sábado, 18 de dezembro de 2010

CURSO DE ESCATOLOGIA BÍBLICA ON LINE , GRÁTIS , UMA MATÉRIA LIBERADA POR DIA , DE GRAÇA , AQUI NO GRITOS DE ALERTA, A PARTIR DE 02 DE JANEIRO DE 2011, AGUARDEM

Coreias: Rússia pede reunião de urgência do Conselho de Segurança da ONU

A Rússia pediu uma reunião de urgência do Conselho de Segurança da ONU ante a situação na península da Coreia, informaram fontes diplomáticas este sábado.  Foto:Dmitry Astakhov/AFPNOVA YORK (AFP) - A Rússia pediu uma reunião de urgência do Conselho de Segurança da ONU ante a situação na península da Coreia, informaram fontes diplomáticas este sábado.
PUBLICIDADE
Segundo fontes americanas, ainda não há uma decisão sobre a realização da reunião que, se for celebrada, ocorreria este sábado às 18h00 de Brasília (20H00 GMT).
A Coreia do Norte assegurou este sábado que "se os sul-coreanos se atreverem a realizar os exercícios (militares) e cruzarem a fronteira, a situação na península coreana explodirá e não será possível evitar consequências desastrosas".
A Coreia do Sul prevê realizar manobras militares nos próximos dias na ilha de Yeonpyeong, reivindicada por Pyongyang e situada no Mar Amarelo, NOVA YORK (AFP) - A Rússia pediu uma reunião de urgência do Conselho de Segurança da ONU ante a situação na península da Coreia, informaram fontes diplomáticas este sábado.
PUBLICIDADE
Segundo fontes americanas, ainda não há uma decisão sobre a realização da reunião que, se for celebrada, ocorreria este sábado às 18h00 de Brasília (20H00 GMT).
A Coreia do Norte assegurou este sábado que "se os sul-coreanos se atreverem a realizar os exercícios (militares) e cruzarem a fronteira, a situação na península coreana explodirá e não será possível evitar consequências desastrosas".
A Coreia do Sul prevê realizar manobras militares nos próximos dias na ilha de Yeonpyeong, reivindicada por Pyongyang e situada no Mar Amarelo,

Lance sua semente em solo fértil!

Tão importante quanto semear é saber onde plantar sua semente. Por isso, queremos mostrar como é importante investir no nosso ministério, não somente por causa dos programas de televisão exibidos em todo o território nacional e em mais 127 nações, nos quais gastamos milhões mensalmente, mas também porque apoiamos projetos sociais.

Fizemos uma parceria com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) para implementar curso de informática em um presídio no Complexo de Bangu, no Rio de Janeiro. Ajudamos financeiramente o projeto no morro Dona Marta, também na cidade carioca, para oferecer às crianças de até 14 anos de idade reforço escolar e três refeições diárias.

Além de enviar recursos para outras obras sociais, como Comunidade S8, instituição AMGI e projeto O Semeador, doamos mensalmente cinco mil livros para trabalhos evangelísticos em presídios, casas de recuperação, hospitais e igrejas.

Não fazemos nada sozinhos. Tudo isso é com a ajuda dos Parceiros Ministeriais. Para mantermos esses projetos e ampliarmos nossas ações, desafiamos sua fé, seu amor e sua liberalidade. Torne-se nosso Parceiro Ministerial e ganhe um livro inédito do Dr. Mike Murdock: Sabedoria para vencer.

Com ofertas a partir de R$ 30, você receberá um cartão de Parceiro Ministerial, que lhe dará direito a descontos em todos os produtos anunciados no programa Vitória em Cristo, e todo mês será presenteado com um livro inédito do pastor Silas Malafaia. Se colaborar durante um ano, ainda ganhará mais três livros. Isso é apenas um gesto nosso de gratidão.

Ligue 21-2187-7000 ou acesse aqui.

SABEDORIA DE MYLES MUNROE


Salomão pediu a Deus sabedoria. Pastores oram para obtê-la. Universidades sustentam suas virtudes. Alunos anseiam por ela. Pais querem que seus filhos a adquiram. Executivos dependem dela. Alguns tentam explicar o que ela é. Outros se gabam afirmando que a possuem. E a maioria quer mais dela. Porém, o que é a sabedoria, e que tipo é realmente importante?

Neste livro, Myles Munroe ressalta que apenas a sabedoria do céu proporciona a paz que transcende qualquer compreensão humana. Em 40 capítulos escritos com muita clareza e substancialidade, o autor relaciona a sabedoria com vários outros temas relevantes, como fé, obediência, justiça, gestão e propósito. Sabedoria de Myles Munroe está estruturado em forma de reflexões para o dia-a-dia, que incluem citações de renomados escritores e questões provocativas para meditação pessoal.

Este devocional interativo o levará a mergulhar em si mesmo e a examinar assuntos com os quais precisa lidar. Ele ensinará você a enfrentar crises, resolver os mais variados problemas e tomar decisões sábias. Comece a trilhar uma estrada cheia de sabedoria e pavimentada com a glória de Deus.

Julian Assange denuncia novo macartismo nos EUA


Assange foi abordado por jornalistas em rua Ellingham, em Norfolk, onde está hospedado na zona rural. Foto: AFP 

Assange foi abordado por jornalistas em rua Ellingham, em Norfolk, onde está hospedado na zona rural
Foto: AFP

O australiano Julian Assange denunciou neste sábado "uma nova forma de macartismo financeiro nos Estados Unidos", depois da suspensão pelo Bank of America de todas as transações destinadas ao site WikiLeaks, especializado no vazamento de documentos confidenciais. "O Bank of America divulgou um comunicado de que não pretende realizar nenhuma transação de nenhum cliente para nenhuma organização que arrecade dinheiro em nosso benefício", disse.
"É um novo tipo de macartismo nos Estados Unidos para privar esta organização dos recursos que precisa para sobreviver, para me privar pessoalmente dos recursos que meus adovogados precisam para me proteger da extradição para os Estados Unidos ou Suécia", completou Assange. O termo usado por Assange faz referência à campanha anticomunista liderada pelo então senador Joseph McCarthy nas décadas de 40 e 50.
O Bank of America anunciou neste sábado a suspensão de todas as transações destinadas ao site WikiLeaks, responsável pelo vazamento de milhares de documentos diplomáticos secretos dos Estados Unidos. "O Bank of America se une às medidas anunciadas anteriormente por MasterCard, PayPal, Visa Europa e outros, e não realizará transações de nenhum tipo que acredite que possam estar destinadas ao WikiLeaks", anunciou Scott Silvestri, porta-voz do banco.
"Esta decisão é baseada no fato de que temos razões para pensar que o WikiLeaks pode estar vinculado a atividades que são, entre outras coisas, contrárias a nossa política interna de pagamentos", acrescenta Silvestri em um comunicado. O fundador do WikiLeaks, que recentemente divulgou 250 mil telegramas diplomáticos secretos americanos, havia anunciado em uma entrevista à revista Forbes que preparava um "'megavazamento' que afetaria um importante banco dos Estados Unidos no início do próximo ano".

Inter de Milão vence, espanta zebra Mazembe e é tri mundial


Fábio de Mello Castanho
Direto de Abu Dhabi
A Inter de Milão conseguiu neste sábado o último troféu que faltava para consagrar sua memorável temporada. Atual vencedora de Campeonato Italiano, Copa Itália e Liga dos Campeões, a equipe conquistou o seu terceiro Mundial de Clubes (venceu também em 1964 e 1965) após derrotar o Mazembe, do Congo, por 3 a 0, em Abu Dhabi. Foi o fim do sonho africano, que passou pelos favoritos Pachuca e Internacional.
O time de Milão se junta a São Paulo, Peñarol, Real Madrid, Boca Junior e Nacional como as equipes que possuem três títulos mundiais. Somente o Milan, com quatro taças, supera estes times. De quebra, foi o quarto título mundial consecutivo para a Europa (Milan, Manchester United e Barcelona venceram anteriormente). Desde o Internacional, em 2006, que um time fora do continente europeu não é campeão do torneio.
O principal desfalque da partida foi Sneijder, que ficou fora da partida por dores musculares sentidas na semifinal com o Seongnam. Pelo menos a Inter de Milão viu o retorno de Maicon, que se recuperou de problemas físicos. Ele formou o contingente brasileiro com Lúcio, Thiago Motta e Júlio César.
O jogo
O jogo começou morno, com os times tendo poucas chances de gol. Quem teve o primeiro momento bom foi o Mazembe, com boa troca de passes no campo de ataque, mas sem um chute a gol. Mas a animação africana durou pouco. Aos 12min, Eto'o deu passe por sobre a zaga para Pandev, que teve apenas o trabalho de tocar no canto direito do goleiro Kidiaba.
Cinco minutos depois, novo gol da Inter de Milão. Após bola cruzada pela direita por Zanetti, Eto'o chutou forte na entrada da área, sem chances para o goleiro adversário. Na comemoração, o camaronês correu para o banco de reservas e ergueu sacolas plásticas. A pressão italiana prosseguiu, mas a defesa do Mazembe conseguiu impedir novos gols.
Aos 23min, a Inter perdeu excelente chance. Milito arrancou à área sem marcação e, em frente a Kidiaba, não conseguiu o drible e chutou no pé do goleiro. Com a boa vantagem, o time italiano passou a jogar com mais calma, trocando passes no campo de ataque.
Com o ritmo da partida mais tranquilo, as defesas pararam de ter trabalho. Somente nos minutos finais que houve nova emoção. Aos 37min, Kabangu cruzou pela direita e Kaluyituka chegou atrasado para a finalização. Quatro minutos depois, Milito apareceu novamente em frente a Kidiaba, mas demorou a chutar e Kasusula chegou na marcação.
Etapa complementar
No segundo tempo, o Mazembe teve mais posse de bola, trocando passes em seu campo de ataque. O time africano usava chutes de fora da área e bolas pelo alto para vencer a marcação italiana, sem muita eficiência. A primeira boa jogada da Inter saiu aos 14min, com Maicon, que arrancou em direção à área passando pela marcação e Kidiaba deu um soco na bola.
O Mazembe cresceu no jogo a partir dos 16min, em chute de Kazembe que obrigou Júlio César a fazer boa defesa. Dois minutos depois, o goleiro afastou na área e Ekanga furou a finalização. O jogo voltou a ficar em ritmo lento, e os africanos perderam grande chance aos 29min. Kaluyituka invadiu a área e conseguiu driblar Júlio César, mas não chutou e o goleiro conseguiu fechar o ângulo.
A pressão congolesa continuou e, aos 34min, conseguiu a melhor chance. Kaluyituka chutou forte e Júlio César espalmou dentro da área. Ekanga ficou com a sobra e arriscou jogada, mas Biabiany afastou o perigo.
O sonho africano de título mundial chegou ao fim aos 40min. Biabiany recebeu lançamento de Stankovic, driblou o goleiro Kidiaba e tocou para o fundo das redes, animando a torcida italiana e encerrando o Mundial de Clubes.

Em breve , apostila completa do Curso de Escatologia

Caso queira saber mais sobre escatologia bíblica , aguarde.
Logo , estaremos publicando a apostila completa.


Pastor Roberto Torrecilhas.

Operação Mãos Limpas: prefeito de Macapá é preso pela PF

O prefeito de Macapá é acusado de desviar verbas públicas. Foto: Mario Tomaz/Especial para TerraO prefeito de Macapá é acusado de desviar verbas públicas
Foto: Mario Tomaz/Especial para Terra
, Antônio Roberto Rodrigues Góes da Silva (PDT), foi preso por volta das 7h deste sábado pela Polícia Federal (PF), em sua residência na Lagoa dos Índios, acusado de desviar verbas públicas do Estado. A investigação faz parte da Operação Mãos Limpas, que já prendeu 40 pessoas desde setembro, quando foi deflagrada.
Roberto Góes será transferido ainda hoje para o presídio da Papuda (DF). O juiz Otávio Noronha autorizou a prisão do prefeito após várias denúncias feitas por pessoas ligadas a ele na administração municipal.
A Polícia Federal esteve na semana passada cumprindo mandado de busca e apreensão na Secretaria de Finanças, onde foram encontrados R$ 35 mil, mas não foi divulgado o dono do montante.
Operação Mãos Limpas
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) preside as investigações da Operação Mãos Limpas, que apuram suspeitas de desvio de recursos da União para a área de educação no Amapá desde 10 de setembro. A Polícia Federal constatou que a maioria dos contratos administrativos firmados pela Secretaria de Educação não respeitavam as formalidades legais e beneficiavam empresas previamente selecionadas.
O prefeito de Macapá já havia sido preso em flagrante no primeiro dia da operação, por porte ilegal de arma, mas foi solto após pagar fiança de R$ 1,2 mil. No total, a PF prendeu 18 pessoas no dia 10 de setembro, além de ter apreendido R$ 1 milhão em dinheiro, cinco carros de luxo e duas armas.
O governador do Estado, Pedro Paulo Dias de Carvalho (PP), também foi preso durante a operação. Ele estava no cargo desde que Waldez Góes (PDT), também preso, saiu do governo para concorrer a uma vaga no Senado.
Além do Estado do Amapá, os mandados de prisão estão sendo cumpridos no Pará, Paraíba e São Paulo. Participam da ação 60 servidores da Receita Federal e 30 da Controladoria Geral da União.
Os envolvidos são investigados pelas práticas de crimes de corrupção ativa e passiva, peculato, advocacia administrativa, ocultação de bens e valores, lavagem de dinheiro, fraude em licitações, tráfico de influência, formação de quadrilha, entre outros crimes conexos.

Terra.com.br
Lance sua semente em solo fértil

Cientistas provam cientificamente a abertura do Mar Vermelho

A história bíblica da divisão do Mar Vermelho, registrada no livro  do Êxodo, pode ter acontecido de verdade. Ou, pelo menos, poderia ter acontecido sem quebrar nenhuma lei da Física. Pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica dos Estados Unidos e da Universidade do Colorado mostraram como o movimento do vento descrito na Bíblia  pode ter, de fato, afastado as águas e permitido a passagem de Moisés e o restante de seu povo.
Simulações feitas em computador mostraram que ventos fortes vindos do leste, soprando durante toda a madrugada, poderiam ter “partido” as águas em uma região onde um afluente antigo do rio Nilo teria se fundido com uma lagoa costeira no Mar Mediterrâneo. Os ventos fortes teriam empurrado a água fazendo surgir uma passagem (veja o vídeo abaixo), permitindo que as pessoas atravessassem o local com segurança. Imediatamente após o cessar dos ventos, as águas teriam voltado ao normal. “As simulações combinam com o que aconteceu na história do Êxodo”, disse Carl Drews, chefe da pesquisa. “O vento empurra a água de acordo com as leis da Física, criando uma passagem segura com água dos dois lados, e então permite a volta da água abruptamente”. Mas os próprios pesquisadores duvidam que os hebreus conseguissem fazer a travessia pela passagem com ventos tão fortes, de 107 km/h, soprando contra.
O estudo pretende mostrar um possível cenário para eventos que podem ter ocorrido há mais de 3.000 anos, embora alguns especialistas tenham dúvidas de que ele de fato tenha acontecido. A pesquisa foi baseada na reconstituição das localidades mais prováveis, levando-se em conta as transformações de relevo através do tempo. “As pessoas sempre se fascinaram com a história do Êxodo, questionando se ela vem de fatos históricos”, disse Drew. “O estudo mostra que a divisão de águas possui embasamento nas leis da Física”.
Contra fatos não há argumentos. Deus soprou os ventos e o Mar Vermelho se abriu, mas contou, mais uma vez, com a participação do homem, porque Ele nunca trabalha sozinho. Moisés teve que ter fé pra ver, e a usou em obediência à autoridade de Deus. Não é o estudo sobre autoridade, mas é mais uma grande lição pra gente. rs
Fonte: Notícias Relevantes

As Obras da Carne e os Frutos do Espírito


image Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o Reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: caridade (amor), gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra essas coisas não há lei.” Gl 5.19-23
Nenhum trecho da Bíblia apresenta um mais nítido contraste entre o modo de vida do crente cheio do Espírito e aquele controlado pela natureza humana pecaminosa do que 5.16-26. Paulo não somente examina a diferença geral do modo de vida desses dois tipos de crentes, ao enfatizar que o Espírito e a carne estão em conflito entre si, mas também inclui uma lista específica tanto das obras da carne, como do fruto do Espírito.
OBRAS DA CARNE.
“Carne” (gr. sarx) é a natureza pecaminosa com seus desejos corruptos, a qual continua no cristão após a sua conversão, sendo seu inimigo mortal (Rm 8.6-8,13; Gl 5.17,21). Aqueles que praticam as obras da carne não poderão herdar o reino de Deus (5.21). Por isso, essa natureza carnal pecaminosa precisa ser resistida e mortificada numa guerra espiritual contínua, que o crente trava através do poder do Espírito Santo (Rm 8.4-14; ver Gl 5.17).
As obras da carne (5.19-21) incluem:

(1) “Prostituição” (gr. pornéia), i.e., imoralidade sexual de todas as formas. Isto inclui, também, gostar de quadros, filmes ou publicações pornográficos (cf. Mt 5.32; 19.9; At 15.20,29; 21.25; 1Co 5.1). Os termos moichéia e pornéia são traduzidos por um só em português: prostituição.
(2) “Impureza” (gr. akatharsia), i.e., pecados sexuais, atos pecaminosos e vícios, inclusive maus pensamentos e desejos do coração (Ef 5.3; Cl 3.5).
(3) “Lascívia” (gr. aselgeia), i.e., sensualidade. É a pessoa seguir suas próprias paixões e maus desejos a ponto de perder a vergonha e a decência (2Co 12.21).
(4) “Idolatria” (gr. eidololatria), i.e., a adoração de espíritos, pessoas ou ídolos, e também a confiança numa pessoa, instituição ou objeto como se tivesse autoridade igual ou maior que Deus e sua Palavra (Cl 3.5).
(5) “Feitiçarias” (gr. pharmakeia), i.e., espiritismo, magia negra, adoração de demônios e o uso de drogas e outros materiais, na prática da feitiçaria (Êx 7.11,22; 8.18; Ap 9.21; 18.23).
(6) “Inimizades” (gr. echthra), i.e., intenções e ações fortemente hostis; antipatia e inimizade extremas.
(7) “Porfias” (gr. eris), i.e., brigas, oposição, luta por superioridade (Rm 1.29; 1Co 1.11; 3.3).
(8) “Emulações” (gr. zelos), i.e., ressentimento, inveja amarga do sucesso dos outros (Rm 13.13; 1Co 3.3).
(9) “Iras” (gr. thumos), i.e., ira ou fúria explosiva que irrompe através de palavras e ações violentas (Cl 3.8).
(10) “Pelejas” (gr. eritheia), i.e., ambição egoísta e a cobiça do poder (2Co 12.20; Fp 1.16,17).
(11) “Dissensões” (gr. dichostasia), i.e., introduzir ensinos cismáticos na congregação sem qualquer respaldo na Palavra de Deus (Rm 16.17).
(12) “Heresias” (gr. hairesis), i.e., grupos divididos dentro da congregação, formando conluios egoístas que destroem a unidade da igreja (1Co 11.19).
(13) “Invejas” (gr. fthonos), i.e., antipatia ressentida contra outra pessoa que possui algo que não temos e queremos.
(14) “Homicídios” (gr. phonos), i.e., matar o próximo por perversidade. A tradução do termo phonos na Bíblia de Almeida está embutida na tradução de methe, a seguir, por tratar-se de práticas conexas.
(15) “Bebedices” (gr. methe), i.e., descontrole das faculdades físicas e mentais por meio de bebida embriagante.
(16) “Glutonarias” (gr. komos), i.e., diversões, festas com comida e bebida de modo extravagante e desenfreado, envolvendo drogas, sexo e coisas semelhantes.
As palavras finais de Paulo sobre as obras da carne são severas e enérgicas: quem se diz crente em Jesus e participa dessas atividades iníquas exclui-se do
reino de Deus, i.e., não terá salvação (5.21; ver 1Co 6.9).
O FRUTO DO ESPÍRITO.
Em contraste com as obras da carne, temos o modo de viver íntegro e honesto que a Bíblia chama “o fruto do Espírito”. Esta maneira de viver se realiza no crente à medida que ele permite que o Espírito dirija e influencie sua vida de tal maneira que ele (o crente) subjugue o poder do pecado, especialmente as obras da carne, e ande em comunhão com Deus (ver Rm 8.5-14 nota; 8.14 nota; cf. 2Co 6.6; Ef 4.2,3; 5.9; Cl 3.12-15; 2Pe 1.4-9).
O fruto do Espírito inclui:
(1) “Caridade” (amor) (gr. agape), i.e., o interesse e a busca do bem maior de outra pessoa sem nada querer em troca (Rm 5.5; 1Co 13; Ef 5.2; Cl 3.14).
(2) “Gozo” (gr. chara), i.e., a sensação de alegria baseada no amor, na graça, nas bênçãos, nas promessas e na presença de Deus, bênçãos estas que pertencem àqueles que crêem em Cristo (Sl 119.16; 2Co 6.10; 12.9; 1Pe 1.8; ver Fp 1.14).
(3) “Paz” (gr. eirene), i.e., a quietude de coração e mente, baseada na convicção de que tudo vai bem entre o crente e seu Pai celestial (Rm 15.33; Fp 4.7; 1Ts 5.23; Hb 13.20).
(4) “Longanimidade” (gr. makrothumia), i.e., perseverança, paciência, ser tardio para irar-se ou para o desespero (Ef 4.2; 2Tm 3.10; Hb 12.1).
(5) “Benignidade” (gr. chrestotes), i.e., não querer magoar ninguém, nem lhe provocar dor (Ef 4.32; Cl 3.12; 1Pe 2.3).
(6) “Bondade” (gr. agathosune), i.e., zelo pela verdade e pela retidão, e repulsa ao mal; pode ser expressa em atos de bondade (Lc 7.37-50) ou na repreensão e na correção do mal (Mt 21.12,13).
(7) “Fé” (gr. pistis), i.e., lealdade constante e inabalável a alguém com quem estamos unidos por promessa, compromisso, fidedignidade e honestidade (Mt 23.23; Rm 3.3; 1Tm 6.12; 2Tm 2.2; 4.7; Tt 2.10).
(8) “Mansidão” (gr. prautes), i.e., moderação, associada à força e à coragem; descreve alguém que pode irar-se com eqüidade quando for necessário, e também humildemente submeter-se quando for preciso (2Tm 2.25; 1Pe 3.15; para a mansidão de Jesus, cf. Mt 11.29 com 23; Mc 3.5; a de Paulo, cf. 2Co 10.1 com 10.4-6; Gl 1.9; a de Moisés, cf. Nm 12.3 com Êx 32.19,20).
(9) “Temperança” (gr. egkrateia), i.e., o controle ou domínio sobre nossos próprios desejos e paixões, inclusive a fidelidade aos votos conjugais; também a pureza (1Co 7.9; Tt 1.8; 2.5).
O ensino final de Paulo sobre o fruto do Espírito é que não há qualquer restrição quanto ao modo de viver aqui indicado. O crente pode — e realmente deve — praticar essas virtudes continuamente. Nunca haverá uma lei que lhes impeça de viver segundo os princípios aqui descritos.

Obras da carne e fruto do Espírito

Hoje iremos estudar sobre a feitiçaria, uma obra da carne que faz parte do segundo grupo da lista de Gálatas 5.19-22. Juntamente com a idolatria, a feitiçaria é um pecado diretamente contra Deus. Do mesmo modo que na aula anterior; iremos descobrir que a prática da feitiçaria faz parte da liturgia e às vezes de doutrinas existentes em algumas igrejas evangélicas.
Definição:
No dicionário da língua portuguesa, feitiçaria é bruxaria; encantamento; magia; mandinga.
A palavra grega usada no texto é “pharmakeia”, alusão ao uso de drogas de qualquer tipo (boas ou venenosas). Visto que as feiticeiras e bruxas usavam drogas em seus ritos, essa palavra veio a designar a prática de feitiçaria, da mágica, das bruxarias e de todas as formas de encantamento.
Se observarmos bem, a palavra esta no plural, o que nos leva a entender as várias formas de feitiçaria, mágica, encantamento e adivinhações existentes.
A Feitiçaria no antigo testamento:
Estas práticas eram veementemente condenadas no AT. A lei de Moisés punia com a morte quem invocava os mortos ou fazia qualquer ato de bruxaria, feitiçaria, adivinhações, etc...Como exemplo podemos citar: Ex 22.18 ;  Dt 18. 9-12
Na vida do rei Saul, a feitiçaria foi uma das causas fatais da sua morte ( I Sm 28.7; I Cr 10.13 e 14).
A Feitiçaria no novo testamento:
Do mesmo modo que era condenada por Deus no AT, a prática de feitiçaria é rejeitada no NT (Ap 21.8 , 22.15), sendo um grave pecado contra o Senhor.A prática da feitiçaria opõe-se diametralmente as leis de Deus sendo uma mistura de mentira, maldade e envolvimento com demônios.
A feitiçaria era comum na época apostólica entre os ímpios (ver exemplos em At 13.6 ; 19.19), no entanto ela continua bastante freqüente nos dias atuais.
A feitiçaria no Brasil:
Segundo as estatísticas; o Brasil é um dos maiores países espírita do mundo. Este dado assustador revela a grande tendência do brasileiro para o ocultismo, para o sobrenatural e prodígios, sendo uma presa fácil para espíritos enganadores, charlatões e toda sorte de feitiçaria.
Será que estes dados influenciam de algum modo igrejas que se dizem cristãs?
Infelizmente a nossa resposta é sim! O povo brasileiro é extremamente supersticioso e quando chegam em uma igreja, ao invés de procurarem a Jesus e aprenderem o que a Bíblia diz, buscam sinais, prodígios e supostos dons sobrenaturais. Para muitos Deus somente está em um lugar quando podem ver algum sinal, querem “ver para crer”.
Não devemos esquecer que a Bíblia ensina que vivemos por fé e não por vista ( II Co 5.7). Devemos lembrar também do que Jesus disse em (Mt 7.15-23); sem contar ainda que o anticristo vem com todos os sinais e prodígios da mentira ( II Ts 2.8 e 9).
Deixamos claramente a nossa posição bíblica de que cremos nos dons sobrenaturais do Espírito, bem como em sinais e prodígios do Senhor, no entanto o cristão não deve andar atrás destes sinais, eles são conseqüências de uma vida frutífera; o mais importante para o crente é o fruto do Espírito em sua vida.
Quando uma igreja é edificada sobre a Palavra de Deus, certamente os seus membros dificilmente serão enganados pelas artimanhas do Diabo, suas vidas serão verdadeiramente transformadas e amadurecerão espiritualmente, estando prontos para vencer qualquer dificuldade.
A brecha deixada pela falta de ensino, unida com interesses financeiros e de poder dos próprios líderes, bem como o coração do povo pendente ao sobrenatural, leva a certas prática dentro de igrejas que deixam os servos de Deus boquiabertos!
É nesse contexto que a feitiçaria entra dentro das igrejas e no coração de muitos.
A feitiçaria nas igrejas evangélicas:
A epístola aos Gálatas tinha como alvo os cristãos daquele local e, obviamente, os cristãos de hoje; ou seja, esta carta não tem como objetivo principal as pessoas não crentes e sim os cristãos.
Partindo deste raciocínio podemos compreender mais o sentido do alerta desta epístola: Quando Deus adverte a igreja sobre a feitiçaria, esta advertência abrange todas as formas desta prática ainda que estejam “camufladas” de desculpas e “boas” intenções.
Exemplos:
Quando uma igreja manda os seus membros usarem uma fita vermelha no braço para espantar o “olho gordo”, ela esta praticando uma forma de feitiçaria (a fita funciona como um patuá).
Quando os membros da igreja são induzidos a passar por cima de um caminho de sal grosso, ela está praticando feitiçaria.
O que dizer das rosas vermelhas, óleos de Israel, óleos da alegria, sabonetes de mirra que espantam o “olho grande” e outros tipos de mandingas?
O que diremos sobre as regressões, receitas de quebra de maldições, sete sexta - feiras da prosperidade, sessões de descarrego, etc...
Aqueles que praticam tais coisas alegam estar chamando a atenção do povo; entretanto a Bíblia não dá respaldo para nenhuma destas práticas!
Hoje vemos crentes buscando nos “profetas” a direção para suas vidas ao invés de procurarem o que Deus fala na sua palavra!
Não podemos esquecer que todo fundador de seita alega ter tido uma suposta revelação, ou ter visto algum anjo ou coisa parecida.
O fator preguiça:
Vale lembrar que para muitos é mais fácil ir ao vidente do que ler a Bíblia é mais fácil ir ao “profeta” que não o conhece, do que ir até o pastor pedir aconselhamento, haja vista que ele sabe quem são as suas ovelhas e provavelmente dirá o que não lhe agrada.
Conclusão:
A feitiçaria é uma obra da carne que por várias vezes pode ser percebida na vida de alguns que dizem ser cristão e, o que é pior, pode ser vista em muitas igrejas como parte do seu corpo litúrgico e doutrinário e, portanto, devemos rejeitar tais práticas.

Missionários em Angola

O Projeto PORTA INTERNACIONAL tem como objetivo, nessa primeira fase, identificar missionários brasileiros em países de fala portuguesa. Em Angola, temos contatado alguns irmãos que têm se esforçado para servir ao Senhor com excelência. Convido você a conhecer um pouco do trabalho do casal Hans e Úrsula, missionários da JMM em Angola, através do testemunho missionário a seguir:
hans e ursulaokokNosso chamado já vem de longa data. De 1985 a 1989, fui professor numa escola bíblica no Sul do Brasil que começou a receber alunos de Angola. Com o tempo, percebemos que esses jovens não regressavam a Angola depois de formados; o país deles estava em guerra, e eles corriam o risco de ser convocados para a frente de batalha. Mesmo os poucos que voltavam levavam consigo o sotaque e os costumes do Brasil, ficando desenraizados da sua cultura. Ficamos refletindo sobre isso, e Deus nos mostrou que seria mais barato e mais eficiente se um professor fosse para Angola ensinar os jovens lá mesmo, do que tantos deles virem para o Brasil. Então candidatei-me para dar aulas numa faculdade de teologia que estava sendo aberta lá, onde ficamos por dois anos (1990-92).
Findo nosso contrato, regressamos ao Brasil, por várias razões: esgotamento físico e espiritual, idade escolar dos filhos e outras. Mas não perdemos a ligação com Angola: fomos contatados por um pessoal que abriu uma livraria evangélica na capital (Luanda), para que os ajudássemos a fazer compras nas editoras brasileiras e a despachar esse material para Angola. Fizemos isso por quase dez anos. Até que, em 2001, tivemos a oportunidade de visitar novamente o país. Aí ouvimos de várias pessoas o mesmo pedido: “Muito obrigado por todos esses livros que vocês mandam para cá, mas quando será que alguém nos ajudará a fazer os nossos? Por que tudo tem de vir do Brasil? “Isso chamou nossa atenção; na época estávamos trabalhando numa editora que tinha exatamente o propósito de publicar livros de autores nacionais, em vez de traduzir autores estrangeiros.
Não falamos com ninguém, só Deus ouviu; pouco tempo depois veio o convite para voltarmos a Angola e ajudarmos a abrir uma editora que publicasse livros de autores africanos. No começo de 2003, fizemos as malas, e estamos lá até hoje.
Logo vimos que a única livraria existente em Luanda não seria suficiente para pôr no mercado o que uma editora pode produzir; seria preciso investir na criação de uma rede de distribuição, antes de qualquer coisa. A isso temos nos dedicado até agora, importando livros e bíblias do Brasil; atualmente já há mais de 20 livrarias evangélicas e uma dúzia de revendedores individuais que abrem sua mesa de livros em igrejas e eventos. A distribuição mensal de bíblias passa de 2.000 exemplares, de livros chega a quase 3.000. Nós mesmos fazemos em média uma viagem por mês para algum evento em regiões do país em que a rede de distribuição ainda não chegou, para atender cada vez melhor o povo angolano. O início da publicação de livros está previsto para 2010.
Paralelamente a essa atividade comercial temos desafiado os crentes brasileiros a doarem livros novos e usados para as bibliotecas das escolas teológicas, que estão muito mal equipadas. Todo ano são perto de 10.000 livros que enriquecem os estudantes de teologia.
Agradecemos a Deus por este casal abençoado e abençoador. Convidamos você a dar continuidade a esse trabalho doando livros novos ou usados para as bibliotecas teológicas de Angola.
Para maiores informações, entre em contato com os missionários Hans e Úrsula: ursulaehans@uol.com.br

Acusadoras de Assange, do WikiLeaks, vivem escondidas


Julian Assange já está hospedado na mansão Ellingham Hall, em Bungay, no interior da Grã-Bretanha. Foto: AP
Assange foi detido pela polícia por denúncias de "estrupro" na Suécia no mesmo período em que ocorreu o vazamento de informações do WikiLeaks
Foto: AP

As duas suecas que acusam Julian Assange de estupro e agressão sexual são uma feminista de 31 anos e uma admiradora de 27 anos decepcionada com o fundador do WikiLeaks, afirmaram fontes concordantes à AFP. Depois das acusações de crimes sexuais, chamadas de "armação" em várias ocasiões por Julian Assange, a "Senhorita A" e a "Senhorita W" vivem afastadas da atenção da imprensa: uma cortou a linha telefônica e outra se mudou para a Cisjordânia com uma missão cristã. A AFP optou por não revelar as identidades, consideradas confidenciais pela justiça sueca em nome do sigilo do processo. O encontro das duas com o australiano de 39 anos aconteceu ao redor de uma entrevista coletiva concedida pelo fundador do WikiLeaks no dia 14 de agosto em Estocolmo, organizada por uma ala cristã do Partido Social-Democrata sueco, batizada de "Fraternidade". A "Senhorita A", que trabalha para este movimento, foi a assessora de imprensa improvisada de Assange. De acordo com os documentos do proceso das duas mulheres, dos quais a AFP obteve cópias, a "Senhorita A" hospedou o australiano em seu estúdio de Estocolmo desde a chegada de Assange à Suécia, no dia 11 de agosto. Para a imprensa sensacionalista sueca, que investigou os trechos vetados nos documentos policiais, no local os dois tiveram várias relações sexuais, entre elas as de 14 e 18 de agosto, que mais tarde a "Senhorita A" denunciaria como agressões sexuais, agravadas pela recusa de Assange de utilizar preservativo.
Segundo as audiências, Assange permaneceu no estúdio até o dia 20. Cinco dias antes ele compareceu na companhia da acusadora a uma degustação de caranguejos, evento geralmente acompanhado de bebidas alcoolicas. Em seu blog, que permanece ativo, a sueca de 31 anos se descreve como "cientista política, comunicadora, empreendedora, redatora free-lance com conhecimentos particulares sobre religião e política, questões de igualdade, feminismo e América Latina". Seus estudos universitários dedicados ao 'multipartidarismo' cubano, sua admiração pelo falecido presidente argentino Néstor Kirchner, assim como um artigo no qual explica em sete tópicos como vingar-se de um ex-amante, provocaram vários boatos que a levaram a reagir no Twitter. "Agente da CIA, feminista raivosa/amante dos muçulmanos, integrista cristã, lésbica e mortalmente presa a um homem. É possível ser tudo isto ao mesmo tempo?", questionou.
Na entrevista de 14 de agosto, com um pulôver rosa, outra mulher jovem sentou na primeira fila: a "Senhorita W". A vida dela é menos conhecida que a da primeira, mas foi ela a responsável pela acusação de estupro contra Julian Assange, que teria abusado dela enquanto dormia para impor uma relação sexual sem camisinha. No depoimento, ela afirmou que viu Assange na televisão e o considerou "interessante, corajoso e admirável". Quando soube que ele concederia uma entrevista em Estocolmo, tirou um dia de folga. Insistiu depois para passar a tarde com o fundador do WikiLeaks e seus amigos e acabou ficando sozinha com ele. Os dois flertaram em um cinema e o australiano afirmou que a considerava "muito atraente", segundo o depoimento da acusadora à polícia.
Na noite de 16 agosto, convidou Assange para visitar sua casa, a 50 km de Estocolmo. Na ocasião aconteceram as relações sexuais que ela denunciou à justiça. Os dois tomaram café da manhã no dia seguinte e a "Senhorita W" declarou à polícia que queria "acabar com o drama do ocorrido". Mais tarde entrou em contato com a "Senhorita A" e descobriu que ela também teve relações sexuais sem proteção com Assange. Em 20 de agosto, as duas mulheres compareceram a uma delegacia, segundo o advogado de ambas, "para pedir conselho, sem ter certeza sobre apresentar uma denúncia".
O vazamento WikiLeaks
No dia 28 de novembro, a organização WikiLeaks divulgou mais de 250 mil documentos secretos enviados de embaixadas americanas ao redor do mundo a Washington. A maior parte dos dados trata de assuntos diplomáticos - o que provocou a reação de diversos países e causou constrangimento ao governo dos Estados Unidos. Alguns documentos externam a posição dos EUA sobre líderes mundiais.
Em outros relatórios, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, pede que os representantes atuem como espiões. Durante o ano, o WikiLeaks já havia divulgado outros documentos polêmicos sobre as guerras do Afeganistão e do Iraque, mas os dados sobre a diplomacia americana provocaram um escândalo maior. O fundador da organização, o australiano Julian Assange, foi preso no dia 7 de dezembro, em Londres, sob acusação emitida pela Suécia de crimes sexuais.



"Quando contaram tudo a uma policial, ela percebeu que estavam relatando um crime. A agente entrou em contato com a promotora, que decidiu pedir a prisão de Assange", explica o advogado. No dia seguinte, o caso foi a manchete da primeira página do jornal Expressen.
AFP

Sudão diz que investigará vídeo em que policial chicoteia mulher----////----Sudan says it will investigate a video in which police whipping a woman


Tariq Saleh
Direto de Beirute
O governo do Sudão disse nesta quarta-feira que investigará um vídeo que supostamente mostra uma mulher sudanesa implorando e chorando enquanto é chicoteada em público por um policial. As autoridades judiciais do país disseram que instauraram um inquérito para apurar o fato.
O vídeo, colocado no site YouTube, já vinha circulando há dias na internet, e as imagens mostravam uma mulher em um longo vestido preto e cobrindo a cabeça com um véu islâmico sendo chicoteada por dois policiais em uniformes azuis, vestimentas usadas pelos oficiais do governo.
"Uma investigação foi iniciada imediatamente a respeito do incidente com base nas imagens vistas no vídeo na internet. Implementaremos sanções que vão contra o que está previsto no código criminal do país", dizia uma nota do Judiciário publicada por vários jornais controlados pelo governo.
As imagens foram feitas pelo que se acredita ser um cidadão que passava pelo local. A pessoa filmou o momento em que um dos policiais disse para a mulher, ainda não identificada, que sua sentença era de "50 chibatadas". Enquanto ela suplicava ao policial, outras pessoas riam em frente à câmera depois que perceberam que o incidente estava sendo filmado.
Autoridades sudanesas incialmente amenizaram o fato. O chefe-assistente de polícia, Adel Al Agib, chegou a declarar para a emissora Al Arabiya TV, de Dubai, que o vídeo foi feito para coincidir com o Dia Internacional de Direitos Humanos, comemorado no dia 10 de dezembro, para difamar o Sudão. No entanto, o prefeito de Cartum, Abdul Rahman Al Khedir, disse depois para o canal de televisão independente Blue Nile que a mulher foi "devidamente punida de acordo com a lei sharia (islâmica), mas a violação da lei pelos policiais estava na maneira como sua punição foi feita".
Khedr disse também que seu país não permitiria que o incidente fosse "politizado". No norte do Sudão, as leis são baseadas na sharia, leis islâmicas tradicionais, e punições para crimes como adultério, prostituição ou abrir negócios como bordéis podem incluir até 100 chibatadas.
De acordo com os jornais do país, não se sabe ainda qual crime a mulher do vídeo teria cometido, mas, logo no início das imagens, ela recebe a opção de se agachar ou cumprir dois anos de prisão.
As chibatadas em público foram criticadas pela União de Mulheres Sudanesas, organização anti-governo que divulgou uma nota chamando o incidente de "vergonha, desonra e humiulhação a todas as mulheres sudanesas".
Falando por telefone ao Terra, o ativista Anwar Bashir, do Instituto de Direitos da Criança e da Mulher em Cartum, disse que o incidente mostra a atual situação das mulhres no país, sujeitas a punições baseadas em leis não muito claras e que nada tem a ver com Islã. "Há anos que entidades de direitos humanos vêm pedindo por reformas e clarificações no sistema legal e nas leis referentes à 'indecência' e outras infrações".
Ele também disse que um tratado de 2005, que encerrou a guerra civil de 21 anos entre o norte e o sul, previa reformas legais para fortalecer os direitos humanos e a reflexão da diversidade religiosa, mas que os trabalhos ainda não foram completados.
"Deve haver definições e orientações. A lei serve para proteger as pessoas, não para tomar delas os seus direitos", salientou. "Estes policiais não teriam feito a essa mulher o que fizeram se não tivessem um aval do governo ou se houvesse leis mais claras e justas", disse.
Cerca de 30 mulheres foram presas na última segunda-feira enquanto protestavam contra o incidente em frente ao Ministério da Justiça, em Cartum.
Em 2009, uma repórter e funcionária das Nações Unidas no Sudão, Lubna Hussein, foi presa e sentenciada a 40 chibatadas por "roupas indecentes" quando ela vestia uma calça jeans folgada. A sentença foi criticada por organizações de direitos humanos locais e internacionais, levando o tribunal sudanês a revertê-la para uma multa de US$ 200.

Notícias » Notícias Presidente do Sudão é acusado de desviar US$ 9 bilhões---////----- رئيس جمهور سودان از embezzling آمریکا 9000000000 $ متهم...

O presidente do Sudão, Omar al-Bashir, desviou cerca de US$ 9 bilhões do país, e boa parte desse dinheiro pode estar depositado em bancos britânicos, tal como indicam documentos secretos de diplomatas americanos vazados pelo site WikiLeaks. Os documentos, que citam como fonte o promotor Luis Moreno Ocampo, do Tribunal Penal Internacional (TPI), assinalam que parte desses fundos pode estar agora no Lloyds Banking Group. O promotor disse a funcionários americanos que era hora de dar publicidade a esse roubo em grande escala para que a opinião pública do Sudão se voltasse contra o presidente do país, um dos mais pobres do planeta. "Ocampo sugeriu que se revelasse a quantia. (Bashir) deixaria de ser um 'cruzado' e seria visto como um ladrão", assinala um desses documentos. "Ocampo disse que o banco Lloyds, de Londres, poderia guardar esse dinheiro ou pelo menos saber onde se encontra", acrescenta o documento americano, citado neste sábado pelo diário britânico The Guardian, que revela diariamente os vazamentos do WikiLeaks.
O banco Lloyds - de capital misto - indicou não ter provas que em seus depósitos haja dinheiro em nome de Bashir e acrescentou que a política do banco é cumprir a legislação de todos os países onde atua. Se o que Ocampo diz sobre a fortuna de Bashir for verdade, afirma o The Guardian, os fundos sudaneses depositados em Londres equivalem a um décimo do Produto Interno Bruto (PIB) do Sudão, 15º país mais pobre do mundo. O promotor do TPI discutiu o assunto do suposto desvio de dinheiro pouco após emitir uma ordem internacional de prisão contra o presidente sudanês em março de 2009, o primeiro mandado contra um chefe de Estado em exercício.
Bashir foi acusado no ano passado de crimes de guerra e crimes contra a humanidade, aos quais, posteriormente, se somaram acusações de genocídio. Um porta-voz do Governo sudanês contestou as acusações contidas nesses documentos diplomáticos e disse que é mais uma prova da politização do Tribunal Penal Internacional e de suas tentativas de desacreditar o Governo sudanês. "Sustentar que o presidente pode controlar o Tesouro e desviar dinheiro a suas contas privadas é ridículo", declarou Khalid al-Mubarak, porta-voz da embaixada sudanesa em Londres.
O vazamento WikiLeaks
No dia 28 de novembro, a organização WikiLeaks divulgou mais de 250 mil documentos secretos enviados de embaixadas americanas ao redor do mundo a Washington. A maior parte dos dados trata de assuntos diplomáticos - o que provocou a reação de diversos países e causou constrangimento ao governo dos Estados Unidos. Alguns documentos externam a posição dos EUA sobre líderes mundiais.
Em outros relatórios, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, pede que os representantes atuem como espiões. Durante o ano, o WikiLeaks já havia divulgado outros documentos polêmicos sobre as guerras do Afeganistão e do Iraque, mas os dados sobre a diplomacia americana provocaram um escândalo maior. O fundador da organização, o australiano Julian Assange, foi preso no dia 7 de dezembro, em Londres, sob acusação emitida pela Suécia de crimes sexuais.



EFE

Deus não quer que eu morra, diz Alencar sobre o câncer

José Alencar na última vez em que deixou o Hospital Sírio Libanês, em SP

Homenageado nesta terça-feira no Plenário da Câmara dos Deputados durante a abertura do Ano Legislativo, o vice-presidente da República, José Alencar, fez um breve relato sobre a luta que trava contra um câncer no abdômen e disse que, diante do tratamento a que se submete desde os anos 90, "tudo indica" que Deus não quer que ele morra agora.
"Para mim neste momento é um motivo especial dizer para vocês um pouco da minha saúde. Costumo dizer que ninguém tem nada a ver com o câncer do José Alencar, mas todo mundo tem a ver com o câncer do vice-presidente da República. Costumo dizer que não tenho medo da morte. Tenho certeza que vou morrer um dia, mas se Deus quiser me levar agora não precisa de câncer para isso. E se ele não quiser, não há câncer que me leve. Tudo indica que ele não quer me levar agora", afirmou o vice-presidente.
Conforme explicou Alencar, as sucessivas homenagens que tem recebido, inclusive como filiado de honra do Partido dos Trabalhadores (PT), refletem a solidariedade da população diante dos mais de dez anos de luta contra o câncer.
"Sou consciente de que todo esse apreço que tenho recebido em toda parte por onde passo no nosso País, essas manifestações maravilhosas, tudo isso advém da solidariedade no momento que tenho lutado contra uma moléstia pesada durante muitos anos. Foram 15 cirurgias", disse.
Entusiasta da possibilidade de, com a doença controlada, poder concorrer a um cargo eletivo, José Alencar brincou com a chance de todas as homenagens que recebe serem convertidas em votos populares. "Não tenho ilusão que isso se revele em votos. Se eu tivesse esse pensamento, estaria preparado para receber 100% dos votos", afirmou.
Ao lado da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, e do ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, o vice-presidente representou o presidente Luiz Inácio Lula da silva na abertura dos trabalhos legisltivos em 2010.

Terra/Notícias Cristãs

Indonésia: cristãos pedem proteção ao presidente

Os cristãos na Indonésia pediram mais segurança e protecção ao presidente do país, Susilo Bambang Yodhoyono, depois de contínuos episódios de intolerância religiosa.
No último Domingo, na Ilha de Java, o protesto de 200 fundamentalistas islâmicos obrigou mais de 100 cristãos da Igreja Protestante Cristã Batak (Batak Christian Protestant Church) a abandonarem duas casas utilizadas como lugares de oração.
"Continuaremos a reunir-nos e queremos que o presidente nos garanta a possibilidade de praticar a nossa fé sem as ameaças dos grupos radicais", ressaltou o reverendo Hutagalung, responsável por essa Igreja protestante.
Na Indonésia a intolerância contra os cristãos é um fenómeno que está em aumento. A Constituição defende a igualdade de tratamento a seis religiões de Estado, mas a lei impede a construção de lugares de culto para os fiéis que não professam a fé no Islamismo e obriga os cristãos a reunirem-se nas suas casas.
O caso ocorrido em Rancaekek Wetan é o último de uma série de confrontos entre protestantes e muçulmanos verificados nos últimos meses em Bandung, em Java, e em Bekasi, perto da capital Jacarta, onde pelo menos seis igrejas foram atacadas, em 2009, e alguns pastores protestantes agredidos, relata a Rádio Vaticano.
Segundo o Relatório 2010 sobre a Liberdade Religiosa no Mundo, da AIS, construir uma igreja na Indonésia, quer católica quer protestante, é um processo longo e complicado que pode levar cinco ou até mesmo dez anos.

Notícias Cristãs com informações da Ecclesia

Novos convertidos enfrentam dificuldades para prosseguir na fé

Apesar da liberdade religiosa existente no Tadjiquistão, o cristianismo enfrenta oposição por ser profundamente associado aos russos. O islamismo, por sua vez, é tido como parte da identidade tadjique.

Por isso, muitos novos convertidos enfrentam pressões de seus familiares para que renunciem à sua fé.

Nigina se batizou no ano passado e enfrentou problemas com a família. Seu pai irritou-se com sua mãe por ela não ter ensinado a filha a permanecer na mesma fé que ele. Muitos outros cristãos tadjiques passam por dificuldades semelhantes e até piores.

Pedidos de oração:
Lembre-se de Nigina e sua família em suas orações. Peça para que o Senhor alcance toda a família, com paz, harmonia e salvação.
A Igreja tadjique desfruta de certa liberdade. Ore e peça que essa oportunidade seja utilizada da melhor maneira possível.
Por muitos anos, o cristianismo no país tem sido subjugado pela cultura ortodoxa russa e ucraniana. Agora é necessário que a Igreja se integre à sociedade tadjique. Ore para que esse objetivo seja alcançado com sabedoria.
Ore pelos novos convertidos no país, para que o Senhor os sustente e fortaleça mesmo em meio às pressões.

Fonte: Missão Portas Abertas

Cristãos argelinos são presos e entram com recurso

Quatro cristãos na Argélia vão recorrer da decisão judicial de prisão por realizarem culto sem permissão, afirmando que o veredito poderia ter repercussões sobre todas as igrejas do país.

O tribunal de Larbaa Nath Irathen, a cerca de 27 km da capital da província de Tizi Ouzou, decretou dois meses de prisão para quatro líderes cristãos de uma pequena igreja protestante no domingo, dia 12 de dezembro.

Segundo uma emissora de televisão francesa - France 24 - em seu site, o pastor da igreja, Mahmoud Yahou, também foi acusado de hospedar um estrangeiro sem autorização oficial. Uma pena de três meses de suspensão e uma multa de 10.000 dinares argelinos ($ 130 dólares americanos) foi dada pelo tribunal.

O promotor tinha pedido prisão de um ano para cada réu. Embora a pena média dos quatro cristãos não servirá como tempo na prisão, Yahou contou que ele e os outros três homens planejam apelar da sentença, porque o resultado do seu caso poderia afetar todas as igrejas evangélicas do país, que não têm permissão oficial para operar.

"Se fizerem isso conosco, eles podem fechar todas as reuniões e as igrejas que existem na Argélia", disse Yahou. "Eles poderiam acabar com tudo."

Fonte: Missão Portas Abertas

Governo da Irlanda do Norte vai investigar casos encobertos de abuso de crianças

O governo irlandês vai investigar casos de acobertamento de abuso sexual de crianças, inclusive, de denominações protestantes.

O governo da Irlanda do Norte disse que vai investigar décadas de acobertamento de abuso de crianças em escolas internas e outras instituições gerenciadas pela Igreja Católica, denominações protestantes e pelo Estado.

A decisão reflete uma investigação semelhante na República da Irlanda, onde duas investigações ordenadas pelo Estado em 2009 revelaram como dezenas de milhares de crianças em escolas gerenciadas pela Igreja Católica sofreram abuso sexual, físico e mental de 1940 a 1990.

O primeiro-ministro Peter Robinson disse que a investigação pelas agências do governo norte-irlandês devem identificar a escala do abuso no passado e recomendar terapia e outras formas de apoio às vítimas ainda vivas.

Ele disse nesta quinta-feira que a força-tarefa deve apresentar suas conclusões até julho.

Fonte: Folha Online

ONGs terão que devolver R$ 6 mi ao Ministério do Turismo

Entre elas está a Igreja Tabernáculo Evangélico de Jesus, que não apresentou documentação e terá que devolver R$ 680 mil.

Seis ONGs com ligações com políticos ou partidos estão sendo cobradas a devolver aos cofres públicos R$ 6 milhões por causa de irregularidades nas prestações de contas de convênios com o Ministério do Turismo para a realização de festas.

Conforme a Folha mostrou em reportagem de abril, das 50 organizações que mais haviam recebido recursos entre 2007 e 2009 do Turismo para esse tipo de evento, em 26 os responsáveis tinham vínculos com parlamentares ou partidos.

O total de cobranças do ministério alcança R$ 68 milhões. A maioria é porque a ONG ou a prefeitura nem sequer apresentou documentos para comprovar os gastos. Há ainda cobranças por irregularidades constatadas.

É o caso do convênio com a Comissão 21 de Desenvolvimento Sócio-Cultural, que recebeu R$ 2,4 milhões para realizar o evento Brasília Capital Cultural. Segundo o ministério, houve irregularidade na execução do projeto.

A ONG recebeu emendas do deputado Bispo Rodovalho (PP-DF). A empresa que foi subcontratada para a realização do evento prestou assessoria para o deputado. A assessoria do congressista afirmou que ele não é responsável pela prestação de contas da organização.

A Igreja Tabernáculo Evangélico de Jesus, ligada ao então deputado distrital Júnior Brunelli não apresentou documentação pedida pelo ministério e terá que devolver R$ 680 mil.

A Cria Brasil (SP), a Brasol (MG), o Iatec (PE), e a Associação Cena Aberta (GO) eram controladas por ex-candidatos ou integrantes de partidos quando assinaram convênios e também são cobradas a devolver verbas.

O ministério também analisa 3.000 prestações de contas, a maioria de festas. Entre elas está a da Premium Avança Brasil e a do Instituto Educar e Crescer.

Ontem, a CGU (Controladoria-Geral da União) confirmou que os responsáveis por essas instituições possuem vínculo entre si, conforme a Folha mostrou em abril.

A CGU apontou que elas eram controladas por laranja e fraudavam convênios e disse que encaminhará informações para a Polícia Federal e o Ministério Público. Elas estão proibidas de receber recursos federais.

Fonte: Folha Online

MEC irá distribuir KIT GAY nas escolas para crianças de 7 a 10 anos

Crianças das escolas públicas de todo o Brasil receberão um DVD com cenas de homossexualismo, que será distribuído em 2011. Já existe até uma petição contra essa ação do Ministério da Educação (MEC) na internet. Deixe o seu comentário abaixo sobre essa importante questão!

Por Redação OGalileo

O kit gay conterá um DVD com uma história onde um menino vai ao banheiro e quando entra um colega, ele se diz apaixonado pelo mesmo e assume sua homossexualidade, se dizendo Bianca. Veja vídeo e matéria completa a respeito deste tema, no mínimo estranho, polêmico.

O deputado Jair Bolsonaro (RJ) reage de forma veemente, em plenário, a essa vergonha que foi firmada em um convênio entre o Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos), conforme publicou o Correio Braziliense.



REPORTAGEM DO CORREIO BRAZILIENSE

Kit Gay para alunos conterá um DVD com uma história aonde um menino vai ao banheiro e quando entra um colega, se diz apaixonado pelo mesmo e assume sua homossexualidade

Ele ainda nem foi lançado oficialmente. Mas um conjunto de material didático destinado a combater a homofobia nas escolas públicas promete longa polêmica. Um convênio firmado entre o Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos) produziu kit de material educativo composto de vídeos, boletins e cartilhas com abordagem do universo de adolescentes homossexuais que será distribuída para 6 mil escolas da rede pública em todo o país do programa Mais Educação.

Parte do que se pretende apresentar nas escolas foi exibida ontem em audiência na Comissão de Legislação Participativa, na Câmara. No vídeo intitulado Encontrando Bianca, um adolescente de aproximadamente 15 anos se apresenta como José Ricardo, nome dado pelo pai, que era fã de futebol. O garoto do filme, no entanto, aparece caracterizado como uma menina, como um exemplo de um travesti jovem. Em seu relato, o garoto conta que gosta de ser chamado de Bianca, pois é nome de sua atriz preferida e reclama que os professores insistem em chamá-lo de José Ricardo na hora da chamada.

O jovem travesti do filme aponta um dilema no momento de escolher o banheiro feminino em vez do masculino e simula flerte com um colega do sexo masculino ao dizer que superou o bullying causado pelo comportamento homofóbico na escola. Na versão feminina da peça audiovisual, o material educativo anti-homofobia mostra duas meninas namorando. O secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, André Lázaro, afirma que o ministério teve dificuldades para decidir sobre manter ou tirar o beijo gay do filme. “Nós ficamos três meses discutindo um beijo lésbico na boca, até onde entrava a língua. Acabamos cortando o beijo”, afirmou o secretário durante a audiência.

O material produzido ainda não foi replicado pelo MEC. A licitação para produzir kit para as 6 mil escolas pode ocorrer ainda este ano, mas a previsão de as peças serem distribuídas em 2010 foi interrompida pelo calor do debate presidencial. A proposta, considerada inovadora, de levar às escolas públicas um recorte do universo homossexual jovem para iniciar dentro da rede de ensino debate sobre a homofobia esbarrou no discurso conservador dos dois principais candidatos à Presidência.

O secretário do MEC reconheceu a dificuldade de convencer as escolas a discutirem o tema e afirmou que o material é apenas complementar. “A gente já conseguiu impedir a discriminação em material didático, não conseguimos ainda que o material tivesse informações sobre o assunto. Tem um grau de tensão. Seria ilusório dizer que o MEC vai aceitar tudo. Não adianta produzir um material que é avançado para nós e a escola guardar.”

Apesar de a abordagem sobre o adolescente homossexual estar longe de ser consenso, o combate à homofobia é uma bandeira que o ministério e as secretarias estaduais de educação tentam encampar. Pesquisa realizada pelas ONGs Reprolatina e Pathfinder percorreram escolas de 11 capitais brasileiras para identificar o comportamento de alunos, professores e gestores em relação a jovens homossexuais. Escolas de Manaus, de Porto Velho, de Goiânia, de Cuiabá, do Rio, de São Paulo, de Natal, de Curitiba, de Porto Alegre, de Belo Horizonte e de Recife receberam os pesquisadores que fizeram 1.406 entrevistas.

O estudo mostrou quadro de tristeza, depressão, baixo rendimento escolar, evasão e suicídio entre os alunos gays, da 6ª à 9ª séries, vítimas de preconceito. “A pesquisa indica que, em diferente níveis, a homofobia é uma realidade entendida como normal. A menina negra é apontada como a representação mais vulnerável, mas nenhuma menina negra apanha do pai porque é pobre e negra”, compara Carlos Laudari, diretor da Pathfinder do Brasil.



Com informações Leonardoconcon.net / Correio Braziliense

Pyongyang ameaça ataque em caso de exercícios de Seul com munição real

Pyongyang ameaça ataque em caso de exercícios de Seul com munição real ´Intensidade e alcance do poder de fogo serão mais sérios que os últimos`, comunica da KCNA
A Coreia do Norte ameaçou com uma resposta militar caso a Coreia do Norte execute, como anunciou, exercícios com munição de artilharia real na ilha de Yeonpyeong, bombardeada no fim de novembro pelos norte-coreanos, anunciou a agência oficial KCNA.
"Um segundo e um terceiro ataque de autodefesa, imprevisíveis, serão lançados caso o Sul concretize os exercícios com tiros reais que pretende executar entre sábado e terça-feira", adverte o Exército norte-coreano.
"A intensidade e o alcance do poder de fogo serão mais sérios que os de 23 de novembro", completa o comunicado da KCNA.
A Coreia do Sul anunciou na quinta-feira que vai executar exercícios de artilharia com disparos reais sobre a ilha de Yeonpyeong, que foi bombardeada pelos norte-coreanos em uma zona disputada do Mar Amarelo.
As manobras acontecerão entre sábado e a próxima terça-feira em função das condições meteorológicas, destacou o Estado-Maior sul-coreano.
Estes serão os primeiros exercícios na ilha desde que esta foi bombardeada pelos norte-coreanos em 23 de novembro, com um saldo de quatro mortos e 18 feridos.
O governo dos Estados Unidos já manifestou o temor uma possível reação em cadeia entre Pyongyang e Seul.
"O que nos inquieta obviamente é que se a Coreia do Norte observar uma oportunidade para obter um benefício e responder aos disparos, isto pode potencialmente gerar uma reação em cadeia", declarou chefe adjunto do Estado-Maior americano, general James Cartwright.

Fonte e foto: AFP

Missionários do Radical África 7 já estão na África

Missionários do Radical África 7 já estão na África Equipe do Projeto Voluntários Sem Fronteiras chegou ao Noroeste da África para 7ª edição
A equipe de missionários do Projeto Voluntários Sem Fronteiras – Radical África 7 chegou, no início de dezembro, ao país do Noroeste da África o qual estavam designados. De acordo com o casal missionário da JMM naquele país, que supervisionará o grupo, os jovens chegaram em segurança e a viagem transcorreu sem transtornos.

Entretanto, no entendimento do casal, os Radicais chegaram ao país em um momento amplamente favorável. O processo de eleição do novo presidente, que teve fechamento das fronteiras, toque de recolher e o risco de uma guerra civil, terminou sem maiores problemas, apesar do clima de tensão no país. “Tudo está em paz atualmente e a vida voltou ao normal. O candidato perdedor foi muito sábio e maduro ao aceitar o resultado oficial. Louvamos a Deus pela Sua ação poderosa neste país e também agradecemos pelas orações”, disse o missionário da JMM.

Além das preocupações causadas pelo clima político, outros problemas aconteceram ao mesmo, levando o casal e os Radicais a entenderem que o inimigo estava tentando atrapalhar a chegada do grupo. “O pneu do carro furou, tivemos uma pequena batida e até o volante quebrou! Em tudo isso, constatamos que o inimigo estava mais do que furioso com a chegada de mais missionários, mas vimos, acima de tudo, a mão poderosa do Senhor agindo nesta situação e nos livrando do mal e cuidando da chegada dos Radicais. Deus tem uma obra muito grande para fazer através desta equipe aqui neste país!”, contou.

Neste fim de ano, a equipe missionária da JMM deixa uma mensagem aos crentes brasileiros. “Desejamos nosso Feliz Natal a todos vocês, na esperança de que nesta comemoração o amor de cada um por Cristo e Sua obra aumente ainda mais”.


Fonte: JMM

Rússia pede à Coreia do Sul Que desista das manobras com artilharia real

Rússia pede à Coreia do Sul A Rússia pediu à Coreia do Sul que desista das manobras militares com tiros de artilharia real previstas para a partir deste sábado no Mar Amarelo, para evitar assim uma escalada com a Coreia do Norte, anunciou um comunicado do ministério russo das Relações Exteriores.
"O ministério russo das Relações Exteriores pede insistentemente à República da Coreia a renunciar a efetuar os disparos de artilharia previstos, para evitar uma escalada das tensões na península", declarou a diplomacia russa.
A Rússia destaca que os exercícios deste tipo anteriores realizados pela Coreia do Sul em 23 de novembre "provocaram duelos de artilharia entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul e causaram vítimas, em particular entre a população civil da ilha de Yeonpyeong".
A Coreia do Sul anunciou na quinta-feira que vai executar exercícios de artilharia com disparos reais sobre a ilha de Yeonpyeong, que foi bombardeada pelos norte-coreanos em uma zona disputada do Mar Amarelo.
A Coreia do Norte, por sua vez, ameaçou com uma resposta militar caso a Coreia do Norte execute esses exercícios.


Fonte e foto: AFP

A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO ---//-- por Bispo Rodovalho

Recebi esse texto por email e é o infeliz retrato da educação no Brasil hoje. Acompanhe o quadro da "A Evolução da Educação". Eu ousaria renomear como a desconstrução da educação....


"Antigamente se ensinava e cobrava tabuada, caligrafia, redação, datilografia...Havia aulas de Educação Física, Moral e Cívica, Práticas Agrícolas, Práticas Industriais e cantava-se o Hino Nacional, hasteando a Bandeira Nacional antes de iniciar as aulas.

Leiam o relato de uma Professora de Matemática:

Semana passada comprei um produto que custou R$15,80. Dei à balconista R$ 20,00 e peguei na minha bolsa R$ 0,80 para evitar receber ainda mais moedas.

A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer.

Tentei explicar que ela tinha que me dar R$ 5,00 de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la.

Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender.

Por que estou contando isso? Porque me dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim:


1. Ensino de matemática em 1950:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.

O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda.

Qual é o lucro?



2. Ensino de matemática em 1970:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.

O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda ou R$ 80,00.

Qual é o lucro?



3. Ensino de matemática em 1980:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.

O custo de  produção é R$ 80,00.

Qual é o lucro?



4. Ensino de matemática em 1990:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.

O custo de produção é R$ 80,00.

Escolha a resposta certa, que indica o lucro:

( ) R$ 20,00 ( ) R$ 40,00 ( ) R$ 60,00 ( ) R$ 80,00 ( ) R$ 100,00



5. Ensino de matemática em 2000:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.

O custo de produção é R$ 80,00.

O lucro é de R$ 20,00.

Está certo?
( ) SIM     ( ) NÃO



6. Ensino de matemática em 2009:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.

O custo de produção é R$ 80,00.

Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00.

( ) R$ 20,00 ( ) R$ 40,00 ( ) R$ 60,00 ( ) R$ 80,00 ( ) R$ 100,00



7. Em 2010 vai ser assim:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.

O custo de produção é R$ 80,00.

Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00.

Se você é afrodescendente, especial, indígena ou de qualquer outra minoria social não precisa responder.

( ) R$ 20,00 ( ) R$ 40,00 ( ) R$ 60,00 ( ) R$ 80,00 ( ) R$ 100,00


E se um moleque resolve pichar a sala de aula e a professora faz com que ele pinte a sala novamente, os pais ficam enfurecidos pois a professora provocou traumas na criança.


Em 1969 os Pais do aluno perguntavam ao "aluno": Que notas são estas...????

Em 2009 os Pais do aluno perguntam ao "professor": Que notas são estas...????


Essa pergunta foi vencedora em um congresso sobre vida sustentável: "Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos. Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

Precisamos começar JÁ! Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro de casa e recebe o exemplo vindo de seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos,
inclusive em respeitar o planeta onde vive..."

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...