norte, mas é ainda pior nos acampamentos. As pessoas morrem de desnutrição. Se alguém for encontrado orando, desaparece."

Sung, outro desertor, cujo nome completo foi preservado por razões de segurança, conseguiu escapar para a China, onde mais tarde foi acompanhado por sua mãe e irmão. Quando, em 2001, sua mãe e seu irmão tentaram retornar à Coreia do Norte por causa da insegurança da situação na China, eles foram descobertos por soldados e espancados até a morte.

Sung testemunhou os assassinatos do outro lado do rio, quando acabara de cruzar para voltar a Coréia do Norte.

"Eu perdoei os que mataram minha mãe e meu irmão, mas não posso deixar de sentir a culpa de perdê-los," disse ele.

Os pais de Sung, quatro irmãos e uma irmã foram todos mortos pelas autoridades norte-coreanas. Só ele e sua irmã mais nova ainda estão vivos.

O chefe do executivo da Release International, Andy Dipper, disse que estava profundamente preocupado com a situação. "Estamos pedindo ao Governo da Coreia do Norte para permitir que os cristãos cultuem livremente, sem a ameaça de perseguição", disse ele.

Release também pede aos cristãos para orarem e para tomarem medidas para ajudar os seus irmãos e irmãs perseguidos - e para apoiar os cristãos da Coréia do Norte, agora tentando se adaptar à vida fora do país.

"Por favor, orem para que a petição faça a diferença na vida dos cristãos que vivem na Coreia do Norte, que por sua fé, sofrem na prisão", afirma Dipper.

Fonte: Christian Today

Afegãos convertidos temem voltar para Casa depois de ter refúgio negado pela Índia

Afegãos convertidos temem voltar para Casa 
depois de ter refúgio negado pela Índia

Eles fugiram para a Índia após se converterem ao cristianismo, mas enfrentam agora o risco de serem deportados
Seis afegãos convertidos ao cristianismo temem que o pior os aguarda no Afeganistão, após os seus pedidos de refúgio serem rejeitados pela Índia.

Os convertidos foram nomeados pelo Fundo Barnabé apenas como Rahimullah e Rita, que têm três filhos; Maomé e Aisha, que têm dois filhos; e as irmãs Shazia e Sunita.

Eles fugiram para a Índia após se converterem ao cristianismo, mas enfrentam agora o risco de serem deportados para o Afeganistão.

Os novos convertidos têm medo de perder as suas vidas se eles tiverem que voltar para casa.

"Acreditamos que, ao voltarmos ao nosso país, nossas vidas estarão em perigo de morte", disse Mohammad e Aisha.

No seu pedido de recurso para o Alto Comissariado para os Refugiados das Nações Unidas (ACNUR), Rahimullah e Rita escreveram: "Como somos convertidos e batizados cristãos, estamos profundamente temerosos por nossas vidas.

"À luz da situação no Afeganistão, seremos condenados à morte e executado pelo Governo ou poderíamos ser apedrejados e queimados pelo povo."

O Ministério Fundo Barnabé está apelando para a intervenção urgente do Alto Comissariado para os Refugiados das Nações Unidas, em nome dos seis convertidos na Índia.

Dr. Patrick Sookhdeo, diretor internacional do Fundo Barnabé, disse: "O caso desses seis queridos irmãos e irmãs destacam o fato de que quem se converte ao cristianismo no Afeganistão não está seguro nem dentro nem fora do país. É uma vergonha que tenha sido negado refúgio quando suas próprias vidas dependem disso”. 

"Estou muito comovido pela carta de Shoaib, que demonstra a sua enorme coragem em face da pena de morte. Sublinha a necessidade urgente da comunidade internacional para pressionar tanto para a liberação de Said, quanto para o governo afegão permitir uma verdadeira liberdade religiosa".

Os cristãos estão sob ameaça crescente no Afeganistão no ano passado, depois que um parlamentar fez um apelo público diante a sua execução após a transmissão televisiva de um documentário que mostrava fotos de afegãos sendo batizado.

Um dos convertidos identificados no programa foi Said Musa, condenado à morte que passou meses na prisão, onde ele afirma que foi fisicamente agredida pelos guardas.

ISRAEL SE PREPARA PARA A GUERRA NA PALESTINA: 'NOSSA RESPOSTA SERÁ DURA'

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, responsabilizará o Hamas em caso de um ataque vindo da Faixa de Gaza. Neste domingo, ...