terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Um em cada cinco casais citam o Facebook como um dos motivos do divórcio

Quais os motivos que levam a desconfiança entre um casal? Mensagens no celular no meio da noite? Troca de e-mails intermináveis com colegas de trabalho? Marcas de batom no colarinho? Happy hour com as amigas até tarde? Nada disso!

Uma pesquisa divulgada pela Academia Norte-americana de Advogados Matrimoniais mostrou que 20% dos casais apontam o Facebook como uma das causas das desavenças. Você leu bem!, o Facebook é um dos “responsáveis” por um em cada cinco divórcios nos EUA.

Segundo o levantamento, mensagens sobre flertes e fotografias postadas na rede social são os principais casos citados por casais que pedem o divorcio. Esse tipo de comportamento fez com que 80% dos advogados reportassem a rede social durante algum processo de desquite.

O Facebook é de longe a rede social que mais causa cizânias, com 66% dos casos. Em seguida vem o MySpace, com 15% e o Twitter com 6%.

Aquele pastor de Nova Jersey (EUA), que recomendou abandonar a rede para evitar adultério, deve estar rindo à toa e com satisfação depois de ver o resultado da pesquisa.

Fonte: UOL

Por que os enganadores prosperam?



Por Hermes C. Fernandes


Chega! Resolvi botar a boca no trombone! Chega de tentar tapar o sol com a peneira. A verdade tem que ser dita, doa a quem doer.
Por que os falsos prosperam? Por que os mentirosos se gabam de suas conquistas? Onde está Deus que não faz cair um raio na cabeça desses miseráveis?
Haveria algum propósito nisso? E quanto às milhares de vítimas desses charlatões?
Que unção seria esta que atrai tanta gente? Por que Deus os permite crescer tanto? Por que temos que suportá-los enquanto se esnobam em suas aquisições?
Convido-os à uma breve incursão nas Escrituras em busca de respostas para tais questões.
Paulo diz que havia tempo em que as pessoas não suportariam a sã doutrina, mas "tendo coceira nos ouvidos", se cercariam de mestres "segundo as suas cobiças" (2 Tm.4:3).
Eis o pulo do gato desses obreiros da iniquidade! Eles dizem o que o povão quer ouvir. Por isso atraem tanta gente.
O que as pessoas querem ouvir hoje em dia? Garanto que não estão interessadas em assuntos como arrependimento, santificação, renúncia, cruz, dar a outra face, caminhar a segunda milha. Não! Elas querem é restituição, arrepio, emocionalismo barato, conquista, prosperidade.
Quem quer que diga o que elas almejam ouvir, certamente obterá sucesso em seu ministério.
E mais: querem sair dos cultos com seu ego massageado. Buscam pastores que os acaricie com bajulações, amor hipócrita, elogios.
Ninguém quer compromisso com a verdade, mas com o último modismo. Quer encher a igreja em tempo record? Fácil! Ou entra numa de fazer essas campanhas loucas, sem pé nem cabeça, ou dana a convidar cantores e bandas gospel famosos, empurrando um monte de CD para que os irmãos ajudem a pagar os altos cachês que eles cobram. E assim a famigerada indústria gospel vai sendo alimentada. Louvor e adoração são confundidos com oba-oba. E adivinha quem paga a conta?
Definitivamente, não querem a Verdade! Preferem ser enganadas (desde que seu ego saia intacto!).
Então, Deus lhes dá o que pedem! Isso mesmo que você leu.
Paulo denuncia o ministério da iniquidade, e diz que sua operação e êxito são "segundo a eficácia de Satanás". Alguém ainda duvida que Satanás seja eficaz? Tal eficácia se revela "com todo poder, e sinais e prodígios da mentira, e com todo engano da injustiça para os que perecem". Agora, redobre sua atenção: "Perecem porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. Por isso Deus lhes envia a operação do erro, para que creiam na mentira, e para que sejam julgados todos os que não creram na verdade, antes tiveram prazer na iniquidade" (2 Ts. 2:9-12).
À luz deste texto, podemos dizer que as inúmeras pessoas enganadas por tais ministérios não são apenas vítimas, mas sobretudo, cúmplices. E os falsos mestres nada mais são do que juízo de Deus sobre eles.
Acham que podem barganhar com Deus... então, tomem sacrifício, fogueira santa, encontro tremendo, monte Sinai, amuletos, e por aí vai...
Alguns são até certinhos em se tratando de doutrina, mas suas motivações são excusas, nojentas, interesseiras. Judas os denuncia, dizendo: "Estes são murmuradores, queixosos, andando segundo as suas concupiscências, cuja boca diz coisas muito arrogantes, bajulando as pessoas por motivos interesseiros" (Jd.16).
Estes se queixam de seus líderes, passando a idéia de que estão sendo perseguidos e injustiçados na denominação, para ganhar o coração dos incautos, fazendo-os sentir pena deles, e ódio de seus líderes. Esta estratégia visa preparar o caminho para uma eventual divisão. Queixam-se de uns, enquanto bajulam a outros.
São inescrupulosos! Fazem negócio em cima do rebanho que lhes fora confiado. Miseráveis! Deus os destruirá!
Confesso que eu preferia que eles se vissem pregando só para os bancos. Mas a Bíblia é clara: "E muitos seguirão as suas dissoluções, e por causa deles será blasfemado o caminho da verdade. Por ganância farão de vós negócio, com palavras fingidas. Para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme" (2 Pe.2:2-3).
Quantos estragos estes lobos cruéis têm feito em famílias inteiras! Querem se meter até onde não são chamados. Estes são "os que se introduzem pelas casas" (2 Tm.3:6). Casamentos têm sido destruídos por causa de seus ensinos. Filhos preferem obedecer e honrar a eles do que a seus pais.
Apelo aos apologetas de plantão que não dêem trégua a esta raça maldita. Atentem para a admoestação de Paulo: "É preciso tapar-lhes a boca, porque transtornam casas inteiras ensinando o que não convém, por torpe ganância" (Tt.1:11).
Tudo quanto fazem envolve dinheiro. Querem mais, mais e mais. Seu deus é o ventre! Não se contentam com o que têm, e acham que o sucesso ministerial se mede pela ostentação.

Ufa! Eu tinha que dizer tudo isso. Estava entalado.
O que me consola é saber que o tempo do juízo de Deus sobre eles se avizinha.
Paulo nos garante: "Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesta a sua insensatez" (2 Tm.3:9). E mais: Os enganadores "irão de mal a pior, enganando e sendo enganados"(v.13).
Até os sinais que acontecem em seus ministérios são juízo de Deus, para que sejam mantidos em seu engano. Tudo quanto estão plantando, hão de colher. Toda dor que provocaram, hão de sentir na própria pele.
E sabe por quê?
"De Deus não se zomba. Tudo o que o homem semear, isso também ceifará" (Gl.6:7).
 

CRUZADAS COM O EVANGELISTA REINHARD BONNKE GANHA PARA O SENHOR JESUS CRISTO 782,710 ALMAS - GLÓRIAS A DEUS - VEJA OS RESULTADOS - APRENDA TAMBEM INVESTIR EM MISSÕES , JESUS VAI TE ABENÇOAR .

RESULTADOS Ogbomosho, Nigéria – Relatório de Cruzada

Queridos parceiros,
Acabamos de receber notícias do nosso escritório no Oeste da África: O número de cartões de decisão registrados em Ogbomosho foram contados e o número final de pessoas que receberam a Jesus Cristo na semana passada foi de 782.710!  Louvado seja o Senhor!
Em menos de três semanas estaremos de volta na Nigéria, na cidade de Asaba para nossa próxima campanha. Muito obrigado novamente por sua parceria nesta extraordinária e continua colheita.
A serviço do Evangelho,
Evangelistas Daniel Kolenda & Reinhard Bonnke
Juntamente com toda a equipe da CfaN

ÚLTIMO DIA! Ogbomosho, Nigéria – Relatório de Cruzada
Milhares de vidas sendo salvas!
15 Novembro, 2010
Queridos parceiros de missões,
Milhares de vidas sendo salvas!Hoje à noite, eu tenho certeza de que todo o céu estava focado na colheita massiva que aconteceu em Ogbomosho, Nigéria. Ficamos maravilhados ao ver que a multidão cresceu tão  dramaticamente de ontem para 400.000 pessoas!  Eu preguei o Evangelho, orei pelos enfermos… e Jesus fez o resto! A resposta foi assombrosa e milhares de pessoas passaram das trevas para a luz, e do poder de satanás para Deus.
Depois dos testemunhos de cura, o Evangelista Bonnke pronunciou bençãos sobre a terra e, após cada declaração houve um poderoso e estremecedor: AMÉM ressoando da multidão. O povo recebeu cada benção em fé e eles não ficarão decepcionados no nome de Jesus.
_DSC7402-Panorama.jpgNós voltamos para as nossas respectivas casas amanhã, conscientes de que algo de importância eterna foi realizado nesta semana. Mais uma vez, MUITO obrigado por nos enviar e por nos sustentar em oração. Nós dependemos do seu apoio e compartilhamos com você com alegria a colheita.
Juntos na colheita,
Evangelistas Daniel Kolenda & Reinhard Bonnke
Juntamente com toda a equipe da CfaN
assinatura_kolenda.jpg

VOCÊ pode tornar futuras cruzadas possíveis
DOE POR FAVOR



"MAS O QUE OCORRE..." Ogbomosho, Nigéria – Relatório de Cruzada
Reinhard Bonnke - Cruzada
14 Novembro, 2010
Queridos Parceiros,
Conferência do FogoEste foi o dia do Espírito Santo do início ao fim. Hoje pela manhã, na última reunião da Conferência do Fogo, milhares de pastores receberam uma porção do fogo do Espírito Santo. Eu impus as mãos sobre mais de 500 pastores e os enviei à enorme multidão para imporem as mãos sobre todos os outros participantes. Ficamos sabendo que um jovem mulçumano, que estava mudo por dois anos estava lá quando o Espírito Santo foi derramado e, de repente, percebeu que podia falar. Ele não sabia o que havia acontecido com ele e começou a perguntar aos pastores. Eles explicaram a ele que foi Jesus quem o curou! 
Hoje à noite, após pregar o Evangelho, o Evangelista Bonnke orou pelas 275.000 pessoas ali reunidas no local da cruzada para que também recebessem o Batismo no Espírito Santo e eu tive que engolir as minhas lágrimas ao ouvir o rugir do povo causar um tremor no local.
Mais uma CuraNo dia de Pentecostes, Pedro teve o discernimento espiritual para reconhecer que o que estava acontecendo era mais do que manifestações arrebatadoras ou um fenômeno paranormal. Ele teve a sensibilidade profética para ver além do vento, do fogo, das línguas e da embriaguez no Espírito... percebendo a importância e o significado eterno daquele derramar do Espírito em Pentecostes:  “Mas o que ocorre”, disse ele,  “é o que foi dito por intermédio do profeta Joel”.
Estamos vivendo agora nos dias de maior derramamento do Espírito Santo que o mundo jamais viu. Estas são mais do que apenas bons cultos, mais do que manifestações arrebatadoras e fenômenos sobrenaturais. Que Deus nos conceda percepção espiritual para reconhecer, como Pedro fez: “Mas o que ocorre é o que foi dito por intermédio do profeta Joel… que nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos jovens terão visões, e sonharão vossos velhos; até sobre os meus servos e sobre minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias….” (Atos 2.16-18).
Dê uma olhada nas fotos em anexo do Reverendo Peter Van den Berg pregando na Conferência do Fogo hoje pela manhã e também de um senhor cuja perna encurtada cresceu hoje à noite!
Juntos no Evangelho,
Evangelistas Daniel Kolenda & Reinhard Bonnke
Juntamente com toda a equipe da CfaN
assinatura_kolenda.jpg

VOCÊ pode tornar futuras cruzadas possíveis
DOE POR FAVOR


O EVANGELHO PLENO! Ogbomosho, Nigéria – Relatório de Cruzada
Foto panorâmica
13 Novembro, 2010
Queridos parceiros de missões,
Há alguns minutos atrás deixamos o local da cruzada, onde 250.000 pessoas se reuniram para ouvir o Evangelho. Eu preguei uma mensagem clássica sobre o sangue de Jesus e, então, nos apropriamos do poder daquele sangue com grande efeito. Milhares de pessoas oraram comigo para receberem a salvação e, então, comecei a citar, uma a uma, as maldições tradicionais, quebrando o seu poder no nome de Jesus!
CuraDepois, o Evangelista Bonnke assumiu e começou a orar pelos enfermos. Explosões de alegria ecoavam da multidão à medida que curas começaram a se manifestar aqui e ali. Nos regozijamos com o povo ao ouvirmos testemunhos maravilhosos:
- Uma senhora foi curada hoje à noite depois de passar os últimos cinco anos totalmente cega (veja a foto em anexo).
- Um senhor também foi curado após ter passado nove anos cego (veja a foto em anexo).
- Um menino paralítico andou hoje à noite pela primeira vez em cinco anos!
CuraMal podemos esperar pelas reuniões de amanhã onde, na Conferência do Fogo e no culto à noite, o Espírito Santo será derramado sobre as milhares de pessoas que se reunirão para receber. Salvação, libertação, cura e enchimento do Espírito Santo…este é o Evangelho pleno e dele não nos envergonhamos!  Ainda há muito trabalho a ser feito aqui em Ogbomosho. Muito obrigado por continuar a nos erguer em oração enquanto avançamos.
Juntos no Evangelho,
Evangelistas Daniel Kolenda & Reinhard Bonnke
Juntamente com toda a equipe da CfaN
assinatura_kolenda.jpg

VOCÊ pode tornar futuras cruzadas possíveis
DOE POR FAVOR



ENCHENTES DE SALVAÇÃO!
Ogbomosho, Nigéria – Relatório de Cruzada

pano_2dia.jpg
12 Novembro, 2010
Queridos parceiros de missões,
CuraHoje à noite a participação aumentou para 200.000 aqui em Ogbomosho, na Nigéria. O evangelista Reinhard Bonnke pregou uma mensagem clássica do Evangelho e quando o convite para salvação foi dado, a resposta foi esmagadora. É como se uma enchente de salvação tivesse assolado esta região, removendo todas as fortalezas do pecado e de satanás. Dê uma olhada na foto (abaixo) de uma menina curada de cegueira no seu olho direito esta noite.
Esta manhã foi também o início da Conferência de Fogo, que se concluirá no sábado. Estamos orando para que o Senhor levante um exército de homens e mulheres ungidos pelo Espírito Santo aqui em de  Ogbomosho que continuará colhendo os frutos muito tempo depois de irmos embora.
Por favor, continuem orando por nós.
Juntos na colheita,
Evangelistas Daniel Kolenda & Reinhard Bonnke
Juntamente com toda a equipe da CfaN
assinatura_kolenda.jpg

VOCÊ pode tornar futuras cruzadas possíveis
DOE POR FAVOR



A EXPANSÃO CONTINUA!
Ogbomosho, Nigéria – Relatório de Cruzada

Ogbomosho-Day1-Panorama5.jpg
11 Novembro, 2010
OGB-M1-2321-1024x669.jpgQueridos parceiros de missões,
Hoje foi o início da nossa Grande Campanha Evangelística aqui em Ogbomosho, Nigéria, e já podemos ver que esta será uma semana extraordinária. 150.000 pessoas participaram da abertura do encontro hoje à noite, incluindo o governador do Estado de Oyo e, enquanto o Evangelista Bonnke e eu ministramos, a Palavra de Deus que foi recebida com grande fé.
Esta noite fomos testemunhas do poder do Evangelho não apenas para salvar e libertar, mas também, para curar.
Hoje a noite, entre outros, um homem totalmente surdo por 17 anos de ambos os ouvidos foi curado, assim como um menino que estava aleijado por 3 anos e uma mulher que estava cega há 2 anos.
Amanhã, a Conferência do Fogo começa bem cedo pela manhã e milhares de pastores e obreiros da igreja virão para receber uma porção do céu. Por favor, continuem orando por nós e por Ogbomosho nesta semana, enquanto o "derramamento" continua.
OGB-M1-2681-1024x606.jpgJuntos na colheita,
Evangelistas Daniel Kolenda & Reinhard Bonnke
Juntamente com toda a equipe da CfaN
assinatura_kolenda.jpg

VOCÊ pode tornar futuras cruzadas possíveis
DOE POR FAVOR

 

Banda Third Day nos 20 anos do Jesus Vida Verão

A comemoração dos 20 anos do maior evento gospel de praia do país não poderia ser em melhor estilo.
Com grandes shows que contaram com as participações de alguns dos principais artistas do cenário nacional, o Jesus Vida Verão promovido pela Igreja Batista da Praia da Costa em Vila Velha/ES, reuniu milhares de pessoas nas areias da Praia da Costa nos fins de semana de janeiro.
E a grande festa encerrou-se neste último sábado com recorde de público de 2010 e a presença de muitas personalidades, entre elas, o Governador do Estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, o vice-governador, deputados estaduais, federais, secretários de governo, vereadores de Vila Velha, Cariacica e Vitória. Sob a direção do Pr. Evaldo Carlos dos Santos, o Jesus Vida Verão além de proporcionar grandes shows ainda preocupou-se com as vítimas das chuvas na região Serrana do Rio de Janeiro e em parceria com a Rádio Novotempo, toneladas de alimentos e donativos foram recolhidos no evento.

Neste último sábado (22), pela primeira vez na história do evento, o palco do JVV recebeu uma atração internacional, a banda Third Day, uma das maiores referências de rock pop gospel do mundo, inclusive tornando-se capa da revista Billboard, a mais conceituada publicação do mercado musical mundial.
Cerca de 70 mil pessoas receberam entusiasmadamente o apresentador tradicional do JVV, o locutor Edinho Lima da Rádio Novotempo que oficialmente abriu o evento convidando o cantor Marcus Salles, lançando seu primeiro trabalho pela Sony Music, o álbum “Meu Lugar” para apresentar algumas canções deste trabalho e sucessos de seu tempo como band leader do Quatro por Um. Com enorme carinho do público, Salles apresentou as canções “Meu Lugar” e “Propósito”. 
Com grande expectativa, Edinho Lima após a apresentação de Marcus Salles convidou Mac Powell e toda a equipe do Third Day para assumirem o palco do JVV. Num frenesi do público, o Third Day deu início a um show apoteótico reunindo seus grandes sucessos e as canções do álbum “Move”, recém lançado nos EUA e já disponível no Brasil através da Sony Music.
Em pouco mais de 1 hora de apresentação, Mac Powell conduziu o show com performances maravilhosas e ministrações enfatizando sempre a necessidade de termos compromisso e um relacionamento genuíno com Deus. No meio do evento, Powell convida Marcus Salles novamente ao palco para cantar a canção “Cry Out to Jesus” juntamente com Third Day. O público foi ao delírio com o dueto e mais à frente cantou junto quando Salles retornou ao palco para cantar em português a canção “Agnus Dei”.
“Foi uma noite memorável! Inesquecível! Marcante para todos nós presentes aqui! A atmosfera de adoração foi impactante e para toda a equipe do Third Day este evento já faz parte de nossa história! Já tocamos até para públicos maiores do que este, mas a interação com o público foi demais! Estamos todos muito felizes por participar do Jesus Vida Verão!”, declarou Mac Powell logo após descer do palco na Praia da Costa.
E parece que a impressão do público brasileiro foi tão marcante para a turma do Third Day que eles já aventaram a possibilidade de regressar ao Brasil já em junho ou julho de 2011 para uma turnê passando pelas principais cidades do país. De acordo com Cláudia Fontes, coordenadora marketing internacional da Sony Music no Brasil, a possibilidade disso acontecer é bem grande. “Conversando com o Mac e o seu manager, mostramos a necessidade de aumentar a presença deles no Brasil e imediatamente eles concordaram e já estão se programando para que ainda em 2011 eles possam regressar ao nosso país. Para isso, vamos contatar os principais promotores de evento do país para viabilizar esta turnê”
Aproveitando a passagem pelas terras capixabas, o Third Day fez um exaustivo circuito pelas mídias locais participando de programas na TV Gazeta (Globo), TV Tribuna (SBT), Jornal Tribuna, Rede TV, Rede SIM de Rádio e TV, Rádio Novotempo, Revista Comunhão e, ainda para o programa Balaio (Rede Super), Antenados (Rede Boas Novas), entre outros. As fotos deste grande evento já estão disponíveis no site da gravadora (www.sonymusic.com.br/gospel), além de vídeos e demais informações sobre a banda e outros projetos internacionais.
Fonte: Creio

PG e Thalles Roberto em BH



Data:
11/2/2011
Local: Music Hall, Belo Horizonte (MG)
Descrição: Inf: (31)3454-7299. Ingressos: R$20 (1ºlote). Vendas: Mundo Evangélico - Rua Tupis, 205 - Centro, BH

Igreja do México recebe mensagem profética de arrependimento

Em uma Reunião Nacional de Oração na Cidade do México, Leslie Kiegel, presidente da Aliança Nacional Cristã Evangélica do Sri Lanka, entregou sua mensagem profética ao México e aos líderes cristãos da nação.
Esta mensagem pode explicar o porquê de diferentes ataques a líderes de ministérios, como sequestros e extorsões aos pastores e aos seus familiares, já que a mensagem explica que esta é uma prova e que a igreja está sendo purificada.
Leslie Kiegel afirma, como profeta, que muitos não resistirão a prova e que a solução será manterem-se unidos. A dura mensagem fala de desavenças e divisões que levaram à mesma divisão na sociedade, na economia e, consequentemente, nos ministérios.
“Dentro das principais causas que impedem a unidade no Corpo de Cristo estão as fortalezas sectaristas. É o orgulho nas crenças doutrinárias, denominacionais, e o sistema de governo, que provoca que a Igreja se torne partidarista e só aceite aqueles que estão de acordo com suas próprias crenças e sistemas. Algumas das razões pelas quais os líderes não dispõem seus corações para buscar a unidade são:
Orgulho doutrinário e denominacional
Menosprezo aos demais
Idolatria denominacional
Temor de perder membros
Insegurança
Ciúmes e um espírito competitivo
Estão edificando seu próprio reino
Falta de tempo
Esgotamento
“Se, como povo de Deus, estivermos num mesmo sentimento e decisão, poderemos responder a Deus levando a responsabilidade pelos nossos próprios pecados de orgulho e falta de unidade, e as nossas orações serão respondidas em favor de nossa nação. Como disse a palavra profética, nossa nação foi sacudida violentamente até suas raízes, e a corrupção em todas as suas formas esteve se manifestando. Neste processo, a Igreja está sendo purificada e refinada para que tudo o que não é de Deus seja completamente destruído…”
Algumas igrejas já tomaram a iniciativa de unir seus esforços. Foi dado origem à “Rede Nacional de Oração pelo México”, e desde o dia 01 de janeiro deste ano, com a duração de quarenta dias, estará ocorrendo um jejum pelo país, que terá a participação de igrejas da República de El Salvador.
Com Informações de Noticia Cristiana
Tradução e Edição: Gospel Prime
Fonte: Gospel Prime

Tubulação rompe e carro fica coberto de gelo em Nova York


O dono precisou de um martelo para livrar as rodas; ao entrar e 
ligar o morto, o calor gerado rachou o vidro. Foto: BBC Brasil
O dono precisou de um martelo para livrar as rodas; ao entrar e ligar o motor, o calor gerado rachou o vidro
Foto: BBC Brasil

Um vazamento em uma das tubulações subterrâneas de Manhattan, em Nova York, acabou gerando uma grossa cobertura de gelo em um carro estacionado.
O dono do veículo precisou de um martelo para livrar as rodas do gelo. Quando finalmente conseguiu entrar no veículo e ligar o motor, o calor gerado pelo carro fez o vidro traseiro rachar.
Curiosos pararam para tirar fotos do carro, que parecia uma escultura de gelo. "É realmente bizarro. Eu pensei que era falso", disse uma das moradoras.
BBC Brasil

Trans Mundial promove 4º Congresso de Capelania Escolar

“Missão Relevante na Sociedade Contemporânea” é o tema da 4ª edição do Congresso Brasileiro de Capelania Escolar e Ensino Religioso, que acontece de 27 a 30 de julho, no Centro de Convenções e Eventos Santa Mônica, em Guarulhos, SP. Organizado pela Rádio Trans Mundial em parceria com a Capelania Escolar, o evento contará com as preleções de Erní Seibert, Jorge Nishimura, Simone de Figueiredo, Rubens Cordeiro, Noélio Duarte e Sérgio Harfouche.
Os Preletores
Erní Walter Seibert: Doutor em Ciências da Religião, tem MBA em Marketing de Serviços. Secretário de Comunicação e Ação Social da Sociedade Bíblica do Brasil, é diretor do Museu da Bíblia e do Centro Cultural da Bíblia da SBB, além de vice-presidente de Marketing da Associação Brasileira de Editores Cristãos.

Sérgio R. Harfouche: Promotor de Justiça, é titular da 27ª Promotoria de Justiça da Infância e Juventude (MS) e presidente do Conselho Estadual Antidrogas. Com pós-graduação em Metodologia do Ensino Superior, é professor do curso de pós-graduação em Dependência Química da UNIDERP; mestrando em Teologia e Filosofia pela UNIFIL/ FATHEL, além de bispo e pastor na Igreja Batista Palavra Viva.
Jorge Nishimura: Fundador e atual presidente da Universidade da Família (UDF), é membro ativo de diversos conselhos de empresas e instituições educacionais. Presbítero da Igreja Holiness de Pompéia (SP), é preletor sobre assuntos relacionados à dinâmica e fortalecimento familiar, princípios sobre finanças, empresa familiar e governança corporativa.
Noélio Duarte: Professor capelão da FABAT, é membro titular da Academia Evangélica de Letras do Brasil; mestre, teólogo, fonoaudiólogo, jornalista e conferencista motivacional. Escritor, é autor de 23 títulos, entre os quais: "Você Pode Falar Melhor", "O Incrível Poder da Motivação" e "Autoajuda, mas com Ajuda do Alto!".
Rubens Cordeiro: Mestre em Psicologia, é especialista em Psicanálise. Graduado em Psicologia e Teologia, é professor de Psicologia e Filosofia da Faculdade Batista de Minas Gerais; e capelão-geral do Sistema Batista Mineiro de Educação.
Simone Laurent de Figueiredo: Diaconisa da Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Amazonas; é coordenadora do Ministério Desperta Débora para a Região Norte do Brasil, além de juíza da 17ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Amazonas.
Serviço:
4º Congresso Brasileiro de Capelania Escolar e Ensino Religioso

Data: 27 e 30 de Julho de 2011
Horário(s): Vide inscrição
Local: Centro de Convenções Santa Mônica
Endereço: Estrada David Corrêa, 900 - Recreio São Jorge - Guarulhos/SP



Mais informações: Telefone: (11) 5031.3533 - ramal 212 / E-mail:
daniel@transmundial.com.br
 
Fonte: SBB

Ministério Família e Graça realiza 2º Encontro Nacional de Casais

Entre os dias 14 e 17 de abril de 2011, o Ministério Família e Graça - liderado pelo pastor e escritor Josué Gonçalves - realiza em Porto Seguro (BA) o seu 2º Encontro Nacional de Casais, que nesta edição traz o tema: "Casamento não vem pronto, se constrói".
Contando com as preleções dos pastores Josué Gonçalves, Estevam Fernandes, Waldir Arévalo, Cláudio Duarte e tendo como responsável pelos momentos de música / louvor, o cantor Maurício Paes, o Encontro se realizará no Náutico Praia Hotel.
O pagamento das inscrições pode ser pacelado em até 5X. Para mais informações / inscrições, mande um email para tais@familiaegraca.com.br .
Serviço:
2º Encontro Nacional de Casais - Ministério Família e Graça

Data / Período: 14 a 17 de abril de 2011
Horário(s): Vide inscrição


Local: Náutico Praia Hotel
Endereço: Vide inscrição
Mais informações:
tais@familiaegraca.com.br

Fonte: Guia-me

Violência familiar é tema de debate em Lubango - Angola

O presidente da União de Igrejas Evangélicas em Angola (UIEA), Eduardo Chiquete, defendeu ontem, na cidade do Lubango, maior dinamismo das igrejas na sensibilização das famílias, para se evitarem actos de violência doméstica.
Eduardo Chiquete fez estas afirmações na abertura do I Encontro Nacional de Obreiros que congrega 150 delegados de 14 províncias do país.  
“As igrejas devem sensibilizar e mostrar o verdadeiro amor para que não haja dificuldades no relacionamento familiar”, defendeu o evangélico, que considerou notáveis os esforços do Governo no sentido de combater os actos de violência registados nas capitais provinciais, sedes municipais e aldeias.
Para ele, a violência doméstica tem a ver com a falta de bom relacionamento familiar e de comunicação. Disse ainda que a desestruturação familiar provoca a falta de harmonia e a alteração comportamental e as crianças tomam um rumo não desejado, enquanto o núcleo familiar perde consistência.  Eduardo Chiquete lamentou que as igrejas estejam a ser invadidas por influências estrangeiras e pediu aos obreiros para preservarem os princípios doutrinários que orientam os evangélicos.

Por Arão Martins
Fonte: Jornal de Angola

Canal aberto da TV Novo Tempo é inaugurado em Rio Branco - MT

No mês de dezembro de 2010, mais uma cidade de Mato Grosso passou a ter o sinal da TV Novo Tempo em canal aberto. O município de Rio Branco, na região oeste do estado, já pode conferir a programação da televisão adventista.  Durante o último mês do ano, quando os moradores sintonizavam seus aparelhos televisores no canal 09 passaram a desfrutar de toda a programação da TV Novo Tempo, sinal emitido de Jacareí, no interior de São Paulo.
Em Rio Branco, a igreja local esperou com expectativa a inauguração oficial ocorrida no dia 12 de dezembro. Estiveram presentes vereadores do município e os pastores distritais Jean Quenehen e Daniel Fernando. O pastor Nelson Milanelli, líder adventista de comunicação da região Centro Oeste, e o pastor Levino dos Santos, líder adventista de comunicação no estado de Mato Grosso, também compareceram ao evento.
Os líderes e o pastor da igreja local se mobilizaram para que o sinal da TV Novo Tempo se tornasse realidade na cidade. Após a oração de consagração, a fita inaugural foi desatada e na televisão ao fundo, lá estava o pastor Luís Gonçalves, apresentador do programa Arena do Futuro apresentando mais uma edição.
Segundo o pastor Levino dos Santos, Rio Branco entra para a história. Ele acredita que, ao assistirem ao canal 9 as pessoas terão mais saúde, serão mais honestas e temerão mais a Deus. “Os programas familiares, de culinária natural, finanças e sobre a Palavra de Deus fortalecerão amplamente as famílias do município”, destaca.
De acordo com o pastor Quenehen, o sinal da TV é um poderoso instrumento para evangelização. Já o pastor Milanelli enfatizou que o poder da televisão para comunicar Jesus é indiscutível. No entanto, ressalta que o papel dos membros da igreja local é fundamental. “Os fiéis serão a ponte de comunicação entre a tecnologia e o Deus real que ama cada pessoa e quer salvar todos”, lembra. 

Por Ellen Ribeiro (com informações de Levino dos Santos)
Fonte: Equipe ASN / Portal Adventista

Desafios missionários são apresentados na assembleia da UFMBB

As mulheres batistas do Brasil reuniram-se no Ginásio Caio Martins, em Niterói/RJ, para sua assembleia anual. A União Feminina Missionária Batista do Brasil (UFMBB) recebeu mais de 3 mil mulheres vindas de todo o Brasil. Além disso, Missões Mundiais da CBB também marcou presença com as palavras dos pastores João Marcos Barrreto Soares, diretor executivo da JMM, e Mayrinkellison Wanderley, coordenador dos missionários na África.
Ex-aluno do Centro Integrado de Educação e Missões (CIEM), onde concluiu Mestrado em Missões, o Pr. Mayrinkellison Wanderley falou da importância daquela instituição para a formação de missionários dos batistas brasileiiros. E citou seu próprio exemplo, para ilustrar a importância do CIEM.
O Pr. João Marcos falou às irmãs da UFMBB sobre a importância da mulher no contexto missionário, tanto do ponto de vista vocacional, pois 2/3 da força missionária é composta por mulheres, quanto do apoio que elas dão à obra de missões através de suas organizações na igreja local. Ele destacou, também, os dois testemunhos de mulheres que impactaram os participantes do Congresso Lausanne, na África do Sul, em outubro de 2010.
O Pr. João Marcos ainda destacou que a Campanha de Missões Mundiais em 2011, com o tema “Eles também precisam da graça do Pai”, falará sobre os desafios do povos não-alcançados – em especial os muçulmanos. O executivo da JMM destacou que, no contexto islâmico, apenas as mulheres podem evangelizar mulheres. E desafiou as presentes. “Há um clamor que vem do Paquistão, um país muçulmano, por uma médica batista brasileira, que deseja entregar sua vida e profissão para falar do amor do Pai aos povos não-alcançados”, encerrou o Pr. João Marcos.
Ao final, os pastores Fernando Brandão (executivo da JMN) e João Marcos Barreto Soares conduziram um momento de desafio às irmãos, para o despertamento de vidas para a obra missionária, e de intercessão pelas decididas. O emocionante momento encerrou a programação missionária da assembleia da UFMBB.

Por Sérgio Dias
Fonte: JMM

Divórcio e novo casamento.Quando pode haver novo casamento?


DEZ PERGUNTAS SOBRE O DIVÓRCIO




O divórcio é um problema persistente, danoso e desorientador. Hoje em dia, nos Estados Unidos, a maioria das famílias já foi afetada por ele. Os pastores estão divididos a respeito de como lidar com pessoas divorciadas. Às vezes as igrejas ficam em dúvida sobre como lidar com um membro divorciado.

Laurence Justice tem averiguado cuidadosamente as Escrituras para delimitar o que a Palavra de Deus diz, de fato, sobre o assunto. Laurence é um estudante meticuloso da Bíblia. Com compaixão, com a segurança da explicação bíblica e com estilo claro e conciso, tem encontrado informação útil que será de grande ajuda a pastores, igrejas e pessoas que tenham sido afetadas pelo divórcio.

Quando o irmão Justice freqüentava a Universidade Batista de Oklahoma, fui seu pastor durante um pequeno período de tempo. O seu pai e eu fomos amigos próximos durante aproximadamente quarenta anos. Vi Laurence crescer, desenvolver-se e amadurecer como pregador, pastor e erudito da Bíblia. Oro para que esta mensagem a respeito do divórcio tenha uma circulação ampla e que seja uma bênção a todos os que a lerem.

Joe L. Ingram

DEZ PERGUNTAS SOBRE O DIVÓRCIO

?E eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério?. Mateus 19.9

Há seis passagens principais, na Bíblia, que tratam especificamente do assunto divórcio; Deuteronômio 24.1-4, Mateus 5.31-32, Mateus 19.3-9, Marcos 10.2-12, Lucas 16.18 e Romanos 7.1-3. Mateus 19.3-9 é a passagem central.

O tema divórcio realmente é muito controverso. Há muitos extremistas e muitos posicionamentos e idéias não bíblicos sobre o divórcio. Nossa responsabilidade é averiguar as Escrituras e descobrir o que a Palavra de Deus diz efetivamente sobre o assunto. Nesta mensagem, necessitamos fazer dez questões sobre o divórcio e tentamos respondê-las a partir das Escrituras.

QUESTÃO UM

UM PASTOR DEVE PREGAR SOBRE O DIVÓRCIO? Há, pelo menos, quatro razões pelas quais um pastor deve tratar do assunto. Primeiro, o pastor divinamente chamado deve pregar sobre o divórcio porque as Escrituras tratam do assunto, e o pastor divinamente chamado é responsável pela proclamação de todo o conselho de Deus. Paulo procedeu dessa maneira, em Atos 20.27.

Segundo, um pastor deve pregar sobre o divórcio devido à tremenda onda de divórcio que está varrendo nosso mundo nos dias de hoje. Homens e mulheres, meninos e meninas precisam ser informados e advertidos sobre a vontade de Deus a respeito deste assunto muito sério. Oh, se pelo menos um matrimônio fosse poupado, se pelo menos uma pessoa jovem evitasse o pecado e as angústias de um lar desmoronado por intermédio desta mensagem!

O pastor divinamente chamado deve pregar a respeito do divórcio, em terceiro lugar, porque os homens e as mulheres sempre procuram meios de evitar o assunto divórcio a fim de aliviar as suas consciências culpadas e torná-los capazes de externalizar a maldade de seus corações. Por isso, a vontade de Deus revelada a respeito deste assunto deve se fazer conhecida continuamente.

Finalmente, o pastor deve pregar sobre o divórcio porque algumas pessoas estão suportando um fardo desnecessário de culpa e angústia nocivas em relação ao divórcio em suas próprias vidas ou em suas famílias. Estou convencido de que muitas pessoas sofrem desnecessariamente sob fardos de culpa devido a certos enganos, e restrições estabelecidas pelos próprios homens a respeito deste assunto. Usando as Escrituras, o pastor divinamente chamado deve aclarar essas idéias equivocadas e fardos nocivos de culpa.

QUESTÃO DOIS

O QUE É O CASAMENTO?

Ao considerar qualquer assunto, e especialmente um tão controverso como o divórcio, precisamos começar definindo nossos termos. Antes que possamos entender o significado de termos como fornicação, adultério e divórcio, precisamos entender exatamente o que é casamento.

O que é o casamento? O que faz de um casal esposo e esposa? É a cerimônia na igreja? É aquele pequeno pedaço de papel requerido pelo município com a assinatura do pastor? São estas coisas que tornam um homem e uma mulher um aos olhos de Deus? O que é o casamento?

O que faz de um casal esposo e esposa aos olhos de Deus, o que reúne um casal como uma única carne é a união física, sua convivência como marido e mulher. O Senhor Jesus define casamento do seguinte modo, quando diz, em Mateus 19.5-6, "? portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne? Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem?.

QUESTÃO TRÊS

O QUE É O DIVÓRCIO?


O Divórcio é ?a dissolução legal da relação de matrimônio?, diz o Dicionário Webster. O divórcio é uma declaração pública de que a união matrimonial entre um homem e uma mulher foi desfeita. Quando um homem se divorcia de sua esposa, declara publicamente, através dos tribunais da lei ou por meio de um documento por escrito, que ele e sua esposa já não estão mais casados. O termo bíblico mais usado para o divórcio é !repúdio?. O Senhor diz, em nosso texto, "Qualquer que repudiar sua esposa?" etc.

QUESTÃO QUATRO

qUAL a VONTADE DE deus revelADA sobre o divórcio?


No casamento, Deus junta um homem e sua mulher, como lemos no versículo 6 de Mateus dezenove. "Portanto o que Deus ajuntou não o separe o homem?. A palavra enlaçar significa, literalmente, juntado com um laço.

O Senhor diz, em Mateus 19.6, que a ordenança de Deus enlaça marido e mulher e, uma vez que a ordenança de Deus enlaça marido e esposa, a ordenança para o homem é que não os ponha separados, e a ordenança para o homem é não desfazer o enlace ou separar marido e esposa, seja essa ordenança redigida pelo próprio parceiro do matrimônio, pelo estado, pela igreja ou por qualquer um que seja. A vontade de Deus revelada é que marido e esposa não se divorciem! Mateus 19.3-9 revela a vontade de Deus a respeito do divórcio e clara e inequivocamente ordena que marido e esposa não se divorciem, que não seja feita a separação de seu casamento.

Malaquias 2.16 informa qual é a visão de Deus sobre o divórcio. As Escrituras contam-nos que Deus odeia o divórcio. "Porque o Senhor, o Deus de Israel, diz que odeia o repúdio?".

QUESTÃO CINCO

QUAL A RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE FORNICAÇÃO E ADULTÉRIO?

O motivo para essa pergunta pode não ser aparente no princípio. Porém, é muito pertinente em relação ao assunto divórcio, como será visto em seguida.

Algumas pessoas ensinam que o termo fornicação refere-se apenas a pecados sexuais anteriores ao casamento ou a pessoas solteiras, e que adultério refere-se apenas a infidelidade sexual depois do matrimônio. A Bíblia não confirma isso.

É verdade que o termo ?adultério? aplica-se à deslealdade sexual depois do matrimônio, mas não é verdade que fornicação refere-se apenas a pecados sexuais anteriores ao matrimônio ou cometidos por pessoas solteiras. Na Bíblia, fornicação é um termo amplamente usado para todos os tipos de impureza sexual, o que inclui o adultério, sem se limitar a ele.

Todos os que cometem qualquer tipo de pecado sexual, não importa o momento, são culpados de fornicação. Poderíamos dizer desta maneira: todos os Fords são automóveis, mas nem todos os automóveis são Fords. Todo adultério é fornicação, mas nem toda fornicação é adultério.

A palavra fornicação é usada na Bíblia para descrever todos os tipos de pecados sexuais. Em I Coríntios 5.1, o termo !fornicação? é usado para descrever o pecado de incesto, em I Coríntios 6.18, para descrever prostituição, em I Coríntios 7.2, para descrever sexo antes do casamento, em Judas 7, para descrever sodomia e, em Apocalipse 21.8, a palavra fornicação é usada para descrever relações sexuais ilícitas por comércio.

Às vezes fornicação e adultério são citados separadamente como sendo duas coisas diferentes, como em Gálatas 5.19, passagem em que são listados ambos como obras da carne. Mas a coisa importante aqui é o fato de que a fornicação e o adultério também são usados de maneira intercambiável nas Escrituras para se referir ao mesmo pecado.

O sétimo mandamento diz !NÃO ADULTERARÁS?. Obviamente esse mandamento proíbe imoralidade tanto para pessoas solteiras como também para pessoas casadas, assim, aqui, adultério e fornicação partilham o mesmo significado.

Uma esposa pode ser culpada de fornicação, pois Paulo diz, em I Coríntios 5.1, que o homem que cometeu incesto com a esposa de seu pai foi culpado de fornicação. "Geralmente se ouve que há entre nós fornicação, e fornicação tal, que nem ainda entre os gentios se nomeia, como é haver quem abuse da mulher de seu pai?.

QUESTÃO SEIS

EXISTE ALGUM SUPORTE DA BÍBLIA PARA QUE UMA PESSOA CASADA SE DIVORCIE DE SEU CÔNJUGE?

O embasamento para as afirmações a respeito do divórcio, feitas por nosso Senhor, em Mateus 19.9, está no versículo 3 do mesmo capítulo. Então, chegaram aos pés dele os fariseus, tentando-o, e dizendo-lhe: !É lícito ao homem repudiar sua mulher por qualquer motivo?", os fariseus pensaram ter colocado o Senhor em uma armadilha com essa pergunta.

Se Ele dissesse que Sim, o Senhor estaria contradizendo o que Ele mesmo já tinha dito, em Mateus 5.32. "Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de prostituição, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério."

Se, por outro lado, o Senhor dissesse Não, Ele contradiria o que Moisés havia dito em Deuteronômio 24.1. Pelo menos, contradiria a interpretação que tinham dessa passagem. "Quando um homem tomar uma mulher e se casar com ela, então será que, se não achar graça em seus olhos, por nela encontrar coisa indecente, far-lhe-á uma carta de repúdio, e lha dará em sua mão, e a despedirá de sua casa." Os fariseus tinham dado uma interpretação tão ampla à frase !se não achar graça em seus olhos?, que permitiriam o divórcio por qualquer razão, não importasse o quanto fosse frívola.

Nosso texto é a parte principal da resposta do Senhor à pergunta dos fariseus. "Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de prostituição, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério."

O Senhor diz que o divórcio ou o repúdio da esposa de algum indivíduo não é legal, não importa o motivo, exceto um motivo. O Senhor diz que há um motivo, e somente um, pelo qual uma pessoa casada pode se divorciar de seu cônjuge de maneira justa.

Aos olhos dos homens há muitos motivos para o divórcio hoje em dia. Há crueldade, violência contra a esposa, alcoolismo, falta de apoio, cônjuges condenados à prisão, hospitalização, loucura, um marido ou esposa que se torna uma pessoa relaxada, um casamento que não está dando certo, diferenças irreconciliáveis, incompatibilidade, etc., etc., etc. A Igreja Romana dissolve um matrimônio quando um membro decide tornar-se monge ou freira.

Mas, segundo o Filho de Deus, nenhum desses é motivo para o divórcio. De acordo com o Senhor, só existe uma razão bíblica e legítima para o divórcio, que é a fornicação ou o adultério por parte de um dos cônjuges. "Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de prostituição, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério?. O Senhor Jesus explicitamente refere-se tanto aqui quanto em Mateus 5.32 que o divórcio somente é permitido por razão de adultério de um dos cônjuges de um matrimônio.

No entanto, há aqueles que defendem que não há NENHUM motivo bíblico para o divórcio, nem mesmo o adultério. Um exemplo disto é o recente Theodore Epp de !Back To The Bible Broadcast? (Programa de rádio !De volta à Bíblia?). No seu folheto "Deus e o divórcio", nas páginas 38-39, fala do incidente envolvendo nosso texto e diz !? Jesus? não lhes deu absolutamente nenhuma permissão, seja ela qual for, para o divórcio." Outro exemplo é visto no Catolicismo Romano, que diz na questão 1194, de seu Catecismo de Baltimore, "O matrimônio de duas pessoas batizadas que, desde então, viveram juntas como marido e mulher nunca pode ser dissolvido, a não ser pela morte de uma das partes." É difícil de entender esses posicionamentos, quando se leva em conta declarações explícitas de nosso Senhor contrárias a eles.

É interessante notar neste momento que, em Jeremias 3.8-9, Deus descreve-se como que se divorciando de Israel por causa do adultério espiritual dela contra Ele. Ele a repudiou e lhe deu uma carta de divórcio. "E vi que, por causa de tudo isto, por ter cometido adultério a rebelde Israel, a despedi, e lhe dei a sua carta de divórcio, que a aleivosa Judá, sua irmã, não temeu; mas se foi e também ela mesma se prostituiu. E sucedeu que pela fama da sua prostituição, contaminou a terra; porque adulterou com a pedra e com a madeira."

Há aqueles que ensinam que fornicação, em Mateus 19.9, significa apenas ser infiel antes do casamento e, então, essa infidelidade pré-marital, quando descoberta pelo cônjuge depois do matrimônio, é a única razão bíblica para o divórcio. Mas como vimos ao responder a pergunta cinco, as Escrituras não confirmam tal definição.

O motivo bíblico para o divórcio é a fornicação, que inclui o adultério. Vamos pensar por um momento por que o adultério justifica um divórcio. O adultério, na verdade, dissolve um matrimônio. Destrói a verdadeira essência do matrimônio, a relação em que apenas uma única carne existe, descrita pelo Senhor, em Mateus 19.5-9. "? portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne? Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem".

A fornicação ou o adultério dissolve um matrimônio porque os cônjuges, depois do adultério, não são mais uma só carne, no sentido misterioso no qual a Bíblia diz que um marido e sua mulher devem ser. Paulo diz, em I Coríntios 6.16, !Ou não sabeis que o que se ajunta com uma meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois uma só carne." Se um homem se torna uma só carne com uma meretriz, é difícil de se imaginar como ele ainda pode ser uma só carne com sua esposa.

Não é a ação de um tribunal ou uma igreja, não é o que está escrito em algum pedaço de papel, não é a assinatura de um juiz que dissolve um casamento. O pecado de adultério dissolve um casamento. Quando o tribunal ou o estado estabelece um divórcio, está simplesmente reconhecendo o que já aconteceu. O Senhor permite divórcio por motivo de adultério pois, dessa maneira, o adultério rompe com o relacionamento de uma só carne existente no matrimônio.

QUESTÃO SETE

UMA PESSOA DIVORCIADA QUE SE CASA NOVAMENTE COMETE ADULTÉRIO AO FAZER ISSO?

Sim, se a pessoa se divorciou por qualquer outra razão que não a razão bíblica. O segundo casamento é uma das coisas que o Senhor trata especificamente, em Mateus 19.9, quando usa as palavras "e casar com outra?. O Senhor diz, nesse trecho, claramente, que "qualquer que repudiar sua mulher? por qualquer outra razão que não seja o adultério !e casar com outra, comete adultério??

Sempre que um casal se divorcia por qualquer motivo não bíblico e um divorciados casa-se novamente, comete adultério. Por quê? Porque, embora possam ter um divórcio reconhecido pelo estado ou por alguma igreja, o seu laço não foi rompido antes da união com a outra pessoa e esta união é, então, um adultério. O divórcio não bíblico deixa a porta aberta para o adultério quando uma das partes casa-se novamente.

Uma pessoa divorciada que se casa novamente comete adultério ao fazer isso? Não, não se ela está divorciada por uma razão bíblica! Como já vimos, o adultério termina a relação de matrimônio, como Deus originalmente instituiu-o. Se um homem se divorcia de sua esposa em acordo com as Escrituras, então, o laço do matrimônio é obviamente dissolvido e as partes já não podem ser chamadas de esposo e esposa. E, se o laço é assim dissolvido, então a parte inocente é certamente livre para se casar novamente sem ser culpada de adultério. Um casamento que foi dissolvido moralmente e legalmente deixou de existir e a parte inocente é, portanto, tão livre para se casar novamente, como se a parte ofensora estivesse morta! Quando há cometimento de adultério, a parte culpada juntou-se a outra pessoa e, assim, a parte inocente não está mais ligada e é livre.

O fato de as pessoas divorciadas biblicamente e que se casam de novo não serem culpadas de adultério também é confirmado pela exceção que nosso Senhor faz em Mateus 19.9. A exceção aqui se aplica ao divórcio e ao segundo matrimônio. !Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, A NÃO SER POR CAUSA DE PROSTITUIÇÃO, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério." O adultério é cometido pela pessoa que se divorciou de maneira não bíblica e que se casa com outra pessoa.

Marcos, ao reportar esse mesmo incidente, cita o Senhor, em Marcos 10.11, dizendo "E ele lhes disse: Qualquer que deixar a sua mulher e casar com outra, adultera contra ela". Porém, a exceção que faz com que o segundo casamento de uma pessoa divorciada deixe de constituir adultério é que o divórcio tenha ocorrido devido à fornicação ou ao adultério.

Também temos que nos lembrar aqui que Deus não castiga uma pessoa inocente por causa dos pecados do culpado. Em Ezequiel 18.20, Deus diz: "A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniqüidade do pai, nem o pai levará a iniqüidade do filho. A justiça do justo ficará sobre ele e a impiedade do ímpio cairá sobre ele". Todo homem tem que pagar por seus próprios pecados. Deus não castigará uma esposa inocente para o resto de sua vida devido aos pecados cometidos por seu marido e vice-versa.

É importante notar, aqui, que homens eminentes de Deus entenderam as Escrituras do mesmo modo que temos explicado. Spurgeon, em seu comentário sobre Mateus 19, disse: "A fornicação faz de uma pessoa culpada um sujeito ao qual se pode aplicar perfeitamente um divórcio justo e legal: uma vez que isto gera uma anulação virtual do laço matrimonial? dois indivíduos, uma vez casados, à vista de Deus, estão casados para toda a vida, com a exceção de fornicação comprovada".

QUESTÃO OITO

UMA PESSOA DIVORCIADA QUE SE CASOU NOVAMENTE ESTÁ "VIVENDO EM ADULTÉRIO"?


Os ensinamentos da Igreja Protestante Reformada (IPR) nos dizem que sim. Tenho um folheto intitulado "O Laço Irrompível do Matrimônio", de Herman Hoeksema. Hoeksema foi ex-pastor da Primeira Igreja Protestante Reformada de Grand Rapids, Michigan, durante anos, e a principal líder para o movimento dessa igreja. Nesse folheto, o Sr. Hoeksema mostra a posição da IPR quando diz: "Um homem que vive separado da sua primeira esposa, mesmo que divorciado e casado novamente, vive em adultério contínuo e, para que ele corrigir sua situação, teria que se divorciar de sua segunda esposa? mesmo depois do adultério, o casamento não está rompido e nunca pode ser rompido até a morte."

Mas isto certamente não é o que ensina a Palavra de Deus! Infidelidade ou adultério separam o que Deus uniu. A infidelidade de qualquer um dos cônjuges termina com a relação de matrimônio. O homem e a mulher não são mais uma só carne. Um deles une-se a uma outra pessoa de maneira adúltera.

Uma mulher que se divorciou e casou novamente não tem dois maridos. Ela foi casada duas vezes, mas ela não tem dois maridos. O marido do segundo casamento é o seu marido. O marido do seu primeiro casamento é o seu ex-marido.

Deuteronômio 24.4 chama o primeiro marido de uma mulher divorciada de !seu primeiro marido?, exatamente essas palavras. !Seu primeiro marido, que a despediu, não poderá tornar a tomá-la??

Um divórcio bíblico estabelece que o matrimônio anterior já não existe mais, que o marido anterior já não é marido, e a esposa anterior já não é esposa. Quando Deus se divorciou de Israel devido ao adultério espiritual dela, disse, a respeito de Israel, em Oséias 2.2, "Ela não é minha mulher, e eu não sou seu marido??

QUESTÃO NOVE

POR QUE OS PASTORES FREQÜENTEMENTE SE RECUSAM A EXECUTAR CERIMÔNIAS DE MATRIMÔNIO QUANDO UM OU AMBOS O CASAL SÃO DIVORCIADOS?
Duas razões simples: primeiro, porque para fazer isso seria necessário que o pastor se tornasse juiz para determinar a culpa ou inocência das partes envolvidos e não é justo que ele carregue esse fardo. E segundo, porque, nos casos em que está envolvido um divórcio não bíblico, o pastor responsável pela cerimônia estaria ajudando o casal a cometer o que a palavra de Deus considera pecado.

QUESTÃO DEZ

O QUE DEVERIA SER FEITO COM RELAÇÃO AO PECADO DAQUELES QUE SE DIVORCIARAM DE MANEIRA NÃO BÍBLICA E CASARAM NOVAMENTE?

Algumas pessoas carregam a culpa de tais pecados durante anos e nunca realmente conseguem ter alívio de maneira completa. Infelizmente, os cristãos, às vezes, usam os divórcios de seus companheiros cristãos contra eles como se esse pecado de alguma maneira os tornasse cristãos de segunda classe. O que um indivíduo deveria fazer a respeito desse pecado?

Primeiro, deveria encarar este assunto de modo honesto e franco e, acima de tudo, ele deveria encarar isso levando em conta o que a Bíblia tem a dizer sobre esse assunto. Precisa parar de evitar o assunto e confrontá-lo abertamente.

Segundo, quando descobre, a partir da Bíblia, onde pecou, tem que trazer seus pecados à presença de Deus. Tem que confessar seus pecados e tem que implorar pela purificação e perdão de Deus. I João 1.9 diz "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda injustiça."

O que Deus faz com nossos pecados quando os levamos a Ele? Ele os purifica e os perdoa. Algumas pessoas pensam que o pecado abominável do adultério é muito ruim para que Deus o perdoe, mas Deus diz, em Mateus 12.31, que todo tipo de pecado será perdoado aos homens. Deus perdoou a mulher samaritana e que tinha sido cinco vezes casada e divorciada e que estava vivendo com um homem com quem ela não estava casada. Quando um pecador traz o seu adultério a Deus, Deus perdoa esse pecado e o esquece. Em Jeremias 31.34, o Senhor diz: "? porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados". Nem sempre somos capazes de esquecer nossos pecados, mas Deus pode.

Em terceiro lugar, uma pessoa tem que viver para o Senhor em total obediência e proximidade com Ele, começando por hoje, e desse dia em diante. Ele precisa agradecer ao Senhor pela Sua purificação e perdão. Agora é necessário que se esqueça das coisas que atrás ficam e avançar para o alvo.

Laurence Justice

Laurence Anson Justice obteve seus graus acadêmicos na Universidade Batista de Oklahoma e no Seminário Teológico Batista Southwestern. Foi pastor de igrejas em quatro estados, servindo pelos últimos dez anos como pastor na Igreja Batista Victory, na Cidade de Kansas, Missouri. Também serviu como Capelão na prisão estadual de segurança média em Granite, Oklahoma. É casado com Lyndy Eddy, de Searcy, Arkansas, e é pai de três crianças. Outras de suas publicações incluem: !Uma Igreja Batista Deveria Ter Pastores??, !Uma Igreja Batista Deveria Reconhecer o Batismo Estranho??, !Uma Igreja Batista Deveria Abraçar o Pentecostalismo??, ?Os Batistas Deveriam Adotar Confissões de Fé??, !Como Deus Fala Hoje??, !O Pastor Divinamente Vocacionado?, !O Cristianismo de George Washington? e !Catolicismo Romano?.

Tradução: Albano Dalla Pria - 09 04

Revisão e Edição: Joy Ellaina e Calvin Gardner ! 04 07

Autor: Pr. Laurence A. Justice

Fonte: www.PalavraPrudente.com.br

Ciúme doentio. O que fazer?


Veremos neste post algumas atitudes que podem ajudar no controle do ciúme.
Vamos, primeiramente, ver quais são os níveis de ciúmes para que você possa se posicionar na questão:

Ciúme excessivo. Quando se manifesta de forma crônica, com estresse ou depressão e não acaba nem mesmo com as provas de que o parceiro não é infiel, pode indicar necessidade de um especialista, nesse caso, um psiquiatra.
Ciúme intenso. Embora seja muito forte, a pessoa consegue se controlar. É caso de conversar com o parceiro e buscar aconselhamento.

Ciúme moderado. O mais comum. Aparece como uma reação à ameaça de um possível rival. Mesmo sendo moderado, ao invés de proteger pode destruir a relação.

Ciúme positivo.Quando o ciumento aceita a verdade de que todas as pessoas são independentes e livres. Este ciume pode ter um lado positivo e é capaz de levar o ciumento a ser melhor para o parceiro, inclusive pode aquecer o relacionamento.
Agora sim, vamos ver o que é possível fazer para buscar o controle do ciúme. Os passos propostos são os seguintes:

A admissão do problema por parte do ciumento.

Se alguém admite estar sofrendo com o ciumes já é uma boa notícia, pois é o primeiro passo para a solução. Sem isso não se tem como chegar a um controle deste sentimento. O problema é que a maioria dos ciumentos patológicos, não admitem e sempre transferem para o outro a culpa pelos fatos que se sucedem.
Agora, admitir por si só não resolve, é preciso partir para a ação concreta, estar disposto a encarar a situação.

Buscar ajuda.

Depois de admitir o problema, agora é buscar ajuda. Dependendo do nível de ciúme, pode ser necessário ajuda médica, no caso um psiquiatra, e medicação ( estabilizadores de humor e neurolépticos). Nos casos menos intenso, um conselheiro pode ajudar e muito.As fontes de ajudas são: A fé, a medicina, e o conhecimento.

Falar sobre o assunto com o cônjuge.

Geralmente o ciumento tem dificuldade de falar sobre este assunto e então se fecha, é quando pode manifestar doenças emocionais, pois o sofrimento é grande. Quando ele se abre com o parceiro sobre este sentimento se sente mais alíviado  e melhora compreensão por parte do outro, que pode se engajar na luta contra o ciúme ao invés de ficar com raiva ou desistir da relação.

Colocar-se no lugar do outro.

Sempre que nos colocamos no lugar do outro a nossa visão do problema tende a mudar. O ciumento colocando-se no lugar do seu parceiro, irá se aperceber que está provocando danos emocionais terríveis e que pode inclusive estar empurrando a relação ladeira abaixo. É difícil encontrar um ciumento que consiga fazer assim, mas com jeitinho, bom papo, é possível conduzir o ciumento nesse sentido para que compreenda o tormento em que está transformando a vida do outro. E por outro lado, a vitima do ciumento, quando se coloca no lugar dele pode melhor entender o seu sofrimento também.

Respeitar os sentimentos e as diferenças do outro.

E como vós quereis que os homens vos façam, da mesma maneira lhes fazei vós, também. Lc 6:31

Essa é uma premissa que os ciumentos não respeitam, têm um sentimento de posse da pessoa amada e o medo de perdê-la, ser traído ou passado para trás faz com que não respeitem esta ética. Não se pode robotizar pessoas, nem mesmo Deus se permitiu fazer isso conosco, as pessoas devem ser livres para escolher o que querem da vida, inclusive, para cometer erros se assim o quiserem. Caso seja um cristão, e tem muitos chamados bons cristãos que estão assim, sofrendo e fazendo sofrer por ciumes, é buscar na Palavra de Deus o entendimento.

Ter autoestima melhorada.

Uma senhora comenta que quando ela está de bem com a vida, sem sentindo bonita, feliz mesmo, o seu ciume diminui muito, porque ela se sente fortalecida, bela o suficiente para encarar qualquer rival que apareça pela frente, mas quando está com a autoestima baixa, então, o seu ciume se torna obsessivo. Então, fique bonita, elimine da sua vida aquilo que é possível eliminar para que se sinta bem e com auto confiança elevada. Faça dieta, pratique esportes, diminua o peso, se alegre, se aceite. Se é um homem, repense seus valores de homem, sua capacidade de prover e proteger e suas realizações, descubra-se como alguém que tem valores.

Não ser dependente de pessoas.

Muitas vezes a pessoa ama excessivamente, com um amor desmensurado, descontrolado, e esse amor leva a pessoa a se tornar dependente da outra, seja ela o marido, o filho, os pais ou outra pessoa. Elas dizem: " Sem ele eu morro, não consigo mais viver, minha vida acaba".

Tenho como receita para minha vida que as pessoas contribuem para o meu bem estar, preciso amá-las e ser amado por elas,  mas não podem ser elas que determinam a minha felicidade ou infelicidade. A minha dependência está Naquele que pode realmente me fazer felizs.Ele disse:

E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo. Lc 10:27.

Ele estava  nos ensinando com que medida devemos amar. Amar a Deus acima de tudo, acima do marido, da esposa, dos filhos, dos pais, e amar aos outros como a mim mesmo. O amor tem que ter seus limites também. Quando ocorre uma inversão, onde se ama mais a criatura do que o Criador, as coisas começam a dar errado, o ciúme é um desses erros.
Não coloque o cônjuge acima de Deus porque ele não é Deus, não faça dele um objeto de idolatria, entenda que ele é um ser livre também, o seu amor lhe pertence, mas não a sua vida.
A possibilidade de perder alguém que amamos é sempre real. Claro que não queremos, mas temos que trabalhar isso na nossa mente, em algum momento vamos perder alguém querido. E a vida vai continuar de um jeito ou de outro e somos nós que escolheremos como queremos viver, se chorando para o resto de nossos dias , ou aceitando o consolo e voltando para a corrida.

Ter a confiança como base de um relacionamento.

Todas as coisas são puras para os puros, mas nada é puro para os contaminados e infiéis; antes o seu entendimento e consciência estão contaminados. Tt 1:15

É assim que deve ser o relacionamento, acreditando sempre na pureza do outro, na sua honestidade, fazendo disso uma premissa, um ponto de partida. O ciumento é esta pessoa de que fala o versículo acima, pois desconfia de tudo e de todos e nada é puro aos seus olhos, mas na verdade sãos os seus olhos é que estão contaminados e não podem ver o que é real.

O profeta Zacarias  fala que as mentiras e o pensar mal do outros traz a ausência de paz para dentro de casa. Paulo diz que quem ama não suspeita mal, e mais, fala que não haja entre os filhos de Deus dissensões e invejas.

Estas são as coisas que deveis fazer: Falai a verdade cada um com o seu próximo; executai juízo de verdade e de paz nas vossas portas. E nenhum de vós pense mal no seu coração contra o seu próximo, nem ameis o juramento falso; porque todas estas são coisas que eu odeio, diz o SENHOR.(Zc 8:16,17)


Creio que não há que se falar em ser cristão se a relação conjugal tem como base a desconfiança.Acredito que o ciúme bem administrado tem o condão de proteger o relacionamento, mas não pode passar dos limites, pois aí é desconfiança, e sobre está base não se constrói relacionamentos.

Confiar que Deus guarda o seu cônjuge, se creres.

Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. Sl 127:1

Uma pessoa pode tentar construir um bom relacionamento, mas é Deus quem vai confirmar ou não esse relacionamento, pode também, uma sentinela vigiar , mas é Deus quem guarda todas as coisas, a cidade e também as pessoas, incluindo aí esposas e maridos.
Penso o seguinte, vou estar observando as coisas que estão se sucedendo ao meu cônjuge, fazendo como Jesus disse: “orai e vigiai”, mas sabendo que o que os meus olhos vêm, nem sempre é verdadeiro, bem como, sabendo que não posso vigiar o meu cônjuge 24 horas por dia, primeiro porque não é necessário e não é justo, e segundo porque é impossível.
Gosto da história de Abraão e Sara no capitulo vinte de gênesis, onde ele tentou proteger-se e a sua mulher com uma mentira, mas fracassou e um rei acabou levando-a para si, mas quando pensava em transar com ela, Deus interveio e mandou que ele devolvesse aquela mulher ao seu marido porque era casada com um servo do Senhor. Será que você tem fé para crer ser possível isso? Ou será que a Bíblia é um livro de contos?
Afirmo que Deus guarda melhor, protege muito mais um cônjuge do que qualquer outro ser humano.

Contabilizar, o ciumento, todas as suas suspeitas que não deram em nada.

Isso deve ser feito pelo próprio ciumento. Caso queira pode até registrar os eventos. A todo instante ele pensa mal do outro, então, quando isso acontecer, ele deve escrever a desconfiança e esperar para ver no que vai dar, se a suspeita era fundada ou não, e irá descobrir que estava errado, não havia motivos para ter desconfiado. Isso servirá para apoiar pensamentos futuros e se arrepender de todos eles.

Entender que saúde relacional é uma necessidade humana.

Fomos criados por Deus como pessoas que precisam de relacionamentos com outros da espécie para poder viver. E como marido ou esposa faremos o nosso melhor para ser uma companhia agradável para o outro, mas por melhor que sejamos, não seremos todo suficiente, outros relacionamentos são necessários. Um ser humano precisa conviver, ou seja , viver junto de outras pessoas. Um cônjuge, por melhor intencionado que seja, não supre toda esta necessidade, as pessoas tem uma família de origem, pais e mães, têm amigos, tem um história, conheceram gente, e não se pode impedir isso por conta de um sentimento mesquinho e controlador.
Quando alguém é impedido de ter amizades, se relacionar com outras pessoas, ela adoece emocionalmente, e eu não consigo imaginar como é que pode alguém dizer que ama, mas impõe tal sofrimento ao amado, privando-o de viver.

Quando se vive debaixo de um ciúme doentio, aumenta-se a possibilidade do adultério:

O ciumento é aquele que de tanto sugerir que seu cônjuge o está traindo, ou na iminência de fazê-lo, que acaba contribuindo para o adultério. Isso é estatístico, é científico, quando se vive debaixo do jugo de um ciumento, tem-se aumentada a possibilidade de um adultério. E não é difícil encontrar as razões, primeiro porque faz do outro um oprimido, um prisioneiro, faz sugestões, indica pessoas, faz com que o outro passe a pensar no caso, e acima de tudo, faz do outro um mal amado que precisa buscar no amante(a) um pouco de refrigério.


Concluindo:

O ciumento excessivo precisa da ajuda Deus, tem que se encher do Espírito, visto que quando se está cheio de Deus se erra menos, agride menos, acusa menos, suspeita menos.

O cimento precisa da ajuda de um médico psiquiatra, com medicação se necessário for.

Se não aceitar ajuda, estará escolhendo o fim de um amor. Podem até continuar juntos, mas não por amor, por uma escolha livre.

E para o ciumento excessivo eu digo, você não tem um problema, você é o problema. E não precisa ficar bravo comigo, mas precisa procurar ajuda, para o seu bem e o bem de sua família. Continuar do jeito que está, é desejar o fim de um relacionamento ou uma infelicidade eterna. Pare de culpar as pessoas, seu cônjuge, pare de brigar com todo mundo, pare de olhar os outros como seus inimigos e rivais, e também de olhar seu cônjuge como alguém que não tem dignidade, que não merece sua confiança, pare já com estas agressões, pois de todas elas terás que comer do seu fruto.

Com amor, Pr Ismael

Como não criar um adolescente rebelde.





1-Use de autoridade em todas as etapas da vida, porém, não seja autoritário.

Quando o filho é pequeno obedece por medo, depois na adolescência se rebela com a hipocrisia. Torna-se um filho independente, que vai buscar em outro grupo social a aceitação que não encontra na família, como em gangues,por exemplo.
Pai autoritário é do tipo “faça o que eu mando, não faça o que eu faço”, trabalha em cima de proibições, “não faça”, “não vá”, “não pode”, porém não gosta de dar explicações, não diz o porquê das coisas.
Ele afugenta os filhos, não há prazer na sua presença. O relacionamento é imposto e não em amor.

2- Não seja o pai permissivo, onde o filho pode tudo.

Filhos sem limites, sem responsabilidades, sem compromisso com a família, esse irá envergonhar a sua mãe no dia de amanhã.. Quando adolescente irá imaginar que o mundo gira em torno dele e que todas as pessoas existem para satisfazê-lo, vai tratar as pessoas com desprezo, pois o importante é ele e não os outros. Filho que não vai respeitar pai e mãe, nem tampouco autoridades como o professor e o policial. Esse filho não será feliz no casamento e no trabalho visto que é egoísta demais e não considera as pessoas a sua volta, pois entendeu que são seus servos. Pais que poupam seus filhos de tudo, assumem por eles afazeres serão pais que irão enfrentar sérios problemas quando na adolescência.

3- Não abandone emocionalmente seu filho.

Pais ausentes, pais que suprem materialmente a vida do filho, porém, não supre suas carências emocionais está criando filho para a infelicidade. Filhos que quebrarão as regras de boa convivência social em busca de ser notado por alguém. Menina abandonada é aquela que irá procurar um homem que lhe ofereça carinho que o pai não lhe deu, estará em situação de vulnerabilidade emocional. O espírito de independência vai estar no seu coração visto que não se sente pertencente a família.O pai deve abraçar, dar tempo ao filho, estar junto nos momentos importantes,mostrar que o ama, que se importa com ele.

4- Discipline, treine o coração do seu filho.

Saiba que a estultícia está no coração da criança, porém a disciplina a afugentará dela. Filhos sem limites, sem responsabilidades irão gerar sofrimento e vergonha para os pais quando na adolescência. É melhor sofrer agora, corrigindo, ensinando, do que amanhã ou depois chorar na porta de uma cela de presídio. Comece ensinando mesmo antes da pré-adolescência, a fazer pequenos trabalhos domésticos e vá aumentando a responsabilidade à medida que cresce. Filho que não organiza seu quarto que não guarda seus brinquedos e material escolar; que resiste a ordem da mãe, será um adolescente rebelde, que não tem senso de convivência em grupo, que não se importa se as suas atitudes estão incomodando alguém. 

QUANDO DEUS NÃO OUVE A ORAÇÃO DO MARIDO




Será que Deus está ouvindo a todos os maridos que oram?

Para o marido cristão essa é uma das perguntas que deve ser respondida antes de qualquer oração.
Será que a oração do Pastor está sendo ouvida?
Será que a oração dos diáconos, dos irmãos, estão sendo ouvidas? Depende. Elas serão ouvidas se eles estiverem dando um tratamento digno para suas esposas, conforme IPe 3.7 , onde o recado de Deus para os maridos é : "Maridos, vós, igualmente, vivei a vida comum do lar, com discernimento; e, tendo consideração para com a vossa mulher como parte mais frágil, tratai-a com dignidade, porque sois, juntamente, herdeiros da mesma graça de vida, para que não se interrompam as vossas orações."
Vamos analisar o texto:
1- Você marido, vive a vida comum do lar? É marido presente, um pai amoroso e disciplinador? Você é o herói e discipulador de seus filhos?Você transmite segurança para a sua mulher? Ela se sente protegida? Você protege as emoções dela, ou provoca ciúmes , fala que vai embora quando nos conflitos?
2-Supre as necessidades de sua esposa, não só as materiais, mas as emocionais e fisiológicas? Respeita os seu temores e traumas?
3-Protege ela em todos os sentidos, você é o guardião de sua esposa?
4-Quem é o confidente de sua esposa? Onde ela desabafa seus anseios, mágoas,tristezas, expectativas e assim por diante?Quem é o melhor amigo(a) dela? A irmã da igreja? Um amigo(a) de trabalho ou Você?
5-Você é sensível as necessidades dela? Você considera ela como sendo a parte mais frágil nesse relacionamento? Não a mais frágil na sabedoria, competência, mas na sua condição física e emocional.
6-Você a elogia, a abraça, a trata com bondade e cavalheirismo?
7-Você fala bem ou fala mal da sua esposa para os amigos?
8-Você a honra ou a ridiculariza na presença de estranhos? Você a diminui ou você a exalta?
9-Você valoriza os seu pontos positivos ou vive jogando na cara dela os seu pontos negativos que porventura existam?
10-Você já assumiu a posição de sacerdote do lar ou você é mais um Adão que se omite nas questões espirituais e deixa a serpente bater papo com sua esposa?
 
Por Casados em Cristo

ISRAEL SE PREPARA PARA A GUERRA NA PALESTINA: 'NOSSA RESPOSTA SERÁ DURA'

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, responsabilizará o Hamas em caso de um ataque vindo da Faixa de Gaza. Neste domingo, ...