sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Justiça de SP autoriza aborto de feto sem cérebro


Liminar foi concedida na terça na região de São José do Rio Preto.
Mulher está grávida de cerca de 6 meses.

 

Uma liminar do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo concedida na terça-feira (1º) autorizou a interrupção da gestação de um feto sem cérebro na região de São José do Rio Preto, a 438 km de São Paulo. De acordo com a Defensoria Pública, que acionou a Justiça a pedido dos pais da criança, "não faz sentido algum, sob a ótica jurídica ou mesmo médica, prolongar uma gestação em que inexiste a possibilidade de sobrevida do feto".
De acordo com a assessoria de imprensa da Defensoria, a mulher está grávida de 24 semanas (cerca de 6 meses). Na ação, os defensores públicos Júlio Cesar Tanone e Rafael Bessa Yamamura alegaram que foram informados pelos médicos de que a continuidade da gestação pode provocar risco para a saúde física e mental da mãe e que o problema de formação é irreversível e não há possibilidade de tratamento intra ou extrauterino. A equipe médica, então, recomendou a interrupção da gravidez.
O pedido para o aborto havia sido negado em primeira instância. "Se fossem possíveis, quando da elaboração do Código Penal, os exames médicos que hoje detectam defeitos genéticos do feto, o legislador, para bem ou para mal, certamente, teria autorizado este caso [a interrupção da gravidez em caso de anencefalia]", justificou o desembargador Francisco Bruno. A assessoria da Defensoria não deu detalhes sobre a cidade onde o casal vive por causa do sigilo imposto ao caso pela Justiça.

FONTE G1

Dezenas de milhares de egípcios rezam em Tahrir, em ato carregado de emoção

Manifestantes rezam na praça Tahrir, em meio a megaprotestos que 
reuniram mais de 200 mil contra Hosni MubarakDezenas de milhares de egípcios participaram nesta sexta-feira da oração do meio-dia na praça Tahrir, com rezas compartilhados por muçulmanos e cristãos em um momento de grande emoção sem precedentes na história recente do Egito.

O ritual, dirigido por um imame, foi seguido com grande fervor por manifestantes da oposição que estão chegando maciçamente ao local, epicentro dos protestos contra o regime de Hosni Mubarak.

Em seu sermão, o imame solicitou orações pelos mortos da revolta popular, mais de uma centena até o momento, um pedido que foi seguido com lágrimas por muitos dos participantes do ato.

"Os protestos dos jovens se transformaram em um movimento nacional", afirmou.

O imame também disse que cristãos e muçulmanos estão participando do protesto juntos. Nas orações deste meio-dia, acompanhada por uma imensa maioria de muçulmanos, também se viam cristãos seguindo suas próprias rezas.

"É um momento crucial", afirmou à Agência Efe Adam Molyneuh, um dos manifestantes que se encontravam nesta sexta-feira na praça Tahrir.

A imagem de tanta gente rezando ao mesmo tempo é frequente em Meca por ocasião das peregrinações anuais, mas não no Egito, onde as orações de meio-dia da sexta-feira, o momento religioso mais importante da semana para o Islã, se limitam à intimidade das mesquitas.

Romário joga futevôlei em dia de sessão legislativa

Romário joga futevolei na Praia da Barra, com amigos, enquanto havia sessão parlamentar,e m plena quinta-feira / Foto: Marcos Ferreira / Marcos Ferreira

Antero Gomes

Entre o carpete da Câmara dos Deputados e a areia da praia, o recém-empossado deputado federal Romário (PSB) deu mostras de que prefere sempre a segunda opção. Nesta quinta-feira, por volta de 17h, enquanto transcorria a primeira sessão legislativa no Parlamento neste ano, o ex-atleta participava de um outro tipo de sessão: uma animada pelada de futevôlei na praia da Barra da Tijuca, acompanhado de amigos inseparáveis da bola.

Romário — a exemplo de muitos parlamentares — até chegou a pisar no Congresso, recebeu presença e, logo depois, pegou o avião e voltou ao seu reduto eleitoral. No caso, o Estado do Rio de Janeiro, em mais um dia de sol escaldante e muita praia.

No Congresso, a sessão começou às 14h e terminou às 18h40m. Como não era deliberativa — e não havia ordem do dia —, as ausências registradas não contaram para descontar os salários. A presença não era obrigatória. Entretanto, houve quem trabalhasse duro: parlamentares de vários estados do Brasil apresentaram 170 projetos de lei, uma emenda constitucional, cinco projetos de resolução e três projetos de lei complementar.

De acordo com informações obtidas pelo EXTRA, Romário teve sua presença registrada na Câmara às 10h17m. Como não havia votações, esse registro pôde se dar em uma das portarias, quando o parlamentar é visto por funcionários da Secretaria Geral que ficam nas entradas. Ou pôde se dar com o deputado colocando o dedo em uma das máquinas que lêem impressão digital espalhadas pelo Congresso, inclusive no plenário. Esse tipo de registro chama-se presença de Casa.

No final da sessão legislativo no Parlamento, havia poucos deputados federais. Um deles era o deputado Jean Wyllys (Psol), também novato em Brasília. Houve ainda quem aproveitasse cada segundo da sessão para legislar: o deputado Hugo Leal (PSC), por exemplo, apresentou dois projetos de lei; e o deputado Otávio Leite (PSDB) apresentou 13 projetos. As informações constam do site da Câmara (www.camara.gov.br).

— Decido ficar até o fim porque foi a primeira vez que uma sessão foi presidida por uma mulher — disse Wyllys.

FONTE EXTRA/GLOBO

Após 55 anos juntos, marido e mulher morrem com 1 minuto de intervalo .

Depois de mais de 55 anos de casamento, marido e mulher morreram praticamente no mesmo momento: com intervalo de apenas um minuto!
Donald Dix, de 85 anos, desmaiou em casa, em Cardiff (País de Gales), e a mulher, Rosemary, de 76, ligou para a emergência. Pouco depois, o marido foi levado de ambulância para um hospital. Quando a abalada Rosemary estava ligando para a filha do casal a fim de comunicar o ocorrido, ela passou mal e morreu na hora. Ela foi encontrada com o telefone na mão. A caminho do hospital, Donald não resistiu e faleceu. Nos atestados de óbito: mortes separadas por um minuto!
"Um não sabia viver sem o outro", disse a consternada filha, Jacqueline, segundo reportagem do "Daily Mail".

Cresce a preocupação quanto à vida de cristãos encarcerados


 
 
Campos no Afeganistão  
Atualizações sobre a situação de dois cristãos, Said Musa (45) e Shoaib Assadullah (25) detidos em prisões no Afeganistão por “apostasia” ao islã, são preocupantes segundo fontes para a Agência Fundo Barnabé.

Said é pai de seis filhos e foi preso em maio de 2010 como parte de uma ofensiva contra os convertidos ao cristianismo no Afeganistão. Ele foi torturado e abusado na prisão de Cabul, e seu caso tem sido repetidamente adiado. O advogado afirma que foi impedido de representá-lo no tribunal, e que outro se recusou a defendê-lo quando o cristão disse que se recusava a voltar ao islamismo.

O advogado ainda declara que era impossível defender este caso no Afeganistão e acredita que se Said enfrentar um juiz, lhe seria dado três dias "até você (Said) ser executado".

Shoaib foi preso em outubro de 2010 por dar um Novo Testamento na língua dari (nacional) para outro afegão. Ele deveria comparecer ao tribunal em 03 de janeiro, mas a audiência foi adiada. Foi oferecida a sua liberdade caso negasse a Cristo, mas Shoaib se recusou. Ele foi levado com os pés descalços e algemado pela polícia ao hospital, onde um médico disse que Shoaib falava coisas sem sentido e um tratamento seria necessário.

Os cristãos temem que os médicos possam dar-lhe medicamentos que alteram a mente. Em uma aparição no tribunal, o juiz deu a ele uma semana para renunciar ao cristianismo, caso contrário seria morto por sua fé. Shoaib afirmou que sua vida está completamente nas mãos de Jesus e declarou: "Sem a minha fé, eu não seria capaz de viver."

Pedidos de oração


  • Agradeça à fé inabalável de Shoaib e de Said, ante este perigo, e ore para que o Senhor os fortaleça e sustente-os ainda mais.
  • Shoaib pediu oração pela salvação de sua família, e Said  pede oração para que ele seja um testemunho firme de Cristo. Ore para que esses dois irmãos não sofram danos enquanto estão presos e que as autoridades sejam movidas para liberá-los imediatamente.
  • Ore para que o Senhor ministre aos homens e incentive não só a eles, mas também outros cristãos no Afeganistão (Salmo 102:1-2).

Tradução: Carla Priscilla Silva



Fonte: Barnabas FunD

Extremistas se manifestam contra a abertura de igreja

Grupos islâmicos extremistas ainda estão tentando impedir a Igreja Cristã Protestante (ICP) de abrir sua igreja em Taman Yasmin, na região de Bogor (Java Oeste).

Apesar de a sentença da Suprema Corte, em 14 de janeiro, autorizar os protestantes a usarem suas igrejas, extremistas continuam a se manifestar contra isso, ameaçando os membros.

 Eles alegam que os cristãos estão envolvidos em uma conversão forçada.  A igreja ainda está fechada e as autoridades da região ainda não cancelaram a proibição de construção do prédio.

“Nós preparamos duas cartas oficiais, convidando as autoridades locais a publicar a sentença da Suprema Corte para todos lerem, em impressos e mídia eletrônica, para que ninguém possa tirar a lei de suas mãos”, disse um líder da igreja à Asia News.

O caso começou em fevereiro de 2008, quando as autoridades da região pararam a construção da igreja ICP em Taman Yasmin, como resposta à queixa da Associação da Comunidade Islâmica de Bogor (ACI), que reclamou que os cristãos da região não tinham a documentação necessária para usar o espaço como igreja.

Após dois anos de batalha legal, a Suprema Corte da Indonésia sentenciou, em 9 de dezembro de 2010, que a ICP tinha o direito de usar o prédio para suas funções religiosas. Contudo, os extremistas rejeitaram a sentença.

A ACI acusou os cristãos de forçar conversões e emitiu uma carta convidando todos os muçulmanos de Bogor a se reunirem em frente à igreja protestante, para impedir os cristãos de cultuar no domingo.  Até agora, as autoridades de Bogor ainda não implementaram a sentença da corte.

Um líder cristão da região, que pediu para que seu nome não fosse divulgado por motivos de segurança, disse que os cristãos “não querem mais mentiras do governo”. Na realidade, ele acha muito difícil qualquer um na Indonésia conseguir o cumprimento da lei.

Nas últimas semanas, o presidente Yudhoyono recebeu duras críticas de diversos grupos religiosos, que o acusam de esconder os vários episódios de intolerância religiosa por parte dos islâmicos extremistas. Atormentado pelas críticas, em 18 de janeiro o presidente encorajou os líderes religiosos a se reunirem em seus ministérios para discutir o assunto.
Tradução: Eliane Gomes dos Santos

Notícias » Mundo » Mundo Menina morre em Bangladesh após receber 80 chibatadas

Uma adolescente de 14 anos morreu após ter recebido 80 chibatadas em Bangladesh, como punição por ter tido um relacionamento com um primo que era casado.
A sentença tinha sido decretada por um tribunal religioso na cidade em que a jovem vivia, Shariatpur, no sudoeste do país, a 56 km da capital, Daca.
Hena Begum foi acusada de ter mantido uma relação sexual com seu primo de 40 anos de idade, que era casado. Ele também foi condenado a receber cem chibatadas, mas conseguiu fugir.
A adolescente desmaiou enquanto recebia as chibatadas e chegou a ser levada para um hospital local, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo seis dias após ter sido internada.
O caso teve grande repercussão no país e provocou protestos de moradores de Shariatpur. Há relatos na mídia de Bangladesh de que Hena, na verdade, foi raptada e estuprada pelo primo.
O imã (clérigo muçulmano) Mofiz Uddin, responsável pela fatwah (sentença) contra Hena, e outras três pessoas foram presas. O caso está sendo investigado.
'Atos imorais'
Atraídos por gritos de socorro de Hena, moradores locais chegaram a acudir a adolescente. Mofiz Uddine também se dirigiu ao local, juntamente com professores da madrassa (escola de ensinamentos islâmicos) da região.
Mídia local diz que jovem foi estuprada
Os jornais bengalis informaram que em vez de tomar uma ação contra o autor do suposto estupro, os religiosos trancaram a jovem dentro de um quarto. No dia seguinte, o mesmo imã e representantes do Comitê da Sharia, o código de leis muçulmanas, acusaram Hena de ter cometido atos de 'sexualidade imoral' fora do casamento.
Os religiosos disseram à polícia que Hena teria sido pega em flagrante quando mantinha relações sexuais com um morador do vilarejo.
Pessoas da família do primo casado também teriam espancado a adolescente, um dia antes da fatwa ter sido decretada. Autoridades do vilarejo também exigiram que o pai da jovem pagasse uma multa equivalente a R$ 419.
Na quarta-feira, um grupo de moradores de Shariatpur foi às ruas em protesto contra a fatwa e contra os autores da sentença.
"Que tipo de justiça é essa? Minha filha foi espancada em nome da justiça. Se tivesse sido em um tribunal de verdade, minha filha jamais teria morrido", afirmou Dorbesh Khan, o pai da adolescente.
Punições realizadas em nome da sharia (legislação sagrada islâmica) e decretos religiosos foram proibidos em Bangladesh, país secular, mas de maioria muçulmana, desde o ano passado.
Comitês que obedecem princípios religiosos vêm se tornando influentes em diferentes países com população de maioria islâmica, mesmo sendo ilegais em muitos deses países.
A sentença contra Hena Begum foi a segunda morte provocada por uma sentença ligada à sharia desde que a prática foi proibida pela Corte Suprema de Bangladesh.
Cerca de 90% dos 160 milhões de habitantes de Bangladesh são muçulmanos, dos quais a maior parte segue uma versão moderada do Islã.
BBC Brasil

CARTÕES DE VISITAS - SOMENTE 70,00 O MILHEIRO , ACIMA DE 10 MILHEIROS , SOMENTE 40,00 O MILHEIRO - COMPRE E AJUDE NO SUSTENTO DE NOSSO PROGRAMA DE EVANGELISMO E MISSÕES .

Fotos de
  Cartão de visita modelo fotográco

Cartões de Visita - Verniz Total Frente

Papel: Couchê 250g
Tamanho Final: 4,82x8,8cm
Tam. com Sangra: 5,12x9,1cm
Cobertura: Verniz UV Total na Frente

PEDIDOS 019 8292 7812 COM ROBERTO

O IMPLANTE DO CHIPS

O chip que pode ser implantado sob a pele.
"A todos, os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos, faz que lhes seja dada certa marca sobre a mão direita ou sobre a fronte, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta ou o número do seu nome. Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis" (Ap 13.16-18).
A discoteca espanhola Baja Beach Club em Barcelona começou a usar, pela primeira vez no mundo, algo semelhante à marca descrita no último livro da Bíblia... Os clientes habituais da discoteca podem mandar implantar um chip no braço. Além dos dados pessoais ele terá capacidade de armazenar seu saldo. Na entrada, os clientes "chipados" serão facilmente identificados através de um leitor de raios laser e os garçons poderão debitar as despesas diretamente no braço do cliente. Quando o saldo acabar, bastará recarregá-lo.
O chip é um produto da empresa norte-americana Applied Digital Solutions... Seu plano é implantá-lo no maior número possível de pessoas.
Localização via satélite (GPS).
Chips com outras capacidades estão sendo desenvolvidos e usados nos Estados Unidos, por exemplo, para aumentar as vendas da multinacional de bebidas Coca-Cola. Ela lançou uma campanha de marketing centrada em 120 latas de refrigerante especiais. Sua aparência e seu peso não permitem reconhecer que estão equipadas com telefone celular e um chip GPS (Global Positioning System). Os felizes compradores das latinhas premiadas devem identificar-se por telefone notificando seu achado e levar a latinha sempre consigo até que uma equipe da Coca-Cola os localize para informá-los sobre seus prêmios".
Essas notícias comprovam a atualidade das afirmações bíblicas! Como é possível que alguém, há dois mil anos atrás, distante de todas as possibilidades tecnológicas de hoje, tenha descrito tais desenvolvimentos? Em Apocalipse 13 são relatados acontecimentos que se dariam apenas nos tempos finais, pouco antes da volta de Jesus. O idoso apóstolo João, que vivia exilado na ilha de Patmos, escreveu que, no fim dos tempos, as pessoas iriam receber uma marca em sua mão direita ou em sua fronte, e que poderiam comprar ou vender apenas com ela. Além disso, ele fala de uma imagem que teria fôlego e falaria (Ap 13.15). Como ele podia ter a certeza e a "ousadia" de escrever algo assim? Naquela época, suas afirmações estavam bem longe da realidade. Além disso, o que significavam suas palavras? Que valor tinham essas descrições minuciosas de algo que ninguém conhecia? Será que João não temia cair no ridículo ou não havia o perigo da Bíblia ser posta de lado por ser considerada uma coleção de fábulas? Qualquer "ser pensante" – caso a Bíblia fosse um "conto de fadas" – teria evitado fazer afirmações desse teor, preferindo escrever coisas mais genéricas, pensamentos filosóficos ou literatura poética. Mas João estava absolutamente convicto de que tudo o que viu e escreveu correspondia integralmente à verdade.
A Bíblia não é, de forma alguma, um livro de contos. Ela é a revelação divina à humanidade. Só um Deus que conhece os mínimos detalhes do futuro e dos processos históricos pode mandar escrever fatos futuros através da inspiração de Seu Espírito. Somente Deus sabia de antemão que aproximadamente mil e novecentos anos mais tarde um aparelho iria influenciar o mundo através de uma imagem que fala e se move. Somente um Ser Supremo poderia saber que dois mil anos depois seria possível implantar um chip sob a pele. Apenas Ele poderia mandar predizer que essas coisas incomparáveis iriam acontecer. Somente um Deus que é a Verdade poderia anunciar algo tão "inacreditável" para provar que Sua Palavra é verdadeira e que podemos crer em tudo o que Ele diz. O Senhor Jesus expressou essa verdade ao dizer: "Desde já vos digo, antes que aconteça, para que, quando acontecer, creiais que EU SOU" (Jo 13.19).
A última fase do fim dos tempos teve início com o ajuntamento dos judeus em sua pátria e com a fundação do Estado de Israel em 1948. Praticamente em paralelo, os processos em desenvolvimento no nosso mundo se direcionam em ritmo cada vez mais acelerado para o cumprimento do Apocalipse.
"Quem não se deixa vencer pela verdade divina será vencido pelo engano", disse Agostinho. Não resta muito tempo para ridicularizar a Bíblia, pois a seriedade de suas palavras é muito evidente! (Norbert Lieth - http://www.chamada.com.br).

A MARCA DA BESTA


Dentre todos os tópicos da Bíblia, talvez a marca da besta seja o que mais tem suscitado especulações e argumentações ridículas e bombásticas. Cristãos e não-cristãos debatem o significado de seu valor numérico. Mas o que diz, realmente, o texto bíblico?
O Número 666: Marca Registrada da Tribulação?
A questão central da Tribulação é: Quem tem o direito de governar, Deus ou Satanás? Deus vai provar que é Ele quem tem esse direito. Pela primeira e única vez na história, as pessoas terão uma data limite para aceitarem o Evangelho. Por enquanto, todos podem aceitar ou rejeitar essa mensagem em diferentes momentos da vida; alguns o fazem na infância, outros no início da fase adulta, outros na meia-idade, e alguns até na velhice. Mas, quando vier a Tribulação, as pessoas terão que tomar essa decisão de forma imediata ou compulsória por causa da marca da besta, de modo que toda a humanidade será deliberadamente dividida em dois segmentos. O elemento polarizador será precisamente a marca da besta.
A Bíblia ensina que o líder da campanha em defesa da marca da besta será o falso profeta, que está ligado à falsa religião (Ap 13.11-18). Apocalipse 13.15 deixa claro que o ponto-chave em tudo isso é adorar "a imagem da besta". A marca da besta é simplesmente um meio de forçar as pessoas a declararem do lado de quem estão: do Anticristo ou de Jesus Cristo. Todos terão que escolher um dos lados. Será impossível manter uma posição neutra ou ficar indeciso com relação a esse assunto. A Escritura é muito clara ao afirmar que os que não aceitarem a marca serão mortos.
O falso profeta vai exigir uma "marca" em sinal de lealdade e devoção à besta, e essa marca será "sobre a mão direita" – não a esquerda – "ou sobre a fronte" (Ap 13.16).

Toda a humanidade será forçada a escolher um dos lados: "...todos, os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos" (Ap 13.16). O Dr. Robert Thomas comenta que essa construção retórica "abrange todas as pessoas, de todas as classes sociais, [...] ordenadas segundo sua condição financeira, [...] abrangendo todas as categorias culturais [...]. As três expressões são um recurso estilístico que traduz universalidade".[1] A Escritura é muito específica. O falso profeta vai exigir uma "marca" em sinal de lealdade e devoção à besta, e essa marca será "sobre a mão direita" – não a esquerda – "ou sobre a fronte" (Ap 13.16).
A palavra "marca" aparece em muitas passagens da Bíblia. Por exemplo, ela é usada várias vezes em Levítico, referindo-se a um sinal que torna o indivíduo cerimonialmente impuro, e está geralmente relacionada à lepra. É interessante notar que o modo como Ezequiel 9.4 usa a idéia de "marca" é semelhante ao de Apocalipse: "E lhe disse: Passa pelo meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal a testa dos homens que suspiram e gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela". Nessa passagem, o sinal serve para preservação, assim como o sangue espalhado nas ombreiras das portas livrou os hebreus durante a passagem do anjo da morte, como relata o Livro do Êxodo. Em Ezequiel, a marca é colocada na fronte, semelhantemente à do Apocalipse. Todas as sete ocorrências da palavra "marca" ou "sinal" (gr. charagma) no Novo Testamento em grego, encontram-se no Livro do Apocalipse, e todas se referem à "marca da besta" (Ap 13.16,17; 14.9,11; 16.2; 19.20; 20.4). O Dr. Thomas explica o significado desse termo na Antigüidade:
A marca deve ser algum tipo de tatuagem ou estigma, semelhante às que recebiam os soldados, escravos e devotos dos templos na época de João. Na Ásia Menor, os seguidores das religiões pagãs tinham prazer em exibir essas tatuagens para mostrar que serviam a um determinado deus. No Egito, Ptolomeu IV Filopátor (221-203 a.C.) marcava com o desenho de uma folha de trevo os judeus que se submetiam ao cadastramento, simbolizando a servidão ao deus Dionísio (cf. 3 Macabeus 2.29). Esse significado lembra a antiga prática de usar marcas para tornar pública a fé religiosa do seu portador (cf. Isaías 44.5), e também a prática de marcar os escravos a fogo com o nome ou símbolo de seu proprietário (cf. Gl 6.17). O termo charagma ("marca") também era usado para designar as imagens ou nomes dos imperadores, cunhadas nas moedas romanas e, portanto, poderia muito bem aplicar-se ao emblema da besta colocado sobre as pessoas.[2]
Alguns se perguntam por que foi usado um termo tão específico para designar a marca do Anticristo. Essa marca parece ser uma paródia do plano de Deus, principalmente no que se refere aos 144.000 "selados" de Apocalipse 7. O selo de Deus sobre Suas testemunhas muito provavelmente é invisível e tem o propósito de protegê-las do Anticristo. Por outro lado, o Anticristo oferece proteção contra a ira de Deus – uma promessa que ele não tem condições de cumprir – e sua marca é visível e externa. Como os que receberem a marca da besta o farão voluntariamente, é de supor que as pessoas sentirão um certo orgulho de terem, em essência, a Satanás como seu dono. O Dr. Thomas afirma: "A marca será visível e identificará todos os que se sujeitarem à besta".[3]
Uma Identificação Traiçoeira
Verificação da identidade pela leitura da íris. O Anticristo fará uso da moderna tecnologia.

Além de servir como indicador visível da devoção ao Anticristo, a marca será a identificação obrigatória em qualquer transação comercial na última metade da Tribulação (Ap 13.17). Este sempre foi o sonho de todos os tiranos da história – exercer um controle tão absoluto sobre seus vassalos a ponto de decidir quem pode comprar e quem pode vender. O historiador Sir William Ramsay comenta que Domiciano, imperador romano no primeiro século, "levou a teoria da divindade Imperial ao extremo e encorajou ao máximo a ‘delação’; [...] de modo que, de uma forma ou de outra, cada habitante das províncias da Ásia precisava demonstrar sua lealdade de modo claro e visível, ou então era imediatamente denunciado e ficava impossibilitado de participar da vida social e de exercer seu ofício".[4] No futuro, o Anticristo aperfeiçoará esse sistema com o auxílio da moderna tecnologia.
Ao longo da história, muitos têm tentado marcar certos grupos de pessoas para o extermínio, mas sempre houve alguns que conseguiram achar um meio de escapar. Porém, à medida que a tecnologia avança, parece haver uma possibilidade cada vez maior de bloquear praticamente todas as saídas. Essa hipótese é reforçada pelo emprego da palavra grega dunétai – "possa" (Ap 13.17), que é usada para transmitir a idéia do que "pode" ou "não pode" ser feito. O Anticristo não permitirá que alguém compre ou venda se não tiver a marca, e o que possibilitará a implantação desta política será o fato da sociedade do futuro não usar mais o dinheiro vivo como meio de troca. O controle da economia, ao nível individual, através da marca, encaixa-se perfeitamente no que a Bíblia diz a respeito do controle do comércio global pelo Anticristo, delineado em Apocalipse 17 e 18.
A segunda metade de Apocalipse 13.17 descreve a marca como "o nome da besta ou o número do seu nome". Isso significa que "o número do nome da besta é absolutamente equivalente ao nome, [...]. Essa equivalência indica que, como nome, ele é escrito com letras; mas, como número, é o análogo do nome escrito com algarismos".[5] O nome do Anticristo será expresso numericamente como "666".
Calculando o Número
O Anticristo não permitirá que alguém compre ou venda se não tiver a marca, e o que possibilitará a implantação desta política será o fato da sociedade do futuro não usar mais o dinheiro vivo como meio de troca.

Nesse ponto da profecia (Ap 13.18), o apóstolo João interrompe momentaneamente a narrativa da visão profética e passa a ensinar a seus leitores a maneira correta de interpretar o que havia dito. Uma leitura do Apocalipse demonstra claramente que os maus não entenderão o significado, porque rejeitaram a Jesus Cristo como Senhor e Salvador. Por outro lado, os demais que estiverem atravessando a Tribulação receberão sabedoria e entendimento para que possam discernir quem é o Anticristo e recusar a sua marca. A Bíblia deixa claro que aqueles que receberem a marca da besta não poderão ser salvos (Ap 14.9-11; 16.2; 19.20; 20.4) e passarão a eternidade no lago de fogo. O fato de João usar essa passagem crucial para transmitir sabedoria e entendimento aos crentes, com relação a um assunto de conseqüências eternas, mostra que Deus proverá o conhecimento necessário para que o Seu povo possa segui-lO fielmente.
Mas o que essa sabedoria e esse conhecimento permitem que os crentes façam? A passagem diz que podemos "calcular". Calcular o quê? Podemos calcular o número da besta.
O principal propósito de alertar os crentes sobre a marca é permitir que eles saibam que, quando em forma de número, o "nome" da besta será 666. Assim, os crentes que estiverem passando pela Tribulação, quando lhes for sugerido que recebam o número 666 na fronte ou na mão direita, deverão rejeitá-lo, mesmo que isso signifique a morte. Outra conclusão que podemos tirar é que qualquer marca ou dispositivo oferecido antes dessa época não é a marca da besta que deve ser evitada.
Portanto, não há motivo para os cristãos de hoje encararem o número 666 de forma supersticiosa. Se o nosso endereço, número de telefone ou código postal incluem esse número, não precisamos ter medo de que algum poder satânico ou místico nos atingirá. Por outro lado, temos que reconhecer que muitos ocultistas e satanistas são atraídos por esse número por sua conexão com a futura manifestação do mal. Porém, o número em si não tem poderes sobrenaturais. Quando um crente acredita nisso, já caiu na armadilha da superstição. A Bíblia ensina que não há nenhum motivo para atribuir poderes místicos ao número 666.
A Carroça na Frente dos Bois
Muitos têm tentado descobrir a identidade do Anticristo através de cálculos numéricos. Isso é pura perda de tempo. A lista telefônica está cheia de nomes que poderiam ser a solução do enigma, mas a sabedoria para "calcular" o nome não é para ser aplicada agora, pois isso seria colocar a carroça adiante dos bois. Esse conhecimento é para ser usado pelos crentes durante a Tribulação.
Em 2 Tessalonicenses 2, Paulo ensina que, durante a presente era da Igreja, o Anticristo está sendo detido. Ele será "revelado somente em ocasião própria" (v.6). Ao escolher a palavra "revelado", o Espírito Santo quis indicar que a identidade do Anticristo estará oculta até a hora de sua revelação, que ocorrerá em algum momento após o Arrebatamento da Igreja. Portanto, não é possível saber quem é o Anticristo antes da "ocasião própria". O Apocalipse deixa bem claro que os crentes saberão na hora certa quem é o Anticristo.
Como apontamos acima, o Apocalipse não deixa dúvida de que durante a Tribulação todos os crentes saberão que receber a marca da besta será o mesmo que rejeitar a Cristo. Durante a Tribulação, todos os cristãos terão plena consciência disso onde quer que estejam. Nenhuma das hipóteses levantadas no passado, ou que venham a ser propostas antes da Tribulação, merece crédito.
Apocalipse 13.17-18 diz claramente que o número 666 será a marca que as pessoas terão que usar na fronte ou na mão direita. Em toda a história, ninguém jamais propôs a utilização desse número em condições semelhantes às da Tribulação, de modo que todas as hipóteses já levantadas a respeito da identidade do Anticristo podem ser descartadas.
O mais importante nessa passagem é que podemos nos alegrar em saber que a identificação do futuro falso Cristo ainda não é possível, mas o será quando ele ascender ao trono. Com certeza, aquele a quem o número 666 se aplica é alguém que pertence a uma época posterior ao período em que João viveu, pois ele deixa claro que alguém iria reconhecer esse número. Se nem a geração de João nem a seguinte foi capaz de discerni-lo, isso significa que a geração que poderá identificar o Anticristo forçosamente estava (e ainda está) no futuro. No passado, houve várias figuras políticas que tipificaram características e ações desse futuro personagem, mas nenhum dos anticristos anteriores se encaixa perfeitamente no retrato e no contexto do Anticristo do final dos tempos.[6]
A Relação entre Tecnologia e a Marca da Besta
Muitos têm feito as mais variadas hipóteses sobre a marca da besta. Alguns dizem que ela será como o código de barras utilizado para identificação universal de produtos. Outros imaginam que seja um chip implantado sob a pele, ou uma marca invisível que possa ser lida por um scanner. Contudo, essas conjeturas não estão de acordo com o que a Bíblia diz.
A marca da besta – 666 – não é a tecnologia do dinheiro virtual nem um dispositivo de biometria. A Bíblia afirma de forma precisa que ela será:
  • a marca do Anticristo, identificada com sua pessoa
  • o número 666, não uma representação
  • uma marca, como uma tatuagem
  • visível a olho nu
  • sobre a pele, e não dentro da pele
  • facilmente reconhecível, e não duvidosa
  • recebida de forma voluntária; portanto, as pessoas não serão ludibriadas para recebê-la involuntariamente
  • usada após o Arrebatamento, e não antes
  • usada na segunda metade da Tribulação
  • necessária para comprar e vender
  • recebida universalmente por todos os não-cristãos, mas rejeitada pelos cristãos
  • uma demonstração de adoração e lealdade ao Anticristo
  • promovida pelo falso profeta
  • uma opção que selará o destino de todos os que a receberem, levando-os ao castigo eterno no lago de fogo.
A marca da besta é uma opção que selará o destino de todos os que a receberem, levando-os ao castigo eterno no lago de fogo.

Talvez na história ou na Bíblia nenhum outro número tenha atraído tanto a atenção de cristãos e não-cristãos quanto o "666". Até mesmo os que ignoram totalmente os planos de Deus para o futuro, conforme a revelação bíblica, sabem que esse número tem um significado importante. Escritores religiosos ou seculares, cineastas, artistas e críticos de arte fazem menção, exibem ou discorrem a respeito dele. Ele tem sido usado e abusado por evangélicos e por membros de todos os credos, tendo sido objeto de muita especulação inútil. Freqüentemente, pessoas que se dedicam com sinceridade ao estudo da profecia bíblica associam esse número à tecnologia disponível em sua época, com o intuito de demonstrar a relevância de sua interpretação. Mas, fazer isso é colocar "a carroça na frente dos bois", pois a profecia e a Bíblia não ganham credibilidade ou legitimidade em função da cultura ou da tecnologia.
Conclusão
O fato da sociedade do futuro não utilizar mais o dinheiro vivo será usado pelo Anticristo. Entretanto, seja qual for o meio de troca substituto, ele não será a marca do 666. A tecnologia disponível na época da ascensão do Anticristo será aplicada com propósitos malignos. Ela será empregada, juntamente com a marca, para controlar o comércio (como afirma Apocalipse 13.17). Sendo assim, é possível que se usem implantes de chips, tecnologias de escaneamento de imagens e biometria para implementar a sociedade amonetária do Anticristo, como um meio de implantar a política que impedirá qualquer pessoa de comprar ou vender se não tiver a marca da besta. O avanço da tecnologia é mais um dos aspectos que mostram que o cenário para a ascensão do Anticristo está sendo preparado. Maranata! (Thomas Ice - Pre-Trib Perspectives - http://www.chamada.com.br)

MUSICOS CRISTÃOS PREPAREM SEUS BOLSOS , MAIS UM IMPOSTO VEM AI , A TAXA PARA LOUVAR A DEUS .


Mais uma forma do governo nos sabotar , pois agora teremos que ter essa tal carteirinha da ordem dos músicos para louvarmos em nossas igrejas , e nosso suado dinheiro indo para o ralo da corrupção Brasileira.
Se você for pego em sua igreja louvando a Deus e não for cadastrado nessa tal ordem dos músicos cristãos , você paga uma multa e se for pego de novo pode ir para a cadeia.

O QUE GANHAMOS COM ISSO , ALGUEM PODE EXPLICAR ?

Ministros de louvor terão que pagar para tocar ou a igreja será multada

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Este absurdo é graças a enferrujada Lei 3.857, de 22 de dezembro de 1960, que regula a atividade de músico, exigindo que só pode exercer a profissão quem estiver registrado na OMB.
Até ai tudo bem, o problema é que este registro custa R$215,00 e após o seu ingresso na entidade o músico terá que pagar uma taxa anual de R$100,00, para manter a “carterinha”. Outro detalhe de relevância é a criação da Delegacia Musical Cristã, que foi inaugurada em março de 2009, e tem como objetivo fiscalizar as igrejas para enquadrar quem não apresentar está licença, serviço que já ocorreu na sede da Bola de Neve Church em São Paulo, onde a igreja foi multada pelos seus músicos não possuírem o documento da OMB. A igreja através de seus advogados foi obrigada a entrar com um mandado de segurança para evitar o pagamento desta multa. A liminar foi deferida, suspendendo o auto de infração e impedindo, até o julgamento do mérito, que a autarquia tome qualquer atitude coercitiva em face da igreja e músicos que tocam em seus cultos.
“A petição teve vários embasamentos legais, como a liberdade constitucional de culto e a voluntariedade dos músicos da igreja, entre outros”, informou a advogada Taís Piccinini, responsável pela ação em entrevista para a matéria também sobre este mesmo assunto no portal Cristianismo Hoje. “O que acontece na igreja não é e nunca foi um show, mas culto a Deus, onde o amor e dedicação são os únicos incentivos para o trabalho no templo.” declara.
Uma esperança contra está autarquia, é a PL 223/09 do nobre Deputado Giannazi (PSOL), que pretende garantir o livre exercício da atividade de músico.


Fonte: Clip Gospel Music

ORDEM DOS MUSICOS CRIAM UMA DELEGACIA PARA OS MUSICOS CRISTÃOS , E SERÁ OBRIGADO TER UMA CARTEIRINHA DESSA ORDEM PARA MINISTRAS NAS IGREJAS , POIS QUEM NÃO TIVER VAI PAGAR MULTA E PODE ATÉ IR PRESO , ONDE FOMOS CHEGAR .

Importante
Todos os músicos são responsáveis pelo crescimento e fortalecimento da classe e pela valorização desta nobre profissão. A ORDEM DOS MÚSICOS DO BRASIL é uma entidade importante, pois REGULARIZA e FISCALIZA a profissão do músico em todo o país. A Seguir , estão relacionados questões de significativa importância a respeito da O M B – ORDEM DOS MÚSICOS DO BRASIL. São questões que diariamente são postas perante o órgão, as quais de maneira simples e objetiva procuramos defini-las. 

1) O que é, para quê e quando foi criada a Ordem dos Músicos do Brasil?
A Ordem dos Músicos do Brasil, é uma autarquia pública federal, criada pela Lei 3.857 de 22 de dezembro de 1960, para exercer em todo o País, a seleção, a disciplina, a defesa da classe e a fiscalização do exercício da profissão de músico. 

2) Como é composta a Ordem dos Músicos do Brasil ?
A OMB com forma Federativa, compõe-se do Conselho Federal da Ordem dos Músicos do Brasil, com sede em Brasília/DF e de Conselhos Regionais, um em cada Estado da Federação, todos dotados de personalidade jurídica de direito público e autonomia administrativa e patrimonial. 

3) É obrigatória a inscrição dos músicos?
Os músicos só poderão exercer a profissão depois de inscritos no Conselho Regional. A estes, ser-lhes-ão entregues as carteiras profissionais que os habilitarão ao exercício da profissão de músico em todo o País. A carteira profissional valerá como documento de identidade e terá fé pública, por força da Lei Federal. 

4) Quais são as penas aplicáveis aos músicos sem inscrição, encontrados no exercício da profissão?
As penas aplicáveis são multa e prisão simples de 15 dias a 3 meses (art.47 da Lei das contravenções penais). Obs. Para estas penalidades, nem é preciso que o músico esteja exercendo a profissão. Basta que, mediante anúncio, cartazes, placas, cartões comerciais ou quaisquer outros meios de propaganda que se proponha ao exercício da profissão, em qualquer de seus gêneros ou especialidades. 

5) Como o candidato a inscrição profissional deve proceder?
O candidato a inscrição deve procurar a sede do Conselho ou uma de nossas Delegacias espalhadas pelo interior do Estado. Receberá, em detalhes, instruções como deve proceder. Como regra básica, o músico somente poderá se inscrever se for diplomado por escola oficial ou reconhecida pelo MEC, ou se for aprovado em exame de habilitação perante Banca Examinadora, obedecido o programa oficial. 

6) O que a Ordem dos Músicos do Brasil oferece aos músicos?
A Ordem dos Músicos do Brasil, em se tratando de um órgão federal, não foi instituída para oferecer vantagens e muito menos distribuição de bens materiais como alguns pensam, mas, como todo o organismo público, para prestar serviços públicos correspondentes às suas finalidades. A Ordem se tem algum compromisso de dar alguma coisa a alguém é ao público em geral e à classe em particular, como legal destinatária de músicos selecionados, disciplinados, no que diz respeito àquele e a esta, e do direito à defesa e à fiscalização, no que tange apenas a esta. 

7) Quais os direitos dos músicos ?
a) votar em assembléias gerais;
b) ser votado para membro do Conselho Federal, do Conselho Regional ou ainda, para Delegado-Eleitor;
c) ser designado membro do júri;
d) promover a repressão disciplinar de infração praticada por qualquer inscrito nos quadros da Ordem dos Músicos;
e) representar ao Conselho sobre faltas disciplinares graves cometidas em público. 

8) Qual o prazo para pagamento de anuidades ?
O prazo para pagamento de anuidade é de 1° de janeiro a 31 de março de cada ano. Haverá multa, juros de mora, além do débito ser corrigido pela UFIR. Por isso o atraso deve ser evitado, pelo alto ônus que acarreta ao devedor. 

9) O que é código de ética profissional ?
Os músicos, no exercício de suas atividades artísticas, devem observar regras, preceitos e normas que, catalogadas, se constituem no Código de Ética Profissional. O cumprimento do código de Ética demonstrará o interesse do músico em defender e zelar pelo prestígio de sua classe. Existe no CRMG-OMB uma Comissão de Disciplina e Ética Profissional. O músico que violar o código será julgado por, esta comissão podendo sofrer penalidades: advertência, censura, multa e até desligamento. 

10) Qual a diferença entre Ordem dos Músicos e Sindicato dos Músicos ?
A Ordem dos Músicos tem forma Federativa, isto é, atua em todo o País. A Ordem dos Músicos nasceu diretamente da Lei e de logo se impõe às vontades individuais ou da classe a que se destina. O Sindicato nasce de um consenso de vontade individuais livres, elaborando seu estatuto pelo qual estabelece sua própria norma, o Sindicato tem base territorial perfeitamente definida. 

Delegacia Musical Cristã - Ordem dos Músicos do Brasil - CRESP
Rua Bento Freitas, 362 - 1º andar - República - CEP: 01220.000
contato@ombspdc.mus.br     (11) 2228 4456   ou   2807 7366

“Delegacia Cristã Musical” é criada para fiscalizar e punir igrejas e ministros de louvor que não cumprirem suas resoluções

Muitos não sabem, mas há quase dois anos funciona em São Paulo uma Delegacia Cristã Musical, que é responsável por um trabalho de conscientização com os músicos atuantes no cenário da música cristã, passando a eles informações de como legalizar sua atividade profissional, e também sobre a infração penal que pode lhe ocorrer ao trabalhar sem a carteira. O exercício ilegal da profissão está sob pena no Artigo 47 do código penal, e a pena para o profissional que comete essa infração é de multa no valor de mil reais ou 1 a 3 anos de reclusão. Em caso de reincidência o valor da multa é de dois mil reais.
A Delegacia foi instituída em março de 2009 no Conselho Regional do Estado de São Paulo da Ordem dos Músicos do Brasil (OMB), em uma sessão solene para nomear o novo Delegado e os novos fiscais que farão parte da primeira Delegacia Cristã Musical. Seu principal objetivo é ordenar o trabalho dos músicos profissionais nas comunidades religiosas, nos estúdios, gravadoras e eventos de todo o segmento da música cristã.
Fundada no dia 22 de Dezembro de 1960, a OMB é um Órgão Federal e tem poder tanto para legalizar como para fiscalizar músico profissional em seu exercício.

Segundo o presidente Roberto Bueno, o desejo de criar uma Delegacia Cristã Musical Cristã, que pudesse legalizar o músico e dar a ele todo o conhecimento legal da profissão que lhe é incumbida, é um sonho antigo. "A ideia de criar a Delegacia Cristã é antiga, surgiu há cerca de uns trinta anos atrás, mas sem ter o poder da caneta na mão, tudo se tornava complicado e difícil. Mas depois de muito tempo regada, ela brotou", disse Roberto Bueno Presidente da OMB.

O mandato é anual e o ocupante do cargo pode ser reeleito sem nenhuma restrição no ano seguinte e vale tanto para o Delegado como para todos os fiscais.

O primeiro Delegado da Delegacia Cristã Musical é o doutor Milton José de Souza (foto), que tem 58 anos e está presente no meio musical há cerca de 35 anos. Foi Presidente do Ecade por cinco mandatos e atualmente também é vice-presidente do Sindicato dos Compositores e Intérpretes do Estado de São Paulo. "Meu trabalho sempre foi em favor do repasse do direito autoral ao autor, que até hoje é lesado pelos técnocratas envolvidos no meio. Por isso criei a Associação Cristã Musical de Direitos Autorais que recolhe, arrecada, recebe e distribui esses direitos e repassa para o autor. Estou somando os Direitos Autorais, as Atividades Profissionais e a Ordem dos Músicos, para que o músico, o compositor cristão o tenha todas as facilidades e seja reconhecido no mercado como um profissional normal. A Ordem dos Músicos do Brasil- Conselho Regional do Estado de São Paulo está de portas abertas para receber os músicos que estejam passando por necessidades financeiras, e isso venha a se tornar uma dificuldade de tirar a carteira, nós estamos criando condições, facilitando o pagamento em três vezes, e tudo o que for possível fazermos para ajudar o músico a conquistar uma colocação profissional e viver da música a Ordem estará de portas abertas", disse doutor Milton, Delegado da Delegacia Cristã Musical da OMB-SP.


FONTE CPAD NEWS

COM A CRIAÇÃO DESSA DELEGACIA DE MUSICA CRISTÃ SERÁ QUE TEREMOS LIBERDADE DE CANTARMOS OS HINOS E AS MUSICAS ? OU SEREMOS OBRIGADO A PAGAR UMA TAXA ? OU SEREMOS OBRIGADO A COMPOR OS HINOS QUE IREMOS CANTAR NAS IGREAS ? SÓ NO BRASIL MESMO - Delegacia Cristã Musical em funcionamento

Delegacia Cristã
 Musical em funcionamento

Busca pela legalização da profissão de Músico
Muitos não sabem, mas há quase dois anos funciona em São Paulo uma Delegacia Cristã Musical, que é responsável por um trabalho de conscientização com os músicos atuantes no cenário da música cristã, passando a eles informações de como legalizar sua atividade profissional, e também sobre a infração penal que pode lhe ocorrer ao trabalhar sem a carteira. O exercício ilegal da profissão está sob pena no Artigo 47 do código penal, e a pena para o profissional que comete essa infração é de multa no valor de mil reais ou 1 a 3 anos de reclusão. Em caso de reincidência o valor da multa é de dois mil reais.
A Delegacia foi instituída em março de 2009 no Conselho Regional do Estado de São Paulo da Ordem dos Músicos do Brasil (OMB), em uma sessão solene para nomear o novo Delegado e os novos fiscais que farão parte da primeira Delegacia Cristã Musical. Seu principal objetivo é ordenar o trabalho dos músicos profissionais nas comunidades religiosas, nos estúdios, gravadoras e eventos de todo o segmento da música cristã.
Fundada no dia 22 de Dezembro de 1960, a OMB é um Órgão Federal e tem poder tanto para legalizar como para fiscalizar músico profissional em seu exercício.

Segundo o presidente Roberto Bueno, o desejo de criar uma Delegacia Cristã Musical Cristã, que pudesse legalizar o músico e dar a ele todo o conhecimento legal da profissão que lhe é incumbida, é um sonho antigo. "A ideia de criar a Delegacia Cristã é antiga, surgiu há cerca de uns trinta anos atrás, mas sem ter o poder da caneta na mão, tudo se tornava complicado e difícil. Mas depois de muito tempo regada, ela brotou", disse Roberto Bueno Presidente da OMB.

O mandato é anual e o ocupante do cargo pode ser reeleito sem nenhuma restrição no ano seguinte e vale tanto para o Delegado como para todos os fiscais.

O primeiro Delegado da Delegacia Cristã Musical é o doutor Milton José de Souza (foto), que tem 58 anos e está presente no meio musical há cerca de 35 anos. Foi Presidente do Ecade por cinco mandatos e atualmente também é vice-presidente do Sindicato dos Compositores e Intérpretes do Estado de São Paulo. "Meu trabalho sempre foi em favor do repasse do direito autoral ao autor, que até hoje é lesado pelos técnocratas envolvidos no meio. Por isso criei a Associação Cristã Musical de Direitos Autorais que recolhe, arrecada, recebe e distribui esses direitos e repassa para o autor. Estou somando os Direitos Autorais, as Atividades Profissionais e a Ordem dos Músicos, para que o músico, o compositor cristão o tenha todas as facilidades e seja reconhecido no mercado como um profissional normal. A Ordem dos Músicos do Brasil- Conselho Regional do Estado de São Paulo está de portas abertas para receber os músicos que estejam passando por necessidades financeiras, e isso venha a se tornar uma dificuldade de tirar a carteira, nós estamos criando condições, facilitando o pagamento em três vezes, e tudo o que for possível fazermos para ajudar o músico a conquistar uma colocação profissional e viver da música a Ordem estará de portas abertas", disse doutor Milton, Delegado da Delegacia Cristã Musical da OMB-SP.


CPADNews / OGalileo

´Remédio de graça` Benefício deve ampliar acesso ao tratamento. Não será preciso se consultar na rede pública para receber o remédio de graça

´Remédio de graça`
Diabéticos e hipertensos de todo o País poderão receber os remédios necessários para o tratamento de suas doenças gratuitamente.

Os medicamentos hoje disponíveis a preços mais baixos pelo Programa Aqui tem Farmácia Popular, do Ministério da Saúde, serão distribuídos gratuitamente aos brasileiros.

A novidade anunciada nesta quinta-feira (3) pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e pela presidenta Dilma Rousseff passa a valer a partir do dia 14. Qualquer um deles poderá solicitar os remédios gratuitamente.

Dados do Ministério da Saúde mostram que 33 milhões de brasileiros foram diagnosticados com hipertensão arterial e 7,5 milhões são diabéticos. Para a presidenta, a distribuição dos remédios vai "descongestionar" o Sistema Único de Saúde (SUS). "Apesar de gratuito, vamos controlar o fornecimento do remédio", afirmou em solenidade realizada no Palácio do Planalto.

A lista dos medicamentos dispensados gratuitamente será afixada nas farmácias. O paciente precisará apresentar o CPF, documento de identidade com foto e a receita médica com a prescrição do medicamento. Não é preciso ter se consultado na rede pública para solicitar o remédio de forma gratuita. Com a decisão, o ministro espera ampliar o acesso da população aos medicamentos e promover o uso adequado deles.

Para os pacientes, a medida também representa economia no orçamento familiar. Para se ter uma ideia, uma caixa com 30 comprimidos de um remédio bastante utilizado por hipertensos, o captopril 25 mg custa R$ 18,70 em farmácias do centro de Brasília. Com o financiamento do programa era possível comprar por R$ 8,50, em média. "Medicamento é o item que mais pesa no bolso dos pobres. Esse é mais um passo no sentido do meu compromisso de erradicar a miséria", ressaltou Dilma.

As farmácias conveniadas ao programa terão até o dia 14 para se adequar às novas regras de distribuição de medicamentos, que serão publicadas em portaria específica assinada pelo ministro nesta quinta-feira. A drogaria que conseguir adaptar seu sistema antes desse prazo pode oferecer o benefício aos pacientes imediatamente.
 
Último Segundo
 

Batistas se mobilizam para apoio aos desabrigados no RJ

Batistas se mobilizam para apoio aos desabrigados no RJ Mesmo após as chuvas, os problemas continuam. Cristãos levam conforto espiritual às pessoas desabrigadas
As chuvas torrenciais que atingiram a região serrana do estado do Rio de Janeiro pararam, mas já causaram deslizamentos, desabamentos e inundações, deixando um rastro de destruição e mortes, além de dezenas de feridos que estão sendo encaminhados aos hospitais públicos das cidades. Pelo menos 960 pessoas até agora ficaram desabrigadas e outras 1.280 desalojadas.

É a maior tragédia já registrada na região, atingindo principalmente os municípios de Teresópolis, Petrópolis, Nova Friburgo e Vale do Cuiabá, em Itaipava.

Na região houve queda de barreiras, falta de energia elétrica e comunicações. O acesso às áreas mais afetadas só está sendo possível por helicóptero, dificultando o trabalho de resgate. O prefeito de Teresópolis decretou estado de emergência e calamidade pública. Dezessete bairros da cidade foram atingidos por desmoronamentos.

Diante desse quadro de calamidade, a Convenção Batista Brasileira, a Junta de Missões Nacionais e a Convenção Batista Fluminense estão lançando uma Campanha para apoio às vítimas. Precisamos, nesse momento, levar conforto espiritual às pessoas desabrigadas que estão sofrendo perdas físicas e materiais.

Precisamos de uma grande mobilização de cristãos brasileiros que estejam próximos aos locais atingidos para acolher nossos irmãos em Cristo. Há várias formas de ajudar: com oração, envio de donativos (água potável, alimentos, caixas de leite, fraldas, produtos de higiene e colchões), ou financeiramente.

 
Fonte: JMN

Cristãos egípcios pedem orações pela paz

Cristãos 
egípcios pedem orações pela paz Temor da igreja é que se a Irmandade Muçulmana tomar o poder os cristãos serão perseguidos
Com o aumento da violência nos protestos contra o presidente egípcio, Hosni Mubarak, os evangélicos do país pedem para as igrejas mundiais orem com eles para uma resolução pacífica da crise.

Após entrar em contato com a Associação Evangélica do Egito (EFE), a Aliança Evangélica Mundial emitiu um apelo urgente pedindo oração para o Egito. A EFE, disse que as igrejas do país estão unidas em oração.

Eles pedem para que Deus de sabedoria ao atual governo, bem como a futura liderança do Egito, a segurança dos jovens, que inclui alguns cristãos, assim como os muçulmanos, e para que a mudança aconteça de forma pacífica.

A Aliança Evangélica disse em comunicado:

"Ninguém sabe o que as mudanças que acontecerão no Egito, mas os egípcios evangélicos fiquem sabendo que Deus está no controle. Apesar de serem minoria, eles estão profundamente empenhados em ser bons cidadãos e contribuindo para o futuro da saúde e do desenvolvimento de sua nação. Os cristãos acreditam que a maioria dos muçulmanos e os cristãos estão unidos em sua preocupação comum pelo bem-estar da nação".

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que cerca de 300 pessoas morreram em conflitos por todo o país. O ministro da Saúde do Egito Samih Farid Ahmed disse que cinco pessoas morreram em confrontos entre manifestantes pró e anti-governo no Cairo.

Manifestantes contrários ao governo exigem a renúncia imediata do presidente Mubarak, que tem estado no poder nos últimos 30 anos.

Tentativas pela Irmandade Muçulmana, maior grupo de oposição no Egito, para esculpir um papel para si na futura liderança do país têm levantado preocupações sobre a minoria cristã perseguida.

O Fundo Barnabé, que apoia a igreja perseguida no mundo, disse que os cristãos estariam ainda mais inseguros se forem governados por regime islâmico e até mesmo forçado a fugir do país em massa.

Segundo o Fundo Barnabé os cristãos egípcios já são cidadãos de segunda classe em seu próprio país. "Se a Irmandade Muçulmana tomar o poder, eles podem rapidamente ser submetidos a uma série de regulamentações ainda mais humilhante destinada a excluir e degradar-los ainda mais".


Fonte: Christian Today / Redação CPAD News

Pastor é preso no MS suspeito de estuprar primas


Suspeito confessou ter abusado de outras cinco crianças.
Um pastor da igreja Deus é Amor, de Coxim (MS), foi preso nesta sexta-feira (8) suspeito de ter estuprado duas filhas de um primo e outras cinco crianças. O suspeito, de 59 anos, confessou os crimes.
Segundo o site Edição de Notícias, o suspeito abusava de suas primas, uma de 7 e outra de 9 anos, há mais de um ano. O homem, que também era encanador da Sanesul, disse que nunca ameaçou as meninas, mas as comprava com presentes.
De acordo com José, os abusos aconteciam sempre que tinha oportunidade. Enquanto abusava de uma, a outra ficava olhando. O acusado revelou ainda que as meninas confiavam nele por ele ser pastor.
As investigações foram comandadas pela Delegacia da Mulher de Coxim. Com base nos depoimentos das vítimas e nas provas periciais, o juiz Cláudio Müller Pareja decretou a prisão do pastor.
Ao ser ouvido pela delegada, o suspeito confessou que estuprou outras cinco crianças, sendo quatro meninas e um menino de 13 anos, que é irmão das duas meninas de 7 e 9 anos.
Segundo a polícia, qualquer pai ou mãe que desconfie que seus filhos sofreram abusos sexuais por parte do pastor podem procurar a Delegacia da Mulher de Coxim.

Notícias Cristãs com informações dos portais MS Record e R7

Preso pastor acusado de abusar de menina de 12 anos

RIO - Um pastor evangélico acusado de pedofilia foi preso por policiais da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav), na manhã desta sexta-feira, na Zona Norte. Nelson Pereira Souza, de 54 anos, é pastor da 2ª Igreja Batista de Brás de Pina. Ele é acusado de ter abusado sexualmente de uma menina de 12 anos. Os abusos teriam acontecido durante dois anos, segundo informou o telejornal "RJTV".
Nelson foi abordado pelos policiais ao sair de sua casa no Jardim América para trabalhar como motorista de uma van de transporte escolar.
Segundo o titular da Delegacia de Criança e Adolescente Vítima (Dcav), Luiz Henrique Marques Pereira, o homem de 54 anos vinha sendo investigado há quatro meses, depois que pais de uma das crianças que usam o transporte denunciaram o motorista.
O homem, conhecido como "Tio Nelson", disse aos policiais que estava sendo preso por um caso ocorrido há seis anos. Mas de acordo com o delegado, o caso ocorreu há dois anos. O suspeito foi levado para a delegacia, onde vai prestar depoimento. A polícia ainda investiga se há outros casos de abuso sexual praticados pelo suspeito.
No início de junho, cerca de 30 policiais prenderam, na Favela do Mandela, em Bonsucesso, Zona Norte do Rio, um outro pastor evangélico acusado de pedofilia. O acusado levava meninas para dormir na sua casa e abusava delas. O pastor responde a dois inquéritos policiais. Em um deles, é suspeito de pagar crianças para fotografá-las nuas e manter relações sexuais com elas. No outro, é acusado de levar menores para casa depois dos cultos para cometer abuso sexual.
Na última quarta-feira, o caminhoneiro Luiz José da Silva Filho, de 36 anos, foi preso em flagrante na noite desta terça-feira, em São Cristóvão, Zona Norte, acusado de sequestrar três meninas de 12 e 13 anos, e abusar sexualmente de duas delas. Segundo a polícia, Luiz José deu carona para as meninas na Bahia e as trouxe à força para o Rio. Ele também é acusado de obrigar as menores a fazer programas.

Globo/Extra/Notícias Cristãs

Evangélico é morto na porta de seu estabelecimento comercial


O evangélico Francisco Pereira da Silva, 33 anos de idade, foi assassinado, nesta terça-feira, com vários tiros de revólver, em frente ao seu próprio estabelecimento comercial - uma sorveteria localizada no conjunto Luis Pedro I, no Tabuleiro do Martins, em Maceió.
Segundo informações colhidas por policiais que estiveram no local, o crime foi cometido por dois homens, que estavam numa motocicleta Twister de cor vermelha e de placa não anotada.
Antes de ser morto, a vítima ainda travou luta corporal contra os criminosos na calçada de seu estabelecimento comercial. A polícia ainda não sabe os verdadeiros motivos do assassinato, já que Francisco Pereira da Silva morava no local há pouco mais de um ano e segundo informações, era uma pessoa pacata.
O crime será investigado pelo delegado Robervaldo Davino, titular do 4º Distrito Policial.
Técnicos do Instituto Criminalista foram ao local para colherem as primeiras informações que servirão de base para abertura do inquérito policial. O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal para necropsia e depois liberado para sepultamento.

Aqui Acontece/Notícias Cristãs

Fat Family: Irmã de Sidney Fala Sobre a Morte do Cantor


Fat Family: Irmã de
 Sidney Fala Sobre a Morte do Cantor

De acordo com sua irmã e assessora Sônia Cipriano, Sidney sofreu um AVC pior quando já estava no hospital. Sidney era hipertenso e diabético. E em 5 de janeiro foi socorrido em sua residência, em Sorocaba, após um AVC.

O cantor Sidney Cipriano, de 46 anos, ex- vocalista do Fat Family, morreu na noite desta terça-feira, no Hospital Regional de Sorocaba, interior de São Paulo. O artista que estava internado desde o dia 5 de janeiro, após um AVC (Acidente Vascular Cerebral), sofreu uma parada cardíaca e não resistiu.

“No hospital, ele teve o AVCH, que é o hemorrágico. Dois dias depois foi levado à cirurgia, onde os médicos drenaram o sangue do cérebro. A operação correu bem e desde então, ele estava em coma induzido no CTI. Só que ontem (terça-feira) não resistiu a uma parada cardíaca “ contou suam irmã Sônia, que já estava preparando com os outros irmãos, a transferência do cantor para o Hospital das Clínicas, em São Paulo.

“Todos nós moramos em São Paulo, só ele mora em Sorocaba. Nós o queríamos mais perto e dar a ele mais recursos. Estávamos esperando só a liberação dos médicos para fazer a mudança na terça à noite. Mas não deu tempo”.

Sônia diz que os dias em que o irmão ficou internado já era uma preparação para a família.

“O estado dele era muito grave. Deus foi nos preparando para dar forças aos nossos pais. Porque filho enterrar pai e mãe é normal, é o ciclo da vida. Mas os pais enterrarem um filho de 46 anos, não é fácil” constata a irmã de Sidney.

A banda Fat Family, formada por oito irmãos, fez sucesso na década de 90 com o hits como “Jeito sexy”, “Eu não vou” e “Gulosa”. Evangélico há sete anos, o cantor estava seguindo carreira solo, adotou o nome Sidney Sinay, e chegou a gravar um CD gospel.

Ela conta ainda que Sidney se reuniu com a família no réveillon e estava muito feliz com sua carreira solo.

“Quando ele decidiu deixar o grupo, todos ficaram tristes. Mas ele disse que recebeu um chamado de Deus e precisava seguir esse ministério. Então, o apoiamos. Ele gravou um disco lindo e viveu momentos felizes. Como cremos no Deus Vivo, estamos confortados com sua partida. Os médicos disseram que o caso dele era grave e que Sidney poderia ter sérias sequelas. Deus foi piedoso com ele e amenizou sua dor”, ponderou a empresária.

Sidney Cipriano era casado há 16 anos com Márcia e deixou duas filhas Daniele, de 16 anos, e Danila, de 10.



Com informações Extra / O Fuxico

Programa do Gugu Mente Sobre Estado de Saúde de Shaolin, que Passa por Cirurgia de Reconstrução do Braço Shaolin sofreu um acidente de carro no dia 19 de janeiro em Campina Grande, a 130 quilômetros da capital da Paraíba, João Pessoa


Programa do Gugu 
Mente Sobre Estado de Saúde de Shaolin, que Passa por Cirurgia de 
Reconstrução do Braço O Programa do Gugu, exibido pela Record, fez uma reportagem a respeito do estado de saúde do humorista Shaolin. Foram exibidas imagens do acidente envolvendo o automóvel do artista e entrevista com colegas de profissão, todos evidentemente emocionados e confiantes na recuperação do amigo. Até aí tudo bem. Mas quando começou o sensacionalismo, o caldo entornou.

O que leva uma emissora a abusar da situação de um colaborador seu ao colocar em letras garrafais que o quadro piorou? Qual a intenção em afirmar publicamente que a esposa de Shaolin, a Sra. Laudicéia está desesperada e dopada, quando a mesma não foi localizada pela produção do programa para uma entrevista? Tudo pela audiência?

Esposa desmente

"Boa tarde! Gostaria de acalmar os ânimos de todos! As notícias que o Gugu acabou de divulgar são falsas. Shaolin está se recuperando lentamente. O quadro é delicado, mas estável. Não estou dopada e nem desesperada!", escreveu a mulher do humorista, Laudicéia Veloso em seu Twitter.

Em seguida ela disse que o programa “inventou” tais informações, "O Gugu não conseguiu falar comigo, por isso está inventando notícia", afirmou.

Horas depois a Record desmentiu tudo, mas constrangimento pelo qual passou a família ao ver tais inverdades sendo exibidas pelo próprio canal de televisão para o qual Shaolin trabalha não tem tamanho. Todas as outras fontes de notícias informam que o estado de saúde é estável e que Shaolin apresenta melhoras gradativas. O que vem piorando é o caráter de quem produz o Programa do Gugu.

Shaolin passa por série de cirurgias para que braço seja restaurado

O humorista já começou a passar por uma série de cirurgias para restaurar o braço esquerdo. Na última terça-feira, o humorista foi submetido a uma segunda operação. Os médicos do Hospital das Clínicas de São Paulo retiraram uma parte externa da coxa de Shaolin para colocar no braço do comediante.

A assessoria do hospital em que o humorista está internado na Unidade de Terapia Intensiva disse que o quadro de Shaolin é grave e que ele continua em coma. Apesar de os remédios que o mantinham sedado já terem sido suspensos, a medicação continua atuando no corpo do comediante, que ainda não responde a comandos verbais. Shaolin perdeu massa óssea e musculatura em um acidente na BR-230 em Campina Grande (PB), dia 19 de janeiro.



Com informações SRZD / 45 graus

André Valadão: "Eu sempre profetizei e declarei a cura sobre mim"

O seu CD "Fé" já havia sido sucesso em todos os sentidos: agenda de shows, vendas, receptividade do público e diversos testemunhos vindos de pessoas que foram de alguma forma abençoados por esse trabalho. Ainda no embalo de toda essa repercussão, ele iniciou a produção de um novo projeto: "Minhas Canções", que visava gravar músicas do Missionário R.R. Soares em novos e modernos aranjos. Porém uma enfermidade surgiu em seu caminho. Assim pode se iniciar o testemunho de um marcante momento da vida do pastor e cantor André Valadão. Há alguns meses o músico descobriu que seus rins estavam funcionando com apenas 50% de sua capacidade total. Porém ele não enxergou tal fato como motivo para desanimar.
Hoje, curado e animado para cair na estrada com a sua nova turnê (CD "Minhas Canções"), André Valadão falou em entrevista exclusiva ao Guia-me, o cantor falou sobre o seu novo álbum lançado e a cura por ele alcançada. Temas como fé e força de vontade permearem esta conversa. Confira:
Guia-me: Recentemente, você lançou o CD "Minhas Canções", no qual canções do Missionário RR Soares ganharam uma roupagem Pop. Como se deu o processo de produção - nos arranjos, por exemplo - para que o objetivo de unir diferentes gerações fosse alcançado com excelência (como já pode ser visto atualmente)?
André Valadão: Foi um projeto extremamente elaborado e preparado com um grau de profissionalismo e harmonia maravilhosos. Realmente foi a junção de duas gerações, um projeto de unidade e de visões que sem dúvida levam a mesma realidade da salvação do perdido e de adoração a Deus. O RR Soares tem muito a nos ensinar com sua experiência ministerial e com seu fluir em Deus, e creio que a musicalidade e o dom que Deus tem me dado e dado ao produtor Ruben di Souza só acrescentaram para o projeto.
Guia-me: Falando sobre o seu estado de saúde - antes da cura já testemunhada na IBL -, você sempre transpareceu um ar bem "pé no chão" em relação a isso. Falava sobre a situação no Twitter, por exemplo, pedia orações, mas não fazia muito alarde, não demonstrava desespero. Como Deus te confortou nesse momento?
André Valadão: Deus é nossa força, nossa luz e nosso fim! n'Ele vivemos e existimos, e essa certeza sempre paira em minha vida e comunhão com o Pai. Eu sempre profetizei e declarei a cura sobre mim, já via este milagre acontecendo sem duvidar um momento sequer.
Guia-me: Já em seu testemunho, após a sua cura, você afirmou que "fez a sua parte", como ser humano e ser espiritual, exercitando sua fé. Em sua opinião, como esse exercício de fé participa no processo de cura ou até mesmo em algum outro milagre?
André Valadão: Crucial ententer que somos espírito, temos uma alma e moramos em um corpo. Essas três realidades devem andar juntas, unidas, não adianta cuidarmos de apenas uma delas e as outras duas serem abandonadas, e isso tenho entendido desde muito cedo, por isso digo que a realidade da disciplina, saúde, fé e uma alma cheia da palavra de Deus devem sempre andar juntas.
Guia-me: Você conta que o diabo te afrontou, dizendo que tomaria os outros 50% dos seus rins, mas nem por isso você se intimidou ou desanimou em seu ministério. Pode-se dizer que as tentativas dele (diabo) surtiram um efeito contrário do esperado, ou seja, te deram ainda mais vontade de continuar?
André Valadão: Sim, tenho uma facilidade muito grande de viver sob afrontas e pressão... Bem, quando digo facilidade é que isso me instiga a ir além, fazer mais e alcançar o que Deus tem me preparado pra fazer. Essa realidade aconteceu várias vezes, e na verdade as acusações do inimigo não vão parar nunca contra nós, por isso devemos mais e mais viver em consagração e entrega ao Senhor...
Guia-me: E para 2011, o que já é possível adiantar para a gente sobre esse novo CD / DVD ao vivo que está por vir?
André Valadão: Posso adiantar que tem muita novidade, muita coisa linda pra chegar e ganharmos muitos para o Senhor! E sem dúvida a Turne 2011 já tem sido e será a maior que já fizemos...
Por João Neto - www.guiame.com.br
Foto: Marcus Castro
Fonte: Guia-me

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...